domingo, 22 de julho de 2012

TAM ESQUECE ESCRITOR NO AVIÃO


Parece mentira, mas aconteceu mesmo. Imagine que o escritor Marcelo Rubens Paiva, que é paraplégico, foi simplesmente esquecido dentro de um avião da TAM na noite deste domingo, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo. Paiva aguardava o atendimento para deixar a aeronave e depois de esperar por muito tempo resolveu recorrer ao Twitter para ser regatado.

O voo 3971, que havia saído do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, aterrissou em Congonhas às 18h22, segundo informações da Infraero. Às 18h49, Paiva escreveu no Twitter: “TAM me esqueceu dentro de 1 aviao. Voo 3971. Em Congonhas. Alguem pode ligar e pedir ajuda? Help!”.

Minutos depois, o escritor postou nova mensagem, brincando com a situação: “Tripulacao foi embora e me esqueceram rrr. Vou roubar este Airbus. Sera q é facil pilotar?”. A TAM respondeu ao escritor, também pelo Twitter, às 19h02: “Oi, Marcelo! Poderia por gentileza detalhar via DM (mensagem privada) o que exatamente ocorreu para que possamos lhe auxiliar? Obrigado”.

Paiva postou às 19h37 que o problema havia sido resolvido, mas não deixou de dar uma alfinetada na companhia aérea, com toda a razão. “Serio. Demoraram mais tempo pra me tirarem do avião do que o voo RJ-SP”, reclamou o escritor no microblog. Que tremendo vexame da TAM, hein? 
 
Fonte: Leila Cordeiro

Popular usuário do Instagram é banido após publicar foto de mulheres nuas

Um dos fotógrafos mais reconhecidos do Instagram, Daniel Arnold, teve sua conta no serviço suspensa por conta de uma foto na qual flagrou duas mulheres fazendo topless nos Estados Unidos. O caso gerou muita repercussão no país porque Arnold ficou famoso por registrar momentos do dia-a-dia das pessoas na cidade de Nova York e nunca havia sofrido nenhuma repreensão por isso.

Foto que causou polêmica (Foto: Daniel Arnold) 
Foto que causou polêmica (Foto: Daniel Arnold)

Arnold tem 32 anos e em seu portifólio de imagens do Instagram estão fotos comuns e também muitos cliques curiosos, como de pessoas apertadas em um vagão de metrô, uma senhora caminhando com um carrinho de compras na rua, um homem sendo detido pela polícia e um militar beijando a sua namorada durante um evento oficial no meio da Times Square. Mas nada disso impediu que sua conta fosse suspensa.
O problema aconteceu no dia 26 de junho, quando ele clicou duas mulheres fazendo topless na praia de Fort Tilden, no Brooklyn. A imagem acabou se tornando um viral no Instagram, foi compartilhada por milhares de pessoas e parecia estar sendo um sucesso – tanto que a bateria do Android dele chegou a descarregar de tantas notificações no aplicativo. No entanto, houve quem não gostasse nem um pouco da foto.
Alguns usuários denunciaram a imagem como pornográfica e o Instagram acabou reportando-a como conteúdo impróprio. A nudez é um dos casos em que o banimento do usuário é sumário. Por isso, ele acabou tendo que deixar para trás toda a sua fama e suas belas fotos no serviço. Um movimento para liberá-lo (Free Daniel Arnold) até foi criado no Twitter e no próprio Instagram, mas sem sucesso. O rapaz, que tinha milhares de seguidores, teve então que criar outra conta; essa, porém, é privada.
“Fiquei me sentindo mal. Vi o quanto era idiota o que estava fazendo, tirando fotos do celular o dia todo, de pessoas estranhas e pensando que eu era algum tipo de artista”, disse o rapaz ao site Gawker, que disponibilizou uma galeria com as melhores imagens já clicadas pelo fotógrafo.
Via Gawker

Blogueira que falava sobre sua gravidez perde filho logo após seu nascimento

A blogueira Debbie Chalmers está vivenciando um momento nada agradável em sua carreira. A mulher, de 31 anos, que ficou famosa por fazer relatos de sua gravidez na web, acabou perdendo o bebê logo após o seu nascimento. O caso chocou o Reino Unido e ela publicou uma nota em sua página agradecendo a todos pelo carinho.

Blog da mãe ganhou um tom muito mais triste (Foto: Reprodução) 
Blog da mãe Debbie ganhou um tom muito mais
triste com a perda do filho (Foto: Reprodução)

Debbie tem uma audiência de milhares de pessoas em seu blog, onde dava muitas dicas sobre como programar a sua vida para ter um bebê: seja com arrumações em casa, as melhores comidas, visitas a médicos e etc. Na última semana, no entanto, o post não foi de alegria ou expectativa, mas sim de tristeza. Ela explicou que, um dia após a pequena Daisy nascer (no início do mês), de forma prematura, ela não resistiu e faleceu.
“O apoio que recebo de todos é muito emocionante. São pessoas estranhas, mas que me apoiaram neste momento tão difícil. Só gostaria de dizer a todos que estou muito grata por isso. Talvez um dia esteja eu do outro lado, consolando alguém, e por isso acho importante compartilhar a minha história. Agora estou entrando em contato com outras pessoas que passaram pelo mesmo problema e isso está me fazendo bem”, comentou.
Debbie é casada com Douglas, de 32 anos, e tem uma filha chamada Lizzie, de seis anos, e um enteado, Blake, de três. Apesar da morte da neném, a escocesa revela que não teve complicações no parto de Daisy e nem durante a gravidez. A condição da bebê, após deixar a barriga da mãe, acabou se deteriorando rapido demais e, infelizmente, ela veio a falecer.

Fonte: Tech Tudo

Voz marcante do jornalismo, Léo Batista completa 80 anos de idade

O nome dele é João Baptista Belinázio Neto, mas todos o conhecem como Léo Batista. O primeiro apresentador do Esporte Espetacular completa 80 anos de idade e 65 de profissão neste domingo e é marca registrada na história da imprensa esportiva. (Confira no vídeo ao lado a homenagem do Globo Esporte ao jornalista) Em depoimento ao Projeto Memória, da TV Globo, ele lembrou como foi rebatizado pelo amigo Luiz Mendes.
- O Luiz Mendes disse que não conseguia falar meu nome, Belinázio. Aí comecei a pensar uma porção de sugestões. Tenho uma irmã que chama Leonilda. Aí era Nilda e sobrava um Léo. E eu sou João Baptista. Aí eu tirei o João, meti o Léo. Do Baptista, eu tirei o P. Foi realizada uma votação e, por unanimidade, todos votaram Léo Batista - contou o jornalista.
Nascido em Cordeirópolis, interior de São Paulo, começou como locutor do serviço de alto-falante de sua cidade. Além do esportivo dominical, fez a estreia do Globo Esporte, participações no Fantástico, Placar Eletrônico e na bancada do Jornal Nacional.

leo batista (Foto: Reprodução/Globoesporte.com) 
Léo foi o primeiro apresentador do EE
(Foto: Reprodução/Globoesporte.com)

No decorrer da carreira também já atuou como dublador. Seja no rádio ou na televisão, não levou apenas notícias boas para o público: o jornalista anunciou o suicídio de Getúlio Vargas, em 1954, além da morte cerebral do piloto brasileiro Ayrton Senna, 40 anos depois. O aniversariante também foi responsável por informar um terremoto que abalou a Cidade do México, às vésperas da Copa de 70.
De fato, é um personagem com extensa história no esporte, sendo um dos principais integrantes da imprensa esportiva brasileira. No boxe, narrou uma luta de Éder Jofre, pela antiga TV Rio, no fim dos anos 50, emissora que marcou sua estreia na televisão, apenas cinco anos após a chegada do veículo no Brasil. Léo ainda apresentou um combate dentro do ringue, além de um campeonato de surfe no Havaí.
E, quando se trata de história, ele não só é lembrado pelos telespectadores, como também pelos próprios personagens do esporte, com espaço marcado na memória de diversos atletas.
- Querido Léo Batista, feliz aniversário. Em nome do esporte, desejo muita saúde, alegria. Sempre penso "E no maracanã, quê que deu? Vitória do Avaí, 2 a 1... Deu zebra". Ah, garoto. Essa eu lembro. Sucesso sempre - brinca o tenista Gustavo Kuerten.
A voz dele é a voz que se confunde com a história do futebol brasileiro."
Levir Culpi
No entanto, a trajetória deste locutor foi marcada principalmente nos gramados. Léo Batista emocionou torcedores ao redor do país ao transmitir inúmeras decisões no futebol, como a final do Campeonato Brasileiro de 1980. Antes da partida, que deu ao Flamengo seu primeiro título nacional, em cima do Atlético-MG, mostrou o duelo protagonizado por Zico e Toninho Cerezo.
- A voz dele é a voz que se confunde com a história do futebol brasileiro. Do esporte brasileiro. Ele tem um tom de voz que ficou muito marcado. Acho que é um dos grandes da imprensa brasileira - elogiou o técnico Levir Culpi.

Exemplo a ser seguido
Apresentação, narração, locução. Durante 65 anos, esse personagem do jornalismo esportivo virou exemplo, tanto para os esportistas quanto para os companheiros de profissão, por uma característica em particular.

FRAME Leo Batista (Foto: Reprodução) 
Léo Batista é referência no jornalismo esportivo
(Foto: Reprodução)

- O Léo tem um jeito especial de se comunicar, então ele não é só marcante por conta da voz belíssima que tem, mas pelo jeito, pelo talento que tem de contar as coisas do esporte pra nós todos. Então é com muita alegria, com muita satisfação, e em tom de homenagem, que eu o chamo de "a voz marcante da TV brasileira" – definiu o narrador da TV Globo, Luís Roberto.
No entanto, esse não é o único fator que serve de inspiração para os mais jovens.
- 80 anos com a saúde que ele tem não é fácil chegar. Espero chegar assim também - disse o atacante Hulk.
Uma enciclopédia viva, Léo Batista passou por várias modalidades: futebol, vôlei, basquete, automobilismo, além da corrida de São Silvestre. Ao vivo na tela da Globo, este ícone do jornalismo esportivo entrou e ainda entra na casa dos brasileiros e, com sua voz marcante, contribui para registrar os momentos inesquecíveis do esporte.

Fonte: Globo Esporte

A Revira Volta Na Aula

Avenida Brasil - Carminha no Fantástico

ARRASEI no Fantástico, fingi de santinha como ninguém! Mas, mudando de assunto... e agora, ainda vai ter gente que me acha mais fraca do que a Terezona?! Desculpa aí, mas queria ver se essa perua tivesse morando num lixão, se conseguiria chegar onde eu cheguei. Subi na vida com muito esforço, sou uma sobrevivente! E vamo combinar, sei aterrorizar geral! Sou muito mais eu! - Carminha Lúcia Souza

A Mais Pura Realidade

Leiam essa postagem pensando no futuro dos desempregados... Como por exemplo... Esse cidadão americo-brasileiro aqui:

Os Erros de Português do Yahoo!


O Que Fazer Quando Está Inseguro no Quarto?

O Meme Le Derp mostra o que fazer...

O que eu sinto quando você sabe quem eu sou...

Funk: o lixo da Cultura Brasileira

O funk é um “ritmo musical” bastante popular no Brasil, principalmente nas favelas do Rio de Janeiro. Embora tenha surgido nos EUA, foi gradualmente se modificando dentro das periferias, misturando com outros estilos como Axé, Forró, Rap, Hip Hop, Freestyle e Miami Bass até se tornar o que temos hoje. Porém, mesmo sendo um estilo muito apreciado por jovens e adultos da era moderna, o funk se configurou como o lixo da cultura musical brasileira. A cultura brasileira nunca foi de fato uma cultura, mas uma mistura de costumes que se alinham as mudanças sociais do povo, de acordo com o lugar onde se encontra. O funk é um movimento que joga por terra qualquer definição cultural de música e acaba usando a banalização para fazer sucesso. No funk, os ritmos são repetitivos, as letras erotizadas e as danças bastante sensuais. E porque isso? Simplesmente porque reflete a vida e o local de quem canta. Que quero dizer com isso, que todos os que morram numa favela são imorais assim como as letras nos sugerem? Não, não é isso. Mas que as coisas que se cantam no funk estão enraizadas no cotidiano dessas pessoas. Embora o estilo tenha vindo dos morros, ganhou surpreendente força dentro dos centros urbanos do Brasil, sendo apreciado até mesmo por pessoas ricas. Basicamente isso ocorre por causa do arquétipo brasileiro (um homem “de bem com a vida”, que “pega” várias mulheres, que vive bebendo com os amigos e cantando sambas nos fins de semana nos bares etc. e mulheres com bumbum avantajados, “corpo violão”, pele morena etc.). Ou seja, uma população que se baseia em suprir diariamente seus prazeres. Uma sociedade estritamente hedonista e sexista. O funk se aproveita desse arquétipo e vai até mais fundo. Uma análise dos aspectos do funk se segue abaixo, para que possamos entender o porque o funk se configura como lixo da cultura brasileira.

O FUNK E A SEXUALIZAÇÃO DAS MULHERES
É sabido de todos que o funk brasileiro tem letras, danças e costumes que banalizam o sexo e promovem a desvalorização do gênero feminino. As letras chamam as mulheres de animais como “cachorra”, “potranca”, “égua”, as danças são quase sempre encenações de pornografia e os costumes que cercam o funk, como vestimentas curtas e claramente sensuais das dançarinas, as qualificações de “mulheres frutas” com conotação sexual, as constantes referências às partes íntimas do corpo feminino tem feito do funk um verdadeiro instrumento de manipulação sexual. A depravação é tal que as próprias mulheres se iludem com os embalos do funk, dançando e crendo que estão sendo valorizadas, mesmo que como objetos sexuais… Não se respeita a dignidade da mulher, não se dá verdadeiro valor às mulheres, somente as reduzem a meros objetos de satisfação sexual masculina. O que se conclui disso? Que o funk é um dos maiores promotores da promiscuidade. Só se tem aumento de gravidez na adolescência, de abortos e de doenças sexualmente transmissíveis entre os jovens porque o funk dá uma grande ajuda. Como o funk ajuda? Ora, o funk canta sexo. Sexo vende e atrai. Assim, o funk ajuda na proliferação da promiscuidade e deturpa a sexualidade. Logo, as meninas ficam tão acostumadas ao sexo explícito entoado nas letras que acabam aceitando aquilo como normal ou até mesmo trivial e os rapazes ardem de desejo ao verem as mulheres se exibirem e se banalizarem daquela forma, que daí para a cama é só um passo a mais. Resumindo: o funk dá uma idéia errada tanto da mulher quanto do sexo.

O FUNK E A VIOLÊNCIA
Algumas letras do funk exaltam as facções criminosas que agem dentro das favelas. Outras fazem referência direta ou indireta ao tráfico, à prostituição e à violência. Mas é nos bailes funk que a coisa fica de fato feia. Na maioria dos bailes dá alguma briga que podem ter vítimas fatais. Depois de beberem tanto e se exporem a violência e ao sensualismo nas letras, os participantes dos bailes funk costumam brigar entre si, que acaba desencadeando outras brigas e por fim, mortes, roubos, estupro e tráfico de drogas e armas. Assim, o funk estimula a violência e o tráfico.
Recentemente, houve vários índices de morte de MC'S só no estado de São Paulo.

O FUNK E A “CULTURA” BRASILEIRA
Como disse antes, o funk é o lixo cultural da música brasileira. E porque? Como se não bastassem as constantes referências sexualizadas da mulher e ao apoio a violência, as letras do funk não tem conteúdo algum. São letras vazias, sem nenhum tipo de criatividade, somente com repetições ridículas, erros de linguagem, alto nível de decibéis e mesmo ritmo de tom que extrapolam o bom senso. Eu diria que nem merece ser considerada música ou manifestação cultural (deveria se chamar infestação cultural). No entanto, um decreto do Governo do Rio de Janeiro em 2009 promoveu o funk a patrimônio artístico cultural carioca… E porque? Porque com o funk fica mais fácil controlar a população. Controle através do caos. E a mídia, como sempre, dando seu apoio… Até onde eu sei, nenhuma pessoa intelectual gosta de funk. Assim, o funk é um ritmo da ignorância de uma cultura que de fato não é cultura.

O FUNK E AS IGREJAS EVANGÉLICAS
Aqui chego numa parte que me causa revolta. A igreja evangélica tem aceitado diversos ritmos musicais afim de aumentar o número de fiéis. O funk não ficou de fora. Com o intuito de “louvar a Deus” tem sido feito diversas adaptações do funk e denominado “Funk Gospel”. Com os mesmos embalos, somente mudando as letras das músicas mas mantendo a mesma rima. Resultado, temos mais um lixo dentro das igrejas, já não bastassem as músicas absurdas que se cantam por lá. Colocaram funk gospel por simples razão: atrair multidões. Funk é o ritmo do momento, logo, nada melhor do que funk gospel para os crentes de rabo quente… Então, mais dízimos e ofertas… e mais pessoas no inferno… Um absurdo!
Não podemos tolerar mais esse lixo em nosso meio. O funk tem sido a devastação da população brasileira. Temos que mostrar ao povo que existem outras alternativas muito melhores de cultura e música. Mostrar que uma mulher não pode ser tratada como objeto sexual, que elas tem valor e dignidade! De lixo a sociedade brasileira está cheia! Basta!

Fonte: Blog do Renatim (matéria)

O que significa MC's?

Mulher é morta com tiro na cabeça em Alvorada

Uma mulher foi morta a tiros no bairro Intersul, em Alvorada, município da Região Metropolitana. Segundo testemunhas, ela caminhava pela rua, quando foi alvejada com um disparo na cabeça, por alguém que passava dentro de um veículo. A vítima, não identificada, morreu na hora.
Segundo a Brigada Militar (BM) de Alvorada, que atendeu a ocorrência, as testemunhas não souberam dizer em que carro estava o autor dos disparos. O crime aconteceu na Rua Otávio Rocha, uma zona residencial, por volta das 19h.

Fonte: Jornal Zero Hora RBS

Irmão de Madonna vai lançar linha de calçados

Christopher Ciccone vai lançar a The Ciccone Collection em setembro Foto: Getty Images
Christopher Ciccone vai lançar a The Ciccone Collection em setembro
Foto: Getty Images
 
O irmão mais novo de Madonna, Christopher Ciccone, vai lançar a sua própria linha de calçados, que irá ser apresentada durante a semana de moda de Londres, em setembro. Segundo a Vogue, Ciccone já trabalhou com pintura, fotografia, design de interiores, mas agora vai investir na The Ciccone Collection.
A ideia aconteceu em 2011 durante uma visita à empresa Novesta, sua atual parceira. A coleção foi concebida para homens, mulheres e crianças, e será composta por uma mistura de estilos tradicionais, mas feitos com materiais modernos.
A gama será mostrada em uma instalação sob medida em Londres, depois Paris, Praga, Toronto, Nova York, Miami e Los Angeles. A primeira loja deve abrir no primeiro semestre de 2013.
Madonna lançou sua linha de moda, Material Girl, em junho de 2010. Sua segunda grife, Truth Or Dare, que atualmente vende fragrância, foi anunciada em novembro de 2011.

Fonte: Moda Terra

Resultado da 'Mega':Sábado, 21/7



As dezenas sorteadas foram: 04 - 19 - 20 - 24 - 39 - 43.
Acumulou!
A Quina vai premiar 118 apostas com R$ 19.353,93. A Quadra registrou 8.075 apostas certas e cada uma leva R$ 404,02.

Homenagem a 'Hebe' no 'Domingo Espetacular'



A apresentadora Hebe Camargo será homenageada hoje no 'Domingo Espetacular' da TV Record. A trajetória de Hebe em mais de 50 anos na TV, o atual estado de saúde.A reportagem vai ao ar hoje, a partir das 21h00.

'Muricy Ramalho' no 'De Frente com Gabi'

No De Frente Com Gabi deste domingo, 22 de julho, Marília Gabriela entrevista o técnico Muricy Ramalho. Sete vezes campeão brasileiro e um dos maiores treinadores de futebol do Brasil, Muricy vem ao programa para falar sobre sua carreira, seus planos para o futuro, seu trabalho no Santos Futebol Clube e outros detalhes do mundo do futebol.

Muricy Ramalho declara que vai ficar mais um ano e meio no Santos
 (Foto: Carol Soares/SBT)
 
 
DE FRENTE COM GABINeste domingo, à meia-noite
No SBT!

Débora Falabella, a 'Nina' e sua filha 'Nina'

Foto:Avenida Brasil/TV Globo


Nina é filha da atriz Débora Falabella, fruto de sua união com o músico Eduardo Hypolitho, com quem foi casada por cinco anos.

A linda garotinha de três aninhos foi visitar a mãe,  nas gravações da novela 'Avenida Brasil', que interpreta a 'Nina'.

Ela se divertiu, mas ficou quietinha na hora do "Gravando!" e fez a alegria de todo a equipe com sua presença.

Foto:Avenida Brasil/TV Globo

'Conselhos de Carminha' #36 - Gabriela sempre Nina


Casal escondeu bebê dentro da mala de mão

Equipamento de raios-x identificou presença da criança na bagagem
Um bebê de 5 meses foi encontrado dentro da mala de mão após a bagagem passar pelo equipamento de raios-x do Aeroporto de Sharjah, no Emirados Árabes. Os pais da criança foram presos na hora.
De acordo com o jornal The Sun, o casal egípcio tinha tentado embarcar com o filho horas antes, quando havia sido impedido pelas autoridades locais por não ter todos os documentos necessários para o bebê pegar o voo.
A dupla, então, decidiu colocar a criança dentro da mala na tentativa de entrar no avião. "Esta máquina é muito perigosa para qualquer pessoa, mais ainda um bebê", disse uma autoridade policial ao jornal Gulf News.
O casal queria deixar o país porque a mãe estava grávida e queria dar à luz em casa, no Egito. "Quando os funcionários viram o bebê dentro do saco no scanner de raios-x, eles ficaram atordoados", completou a autoridade policial. A criança está agora sob tutela do estado.

Fonte: JORNAL MEIA HORA

Em coma, mulher tem filho de parto normal

Bebê nasceu bem
Na 29ª semana de gravidez, uma britânica de 23 anos entrou em coma após uma pneumonia e dois derrames. Inconsciente, Emma Mynors teve o rompimento da bolsa prematuramente e deu à luz de parto normal no hospital.
Os médicos só se deram conta do que estava acontecendo quando viram a cabeça do bebê. "Quando voltei do coma, as enfermeiras me mostraram fotos desta bebê, e eu não tinha ideia de quem era", disse Emma, sobre a filha Amy.

Fonte: Jornal Meia Hora

Atirador de cinema teria sido assombrado pelo espírito do ator que fez o ‘Coringa’ no filme



 
De acordo com o Pai de Santo Sérgio de Ogum, a força de pessoas que 'já partiram desta para uma melhor' é chamada ‘Egum’
Coisa do outro mundo. O jovem James Eagen Holmes, que matou 12 pessoas e feriu outras 59 na sexta-feira passada, em Aurora, no Colorado, Estados Unidos, poderia estar sob forte influência negativa do espírito do ator Heath Ledger, que interpretou o personagem ‘Coringa' no filme Batman - Cavaleiro das Trevas</CF> - e morto em 2008 por overdose de medicamentos.
De acordo com o Pai de Santo Sérgio de Ogum, a força de pessoas que "já partiram desta para uma melhor" é chamada ‘Egum' e pode ter sido um dos motivos de perturbação da mente do jovem americano até que ele cometesse o crime.
Pai Sérgio também viu que Holmes é envolvido com outras coisas muito macabras.
"Ele é regido por ‘Egum' e estava com problemas espirituais. Vi também que ele estava fazendo trabalhos de magia negra, pactos. A mente dele é fraca e a união dos trabalhos que fez com o espírito do ator influenciou. Fez com que ele cometesse o crime. Agora, ele nem sabe o que aconteceu", comentou Pai Sérgio de Ogum.
Já o Babalorixá Pai Jair de Ogum descartou qualquer possibilidade de o universitário americano estar sob efeito de drogas ou álcool. Muito pelo contrário. Para ele, o atirador foi "influenciado por muitas coisas que viu" e também pelos espíritos do mal. "Esse rapaz está tomado espiritualmente de forma negativa por espíritos obssessores. Definitivamente, ele não estava em seu estado normal", concluiu o Babalorixá Pai Jair de Ogum.

Fonte: Jornal Mei Horta

#AvenidaBrasil - Carminha e Nina


Avenida Brasil - Carminha discute Genésio

 

Avenida Brasil - O Começo de Tudo com Genésio

Crack já é a principal responsável pela perda da guarda de crianças no Rio

Rio -  Eles nunca compraram uma pedra de crack, mas já sofrem sua ação devastadora: mulheres aprisionadas pela droga têm abandonado recém-nascidos na maternidade.
O vício dos que deveriam proteger os pequenos motiva a maioria dos pedidos de perda da guarda de crianças feitos pelo Ministério Público, no Rio. Entre bebês que são afastados de suas famílias, o índice de pais afundados nesse entorpecente chega a 90%.
“A situação é muito grave. Há usuárias de crack que tiveram bebês, mas que tinham outras filhas que já foram abusadas ou porque a mãe explorou-a sexualmente para comprar a droga ou fez vista grossa para a violência. Você vai permitir que esse bebê também corra esse risco? Claro que não”, afirma a promotora de Justiça da Infância e Juventude Ana Cristina Macedo.
Foto: Severino Silva / Agência O Dia
Educadora Ana Carolina segurou o choro ao tirar o filho de pai viciado de casa imunda durante ação na Pavuna, quarta-feira | Foto: Severino Silva / Agência O Dia
Segundo ela, antes do crack, as ações de destituição do poder familiar eram motivadas por maus-tratos, violência física e sexual: “Agora, isso tudo vem acoplado ao crack. A pessoa passa a ser agressiva e negligente por causa da droga. Antigamente, era negligente porque era. Ou porque bebia ou usava cocaína. Não tenho mais nada disso. Agora é crack”.
A chegada de gestantes que muitas vezes veem direto de cracolândias para dar à luz alterou a rotina das maternidades. As unidades estão em alerta para identificar usuárias de crack e comunicar ao Conselho Tutelar e ao Juizado.
“Não somos monstros querendo tirar o filho da mãe. Há o direito da mulher de ser mãe. Mas existem os direitos da criança. E se eles se mostram inconciliáveis, a gente não tem dúvida, entra com a ação”, explica a promotora.
A Casa de Passagem Ana Carolina, em Bonsucesso, concentra esse drama. Nesse abrigo municipal destinado a crianças de 0 a 4 anos, 8 dos 12 bebês são filhos do crack.

Foto: Severino Silva / Agência O Dia
As crianças estavam em situação precária, sujas e muito gripadas”, relata a educadora Ana Carolina, que levou um dos pequenos em seus braços e comoveu até PMs que participavam da ação | Foto: Severino Silva / Agência O Dia
“Sempre tivemos mais crianças de 2 a 4 anos e menos bebês. De um ano e meio para cá, inverteu. Eles chegam com dias de vida, direto do hospital, prematuros. A maioria vem sem nome e nós é que escolhemos”, conta Aline Peçanha Oliveira, diretora da Casa de Passagem.
Até quem está acostumado com o drama das ruas se emociona ao resgatar crianças. Como a educadora Ana Carolina da Silva Freitas, 25 anos, que segurou o choro ao tirar o filho de pai viciado de casa imunda durante ação de combate ao crack da Secretaria Municipal de Assistência Social, na Pavuna, quarta-feira.
“Quando saio de casa para essas operações, tento deixar meu coração na estante, mas tem hora que não dá”, desabafa. Lá, quatro irmãos entre 2 e 6 anos foram levados pelos agentes.

Vício leva à geração de doenças graves nos pequenos
O consumo do crack na gravidez e todas as consequências da droga, como a desnutrição das mães, deixa herança ingrata para bebês: problemas respiratórios, sífilis congênita e HIV (vírus da Aids).
“Nossa rotina hoje é quase hospitalar com esses bebês. Todos chegam com problemas respiratórios e indicação de nebulização várias vezes ao dia. Metade teve sífilis congênita porque a mãe, além de se prostituir para conseguir a pedra, não faz pré-natal. No abrigo, temos dois usando medicação profilática contra o HIV”, informa a diretora Aline.

Foto: Severino Silva / Agência O Dia
Na Casa de Passagem Ana Carolina, em Bonsucesso, oito dos 12 bebês acolhidos são filhos do crack  | Foto: Severino Silva / Agência O Dia
O problema já preocupa o Departamento de DST e Aids do Ministério da Saúde, pois aumenta o risco de a criança nascer com o vírus.
“Uma mulher com HIV que faz pré-natal e tratamento profilático reduz o risco de transmissão do vírus para o bebê para 1%. Mas as dependentes do crack não fazem pré-natal e não tomam a medicação porque perdem o controle para a droga”, afirma Marcelo Araújo, assessor-técnico do Ministério.
Ele lembra que a sífilis é curável com penicilina e que a forma congênita da doença é grave: “Em bebês, a sífilis pode causar alterações ósseas, neurológicas, nos órgãos, surdez, cegueira e morte”.

Reintegração X desprezo
Tios, avós, pais e outros parentes têm a prioridade da guarda dos pequenos que são tirados de mães e pais usuários de crack.
“A gente procura um tio, um pai, uma avó e pergunta se não quer ficar com a criança”, explica a promotora Ana Cristina Macedo. Mas às vezes ninguém quer se responsabilizar. “A gente vê famílias cansadas do vício da filha. Esta semana uma avó nos disse que já cuida de três netos”.
As histórias das famílias afetadas pelo crack são parecidas: as 4 crianças apreendidas na Pavuna têm 5 irmãos. “A mais nova é uma menina de 20 e poucos dias de vida, que está com a avó materna”, relatou a educadora Ana Carolina.

Fonte: Jornal O Dia

Ex-policial que recebia salário inferior a R$ 2 mil comprou casa que vale R$ 1,5 milhão

Rio -  Condenados pela Justiça Federal do Rio de Janeiro em abril por lavagem de dinheiro, três ex-policiais civis que faziam parte do grupo dos ‘Inhos’ — todos chamados pelo diminutivo do nome — ganhavam salários de menos de R$ 2 mil, mas tinham imóveis avaliados em até R$ 1,5 milhão, segundo o relatório que consta na sentença divulgada pela 4ª Vara Federal Criminal do Rio.
Os ex-policiais, que foram expulsos da Polícia Civil, mas estão em liberdade, foram denunciados pelo crime em 2006 pelo Ministério Público Federal. Os imóveis, segundo os autos, foram colocados em nomes de parentes.
As investigações indicaram que eles seriam pagos para permitir a atuação da quadrilha de Rogério Andrade, apontado como um dos principais contraventores do estado.
Segundo a sentença, os três teriam acumulado patrimônio incompatível com os vencimentos, indício de aquisição de forma ilícita. A Justiça determinou o sequestro dos bens e a perda do cargo público dos acusados no período entre oito e 12 anos.

Fabinho
Segundo a investigação, a mulher do ex-policial Fábio Menezes de Leão teria comprado em 2005 no Anil, em Jacarepaguá, casa avaliada em R$ 1 milhão. O imóvel tem 800 metros quadrados de área construída, piscina, campo de futebol, adega, sauna e quatro quartos. O casal alega ter pagado R$ 280 mil. Fabinho foi condenado pela Justiça a seis anos em regime semiaberto e multa.

Jorginho
Um dos imóveis supostamente comprados pelo ex-policial Jorge Luís Fernandes, no Recreio, em 2002, ficara no nome da sogra dele. Segundo o Ministério Público Federal, à época da denúncia, o imóvel valia R$ 1,5 milhão. Outros dois, no Recreio e em Búzios, avaliados em R$ 600 mil e R$ 200 mil, estão no nome da mãe de Jorginho, condenado a cinco anos em regime semiaberto.

Helinho
Hélio Machado da Conceição foi condenado a cinco anos em regime semiaberto e multa. Ele e a mulher compraram em 2002 uma cobertura no Recreio que foi avaliada em R$ 900 mil quatro anos depois. A mulher teria comprado outro, imóvel, por R$ 300 mil, em 2002, no mesmo bairro.

As informações são do site IG

'Conselhos de Carminha' #35 - Sua Culpa!


José Wilker diz que adoecer de ciúme é lamentável

Rio -  Se o coronel Jesuíno de ‘Gabriela’ é sujeito carrancudo, chucro, violento, que causa tanta repulsa no trato com a submissa Sinhazinha (Maitê Proença), seu intérprete, José Wilker, é totalmente o oposto. Gentil e sedutor em suas palavras, não é à toa que conquistou o público e se tornou um dos maiores sucessos da novela das onze.

Foto: Maíra Coelho/ Agência O Dia
Foto: Maíra Coelho/ Agência O Dia
Na história, o personagem está prestes a flagrar a mulher e o amante, o dentista Osmundo (Erik Marmo), na cama. Para lavar a honra, vai assassiná-los brutalmente. “Vingança é um atestado de burrice enorme, mas é uma companheira inseparável do ser humano”, avalia o ator. Na vida real, infidelidade não é motivo de preocupação para o veterano. “Lido tranquilamente com isso. Não me incomoda, provavelmente eu que terei errado na escolha da mulher e do amigo, que é geralmente quem trai. Alguma parcela de culpa também seria minha. É um conjunto de circunstâncias, só não vou perder uma noite de sono sofrendo se for corneado. Não que eu tenha enfrentado esse tipo de situação. Mas confesso que convivo pouco e mal com relação de posse. Eu perdoaria uma traição”.

As frases de Jesuíno contribuíram, e muito, para a repercussão do personagem. Entre as pérolas do machista, a mais repetida é: “Deita, que vou lhe usar”. “As pessoas reconhecem esse comportamento, vivo até hoje. Só que novela é um divertimento, então não abri mão de buscar o humor dele”, explica o ator, ciente da importância de tratar um tema tão forte, como a agressão à mulher, na TV: “Não existiria Lei Maria da Penha se a violência doméstica não fosse um hábito. Infelizmente, alguns grupos da sociedade concordam com isso. Mas acho que muito do comportamento nocivo e reprovável masculino, é porque há adesão da parte feminina. Não existe essa de só os homens são assim. Somos assim quanto casal. Há um acordo implícito nesse tipo de aceitação do macho como provedor, senhor da senzala, dono do leito nupcial”, atesta.

Ciúme não é um sentimento cultivado pelo ator. “É como vaidade, pode ser uma coisa boa, mas se a pessoa adoece disso, é lamentável. Às vezes, pode ser saudável querer preservar o que conquistou, mas quando tenta aprisionar, perde o frescor, o brilho, a espontaneidade. E aí você não reconhece mais a pessoa por quem se apaixonou. Eu não sou ciumento. Meu ciúme é mais com objetos que preservo, do que fazer a companheira virar propriedade”, assegura.

Namorando há dois anos a jornalista Cláudia Montenegro, Wilker se define como um ‘casador’ compulsivo. “Caso sempre, acho confortável. É bom ter uma pessoa que troque tudo com você. Se está fadado a acabar vou ficar deslocado”, brinca. E conclui: “A gente vive, sim, sem um grande amor, mas é sempre bom estar com um”. O que ele odeia mesmo é discutir relação: “É o assassinato do romance. Eu fujo quilômetros. Prefiro suco de cebola ou um soco de Anderson Silva. Tem que deixar que o assunto venha normalmente. As pessoas mais maduras chegam à discussão sem precisar de imposição. Quando vê, já acabou e nem doeu. Posso não ter pensado assim há 15, 20 anos, mas me vem ocorrendo que já perdi tempo com tanta bobagem, tanta futilidade”, assume.

Outro assunto que o ator discorda é o casamento aberto. “Clube de swing é moda que vem e passa, uma tolice, coisa para novo rico. O sujeito deve ter um tipo de doença, um desajuste grave, que precisa tratar, para expor a coitada da parceira, e a ele mesmo, a esse tipo de constrangimento”, afirma. Para Wilker, mulher deve ser tratada, no mínimo, como melhor amiga. “Só não sou romântico. Adoro mandar flores, mas tomo isso como gentileza. Acho piegas aquela coisa melada, de amorzinho pra cá, pra lá, é uma veadagem danada”, ironiza.

Na cena em que o coronel descobre que está sendo traído, Wilker se empolgou tanto, que machucou até o pé. Questionado se era entrega total ao personagem, fez piada: “Que nada, se o personagem quiser que venha a mim (sorri). Sofri uma distensão muscular, porque chutei coisas que não estavam marcadas pra chutar. Depois, não consegui andar direito de dor, mas fizeram massagem e, no dia seguinte, eu já estava gravando. Sou rigorosamente profissional. Dou o melhor de mim, e quando fala: ‘Valeu’, vou pra casa ler meus livros”. A parceria com Maitê Proença foi um acerto, segundo ele. “Maitê é ótima, inteligente, bem-humorada. O Maurinho (Mendonça Filho, diretor) é gentil e o texto do Walcyr (Carrasco, autor), brilhante”, elogia.

Na primeira versão, em 1975, Zé Wilker foi Mundinho Falcão, papel que agora é de Mateus Solano. “Só me lembrei do Mundinho quando Mateus conversou comigo sobre o personagem. Naquela época, a gente tinha um compromisso pesado com a Ditadura Militar, necessidade de protestar. Fomos levados por esse sentimento de finalmente ser um canal pra falar de mudanças. Os últimos capítulos, lembro que assisti com o Jorge Amado, e pra ele foi uma surpresa, tanto quanto pra mim. Gosto de me surpreender com a narrativa”.

Fonte: Jornal O Dia

'Culpa da Rita' #6 - O Fim do Mundo

Irã transfere combustível nuclear para reator médico de Teerã

Irã -  O quarto carregamento de combustível nuclear de fabricação iraniana foi levado para o reator experimental de uso médico de Teerã, informou neste domingo o vice-presidente do Governo e diretor da Organização de Energia Atômica do Irã (OEAI), Fereydun Absi.
Em declarações divulgadas pela agência oficial de notícias iraniana Irna, Absi disse que "a República Islâmica do Irã produz combustível enriquecido a 20% na quantidade que necessita e seguirá produzindo" para uso médico.
Segundo a agência local Mehr, Absi explicou que o Irã tem capacidade para produzir combustível para submarinos e embarcações nucleares, que necessitam urânio enriquecido entre 50% e 60%, mas acrescentou que "a produção acima de 20%, por enquanto, ainda não está em nossos planos".
Absi disse ainda que o país seguirá negociando a questão nuclear com o Grupo 5+1 (China, EUA, França, Reino Unido e Rússia mais Alemanha), sem admitir pressões por meio de sanções para que o país renuncie a seu programa atômico.
Em 15 de fevereiro, o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, colocou a primeira placa de combustível nuclear de fabricação nacional, produzida nas instalações de Isfahan, no centro do país, no reator de Teerã.
Outros dois lotes de placas de combustível nuclear de urânio enriquecido a 20% foram enviados em maio de Isfahan ao reator experimental de Teerã, que segundo o Governo produz isótopos radioativos para o tratamento de cerca de 800 mil doentes.
A produção de placas em Isfahan e o reator de Teerã, além do resto das instalações nucleares iranianas, estão sob observação da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), de acordo com o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), do qual o Irã é signatário.
Uma dos pedidos das potências ocidentais do 5+1 ao Irã é que país interrompa o enriquecimento de urânio a 20%, que não é suficiente para produzir armas atômicas, que necessitam do elemento a 90%. Porém, isto significaria um passo para um maior enriquecimento no futuro.
O Irã está submetido a sanções da ONU, União Europeia, EUA e outros países devido à suspeita de que seu programa nuclear poderia ter fins armamentistas, o que Teerã sempre negou.

As informações são da EFE

'Conselhos do House' #1


'Culpa da Rita" #5 - Sem Papel Higiênico, é Culpa da Peste da Rita


'Culpa da Rita' #4 - Vcs Não Enxergam Isso?


'Culpa da Rita' #3 - Justificando a traição de Muricy e Leleco

'Culpa da Rita' - 'Conselhos de Carminha' - #2/#34

Avenida Brasil. De segunda à sexta-feira 21h00min


Autoridades identificam as 12 vítimas do massacre em cinema dos EUA

Estados Unidos -  As autoridades identificaram neste domingo as 12 vítimas do massacre em Aurora, no Colorado, quando o suspeito James Holmes, de 24 anos, atirou contra uma sala lotada que assistia à estreia do novo filme do “Batman” na sexta-feira. Holmes foi preso logo após o ataque no estacionamento do cinema e se identificou aos policiais como sendo “o Coringa”.
A vítima mais nova é Veronica Moser, uma menina de 6 anos. Ela assistia ao filme com sua mãe, que está em estado grave. A mais velha tinha 51 anos. O ataque feriu outras 58 pessoas e sete correm risco de morte.
As vítimas são Jessica N. Ghawi, 24; Veronica Moser-Sullivan, 6; John T. Larimer, 27; Alexander J. Boik, 18; Jesse E. Childress, 29; Jonathan T. Blunk, 26; Rebecca Ann Wingo, 32; Alex M. Sullivan, 27; Gordon W. Cowden, 51; Micayala C. Medek, 23; Alexander C. Teves, 24; Matthew R. McQuinn, 27.

Foto: Divulgação
Gordon W. Cowden foi uma das vítimas no massacre de Aurora | Foto: Divulgação
O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, viaja neste domingo para o Colorado para se encontrar com os familiares das vítimas. Obama declarou cinco dias de luto por causa do incidente e fez um discurso emocionado no dia do massacre. “Minhas filhas vão ao cinema”, disse Obama durante discurso em Fort Myers, na Flórida. “E se Malia e Sasha estivessem no cinema, como tantas crianças fazem todos os dias? Michelle e eu temos sorte porque vamos abraçar nossas meninas mais tarde.”
O incidente em Denver foi o maior ataque a tiros nos EUA desde 2007, quando o estudante Seung-Hui Cho matou 32 pessoas no campus da faculdade de Virginia Tech, antes de se matar. O cinema em Aurora fica a 32 quilômetros da escola Columbine, onde dois estudantes mataram a tiros 13 colegas em 1999.

Armadilha na casa do suspeito

Foto de James Holmes foi divulgada pela Universidade do Colorado | Foto: EFE
Foto de James Holmes foi divulgada pela Universidade do Colorado | Foto: EFE




















No sábado, a polícia conseguiu entrar no apartamento do suspeito James Homes após uma explosão controlada pelo esquadrão anti-bombas. O imóvel estava cheio de armadilhas de explosivos. O esquadrão anti-bombas usou um robô para colocar um tubo - conhecido como 'tiro de água' - perto de um dispositivo explosivo no apartamento. O tiro de água foi então acionado para desativar o explosivo.
Fotos do apartamento, tiradas por uma câmera levada até a janela do terceiro andar, mostraram vidros com munição no chão e "coisas que se parecem com morteiros," disse o chefe de polícia de Aurora, Dan Oates.

O suspeito
James Holmes - que foi preso horas após a matança - foi identificado como ex-estudante da Escola de Medicina de Denver, da Universidade do Colorado, que abandonou o curso em junho. Ele nasceu no Estado do Tennessee em 13 de dezembro de 1987 e é morador de Aurora, a terceira cidade mais populosa do Colorado. Ela fica a cerca de 15 km do centro de Denver e a 32 km do local do massacre na escola de Columbine, que deixou 13 mortos e 24 feridos em 1999.

As informações gloriosas são do site Ig

Morre jogador de basquete atingido por tabela em Brasília



O atleta David Henrique Conrado Meira, de 19 anos, atingido por uma tabela de basquete no dia 12 deste mês, morreu na madrugada deste domingo (22) no Hospital de Base de Brasília, informou a assessoria da Secretaria da Saúde do Distrito Federal.
O corpo foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML), onde, na manhã deste domingo, médicos legistas faziam a necropsia, de acordo com o instituto.
No sábado, Conrado Meira se encontrava em "estado crítico" e tinha sofrido "piora significativa" de seu quadro de saúde, segundo boletim médico do hospital, devido à insuficiência em múltiplos órgãos. O atleta estava internado em coma profundo na UTI Neurotrauma do hospital e dependia de aparelhos para respirar.
Ele ficou gravemente ferido no último dia 12, ao ser atingido no pescoço pela tabela que caiu após uma "enterrada" durante os treinos do time sub-22 de basquete do UniCeub/BRB Brasília.

O incidente aconteceu no clube da Associação de Empregados da Companhia Energética de Brasília, na 904 Sul, que aluga a quadra para o time.
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que prestou socorro, informou ao G1 que a vítima sofreu duas paradas cardíacas quando ainda estava no local do acidente.

Investigação
A 1ª Delegacia de Polícia do Distrito Federal abriu inquérito para investigar as causas do acidente com o atleta e apurar se houve negligência.
Segundo os peritos, análises laboratoriais complementares dos componentes da tabela que foram recolhidos no local permitirão chegar às causas do acidente. O prazo oficial para a conclusão do laudo é de 30 dias, contados a partir do último dia 13, mas pode ficar pronto em menos tempo.

Homem é preso por espancar cachorro no Núcleo Bandeirante, DF

 Cachorro foi levado para clínica veterinária, onde passará por cirurgia (Foto: TV Globo/ Reprodução)


Um homem de 78 anos foi preso em flagrante na tarde deste sábado (21) quando espancava o cachorro dele em uma rua do Núcleo Bandeirante, região do Distrito Federal. O animal foi levado para uma clínica veterinária, onde deverá passar por cirurgia.

O idoso foi encaminhado à 11ª delegacia de polícia, mas foi solto após assinar termo circunstanciado - documento de registro de crimes tipificados como de menor potencial ofensivo. A prisão foi feita pela Polícia Militar,  acionada por vizinhos que viram o espaçamento.

Uma voluntária levou o animal para uma clínica veterinária. Ele recebeu soro e foi medicado, mas terá de passar por procedimento cirúrgico que deve amputar o órgão genital, que está necrosado.

Segundo o médico veterinário Rafael Azevedo, que atendeu o animal, as chances de o cão sobreviver são pequenas. Segundo ele, o cachorro chegou muito debilitado à clínica, com sinais de que já vinha sofrendo agressões anteriormente.
"Pelo grau de desnutrição e desidratação, o risco de o cachorro morrer durante a cirurgia é muito alto. Vai ser necessário uma transfusão sanguínea, que também é outro risco", afirmou o veterinário.
De acordo com a polícia, o  autor do espancamento responderá criminalmente por maus-tratos a animais e pode pegar até dois anos de reclusão.

Fonte: G1

'Culpa da Rita' #1 - Indignada

'Conselhos de Carminha' #33 - Então é Você Traste?


'Conselhos de Carminha' #32 - Você Pergunta, Carminha responde

'Conselhos de Carminha #31 - O Meme Opina

Com Memes do Facebook

 


 

'Conselhos de Carminha' #30 - As Aulas Irão Começar!

Conselhos de Carminha #29 - Nina no Cemitério

'Maria do Bairro':Capítulo de Segunda, 23/7



Soraia encontra Maria. Nando grita na vila que Agripina está morta. Maria pede para Soraia dizer quem ela é. Carlota conta para Tita que Aldo telefonou. Daniel diz para Cecília que Maria é muito especial. Cecília pergunta para Maria se ela gosta de Daniel e a manda embora. Soraia planeja fugir do país. Nando diz para Luís Fernando que precisa de Maria. Vera Cruz sofre por Agripina. Maria lembra que tem um filho. Cecília trama para que Daniel expulse Maria. Soraia pede ajuda a Gonçalo e diz que em troca lhe dará Maria. Perlinha passa muito mal e Maria pede para Luís Fernando ajudá-la.


Fonte:SBT

'Nina' volta para a Mansão e assusta 'Carminha'

Foto:TV Globo

Foto:TV Globo
Acaba de ser exibida uma chamada do capítulo de Segunda (23/7) de 'Avenida Brasil', onde Nina aparece no escuro do quarto de Carminha, que entra distraída, quando Nina acende a luz do abajur e diz: "O jantar está servido, dona Carminha!".

A megera reage assustada, perguntando se ela é uma assombração.


Antes, Nina comentou com mãe Lucinda, que Carminha ia se arrepender de não ter a matado.


Será neste capítulo 103,  que Nina vai mostrar as fotos para sua inimiga de seu encontro íntimo com Max e chantageá-la.


A vingança de Nina está só começando.