sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Ex-mulher de Hudson teve uma briga antes de morrer

A ex-mulher do cantor sertanejo Hudson, Larissa Lopes, de 26 anos, encontrada baleada dentro da loja do pai em Limeira, interior de São Paulo, discutiu com o pai no dia em que morreu, por causa de uma batida de carro. A afirmação foi feita pelo sertanejo ao Programa da Tarde, da TV Record, ontem.
"Pelo que eu estou sabendo, ela pediu o carro emprestado, bateu e fugiu. Por isso, o pai dela ficou bravo com ela. Ela se trancou lá e deu os tiros", contou.
Hudson disse ainda que, apesar de ela estar abalada psicologicamente, nunca viu uma pessoa dar dois tiros na cabeça. Além disso, o sertanejo disse que ela não chegava perto de arma, pois tinha medo. Hudson contou que, apesar de parecer que estavam separados, eles nunca deixaram de se ver.
"A gente estava separado para a mídia e para a família dela, mas a gente estava junto. A gente se via de vez em quando. Voltamos escondido de todo mundo. Nem meu irmão sabia", afirmou.
A polícia não descarta nenhuma hipótese nas investigações da morte de Larissa. Ela chegou a ser socorrida, mas deu entrada no hospital com morte cerebral.

Fonte: Meia Hora

Nenhum comentário: