segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Empresa responsabiliza capitão pelo naufrágio do cruzeiro na costa italiana

O presidente da Costa, Pier Luigi Foschi, lamentou as mortes durante coletiva em Gênova (Foto: Tano Pecoraro/AP)


O presidente e CEO da Costa Cruzeiros responsabilizou nesta segunda-feira (16) o capitão do barco Costa Concordia pelo acidente de sexta-feira, que provocou seis mortes até agora e deixou ao menos 14 desaparecidos.
Segundo Pier Luigi Foschi, o acidente foi causado por erro humano.
Ele disse que o capitão Francesco Schettino desobedeceu a regras da empresa e provocou o acidente.
"A companhia desaprova o comportamento que causou o acidente, decidindo desviar o navio de sua rota ideal", disse.

Fonte: G1

Nenhum comentário: