terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Hillary Clinton pede que Otan e Rússia pressionem Coreia do Norte por foguete

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, pediu nesta terça-feira à Otan e à Rússia que pressionem a Coreia do Norte para que desista de lançar um foguete considerado pelos ocidentais e parte da comunidade internacional ser um míssil.

"Os Estados Unidos estão profundamente preocupados com o recente anúncio por parte da Coreia do Norte da intenção de lançamento de um foguete", declarou Hillary durante uma reunião de ministros das Relações Exteriores da Otan e da Rússia em Bruxelas, de acordo com a transcrição realizada por um responsável americano.

"Pedimos que todos aqui presentes peçam publicamente à Coreia do Norte que respeite suas obrigações em virtude das decisões do Conselho de Segurança da ONU", completou.

Pyongyang anunciou no sábado que lançará ao espaço, entre 10 e 22 de dezembro, um satélite de observação terrestre transportado por um foguete.

Os Estados Unidos e seus aliados na Ásia - Coreia do Sul e Japão - condenaram com veemência o anúncio do regime comunista de Pyongyang, sobre o qual já pesam várias sanções internacionais devido a dois testes nucleares realizados em 2006 e 2009.

Fonte: Estado de Minas.com.br

Nenhum comentário: