quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Recém-nascida morre após esperar 28 horas por uma vaga na UTI no ES

Uma recém-nascida morreu após esperar 28 horas por uma vaga na UTI em hospitais da região metropolitana de Vitória no Espírito Santo. Isadora Caldeira nasceu no domingo (6), com problemas no pulmão.
Como não havia vaga nos hospitais da cidade, a família só encontrou um leito em um hospital de Cachoeiro de Itapemirim, sul do Espírito Santo, a 140 km da maternidade. A bebê foi transferida de helicóptero. O problema é que a transferência demorou e quando a criança chegou à UTI, não resistiu.
Acompanhe o Jornal Hoje também pelo twitter e pelo facebook.
"Já era tarde, não tinha mais o que fazer. A menina não estava conseguindo respirar, porque a água foi para o pulmão dela", conta a tia da menina, Cláudia Caldeira.
O atestado de óbito indica que a menina morreu por insuficiência respiratória. O governo do estado admite a falta de UTI para atender à população. “O estado está fazendo uma série de investimento,  mas há falta de vagas tanto na rede pública, como na privada”, explica Fábio Benezath, subsecretário de Saúde do Espírito Santo.
Para a família da Isadora, é tarde. Durante o velório, os parentes protestaram.

Fonte: Jornal Hoje (Rede Globo Official)

Nenhum comentário: