segunda-feira, 13 de maio de 2013

Disney faz 'plástica' em princesa de 'Valente' e cria polêmica, diz revista

A "plástica" que a Disney fez recentemente na personagem Merida, de "Valente", gerou críticas da codiretora do longa e resultou numa petição com mais de 100 mil assinaturas de fãs que pedem de volta as "imperfeições" que caracterizaram a protagonista da animação ganhadora do Oscar. A informação é do site da revista "The Hollywood Reporter". Merida foi oficilizada como 11ª princesa da Disney em evento neste sábado (11).
"Eu acho que é atroz o que eles fizeram com Merida", escreveu Brenda Chapman, também autora do roteiro do longa, ao jornal "Marin Independent Journal". "Quando garotinhas dizem que gostam [da Merida remodelada] porque é ela mais radiante, está tudo bem, tudo bom, mas, subconscientemente, elas são sendo atraídas pelo visual sexy e pelo aspecto magro da nova versão. É horrível!"

No texto, Brenda acrescenta que "Merida foi criada para quebrar esse padrão – para dar às meninas um modelo melhor e mais forte, algo com substância, e não só um rostinho bonito que ficar esperando um romance".
A "Hollywood Reporter" cita ainda que um manifesto no site Change.org já conseguiu milhares assinaturas em protesto contra as alterações na aparência Merida. "O redesenho de Merida para que ela seja introduzida oficialmente na coleção de princesas da Disney é um tremendo desserviço para as milhões de crianças para as quais Merida é um modelo construtivo, que incentiva a capacidade das garotas de serem agentes de mudança no mundo em vez de serem apenas troféus para serem admirados." A carta é endereçada a Robert A. Iger, CEO da Disney.

Disney criticada por criar versão sexy da princesa de «Valente»
Foto: Diário Digital


Merida foi "coroada" como a nova princesa em cerimônia diante do castelo da Cinderela no parque Walt Disney World, segundo o site Inside the Magic, especializado em notícias sobre a companhia. Ela agora faz companhia a Branca de Neve, Cinderela, Aurora (Bela Adormecida), Ariel (de "A pequena sereia"), Jasmine (de "Aladdin"), Bela, Mulan, Pocahontas, Tiana (de "A princesa e o sapo") e Rapunzel.
Em comunicado ao blog Yahoo! Shine, a Disney comentou a controvérsia: "Merida exemplifica o que singifica ser uma princesa da Disney, por ser corajosa, apaixonada e confiante, e ela continua a mesma Merida forte e determinada do filme cujas qualidades inspiraram mães e filhas ao redor do mundo".
 
Fonte: G1

Nenhum comentário: