sábado, 19 de janeiro de 2013

Namorada deixa Johnny Depp por outra mulher, diz jornal

Da Redação
O ator Johhy Depp foi deixado pela namorada. O motivo? Outra mulher, segundo o tablóide inglês "The Sun". Em 2012, Depp trocou a esposa, Vanessa Paradis, pela americana Amber Heard, 26, que agora o deixou para namorar uma modelo.
Heard é bissexual assumida. Segundo o tablóide, ela deixou Depp para começar um romance com a modelo francesa Marie de Villepin, que é filha do ex-primeiro-ministro francês Dominique de Villepin.
O jornal diz ainda que Amber se cansou dos altos e baixos do humor de Depp. Amber e Marie têm sido vistas juntas em encontros românticos por Paris. As duas se conhecem desde otuubro, apresentadas pela ex de Amber, a artista Tasya Vn Ree, 36.

Depp se separou de Vanessa Paradis em junho do ano passado. Os dois foram casados por 14 anos e têm dois filhos.

Jovens criam projeto para atrair patrocínio para bolsas nos EUA

SÃO PAULO - Gustavo Haddad Braga estava no 6.º ano do ensino fundamental quando a professora de matemática lhe contou que havia uma competição da disciplina na cidade em que vivia, São José dos Campos (SP). O concurso era para alunos do 7.º e 8.º anos, mas, como suas notas eram altas, ela o inscreveria.
Foi assim que Gustavo ganhou sua primeira medalha de ouro em olimpíadas do conhecimento. No ano passado, aos 17 de idade e com mais de 70 olimpíadas no currículo, ele já tinha sido aprovado no Instituto de Tecnologia da Aeronáutica (ITA) por três vezes seguidas e garantido sua vaga no curso de Medicina da USP, quando saíram os resultados pelos quais ele mais esperava. Foi aprovado em Harvard, Stanford, Yale, Princeton e no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, o MIT, para onde ele seguiu. Agora, está disposto a ajudar outros brasileiros que também sonham em ver o nome na lista dos matriculados das melhores universidades dos EUA.
"É muito difícil ser aprovado. Quem consegue não pode perder a oportunidade por falta de condições de arcar com o custo. Quatro anos no MIT, por exemplo, custam meio milhão de reais", diz Gustavo. Ele só garantiu sua vaga porque, uma semana antes de o prazo da matrícula expirar, conseguiu uma bolsa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
"Mas foi uma exceção, porque o órgão é mais voltado à pós-graduação."
No ar desde o sábado, 19, o EduqueMe vai funcionar como uma ponte entre o estudante e o mercado de trabalho. Os alunos aprovados postam seu currículo, e as empresas interessadas em financiá-los podem visualizar os perfis e escolher qual pretende patrocinar. Em troca, o estudante fará um estágio de seis meses a um ano na instituição, durante as férias ou após se formar.
Só para 2013, estima-se que 30 brasileiros sejam aprovados. Até agora, a lista de espera por uma bolsa já tem cinco pessoas: dois de Harvard, um de Columbia e outros dois da Universidade da Califórnia em Berkeley, onde estuda Camila Zattar.


Gustavo Haddad Braga estuda no MIT e é um dos mentores do site EduqueMe - Clayton de Souza/AE
Clayton de Souza/AE
Gustavo Haddad Braga estuda no MIT e é um dos mentores do site EduqueMe


"O projeto é bom para o estudante - não apenas pela bolsa, mas pela oportunidade de trabalhar em uma empresa que valoriza seu esforço - e é bom para a empresa, que consegue criar vínculo com pessoas qualificadas e conectadas com toda uma rede internacional de conhecimento que é muito vantajosa", diz Camila .
É exatamente esse o "espírito" do projeto, que tem a expectativa de, só no primeiro ano, alcançar R$ 20 milhões em financiamento, o equivalente a 40 bolsas integrais. "Esse montante é para as bolsas, mas já temos investidores também para a própria plataforma", diz Anderson Ferminiano, de 18 anos, um dos sócios de Gustavo e com um currículo de deixar muita gente besta.
O jovem começou a trabalhar como programador aos 12 anos e aos 14 conseguiu um estágio na área para ajudar a bancar a mensalidade da escola. Saiu da organização aos 17, quando já era sócio. Nesse meio tempo, aos 15, foi considerado o mais novo "zend certified" do mundo (certificado conferido por meio de uma prova sobre a linguagem de programação PHP, geralmente feita por alunos que já se graduaram na área de programação ou informática). Além disso, recebeu convite para eventos privados do Google.
No ano passado, saiu do trabalho e passou seis meses morando no Vale do Silício para estudar inglês e visitar empresas de tecnologia. Agora, de volta ao Brasil, aguarda os resultados de Stanford. "Minha história é toda ligada a empreendedorismo. Espero que isso seja considerado no momento da seleção."
É que, ao contrário dos vestibulares brasileiros, que avaliam o aluno por meio de uma prova de conhecimentos, a seleção americana considera outros fatores, como prática esportiva e atividades extracurriculares.
Para ser aprovado, o outro sócio do EduqueMe, Henrique Dubugras, de 17 anos, aposta em um currículo que mescla um bom histórico escolar com uma atividade profissional invejável. No segundo semestre do ano passado, por exemplo, ele foi à Alemanha aprender a língua e acabou contratado por uma empresa de programação local. Na volta, deixou um aplicativo pronto. "Eles conseguiram levantar 1 milhão com o protótipo que eu montei", diz.
De volta ao Brasil, sua intenção é prestar o SAT (o exame de seleção americano que funciona nos moldes do Enem, com as notas sendo utilizadas por variadas instituições) ainda em 2013, enquanto cursa o 3.º ano do ensino médio, e partir para a Califórnia com uma vaga garantida em Stanford. E, claro, com o patrocínio garantido pelo EduqueMe.

Cirurgias em Cuba usadas para "turismo sexual"

Cirurgias em Cuba usadas para "turismo sexual"


João Nabais, ex-autarca do Alandroal, começa a ser julgado, a 21 de fevereiro, por 207 crimes de peculato. É acusado de ter feito 120 viagens "para exclusiva satisfação do seu interesse lúdico".
A maioria das viagens (89) diz respeito a deslocações e pernoitas em Lisboa, enquanto as restantes tiveram por destinos os Açores e a Madeira e, sobretudo, o estrangeiro. Para a acusação, "não contribuíram nem eram suscetíveis de contribuir para a satisfação dos interesses do município". O seu principal e verdadeiro motivo, segundo o Ministério Público (MP), prendia-se com o gosto do ex-autarca do PS, derrotado nas eleições de 2009, por viagens, "diversão noturna" e "turismo sexual".
Ler mais na versão e-paper ou na edição impressa

Fonte: Jornal de Notícias

Chuva e vento varrem o país e tiram o teto a 92 pessoas

Chuva intensa e vento forte açoitaram o país, este sábado, numa combinação que desalojou dezenas de pessoas e afetou a navegação por mar, ar e terra.
A Proteção Civil contabilizou, até às 20 horas, 8205 ocorrências num país em pantanas, assolado por uma tempestade onde não faltou, sequer, um pequeno sismo ao largo de Aljezur, no termo de um dia caótico. Além de arrancar árvores e destruir muros e colheitas, carros e infraestruturas, provocou inundações, cortou energia elétrica e telecomunicações, fechou as barras à navegação, desviou aviões, fechou linhas de comboio e parou autoestradas. E deixou sem teto pelo menos 92 pessoas.
A maioria em Peniche, cujos serviços sociais tiveram de realojar 60 na Casa Municipal da Juventude. As frágeis construções de madeira e plástico onde moravam 26 famílias foram impotentes para suster a ventania que fustigou o território nacional a 130 quilómetros por hora, acompanhada de bátegas que arrancaram o telhado de zinco de uma casa no Moinho de Vento, Elvas, desalojando o casal residente e o filho. Em Tomar, o vento levou a casa de duas pessoas, uma delas com deficiência, realojadas pelo serviço municipal; ocorrência semelhante deixou sem teto outra pessoa em Abrantes.

 Chuva e vento varrem o país e tiram o teto a 92 pessoas

Minho varrido
O Minho também não foi poupado, com os deslizamentos de terras e cheias a expulsarem de casa pelo menos 27 pessoas. Em Guimarães, oito famílias, congregando cerca de 20 pessoas, ficaram em casa de familiares e hotéis devido às cheias do rio Ave, na zona em que divide as freguesias de Silvares e Brito. Emília Faria, de Silvares, foi uma delas; acordou às 2.45 da madrugada com o miar dos gatos e já a água estava a 20 centímetros. Pegou "no que estava à mão" e saiu a correr. Não teve tempo de trazer os animais: "A água chegou a meio metro e não tinha onde meter as coisas. Foi roupa, mobílias, frigorífico, perdi tudo". Com 76 anos, não se recorda de inundação assim e tão nefasta.
Em Carapeços, Barcelos, a queda de um muro de suporte, na noite de sexta feira, danificou uma casa de Carapeços, Barcelos. Os seis membros da família residente pernoitaram em casa de familiares. Técnicos da Autarquia avaliaram, ontem, a segurança do muro que pende sobre a habitação.
"Sempre tive medo deste muro, aqui pendurado sobre as casas", dizia Domitilia Coutada, lamentando os prejuízos. "Tinha ali os coelhos e os frangos. Nem lenha tenho para o fogão", lamentou a moradora de Pernido que, com filhos e noras, dorme em casa de familiares. No mesmo concelho, houve necessidade de evacuar casas em Lama e Airó.
No Alto Minho, uma viúva solitária foi realojada devido à derrocada que lhe atingiu a casa. Matilde Barbosa, de 73 anos e moradora no lugar de Cotos, Crasto, Ponte de Barca, dormia quando, pelas 2 da madrugada, um deslizamento de terras lhe entrou casa adentro. "Oh!, meu Deus! Eram portas no chão, tudo virado, assustei-me. Não hei de ter medo? A casa não foi abaixo, mas foram as portas. Para voltar lá, vão ter de ser arranjadas", disse. As portas de Matilde e praticamente o país inteiro.

Jornal de Notícias

Guerra no Mali tema de cimeira

Tropas francesas e contigente de soldados de países africanos realizam acções para desalojar os rebeldes islamitas do norte do Mali
Fotografia: AFP
Os líderes da sub-região oeste-africana reúnem-se hoje extraordinariamente, em Abidjan, para decidirem medidas suplementares para a solução da crise no Mali.
A situação naquele país agravou-se nos últimos dias, com os islamitas, que ocupam o norte do país, a tentarem controlar outras cidades e progredir para Bamako, anunciou à imprensa uma fonte da CEDEAO.
Esta conferência dos Chefes de Estado e de governo, em que participam representantes de 18 instituições e países que não fazem parte da CEDEAO, analisa os últimos desenvolvimentos da situação política do Mali e a forma da região cooperar com a comunidade internacional na aplicação de resolução 2085 do Conselho de Segurança das Nações Unidas.
Os líderes regionais vão ouvir uma exposição do presidente da Comissão da CEDEAO, Kadré Désiré Ouédrago, sobre a situação política e de segurança no Mali, bem como os relatórios dos Presidentes burkinabe, Blaise Compaoré, e nigeriano, Goodluck Jonathan, sobre o que fizeram na procura de soluções para os conflitos. Também vão ser informados pelo presidente do Comité dos Chefes dos Estados-Maiores da CEDEAO, general marfinense Soumaila Bakayoko, sobre a Missão Internacional de Apoio ao Mali (MISMA).
O ministro dos Negócios Estrangeiros da Costa do Marfim, Charles Koffi Diby, apresenta-lhes um relatório sobre a reunião do Conselho de Mediação e Segurança (CMS).
A cimeira dos Chefes de Estado e de Governo realiza-se depois de um encontro extraordinário do CMS, realizado ontem, que agrupou os ministros dos Negócios Estrangeiros e da Defesa dos Estados-membros da CEDEAO, durante o qual foi discutida a situação na República do Mali. A reunião de hoje permite igualmente discutir a situação na Guiné-Bissau, para onde a CEDEAO enviou no ano passado a missão militar ECOMIB para “proteger as instituições de transição”.
A cimeira de Abidjan deve aprovar também a nomeação do major general nigeriano Shehu Usman Abdulkadir para comandante da MISMA e a do brigadeiro nigerino Yaye Garba como adjunto.

Vendas de cerveja têm queda pelo 2º ano consecutivo

Agência Estado
Os mais otimistas esperavam uma alta de 2% a 3%. Mas 2012 decepcionou em relação às vendas de cerveja, segundo dados Nielsen fornecidos por empresas do setor. No ano, foram vendidos 8,69 bilhões de litros de cerveja - 0,5% menos que em 2011, ano que também teve queda na comparação com o período anterior (de 2010 para 2011, as vendas diminuíram 1,5%, segundo a Nielsen). 
O vilão da queda nas vendas foi o preço da cerveja. De acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPC), da Fipe, a bebida ficou 16,67% mais cara no ano passado, enquanto a inflação média do período foi de 5,10%. Conforme os fabricantes, dois fatores puxaram o preço para cima: a alta do dólar e do imposto que incide sobre o produto. 
Depois de quase dez anos sem alteração na carga tributária, o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) foi reajustado em 2011 e novamente no ano passado. Em setembro, o governo fechou um acordo com os fabricantes de cerveja para adiar parte do aumento da carga tributária que entraria em vigor em outubro. Parte do reajuste foi feita naquele mês, e o restante começará a ser cobrado a partir de abril. 
O governo queria fixar as alíquotas em 10,93% (sobre o preço de varejo)para a cerveja em lata, em 12,5% para a em vidro retornável e para 11,71% para vidro descartável. Mas aceitou ficar com 10,29%, 11,76% e 11,03%, respectivamente, até abril. Daqui a três meses, o imposto passará a 10,5% para a cerveja em lata, 12% no caso da garrafa e 11,25% para a garrafa retornável.
O dólar, por sua vez, fez aumentar o preço de insumos importados como latas e cevada. Cerca de 60% dos custos de produção de cerveja são matérias-primas dolarizadas, segundo a Associação Brasileira da Indústria da Cerveja (CervBrasil).

Banco do Brasil nega interesse no controle acionário do Banco Votorantim

Agência Brasil
O Banco do Brasil (BB) divulgou 'fato relevante' nesta sexta-feira (18) no qual desautoriza notícia de que esteja interessado em adquirir o controle acionário do Banco Votorantim. Em comunicado ao mercado, o vice-presidente de Gestão Financeira e de Relação com Investidores, Ivan de Souza Monteiro, admite apenas que foram iniciados estudos para elevação da participação do BB no capital do banco fundado pelos irmãos Ermírio de Morais.

O comunicado do BB ressalta que a operação em análise visa exclusivamente às ações preferenciais, e não existe, ainda, definição sobre o percentual a ser adquirido. Não existem também tratativas entre os sócios para abertura do capital do Banco Votorantim em oferta pública, nem qualquer efeito vinculante entre as partes no sentido de concretizar a referida transação.

Para presidente do Parlamento da UE, bloco está apático

Agência Estado
O presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, afirmou, em entrevista ao jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung, que a União Europeia está em um trajeto de crise, marcada pela apatia. 
"A União Europeia está em um caminho de crise, em um estado de apatia, de não de importar. Isso é perigoso, na medida em que esse estado se sobrepõe aos grandes sucessos do bloco, pelo qual ele recentemente ganhou o Prêmio Nobel da Paz", disse.

Ouça 'Pomba suja', versão divertida de Ivete Sangalo para o hit 'Gangnam style'

O sul-coreano Psy já ouviu milhões de versões para a sua 'Gangnam style', mas duvidamos que ele encontre adaptação mais divertida e animada para o seu hit do que a que Ivete Sangalo cantou no Festival de Verão de Salvador, na madrugada dessa sexta-feira (18) . O nome da faixa? 'Pomba suja'!
O refrão da música foi mantido, mas Veveta adicionou pitadas de dendê e expressões baianas à letra, como 'pomba suja', versão cheia de axé das famosas periguetes, as mulheres fáceis.


Fonte: Heloísa Tolipan (Jornal do Brasil

Omissão? Globo não exibe declaração polêmica de Dhomini no 'BBB 13'

Em 2012, uma forte polêmica assombrou o 'Big Brother Brasil', inclusive com a expulsão de um dos participantes (o modelo Daniel), por 'comportamento inapropriado'. Aqui fora, suspeitas mil foram levantadas, discutidas, especuladas. Já na tela da Globo, pouco (ou quase nada) foi esclarecido sobre o incidente, que deu origem até a acusações de tentativa de estupro.
Neste 'BBB 13', mais uma vez o vento da polêmica sopra na casa mais vigiada do Brasil, após a declaração de Dhomini, que teria arrancado os dentes de um cachorro com um machado após ser mordido pelo animal. Confissão que gerou uma comoção imensa em redes sociais, mobilizando defensores dos direitos animais e até o Ministério Público.
Dhomini: participante gera revolta com forte declaração e desperta o Ministério Público
Dhomini: participante gera revolta com forte declaração e desperta o Ministério Público
Enquanto isso, na edição de ontem (18) do programa, nada foi comentado, exibido, questionado. E, obviamente, a cena da revelação feita pelo competidor não foi levada ao ar.  Para alguns, cautela da emissora. Para muitos, um ato de omissão.
Colaborou Beatriz Medeiros

Prefeito de Niterói visita comunidade onde adolescente morreu em deslizamento

Rio -  O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou o Morro do Palácio, no Ingá, na manhã desta sexta-feira. No local houve um desabamento que matou a adolescente Julia Gonçalves Damasceno, de 13 anos, e deixou duas crianças feridas. O prefeito revelou que a cidade tem mais de 1.100 pontos com risco de escorregamento e 29 áreas de perigo extremo. Destas, sete estão no Morro do Palácio.
"Junto ao Governo Federal e Estadual realizaremos obras de macrodrenagem e drenagem nas ruas críticas da cidade que a decádas sofrem com alagamentos. Vão receber intervenções a Avenida Roberto Silveira, ruas Presidente Backer e Lopes Trovão, além de vias no Barreto, Região Oceânica, entre outras", destacou Neves.
Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia
Julia Gonçalves, de 13 anos, morreu no Morro do Palácio | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia
O prefeito já criou o programa “Chuvas de Verão”, que reúne as secretarias de Urbanismo, Obras e Assistência Social, e tem como objetivo adotar medidas emergenciais de prevenção a desastres naturais. Segundo ele, o projeto vai começar no próprio Morro do Palácio. Rodrigo Neves também garantiu que houve aumento no número de servidores de limpeza na cidade, para evitar que o lixo nas ruas provoque mais enchentes.
Ele disse ainda que vai implantar, a partir de fevereiro, sistemas de alerta com sirenes já utilizados no Rio de Janeiro e Região Serrana.
Corpo de adolescente será sepultado no Barreto
O corpo da adolescente Julia será sepultado nesta sexta-feira, às 16h, no Cemitério do Maruí Grande, no Barreto, em Niterói, na Região Metropolitana. O velório é realizado na Capela São Pedro. A menina estava no primeiro dia de trabalho como babá e morreu ao tentar proteger as duas crianças que tomava conta. O caso aconteceu no Morro do Palácio.
Foto: Felipe Freire / Agência O Dia
Julia Gonçalves Damasceno morreu em deslizamento | Foto: Felipe Freire / Agência O Dia
De acordo com a doméstica Fabiana Gonçalves, de 31 anos, a sobrinha saiu de casa por volta das 23h para levar os menores para a casa da mãe deles, que trabalha fora. Ao descerem uma escadaria, o muro da encosta desabou. A adolescente morreu na hora.
"Era o primeiro dia dela tomando conta das crianças. Para proteger da queda do muro, ela abraçou as duas. Minha irmã está em choque", relatou Fabiana, se referindo a Angélica Gonçalves Ribeiro.
As crianças foram identificadas como Robert Tairone, de três anos, e apenas Taila, de dois anos. Uma delas foi levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, e a outra para uma unidade de saúde da região. Ainda não há informações sobre o estado de saúde delas.
De acordo com uma moradora que não se identificou, chovia forte no momento do desabamento do muro da encosta. Ainda segundo ela, a água descia forte do alto do morro e, por uma das ruas, desembocava diretamente no muro, que fica ao lado da escadaria. A força da enxurrada contra a construção e o terreno alagado teriam contribuido para a queda.
Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia
Moradores reclamam de encostas no Morro do Palácio | Foto: Osvaldo Praddo / Agência O Dia
O servente Jailson Costa dos Santos, de 29 anos, foi um dos primeiros a chegar ao local. Ela pediu auxílio a outros moradores para ajudar a tirar as vítimas dos escombros. "Tinha uma viga muito pesada em cima. As crianças estavam por baixo dela e gritando. A Julia estava desmaiada, já não se mexia" relembrou o morador.
Avô de Julia, o porteiro Levi José Ribeiro, de 64 anos, disse que ainda tentou demover a neta que criou a desistir do trabalho de babá. "Disse a ela que R$ 150 era muito pouco e que dava pra gente segurar as pontas. Ela era carinhosa e brincalhona. Uma menina muito boa. Morreu praticamente salvando vidas. É muita emoção para mim", disse o avô emocionado.
Avenida Roberto Silveira, em Niterói | Foto: Leitor @markz2
Avenida Roberto Silveira, em Niterói, ficou alagada e atrapalhou motoristas | Foto: Leitor @markz2
Morador há 50 anos do Morro do Palácio, ele revelou que vem há anos solicitado a associação da comunidade para avaliar a situação das encostas e contenções. Muitas, segundo o porteiro, feitas há anos e por pessoas não habilitadas. Ele apelou que as autoridades do município e do estado que avaliem a situação da comunidade.

Menina de 4 anos morre após deslizamento em Mendes
De acordo com Romilton Dias dos Santos, presidente da Associação de Moradores, ele notificou quatro vezes a antiga administração de Niterói sobre problemas nas encostas do Morro do Palácio, mas nenhuma providência foi tomada.
No meio da madrugada o corpo foi removido para o Instituto MédicoLegal (IML) de Tribobó, em São Gonçalo. Peritos do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE) fizeram uma perícia no local. Segundo a Defesa Civil de Niterói, duas casas foram interditadas e outra está sob alerta de risco.
Julia foi a segunda vítima das chuvas no Estado do Rio de Janeiro em menos de 24 horas. Na manhã de quinta-feira, a menina Kelly Pereira da Rocha, de quatro anos, morreu após ser soterrada num deslizamento de terra na Avenida Jabuticabeira, no bairro Cinco Lagos, em Mendes, no interior do Rio. Ela foi vítima da queda de uma barreira que atingiu a casa onde ela morava com a avó Luzimara Pereira da Rocha, de 46 anos, que ficou ferida. O imóvel foi interditado pela Defesa Civil.

Fonte: Jornal O DIA

Polícia abre dois inquéritos para investigar morte de Walmor Chagas

A Polícia Civil de Guaratinguetá abriu dois inquéritos para investigar a morte do ator Walmor Chagas, de 82 anos. A medida foi tomada por cautela, segundo o delegado titular do 2º DP de Guaratinguetá, Antonio Luiz Marcelino. Um dos inquéritos ficará com a delegacia de Marcelino, responsável pela região da chácara onde o caso ocorreu. O outro ficará com a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que deslocou uma equipe para acompanhar a apuração.
O ator foi encontrado morto na chácara onde vivia na cidade de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, na tarde de sexta-feira (18). "Conversei com o perito e para ele não há dúvidas de que se trata de um suicídio. Mas as investigações continuam para afastar qualquer dúvida, por isso tomei o cuidado de pedir o exame residuográfico das mãos do Walmor e do caseiro", afirmou o delegado.
A DIG é a delegacia responsável por investigar crimes de autoria desconhecida. "O Walmor era uma pessoa pública. É natural que o caso ganhe repercussão e as pessoas comecem a questionar sobre as circunstâncias da morte, motivações, a posição do tiro. Por isso esta cautela", disse Marcelino.

Corpo de Walmor Chagas chega a cemitério em São José dos Campos (Foto: Renato Ferezim/G1) 
Corpo de Walmor Chagas chega a cemitério em
São José dos Campos (Foto: Renato Ferezim/G1)
 
Cremação
O corpo de Walmor Chagas está sendo velado no cemitério e crematório Parque das Flores, em São José dos Campos (SP), desde as 11h deste sábado (19). Como as causas da morte estão sob investigação, é necessária uma autorização judicial para que o corpo seja cremado.
Por volta das 13h deste sábado, o delegado Henrique Gomes, de São José dos Campos esteve no velório do ator para conversar com os parentes sobre últimos dias de vida de Walmor. "Viemos para coletar informações e estamos esperando uma ordem judicial que autoriza a cremação para tomar as providências cabíveis", disse o delegado.
Segundo a advogada da família, Maria D'ávilla Coppola, a família já obteve esta autorização e a cremação deve ser feita na tarde deste sábado.
Às 16h30 está marcada uma cerimônia católica na capela onde o corpo está sendo velado. O cemitério Parque das Flores realiza cremações até as 17h. Caso a autorização judicial para a cremação não chegue até este horário, ela só poderá ser realizada no domingo.

O caso
De acordo com a Polícia Civil, foi recolhida da casa do ator uma arma calibre 38, que teria sido usada por ele para atirar na própria cabeça. O revólver estava no colo de Walmor Chagas. Um funcionário do ator acionou o Corpo de Bombeiros ao vê-lo atingido pelo disparo.

Fonte: G1

Corpo de Walmor Chagas é velado em São José dos Campos

Do G1 Vale do Paraíba e Região
35 comentários
Corpo de Walmor Chagas chega a cemitério em São José dos Campos (Foto: Renato Ferezim/G1)Corpo de Walmor Chagas chega a cemitério em São José dos Campos (Foto: Renato Ferezim/G1)
O corpo do ator Walmor Chagas começou a ser velado no final da manhã deste sábado (19) no cemitério e crematório Parque das Flores, em São José dos Campos (SP), em uma cerimônia restrita a parentes e amigos próximos. O corpo chegou ao local por volta das 11h.
Walmor é um dos grandes atores do teatro brasileiro e também teve participação expressiva na TV e no cinema. Ele foi encontrado morto com um tiro na cabeça na chácara onde vivia na cidade de Guaratinguetá, no interior de São Paulo, na tarde de sexta (18). As circunstâncias da morte ainda serão investigadas, mas a polícia disse acreditar que pode ter sido suicídio.

Corpo do ator Walmor Chagas é velado em cemitério de São José dos Campos (SP) (Foto: Renato Ferezim/G1) 
Corpo do ator Walmor Chagas é velado em
cemitério de São José dos Campos (SP)
(Foto: Renato Ferezim/G1)

O corpo deixou o Instituto Médico Legal (IML) da cidade por volta da 0h25 de sábado depois de duas horas do trabalho de necropsia. A filha de Walmor Chagas, Clara Becker, esteve no IML junto com uma amiga para acompanhar a  liberação do corpo, mas não quis falar com a imprensa e nem dar detalhes sobre o funeral.
Como as causas da morte ainda estão sob investigação, a família aguarda uma autorização judicial da Comarca de Guaratinguetá para a cremação do corpo do ator. Se for autorizada, a cremação pode ocorrer no final da tarde deste sábado.
A Polícia Civil de Guaratinguetá abriu dois inquéritos para investigar o caso. A medida foi tomada por cautela, segundo o delegado titular do 2º DP de Guaratinguetá, Antonio Luiz Marcelino.

O caso
De acordo com a Polícia Civil, foi recolhida da casa do ator uma arma calibre 38, que teria sido usada por ele para atirar na própria cabeça. O revólver estava no colo de Walmor Chagas. Um funcionário do ator acionou o resgate ao vê-lo atingido pelo disparo.
Pousada onde vive o caseiro e que fica a alguns metros da casa onde o ator foi encontrado morto. (Foto: Reprodução/TV Vanguarda) 
Pousada onde vive o caseiro e que fica a alguns
metros da casa onde o ator foi encontrado morto.
(Foto: Reprodução/TV Vanguarda)
O delegado Juramir Alves, que registrou a ocorrência no plantão policial, informou que ainda não foi investigado de quem era o porte da arma. Segundo Alves, a hipótese inicial é que o ator tenha se suicidado.

"Abrimos o inquérito e já iniciamos a investigação. Foi registrada a ocorrência como suicídio, no entanto foi tomada a cautela de solicitar exame residuográfico tanto da vítima, quanto do caseiro para se ter certeza disso", contou o delegado.

A investigação vai ficar a cargo do 2º Distrito Policial de Guaratinguetá e tem um prazo de 30 dias para ser concluída.

 'Ele estava bem', diz caseiro
Segundo o relato de um funcionário, o caseiro José Arteiro de Almeida, o corpo do artista foi achado caído na cozinha com um tiro na cabeça por volta das 16h30. Almeida disse ainda ao G1, por telefone, que, no momento da morte, Walmor estava sozinho dentro da casa. Ele afirmou também que uma empregada e uma cozinheira haviam acabado de deixar o local.

Almeida, que trabalha há 30 anos com o ator, diz que Walmor Chagas não demonstrava nenhum indício de que poderia tirar a própria vida. "Ele apenas relatou nos últimos dias que estava preocupado com o diabetes. As pernas também já não estavam tão firmes, mas ele estava bem", disse.

O sítio onde o ator vivia fica no bairro Gomeral, na zona rural de Guaratinguetá, em uma área de difícil acesso. Os bombeiros receberam o chamado às 17h15, mas só conseguiram chegar ao local por volta das 18h30.
Fonte: G1