sábado, 30 de julho de 2011

Atirador da Noruega tinha vários outros alvos, afirma promotor




O terrorista de extrema-direita Anders Behring Breivik, autor confesso dos ataques a bomba e a tiros de 22 julho que deixaram 77 mortos na região de Oslo, capital da Noruega, afirmou durante interrogatório na véspera que tinha vários outros alvos, anunciou neste sábado (30) o promotor Paal-Fredrik Hjort Kraby.
Mas o promotor Hjort Krtaby negou-se a confirmar uma notícia veiculada na imprensa local de que o Palácio Real da Noruega e a sede do Partido Trabalhista, do governo, estariam entre os alvos do terrorista, que segue preso provisoriamente durante as investigações.
"Durante seu interrogatório, disse que planejava atacar outros objetivos, mas que, em 22 de julho, só tinha a sede do governo e a ilha de Utoya", teria afirmado o promotor ao jornal.
Segundo a publicação, o Palácio Real era um dos objetivos devido a seu valor simbólico, e a sede do Partido no poder estaria na mira do extremista por seu papel na instauração de uma "sociedade multicultural".
"Não desejo comentar a quantidade ou natureza dos objetivos que tinha em mente. São objetivos evidentes para um terrorista e a ideia era atingir o governo ", acrescentou Hjort Kraby.

Fonte: G1

Nenhum comentário: