sábado, 15 de junho de 2013

Jogadores falam de protestos, mas 'não ouvem' vaias a Dilma

Não foi apenas o zagueiro David Luiz que falou das manifestações contra a Copa do Mundo, que acabaram em conflito com a polícia antes do jogo contra o Japão. Os fatos foram comentados pelos atletas na saída do Mané Garrincha.
- Acho que o cidadão tem direito de se manifestar de uma forma pacifica, e acaba sendo natural normal. A gente acompanha tudo e a única coisa que a gente realmente torce de coração é que não termine com violência e as coisas se resolvam - afirmou o atacante Fred.
- Pessoas que buscam de alguma maneira seu manifesto, mostrar maneira de pensar, desde que tudo seja de uma forma civilizada, todo mundo tranquilo. Sem prejudicar ninguém, pacifico, todo mundo tem seus direitos, desde que não seja de maneira agressiva - afirmou o goleiro Diego Cavallieri.
Os atletas não quiserem comentar, no entanto, as vaias da torcida para a presidente Dilma Rousseff antes do jogo.
- Cara, eu nem vi. Estava concentrado no jogo - disse Fred, com a mesma resposta da David Luiz.
Luiz Felipe Scolari não quis dar opinião sobre as vaias e sobre os protestos.

Fonte: TERRA

Nenhum comentário: