quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Al-Assad lamenta a renúncia de Kofi Annan

O regime do presidente da Síria, Bashar al Assad, lamentou nesta quinta-feira a renúncia de Kofi Annan como mediador internacional para o conflito sírio.
O ministério das Relações Exteriores disse lamentar, em um comunicado, a decisão e a atribuiu "aos Estados que tentam desestabilizar a Síria e que colocaram obstáculos à missão de Anna", em alusão aos países ocidentais, Turquia e os países do Golfo, críticos em relação a Assad.
O emissário internacional para a Síria, Kofi Annan, afirmou nesta quinta-feira que apresentou sua renúncia como mediador da ONU e da Liga Árabe porque não recebeu todo o apoio que a causa merecia.
"Não recebi todo o apoio que a causa merecia. Há divisões na comunidade internacional. Tudo isso complicou minha tarefa", afirmou Annan em coletiva de imprensa em Genebra, momentos depois que sua renúncia foi anunciada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.
O plano de paz de seis pontos do enviado especial para resolver o conflito sírio, que previa, sobretudo, o fim dos combates entre governo e oposição armada e uma transição política, nunca foi aplicado.
— Não recebi todo o apoio que a causa merecia. Há divisões na comunidade internacional. Tudo isso complicou minha tarefa — afirmou Annan em coletiva de imprensa em Genebra, momentos depois que sua renúncia foi anunciada pelo secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon.
Ban anunciou "com profundo pesar" a renúncia de Annan, que foi nomeado para o posto no dia 23 de fevereiro deste ano.
Annan informou a ONU e a Liga Árabe "de sua intenção de não renovar seu mandato, quando este expirar em 31 de outubro de 2012", informa o texto difundido pela ONU.
O plano de paz de seis pontos do enviado especial para resolver o conflito sírio, que previa, sobretudo, o fim dos combates entre governo e oposição armada e uma transição política, nunca foi aplicado.
Ban exprimiu sua "profunda gratidão (a Annan) por seus esforços corajosos e determinados" e seu "profundo pesar" de vê-lo partir.
Ele afirmou que já iniciou o processo de consultas com o secretário geral da Liga Árabe, Nabil al-Arabi, para "nomear rapidamente um sucessor que possa continuar com os esforços de paz essenciais".
A saída de Annan evidencia a impotência da comunidade internacional em evitar o derramamento de sangue no caso sírio. No domingo, Zero Hora publicou uma reportagem especial mostrando como a Síria entra no rol de fracassos da organização.

Fonte: Zero Hora

Obama autorizou apoio secreto a rebeldes sírios, diz televisão americana

Obama autorizou apoio secreto a rebeldes sírios, diz televisão americana Emin Ozmen/AFP
Rebeldes que combatem em Aleppo têm tanques e armas pesadas Foto: Emin Ozmen / AFP

O presidente Barack Obama firmou um documento secreto autorizando o apoio dos Estados Unidos aos rebeldes sírios que combatem o regime do presidente Bashar al Assad, revela a imprensa americana nesta quarta-feira.
Obama assinou uma "disposição" especial que autoriza a ação secreta da Agência Central de Inteligência (CIA), segundo as redes de televisão NBC e CNN, que citam fontes não identificadas. A Casa Branca rejeitou comentar a notícia, mas não descartou a ideia de que Washington está dando apoio aos rebeldes sírios que lutam contra as forças de Assad.
Washington já admitiu que oferece assistência médica e de comunicações aos rebeldes sírios, mas nega o fornecimento de armas, afirmando que seria contraproducente "militarizar" ainda mais o conflito. Na semana passada, o departamento do Tesouro aprovou uma autorização permitindo que o grupo de Washington de apoio à Síria fornecesse ajuda financeira direta ao Exército Sírio Livre.

O Departamento de Estado do país afirmou nesta quarta-feira que separou US$ 25 milhões para ajuda que não envolvesse armamentos aos grupos rebeldes e mais US$ 64 milhões em ajuda humanitária para a população do país.
Nesta quarta-feira, a missão da ONU na Síria confirmou que os rebeldes que combatem em Aleppo, a segunda cidade do país, têm tanques e armas pesadas. Os observadores confirmaram a informação segundo a qual a oposição tem armamento pesado, incluindo tanques, em Aleppo, onde os rebeldes e o Exército de Assad se enfrentam em uma "batalha crucial" há dias, informou o porta-voz Martin Nesirky.

Fonte: Jornal Zero Hora! A sua Zero Hora!

'Click' na 'Sessão da Tarde'


Click (2006)
Arquiteto workaholic e estressado está decidido a conquistar a aprovação de seu chefe para que possa ser nomeado sócio da empresa. Por esta razão, deixa sua família em segundo plano. Certa noite, irritado quando não consegue descobrir qual de seus controles remotos liga a TV, ele busca um controle universal e recebe de um vendedor excêntrico um controle que permite que ele avance no tempo de sua vida.

Título Original: Click
Elenco: Adam Sandler, Kate Beckinsale, Christopher Walken, Henry Winkler, David Hasselhoff, Julie Kavner
Direção: Frank Coraci
Nacionalidade: Americana
Gênero: Comédia



Sexta, 15h50

'Antes e Depois' dos atores da novela 'Top Model'

Igor Lage, Gabriela Duarte, Marcelo Faria, Henrique Farias e Carol Machado  (Foto: CEDOC/TV Globo)
Igor Lage, Gabriela Duarte, Marcelo Faria, Henrique Farias e Carol Machado
(Foto: CEDOC/TV Globo)
Jane Fonda, John Lennon, Ringo Star, Elvis Presley e Olívia. Os cinco filhos do surfista Gaspar (Nuno Leal Maia), vividos por Carol Machado, Igor Lage, Henrique Farias, Marcelo Faria e Gabriela Duarte, respectivamente, se encontraram em uma entrevista organizada pelo Reviva. No papo, muitas lembranças, saudade e histórias para contar da época de Top Model, novela de 1989.

Os atores reunidos para a entrevista (Foto: Viva)
Os atores reunidos no Forte de Copacabana para a entrevista (Foto: Viva)

O Forte de Copacabana serviu de cenário para o reencontro emocionado dos irmãos Kundera mais de 20 anos depois das gravações.


Carol Machado observa o abraço de Marcelo Farias em Gabriela Duarte (Foto: Viva)
Carol Machado observa o abraço de Marcelo Farias em Gabriela Duarte (Foto: Viva)


Reviva reuniu todos os filhos do Gaspar Kundera para entrevista (Foto: Viva)
Reviva reuniu todos os filhos do Gaspar Kundera para entrevista (Foto: Viva)



TopModel (Foto: CEDOC/ TV GLOBO)Gaspar Kundera (Nuno Leal Maia) e os fillhos na novela “TopModel”
 (Foto: CEDOC/ TV GLOBO)
Henrique Faria, que fez o Ringo Star foi o único que não continuou na carreira artística, hoje ele é advogado.
O encontro dos irmãos Kundera vai ao ar no Reviva, no dia 06 de agosto, às 21h15.


Fonte:Canal Viva/Globo.com

Oposição usa tribuna da Câmara para criticar mensalão

Julgamento do mensalão no STF começou por volta das 14h30 desta quinta. Foto: Nelson Jr/STF/Divulgação
Julgamento do mensalão no STF começou por volta das 14h30 desta quinta
Foto: Nelson Jr/STF/Divulgação

O julgamento do mensalão, que começou nesta quinta-feira no Supremo Tribunal Federal (STF), dominou os debates no Plenário da Câmara na primeira semana após o recesso parlamentar. Líderes e deputados dos partidos de oposição usaram a tribuna para criticar o escândalo que abalou o governo Lula em 2005. As informações são da Agência Câmara.

Conheça quem são os 38 réus do mensalão
Saiba quem são os ministros e como costumam votar
Saiba como será o julgamento do mensalão dia a dia
De lanche gigante a calcinha antifurto: veja o que o mensalão inspirou
"Este é o julgamento do maior escândalo de corrupção da história brasileira e é uma oportunidade de deixar uma herança ética que engrandeça a nossa cidadania e a crença de todos nós de que somos um povo com instituições forjadas em valores nos quais acreditamos", disse o líder da minoria, deputado Antônio Carlos Mendes Thame (PSDB-SP).
O líder do PSDB, deputado Bruno Araújo (PE), destacou que o momento é fundamental na formação da história democrática do Brasil e disse que houve o respeito, por parte do STF, ao mais amplo processo de defesa. "É preciso transformar a cultura de que os poderosos não são julgados de forma efetiva", afirmou.
O líder do PPS, deputado Rubens Bueno (PR), avaliou que o STF vai fazer o julgamento "com a serenidade e o equilíbrio devidos a um tribunal superior". Para o deputado, afirmar que não existiu o mensalão é começar a repetir a velha prática de Goebbels, ministro da propaganda da Alemanha nazista, "que repetia mentiras para que, ao final, se tornassem verdades".
De acordo com o líder do Psol, deputado Chico Alencar (RJ), o STF estará decidindo o que é lícito ou não na busca e no exercício do poder. "A nossa expectativa é a de que, da decisão final do Supremo, saia um critério histórico para banir, de vez, a corrupção da história política brasileira e nos estimular a fazer uma profunda reforma do sistema político. A matriz de toda corrupção é o próprio sistema político brasileiro hoje, que acaba desautorizando a representação."
Vice-líder do DEM, Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou que os cidadãos se voltam ao STF com a esperança de "que a prática de uso do dinheiro público para corromper campanhas eleitorais e resultados de votações não vai mais proliferar no Brasil". Para Onyx Lorenzoni (DEM-RS), ao investigar denúncias de corrupção nos Correios, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre o tema resgatou a credibilidade do Parlamento e colocou nas mãos do STF o futuro do Brasil. O julgamento, disse o deputado, deve passar a mensagem de que "ninguém está acima da lei".
Para Roberto Freire (PPS-SP), o debate sobre o julgamento está instalado na sociedade. Segundo o deputado, os brasileiros estão se mobilizando no combate à corrupção, buscando acabar com a impunidade. "O julgamento qualifica o Brasil do futuro, com cidadãos mais atentos e que conseguirão entender todo o processo político". Otavio Leite (PSDB-RJ) disse que "o mensalão ocorreu há sete anos, mas nem por isso se deixou de praticar inúmeros outros atos semelhantes", pois, "no ano passado, vários ministros caíram em razão de desvios e desmandos com o dinheiro público".

O mensalão do PT
Em 2007, o STF aceitou denúncia contra os 40 suspeitos de envolvimento no suposto esquema denunciado em 2005 pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB) e que ficou conhecido como mensalão. Segundo ele, parlamentares da base aliada recebiam pagamentos periódicos para votar de acordo com os interesses do governo Luiz Inácio Lula da Silva. Após o escândalo, o deputado federal José Dirceu deixou o cargo de chefe da Casa Civil e retornou à Câmara. Acabou sendo cassado pelos colegas e perdeu o direito de concorrer a cargos públicos até 2015.
No relatório da denúncia, a Procuradoria-Geral da República apontou como operadores do núcleo central do esquema José Dirceu, o ex-deputado e ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, e o ex- secretário-geral Silvio Pereira. Todos foram denunciados por formação de quadrilha. Dirceu, Genoino e Delúbio respondem ainda por corrupção ativa.
Em 2008, Sílvio Pereira assinou acordo com a Procuradoria-Geral da República para não ser mais processado no inquérito sobre o caso. Com isso, ele teria que fazer 750 horas de serviço comunitário em até três anos e deixou de ser um dos 40 réus. José Janene, ex-deputado do PP, morreu em 2010 e também deixou de figurar na denúncia.
O relator apontou também que o núcleo publicitário-financeiro do suposto esquema era composto pelo empresário Marcos Valério e seus sócios (Ramon Cardoso, Cristiano Paz e Rogério Tolentino), além das funcionárias da agência SMP&B Simone Vasconcelos e Geiza Dias. Eles respondem por pelo menos três crimes: formação de quadrilha, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.
A então presidente do Banco Rural Kátia Rabello e os diretores José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório foram denunciados por formação de quadrilha, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro. O publicitário Duda Mendonça e sua sócia, Zilmar Fernandes, respondem a ações penais por lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O ex-ministro da Secretaria de Comunicação (Secom) Luiz Gushiken é processado por peculato. O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato foi denunciado por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
O ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP) responde a processo por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia inclui ainda parlamentares do PP, PR (ex-PL), PTB e PMDB. Entre eles o próprio delator, Roberto Jefferson.
Em julho de 2011, a Procuradoria-Geral da República, nas alegações finais do processo, pediu que o STF condenasse 36 dos 38 réus restantes. Ficaram de fora o ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken e do irmão do ex-tesoureiro do Partido Liberal (PL) Jacinto Lamas, Antônio Lamas, ambos por falta de provas.

Thomaz Bastos pede para desmembrar processo do mensalão

O advogado Márcio Thomaz Bastos defendeu o desmembramento do processo, já que apenas três réus possuem foto privilegiado. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr/Agência Brasil
O advogado Márcio Thomaz Bastos defendeu o desmembramento do processo, já que apenas três réus possuem foto privilegiado
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr/Agência Brasil

Após a abertura dos trabalhos do julgamento do mensalão no Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde desta quinta-feira, o ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos pediu o desmembramento do processo. Segundo ele, os ministros da Corte não têm competência para analisar réus que não possuem foro privilegiado.
Conheça quem são os 38 réus do mensalão
Saiba quem são os ministros e como costumam votar
Saiba como será o julgamento do mensalão dia a dia
De lanche gigante a calcinha antifurto: veja o que o mensalão inspirou
Ao apresentar a questão de ordem, o advogado disse que apenas três réus, que são deputados, teriam condições de ser julgados pelo STF. Ele disse que a matéria já havia sido discutida pelos ministros, mas nunca sob o enfoque constitucional. "Todas as vezes que se arguiu essa questão do desmembramento do processo, foi feito por critérios como rapidez, o tema nunca foi enfrentado pela alta Corte pelo viés constitucional", disse.
Bastos, que defende o réu José Roberto Salgado, ex-vice-presidente do Banco Rural, ainda disse que a sua solicitação não vai atrasar o julgamento. "Não se trata de adiar o julgamento, o processo está pronto para se julgado. (...)O processo vai pronto para o juiz dar sua posição. E possível que a sentença seja dada por ele antes até deste plenário", completou.
Após a defesa do advogado, os ministros começaram a discutir o tema. Quando Ricardo Lewandowski fazia a leitura do seu voto, Joaquim Barbosa se manifestou, lembrando que propôs, em 2006, o desmembramento da ação a pedido de um dos réus, mas que os demais ministros votaram pela manutenção do processo na Corte.
Se aprovada a questão de ordem pelos ministros, o julgamento é suspenso e será retomado, sem data definida, apenas contra os réus com foro privilegiado. No caso de ser negada a questão, a sessão continua normalmente, com a leitura do relatório do ministro Joaquim Barbosa e das acusações pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel.
O mensalão do PT
Em 2007, o STF aceitou denúncia contra os 40 suspeitos de envolvimento no suposto esquema denunciado em 2005 pelo então deputado federal Roberto Jefferson (PTB) e que ficou conhecido como mensalão. Segundo ele, parlamentares da base aliada recebiam pagamentos periódicos para votar de acordo com os interesses do governo Luiz Inácio Lula da Silva. Após o escândalo, o deputado federal José Dirceu deixou o cargo de chefe da Casa Civil e retornou à Câmara. Acabou sendo cassado pelos colegas e perdeu o direito de concorrer a cargos públicos até 2015.
No relatório da denúncia, a Procuradoria-Geral da República apontou como operadores do núcleo central do esquema José Dirceu, o ex-deputado e ex-presidente do PT José Genoino, o ex-tesoureiro do partido Delúbio Soares, e o ex- secretário-geral Silvio Pereira. Todos foram denunciados por formação de quadrilha. Dirceu, Genoino e Delúbio respondem ainda por corrupção ativa.
Em 2008, Sílvio Pereira assinou acordo com a Procuradoria-Geral da República para não ser mais processado no inquérito sobre o caso. Com isso, ele teria que fazer 750 horas de serviço comunitário em até três anos e deixou de ser um dos 40 réus. José Janene, ex-deputado do PP, morreu em 2010 e também deixou de figurar na denúncia.
O relator apontou também que o núcleo publicitário-financeiro do suposto esquema era composto pelo empresário Marcos Valério e seus sócios (Ramon Cardoso, Cristiano Paz e Rogério Tolentino), além das funcionárias da agência SMP&B Simone Vasconcelos e Geiza Dias. Eles respondem por pelo menos três crimes: formação de quadrilha, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.
A então presidente do Banco Rural Kátia Rabello e os diretores José Roberto Salgado, Vinícius Samarane e Ayanna Tenório foram denunciados por formação de quadrilha, gestão fraudulenta e lavagem de dinheiro. O publicitário Duda Mendonça e sua sócia, Zilmar Fernandes, respondem a ações penais por lavagem de dinheiro e evasão de divisas. O ex-ministro da Secretaria de Comunicação (Secom) Luiz Gushiken é processado por peculato. O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato foi denunciado por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
O ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha (PT-SP) responde a processo por peculato, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A denúncia inclui ainda parlamentares do PP, PR (ex-PL), PTB e PMDB. Entre eles o próprio delator, Roberto Jefferson.
Em julho de 2011, a Procuradoria-Geral da República, nas alegações finais do processo, pediu que o STF condenasse 36 dos 38 réus restantes. Ficaram de fora o ex-ministro da Comunicação Social Luiz Gushiken e do irmão do ex-tesoureiro do Partido Liberal (PL) Jacinto Lamas, Antônio Lamas, ambos por falta de provas.

Fonte: TERRA

O sex appeal dos gêmeos brasileiros que estão bombando no mundo todo!

Que os nossos modelos arrasam em qualquer lugar do planeta não é novidade, mas os irmãos Marcos e Márcio Patriota são um fenômeno. Gêmeos idênticos, os goianos iniciaram a carreira em 2006, já desfilaram para a grife Emporio Armani e, neste ano, posaram para as lentes do fotógrafo Terry Richardson ao lado da transex Amanda Lepore. Depois de desfilarem exclusivamente para a Coca Cola Clothing em maio, no Fashion Rio, a dupla estrela a campanha de verão 2013 da marca, ao lado da modelo paranaense Alicia Kuczman.
O trio foi fotografado por Jacques Dequeker, com styling comandado por Thais Rossiter, estilista da Coca Cola Clothing. Em looks supercoloridos, eles arrasam no ensaio cheio de efeitos gráficos. Dá uma olhadinha!
Irmãos Patriota são os astros da campanha verão 2013 da marca Coca Cola Clothing 
Irmãos Patriota são os astros da campanha verão 2013 da marca Coca Cola Clothing

De Heloísa Tolipan, para o Jornal do Brasil.

Macaulay Culkin está à beira da morte, diz amigo do ator de 'Esqueceram de Mim'

Conforme revelou um suposto amigo de Macaulay Culkin ao site gringo Radar Online, a eterna estrela da franquia 'Esqueceram de Mim 'estaria à beira da morte, por conta do consumo de drogas, que estaria sendo feito de forma mais intensa do que nunca. O amigo do ator teria confirmado que Macaulay gastaria, em média, R$ 12 mil por mês, entre drogas e remédios.
"Se não tiver ajuda, ele pode estar morto em seis meses", contou a fonte, que teve suas informações rechaçadas pela assessoria do ator, que negou tudo ao TMZ (outro famoso site de fofocas americano).
Macaulay Culkin: prestes a completar 32 anos, ator não é visto em público há muito tempo
Macaulay Culkin: prestes a completar 32 anos, ator não é visto em público há muito tempo
"Nós suplicamos aos veículos da mídia que considerem a fonte da notícia e sua reputação e não perpetuem essa história destrutiva e ofensiva", dizia o comunicado da assessoria de Macaulay, que teria engrenado de vez na jornada pelo mundo das drogas após o término de namoro, há muitos anos, com a atriz Mila Kunis.

De Heloísa Tolipan, para o Jornal do Brasil.

Avenida Brasil: sucesso de Carminha e o que Débora Falabella tem a ver com isso

Esta semana me peguei pensando, sempre em um universo comparativo que me persegue, qualquer que seja o assunto: qual seria a vilã mais incrível: Flora, interpretada por Patrícia Pillar, em 'A favorita', ou Carminha, a megera assustadora de Adriana Esteves em 'Avenida Brasil'? E, após chegar à conclusão de que a segunda seria superior à primeira, no aspecto geral de encantamento sobre nós, telespectadores, tive de deixar de lado qualquer menção ao talento inquestionável de Adriana para validar a consagração de sua personagem. Uma das grandes responsáveis pelo trabalho magnífico que Adriana vem desenvolvendo, não tenha dúvida, é Débora Falabella.
Pois em 'A favorita', por mais que Patrícia tenha criado uma das figuras mais imprevisíveis da vilania teledramatúrgica nacional, sua performance era uma obra exclusivamente sua. Patrícia não teve, diante de si, uma antagonista de tanto peso como Nina/Rita/Débora. Por mais que Mariana Ximenes, como Lara, e Cláudia Raia, como Donatella, tenham criado, juntas a Patrícia, cenas memoráveis, a escalada de Flora rumo ao rol de grandes malfeitoras da história de nossa TV foi trilhada sem o verdadeiro auxílio de suas rivais. Patrícia, simplesmente, esteve anos luz à frente de Mariana e Cláudia em sua jornada. Esta é a verdade.
Já Débora, por mais que seja, em alguns momentos, ofuscada pela entrega visceral de Adriana ao universo de Carminha, está lá, de cabeça erguida, construindo meticulosamente uma heroína com deslizes morais que exigem dela, Débora, um cuidado especial para sua Nina/Rita não escorregar na falta de uma personalidade forte. Débora, com a virada de jogo engendrada por sua personagem rumo à vingança que move a trama, fincou pé, definitivamente no clube de grandes intérpretes da nossa televisão.
Nina/Rita está sendo o passaporte para a consagração de Débora Falabella, em 'Avenida Brasil'
Nina/Rita está sendo o passaporte para a consagração de Débora Falabella, em 'Avenida Brasil'
Em 2001, como a problemática Mel, de 'O clone', surgiu nacionalmente, como uma grande promessa e, hoje, se consolida na cena. Jamais será possível esquecer de Nina saindo de sua cova, frágil, fraca, desnorteada. Jamais será possível esquecer de Nina recebendo Carminha, após se recuperar de seu 'enterro', com um sorriso diabólico e um cinismo idem. Jamais será possível esquecer de Nina esbravejando, à mesa de jantar da mansão de Carminha: 'Me serve, vadia'. Jamais será possível esquecer de Nina cambaleando, ao sair da banheira, após Carminha tentar afogá-la, nua, aos gritos de 'assassina'.
Existe Carminha, existe o sucesso de uma vilã. Mas, que seja dito, existe, do lado de lá uma adversária de altíssimo nível, que responde por Nina, por Rita, por Débora Falabella.

De Heloísa Tolipan, para o Jornal do Brasil

Defesa Civil diz que pode haver colapso das estruturas do Tijuca Off Shopping

O clima é de apreensão entre comerciantes do Tijuca Off Shopping, na Rua Barão de Mesquita, 314, na Zona Norte do Rio, após a Justiça dar um prazo de 15 dias para a desocupação do local. O motivo foi um laudo da Defesa Civil, que atestou a possibilidade de colapso das estruturas do shopping por causa de uma obra irregular.
Vigas de concreto armado foram colocadas nessa obra, que foi embargada. A associação de lojistas entrou na justiça, que determinou o esvaziamento do local. Só que a decisão está pegando as pessoas de surpresa nesta quinta-feira.
A área residencial do imóvel também está ameaçada e os moradores foram notificados a abandonar os imóveis.
Muitos funcionários se negaram a entrar nas lojas, aguardando orientações dos patrões.

Fonte: Jornal do Brasil

Uma novela que se arrasta desde 1970: shopping na Tijuca com risco de ruir


Na madrugada desta quinta-feira (02/08), a Justiça do Rio determinou a lojistas e moradores dos prédios que compõem a estrutura do Tijuca Off Shopping que evacuassem o imóvel, por problemas causados por uma obra irregular da Construtora Sá Cavalcante para a construção de uma nova garagem.
A denúncia de um morador, em março, chamou atenção para o procedimento ilegal da construtora. Ela pretendia cortar parte de duas vigas estruturais para construir uma rampa de ligação entre a garagem e o playground, além de um novo estacionamento para o condomínio. A obra comprometeu a estrutura do prédio e causou o embargo.
Enquanto os analistas da Defesa Civil faziam a vistoria no local, um clima de incerteza e medo se alastrava entre os lojistas. Segundo um deles, a estrutura do prédio era muito antiga, e não era a primeira vez que ouvia boatos de que ela poderia sofrer um colapso. Na verdade, como o Jornal do Brasil já noticiou diversas vezes, os problemas com a construção deste complexo datam do início dos anos 70. Por isto, muitos dos seus frequentadores, têm medo.

 http://www.jb.com.br/media/fotos/2012/08/02/610x472both/offShopping2683.JPG

O lojista Edison Macedo de Assis, há três anos no local, preferiu suspender o expediente nesta quinta-feira. Muito assustado, ele deixou uma pergunta no ar. "Nós, que trabalhamos aqui embaixo desta obra, temos nossas contas a pagar, os proprietários também têm as suas despesas. Quem é que vai pagar por isso caso nós sejamos evacuados? Soube que a viga pode cair nas nossas cabeças, é uma calamidade", alarmou-se.
Enquanto isso, uma multidão se formava em frente ao Tijuca Off Shopping, entre elas, Antônio Sivolella, que não poupou críticas à construtora." A Construtora Sá Cavalcante poderia estar procurando uma solução, mas ao invés disso se deixa levar pela ganância para valorizar os apartamentos que mantém no condomínio."
Em comunicado, a construtora responsabilizou o condomínio pelo problema. O Secretário Municipal de Conservação  e Serviços Públicos, Carlos Osório, saiu do prédio acompanhado de técnicos da Defesa Civil e tranquilizou os moradores e trabalhadores, lembrando que a obra já havia sido embargada." A Defesa Civil fez nova inspeção e não existe nenhum risco iminente neste imóvel, embora ainda não tenha sido feita a recomposição dessas vigas, o que terá de ocorrer em até 15 dias. O condomínio já se comprometeu a recuperar essa estrutura a partir de amanhã "

Fonte: Jornal Meia Hora

Nem é absolvido pela Justiça

Juiz diz que ex-chefão do pó da Rocinha não tentou ‘subornar’ policiais
A Justiça absolveu o traficante Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, em um processo no qual ele era acusado de corrupção ativa. Este processo diz respeito ao dia em que foi preso, 10 de novembro de 2011, quando ele teria subornado um grupo de policiais para facilitar sua fuga na época da ocupação da comunidade de São Conrado.
Nem ainda responde a diversos processos sob as acusações de homicídios, lavagem de dinheiro, tráfico de drogas, sequestro, porte de arma e associação ao tráfico, entre outros.
De acordo com o juiz Ricardo Coronha Pinheiro, não há provas de que Nem participou da tentativa de suborno.
"As provas colhidas nestes autos são frágeis e insuficientes para gerar um decreto condenatório em relação ao acusado Antônio Bonfim", afirma o magistrado durante a decisão.
Os advogados Demóstenes Armando Dantas Cruz e Luiz Carlos Cavalcanti Azenha foram presos em flagrante com o traficante. Eles teriam oferecido R$ 20 mil aos policiais do Batalhão de Choque (BPChq) e foram condenados por corrupção ativa e favorecimento pessoal.
No entanto, como são réus primários, tiveram a pena de dois anos e um mês de prisão substituída por prestação de serviços à comunidade pelo tempo em que ficariam presos.
Além disso, também pagaram cestas básicas de 10 salários mínimos para uma instituição de caridade ainda não definida pela Justiça do Rio.

Fonte: Meia Hora

Ricaça é morta e enterrada no quintal de sua própria mansão

Poliçada procura jardineiro que reclamava do baixo salário pago pela vítima
Vários suspeitos estão sendo procurados pela polícia para tentar identificar o assassino de Alpha Dias Kieling, 77 anos, mãe do empresário Robert Dannenberg. Ela foi encontrada morta e parcialmente enterrada domingo, no quintal da casa onde morava, na Rua Golf Club, em São Conrado, Zona Sul do Rio. Policiais da Divisão de Homicídios buscam principalmente um suspeito: um homem que cuidava dos cachorros e do jardim da vítima há cinco meses. Agentes foram ontem à casa dele, na Favela da Rocinha, em São Conrado, mas não o encontraram.
Chefe da segurança da rua, Gilson Alvarenga Ramos da Silva, o Peixe, 42 anos, contou que o jardineiro reclamava da patroa. "Ele dizia que ela tinha dinheiro, mas pagava pouco. Dona Alpha contava que ele fazia muitas perguntas sobre ela, que colocava qualquer um para trabalhar em sua casa", afirmou Peixe, há 10 anos no local.
Peixe revelou ainda que se encontrou com o suspeito sexta-feira. "Ele me disse que ela estava em Teresópolis e iria chegar naquele dia", contou o segurança, acrescentando que o suspeito não apareceu para trabalhar no último fim de semana: "Liguei hoje (ontem) e ele disse que está trabalhando de carteira-assinada e que não podia sair do trabalho".
O corpo da idosa foi sepultado ontem no Cemitério São Francisco Xavier, no Caju.
Filho procurava a vítima desde quinta-feira
Um exame de DNA ainda será feito, mas Robert reconheceu a mãe pelas roupas. Depois de ser alertado sobre o desaparecimento por vizinhos de sua mãe, o empresário veio de São Paulo, onde mora, para procurá-la. Tentou entrar quinta-feira no imóvel, mas não tinha as chaves. Voltou no dia seguinte, com chaveiro e policiais da 15ª DP (Gávea). "Foram levadas joias, bicicleta e frigobar. Foi traumático e não consegui prestar atenção na casa", afirmou Robert.
O empresário contou que a polícia tem um ‘elenco' de suspeitos. A Divisão de Homicídios assumiu o caso. "Há pelo menos o crime de ocultação de cadáver, e pode ter sido cometido por conhecido", disse o diretor da DH, delegado Rivaldo Barbosa, que já está analisando imagens de câmeras de segurança da rua.
Sem contato por celular
Robert havia registrado queixa do desaparecimento da mãe no último dia 20, na 15ª DP (Gávea). Alpha teria dito a ele no dia 18 que iria viajar para Teresópolis, na Região Serrana, e desde então estava desaparecida. Segundo ele, a mãe havia deixado o celular com uma amiga, por engano, o que o impediu de receber qualquer telefonema de Alpha nos últimos dias.
Famosos na vizinhança
O crime chocou os vizinhos da idosa, que a descreveram como uma pessoa de hábitos simples. Alpha Dias morava sozinha, sem empregados fixos, numa casa próxima à da atriz Carol Castro e de parentes do ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. "Ela era de pouca conversa, mas muito educada. Sempre a via andando aqui pela rua", comentou uma moradora.

Fonte: Meia Hora

‘Mendigo da Rocinha’ é preso em restaurante

Trabalhava de copeiro e diz que largou o tráfico, mas tinha dois mandados
Apontado pela polícia como um dos braços direitos do traficante Inácio de Castro Silva, o Canelão da Favela da Rocinha, Raphael Nascimento Paulino, o Zira ou Mendigo, de 27 anos, foi preso na noite de ontem por policiais do Serviço Reservado (P-2) do 2º BPM (Botafogo). O suspeito foi capturado dentro de um restaurante japonês no bairro da Zona Sul do Rio, onde trabalhava como copeiro há três meses e fazia curso para se tornar sushiman.
Ao ser apresentado na 10ª DP (Botafogo) ainda com o uniforme de trabalho, Mendigo disse ter largado o mundo do crime um mês antes da ocupação da Rocinha, em novembro do ano passado, e que vivia na comunidade com o filho. "Estava no restaurante há três meses e chegava às 15h para fazer o treinamento. Estava levando a vida tranquila", disse ele, que tinha dois mandados de prisão em aberto, um por associação ao tráfico e outro por tráfico.
Segundo os PMs, que já vinham investigando Mendigo desde a pacificação da Rocinha, ele tinha ligações com Antônio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, ex-chefão do pó na comunidade de São Conrado, mas teria mudado de lado depois que o traficante foi preso. O preso teria se aliado a Canelão, que deixou a facção Amigos dos Amigos (ADA) em outubro e passou a integrar o Comando Vermelho (CV), tornando-se rival de Nem.
Segundo informações do serviço de inteligência da PM, Mendigo controlaria ponto de mototáxi na Favela da Rocinha. Ele é acusado de extorquir dinheiro dos motoqueiros e até ameaçá-los de morte.
Segurança na DP é reforçada
Por ser acusado de ligação com o tráfico de drogas da Rocinha e apontado como chefe do ponto de mototáxi na comunidade de São Conrado, a segurança da 10ª DP (Botafogo) foi reforçada após a prisão de Mendigo. Uma viatura da Polícia Militar com dois homens vai permanecer em frente à delegacia até a chegada de uma equipe da Polinter, que deve transferir hoje o preso para o sistema penitenciário.
O reforço no policiamento foi pedido pelo delegado da unidade, que foi embora após cumprir o mandado de prisão. A medida está sendo adotada desde o resgate do traficante Diego de Souza Feitoza, o DG, retirado por comparsas da 25ª DP (Engenho Novo), no início do mês.
O caso será levado para a 15ª DP (Gávea), responsável por investigar o tráfico na Rocinha. O Disque-Denúncia oferecia recompensa de R$ 1 mil para quem desse informações sobre o paradeiro de Mendigo.

Fonte: Meia Hora

Carminha leva 'oioioi' e põe culpa na Rita

 
 
PF apreende material sinistro em galpão que seria da filha de Jerominho, mas ela nega
A vereadora e candidata à reeleição Carminha Jerominho (PTdoB) será convocada pela Polícia Federal na próxima semana para explicar a origem das armas e material de campanha dela apreendidos ontem em depósito em Campo Grande, Zona Oeste. A vereadora nega que o material lhe pertença e acusa suposto miliciano de ter armado a situação para prejudicar sua campanha.
No local, policiais da Delegacia de Combate ao Crime Organizado e do Grupo Tático de Pronta Intervenção apreenderam equipamentos de TV a cabo clandestina, três metralhadoras, duas escopetas, colete à prova de balas, dois giroscópios, duas granadas e agenda. Nas imediações, os agentes recuperaram um Classic prata roubado em fevereiro na área da 34ª DP (Bangu). O carro tinha adesivos da vereadora e caixa de som utilizada em propaganda.
Segundo o delegado Victor Hugo Poubel, a área onde foi encontrado o material é de atuação de milícias. Os policiais chegaram ao depósito às 8h30. Com cartazes de campanha de Carminha pendurados, a casa estava fechada, e ninguém foi encontrado. "Conseguimos chegar graças a denúncia. Essa região é área de atuação de milícias", disse o delegado.
Poubel explicou que as apreensões serão encaminhadas ao Tribunal Regional Eleitoral, que definirá se será expedido mandado de prisão contra Carminha ou se a candidatura dela será rejeitada. "É preciso investigar a origem deste arsenal", concluiu o delegado.

Fonte: Jornal Meia Hora

Que Deselegante! - Galvão Bueno discute com comentarista


Aconteceu no programa 'Conexão Sportv' ao vivo de Londres.Confira:


 

'Nicole Bahls' ou 'Penelope Nova' :Quem sai de 'A Fazenda'?




Quem merece ficar?
Quem deve sair?
Dê a sua opinião!!!

Cantor Luciano está internado em São Paulo


 
Cantor se internou em abril com arritimia cardíaca
 
O cantor Luciano, que faz dupla com o irmão, Zezé di Camargo, está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, desde quarta-feira, 01. Ele faltou à gravação do programa "Caldeirão do Huck". A assessoria de imprensa da dupla, em nota, disse que um problema no pé incomodava o cantor. A suspeita é que ele esteja com gota - doença que eleva o nível de ácido úrico no sangue. Não há previsão de alta.

Fonte: Portal A Tarde

Maga estreia show em homenagem a Jorge Amado em Ilhéus


 
Repertório do show de Margareth será inspirado nos personagens do escritor baiano
 
  A todo vapor para a estreia do show Nas Trilhas do Amado, a cantora Margareth Menezes ensaia para acertar os últimos detalhes de sua apresentação em homenagem ao centenário do escritor Jorge Amado. O repertório será baseado em trilhas sonoras de novelas e filmes inspirados nos romances e personagens do baiano. O primeiro show, dia 9, não poderia acontecer em uma cidade melhor: em Ilhéus, berço de Jorge Amado. A apresentação faz parte do Festival Amar Amado e terá entrada gratuita.

Fonte: Portal A Tarde

Atriz baiana tieta veteranas em gravação de 'Gabriela'


-A A+
  • Reprodução / Facebook
    A atriz aparece ao lado de Laura Cardoso e Neusa Maria Faro
Uma das atrizes baianas no elenco da novela "Gabriela", baseada na obra de Jorge Amado, Clara Paixão aproveitou a folga entre uma gravação e outra para tirar fotos ao lado dos seus ídolos, como as atrizes Laura Cardoso e Neusa Maria Faro. Essa é a primeira novela da carreira de Clara, que está feliz da vida com a oportunidade.
As cenas com a sua personagem, que será amiga de Gabriela – vivida com Juliana Paes – devem ir ao ar nos próximos capítulos. A atriz já participou de outras produções globais, como a série Ó pai ó.

Fonte: Portal A Tarde

Filha de Sílvio Santos dá piti no SBT

Créditos - Portal SBTista


Patricia Abravanel, que começou no SBT bem calminha, simples, boazinha, humilde, agora está fazendo questão de deixar claro que é a filha do dono.
E mostrar que é ela que manda. Ela mudou o comportamento.
Dia desses, teve uma discussão com um diretor da casa, que é da família, pois não queria aceitar mudanças no programa Cante se Puder, que ela apresenta ao lado de Márcio Ballas.
O diretor queria demitir os assistentes de palco e ela implicou. A briga parecia uma daquelas do Casos de Família.
Fora isso, Patricia atrasa para as gravações, deixando convidados esperando. Uma cantora chegou a ficar das 9h às 15 esperando para gravar. E é claro que ninguém se atreve a dar bronca na filha do patrão.
Fonte: Fabíola Reipert

' O Maior Brasileiro: Chico Xavier vence confronto com Irmã Dulce e vai para a semifinal.

Na noite desta quarta-feira, 1º de agosto,Carlos Nascimento comandou o primeiro confronto desta fase de O Maior Brasileiro de Todos os Tempos. De um lado, Chico Xavier, representado no palco por Saulo Gomes, do outro Irmã Dulce, defendida por Padre Antônio Maria.

Após uma semana de votação aberta pela internet e via SMS, Chico Xavier venceu com 50,5% dos votos o confronto e se tornou o primeiro semifinalista para o posto de Maior Brasileiro de Todos os Tempos

CONHEÇA A TRAJETÓRIA DE CHICO XAVIER

Uma farsa para uns, um santo para outros. Mesmo 10 anos depois de sua morte, a imagem de Chico Xavier não caiu no esquecimento popular. Pelo contrário, tornou-se a maior referência do espiritismo no Brasil.

Graças a ele, o Brasil é hoje uma das maiores potências da doutrina espírita do mundo. Sua vasta coleção literária colaborou para essa divulgação em massa, superando inclusive barreiras entre outras religiões.

Repassando os direitos dos livros para suas obras sociais, Chico Xavier exerceu a solidariedade pensando no futuro, ajudando até hoje muitas famílias brasileiras. Esta escola é um fruto deste belo trabalho desenvolvido pelo médium aqui em São Paulo.

Seu trabalho no espiritismo levou conforto e esperança para milhares de pessoas, até mesmo para quem nunca chegou perto do médium.

Chico Xavier nos trouxe mensagens de amor e fé que serão eternizadas graças as suas obras. Lições que permanecerão na mente dos brasileiros por muito tempo.


LINHA DO TEMPO


Chico Xavier chegou ao mundo trazendo uma mensagem de luz e paz. Em terra firme, na cidade mineira de Pedro Leopoldo nasceu um homem que fez a ponte entre vivos e mortos. Um ser iluminado: Chico Xavier.

Aos 5 anos, ficou órfão de mãe e passou a morar com a madrinha. Porém, seu contato maternal continuou através de conversas espirituais. 

Com 8 anos, Chico começou a trabalhar em uma fábrica de tecidos, dividindo o tempo com os estudos. Mesmo vivendo com uma família que seguia tradições católicas, foi no espiritismo que encontrou a cura de uma doença da irmã, até então desenganada pelos médicos. 

A partir deste momento, Chico Xavier quis saber mais sobre o kardecismo. Em 1927, ajudou a fundar o Centro Espírita Luiz Gonzaga, onde fez suas primeiras psicografias. Era o início de uma nova etapa em sua vida: o Chico médium.

Em 1931, ele conheceu seu mentor espiritual, Emmanuel.  No ano seguinte, publicou seu primeiro livro: “Parnaso de Além-Túmulo”. 

Em 1944, Chico lançou uma de suas obras mais populares: Nosso Lar. O livro é um dos campeões de vendas até hoje. Neste ano, suas publicações chegaram aos tribunais. Chico foi acusado de roubo pelos familiares do famoso escritor Humberto de Campos, que já havia desencarnado. Eles queriam parte dos direitos autorais da obra psicografada. Porém, a justiça deu causa ganha ao médium mineiro.

Em 1959, seguindo as orientações de seus benfeitores espirituais, Chico mudou-se para Uberaba. O número de fieis e seguidores não parava de subir.

Em 1965, viajou para os Estados Unidos para divulgar o espiritismo. Em 1971, Chico Xavier foi sabatinado por quase três horas, ao vivo, no programa Pinga-Fogo, da extinta TV Tupi. Respondendo perguntas de jornalistas e de curiosos sobre o espiritismo, gerou uma repercussão nacional extraordinária.


Em 1979, pela primeira vez, as cartas de Chico viraram provas num processo criminal. O morto declarou, através da psicografia, que tudo não passou de um acidente. As cartas recebidas foram reconhecidas pela família do jovem e aceitas pelo juiz. Graças às mensagens que o médium recebeu da vítima, o réu foi inocentado. Um caso inédito.

Em 1981, 10 milhões de pessoas indicaram Chico Xavier como o representante brasileiro ao Prêmio Nobel da Paz. Mas, ele não saiu vitorioso.

No ano de 1995, sua saúde ficou ainda mais debilitada. Mesmo assim, seu trabalho ao lado do mentor Emmanuel não parou.

Chico Xavier dizia a familiares e amigos que havia pedido a Deus para fazer sua passagem no dia em que os brasileiros estivessem bem felizes.

* Fotos: Reprodução/SBT

Intérprete de Mario Ayala em "Carrossel" promete vilão tão cruel como o da versão original.

  Gustavo Daneluz caracterizado para viver Mario Ayala em "Carrossel"
É melhor a diretora Olívia (Noemi Gerbelli) ficar ainda mais atenta a tudo que se passa na escola Mundial, porque se as maldades de Paulo Guerra (Lucas Santos) já infernizavam os alunos e a professora Helena (Rosane Mulholland), a situação deve ficar ainda pior em "Carrossel" a partir de agora. Isso porque, desde o capítulo do último dia 25, ele ganhou um aliado para as travessuras: Mario Ayala, vilão da trama, interpretado por Gustavo Daneluz, de 11 anos.
De acordo com o intérprete de Mario, nessa versão ele será tão cruel quanto na original. "O Mario Ayala dessa versão já chegou com muita revolta, carente e com muita raiva do mundo. Ele vai chorar muito e ser agressivo com todos que os cercam", contou ele em entrevista ao UOL.
Órfão de mãe, o vilão, que sofre nas mãos da madrasta Natália (Nábia Vilela), chegou a escola Mundial depois  de ser expulso de outro colégio. Apesar de toda a agressividade, Daneluz consegue enxergar um lado sentimental em todas as atitudes que o personagem tem e, por todas as maldades, vê certa semelhança com Maria Joaquina. "O Mario se parece com a Maria Joaquina na maneira de tratar as pessoas, com muito desprezo. Mas, no geral ele é só um menino carente que precisa de carinho", comparou.
  • Mario Ayala e Paulo Guerra em cena de "Carrossel"
Gustavo Daneluz iniciou a carreira artística em 2009, quando participou do concurso Cena em Ação do programa da Hebe. Além disso, ele já conhece a rotina de uma emissora de televisão, já que viveu o personagem Zé na série "Esconderijo Secreto", da Discovery Kids.
Sobre já ter uma ideia do que é estar na TV, Daneluz falou de suas maiores dificuldades para estar na pele de Mario e também contou qual foi cena mais complicada até agora. "Eu gravei várias cenas difíceis, porque o Mario é um menino com muita raiva no coração. Ele é um vilão e tenho que transmitir isso para o público. A cena mais complicada é a que ele pega uma foto da sua mãe debaixo do travesseiro, se emociona muito e diz que não acredita mais em Deus porque ele a levou embora", observou ele, que diz admirar as atrizes Klara Castanho e Cristiane Torloni.
No capítulo que foi ao ar nesta terça-feira (31), Mario já arrumou a primeira confusão na nova escola. O vilão xingou a professora Helena e foi parar na diretoria. Questionado se existe alguma dificuldade para os coleguinhas da vida real entenderem que as maldades que ele faz na TV são só por causa do personagem, Daneluz mostrou certa maturidade. "Tenho muitos amigos da minha idade que já entendem que o Mario é somente um personagem, mas já recebi, do fã clube do programa da Discovery, que eu devo continuar sendo a mesma pessoa e não mudar meu jeito", contou ele aos risos. 
Segundo o ator mirim, o desfecho da história de Mario é um mistério, mas espera que seja um final bom. "Não sei como será o fim da história de Mario, isso é um mistério. Eu gostaria que ele tivesse um final bom, ou pelo menos um bom relacionamento com a sua madrasta, fizesse bons amigos e até arrumasse uma namoradinha",  brincou Daneluz.
Fonte : Uol

Marília Gabriela entrevista os atores que interpretam Maria Joaquina, Cirilo e Valéria em Carrossel

Crédito: Carol Soares/SBT


       No "De Frente Com Gabi" deste domingo, 05 de agosto, Marília Gabriela entrevista os atores mirins Maisa Silva, Jean Campos e Larissa Manoela. No ar em Carrossel, eles interpretam, respectivamente, Valéria, Cirilo e Maria Joaquina, e vêm ao programa para bater um animado papo sobre o atual sucesso, falam ainda de suas carreiras, suas histórias de vida, seus sonhos e planos para o futuro.


Confira as melhores frases da entrevista: 

Maísa Silva
  • A Valéria é do bem, mas ela é sapeca.
  • Eu não sou tão arteira, sou mais engraçada.
  • Quando entro em uma escola nova tem um certo assédio.
  • Eu gosto um pouco mais do meu cabelo liso, porque é mais prático.
  • Eu falei minha primeira palavra aos 7 meses.
  • Eu não gosto de brigar com as pessoas.
  • Era o meu sonho ir para a Disney e eu consegui graças ao meu trabalho.

Jean Paulo Campos
  • Cirillo é um menino muito humilde mas às vezes ele dá uma de bobão.
  • Eu fiz 5 testes (para a novela) e passei em todos.
  • Eu quero ser artista e cientista.
  • Um dia a diretora do colégio pediu para parar metade da aula pra que todo mundo tirasse foto comigo.
  • que não gosto de comer é quiabo.
  • Gosto de filmes de aventura, tipo Indiana Jones.

Larissa Manoela
  • Acho que eu estou aprendendo bastante fazendo uma vilã.
  • Comecei (a carreira) aos 4 anos, em um concurso de modelos em Guarapoava, no Paraná.
  • Faz 4 anos que eu moro em São Paulo, por isso já perdi o sotaque.
  • Minha família quer adotar uma criança daqui um tempo.
  • Foi maravilhoso (sobre atuar em “O Palhaço”), aprendi muitas coisas com o Selton Mello.
  • Nunca me frustrei, mas sei que tenho que estar preparada pra isso.
  • Quero me formar em artes cênicas e depois em moda.
  • Ainda brinco de boneca.
  • Meus priminhos dizem que eu sou o orgulho da família. 

Fonte: Portal SBTista

De biquíni, Sophie Charlotte é flagrada num ângulo ruim em gravação na praia

A quinta-feira é de sol e muito trabalho para Sophie Charlotte. A namorada de Malvino Salvador juntou o últil ao agradável e gravou cenas de um curta-metragem, de biquíni e tomando sol, na praia da Barra, no Rio. Durante a cena, que teve direito a beijo na boca do ator, a louríssima Sophie também precisou correr e, como uma simples mortal, foi logo flagrada num momento indiscreto, exibindo algumas celulites do corpo. Mas nada disso ofuscou a beleza da atriz. Nem precisou dizer que a beldade atraiu todos os olhares, né?
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio Foto: Clayton Militão/PhotoRioNews
Sophie Charlotte grava de biquíni em praia no Rio

Londres 2012: Ciclista alemão é ouro no tamanho de coxa, mas leva bronze por equipes

O ciclista Robert Forstemann, o coxudo das Olimpíadas, ficou com a medalha de bronze na disputa do sprint por equipes Foto: ODD ANDERSEN / AFP
O ciclista alemão Robert Forstemann ganhou fama nas Olimpíadas de Londres por ter coxas gigantes. Se no tamanho das coxas ele era ouro, no ciclismo, modalidade sprint, o atleta conquistou a medalha de bronze por equipes. Ao lado dos compatriotas Maximilian Levy e Rene Enders, ele só conseguiu o tempo de 43s178.

O ciclista Robert Forstemann, o coxudo das Olimpíadas, ficoum com a medalha de bronze na disputa do sprint por equipes
O ciclista Robert Forstemann, o coxudo das Olimpíadas, ficoum com a medalha de bronze na disputa do sprint por equipes Foto: ODD ANDERSEN / AFP

Forstemann (E) com os companheiros Rene Enders (C) e Maximilian Levy
Forstemann (E) com os companheiros Rene Enders (C) e Maximilian Levy Foto: Matt Rourke / AP
A Grã-Bretanha conquistou a medalha de ouro, com o tempo de 42s747, e a França levou a prata, com 42s991. Nem as coxas de 73cm conseguiram ajudar Forstemann a subir no lugar mais alto do pódio.... Porém, ele volta a competir no dia 4 de agosto, às 10h (de Brasília), no sprint individual.

Forstmann durante um treinamento em Londres
Fonte: Extra

Lucimara Parisi nega que vá escrever sobre Silvio Santos e diz ser gostoso trabalhar no SBT.


Lucimara Parisi tem uma carreira longa no rádio e na televisão trabalhando com grandes nomes como Silvio Santos e Fausto Silva, mas ela não pretende contar estas histórias em um livro. Em uma conversa com O Site, ela explica que tem sido divulgado na imprensa que ela escreveria uma obra falando sobre os segredos dos bastidores de seus dois colegas de trabalho, mas isso não é verdade.
“Eu disse para uma pessoa que o SBT é gostoso de trabalhar e é bom trabalhar em programa diário. Eu contei que já trabalhei com o Silvio Santos antes de ele comprar o SBT, em quadros na rádio, que ele brincava no estúdio que era o [personagem] Justiceiro e agora voltei para cá, está maravilhoso e tal. Me perguntaram do Fausto e se a gente brigou. Eu disse que todo irmão brigava. Era normal, mas não muda o sentimento. É a mesma coisa! Só isso.”
Ela esclarece que está realmente escrevendo um livro sobre os bastidores da tevê, mas nada que se refira especificamente sobre Silvio Santos e Fausto Silva. Lucimara ainda afirma que seu projeto está parado diante de muitos trabalhos que tem feito dentro do SBT.
“Eu disse que o livro está parado embora o pessoal de comunicação me peça para escreve-lo e eu disse que mais para frente. A galera fica pensando se eu vou falar mal deles e eu não gosto disso. Sou uma pessoa do bem e não gosto dessas coisas. Vou falar das experiências profissionais como os desafios, obstáculos e coisas engraçadas de bastidores. Eu estou com outras coisas para fazer, embora eu seja cobrada para escrever.”

Fonte: OFuxico