sábado, 2 de fevereiro de 2013

Inter enfrenta reservas do Grêmio no primeiro Gre-Nal de 2013

Já está virando tradição no Rio Grande do Sul: quem disputa a Copa Libertadores da América, joga o primeiro Gre-Nal do Gauchão com reservas. Em 2011, Grêmio e Inter fizeram um clássico com times suplentes em Rivera, quando ambos jogavam a competição continental. No ano passado, em meio à Libertadores, o Colorado entrou com um time frio para enfrentar o Grêmio no Olímpico. Desta vez, é o Tricolor que disputa a Libertadores, deixando o primeiro clássico do ano para os seus reservas. A partida ocorrerá neste domingo, no Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim.

Até agora, o time B do Grêmio, formado por suplentes e juniores do clube, faz má campanha no estadual. Em três jogos, ganhou um e perdeu dois. Nesta quinta-feira, a equipe foi goleada por 4 x 0 pelo São Luiz. O time deve receber reforços para o clássico de domingo, mas nesta conta não entra nenhum dos titulares que enfrentaram a LDU, na última quarta, pela Libertadores.

"O planejamento é o mesmo, está feito e será mantido. Esses meninos já deram mostras de que são capazes de representar bem o clube diante de qualquer situação. Se nesse momento nós tivemos um tropeço com esses meninos, é com eles que a gente vai buscar a recuperação e conquistar um bom resultado no fim de semana", afirmou Roger, auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, que será o técnico tricolor no clássico.

Roger tem bom retrospecto como técnico em Gre-Nais. Nos dois clássicos em que atuou como interino, venceu ambos por 2 x 1. Para o jogo deste domingo, a equipe deve contar com nomes que estão inscritos na Libertadores. Sete reservas da partida contra a LDU se juntam ao time B em Ijuí para treinar para o clássico: Busatto, Tony, Grolli, Misael, Jean Deretti, Leandro e Willian José.

Se o Grêmio não muda o seu planejamento em virtude do clássico, o Internacional não muda o seu pelo fato de o rival vir com reservas. Após o empate em 0 x 0 com o Novo Hamburgo, primeiro jogo do Inter com titulares em 2013, o técnico Dunga, que fará seu primeiro clássico como treinador, confirmou que mandará a campo o que tem de melhor neste domingo. A tendência é pela manutenção de quase toda a equipe que jogou quarta, em Gravataí.

A única mudança em relação ao jogo do meio de semana é a volta do zagueiro Índio ao time titular. Lesionado, ele não atuou contra o Novo Hamburgo, mas treinou bem após a partida e assumirá o lugar de Ronaldo Alves na zaga, formando dupla com Rodrigo Moledo. O lateral direito Gabriel sentiu dores após sua estreia, mas deve jogar normalmente.

Presença certa é a de Diego Forlán. O uruguaio foi autorizado a se apresentar para a Celeste (que enfrentará a Espanha na quarta que vem) apenas na segunda-feira, podendo assim disputar o Gre-Nal. No meio, a tendência é pela manutenção da formação com apenas um volante e três meias.

Clássico em Caxias do Sul - O outro destaque desta 5ª rodada da Taça Piratini é o clássico entre Caxias e Juventude, entre dois times que permanecem invictos na competição. Único time com 100% de aproveitamento, o São José receberá o Passo Fundo, outra equipe que ainda não conheceu derrotas. Na parte baixa da tabela, o jogo mais importante é entre os lanternas Santa Cruz e Pelotas, em Santa Cruz do Sul.

Confira os jogos deste domingo válidos pela 5ª rodada da Taça Piratin:

17 horas – Internacional x Grêmio
18 horas – Canoas x Cruzeiro
18 horas – São José x Passo Fundo
18 horas – Veranópolis x Cerâmica
19h30 – Santa Cruz x Pelotas
19h30 – Juventude x Caxias
20 horas – São Luiz x Novo Hamburgo


FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X GRÊMIO


Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Data: 3 de fevereiro de 2013, domingo
Horário: 17 horas
Árbitro: Fabrício Neves Corrêa
Assistentes: José Franco Filho e Rafael da Silva Alves

INTERNACIONAL: Muriel; Gabriel, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Willians, Fred, Dátolo e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião
Técnico: Dunga

GRÊMIO: Busatto; Tony, Grolli, Werley e Léo Gago; Ramiro, Misael, Rondinelly e Jean Deretti; Leandro e Willian José
Técnico: Roger

Fonte: Super Esportes

Gradiente deve tirar marca iPhone da Apple no Brasil

 
Gradiente deve vender disputa pela marca iPhone
São Paulo - A Apple deve perder o uso da marca iPhone no Brasil para a Gradiente, de acordo com notícia publicada pelo jornal Folha de S. Paulo. O Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) deve divulgar o resultado do imbróglio entre as duas empresas na próxima semana, quando libera sua revista de propriedade industrial (RPI).
A Gradiente conta, em um vídeo publicado no YouTube, que fez a solicitação da patente no ano 2000, alegando que já vislumbrava um novo tipo de celular, mais integrado com a internet. Quando a Apple decidiu registrar a marca no Brasil, descobriu que a Gradiente já passara na sua frente.
Mesmo assim, a Apple pediu, em 2007, para fazer o registro da marca no Inpi. Afinal, a Gradiente estava envolvida em problemas financeiros e ainda não havia usado a marca em nenhum produto.  Empresas que não o fazem em até 5 anos podem perder a exclusividade.
No entanto, no final do ano passado, a companhia brasileira já reestruturada lançou o seu iphone, uma família de smartphones de baixo custo voltado para classe C. Como não é possível ter dois registros no Brasil, a Apple deve ter seu pedido negado pelo Inpi, o que pode abrir espaço para Gradiente, hoje controlada pela IGB, entrar na justiça contra a Apple.
À época do lançamento da Gradiente, Eugênio Emílio Staub, presidente do conselho de administração e da diretoria da IGB,  disse que a Gradiente adotará todas as medidas utilizadas por empresas de todo o mundo para assegurar a preservação de seus direitos de propriedade intelectual.

Fonte: Info Abril

Twitter sofre ataque e 250 mil usuários têm seus dados comprometidos

Um ataque hacker comprometeu as contas de 250 mil usuários do Twitter. A empresa admitiu os problemas nesta última sexta-fira (01), ao publicar uma nota oficial em seu blog. De acordo com a posição oficial da companhia, “o ataque não foi obra de amadores”. Em seu comunicado, a rede social pediu que os usuários se assegurem de que estejam fazendo o máximo para proteger seus dados online.

Já seguiu o @TechTudo_oficial no Instagram?
Twitter sofre ataque, recomendamos trocar sua senha no microblog (Foto: Reprodução)Microblog sofre ataque e 250 mil contas foram comprometidas, afirma o Twitter (Foto: Reprodução)
Na nota publicada no blog oficial, o Twitter explica que as senhas de todos os usuários são criptografadas, o que ajuda a manter a segurança dos dados destas pessoas. Mesmo assim, por precaução, todas as contas que foram comprometidas tiveram passwords redefinidos e os seus usuários, é claro, foram notificados disto.

Confira aqui o Guia Definitivo do Twitter

As primeiras especulações sobre um ataque ao Twitter ocorreram durante a semana e apontavam que chineses poderiam ser os responsáveis por isso. No entanto, o Twitter não quis dar margem a estas especulações e negou ter qualquer prova da origem dos problemas. Mesmo assim, a companhia destacou a importância de divulgar o que vem acontecendo durante as investigações, para alertar outras companhias.
“Os invasores eram extremamente sofisticados e nós acreditamos que outras companhias também tenham sofrido com isso recentemente. Por esta razão, achamos importante divulgar isso publicamente. Estamos colhendo informações e ajudando o governo em um esforço para tentar encontrar estas pessoas e fazer a Internet mais segura”, diz o comunicado.

Trocando a senha do Twitter (Foto: Reprodução/Twitter) 
Trocando a senha do Twitter (Foto: Reprodução)

Além disso, o Twitter recomenda que os usuários usem senhas de pelo menos dez caracteres e diferentes das utilizadas em outros serviços online. Outra dica é a de desativar o Java em seu browser.
Se você deseja mudar sua senha do Twitter, é só acessar o ícone de configurações localizado no canto superior direito da tela e depois clicar em senha (ou password). Insira sua senha atual no primeiro campo e, posteriormente, duas vezes, sua nova combinação de letras e números para verificação de sua conta na rede social.

Fonte: Tech Tudo

Milton Nascimento canta em Portugal durante Ano do Brasil no país

Milton Nascimento canta em Portugal durante Ano do Brasil no país
Foto: Reprodução
O cantor e compositor Milton Nascimento está em turnê em Portugal. O músico se apresentou nesta sexta-feira (1º) e retorna para nova apresentação neste sábado (2) no Espaço Brasil. Milton terá a companhia da cantora e compositora portuguesa, Carminho, no evento que faz parte da programação do Ano do Brasil em Portugal, promovido pela Fundação Nacional de Artes (Funarte).
 
Todos os ingressos para os shows estão esgotados há uma semana. Entre os portugueses, a obra do cantor mineiro é bem conhecida, principalmente a partir de 1980, quando ele esteve pela primeira vez em Portugal, em 1980. “Na hora que eu saí do teatro [onde fez o primeiro show], as pessoas começaram a correr atrás de mim e a gritar meu nome. Eu nunca pensei que isso ia acontecer na minha vida e em lugar nenhum. Teve hora que eu pensei que era os Beatles”, contou.
 
De acordo com Gilberto Costa, correspondente da Agência Brasil no país lusitano, o conhecimento da música brasileira em Portugal é maior do que ocorre entre os brasileiros em relação à produção musical portuguesa. Informações da EBC.

Alguém ainda acredita que “reality show” mostra a “realidade"?

Ainda que tenha deixado muito a desejar em matéria de audiência, o reality show "Fazenda de Verão", exibido ao longo de 93 dias pela Record, deixou uma marca. A edição será lembrada como aquela em que duas mulheres, Angelis e Manoella, formaram um casal - um fato inédito em programas do gênero no Brasil.
Como mostrar um romance entre pessoas do mesmo sexo num programa deste tipo? Como superar um tabu que vigora desde sempre na televisão brasileira?

Com a promessa de transmissão 24 horas por dia, seria impossível esconder o fato do público. O diretor do programa, Rodrigo Carelli (com Angelis, na foto), optou por minimizá-lo. Numa boa entrevista a Natália Guaratto, do UOL, ele reconheceu:


http://midiacon.com.br/imgNoticias/2013/Fev/02/televisao_02021749_gd.jpg 
 "A gente deixou muito claro que era um casal, não escondeu a história das duas. Nada do que a gente não mostrou interferiu na percepção do telespectador, mostramos só o que era necessário".

Questionado se houve alguma recomendação da Record sobre como tratar a relação de Angelis e Manoella, Carelli afirmou que seguiu "a linha editorial da TV aberta". "Existe um limite para tudo, não só para mostrar casais homossexuais, como para os heterossexuais, sexo, nudez, e outras coisas".

Caso você esteja entre aqueles que, a esta altura, ainda acreditam que "reality show" mostra a "realidade", o problema enfrentado por Carelli certamente contribui para enterrar as suas esperanças.


Fonte: R7.com

Número de mortos em explosão na sede da Pemex sobe para 33

CIDADE DO MÉXICO, 1 Fev (Reuters) - Subiu para 33 o número de mortos na explosão na sede da petrolífera estatal mexicana Pemex, na Cidade do México, mas a causa do incidente ainda não está clara, disse a empresa nesta sexta-feira.
Cenas de confusão e caos após a explosão na torre, que também deixou mais de 100 feridos, foram um novo golpe para a imagem da Pemex num momento em que o presidente do México busca investimentos externos para a empresa, que detém o monopólio do setor, iniciado há 75 anos.
O diretor-executivo da Pemex, Emilio Lozoya, disse que o número de mortos agora passou a 32 -à noite, eram 25. Ainda é muito cedo para dizer o que causou a explosão, afirmou Lozoya em entrevista coletiva à imprensa.
"Um incidente fatal como o de ontem (quinta-feira) não pode ser explicado em duas horas. Estamos trabalhando com as melhores equipes do México e de outros países. Não vamos especular", declarou ele.
A Pemex, um símbolo da autossuficiência do México, bem como um sinônimo no país de falhas de segurança, furto de petróleo e acidentes frequentes, tem sido prejudicada pela ineficiência, corrupção e uma série de falhas de segurança que causaram a morte de centenas de pessoas.
Equipes de busca e salvamento vasculhavam os escombros, e os investigadores examinavam cacos de vidro e concreto na base do edifício para tentar descobrir o que causou a explosão. Não ficou claro quantas pessoas ainda estariam presas.
Um funcionário do governo, falando sob a condição de anonimato, disse que uma linha de investigação preliminar sugere que uma caldeira a gás explodiu em um prédio da Pemex ao lado da torre principal. No entanto, ele ressaltou que nada ainda foi apurado com certeza.
Segundo Lozoya, os quatro pisos mais afetados pela explosão normalmente abrigavam cerca de 200 a 250 pessoas trabalhando. Em todo o complexo trabalham perto de 10.000 funcionários.
Antes da explosão no arranha-céu de mais de 50 andares, sede de escritórios administrativos, houve em setembro um incêndio em uma instalação de gás da Pemex, perto da cidade de Reynosa, no qual morreram 30 pessoas.
Mais de 300 foram mortas quando uma usina de gás natural da Pemex, nos arredores da Cidade do México, explodiu em 1984.
 
Fonte: BR Notícias (Yahoo)

PM de SC registra 14 atentados contra órgãos públicos e incêndios em ônibus

A Polícia Militar (PM) de Santa Catarina contabilizou 14 atentados contra órgãos públicos e incêndios em ônibus e um guincho. O levantamento foi feito entre as 20h de ontem (1º) e as 7h de hoje (2) e divulgado pelo governo do estado.
A base da Polícia Militar, um presídio, uma delegacia e a prefeitura de Itajaí foram atacados. A PM também registrou sete ônibus e um guincho particular incendiados e tentativas de ataques contra um ônibus e um caminhão.
Segundo as informações divulgadas pelo governo estadual, ninguém saiu ferido dos atos de vandalismo. A polícia deteve 14 adultos e um adolescente. Por causa do agravamento das ações de violência no decorrer da semana, o governo estadual anunciou, na tarde de ontem, uma série de medidas para enfrentar e coibir os atos criminosos.
Para combater novos ataques contra transportes coletivos, a Polícia Militar informou que soldados farão a escolta dos ônibus. De acordo com as informações oficiais, a intensificação da violência no estado decorre, principalmente, do recrudescimento do trabalho policial contra o tráfico de drogas.

Fonte: Jornal do Brasil

Justiça prorroga por 30 dias prisão de detidos por incêndio no RS

O juiz Regis Betolini, da Comarca de Santa Maria, prorrogou por mais 30 dias a prisão temporária de Elissandro Spohr e Mauro Londero Hoffmann, sócios-proprietários da boate Kiss, onde ocorreu o incêndio que matou mais de 230 pessoas, na madrugada do último domingo, e também do cantor Marcelo de Jesus dos Santos e do auxiliar da banda Gurizada Fandangueira, Luciano Bonilha. Eles tiveram a prisão temporária, de 5 dias, decretada logo após o incêndio.
O pedido de prorrogação foi enviado para o juiz pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, - Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE
O pedido de prorrogação foi enviado para o juiz pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul,
O pedido de prorrogação foi enviado para o juiz pelo Ministério Público do Rio Grande do Sul, que viu indícios de crime hediondo na morte das 236 pessoas na boate. Em manifestação encaminhada na quinta à noite à Justiça, os promotores Joel Oliveira Dutra e Waleska Flores Agostin afirmam que houve "um crime de homicídio qualificado" e que os acusados assumiram "risco de produzir o resultado morte".

Entenda. O incêndio com mais mortes nos últimos 50 anos no Brasil causou comoção nacional e grande repercussão internacional. Em poucos minutos, mais de 230 pessoas - na maioria jovens - morreram na boate Kiss de Santa Maria - cidade universitária de 261 mil habitantes na região central do Rio Grande do Sul.
A tragédia começou às 2h30 de domingo, 27, quando um músico acendeu um sinalizador para dar início ao show pirotécnico da banda Gurizada Fandangueira. No momento, cerca de 2 mil pessoas acompanhavam a festa organizada por estudantes do primeiro ano das faculdades de Tecnologia de Alimentos, Agronomia, Medicina Veterinária, Zootecnia, Tecnologia em Agronegócio e Pedagogia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A maioria das vítimas, porém, não foi atingida pelas chamas - 90% morreram asfixiadas.
Sem porta de emergência nem sinalização, muitas pessoas em pânico e no escuro não conseguiram achar a única saída existente na boate. Com a fumaça, várias morreram perto do banheiro. Na rua estreita, o escoamento do público foi difícil. Bombeiros e voluntários quebraram as paredes externas da boate para aumentar a passagem. Mas, ao tentarem entrar, tiveram de abrir caminho no meio dos corpos para chegar às pessoas que ainda estavam agonizando. Muitos celulares tocavam ao mesmo tempo- eram pais e amigos em busca de informações.
Como o Instituto Médico-Legal não comportava, os corpos foram levados a um ginásio da cidade, onde parentes desesperados passaram o dia fazendo reconhecimento. Lá também foi realizado o velório coletivo.
Em entrevista à Radio Estadão na manhã da última quinta-feira, 31, o governador do Rio Grande do Sul Tarso Genro disse que a Prefeitura não deveria ter concedido alvará para a casa noturna.
"Mesmo que (a boate) estivesse dentro de normas legais de engenharia, qualquer leigo olharia aquele local e não daria alvará. Não tinha portas laterais, era uma espécie de alçapão, uma estrutura predatória da vida humana. E era visível que a casa estava preparada para receber mais gente do que o autorizado, cerca de 600 pessoas", afirmou Genro.
O governador disse, ainda, que a Prefeitura deveria ter lacrado a boate em agosto, quando venceu o alvará dado pelo Corpo de Bombeiros. "Mesmo que o documento esteja em análise, a casa deveria estar fechada até o documento sair."

Fonte: Estadão

PS4 deverá ser lançado no próximo dia 20

Fonte: Oficina da Net

De acordo com Wall Street Journal, a Sony deverá lançar o seu novo console, o PS4.  O teaser enigmático que a empresa  lançou nesta semana sinaliza que o anúncio será relativo ao PlayStation,  que irá acontecer no dia 20 de fevereiro, em Nova York.
O WSJ afirma que assunto ao quall será tratado na ocasião com os jornalistas diz respeito mesmo ao lançamento do PlayStation 4. Conforme as informações repassadas pelo jornal, ao qual não foram confirmadas pela Sony, não foram feitas muitas mudanças no console; o hardware, por sua vez, teve melhorias.
A Sony preferiu concentrar a atenção no que diz respeito ao modo em que os jogadores interagem com o novo console, disse a fonte. O jornal Washignton Post, por sua vez, informou que o novo console irá contar com mais funções relativa a compra de games através da nuvem, descontinuando as mídias físicas.
As fontes do Wall Street Jornaul informaram também que o PS4 começará a ser vendido até o final deste e irá disputar o mercado com um grande rival, o novo console da Microsoft, que deverá ser revelado em breve.

Quem quiser acompanhar o teaser da Sony pode acessar o link abaixo:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=d-3GMHIgR-U

Clinton despediu-se dos seus colaboradores

Hillary Clinton depediu-se do pessoal do seu gabinte, no Departamento de Estado.
Teve palavras de amabilidade para todos os que com ela colaboram, ao longo de quatro anos.
E deixou uma ideia. Gostou de ter sido secretária de Estado e responsável pela política externa norte-americana:
“Estou muito feliz de ter sido secretária de Estado. Vou sentir saudades vossas. Provavelmente, vou voltar, apenas para conversar”.
Para o lugar de Hillary Clinton vem agora John Kerry. Um veterano de guerra que foi candidato presidencial derrotado, contra George Bush.
Teve uma votação expressiva no congresso, onde é considerado um conhecedor profundo da política externa.

Fonte: Euro News

Mali: Hollande recebido em Tombuctu como herói nacional

Três semanas após o início da intervenção militar no Mali, François Hollande pisou solo maliano. O chefe de Estado francês chegou este sábado de manhã a Sévaré, no centro do país, onde foi recebido pelo presidente interino Dioncounda Traoré e pelos chefes militares franceses e malianos.
Hollande teve ainda direito aos habituais cânticos tradicionais e a uma prenda original: um dromedário. O Presidente agradeceu e prometeu, em jeito de graça, “utilizá-lo como meio de transporte tanto quanto for possível.”
Seguiu-se a viagem para Tombuctu, principal bastião dos islamitas no norte do país antes do início da Operação Serval, e a visita às tropas gaulesas.
François Hollande afirmou estar orgulhoso do feito conseguido pelos seus militares. A visita foi também a ocasião para o homólogo maliano expressar a sua gratidão pelo trabalho efetuado nas últimas três semanas.

Um dos momentos altos da visita de algumas horas do chefe de Estado francês ao Mali foi a receção que lhe foi preparada pela população de Tombuctu.
Na Praça Sankoré, centenas de pessoas aclamaram aquele que consideram ser um herói nacional.
Um maliano que não quis perder a possibilidade de ver Hollande diz ter “orgulho” e pede a Deus que abençoe a França. “A França salvou o mundo inteiro, não apenas o Mali. François Hollande fez o que estava certo porque graças a ele somos de novo livres.”
Ainda em Tombuctu, o Presidente francês visitou a Grande Mesquita da cidade e a biblioteca que foi incendiada pelos islamitas antes de abandonarem a cidade, queimando preciosos manuscritos.
François Hollande viajou em seguida para a capital Bamako para uma reunião de trabalho com o homólogo maliano.

Fonte: Euro News

SC tem sete ônibus e um guincho incendiados

Apesar do anúncio de reforço no policiamento no Estado Santa Catarina, sete ônibus e um guincho particular foram incendiados entre às 20 horas de ontem e 7 horas deste sábado, segundo relatório da Polícia Militar divulgado na manhã de hoje. Não houve, porém, registro de nenhum ferido nos atentados.
Também foram registradas duas tentativas de incêndio contra um ônibus e um caminhão; ataque a uma base da Polícia Militar, a um presídio, a uma delegacia e à prefeitura de Itajaí. Nos atentados, foram detidas 14 pessoas e um adolescente foi encaminhado para a 6ª Delegacia de Polícia de Santa Catarina.
As autoridades de Santa Catarina creditam os novos ataques à intensificação do trabalho policial, principalmente, no combate ao tráfico de drogas. Também justificam as ocorrências, segundo elas, o endurecimento de ações dentro do sistema prisional do Estado.
As medidas para enfrentar e coibir criminosos em Santa Catarina por meio do reforço do policiamento no Estado foram anunciadas na tarde desta sexta-feira (1) pelo governo do Estado. Além do aumento da segurança nas áreas identificadas como alvo, a sala de situação (utilizada pela PM para monitorar em tempo real os ataques ocorridos em cidades do Estado desde novembro) foi ativada e os efetivos das policias militar e civil foram mobilizados.
A Polícia Militar de Santa Catarina vai fazer a escolta dos ônibus para coibir novos ataques, segundo informou o comandante-geral da PM, coronel Nazareno Marcineiro, em nota divulgada no site do governo de Santa Catarina. Ele determinou várias medidas de reforço no policiamento e confirmou que unidades como Bope, Cavalaria, Batalhão de Choque e Canil estão de prontidão para agir rapidamente no caso de outras ocorrências.

FONTE: Diário do Grande ABC

Primeiro-ministro da Espanha descarta renúncia após acusações

O primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy, negou neste sábado ter recebido "dinheiro sujo" e descartou a possibilidade de renunciar depois do escândalo provocado pelas informações da imprensa que o acusavam de ter recebido pagamentos irregulares.
"Nunca recebi nem distribuí dinheiro sujo", declarou Rajoy diante da direção do Partido Popular (PP), que ele preside.
"Se alguém pensa que, por meio do acosso, vou encolher-me ou abandonar a tarefa que os espanhóis me atribuíram, quero dizer que se equivocam", completou Rajoy, depois que centenas de milhares de cidadãos assinaram uma petição na internet para pedir sua renúncia.
O chefe de Governo espanhol também prometeu no discurso diante da cúpula do PP que vai divulgar na próxima semana sua declaração de renda.
"Minhas declarações de renda e de patrimônio serão colocadas à disposição de todos os cidadãos a partir da próxima semana", disse, antes de prometer "tratar este assunto com a maior das transparências".
O nome de Mariano Rajoy, presidente do PP desde 2004 e primeiro-ministro desde 2011, apareceu na quinta-feira em uma reportagem do jornal El País como um dos beneficiados do suposto pagamento de salários ocultos que durante anos teriam sido repassados a vários dirigentes do partido.
Um escândalo a mais em um país afetado pela crise e o desemprego, onde os casos de corrupção são cada vez maiores nas administrações locais, mas que até agora não haviam afetado os dirigentes nacionais.
Ao meio-dia deste sábado, uma petição criada na plataforma change.org para exigir a queda de Rajoy havia reunido em apenas dois dias mais de 650.000 assinaturas.
A indignação também toma conta das ruas. Com envelopes, novo símbolo da indignação popular, centenas de cidadãos se reuniram nos últimos dias diante da sede do PP em Madri.
"A indignação chegou ao ponto máximo. Não se pode permitir que um governo seja corrupto, que sejam delinquentes e roubem os cidadãos", protestou Maxi Sánchez Pizarro, professor de 54 anos que estava diante da sede do PP poucos minutos antes do início do discurso de Rajoy.
Com 57 anos e natural da região conservadora da Galícia, nordeste da Espanha, Rajoy assumiu a Presidência do governo da Espanha no fim de 2011, em substituição a um Executivo socialista debilitado pela crise econômica.
Com uma imagem de seriedade e sua barba grisalha, Rajoy prometeu na ocasião ajustar o rumo do país.
"Não devemos permitir que algumas pessoas, os espanhóis, às quais estamos pedindo sacrifícios e renúncias, possam ter a impressão de que não estamos à altura do rigor ético mais rígido", afirmou neste sábado.
"Não vim à política ganhar dinheiro, vim perdendo dinheiro. Mas acontece que, para mim, o dinheiro não é o mais importante na vida", disse Rajoy, que não aceitou perguntas da imprensa.
Depois da explosão do escândalo, o PP se defendeu citando que sua contabilidade é "transparente" e passa por uma dupla auditoria de contas, uma interna e outra externa.
A porta-voz do governo, Soraya Sáenz de Santamaría, admitiu na sexta-feira, no entanto, que era necessário "fortalecer as instituições da Espanha" em um momento de máxima desconfiança com a política e no qual os casos de corrupção afetam até a monarquia.
O "caso Bárcenas" eclodiu em 18 de janeiro quando o jornal El Mundo informou que Luis Bárcenas, ex-tesoureiro do PP, distribuiu durante 20 anos entre os dirigentes do partido envelopes de 5.000 e 15.000 euros procedentes de uma empresa privada como complemento a seus salários oficiais.
O jornal afirmou que Rajoy não havia recebido envelopes e que havia acabado com a prática, mas outra informação, publicada pelo El País na quinta-feira, apontou o atual primeiro-ministro como um dos beneficiados das supostas propinas.
Segundo algumas contas manuscritas que supostamente pertencem aos ex-tesoureiros do PP entre 1990 e 2008, o atual chefe de Governo recebeu entre 1997 e 2008 "pagamentos de até 25.200 euros ao ano".
Ao lado do nome de Rajoy estavam nomes de outros dirigentes do partido, como sua adjunta, Maria Dolores de Cospedal, ou o ex-presidente de Bankia Rodrigo Rato.
 
Fonte: Terra

Interdição de casas noturnas muda opções de lazer em Bauru, SP

Quem saiu de casa na noite desta sexta-feira (1º) encontrou uma cena incomum em Bauru (SP). O motivo ficou estampado nas portas de seis casas noturnas.
Sem os laudos de segurança do Corpo de Bombeiros, elas foram lacradas pela fiscalização da prefeitura. Os shows já marcados foram adiados e os clientes deverão receber o dinheiro de volta. Com o fechamento das boates, muitos jovens optaram por frequentar bares.
O Tem Notícias vem acompanhando durante toda a semana a ação da prefeitura e do Corpo de Bombeiros nessas casas noturnas. Na primeira visita, realizada na quarta (30) e quinta-feira (31), os órgãos responsáveis pela vistoria estabeleceram prazo de 15 dias para as boates se regularizarem.

Em uma segunda visita, por decisão do Ministério Público, todas as casas que não apresentaram o auto de vistoria do Corpo de Bombeiros foram interditadas.
“Quando tivemos notícias de que alguns locais não estavam preparados para receber o público, o Ministério Público recomendou que a prefeitura fechasse as casas antes do prazo”, explica o promotor de Justiça Luis Gabos Alvares.
Segundo o promotor, o objetivo da vistoria é permitir que as casas atuem além dos documentos regularizados. “O que interessa é saber se o estabelecimento é seguro ou não. Pode estar burocraticamente em ordem, mas com uma efetiva segurança na prática e não nos processos de licenciamento”, acrescenta.

Interdição das casas noturnas mudou a rotina dos frequentadores de Bauru (Foto: Reprodução/TV Tem)Interdição das casas noturnas mudou a rotina dos frequentadores de Bauru (Foto: Reprodução/TV Tem)


Adolescentes com drogas
Além de mudar a rotina dos frequentadores dos estabelecimentos noturnos, o trabalho de fiscalização nas boates alterou a estratégia da Polícia Militar.
Com a movimentação nos bares, a polícia resolveu aumentar também o número de ações pela cidade. Pelo menos dez pontos foram fiscalizados.
A polícia verificou que uma casa noturna localizada no cruzamento da rua Virgílio Malta com a rua Sete de Setembro, em Bauru, não possuía licença de funcionamento e nem vistoria do Corpo de Bombeiros.
Além disso, a maioria do público era formada por crianças e adolescentes. "A gente vai acionar o Conselho Tutelar e também os pais para que tomem ciência do caso”, afirmou o tenente da PM, Lucas Freitas.

Objetivo foi fiscalizar validade dos extintores e saídas de emergência (Foto: Reprodução/TV Tem) 
Objetivo foi fiscalizar validade dos extintores e
saídas de emergência (Foto: Reprodução/TV Tem)
 
Fiscalização em Marília
A prefeitura de Marília (SP), com o apoio dos bombeiros, também fez uma fiscalização em casas noturnas na sexta-feira (1º).
O prefeito acompanhou a blitz em um dos locais, mas nenhuma irregularidade foi encontrada.
A boate avaliada tem o laudo de vistoria dos bombeiros. Os fiscais verificaram a validade dos extintores e saídas de emergência.
Para ler mais notícias do G1 Bauru e Marília, clique em g1.globo.com/sp/bauru-marilia. Siga também o G1 Bauru e Marília no Twitter e por RSS.

Mídia francesa e Google fecham acordo


Logo do Google
Logo do Google: polêmica relacionada ao Google News fez com que jornais fechassem suas notícias
São Paulo - Em um acordo inédito que envolveu a mediação do Palácio do Eliseu, a imprensa da França e o gigante de informática americano Google firmaram nesta sexta-feira, em Paris, um acordo para remunerar empresas de comunicação pelo conteúdo publicado no site Google News. Um fundo de € 60 milhões será criado para financiar a adaptação da imprensa escrita à internet. O entendimento abre um precedente para países como o Brasil e a Alemanha, onde a discussão também existe.
O fundo, com validade de três a cinco anos, será gerenciado por um conselho de administração aberto, cujos membros - "personalidades independentes" - ainda não foram anunciados. Caberá ao conselho receber e analisar os projetos apresentados por jornais e revistas que pedirão financiamento. "O fundo terá por função selecionar os projetos que, por seu mérito, receberão recursos", explicou Marc Schwartz, um dos mediadores do acordo e provável presidente do conselho.
As linhas de financiamento poderão ser solicitadas pela imprensa nacional, pelos veículos regionais e por "pure players", as empresas que iniciam atividades já no ambiente virtual. "A imprensa de entretenimento não será incluída", disse Schwartz.
Além do administrador do fundo, todas as partes envolvidas na negociação celebraram o acordo, firmado após dois meses de debates. Eric Schmidt, presidente do grupo Google, definiu o compromisso como "histórico". "Vale mais chegar a um acordo do que a uma lei, logo, essa foi a melhor abordagem", disse. O executivo se referia às ameaças veladas feitas pelo governo de que criaria uma lei regulamentando o pagamento de direitos autorais pelo Google às editoras jornalísticos na França, caso não houvesse entendimento.
A presidente da Associação da Imprensa de Informação Política e Generalista (AIPG), Nathalie Collin, lembrou que o acordo é inédito no mundo. "É uma première mundial para as editoras de jornais e revistas", destacou. Já o presidente francês, François Hollande, informou, em nota oficial, que o fundo será financiado exclusivamente pelo Google, mas que o Estado vai desenvolver novas políticas de apoio à transição da imprensa à internet. "O Estado não vai suspender seus financiamentos próprios", reiterou.

Disputa
A pressão sobre o Google na França vinha crescendo nos últimos dois meses em duas frentes diferentes. A primeira era a da imprensa escrita, que exigia a remuneração pelo uso de seu conteúdo no Google News. Em dezembro, oito dos maiores jornais e revistas do país chegaram a anunciar uma parceria com a maior operadora de telecomunicações da França, a Orange, para criação de um site concorrente ao Google News.
A segunda frente ainda vem sendo travada e envolve os operadores de telefonia. Prejudicadas pelo tráfego de dados nas suas redes, gerado pelo uso intenso da internet nos smartphones, as empresas exigem que as gigantes da internet participem dos custos de construção de novas redes, como os serviços 4G e de fibra ótica. No início do mês, o Free, um dos maiores fornecedores de TV paga, telefonia e internet da França, instalou um filtro que suspendeu a exibição de publicidade no tráfego de dados que passa por suas redes. O filtro, que ameaçou os interesses do Google, foi retirado após pressão das editoras jornalísticos, que também seriam afetadas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.