domingo, 31 de março de 2013

Dupla Dolce & Gabbana multada em 343,4 milhões de euros

Por Redação

Os estilistas italianos Domeico Dolce e Stefano Gabbana foram condenados, este sábado, pagar uma multa de 343,4 milhões de euros por evasão de impostos.

A comissão tributária de Milão ratificou a sentença de primeiro instância, anunciada em novembro de 2011, da qual os estilistas italianos tinham recorrido. No entanto, a dupla podem ainda recorrer para o Supremo para tentar evitar pagar esta multa, cuja origem remonta a 2004.



Domeico Dolce e Stefano Gabbana  (foto AP)


Segundo a investigação, a multinacional Dolce & Gabbana criou em março de 2004 uma sociedade com sede em Luxemburgo - onde o regime fiscal é mais benéfico, com impostos mais baixos para as empresas -, com o nome «Gado», que constava como a proprietária de algumas das marcas que fazem parte do grupo, mas que na realidade era administrada de Itália.

Assim, de acordo com a acusação, os lucros obtidos com a marca eram tribubatos no estrangeiro e não em Itália, onde deveriam ser pagos os impostos.

Ambos os estilistas foram ainda acusados de terem cedido as marcas Dolce&Gabbana e D&G à sociedade «Gado» por 360 milhões de euros, um valor muito inferior ao real, que segundo a acusação deve andar à volta de 700 milhões de euros.


Fonte: A Bola.pt

Nenhum comentário: