domingo, 8 de abril de 2012

Bahia vence e garante vantagem nas finais do Estadual


Bahia vira aos 50 minutos do segundo tempo e leva torcida a loucura



Tenso, disputado e imprevisível. Essas são as palavras mais adequadas para retratar o jogo entre o Bahia e o Tremendão, neste domingo, 8, pela 21ª rodada do Baianão. Com um gol aos 50 minutos do segundo tempo, o Esquadrão virou o placar para 3 a 2 e garantiu vantagem nas partidas das finais, assegurando o título apenas com empates.

A primeira etapa do jogo foi marcada pelo protagonismo parcial de ambas as equipes. O Bahia abriu o placar aos 15 minutos com Rafael Donato e o Tremendão empatou aos 41, com Paulo Paraíba. No primeiro tempo, o placar de 1 a 1 representou o a qualidade equiparada das equipes.
O jogo teve uma nova cara no segundo tempo, após o Bahia de Feira virar o placar, aos 19 minutos. João Neto recebeu cruzamento de Rayllan e com belo chute ampliou o placar, mostrando, mais do que nunca, que estava vivo no jogo.
Quando a torcida tricolor começava a deixar o estádio, aos 45 minutos,  Lulinha empatou para o Bahia, após receber cruzamento de falta, dando ânimo à toda a equipe. A disposição do Bahia nos últimos minutos garantiu o triunfo do Esquadrão. Com mais um gol de Rafael Donato, aos 50 minutos, o Bahia virou o placar e levou a torcida à loucura.
Com o triunfo, o Bahia alcançou os 49 pontos e, a partir de agora, basta o empate nos próximos jogos para alcançar o título do Baianão. Já o Bahia de Feira, não perdeu a quarta colocação, devido o empate do Vitória da Conquista, em jogo contra o Atlético, e permanece vivo na disputa pela classificação.
A participação dos times baianos na Copa do Brasil, na próxima quarta-feira, 11, fará com que a 22ª rodada do Baianão seja realizada no próximo domingo, 15. Na ocasião, o Bahia enfrentará o Atlético, às 16h, no Estádio do Carneirão. Já o Bahia de Feira receberá o Juazeiro no Estádio Joia da Princesa, também às 16h.
Primeiro tempo -  A primeira etapa do jogo foi marcada pelo protagonismo parcial de ambas as equipes. Durante os primeiros 25 minutos, o Bahia se destacou por um ataque potente e uma defesa alinhada, mas nos minutos restantes o Tremendão absorveu as qualidades apresentadas pelo Esquadrão e, por meio de lances ensaiados, provou que o jogo não seria fácil como parecia.
Logo aos seis minutos, o Bahia chegou à área do xará, após lançamento de Ciro, e Magno cobriu o gol do Tremendão, após chute forte. Ainda mostrando superioridade durante o jogo, o Bahia voltou a assustar a zaga do adversário com  jogada de Lulinha, que também chuta para fora na hora da finalização.
A pressão do Esquadrão de Aço, durante os primeiros minutos da partida, renderam resultados. Logo aos 15 minutos,  o goleiro Felipe tenta conter lançamento na área e, de graça, permite que o Bahia abra o placar com Rafael Donato. Quem pensou que o tento tricolor representaria o início de um goleada, enganou-se. Pelo contrário, o gol do Tricolor de Aço motivou uma grande reação do Tremendão.
Aos 22 minutos, por exemplo, Raylan chegou com facilidade na área do Esquadrão, sendo contido com dificuldades pela zaga adversária. A pressão do Tremendão também rendeu resultados. Paulo Paraíba dominou bola no peito, após cruzamento, e com um chute certeiro empatou o placar fora de casa. O primeiro tempo chegou ao fim, mas o placar estava totalmente indefinido.
Segunda etapa -  Os times voltaram dispostos a ampliar os ponteiros no segundo tempo: o Bahia para confirmar as vantagens nas finais; o Tremendão para garantir a classificação nas semifinais. O Bahia de Feira mostrou-se mais motivado logo nos primeiros minutos.
O empenho do Tremendão rendeu resultados. Aos 19 minutos, João Neto recebeu cruzamento de Rayllan e com bela jogada virou o placar fora de casa. O placar, que poderia desanimar o Esquadrão de Aço, rendeu um final imprevisível à partida.
Quando a torcida tricolor começava a deixar o estádio, aos 45 minutos,  Lulinha empatou para o Bahia, após receber cruzamento de falta, dando ânimo à toda a equipe. O jogo permaneceu tenso e o juiz deu cinco minutos de acréscimos ao jogo.
O resultado, que parecia definido, foi heroicamente alterado. Aos 50 minutos, após cobrança de falta de Lulinha, Donato fez o seu segundo gol na partida, e o terceiro do Esquadrão, garantindo o triunfo de virada.
Bahia 3X2 Bahia de Feira - 21ª rodada do Campeonato Baiano 2012.
Local: Estádio Metropolitano de Pituaçu, em Salvador (BA).
Data: Domingo, 8 de abril.
Horário: 16h.
Árbitro: Gleidson Santos Oliveira
Assistentes: Jorge César Santana Borges e Paulo de Tarso Bregalda Gussen.
Bahia: Marcelo Lomba; Coelho (Moraes), Titi, Rafael Donato e Gutiérrez; Fahel, Lenine, Gabriel e Magno (Zé Roberto); Lulinha e Ciro (Gladiador). Técnico: Paulo Roberto Falcão. Cartões amarelos: Fahel, Titi, Lomba
Bahia de Feira: Felipe; Tiago Granja (Sadrack); Paulo Paraíba, Menezes e Edson; Francisco Jr., Rogério, Jacson (Johnnatan) e Rayllan; Carlinhos e João Neto (Lecão). Técnico: Arnaldo Lira. Cartões amarelos: Rayllan
Confira abaixo os resultados da 21ª rodada do Baianão:
Bahia 3x2 Bahia de Feira (Pituaçu).
Itabuna 0x1 Juazeirense (Luís Viana Filho).
Feirense 2x0 Serrano (Pedro Amorim).
Vitória da Conquista 0x0 Atlético (Lomanto Júnior).
Flu de Feira 2x1 Camaçari (Joia da Princesa).
Juazeiro 0x2 Vitória (Adauto Morais).

Fonte: Jornal A Tarde

Nenhum comentário: