quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Ferry: motoristas têm de esperar mais de 3h para embarcar

  • Marco Aurélio Martins | Agência A TARDE
    Fluxo segue intenso nos dois sentidos, segundo a Agerba
Quem precisa utilizar o sistema ferry boat encontra à disposição três embarcações - Ivete Sangalo, Anna Nery e Maria Bethânia - que realizam as viagens no sistema bate e volta, no início da tarde desta quarta-feira, 26. Assim como pela manhã, o fluxo segue intenso nos dois sentidos. O tempo médio de espera para os condutores de veículos pode chegar a três horas e meia, tanto para quem saiu do Terminal de São Joaquim, em Salvador, quanto em Bom Despacho, na Ilha de Itaparica.
O fluxo de pedestres também continua intenso, mas, conforme o órgão, os passageiros não encontram demora para embarcar. A Agerba informou que mais quatro "ferries" estão em fase final de recuperação na Base Naval de Aratu (Pinheiro, Rio Paraguaçu, Juracy Magalhães e Agenor Gordilho), para serem reincorporados à frota do sistema. Ainda não há previsão de quando as embarcações voltem a operar.
Ainda de acordo com o órgão, o último horário previsto para a travessia está marcado para as 23h, podendo ser realizadas viagens extras caso haja demanda.  Segundo dados da Agerba, o sistema ferry boat transportou 70.942 passageiros e 8.791 veículos no período de 21 a 25 de dezembro, durante os festejos natalinos, nos dois sentidos, na travessia Salvador-Itaparica.

Fonte: Portal A Tarde

Atitudes Positivas: Em 2013, cultive o silêncio

  • Fernando Vivas | Ag. A TARDE
    População não se conscientizou sobre danos que o barulho em excesso pode causar
Caso de polícia, saúde pública ou falta de bom senso, o fato é que a poluição sonora incomoda a todos. Salvador é uma das cidades onde existe maior incidência do problema e os registros de denúncias não param de aumentar. De acordo com a Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), cerca de 5 mil reclamações chegam diariamente ao órgão, principalmente de vizinhos insatisfeitos com o barulho alheio. Até o último dia 12, esse número havia passado das 66 mil reclamações em 2012.
Por causa do alto índice de denúncias registradas na Sucom, é possível notar que a população ainda não se conscientizou com os danos que o barulho em excesso pode causar. Qualquer som maior que 80 decibeis (equivalente ao som do liquidificador caseiro) já compromete a audição humana. Por essa razão que a Superintendência vem realizando palestras educativas em escolas e outras instituições para orientar as pessoas para o uso correto do som.
O funcionário público Ricardo Sousa, 29 anos, ouvindo pela reportagem em um ônibus da capital, reclama da falta de bom senso das pessoas, principalmente no transporte público. "Temos que aprender que nossos direitos terminam quando começam os do outro. Se eu não quero ser incomodado, não posso interferir no silêncio do vizinho. São as normas básicas para conviver em sociedade e as pessoas não têm respeitado isso". Em direção ao trabalho e viajando atrás de um rapaz que compartilhava o seu gosto musical com os demais passageiros do coletivo, Sousa completou: "Somos obrigados a ter a opção musical do vizinho compartilhada mesmo ela não sendo de bom gosto. Não temos opção a não ser aturar tudo isso".
Leis Municipais - Em maio deste ano foi sancionada a lei municipal (nº 8293/2012), que proíbe a utilização de aparelhos sonoros com alto volume no interior dos ônibus de Salvador, mas até então nenhuma ocorrência formal foi registrada pela Sucom. A fiscalização é feita pelo próprio órgão, em conjunto com as polícias civil e militar, além da Guarda Municipal. Após a notificação, o "DJ" é multado e tem o equipamento apreendido.
Em residências e estabelecimentos comerciais, a Sucom age de acordo com a Lei nº 5354/98, que trata da organização dos sons urbanos, cria licença para utilização sonora e determina os limites de horário e as punições ao desrespeito. Segundo manda a lei, entre às 7h e às 22h é permitida a emissão de 70 decibeis, caindo para 60 decibeis no período entre às 22h e 7h.
Saúde física e mental - O otorrino Antonio Borja ressalta a importância das pessoas cuidarem bem do seu aparelho auditivo hoje para não ter a saúde comprometida futuramente e reclama da falta de incentivo ao uso correto do som. Segundo ele, os níveis de poluição sonora em Salvador são abusivos em termos de saúde física e mental.
"Nós temos direito ao silêncio. Existem campanhas contra o uso do cigarro, mas não há contra o uso do som em alto volume. Além disso existem leis relacionadas à emissão de decibeis em excesso, mas a população não cobra o cumprimento porque não percebe o mal que está fazendo a si mesma".
O ruído concentrado é um dos grandes vilões por conta do estresse emocional, que por sua vez, causa danos à saúde física e mental. Hipertensão, insônia e mau humor são alguns dos problemas causados pela alta exposição ao som por muito tempo. Além disso, quem trabalha em ambientes ruidosos tem mais probabilidade de desenvolver problemas de taquicardia e inflamações como gastrite e esofagite.
De acordo com Borja, a própria Sucom, responsável por fiscalizar a poluição sonora, não tem contingente para impedir o excesso ou aconselhar as pessoas como cuidar da audição: "As pessoas não têm respeito pelas leis. A Sucom não tem agentes suficientes para checar as denúncias e seguimos sem executar as leis e desrespeitando a saúde".
Bem-estar social - Para uma boa convivência em sociedade, Borja sugere que se busque uma cultura anti-barulho. Uma atitude positiva para um ano novo com mais saúde é optar por ambientes menos barulhentos ou evitar shows em locais fechados. E, principalmente, abandonar o hábito de usar os fones de ouvido em volume muito alto.
Utilizar o bom senso e a prestatividade com o próximo é outra recomendação do especialista. Se hoje as pessoas não adoecem e abusam da juventude para maltratar o aparelho auditivo, o médico sugere uma atitude contrária para não sofrer no futuro. Melhor não pagar para "deixar de" ouvir.

Na música, um novo rapper e Gaby Amarantos fizeram o mundo tremer

Pode ter certeza: qualquer cena em qualquer contexto de nossas vidas ficaria mais incrível se, por trás, houvesse uma trilha sonora para embalar. Pois a música tem esse poder de trazer magia a tudo, até nos momentos mais tensos ou tristes. E a coluna, claro, preza pela boa música. Ou pelo menos aquela que nos fascina de alguma forma.
E 2012 foi um ano próspero para os amantes da renovação com a chegada de um rapper magnífico, sensível e pungente em cada verso. Além da consolidação do brega como tendência divertida para a música brasileira, não é mesmo Gaby Amarantos?
Confira abaixo nossos cinco maiores destaques no mundo da música, priorizando aqueles que lançaram novos álbuns em 2012!
Frank Ocean: aos 25 anos, rapper americano lançou 'channel ORANGE', melhor CD de 2012
Frank Ocean: aos 25 anos, rapper americano lançou 'channel ORANGE', melhor CD de 2012
Frank Ocean - Esse rapper de 25 anos, nascido em Nova Orleans (EUA), pode levar, com facilidade, o prêmio de melhor álbum de 2012. 'channel ORANGE' transmite perfeitamente a delicadeza extrema com que Frank trabalha seus versos e encara a sua vida. Afinal de contas, ser o primeiro representante do gênero 'nigga' a 'sair do armário' publicamente é ato de coragem para poucos. Assim, Frank conseguiu unir música e personalidade de primeira. Um artista completo, na melhor acepção que o termo pode ter.
Justin Bieber - 'Believe' também pode entrar na lista de grandes álbuns de 2012, mesmo diante da resistência da crítica conservadora, que não admite enxergar que Justin está crescendo, tanto fisicamente quanto em relação a sua música, bem mais madura, versátil e eficiente. Um pop bem produzido e que não esconde a verve performer do rapazinho permeia todo o disco, que traz a pérola 'Boyfriend', uma das faixas mais incríveis do ano.
Gaby Amarantos: do gueto do tecnobrega ao centro do cenário pop nacional com 'Treme'
Gaby Amarantos: do gueto do tecnobrega ao centro do cenário pop nacional com 'Treme'
Gaby Amarantos  - Voltando os olhos para nossa terrinha, aplausos para esta paraense, que se consolidou como a grande estrela de 2012, emplacando o hit 'Ex-mai love' na abertura da novela global 'Cheias de charme', lançando o elogiado CD 'Treme' e sendo consagrada na cerimônia do Video Music Brasil. Este ano, Gaby tirou o tecnobrega do limbo dos subgêneros e levou seu ritmo ao centro do cenário pop nacional, até então carente de boas novidades há alguns anos.
Silva - Nossa aposta em 2011, o músico capixaba lançou seu álbum de estreia, 'Claridão', em 2012, e mostrou o porquê de tanta expectativa em torno de sua produção: a brisa eletrônica diante de uma sonoridade genuinamente brasileira (delicada, transbordando frescor e sentimento) transforma Silva em um artista que preza pela originalidade em um cenário árduo de novas propostas, como o brasileiro, repleto de 'tchu', 'tcha' e afins.
Tulipa Ruiz: a MPB ganhou renova seu oxigênio com 'Tudo tanto', seu segundo CD
Tulipa Ruiz: a MPB ganhou renova seu oxigênio com 'Tudo tanto', seu segundo CD
Tulipa Ruiz - A MPB agradece a chegada dessa cantora, que cresceu em Minas, e, de lá, traz a calma e o talento para um bom verso, atributos comprovados em 'Tudo tanto', seu segundo álbum de estúdio, lançado em 2012. Mais uma vez, Tulipa mistura de forma competente elementos do jazz, do blues e da nossa própria herança musical em um caldeirão doce e envolvente, em um dos melhores discos do ano.

Relembre as maiores febres da web, para nossa alegria!

As fronteiras entre o mundo real e o virtual estão a cada dia menos perceptíveis, de uma forma que talvez nem a família Jetson poderia imaginar dentro de seus carros voadores. A TV se funde com a web, que se transforma em uma extensão da 'vida real' e vice versa. Duvida? Então pense em quantas vezes você ouviu a expressão 'para a nossa alegria' ao longo de 2012 e em quantos lugares diferentes leu notícias sobre a dupla de irmãos que pregou uma peça na matriarca no sofá de casa e, posteriormente, na rede mundial de computadores.
O vídeo foi parar no Youtube em março e, até o fim do ano, Jeferson e Suelen conheceram Ana Maria Braga, gravaram clipes e até um CD. Motivos mais do que suficientes para entrar na nossa retrospectiva de maiores febres (ou memes, como preferir) da internet do ano - tadinha da Mara, que não consegue passear por nenhum canto do país sem ser lembrada pelo susto que tomou dos filhos...


Em cinco meses, 'Gangnam style' conseguiu atingir a marca de 1 bilhão de visualizações no Youtube
Em cinco meses, 'Gangnam style' conseguiu atingir a marca de 1 bilhão de visualizações no Youtube
Todos os rankings de maiores sucessos musicais da história da internet já confirmaram, portanto, é mais do que natural que a febre, mania, onipresença do hit 'Gangnam style', do sul-coreano Psy, também esteja em nossa lista. O vídeo mais assistido da história do Youtube, com mais de 1 bilhão de visualizações até agora, transformou a vida do cantor e até a do nosso Latino, que pegou uma carona no sucesso mundial (quiçá universal) ao lançar a música 'Despedida de solteiro'.



Apresentadores de TV, astros pop mundiais, artistas, a vovó, o periquito e o papagaio: 99% da população da Terra já tentou fazer a coreografia da música. Se você resistiu até agora, aproveita porque 2012 ainda tem alguns minutos para a sua tentativa.
Por mais que Psy esteja presente em todos os cantos do mundo, para nós desta coluna, não houve mania maior na internet, na TV e na nossa vida do que a novela 'Avenida Brasil'. Seja em discussões em mesas de bar sobre a trama escrita por João Emanuel Carneiro, em fotos 'congeladas' espalhadas pelo Facebook, Twitter e mais tantas redes sociais quanto você conseguir acompanhar, usando a expressão 'Oi, oi, oi' à exaustão, nos Trending Topics do Twitter ou dançando kuduro e 'Quero ver tu me chamar de amendoim' com Zezé, a empregada mais carismática da história da TV, brilhantemente interpretada por Cacau Protásio. #SaudadeAvenidaBrasil #Volta,Carminha! #OiOiOi,2013!
Nina 'congelada' nos capítulos finais, sendo enterrada viva por Carminha, que teve o cabelo cortado pela mocinha e Zezé dançando na mansão de Tufão: momentos inesquecíveis de 'Avenida Brasil'
Nina 'congelada' nos capítulos finais, sendo enterrada viva por Carminha, que teve o cabelo cortado pela mocinha e Zezé dançando na mansão de Tufão: momentos inesquecíveis de 'Avenida Brasil'
Fonte: Heloísa Tolipan (Jornal do Brasil)

Salve Roberto Carlos: especial do rei atinge mesmo Ibope de novela global!

Entra ano, sai ano, mas a expectativa do telespectador brasileiro, em meio ao Natal e Réveillon, sempre passa pelo mesmo assunto: a data em que será exibido o especial musical do rei Roberto Carlos. Pois em 2012 a Globo decidiu se 'vestir' de Papai Noel e levou ao ar o show no dia 25, em uma noite de gala, repleta de bons encontros.
Recebendo nomes como Michel Teló, Seu Jorge e Arlindo Cruz no palco, RC demonstrou vigor e a eterna capacidade de se reinventar, emplacando um sertanejo universitário ou um samba de raiz com a mesma destreza com que domina seus sucessos. Talento de rei, claro.
Roberto Carlos recebe Seu Jorge em seu especial de Natal: audiência satisfatória
Roberto Carlos recebe Seu Jorge em seu especial de Natal: audiência satisfatória
E, na audiência, Roberto também não se decepcionou: em uma semana de baixo Ibope em quase todas as faixas de todas as emissoras (contexto comum em época de festas de fim de ano), o especial alcançou o belo índice de 28 pontos de média, contra 7 do SBT e 4 da Record.
Para se ter uma ideia, na mesma noite, 'Salve Jorge', novela do horário nobre da Globo, teve audiência prévia de 27,7 pontos.

Fonte: Heloísa Tolipan (Jornal do Brasil)