segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Oficiais mortos no incêndio na Antártida eram baianos

 Corpos dos militares chegaram sábado ao aeroporto Carlos Ibáñez del Campo, no sul do Chile
Os dois oficiais da Marinha que morreram no incêndio que atingiu a base militar brasileira na Antártida, na madrugada do último sábado, 25, eram baianos. O sargento Roberto Lopes dos Santos, 45, era natural da Salinas das Margaridas, a 250 quilômetros de Salvador.
Radicado no Rio de Janeiro desde os dois anos de idade, Santos ingressou na Marinha aos 17 anos e estava há quatro meses na base da Antártida. Assim como o suboficial baiano Carlos Alberto Vieira Figueiredo, de Vitória da Conquista, que também morreu no acidente, Santos seria reformado no próximo ano. O militar deixa dois filhos: Aline, de 18 anos, e Alan, de 14.
O sepultamento de Figueiredo está previsto para acontecer no Parque da Cidade, em Vitória da Conquista.

Fonte: Jornal A Tarde

Nenhum comentário: