terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Lindsay Lohan corta gastos para pagar dívida de US$ 150 mil a ex-advogada

Lindsay Lohan não tinha a mínima noção do quanto devia para sua ex-advogada Shawn Holley, demitida recentemente e substituida pelo advogado Mark Heller, que a defendeu em uma audiência em Los Angeles no último mês. Segundo informações do site americano "TMZ" nesta segunda-feira (4), Lindsay tem que pagar a quantia de US$ 150 mil (aproximadamente R$ 300 mil) para a mulher que a livrou da prisão e de reabilitações por diversas vezes, durante anos. E agora, ela está no topo de sua lista de pagamento.
Mesmo tendo demitido Shawn, as fontes do site afirmam que a suposta namorada do cantor Max George, do grupo The Wanted, está fazendo de tudo para conseguir a advogada de volta, mas ela não quer.
Os informantes ainda dizem que a artista instruiu seu empresário a pagar a conta para Holley o mais rápido possível. Lindsay está ganhando dinheiro aparecendo em eventos e fazendo algumas atuações públicas, mas gasta compulsivamente: passagens de primeira classe, hotéis cinco estrelas, restaurantes, roupas... Ela disse que vai diminuir seus gastos para que a advogada seja paga.
Outra coisa que a atriz não pode esquecer é que ainda deve US$ 130 mil em taxas públicas. Ela também terá que pagar seu novo advogado - aquele que ela já nem quer mais -, que provavelmente vai pedir uma quantia alta por tê-la defendido recentemente.

Fonte: Puredepeople

Abusos em presídios de SC são recorrentes, diz OAB

Cynthia fez o comentário após ter recebido denúncias de torturas contra detentos e ter visitado o presídio da cidade, onde ouviu relatos de presos que dizem ter sido arrastados pelo pescoço, espancados, que foram atacados com spray de pimenta e viu hematomas que teriam sido feitos por balas de borracha.
Um vídeo divulgado nos últimos dias deu peso aos relatos ao mostrar policiais praticando esse tipo de abusos contra os detentos.
"(A violência) é um prática recorrente do Deap (Departamento Estadual de Administração Prisional). Eles praticam tortura psicológica, castigos inadequados, usam balas de borracha e outras práticas abusivas", afirma Cynthia. "Fazem isso para dar vazão à política prisional de violência que é praticada no Estado."
Segundo ela, todos os anos são denunciados casos de violência contra presidiários, mas as denúncias raramente terminam em punição dos responsáveis.
"Já ocorreram casos de funcionários de presídios serem transferidos ou afastados de seus cargos. Mas em geral há um comportamento por parte do governador Raimundo Colombo (PSD) e da do secretária de Justiça, Ada de Luca, de se omitirem na hora de punir esses agentes", afirma Cynthia, acrescentando que a corregedoria do órgão nem sempre apura os fatos.
"Há uma conivência do governo. O Estado insiste em manter em seus quadros pessoas que praticam a tortura."

Outro lado

Vídeo
Denúncias de abuso ganharam peso com vídeo divulgado nos últimos dias
O diretor do DEAP, Leandro Lima, nega que haja violência recorrente no sistema e diz que a administração penitenciária "repudia qualquer forma e tortura física ou psicológica" e investe em programas de ressocialização e trabalho de detentos.
"Há agentes em processo de punição. Não falta vontade do sistema. Todas as denúncias são encaminhadas para apuração da Corregedoria", diz à BBC Brasil.
No caso específico do presídio de Joinville, onde agentes penitenciários foram filmados agredindo detentos nus, Lima diz que "as imagens falam por si só". "Vamos nos recolher em reflexão e corrigir os erros."
Ele diz também que o presídio é "inadequado" e será reformado.

Publicidade

Cynthia Pinto da Luz acredita que os agentes sabiam que estavam sendo filmados durante a tortura dos presos - há mais de três horas de gravação, obtidas da câmera de segurança do local. No entanto, ela acha que os funcionários não imaginavam que, dessa vez, os abusos teriam tamanha publicidade.
Segundo ela, a Comissão de Direitos Humanos da OAB local está acompanhando os desdobramentos do caso de perto e levará as denúncias à Secretaria de Direitos Humanos da Presidência, vinculada ao Ministério da Justiça, e ao Departamento Penitenciário Nacional.
Também será realizada uma ação conjunta com a OAB de Florianópolis, para apurar torturas em outros presídios do Estado. Juntamente com o Centro de Direitos Humanos e o Conselho Carcerário, ela visitou o presídio no dia 30 de janeiro, 12 dias após os atos de violência. Ainda assim, os exames de corpo de delito realizados nos presos mostravam, segundo ela, sinais claros de tortura.
Cynthia afirma que a onda de violência que vem assolando o Estado há uma semana é uma reação extremamente inaceitável por parte do crime organizado, que faz sofrer o cidadão comum.
"Mas essa reação é algo que já se sabia que iria acontecer, por conta da violência contra os detentos de São Pedro de Alcântara e, agora, no de Joinville."

Fonte: BBC Brasil

Soldados franceses e africanos buscam islamitas no deserto do Mali

Soldados franceses e chadianos prosseguiam com a busca de islamitas armados no extremo nordeste do Mali, enquanto em Bruxelas o Grupo de Apoio ao país africano, que reúne grandes organizações internacionais como a ONU, examinou os meios necessários para garantir o retorno à estabilidade.
Um grupo de 1.800 homens do exército chadiano entrou em Kidal, ex-reduto dos grupos islamitas, para garantir a segurança da cidade, indicou o ministério francês da Defesa.
Segundo o ministério, 4.000 soldados franceses também estão posicionados atualmente no Mali.
"Os franceses prosseguem, por sua parte, no controle do aeroporto graças aos reforços de duas equipes de paraquedistas", acrescentou o ministério.
Paralelo a isso, os bombardeios aéreos maciços dos últimos dias prosseguiram na região, principalmente visando objetivos como depósitos logísticos e centros de treinamento.
Cerca de 3.800 soldados africanos, pouco mais de 2.000 deles pertencentes à Missão Internacional de Apoio ao Mali (MISMA), se encontram no país e seu número será reforçado nas próximas semanas.
O Chade se comprometeu em enviar 2.000 soldados, que não farão parte da MISMA, mas atuam em coordenação com ela.
Kidal está situada a 1.500 km de Bamaco.
Segundo a França, os sete reféns franceses dos islamitas em Sahel se encontram na região de Kidal, no maciço de Ifoghas.
Em Bruxelas, altos dirigentes da União Africana (UA), da Comunidade Econômica dos Estados da África do Oeste (CEDEAO), das Nações Unidas e da União Europeia (UE) se reuniram com uma delegação malinense dirigida pelo ministro das Relações Exteriores, Tieman Coulibaly.
"O mundo inteiro está aqui. Vamos refletir hoje sobre tudo o que diz respeito à estabilização do Mali", declarou Tiéman Coulibaly, pouco antes de começar a reunião.

 Soldados franceses durante uma patrulha no Mali

O ministro francês de Desenvolvimento, Pascal Canfin, destacou, por sua parte, que agora o importante é "ganhar a paz", o que passa pelo reforço do "diálogo político" no Mali.
O Grupo de Apoio ao Mali deve discutir os meios necessários para garantir o retorno à estabilidade depois das operações militares e retomar a ajuda pública ao país africano.
A União Europeia poderá desbloquear 250 milhões de euros.
A comunidade internacional também irá propor sua ajuda à organização das eleições prometidas pelo presidente malinense interino Dioncounda Traoré antes de 31 de julho de 2013.
Na cidade de Kidal, militares franceses e chadianos patrulhavam as ruas sem encontrar resistência.
Kidal era um reduto do grupo islamita Ansar Dine (Defensores do Islã), mas, antes da chegada das tropas francesas, passou para o controle de uma facção dissidente, o Movimento Islâmico de Azawad (MIA), e do Movimento Nacional de Libertação de Azawad (MNLA, rebeldes tuaregues).
 
Fonte: Yahoo

Neandertais desapareceram antes do que se imaginava

De acordo com um estudo, a extinção dos neandertais ocorreu muito antes do que se esperava. Assim, o estudo sugere que os neandertais teriam passado pela Península Ibérica antes do que se imagina, ou seja, cerca de 45 mil anos, e não 30 mil.
Com uma nova técnica, ao qual filtra contaminações e impurezas,  os pesquisadores australianos e europeus examinaram novamente os fósseis encontrados em sítios neandertais e descobriram que as ossadas têm cerca de 50 mil anos e não 35 mil como se imaginava quando foram analisadas através de carbono 14.
Deste modo, caso o novo estudo esteja certo, as dúvidas de que os humanos modernos e os neandertais coexistiram até a sua miscigenação acabam surgindo. "Os resultados de nosso estudo sugerem que existem grandes problemas com a datação dos últimos neandertais na Espanha," disse Thomas Higham, vice-diretor da Unidade do Acelerador de Radiocarbono da Universidade de Oxford, na Inglaterra. "É improvável que os neandertais tenham sobrevivido por mais tempo nessa área do que no resto da Europa continental".
O novo estudo foi publicado na última segunda-feira (4) no periódico Proceedings of the National Academy of Sciences,  porém ele não exclui completamente a chance de que os neandertais tenham vivido mesmo até 35 mil atrás. Porém, eles salientam que o calor da Espanha acaba degradando rapidamente uma proteína importante no processo de datação através do carbono 14.

A técnica usada na nova pesquisa, chamada “ultrafiltração”, normalmente rende datas mais antigas que o carbono 14, explicou Chris Stringer, pesquisador sênior do Museu de História Natural Britânico. "A ciência avança e a tecnologia também". Stringer, que não esteve envolvido com o estudo, afirmou que as novas técnicas podem ser aplicadas em outros sítios espanhóis. "Enquanto isso não for feito, haverá uma grande interrogação sobre a possibilidade de sobrevivência tardia dos neandertais na região".
Vale lembrar que só foram analisadas ossos de dois dos 11 sítios neandertais conhecidos no país, assim, se as ossadas dos outros lugares também se mostrarem mais antigas, o encontro entre neandertais e humanos modernos teria acontecido muito antes do que se imaginava.
"Provas da Grã-Bretanha, Bélgica, França, Alemanha e Itália todas apontam para uma presença de seres humanos modernos antes de 40 mil anos atrás," explicou Stringer. "A nova cronologia sugere que qualquer interação entre os últimos neandertais e os primeiros homens modernos também vai ser adiantada para antes de 40 mil anos atrás".

Fonte: Oficina da Net

Cientistas apresentam homem biônico em Londres

Está sendo exibido no Museu da Ciência de Londres um homem biônico completo, construído com órgãos e membros artificiais vindos de diversas partes do mundo.
Protótipo foi construído com próteses e órgãos artificiais

O projeto colaborativo custou US$ 1 milhão. O repórter da BBC John Maguire conta que é possível escutar os batimentos cardíacos do homem biônico e ver seus órgãos funcionando.


Richard Walker, especialista em robótica, conta que muitas das próteses usadas no homem biônico passaram por testes clínicos e são empregadas também na vida real, para melhorar a vida de deficientes físicos.

Fonte: BBC

El País entrega documentos sobre corrupção à promotoria

O jornal espanhol El País informou nesta terça-feira que entregou à promotoria do país os documentos que supostamente mostram pagamentos ilícitos feitos aos principais membros do Partido Popular (PP), que governa o país. Dentre os beneficiados pelo "mensalão" espanhol estaria o primeiro-ministro Mariano Rajoy.
Na semana passada, o jornal publicou o que chamou de "documentos secretos" do ex-tesoureiro do partido, Luis Bárcenas, que traziam nomes e montantes recebidos durante anos por alguns membros da legenda. O dinheiro não declarado teria vindo de empresas, principalmente do setor de construção.
O escândalo irritou a população espanhola, principalmente porque Rajoy tem exigindo duros sacrifícios dos espanhóis no momento em que o país luta contra a recessão e uma taxa de desemprego de 25%.
Segundo o diário, o editor da publicação, Javier Moreno, entregou os documentos à promotoria nesta terça-feira. Bárcenas será interrogado pelos promotores na quarta-feira. O PP nega ter cometido qualquer tipo de delito. As informações são da Associated Press.

Sonho norte-coreano com a destruição dos EUA [com vídeo]

5 de Fevereiro, 2013
Um vídeo colocado domingo no YouTube pela agência de propaganda norte-coreana, a Uriminzokkiri, está a agitar a opinião pública norte-americana. O caso não é para menos porque mostra um jovem coreano a sonhar.. com a destruição de uma cidade dos EUA, presumivelmente Nova Iorque.E, para acrescida provocação, ao som de ‘We are the World’ – a popular música de Michael Jackson e Lionel Richie cantada em 1985 pelas maiores estrelas musicais americanas para combater a fome em África.
No vídeo, o jovem sonha com um lançamento de um vaivém espacial que orbita a Terra e passa por uma Coreia do Norte a festejar, continuando viagem até que o ‘sonho’ se foca numa bandeira norte-americana. Logo a seguir aparecem imagens de uma cidade em chamas – onde parece ver-se o Empire State Building, em Nova Iorque – , depois de atingida por mísseis disparados por aeronaves.


"Algures nos Estados Unidos ondulam nuvens negras de fumo (…) parece que o ninho da maldade está em chamas com um fogo ateado por si próprio", segundo a tradução das legendas do vídeo feita pela FoxNews.
No fim, o jovem sonha que a sua visão "certamente" se tornará realidade: "Apesar de todas as tentativas imperialistas de nos isolar e esmagar (…) nunca ninguém vai conseguir parar o povo marchando em direcção à vitória final".
As imagens são ainda mais perturbadoras após as denúncias feitas hoje pelo embaixador da Coreia do Sul na ONU sobre a "grande actividade" no campo de testes nucleares do seu vizinho.
Em conferência de imprensa citada pela Associated Press, o embaixador Kim Sook disse esperar que o Conselho de Segurança da ONU "reaja com firmeza e medidas fortes" caso os norte-coreanos avancem para o teste nuclear.
À FoxNews, o antigo embaixador norte-americano na ONU, John Bolton, considerou o vídeo como um "sinal preocupante" do que a capacidade nuclear da Coreia do Norte significaria para o mundo.
SOL

Dilma deixa os políticos no palanque e mistura-se ao povo em assentamento

Acompanhada pelo governador do Paraná, Beto Richa, três ministros, senadores e dirigentes de instituições como Banco do Brasil, Incra, BNDES e Movimento dos Trabalhadores Rural Sem Terra (MST), a presidente Dilma Rousseff passou a tarde desta segunda-feira no assentamento, onde conheceu o centro de melhoramento genético e criação de novilhos a pasto e o laticínio, que está produzindo leite empacotado, queijos e iogurtes.

 Dilma Rousseff entre assentados em Arapongas

“Esta e a melhor das práticas de trabalho em conjunto desenvolvido pelos trabalhadores que vi em toda a minha vida”, disse a presidência ao inaugurar a estrutura da agroindústria da Cooperativa de Comercialização e Reforma Agrária União Camponesa (Copran). Com os equipamentos, cerca de 4 mil famílias de um raio de 150 quilômetros estão sendo beneficiadas na produção e comercialização de leite e seus derivados.

Fonte: O Diário

Japão apresenta protesto à China após radar apontado para navio

Uma embarcação chinesa apontou um tipo de radar normalmente usado para guiar mísseis contra um navio da Marinha japonesa perto das disputadas ilhas no Mar da China Oriental, fazendo com que o governo japonês apresentasse um protesto à China, informou a emissora pública japonesa NHK nesta terça-feira. O incidente aconteceu em 30 de janeiro, disse posteriormente o ministro da Defesa.
Eleição: Após vitória, partido japonês PLD rejeita negociar soberania de ilhas com China
AP
Barco de patrulha da Guarda Costeira do Japão se aproxima de barco de pesca chinês (E) a cerca de 200 km das disputadas ilhas de Senkaku (02/02)
Tensão: Japão acusa China de violar espaço aéreo sobre ilhas disputadas
Um latente conflito por causa das ilhas, conhecidas como Senkaku no Japão e Diaoyu na China, cresceu nos últimos meses até o ponto em que ambos os países mobilizaram caças, enquanto barcos de patrulhamento monitoram-se nas águas próximas.
Temores de que os crescentes encontros entre as aeronaves e navios possam causar um confronto acidental estão dando impulso para os esforços de se reduzir a tensão, incluindo uma possível cúpula de líderes.
Setembro: Japão divulga supostas provas sobre posse de ilhas disputadas com a China
Mas enquanto crescem as esperanças de que haja uma reaproximação nas relações, que ficaram ainda piores quando o governo do Japão comprou as ilhas de um cidadão japonês em setembro, ainda há profunda desconfiança e um nacionalismo inflado, complicado pelas amargas memórias da China dos tempos de guerra com o Japão.

Fonte: Ultimo Segundo

Ciclo pós-operatório de Chávez terminou, diz Maduro


Nicolás Maduro tem feito visitas periódicas a Chávez, em Havana
Nicolás Maduro tem feito visitas periódicas a Chávez, em Havana

Vice-presidente venezuelano, Nicolás Maduro, disse nesta sexta-feira que o ciclo pós-operatório de Hugo Chávez “terminou”, depois de uma nova cirurgia para combater o câncer realizada em dezembro em Cuba. Segundo ele, o presidente está em “uma nova fase de tratamentos”.
– Felizmente, o ciclo pós-operatório terminou e o presidente entrou em uma nova fase de tratamentos para a sua doença, recuperando-se gradualmente, ganhando força – disse Maduro durante um ato transmitido pela rede venezuelana de TV VTV.
Na terça, o ministro da Ciência e Tecnologia, Jorge Arreaza, genro de Chávez, havia informado que o presidente estava “cada dia melhor” e “mais incorporado as suas funções”. No último relatório oficial sobre a saúde do presidente, apresentado no sábado passado, o governo indicou que Chávez havia superado a insuficiência respiratória causada após a cirurgia de 11 de dezembro, embora tenha dito que ainda persistia “algum nível de insuficiência respiratória que está sendo devidamente tratada”.
– O que nunca falta ao presidente é o ânimo, a vontade vital de estar entre nós, uma vontade de viver gigantesca – afirmou Maduro nesta sexta, acrescentando que Chávez está “orgulhoso” de contar com o apoio do povo venezuelano durante a sua recuperação.
O vice-presidente comentou que naquele momento o governante se encontrava reunido em Havana com o presidente da Assembleia Nacional venezuelana, Diosdado Cabello, e com o ministro da Defesa venezuelano, Diego Molero, que lhe levou “saudações” da Força Armada Nacional Bolivariana.
– Dentro de poucas horas vamos ter notícias porque eles lhe levaram um conjunto de temas para consulta – afirmou Maduro, acrescentando que os funcionários do governo prestam contas “permanentemente” ao presidente e lhe perguntam o que fazer e como fazer.
Chávez, de 58 anos, foi operado em Cuba pela quarta vez nos últimos 19 meses de um câncer do qual se sabe apenas que está na zona pélvica.

Fonte: Correio do Brasil

Presidente iraniano visita Egito pela 1ª vez em 30 anos

 article image

O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad chegou ao Cairo nesta terça-feira, 5, na primeira visita de um líder iraniano ao Egito desde que os dois países romperam relações diplomáticas há três décadas. A visita é um barômetro das mudanças na dinâmica regional em curso desde o início dos levantes árabes.
As relações entre os dois países melhoraram desde a derrubada do ex-presidente Hosni Mubarak, que era profundamente hostil à liderança iraniana e se retratava para seus aliados, que incluíam EUA e Israel, como um baluarte contra a influência iraniana na região. Nos últimos meses, porém, o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, tem defendido a ideia de que as recentes revoluções árabes foram inspiradas na revolução iraniana de 1979.
“O Egito é um país muito importante na região, e a República Islâmica do Irã acredita que ele é um dos pesos pesados ​​no Oriente Médio”, disse o ministro das Relações Exteriores do Irã, Ali Akbar Salehi, em entrevista à agência de notícias estatal nesta terça-feira. “Estamos prontos para fortalecer ainda mais os laços.”
Embora as relações do Egito com o Irã continuem limitadas, a cena na pista do aeroporto do Cairo teria sido inimaginável no reinado de Mubarak, e deve alarmar o governo de Barack Obama.

Fonte: Opinião e Notícia

PM registra 27 atentados em 10 municípios de Santa Catarina

A Polícia Militar contabiliza 27 atentados contra veículos e prédios públicos, na segunda onda de ataques em Santa Catarina. Os números somam incêndios em carros, ônibus, caminhões e outros objetos, como lixeiras e pneus, além de atentados contra instituições da segurança pública. As ocorrências foram registradas em dez municípios: Florianópolis, Criciúma, Itajaí, Palhoça, Camboriú, Laguna, Gaspar, Joinville, Balneário Camboriú e Jaraguá do Sul.
De acordo com a Polícia Militar, a maioria dos ataques é contra ônibus: 13 já foram totalmente ou parcialmente incendiados. Entre a madrugada de sexta-feira (1) e a manhã de sábado (2), cidades das regiões Sul e Norte também passaram a ser alvo dos ataques e o Vale do Itajaí teve novas ocorrências. Em Joinville, ocorreram sete atentados: cinco ônibus foram incendiados. No Sul, um ônibus foi incendiado em Criciúma (veja no vídeo ao lado) e o Presídio Feminino de Laguna foi alvo de disparos.
Segundo a Polícia Militar, o Vale do Itajaí também registrou ocorrências no terceiro dia de ataques. Na Grande Florianópolis, os criminosos não agiram. Segundo a Polícia Militar, já era esperado que estas ações começassem a ocorrer no interior de Santa Catarina. “Nenhuma região do estado está livre. Em todas as regiões, o policiamento está em alerta e de sobreaviso. Os policiais precisam estar prontos e alinhados”, comentou o major da comunicação social da PM, Alessandro Marques.
Na tarde deste sábado (2), uma reunião entre os órgãos de segurança pública deve avaliar a operação. “Serão analisadas as ações já realizadas e traçadas novas estratégias”, declarou Marques.
Prisões

De acordo com a Polícia Militar, entre quarta-feira (30) e a manhã de sábado (2) 14 pessoas foram detidas pela corporação. No total, as polícias Civil e Militar detiveram 22 suspeitos.
Na noite de sexta-feira (1), sete homens, com idades entre 20 e 27 anos, foram presos em Camboriú, Litoral Norte de Santa Catarina, suspeitos de participar dos atentados.
Delegacia de Laguna foi algo de tiros na madrugada deste sábado (2') (Foto: Reprodução RBS TV)Delegacia de Laguna foi algo de tiros na madrugada
 deste sábado (2') (Foto: Reprodução RBS TV)
A Polícia Militar chegou até eles por meio de denúncias que indicavam movimentação suspeita na zona rural de Camboriú. No local, os policiais apreenderam armas, munições, um silenciador, equipamentos usados para arrombar caixa eletrônico e um galão com gasolina.
No mesmo dia, por volta das 20h, três homens e uma mulher foram detidos na Praia Brava, em Florianópolis. Eles estavam em um automóvel com uma garrafa de dois litros com gasolina.
Na tarde de sexta, três homens também foram detidos sob suspeita de envolvimento nos ataques. Segundo o delegado responsável pela Divisão de Investigações Criminais de Itajaí (DIC), quatro homens estavam em um beco do bairro Nossa Senhora das Graças, em Itajaí. Dois conseguiram fugir e outros dois foram detidos e encaminhados para o presídio. “Um deles confessou o envolvimento em dois ataques na cidade. Ele contou que a participação dele era ficar próximo da delegacia acompanhando a movimentação dos policiais. Aceitaram a proposta em troca de drogas”, comentou o delegado Celso Pereira de Andrade.
Entre a madrugada e a manhã de sexta, em Florianópolis, oito pessoas foram detidas por suspeita de envolvimento nos ataques a uma base da Polícia Militar, em Canasvieiras, e a um ônibus na capital. Sete são menores de idade. No celular de um dos presos, uma mensagem autorizava a realização dos ataques, segundo o comandante da 1ª Região da PM, coronel João Henrique Silva.

Fonte: Tribuna Hoje

Fim do sequestro de uma criança num “bunker” do Alabama

A polícia norte-americana pôs fim, esta, noite ao sequestro de uma criança de cinco anos num abrigo subterrâneo, em Midland City no Alabama.
As forças especiais assaltaram a instalação, matando o sequestrador e resgatando a criança, que se encontra sã e salva.
Os residentes da cidade felicitaram-se com o fim do sequestro.
“Rezámos muito para que o nosso pequeno guerreiro pudesse sair são e salvo para poder abraçar a sua mãe”.
Desde terça-feira passada que um homem armado de 65 anos mantinha sequestrada a criança, depois de ter atacado um autocarro escolar, vitimando o condutor.
Apesar das negociações com o raptor terem permitido o envio de medicamentos e comida à criança, as autoridades mostravam-se preocupadas com uma mudança de comportamento do sequestrador.
“Deixem-me dizer-lhes que esta criança é bastante especial, sofreu muito, mas graças a Deus, estã agora sã e salva”, afirmou o xerife local.
A polícia encontra-se ainda a investigar as motivações do sequestrador, quando o incidente reabre o debate sobre a segurança nas escolas do país, depois do tiroteio de Newtown em Dezembro.
Um debate paralelo ao do reforço do controlo sobre a venda de armas, depois de Barack Obama ter promulgado mais de duas dezenas de decretos para fazer face à situação.

Fonte: Euro News

Acidente entre ônibus deixa feridos em Diadema, na Grande São Paulo

Um acidente envolvendo dois ônibus metropolitanos deixou ao menos cinco pessoas feridas nesta terça-feira (5), em Diadema, no ABC. Os ônibus colidiram de frente na altura do número 633 da Avenida Alda.
O Corpo de Bombeiros foi acionado e atendia as vítimas no local por volta das 14h. No horário, a avenida permanecia totalmente interditada nos dois sentidos.

Para fazer o atendimento, as equipes de resgate colocaram lonas sobre o asfalto para separar os feridos de acordo com a gravidade. Foram dispostas lonas verde, amarela e vermelha.
 
 

Equipes do Samu e da Polícia Militar também participaram do atendimento. Não foram divulgados os motivos do acidente nem o estado de saúde dos feridos.

De acordo com a Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU), os ônibus envolvidos na colisão eram da linha 182, que fazia o trajeto entre o Terminal Diadema e o Jardim Guacuri, e 380, que seguia desde São Bernardo do Campo em direção ao Terminal de Diadema. Até as 14h40, a EMTU ainda não tinha informações sobre a causa do acidente.
 
 Fonte: Expresso MT

Jovem internado morre e vítimas da tragédia de Santa Maria chegam a 238

Rio  Grande do Sul -  Um jovem morreu por volta das 13h desta terça-feira na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre em consequência do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria (RS). O número de mortes na tragédia passa a ser de 238.
A unidade de saúde confirmou a morte. O nome do jovem não divulgado a pedido da família.
Com a morte de mais uma vítima hospitalizada, já são quatro nesta condição. Pelo último balanço divulgado pela Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul, 85 pessoas feridas no incêndio permanecem hospitalizados. De acordo com o boletim do órgão, o número de pacientes que respiram com ajuda de aparelhos caiu de 35 para 28.

Situação de emergência
Além disso, a Secretaria Nacional de Defesa Civil reconheceu nesta terça-feira situação de emergência no município de Santa Maria. O decreto publicado no Diário Oficial da União pode significar a dispensa de licitação para a compra de alguns produtos ou a contratação de serviços emergenciais.

Interior da boate Kiss após incêndio que deixou mais de 230 pessoas mortas | Foto: Divulgação Polícia Civil
Interior da boate Kiss após incêndio que deixou mais de 230 pessoas mortas | Foto: Divulgação Polícia Civil
Dono da boate tem alta prevista para esta terça-feira
O dono da boate Kiss, Elissandro Callegaro Spohr, o Kiko, está com alta prevista para esta terça-feira e, após sua saída, deverá prestar um novo depoimento na delegacia de Cruz Alta antes de ir para o presídio. Ele teve sua prisão prorrogada por mais 30 dias desde a última sexta-feira.
Spohr foi internado no Hospital Santa Lúcia, na cidade de Cruz Alta, a cerca de 130 quilômetros de Santa Maria, no mesmo dia que ocorreu o incêndio na boate. Desde então, ele está sendo vigiado por agentes e já foi algemado em uma das laterais da cama hospitalar.

Dono da boate Kiss diz que não sabe o que falar para os pais que perderam seus filhos durante incêndio em sua boate | Foto: Reprodução Internet
Dono da boate Kiss está com alta prevista para esta terça-feira | Foto: Reprodução Internet
Segundo a delegada Lylian Ribeiro Carus, ele será conduzido pela Brigada Militar até a delegacia de Cruz Alta e de lá será decidido se prestará depoimento na cidade ou em Santa Maria. "Após a reinquirição, decidiremos se irá para o presídio de Santa Maria ou Cruz Alta", informou.
O delegado Jader Marques, que representa o dono da boate Kiss, e o médico Paulo Viecili, que é quem dará alta para o paciente, já se encontram no Hospital Santa Lúcia.

Declarações contraditórias 
Em entrevista exclusiva para o "Fantástico", exibido na noite de domingo, Kiko deu alguns depoimentos conflitantes. Ele disse que não sabia que a banda Gurizada Fandangueira fazia apresentações com artefatos de pirotecnia e que nenhuma performance com esse tipo de objeto estava autorizada na casa noturna. O produtor da banda, Luciano Bonilha, negou que Spohr não soubesse das apresentações.
Sobre as falhas nos mecanismos de prevenção de incêndio, Kiko disse que as reformas foram feitas para a melhoria do ambiente, já que a vizinhança reclamava constantemente do barulho. Ele alegou que o engenheiro Miguel Ângelo Pedroso, responsável pelas obras na Kiss, indicou o uso de espuma para o isolamente acústico. A afirmação foi negada pelo engenheiro.
Em lágrimas, Kiko disse que não sabe como será sua vida nos próximos dias e que não sabe o que dizer aos pais que perderam seus filhos na casa noturna durante o incêndio. "O sonho acabou", lamentou.

Fonte: Jornal O Dia

Sem acordo, votação de Orçamento fica para depois do Carnaval

BRASÍLIA, 5 Fev (Reuters) - A votação do Orçamento de 2013 que estava prevista para esta terça-feira foi cancelada, após o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), se reunir com líderes da Câmara e do Senado e não chegarem a um acordo sobre a votação de vetos presidenciais.
Dificuldades políticas e jurídicas impediram o acordo, questionado principalmente pelos partidos de oposição, o que empurrou a votação tanto do Orçamento de 2013 e como dos mais de 3 mil vetos presidenciais, que incluem a nova fórmula de distribuição de royalties do petróleo, para depois do Carnaval.
"A oposição tem resistências", disse Renan a jornalistas, lembrando que a pauta da sessão que ocorreria nesta terça previa a votação apenas do Orçamento.
"Como esse processo só caminha pelo consenso... infelizmente cancelamos a sessão do Congresso Nacional e deixamos para uma próxima oportunidade", explicou Renan, recém-empossado na presidência do Senado.
Segundo Renan, o impasse gira em torno da decisão do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), no final do ano passado, determinando que os mais de 3 mil vetos presidenciais sejam votados em ordem de chegada ao Congresso.
A decisão impediu, na ocasião, a apreciação do veto dos royalties do petróleo e também do Orçamento para 2013. À época, as presidências da Câmara e do Senado decidiram que o Orçamento não poderia ser votado sem esvaziar a pauta de vetos. Mas em explicação dada após sua decisão, Fux deixou claro que não há impedimentos "judiciais" para a votação do Orçamento.
IMPEDIMENTOS
O Planalto tem acompanhado a negociação de perto desde a noite da segunda-feira, quando percebeu que o acordo firmado no fim do ano passado garantindo a votação do projeto nesta tarde corria risco.
A presidente Dilma Rousseff mobilizou logo cedo o vice-presidente, Michel Temer, líderes do governo nas duas Casas e no Congresso, além da ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, para uma reunião.
Nesse encontro, os líderes ponderaram com Dilma que a votação do Orçamento poderia ser questionada na Justiça, não por conta da decisão de Fux, mas devido a um dispositivo da Constituição que determina o trancamento da pauta do Congresso caso qualquer veto não seja apreciado dentro de 30 dias a partir de seu recebimento pelo Legislativo.
Tradicionalmente, a votação do Orçamento não vinha sendo impedida pela pauta já sobrecarregada de vetos, argumento citado pela presidente na reunião, segundo informações de uma fonte que acompanhou as negociações.
Além das barreiras jurídicas, os líderes descreveram à Dilma um quadro político adverso. Há um movimento, segundo a fonte, para pressionar pela votação de vetos considerados polêmicos, como o dos royalties, os vetos ao Código Florestal, que atualiza as leis ambientais do país, e à Emenda 29, que determina percentuais de investimento na Saúde nas três esferas de poder.
Bancadas da saúde, ruralistas e representantes de Estados não produtores de petróleo viram uma oportunidade de tentar derrubá-los e condicionam a votação do Orçamento a esses temas, o que torna a negociação política mais complexa.
"É evidente que a questão do Código Florestal, royalties, e outros temas que são difíceis de serem trabalhados .... permeou a opinião de muitos", reconheceu o líder do governo na Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), após a reunião com o presidente do Senado.
"Eu só posso, numa explicação pública, falar aquilo que foi observado. Pode ter havido essa interferência, é evidente que pode. Agora, o argumento central foi quanto à divergência da decisão do ministro Fux", afirmou.
Renan também disse a jornalistas que alguns setores "querem condicionar uma coisa a outra", referindo-se ao Orçamento e aos vetos mais controversos.
O PSDB propôs votar separadamente os vetos relativos aos royalties, ao Código Florestal e à Emenda 29. Os outros seriam votados em bloco, o que abriria caminho na pauta para a apreciação do Orçamento.
A não votação limita a aplicação dos recursos federais, o que obrigou a presidente Dilma Rousseff a editar uma medida provisória no ano passado liberando recursos para os primeiros meses de 2013.
Parlamentares de Estados produtores e não-produtores da commodity travam uma batalha sobre a nova proposta de distribuição desses recursos. Os congressistas de Estados não-produtores, que são maioria, querem derrubar o veto da presidente Dilma Rousseff à nova fórmula.
(Reportagem adicional de Jeferson Ribeiro)

Fonte: R7

Morreu “pai” do garage rock, Reg Presley



reg presley, garage rock

EPA

Morreu na Grã-Bretanha, aos 71 anos de idade, Reg Presley, vocalista do grupo The Troggs que deu vida ao garage rock e antecipou o punk-rock.

O músico morreu dia 4 de fevereiro, em sua casa em Andover, Inglaterra.
O cantor morreu de câncer pulmonar que lhe fora diagnosticado em dezembro de 2011. No necrológio publicado pelo jornal The Telegraph, Presley foi chamado de “único homem real no mundo irreal”.

Fonte: Voz da Rússia

Rubens Paiva morreu no DOI-Codi, diz coordenador da Comissão Nacional da Verdade

Luciano Nascimento
Repórter da Agência Brasil
Brasília - “Na minha conclusão eu afirmo categoricamente que ele [Rubens Paiva] foi morto no DOI-Codi [Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna] pelo 1º Exército,” disse hoje (4) o coordenador da Comissão Nacional da Verdade (CNV), Cláudio Fonteles. “A prova documental é muito forte. Ela vem do próprio sistema ditatorial militar com a tarja de secreto”.
Em novembro, a comissão recebeu uma série de documentos com informações inéditas sobre o desaparecimento do deputado Rubens Paiva em 1971. Os documentos recebidos pela comissão em novembro, em Porto Alegre, confirmam que após ser preso por uma equipe do Centro de Informações de Segurança da Aeronáutica (Cisa), em 20 de janeiro de 1971, em sua casa, no Rio de Janeiro, Paiva foi entregue ao DOI-Codi no dia seguinte.
Fonteles disse que os documentos permitiram construir outra linha de investigação sobre o desaparecimento de Rubens Paiva. “No caso do Molina, nós tínhamos dois documentos que mostram que membros do Cisa prenderam Rubens Paiva e mais duas senhoras e entregaram essas pessoas no DOI-Codi do 1º Exército”, disse Fonteles.
A confirmação do assassinato, de acordo com o coordenador da CNV, veio com dois documentos encontrado no Arquivo Nacional. O Informe nº 70, de 25 de janeiro de 1971, redigido pela agência do Rio de Janeiro do Serviço Nacional de Inteligência (SNI). O documento, de caráter confidencial, informa o que aconteceu com Rubens Paiva do dia 20, quando foi preso, até o dia 25 de janeiro.
Para Fonteles, os documentos revelados desmontam a versão oficial da ditadura militar de que o ex-deputado teria sido resgatado por “terroristas” no dia 22 de janeiro, enquanto estava sob custódia do Exército e indicam que o ex-deputado foi assassinado, sob tortura, nas dependências do DOI-Codi do Rio de Janeiro. “Mentiu. Mentiu sim a versão oficial do Estado ditatorial militar que dizia que ele fugiu e que estaria foragido até hoje.”
Em dezembro, a Câmara do Deputados fez uma sessão solene para devolver simbolicamente os mandatos dos deputados  perseguidos e cassados pelo regime militar, entre eles, Rubens Paiva.
Fonteles acredita que o desaparecimento de Rubens Paiva está esclarecido e que é possível, caso os parentes desejem, entrar com pedido para que a Justiça oficialize a sua certidão de óbito. “Para mim está esclarecido. Só falta pontuar quem foi que matou. Quem matou, você não tenha a menor dúvida, foi o Estado ditatorial militar. Agora, alguém deu um tiro, alguém deu socos. Só falta saber o nome.”
O próximo passo será ouvir os militares envolvidas com o desaparecimento. “Há uma outra equipe que a partir daqui vai ouvir pessoas envolvidas na questão e apontar as responsabilidades, disse.”
Desde novembro, a CNV vem divulgando na internet vários textos sobre esses e outros assuntos. Além do caso Rubens Paiva, a comissão também divulgou hoje  documentos sobre o desaparecimento no Brasil do jornalista Edmur Camargo, o Gauchão, e retomou a discussão sobre o Estado ditatorial militar. "Os textos são uma primeira devolução da comissão à sociedade sobre o período da ditadura," disse Fonteles, que fica na coordenação até o dia 15 de fevereiro, quando será substituído por Paulo Sérgio Pinheiro, que também é integrante da CNV.
Edição: Fábio Massalli
Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil.

Fonte: Agência Brasil

Dia Mundial do Câncer...

Taylor Swift, Melissa Etheridge, Kele Okereke e Jason Mraz estão entre os músicos que tratam do tema em seus trabalhos, através de abordagens pessoais e intimistas (AFP PHOTO/EMMANUEL DUNAND/AP Photo/Kevork Djansezian/AFP PHOTO/THOMAS SAMSON/Theo Wargo/Getty Images)
Taylor Swift, Melissa Etheridge, Kele Okereke e Jason Mraz estão entre os músicos que tratam do tema em seus trabalhos, através de abordagens pessoais e intimistas
O Dia Mundial do Câncer, instituído pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em 4 de fevereiro, é uma iniciativa para chamar atenção de autoridades globais ao crescimento da doença entre as populações, além de dar visibilidade a programas de prevenção e tratamento em todo o planeta. O mundo da música, que alcança o público em todas as regiões e camadas sociais, também funciona como plataforma para mensagens ligadas à segunda doença que mais mata no mundo.

Fonte: UAI

Matéria Da Em.com.br 

Lei estadual garante esperança a mineiros em tratamento contra o câncer

Na véspera do Dia Mundial do Câncer, 4 de fevereiro, uma boa notícia para pacientes em idade reprodutiva em Minas. Agora, eles passam a ter direito ao congelamento gratuito de óvulos e espermatozoides, antes de se submeter às sessões de quimioterapia, que tornam inférteis sete em cada 10 pacientes. Antes da sanção da Lei Estadual 20.627, publicada no Diário Oficial do estado, mulheres que descobriam a doença muitas vezes engravidavam às pressas, adiando o início do tratamento oncológico, mesmo correndo o risco de o quadro se agravar. Já os homens se tornavam estéreis, enfrentando dificuldades posteriores de se envolver em um relacionamento duradouro.

Tatiane e o marido, Eduardo: lei poderia beneficiar técnica de enfermagem (Reginaldo Roriz/Divulgação)
Tatiane e o marido, Eduardo: lei poderia beneficiar técnica de enfermagem
A nova lei, que ainda depende de regulamentação, deve beneficiar em torno de 2,7 mil pessoas ao ano em Minas, segundo estimativa baseada em dados do Instituto Nacional do Câncer. São histórias como a de Tatiane Avelino, de 29 anos, técnica de enfermagem de Muriaé, na Zona da Mata mineira. Casada há dois anos, após 10 anos de namoro, sem filhos, ela descobriu em dezembro ter câncer de mama. “Começamos a namorar muito novos e queríamos construir uma casa para receber nossos filhos”, explica.

Tatiane já está na segunda sessão de quimioterapia e acredita que vai ficar curada. Como trabalha no Hospital do Câncer de Muriaé, ela detectou o problema no início. “Na verdade, nem pensei em congelar o embrião, porque está fora da minha realidade. O tratamento é caro. Tenho fé que Deus vai me curar e, se for bom para mim, conceder a graça de continuar a ter filhos”, confia ela.

Segundo o autor da proposta, o deputado estadual Wilson Batista (PSD), já está em negociação o convênio com clínicas particulares em Belo Horizonte e cidades do interior, cadastradas para receber pacientes. O Sistema Único de Saúde (SUS) ainda não oferece essa modalidade de atendimento. “Nos hospitais especializados, os casos de pacientes jovens com câncer que se tornam inférteis são quase diários”, lamenta o parlamentar, médico oncologista no Hospital do Câncer de Muriaé.

Entre os casos relatados pelo deputado está o drama de Adelço Balbino Junior, de 30 anos, de Aimorés, que sobreviveu a um tumor maligno no cérebro depois de um ano de quimioterapia, mas desde então tem dificuldade com relacionamentos amorosos. “Na época, não pensava em mais nada, só queria ficar curado de uma dor de cabeça insuportável. Só depois me dei conta de que nunca mais vou poder ter filhos. Minha vida mudou muito. Eu me converti e passei a viver mais para meus pais e a igreja. Passei a falar na rádio para que todos digam ao médico que querem ter filhos e congelem seus gametas”, diz ele, que se tornou locutor de rádio evangélica.

Clínicas particulares especializadas em reprodução humana assistida oferecem congelamento de óvulos e espermatozoides. Em média, a preservação do embrião congelado custa R$ 700 ao ano e sua implantação no útero, de R$ 3 mil a R$ 5 mil. “O método de vitrificação garante a probabilidade de 92% de que o óvulo volte perfeito ao útero. Ao se submeter ao tratamento, o paciente mantém acesa uma chama de esperança, pois poderá ficar curado e ainda ter filhos”, defende Bruno Scheffer, diretor do Instituto Brasileiro de Reprodução Humana Assistida.