terça-feira, 17 de julho de 2012

Advogado de Bruno diz que goleiro é alvo de perseguição por diretor do presídio: ‘Até o papel higiênico dele estão revistando’

 O goleiro Bruno
Rui Pimenta, advogado de Bruno de Souza, disse, nesta terça-feira, que o goleiro está sendo alvo de uma perseguição por parte de um diretor da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Minas Gerais, onde ele está preso. Rui classificou como absurda e arbitrária a punição - vinte dias sem banho de sol, sem receber visitas e sem trabalhar na faxina - aplicada contra Bruno por ter enviado uma carta ao público externo fora dos trâmites legais do presídio.
- Carregaram nas tintas. Acontece que tem um diretor lá (ele não se lembra o nome) que tratou o Bruno mal e o Bruno respondeu. Essa pessoa fez parte da comissão que decidiu pela punição. E agora o Bruno está vivendo nessa ditadura militar. Até o papel higiênico dele estão revistando - disse o advogado.
Rui Pimenta informou que na tarde desta terça irá à Vara de Execuções Penais entrar com pedido para que a punição seja suspensa. O advogado admitiu ter sido ele a entregar a carta de Bruno, mas alegou ter examinado a correspondência e não ter visto nada de irregular nela:
- O Bruno não é um preso permanente. Ele pode e será absolvido. O que está acontecendo com ele é uma ilegalidade.
Pimenta disse, ainda, que não acredita que a punição influenciará o julgamento do hábeas-corpus no Supremo Tribunal Federal (STF).

Fonte: Extra

Nenhum comentário: