quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Governo entrega equipamentos hospitalares nesta quarta, 11

Raimundo_boi
Com investimentos na ordem de R$1.814.050,01 mil o Governo do Tocantins amplia a capacidade de atendimentos em 19 hospitais públicos com a entrega de equipamentos hospitalares, por meio da Sesau – Secretaria de Estado da Saúde. O Governador Siqueira Campos, o Secretário Raimundo Pires e demais gestores da Sesau fazem a primeira entrega nesta quarta, 11, às 9h, ao HMPDR – Hospital e Maternidade Pública Dona Regina Siqueira Campos. As demais unidades receberão os equipamentos conforme programação da Sesau.
A ação conta com investimentos do Governo do Tocantins, em parceria com o Ministério da Saúde, que adquiriu mais de 70 equipamentos fundamentais para melhoria do atendimento aos usuários, entre eles, focos e mesas cirúrgicas, monitores cardíacos, aparelhos de anestesia, eletroencefalograma, aparelho de raios-x digital compacto plus, perfuradores ósseas e outros.
De acordo com o Secretário Raimundo Pires dos Santos essa remessa representa a continuidade da grande transformação que o governo do Estado tem programada para a Saúde Pública do Tocantins. "Vamos trabalhar para equipar, com qualidade, todos os Hospitais Públicos do nosso Estado. Queremos promover um serviço de qualidade aos usuários da rede pública" esclarece.
Em Palmas, o Dona Regina será beneficiado com focos e camas cirúrgicas, monitores cardíacos, entre outros. O HGPP – Hospital Geral Público de Palmas será o maior beneficiado, já que além de um aparelho de eletroencefalograma, que atualmente tem serviços comprados da rede particular, receberá também o aparelho de focos cirúrgicos, raios-x móveis e monitores.
Os hospitais do interior também serão beneficiados, entre eles, o Hospital Público de Augustinópolis no Norte do Estado, o qual receberá um aparelho de raios-x, um monitor, um foco cirúrgico, duas perfuradoras ósseas e uma mesa cirúrgica. O Hospital Público de Arraias receberá um monitor, um foco cirúrgico, um perfurador ósseo e uma mesa cirúrgica.
Ascom/Sesau

Nenhum comentário: