quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Concluída investigação sobre surto de tuberculose em maternidade

SÃO PAULO. A Secretaria de Saúde de Campinas concluiu os exames dos casos de tuberculose dos bebês nascidos entre janeiro e junho do ano passado em uma ala do Hospital e Maternidade Madre Theodora, na cidade.
Pelo menos 107 recém-nascidos foram contaminados no hospital, que é particular. Os detalhes da investigação serão divulgados nesta sexta-feira. No total, 1.041 crianças foram examinadas.
Esse pode ser o maior surto de transmissão de tuberculose em uma maternidade na história da medicina. Dos 107 contaminados, 90 tiveram infecção latente, quando os sintomas não se manifestam. Os outros 17 desenvolveram a doença. Em ambos os casos, o tratamento é feito com antibiótico por seis meses.
O surto teve origem por causa de uma técnica de enfermagem que estava com tuberculose e trabalhava na maternidade. A doença, que é infecciosa e tem cura, afeta principalmente os pulmões. Os casos de bebês são considerados mais graves.
 
 
Fonte: Yahoo

Nenhum comentário: