domingo, 11 de março de 2012

Justiça determina intervenção em canil de Gravataí (RS) acusado de maus tratos 2

Moradores têm denunciado aparente descaso da prefeitura em canil municipal de Gravataí; chamou a atenção um suposto caso de canibalismo entre os cães, que a prefeitura classificou como "briga"

A Justiça do Rio Grande do Sul acolheu o pedido do Ministério Público e determinou intervenção no canil municipal de Gravataí (23 km de Porto Alegre), na região metropolitana. O local vem sendo denunciado pelos moradores há anos por falta de estrutura e cuidados com os mais de 350 cães recolhidos pela prefeitura da cidade.

Na última quarta-feira (7), denúncias de moradores evidenciaram um aparente descaso com os animais. Sujeira, falta de funcionários e escassez de comida foram documentados por vídeos e fotografias. Porém, o que mais chamou a atenção foi um suposto caso de canibalismo entre os cães. Entretanto, a prefeitura negou que isso tenha ocorrido e classificou o episódio como “uma simples briga de cachorro”.

Nessa quinta-feira, o titular da Promotoria Especializada de Gravataí, Daniel Martini –que encaminhou o pedido de intervenção– explicou que a prefeitura deve disponibilizar equipe técnica, alimentos e medicamentos suficientes para os animais. A partir de agora, um interventor judicial será nomeado pela Justiça para acompanhar diariamente as atividades do canil.
“Em caso de descumprimento dessas medidas, o município é notificado. O juiz, então, determina a realização das medidas e, se necessário, manda buscar recursos no próprio caixa municipal para fazer cumprir a decisão”, salienta Martini. Segundo o promotor, desde 2003 há uma investigação em andamento sobre a atuação da prefeitura e as condições do canil.

Superlotação

O canil municipal de Gravataí foi idealizado há mais de dez anos para receber até uma centena de cães recolhidos das ruas, a estrutura abriga hoje quase quatro vezes essa capacidade. No local trabalham um veterinário, um estagiário de veterinária, um motorista e quatro apenados do regime semiaberto, em troca da redução de pena.

De responsabilidade da Secretaria de Serviços Urbanos, o canil tem à sua disposição mensalmente uma verba de R$ 5.000 para a compra de ração. São 150 sacos por mês para alimentar os cerca de 350 cães.

O secretário de Comunicação de Gravataí, Rodrigo Becker –que tem se pronunciado em nome da prefeitura sobre o caso– admite falta de pessoal na assistência aos animais e más condições de estadia. “Não é o atendimento mais adequado. O ideal é que fosse muito melhor. Mas não temos condições de fazer um hotel para os cachorros”, disse.

Ainda segundo o secretário Becker, a prefeitura estuda aumentar o número de acomodações dentro do canil para melhor abrigar os cães. E admitiu: “É um problema crônico de administração, e que não é fácil de resolver”.

“Manter um serviço de tratamento e guarda não é algo insuportável para um município do porte de Gravataí, um dos maiores PIBs gaúchos”, informou o promotor.

Fonte: UOL

Japão levará pelo menos uma década para completar reconstrução, dizem especialistas 14


A reconstrução total das áreas atingidas pelo terremoto seguido por tsunami e acidentes nucleares no Japão deve levar pelo menos uma década, segundo especialistas do governo. No país, cerca de 350 mil pessoas esperam por uma casa. Mais de 50 mil moradias temporárias foram construídas. Pelos dados do governo, os danos são superiores a 156 bilhões de euros.
A ideia é investir 213 bilhões de euros nos próximos dez anos. Nos primeiros cinco anos, 176 bilhões serão aplicados. Foram aprovados quatro orçamentos suplementares. Em fevereiro deste ano, foi criada a Agência da Reconstrução. O objetivo é que ela funcione até 2020, com representações nas regiões de Iwate, Miyagi e Fukushima, as mais afetadas pelo tsunami de março do ano passado.
O secretário de Estado para a Reconstrução, Kazuko Kori, disse que a dificuldade também é considerada grande quando se pensa o que fazer com “a quantidade de escombros" espalhada pelo país. A estimativa é que existam de 20 milhões a 25 milhões de toneladas.
Para o governo, outros desafios são a criação de emprego e o apoio psicológico às vítimas. No total, 163 países e 43 organizações internacionais ofereceram ajuda ao Japão até o ano passado. Um grupo de 29 países e organizações enviaram equipes de resgate após os desastres.
Apenas na região de Tohoku, no Nordeste do Japão, 342.509 pessoas foram deslocadas. Pelo menos 17 mil estão em casas de parentes e amigos, enquanto 324 mil moram em abrigos cedidos a custo zero pelo governo. (Com Lusa)

Fonte: UOL

Pipa do Botafogo não sobe

Alexandre Brum

Na volta de Jobson ao futebol, o Botafogo não conseguiu ‘empinar' o seu ataque e empatou em 1 a 1 com o Bangu ontem, no péssimo gramado de Moça Bonita. O camisa 11, livre da suspensão por doping, entrou no segundo tempo e deu passe para o gol de Cidinho. O jogo ainda foi atrapalhado pelas pipas que ‘sobrevoavam' o campo, e o juiz chegou a paralisar a partida para que as linhas fossem retiradas. O Glorioso agora é o segundo no Grupo A, com 7 pontos.
Botafogo e Bangu fizeram um bom primeiro tempo, mas com muitas chances desperdiçadas. Logo aos 7 minutos, de frente para o gol, Thiago Galhardo chutou, a bola desviou em Fábio Ferreira e foi para escanteio. Na cobrança, após novo desvio de cabeça, Sérgio Júnior, debaixo do gol, chutou no travessão. Pelo Alvinegro, Caio limpou na intermediária e chutou forte para o goleiro Willian Alves espalmar. Na sobra, Renan Oliveira chegou antes de Loco Abreu, aos 15.
Parecia que o gol do Botafogo era questão de tempo, mas, aos 23, Herrera desviou e Loco Abreu mais uma vez não chegou. A resposta do Bangu veio numa bobeira de Renato, que deixou Renan Oliveira passar e chutar à esquerda de Jefferson. A melhor chance do Glorioso foi após chute de Herrera, que bateu em Santiago, voltou para Loco tentar e sobrou para Caio acertar a trave.
Na volta do intervalo, Oswaldo sacou Loco, que foi muito mal, e promoveu a reestreia de Jobson. O técnico também tirou Caio e mandou Cidinho para o jogo.
Após seis meses sem jogar pela suspensão por doping, a ansiedade de Jobson era visível. Mas sua qualidade apareceu ao deixar Cidinho na cara do gol para abrir o placar, aos 29. Dois minutos depois, Almir cortou o voo do Botafogo ao deslocar Jefferson e empatar. A partir daí, o Botafogo tentou muito, principalmente com Jobson, mas não deu em nada.

Fonte: Jornal Meia Hora

A vitória do ‘Urubu-Rei’

Divulgação

Renato Abreu venceu ontem o maior adversário que teve como jogador. A arritmia cardíaca que colocou em dúvida a continuidade da carreira do camisa 11 do Mengão foi derrotada depois de cirurgia realizada na Clínica São Vicente, na Gávea. O procedimento, realizado pelo médico do Flamengo Serafim Borges, durou cerca de três horas. Durante o dia, a presidente do Flamengo, Patricia Amorim, visitou o ‘Urubu-Rei', e levou presentes para a filha caçula do meia, que nasceu sexta-feira, em São Paulo.
"Meu objetivo a partir de agora é voltar a atuar no Maracanã reformado e conquistar títulos com a camisa do Flamengo neste estádio que tanto amo", disse Renato.
A operação aconteceu pela manhã. Dois cateteres foram inseridos pela virilha esquerda de Renato: um, pela veia femoral, passou pela veia cava, chegou ao átrio direito e desceu para o ventrículo do mesmo lado; o outro seguiu via artéria femoral até o ventrículo esquerdo, passando pela aorta. Através de um estudo eletrofisiológico, foi possível localizar o local da arritmia, que foi cauterizado.
Na Internet, torcedores dos quatro grandes times do Rio se uniram na corrente de oração em torno da recuperação de Renato. "Sou vascaíno, mas torço pelo cidadão Renato Abreu. Ele não tem culpa de ser flamenguista, eheheh", escreveu um internauta no Twitter, sem perder a chance de dar uma alfinetada nos rubro-negros, é claro.

Fonte: Jornal Meia Hora

Após uma semana internado, Lula deixa hospital em SP

 


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou o Hospital Sírio-Libanês, na capital paulista, às 15h15, depois de uma semana de internação. Lula, que estava acompanhado pela mulher, Marisa Letícia, deixou o hospital pela garagem, sem falar com a imprensa.

Nesta recente internação - Lula havia dado entrada no hospital no dia 4 de março - ele apresentou febre e leve pneumonia. Foram diagnosticados dois pequenos focos de infecção, um em cada pulmão. No último boletim médico divulgado, na quinta-feira passada, a equipe médica informou que o tratamento foi feito com antimicrobianos.

Apesar da febre e da leve pneumonia, os médicos consideraram o diagnóstico normal para um paciente que passou por três ciclos de quimioterapia e 33 sessões de radioterapia para combater um câncer na laringe. Nesta internação, o ex-presidente foi aconselhado também a poupar a voz, motivo que levou à suspensão das visitas ao hospital.

Fonte: Jornal A Tarde

Duas apostas de Salvador levam a Mega-Sena; confira os números

O sorteio de número 1370 da Mega Sena, realizado na noite deste sábado, 10, teve dois ganhadores de apostas realizadas em Salvador. Cada um dos premiados vai receber o montante de R$ 7.499.281,75. Os números premiados foram:  02-04-05-27-49-59.

Outras 115 apostas acertaram a quina e levam, cada uma, R$ 18.434, 86. Já 9.979 apostas acertaram a quadra e ganham R$ 303,49.

Fonte: Jornal A Tarde

Por onde anda o ator 'Ary Fontoura', o LUDOVICO CANTO E MELO de "Chocolate com Pimenta"?

 http://natelinha.uol.com.br/img/pag/outros/ary_acura.jpg


Ary Beira Fontoura nasceu em Guaragi, em 27 de janeiro de 1933.
Ary participou de mais de 30 telenovelas na Rede Globo, entre elas Caras e Bocas (2009); Sete Pecados (2007); A Favorita (2008); A Viagem (1994); Vira-Lata (1996); Deus Nos Acuda (1992); Gabriela (1975); Morde e Assopra (2011) e Tieta (1989).
Fez uma participação na série As Brasileiras, no episódio "A Inocente de Brasília".

Por onde anda 'Priscila Fantin', a 'Olga' de 'Chocolate com Pimenta'?

 
Priscila Fantin de Freitas nasceu em Salvador, em 18 de fevereiro de 1983.
Já participou de novelas como Sete Pecados (2007); Alma Gêmea (2005); As Filhas da Mãe (2001); Esperança (2002) e Tempos Modernos (2010), seu último trabalho da Rede Globo.
É namorada do também ator Renan Abreu, com quem teve o filho Romeo, que nasceu em 16 de agosto de 2011.

Por onde anda o ator 'Kayky Brito', o BERNARDO/BERNADETE de "Chocolate com Pimenta"?

http://1.bp.blogspot.com/-ZM0Yylcpg4Q/TfVmhgJNgxI/AAAAAAAAAK8/ITkTzGcwKc8/s1600/0%252C%252C20523120-EXQ%252C00.jpg 


Kayky Fernandes Brito nasceu em São Paulo em 6 de outubro de 1988. Começou como ator na novela Chiquititas (2000); fez o Zeca de Beijo do Vampiro (2002), interpretou Gumercindo na novela Alma Gêmea (2005); e sua última novela foi Passione, interpretando Sinval Gouveia.
Após sua participação em Passione, o ator não teve seu contrato renovado com a Globo.
É irmão da também atriz Sthefany Brito.

Por onde anda o ator 'Fulvio Stefanini', o PREFEITO VIVALDO DE ALBUQUERQUE de "Chocolate com Pimenta"?

Fulvio Stefanini  nasceu em São Paulo em 12 de outubro de 1939.
O ator tem dois irmãos: Fábio e Arnaldo. Tem dois filhos: Fulvio Filho e Leonardo Stefanini, frutos de seu relacionamento com Vera Stefanini.
Recentemente participou da minissérie Amor em 4 Atos.

Por onde anda 'Drica Moraes', a MÁRCIA de "Chocolate com Pimenta"?

 


Adriana Moraes Rego Reis mais conhecida como Drica Moraes, nasceu no Rio de Janeiro, em 29 de julho de 1969.
É filha de Clarissa Gaspar de Oliveira, dona de um restaurante no Leblon, e do arquiteto Gustavo Moraes Rego Reis. Também é a única artista numa família de sete irmãos.
Na Rede Globo, fez novelas como Alma Gêmea (2005), Era Uma Vez (1998), O Cravo e a Rosa (2000) e Pé Na Jaca (2006)
Recentemente participou da série Dercy de Verdade como Clô Prado.

Tatu-Bola:O Mascote da 'Copa 2014' no Brasil

Campanha tatu-bola para mascote para Copa do Mundo de 2014 (Foto: Divulgação/Associação Caatinga)

Xuxa e O Tigre de 'Amor Eterno Amor'

xuxa e o tigre

'Baltazar' faz 'Declaração de Amor' para 'Crô'

O autor Aguinaldo Silva publicou no seu Twitter detalhes da cena em que Baltazar se declara para Crô em Fina Estampa.

Segundo ele, Crô fica arrasado porque Tereza Cristina fugiu e o deixou pra trás,  se tranca no armário e diz que nunca mais vai sair de lá.
Marilda  comenta a decisão de Crô: “já vi bicha sair do armário, mas entrar, foi a primeira vez".
Mas quem vai tirar Crô do armário é Baltazar. O motorista de Tereza Cristina pede ao rapaz para sair e se declara: “Sem você aqui fora a vida não tem a menor graça!", e assim o mordomo sai do armário.

"No final da novela Crô cria uma ONG: o Centro de Assistência ao Homossexual Pintoso que, diz ele, são discriminados até pelas outras bibas!", adiantou Aguinaldo.



Fonte: Caras

Aguinaldo Silva no 'Roda Viva'


O dramaturgo Aguinaldo Silva é o entrevistado do "Roda Viva" desta segunda-feira (12). O programa será exibido ao vivo às 22h, na TV Cultura.
Aguinaldo Silva é autor na novela "Fina Estampa", no ar pela Rede Globo, e já adaptou para a TV obras como "Tieta", de Jorge Amado, e "Roque Santeiro", de Dias Gomes.


Nesta edição, o "Roda Viva" terá na bancada o crítico do UOL Mauricio Stycer, o blogueiro do UOL Nilson Xavier, e os jornalistas Raimundo Rodrigues Pereira, Cristina Padiglione e Kátia Mello, além do cartunista Paulo Caruso e do apresentador Mario Sergio Conti.


Fonte:UOL

A Volta do 'Programa do Jô' 2012




Rodrigo Lombardi tem presença confirmada no primeiro “Programa do Jô” deste ano, que a Globo apresenta segunda-feira, dia 12.

O ator vai falar sobre o trabalho no espetáculo “Don Juan” e também sobre os preparativos para viver o protagonista da novela “Salve Jorge”, da Glória Perez.


Fonte: Flávio Ricco, José Carlos Nery

Seca assola interior e 75 cidades decretam estado de emergência

Nas zonas rurais de Andaraí, Juazeiro e  Castro Alves (a 417 km, 500 km e 190 km da capital, respectivamente), a população passa sede, o gado morre pelos pastos e a agricultura familiar  amarga perda de até 100%. A seca que castigou a Bahia ano passado, sobretudo na região do semiárido, entrou em 2012 assolando comunidades das regiões norte, nordeste, centro-oeste e sudeste.
Até a última sexta-feira, 75 municípios tiveram a situação de emergência reconhecida e decretada pela Defesa Civil estadual (Cordec). No final de 2011, esse número chegou a 123, o que não significa uma melhora do quadro, pois muitas destas cidades tiveram apenas expirado o prazo médio de 90 dias do decreto, e aguardam avaliação para a prorrogação.
Na região do semiárido, a mais atingida, o período seco tende a se estender até maio. “É esperada para os próximos meses uma expressiva redução nos volumes das chuvas na região. Ainda assim, não se descarta a possibilidade de ocorrer eventos isolados de chuvas mais intensas, nos meses de março e abril, o que não será suficiente para suprir o déficit registrado nos últimos anos”, avalia o coordenador de monitoramento do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), Eduardo Topázio.
Evidência preocupante é a barragem de Mirorós, que atende a quatro cidades da microrregião de Irecê (mais de 200 mil habitantes). Segundo informações da Empresa Baiana de Água e Saneamento (Embasa), o volume de água está abaixo de 10% da capacidade desde outubro passado, chegando a um nível de alerta.

 
Confira as cidades que estão em estado de emergência

- REGIÃO DE IRECÊ (11) - OESTE

AMÉRICA DOURADA
BARRA DO MENDES
CENTRAL
IRECÊ
IBIPEBA
IBITITÁ
JUSSARA
MULUNGU DO MORRO
PRESIDENTE DUTRA
SÃO GABRIEL
UIBAÍ

- REGIÃO DO VELHO CHICO (07) - CENTRO-OESTE

BARRA 
BROTAS DE MACAÚBAS
IBOTIRAMA
IGAPORÃ
MORPARÁ
MUQUÉM DO SÃO FRANCISCO
OLIVEIRA DOS BREJINHOS

- REGIÃO DA CHAPADA DIAMANTINA (03) - CENTRO-OESTE

ANDARAÍ
MARCIONÍLIO SOUZA
NOVA REDENÇÃO

- REGIÃO DO SISAL (05) - NORDESTE

ARACÍ
CANSANÇÃO
ICHÚ
ITIÚBA
MONTE SANTO

- REGIÃO DO SERTÃO DO SÃO FRANCISCO (05) - NORDESTE

CAMPO ALEGRE DE LOURDES
CANUDOS 
CASA NOVA
CURAÇÁ
REMANSO - 2011

- REGIÃO BACIA DO PARAMIRIM (03) - CENTRO OESTE

BOQUIRA
BOTUPORÃ - 2011
IBIPITANGA

- REGIÃO DO SETOR PRODUTIVO (08) - CENTRO-SUL

BRUMADO
CACULÉ
CAETITÉ
LIVRAMENTO DE NOSSA SENHORA
PALMAS DE MONTE ALTO
PINDAÍ
SEBASTIÃO LARANJEIRAS
TANHAÇU

- REGIÃO PIEMOTNE DO PARAGUAÇU (03) - SUDESTE

IAÇÚ
MACAJUBA
MUNDO NOVO

- REGIÃO BACIA DO JACUÍPE (07) - CENTRO

BAIXA GRANDE
GAVIÃO
IPIRÁ
MAIRI
NOVA FÁTIMA
PINTADAS
QUIXABEIRA

- REGIÃO SEMIÁRIDO NORDESTE II (04) - NORDESTE

ADUSTINA
FÁTIMA
PEDRO ALEXANDRE
SÍTIO DO QUINTO

- REGIÃO DO AGRESTE DE ALAGOINHAS/LITORAL NORTE (01) - NORTE

ENTRE RIOS

- REGIÃO DE PORTÃO DO SERTÃO (03) - LESTE
 
ANTÔNIO CARDOSO
FEIRA DE SANTANA
SANTO ESTEVÃO

- REGIÃO DE VITÓRIA DA CONQUISTA (06) - SUDOESTE

ARACATÚ
BELO CAMPO
BOM JESUS DA SERRA
CAETANOS - 2011
MIRANTE
PLANALTO

- REGIÃO DO MÉDIO RIO DAS CONTAS (01) - SUDESTE

MANOEL VITORINO

- REGIÃO DE ITAPARICA (01) - NORTE

ABARÉ

- REGIÃO PIEMONTGE NORTE DO ITAPICURU (04) - NORTE

JAGUARARI
FILADÉLFIA
PONTO NOVO
SENHOR DO BONFIM

- REGIÃO VALE DO JIQUIRIÇÁ (03) - SUDESTE

IRAJUBA
MARACÁS
PLANALTINO

FONTE: DEFESA CIVIL DO ESTADO / SEI

As Festas do Bonfim e Iemanjá Vistas por Carybé

20123819440716.jpg

A mostra oferece ao visitante a oportunidade de conhecer, ou rever, os primeiros trabalhos realizados por Carybé, em 1950.

Data: 08/03/2012 até 25/03/2012 (Dom,Ter,Qua,Qui,Sex,Sáb)
Horário: de ter a sex, das 14 às 19 horas; sáb e dom, das 14h30 às 18h30
Valor:
Gratuito

Fonte: Jornal A Tarde

A Burrice Notável

Britânicos protestam em estação de energia nuclear

Manifestantes se reuniram em uma estação britânica de energia nuclear e bloquearam a entrada para marcar o primeiro aniversário da tragédia na usina Fukushima Daiichi, no Japão. O grupo "Stop New Nuclear" informou que centenas de pessoas cercaram ontem a estação fechada de Hinkley Point, em Somerset, enquanto aproximadamente 100 membros passaram a noite no local, em um bloqueio de 24 horas.

Os protestantes carregavam cartazes que diziam "Energia nuclear. Não, obrigado." A companhia EDF destinou o local para uma nova estação nuclear. A manifestação foi organizada para marcar o aniversário de um ano do desastre na usina de Fukushima Daiichi, onde os núcleos de três reatores derreteram após um forte tsunami, que destruiu os sistemas de refrigeração. As informações são da Associated Press.

Fonte: Jornal A Tarde

Paróquias da Inglaterra leem carta contra casamento gay

A Igreja Católica na Inglaterra intensificou hoje a sua campanha contra os planos do governo de legalizar o casamento entre dois indivíduos do mesmo sexo, recomendando aos fiéis que protejam "o significado verdadeiro" do matrimônio para as gerações futuras.

Em uma carta lida em 2.500 paróquias em todo o país durante a missa deste domingo, os arcebispos seniores da igreja argumentaram que a mudança proposta diminuirá o significado do casamento. "A lei ajuda a moldar e formar os valores sociais e culturais. Uma mudança na lei transformaria gradualmente e inevitavelmente a compreensão da sociedade  do propósito do casamento", disseram os arcebispos Vincent Nichols e Peter Smith, na carta. "Não haveria o reconhecimento da complementaridade do homem e da mulher ou do fato de que o casamento se destina à procriação e à educação das crianças", escreveram eles.

O governo britânico planeja permitir que todos, independentemente da orientação sexual, tenham a opção de um casamento civil. O primeiro-ministro, David Cameron, apoiou abertamente os planos. O ministro para Igualdade, Lynne Featherstone, lançará uma consulta pública no fim deste mês sobre como mudar a definição legal de casamento para incluir os casais do mesmo sexo.

Ativistas de Direitos Humanos disseram que a oposição católica promove a discriminação. "Eles querem que a lei discrimine casais homossexuais. Isso não é um valor cristão", disse o ativista dos direitos homossexuais, Peter Tatchell. As informações são da Associated Press.

Fonte: Jornal A Tarde

As Perguntas Que Nós, Alunos, Fazemos Aos Professores

Japão homenageia mortos no tsunami um ano após tragédia

Povo japonês ganhou a admiração mundial pela sua serenidade, disciplina e resistência
 Com um minuto de silêncio, badalar de sinos e orações, o Japão marca, neste domingo (11), o primeiro aniversário do terremoto seguido de tsunami que matou milhares de pessoas e desencadeou uma crise nuclear que destruiu a confiança do seu povo na energia atômica e nos líderes da nação.
Um ano depois que o terremoto de magnitude 9,0 desencadeou uma parede de água que atingiu a costa nordeste do Japão, matando cerca de 16 mil e deixando quase 3.300 desaparecidos, o país ainda está lidando com os custos humano, econômico e político.
Ao longo da costa, a polícia e a guarda costeira, pressionados pelos familiares dos desaparecidos, ainda procuram em rios e praias por restos mortais, embora as chances de encontrá-los seja remota. Sem os corpos, milhares de pessoas estão em um estado de limbo emocional e legal.
Koyu Morishita, de 54 anos, perdeu seu pai de 84 anos, Tokusaburo, assim como a sua casa e a fábrica de peixes da família, no porto de Ofunato. O corpo de Tokusaburo ainda não foi encontrado.
"Eu choro um pouco, de vez em quando, mas as minhas verdadeiras lágrimas virão mais tarde, quando eu tiver tempo", disse Morishita ao visitar um memorial para o seu pai, em um templo no alto do morro, acima de Ofunato, acompanhado por seu cachorro, Moku.
Como o resto do país, Ofunato vai fazer um minuto de silêncio às 14h46 de domingo (2h46 da madrugada em Brasília), horário em que o terremoto aconteceu, e novamente 33 minutos depois, quando uma parede de 23 metros de altura de água atingiu a cidade, matando 340 dos seus 41.100 habitantes e deixando 84 desaparecidos.
"Um sino de esperança" vai tocar e os enlutados vão para o mar lançar lanternas. O povo japonês ganhou a admiração mundial pela sua serenidade, disciplina e resistência diante do desastre, enquanto suas empresas impressionaram pela velocidade com que conseguiram se recuperar, consertando as cadeias de fornecimento.
Como resultado, a economia tende a voltar aos níveis pré-desastre nos próximos meses, com a ajuda de 230 bilhões de dólares de fundos para a reconstrução, obtidos num raro acordo entre o governo e a oposição.
"Na história recente, o Japão conseguiu uma rápida expansão econômica proveniente das cinzas e desolação da Segunda Guerra Mundial, e nós construímos a economia mais eficiente do mundo em termos energéticos após a crise do petróleo", disse o primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, num artigo publicado no jornal Washington Post.
"No aniversário do Grande Terremoto no Leste do Japão, nos lembramos que hoje enfrentamos um desafio de proporções semelhantes."

Fonte: Jornal A Tarde

Fabiana sonolenta se assusta com o som do Castigo Monstro


Depois de realizarem a Prova da Comida de hoje os brothers definitivamente mostraram um cansaço depois da Festa Karaokê de ontem. Eles dormiram depois de repercutir o péssimo desempenho na prova. Fabiana chegou a dizer que eles ficariam “pele e osso”. Enquanto Fabiana dormia na sala com João Carvalho e Fael, o Castigo Monstro tocou a sister saiu correndo para cumprir. Fael apareceu no jardim para interagir com a sister. A empolgação da sister foi tanto que ela se prendeu no fio da guitarra.

Manhã de muito sono na Casa


Manhã de muito sono na Casa
A Festa Karaokê deixou os Brothers realmente cansados. Kelly, acordou sonolenta hoje e Jonas tentou acordar Fael, que ainda estava dormindo. “Fael, levanta! Você tem que fazer o Raio-X”, disse o modelo. Fael não falou nada. Jonas voltou a insistir. Ele falou: “Diz”. O modelo disse: “Quem tem que dizer é você no Raio-X. Levanta!”. Fael se mexeu na cama, demorou a abrir os olhos, e finalmente, sentou-se na cama. Fael levou muito tempo procurando o microfone. Jonas e Monique mostraram diversas vezes onde está o microfone. Os brothers riram do veterinário, que demorou para achar.

Dieta forçada para os brothers já Laisa dá aula de biquini na Espanha


Dieta durante a semana para os brothers
Os brothers começaram a Prova da Comida Pesos e Medidas de hoje com  1.200 estelecas. A tarefa é se aproximar ao máximo do peso dos produtos. “Se errar 50 gramas pra cima ou pra baixo o brother perde 100 estalecas”, anunciou Vinicius Valverde. Tarefa cumprida! Chegou a hora de conferir os pesos e medidas de cada item sorteado pelos participantes. Valverde anunciou o resultado da prova e entre todos os brothers, somente Jonas e Monique conseguiram estalecas."Jonas com 200 e Monique com 300 estalecas. É isso ai meninos eu desejo uma boa semana, com fome. Vocês não foram muito bem na prova". Despediu Vinicius Valverde dos brothers.

Roqueira ou passista? Fabiana samba muito ao cumprir Castigo do Monstro


Fabiana cumpre mais um Castigo do Monstro. Ela chama Fael e João Carvalho para assistirem ao desempenho dela. João observa a sister da cozinha. Fael continua sentado à mesa. Fabiana desempenha a função de roqueira sambando muito.
Ao final pergunta para ninguém: “Cadê os aplausos?”. Quando chega na cozinha ela pergunta: “Não tenho amigo, não? Que graça tem cantar pra vocês e vocês não vão?”. João Carvalho fala: “Vou te assistir a tarde toda”.

Site do Big Brother Brasil Original

Brothers almoçam neste domingo sem Kelly


Os brothers resolvem, enfim, sentar à mesa para almoçar. A única que não almoça com os confinados é a Líder Kelly. Fael elogia o feijão. Durante o almoço os brothers querem saber quantas vezes Fabiana cumpriu o Castigo do Monstro durante o dia. "Umas três ou quatro", diz João Carvalho. A sister diz que já perdeu as contas.

Fonte: Site do Big Brother Original

Plantão Gran Hermano: Laisa põe os 'hermanos' para requebrar e diz que Yuri é bravo


Em mais um dia de calor em terras espanholas, os hermanos aproveitaram para tomar sol. Apesar do clima quente, os confinados se bronzearam em silêncio.
Laisa botou para quebrar mais uma vez fazendo dancinhas típicas do brasil. Já dando sinais de cansaço, a brasileira chegou a soltar: "É assim que vocês me recebem né? Me colocando para trabalhar!”
Foi a sister reclamar para tocar a música do "Créu", na versão ao vivo. Laisa colocou os hermanos para rebolar na velocidade cinco.
De tanto ensaiarem os passos com Laisa, os brothers estão com a música na cabeça. Ao final de mais um momento de prova, todos voltaram para o jardim, com o Créu na cabeça.
O dia na Espanha vai chegando ao fim e Laisa passa um bom tempo na cozinha conversando com Berta e Juan. Apesar do diálogo truncado, Laisa consegue explicar aos confinados que os compreende quando falam devagar. A conversa rende e a gaúcha quer saber o que eles vão fazer com as batatas que tem na casa. Os hermanos que conversam com Laisa explicam claramente que vão fazer maionese de batata com azeitona e atum. Laisa aprova o prato do dia.
A conversa vai para o jardim da casa mais uma vez e os hermanos voltam a se bronzear. Cristian se aproxima de Laisa e joga uma indireta: “No Brasil você respeita o seu ‘noivo’?” “No compreendi você”, diz Laisa. Cristian aponta para o dedo anelar simbolizando compromisso e refaz a pergunta a gaúcha. O espanhol quer saber até que ponto outro homem pode se aproximar de Laisa. A hermana diz que não é permitido chegar muito perto. “Nem dar beijo e abraço?”, pergunta o hermano com os braços nos ombros dela. Laisa diz que não e afirma que o namorado é bravo. A confinada conta que Yuri é forte e professor de muay thai. Os Hermanos se impressionam e logo tiram as mãos de Laisa.

Fonte: Site Original do Big Brother Brasil 12

Plantão Gran Hermano: Laisa coloca o biquíni e dá aula sobre praias


Neste domingo, Laisa toma sol com os colegas espanhóis no programa Gran Hermano. A gaúcha, que já escorregou no espanhol várias vezes desde que chegou ao programa, coloca o biquíni e todas fazem o mesmo. Enquanto se bronzeia, a gaúcha fala sobre o clima e as praias do Rio de Janeiro com os hermanos. Curiosos, eles querem saber se pode levar cachorros à praia.
Laisa fala o que pode e o que não se pode fazer nas praias.  Os hermanos entendem que no Brasil não há praias de nudismo e que apenas se faz top less. A hermana Ariadna fica surpresa e não acredita que as brasileiras sejam tão recatadas.
A hermana pergunta, então, como os homens brasileiros vão às praias. Laisa responde: “De chinelo, bermuda e sunga”. Agora é a vez de Laisa perguntar como são as praias espanholas. Sindi conta para a gaúcha: “Podem ser servidos peixes e camarões”.
Os hermanos continuam a tomar sol e a cumprir as tarefas da prova sobre o Brasil. Eles ouvem os primeiros acordes de um samba e já sabem: é hora de dançar com Laisa. Todos põem suas roupas de "brasileiros" e sambam pelos cômodos da casa. Ao fim da música, Laisa pergunta: "Temos que ficar dançando até quarta-feira?". Juan diz que sim e Laisa reclama.
Mal os hermanos tiram as roupas, a música volta a tocar. Todos se reunem para começar mais uma sessão de dança. Eles pedem que toque o "Créu". O pedido foi atendido e, guiados por Laisa, todos seguem dançando em todas as velocidades do "Créu" pela casa do Gran Hermano espanhol.
Após as sessões de requebrado, os hermanos vão para cozinha comer. Laisa ensina dizer "Bom apetite" em português e os hermanos repetem a expressão. Todos começam a comer e Laisa é a primeira a terminar. Os espanhóis oferecem mais comida para Laisa, mas ela recusa. Eles perguntam se ela comem muito ou pouco. "A hora que vocês almoçam aqui, eu normalmente estou tomando meu café. Geralmente, eu como muito", explica a brasileira que ainda revela que comida japonesa é a sua preferida.
A conversa e as danças fazem parte da prova tema ‘Brasil’ que acontece desde que Laisa entrou no programa. A gaúcha tem que ensinar aos colegas os costumes e hábitos brasileiros. Laisa já ensinou os colegas a sambarem, além de ter dançado a dança do "Créu".
Fonte: Site do Big Brother Brasil Original