sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Viúva de Lou Reed quebra o silêncio e publica carta em jornal

Laurie Anderson, companheira de Lou Reed há mais de 20 anos, escreveu uma carta ao obituário de um jornal local de New York, East Hampton Star. Nela, descreveu os últimos momentos de Reed, que era um mestre de tai chi e contemplava a beleza da natureza.

Leia a carta na íntegra:

“Aos nossos vizinhos:

Que outono lindo! Tudo está brilhante e dourado com aquela luz suave e incrível. Água nos rodeando.
Lou e eu passamos muito tempo aqui nos últimos anos, mesmo pensando que somos pessoas da cidade esta é a nossa casa espiritual.

Na semana passada eu prometi ao Lou que iria tirá-lo do hospital e trazê-lo para casa em Spring. E nós fizemos!
Lou era um mestre de tai chi e passou seus últimos dias feliz e deslumbrado pela beleza e leveza da natureza. Ele morreu no domingo de manhã olhando para as árvores e fazendo o famoso gesto número 21 do tai chi apenas com as suas mãos de músico se movento pelo ar.

Lou foi um príncipe e um lutador e eu sei que suas músicas sobre a dor e a beleza do mundo irá preencher muita gente com a incrível alegria que ele sentia pela vida. Vida longa à beleza que vem até nós e através de todos nós.

— Laurie Anderson
Sua amada esposa e eternal amiga”

John Cale, seu companheiro da banda Velvet Underground declarou: “O mundo perdeu um grande compositor e poeta... Eu perdi meu colega de jardim da infância.”

Reed morreu no domingo passado, na casa em Springs, em New York, que dividia com Anderson. O funeral oficial ainda não foi anunciado. No próximo domingo, um memorial organizado por fãs acontece em Londres, em uma capela alternativa e liberal.

Inúmeros tributos ao Velvet Underground têm acontecido, com artistas como Neil Young, Elvis Costello, Patti Smith e Arctic Monkeys tocando suas músicas nos seus shows.

Fonte: MYWAY

Nenhum comentário: