domingo, 30 de dezembro de 2012

Placas de Brasília com reconhecimento internacional estão pichadas

 Gustavo Alvarenga não sabia do significado das placas, mas sempre as considerou de fácil leitura (Zuleika de Souza/CB/D.A Press)
Enildo Veríssimo, 67 anos, é dono de uma pizzaria na 107 Sul desde a inauguração de Brasília, em 1960. O empresário guarda fotos da quadra na época em que os prédios ainda estavam em construção e não havia sinalização. Recorda-se de quando as placas foram instaladas, em 1976, e conta que as peças fizeram sucesso entre os moradores da nova capital. “Eles fizeram alguns testes, colocaram umas placas diferentes dessas e o pessoal reclamou. Trocaram por essas e todo mundo achou bonito”, lembra. Para ele, a sinalização de Brasília é única. “Todo mundo que chega a Brasília repara. A qualquer cidade que você chega, as placas são pequenas, sem graça”, compara.

Leia mais notícias em Cidades


Apesar do reconhecimento internacional, muitas placas instaladas no DF estão pichadas, com cartazes pregados e precisam de manutenção. Em abril de 2008, o governo anunciou a recuperação das placas, que não eram reformadas há 12 anos. O programa de revitalização, inicialmente, atingiria 6,5 mil placas no Plano Piloto, Cruzeiro, Sudoeste, Octogonal, Candangolândia e lagos Sul e Norte. Na época, o GDF garantiu a troca de todas as placas até o ano seguinte, mas ainda existem equipamentos antigos e desbotados, como os dos blocos A e E da 307 Sul.

Fonte: Correio Braziliense

Nenhum comentário: