sábado, 7 de julho de 2012

Morre morador de rua que teve o corpo incendiado

O homem de 26 anos que teve 60% do seu corpo queimado, por volta das 2h deste sábado (7), na Avenida Joana Angélica morreu no início da tarde deste sábado, no Hospital Geral do Estado (HGE).
De acordo com informações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), Daniel Pinto dos Santos chegou a ser levado para o centro cirúrgico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo após a cirurgia.
Segundo informações da 1ª Delegacia Territorial (DT/Barris), a tentativa de homicídio foi executada por um grupo de homens que ateou fogo contra o morador de rua.
De acordo com gentes da 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Federação), Daniel , era morador de rua e dormia deitado em cima de um papelão no momento do crime, quando quatro homens em um veículo, ainda sem identificação, se aproximaram da vítima e jogaram gasolina no corpo dele e atearam fogo.
Uma viatura da 41ª CPIM estava próxima ao local, quando os policiais viram Daniel fugir correndo em direção à Estação da Lapa.
O caso será investigado pela  1ª Delegacia Territorial (DT/Barris), ainda não há informação sobre a autoria do crime.

Fonte: Jornal A Tarde

Nenhum comentário: