segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Pastor Nill, ex-dominó, critica Big Brother Brasil: 'expostos como animais em um pet shop'

  • NILL
    (Foto: Reprodução)
    Pastor Nill, ex-integrante do grupo Dominó.
O ex-Dominó questionou sobre o objetivo das pessoas que aceitam ficar enclausuradas numa casa de vidro dentro de um shopping.
“Sabe, sei que muitos não concordarão comigo, mas essa cena me constrange. Pessoas confinadas em uma caixa de vidro colocada dentro de um shopping center, para que mesmo? Pessoas se aglomerando para ver o que se passa dentro de uma caixa com seres humanos, por que mesmo?” criticou Nill.
Seu questionamento ainda se estendeu sobre a dignidade em programas assim. “Onde está o respeito pela dignidade humana?”
Nill comparou os participantes do Big Brother a animais e tudo por dinheiro. “Ah, eles estão sendo expostos como animais em um pet shop porque desejam conseguir uma carreira de sucesso na TV, querem ficar ricos e famosos! Os outros estão observando para ver quem ficará rico e famoso!”
Para os leitores, ele deixou ainda uma passagem bíblica que, segundo ele, sintetiza essa atitude: “Os que querem ficar ricos caem em tentação, em armadilhas e em muitos desejos descontrolados e nocivos, que levam os homens a mergulharem na ruína e na destruição, pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males (1 Timóteo 6:9-10)."

Fonte: Português (Christian Post)

Opinião do Blog:
O que é que esse crente fracassado tem que criticar o Big Brother? Save porque ele está criticando? Porque ele era famoso, e o público não deu mais IBOPE aos dominós, aí ele caiu na mídia, virou crente! Se ele gosta ou não, isso aí é um direito dele, mas chamar os BBBs de animais, aí não dá! 

Paredão deixa abalados integrantes do Big Brother Brasil 13

Aline e Ivan disputam para continuar na casa do BBB.
[ i ] Natália chorou após formação do paredão.
Rio de Janeiro - Após a formação do paredão no Big Brother Brasil 13, um "chororô" invadiu a casa. Natália foi a primeira a chorar. A sister ficou triste porque não gostaria que ninguém fosse embora do programa. 
Andressa e Nasser ficaram sensibilizados com a votação, choraram e foram abraçar Ivan, que vai enfrentar Aline no paredão. O professor pediu para que todos ficassem tranquilos.
Dhomini desabafou com "Ursinho": "Não esperava isso não". O veterano havia votado em André. A líder Fani convidou Ivan para dormir no quarto do líder com ela.
Em conversa com Nasser e Andressa, Ivan confessou que já esperava o voto de Aslan, mas não esperava o voto de Fernanda.

Fonte: D24am

Família afirma que grávida morreu espancada em visita a presídio

A família de Bianca Conceição dos Santos, de 27 anos, que estava grávida de dois meses, acredita que ela tenha sido espancada durante visita à Unidade Prisional de Catalão, no sul de Goiás. Ela morreu domingo (13), quando foi ao local visitar o marido, que está preso. Segundo agentes penitenciários, a jovem engoliu um embrulho com droga durante o procedimento de revista, versão contestada por familiares da vítima.
O enterro aconteceu no início da tarde desta segunda-feira (14). A mãe de Bianca, Sônia Maria da Conceição, contou que a filha estava com um pé e nariz quebrados, com o rosto roxo e vários hematomas pelo corpo. Uma amiga de Bianca, que estava com ela momentos antes da revista e que não quer ser identificada, comentou que uma agente ia fazer o procedimento, porém, outra servidora teria dito “essa é pra mim”. Ainda de acordo com a testemunha, a funcionária pegou a vítima pelo braço e a levou para a sala, de onde já saiu morta.
A assessoria da Agência Goiana do Sistema de Execução Penal (Agsep) afirmou ao G1 que vai esperar o resultado do laudo de exame cadavérico do Instituto Médico Legal (IML) para se pronunciar. O diretor do IML de Catalão, César Augustus Lima, informou que não tem previsão para a conclusão do documento, pois depende da realização de exames complementares que serão feitos em Goiânia.
A Agsep informou que a jovem é ex-detenta da Unidade Prisional de Catalão, tendo cumprido pena por tráfico de drogas. O marido de Bianca está preso por roubo e tem passagem por tráfico de drogas. Ainda de acordo com a Agsep, os dois se conheceram na prisão.
Produto erótico
De acordo com a assessoria da Agsep, ao revistar a jovem, por volta das 10h30 do domingo, os agentes prisionais verificaram que Bianca portava um pacote. Ela teria se negado a entregá-lo para os servidores, alegando se tratar de produto erótico.
“Enquanto a agente prisional chamava reforço para a verificação obrigatória do pacote, a mulher, possivelmente, engoliu o embrulho e morreu na hora. Suspeita-se que ela tenha tido um sufocamento e foi a óbito por asfixia. Contudo, somente a perícia poderá afirmar com certeza a causa da morte”, disse em nota o gerente da 4ª Regional, Leopoldo Castro.
Segundo os bombeiros, agentes carcerários que acionaram o socorro informaram que Bianca teria engolido o pacote suspeito e, em seguida, começado a passar mal. O Corpo de Bombeiros foi chamado ao local, mas, quando os socorristas chegaram, a mulher já estava sem vida. A Polícia Técnico-Científica realizou a perícia para a investigação sobre a causa da morte.
Para ler mais notícias de Goiás, clique em g1.com.br/goias. Siga também o G1 Goiás no Twitter e por RSS.

Fonte: G1