domingo, 8 de abril de 2012

Cem anos após naufrágio do Titanic, Balmoral refaz seu trajeto

Passageiros se vestiram com trajes de época
Cem anos após o naufrágio do Titanic, um transatlântico zarpou neste domingo da Grã-Bretanha até Nova York, com descendentes dos náufragos a bordo, ansiosos para fazer a travessia e passar pelo local onde o primeiro navio afundou.
Assim como o lendário transatlântico, o Balmoral partiu de Southampton às 14h GMT, com 1.309 passageiros, mesmo número que o Titanic, naufragado em 10 de abril de 1912.
Os ocupantes, de 30 países, pagaram entre 2.799 e 5.995 libras para fazer a viagem. Todos as passagens foram vendidas há dois anos.
O preço inclui refeições inspiradas nas do Titanic, e uma orquestra como a do famoso transatlântico, que continuou tocando enquanto o navio afundava.

O Balmoral seguirá a rota do Titanic, após uma escala no norte da França e outra na Irlanda. "Não são férias, é uma viagem de lembrança", explica Philip Littlejohn, neto de um camareiro que sobreviveu à catástrofe.

"Tenho certeza de que meu avô ficaria orgulhoso de saber que sua história será dividida entre todos os passageiros que fazem este cruzeiro", afirma. Philip deve participar de uma série de conferências sobre o Titanic durante a travessia.

Outra dezena de sobreviventes também fazem a viagem. "Quero deixar uma flor no lugar em que meu bisavô morreu", diz a passageira americana Sharon Willing.

O Titanic se chocou com um iceberg em 15 de abril de 1912, e afundou nas águas geladas do Atlântico Norte, deixando 1.514 mortos, entre passageiros e membros da tripulação.

Uma cerimônia em memória das vítimas será organizada a bordo do Balmoral, no local onde ficam os restos do Titanic, às 23h40 do dia 14, hora em em que ocorreu a colisão. Uma outra cerimônia ocorrerá às 12h20 de 15 de abril, quando o navio afundou.

Outro navio da empresa Fred. Olsen, que zarpou de Nova York, deve se unir ao Balmoral no local do acidente.

Fonte: Jornal A Tarde

Nenhum comentário: