domingo, 24 de fevereiro de 2013

'Otávio e Raí' de Da Cor do Pecado (Fotos 2013)

Foto:Reprodução/Facebook

Celebridades chegam ao tapete vermelho para a festa do Oscar

LOS ANGELES, 24 Fev (Reuters) - As maiores estrelas de Hollywood desfilaram e posaram no tapete vermelho do Oscar neste domingo, numa noite em que "Argo", que retrata o drama de reféns norte-americanos durante a Revolução Iraniana, e "Lincoln", história sobre o ex-presidente dos Estados Unidos, disputam arduamente o prêmio de melhor filme.
As indicadas para o Oscar Jessica Chastain, cintilante em um vestido tomara-que-caia dourado Armani Privé, e Amy Adams, num modelo cinza sem alças de Oscar de la Renta, estavam entre as primeiras a caminhar pelos 150 metros de tapete vermelho, sob um sol forte no fim de tarde em Los Angeles.
Quvenzhané Wallis, de 9 anos e candidata ao Oscar de melhor atriz pelo filme alternativo "Indomável Sonhadora", levou uma bolsa em formato de filhote de cachorro, para o deleite dos mais de 100 fotógrafos e cinegrafistas de todo o mundo.
Com muitos candidatos em condições de disputar os prêmios, vários grandes sucessos de bilheteria para se celebrar e um apresentador de primeira viagem, o imprevisível Seth MacFarlane, as surpresas darão o tom quando forem abertas as cortinas da 85a edição do Oscar.
Daniel Day-Lewis, no papel do ex-presidente dos Estados Unidos Abraham Lincoln, é considerado imbatível e prestes a se tornar o primeiro homem a conquistar três estatuetas do Oscar de melhor ator.
E um burburinho estava indicando uma possível virada na disputa para melhor atriz, com o aumento das chances de Emmanuelle Riva, de 86 anos, da França.
Riva, estrela do angustiante filme austríaco "Amor", era tida até alguns dias atrás como cavalo fora do páreo numa corrida que tinha como principais favoritas Jessica Chastain, de "A Hora Mais Escura", e Jennifer Lawrence, de "O Lado Bom da Vida".
Uma vitória de Riva iria torná-la a pessoa mais idosa a ganhar um Oscar de melhor intérprete.
"Lincoln" chega à cerimônia do Oscar, de mais de três horas de duração, com 12 indicações, incluindo a de melhor diretor, para Steven Spielberg, que já ganhou a estatueta por duas vezes.
Mas sua condição de favorito a melhor filme foi prejudicada pela sucessão de prêmios obtidos nas últimas semanas por "Argo", de Ben Affleck.
"É um ano interessante", disse Matt Atchity, editor-chefe do site de cinema Rotten Tomatoes.
"Acho que 'Argo' provavelmente tem a melhor condição. Está certamente em seu grande momento. Ganhou muitos prêmios e acho que certamente é o filme do momento", disse Atchity à Reuters.
Se "Argo" conquistar o prêmio principal, será a primeira produção a ganhar o Oscar de melhor filme sem que seu diretor tenha sido indicado para disputar como melhor diretor desde "Conduzindo Miss Daisy", em 1990.
ANNE HATHAWAY, A FAVORITA
Na disputa pelo prêmio de melhor filme de 2012 estão o musical "Os Miseráveis", a comédia "O Lado Bom da Vida", a história de naufrágio "As Aventuras de Pi", o suspense "A Hora Mais Escura" - sobre a captura de Osama bin Laden --, o faroeste da época da escravidão "Django Livre" e o filme alternativo "Indomável Sonhadora", e "Amor".
Em outras categorias, apenas Anne Hathaway é considerada uma aposta certa para levar para casa a estatueta dourada, depois passar fome e ter os cabelos cortados como atriz coadjuvante no papel da trágica Fantine, em "Os Miseráveis".
Os especialistas no Oscar dizem que Steven Spielberg pode perder na categoria de diretor para o taiwanês Ang Lee, por sua façanha técnica e imaginativa ao filmar o fantástico "A Aventura de Pi", com um elenco de animais exóticos.
E o Oscar de melhor ator coadjuvante poderá ir para qualquer um dos cinco indicados: Robert De Niro ("O Lado Bom da Vida"), Alan Arkin ("Argo"), Christoph Waltz ("Django Livre"), Tommy Lee Jones ("Lincoln") e Philip Seymour Hoffman ("O Mestre").
Os vencedores do Oscar são escolhidos em votação secreta por cerca de 5.800 membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood e o prêmio é entregue pessoalmente diante de uma plateia de 3.300 convidados, e com dezenas de milhões de pessoas acompanhando a cerimônia pela TV em todo o mundo.
Após vários anos com filmes premiados que tiveram pouco público, neste ano nove concorrentes de melhor filme arrecadaram mais de 2 bilhões de dólares em ingressos em todo o mundo.
Os produtores da cerimônia do Oscar estão prometendo um show de ritmo acelerado embalado com música e grandes performances. Mas o homem que primeiro receberá a atenção do público será MacFarlane, o comediante provocador mais conhecido pela série de TV "Family Guy" e um estreante como anfitrião do Oscar.
"Nós não temos como saber o que funciona até colocá-lo lá e ver com se sai diante de uma plateia", disse o coprodutor da cerimônia Craig Zadan à Reuters.
"É um show ao vivo, e isso é sempre imprevisível. Depois que o trem parte da estação o que tiver de acontecer, acontece."

Fonte: Reuters

É hoje Oscar 2013: conheça os indicados

Academia de Artes e Ciências Cinematográficas divulgou a sua lista de indicados ao Oscar 2013. Lincoln lidera a lista com 12 indicações, seguido por As Aventuras de Pi, com 11.

A festa de entrega do prêmios acontecerá em 24 de fevereiro, com apresentação de Seth MacFarlane. Confira as categorias:

Melhor filme

Argo
Django Livre
As Aventuras de Pi
Lincoln
A Hora Mais Escura
Os Miseráveis
O Lado Bom da Vida
Indomável Sonhadora
Amor


Melhor ator

Daniel Day-Lewis - Lincoln
Joaquin Phoenix - O Mestre
Denzel Washington - O Voo
Bradley Cooper - O Lado Bom da Vida
Hugh Jackman - Os Miseráveis


Melhor atriz

Jessica Chastain -A Hora Mais Escura
Naomi Watts - O Impossível
Jennifer Lawrence - O Lado Bom da Vida
Emmanuellle Riva -Amor
Quvenzhané Wallis - Indomável Sonhadora


Melhor ator coadjuvante

Alan Arkin - Argo
Philip Seymour Hoffman - O Mestre
Tommy Lee Jones - Lincoln
Christoph Waltz - Django Livre
Robert De Niro - O Lado Bom da Vida


Melhor atriz coadjuvante

Amy Adams - O Mestre
Sally Field - Lincoln
Anne Hathaway - Os Miseráveis
Helen Hunt - As Sessões
Jacki Weaver - O Lado Bom da Vida


Melhor diretor

Ang Lee - As Aventuras de Pi
Steven Spielberg - Lincoln
Michael Haneke - Amor
David O. Russell - O Lado Bom da Vida
Benh Zeitlin - Indomável Sonhadora


Melhor roteiro original

Mark Boal - A Hora Mais Escura
Quentin Tarantino - Django Livre
Michael Haneke - Amor
Wes Anderson, Roman Coppola - Moonrise Kingdom
John Gatins - O Voo


Melhor roteiro adaptado


Chris Terrio - Argo
Lucy Alibar, Benh Zeitlin - Indomável Sonhadora
David Magee - As Aventuras de Pi
Tony Kushner - Lincoln
David O. Russell - O Lado Bom da Vida


Melhor filme em lingua estrangeira

Amor (Áustria)
A Royal Affair (Dinamarca)
Kon-Tiki (Noruega)
No (Chile)
War Witch (Canadá)


Melhor longa animado

Valente
Frankenweenie
Detona Ralph
ParaNorman
Piratas Pirados!


Melhor trilha sonora original

Dario Marianelli - Anna Karenina
Alexandre Desplat - Argo
Mychael Danna - As Aventuras de Pi
John Williams - Lincoln
Thomas Newman - 007 - Operação Skyfall


Melhor canção original

"Before My Time" - Chasing Ice
"Everybody Needs A Best Friend" - Ted
"Pi's Lullaby" - As Aventuras de Pi
"Skyfall"- 007 - Operação Skyfall
"Suddenly" - Os Miseráveis


Melhores efeitos visuais

O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
As Aventuras de Pi
Os Vingadores
Prometheus
Branca de Neve e o Caçador


Melhor maquiagem

Hitchcock
O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
Os Miseráveis



Melhor fotografia

Anna Karenina
Django Livre
As Aventuras de Pi
Lincoln
007 - Operação Skyfall


Melhor figurino

Anna Karenina
Os Miseráveis
Lincoln
Espelho, Espelho Meu
Branca de Neve e o Caçador


Melhor direção de arte

Anna Karenina
O Hobbit: Uma Jornada Inesperada
Os Miseráveis
As Aventuras de Pi
Lincoln


Melhor documentário

5 Broken Cameras
The Gatekeepers
How to Survive a Plague
The Invisible War
Searching for Sugar Man


Melhor documentário de curta-metragem

Inocente
Kings Point
Mondays at Racine
Open Heart
Redemption


Melhor montagem

Argo
As Aventuras de Pi
Lincoln
O Lado Bom da Vida
A Hora Mais Escura


Melhor curta

Asad
Buzkashi Boys
Curfew
Death of a Shadow (Dood van een Schaduw)
Henry


Melhor curta animado

Adam and Dog
Fresh Guacamole
Head over Heels
Maggie Simpson in "The Longest Daycare"
Paperman


Melhor edição de som

Argo
Django Livre
As Aventuras de Pi
007 - Operação Skyfall
A Hora Mais Escura


Melhor mixagem de som

Argo
Os Miseráveis
As Aventuras de Pi
Lincoln
007 - Operação Skyfall
Omelete

Fonte: PB Agora

Yoani Sánchez faz passeio pelo Rio de Janeiro

A blogueira cubana Yoani Sánchez saiu na manhã deste domingo (24) em companhia do deputado federal Otavio Leite (PSDB-RJ). A jornalista, que está no Rio de Janeiro, se hospedou em um hotel cinco estrelas, com diária mínima de R$ 600. A estada de Yoani no local será cortesia da Associação Brasileira da Indústria Hoteleira no Rio de Janeiro, segundo afirmou Leite.

Leia também:
Para o passeio, os dois saíram escoltados por três seguranças da Secretaria de Segurança do Estado, que os acompanharam às praias pela Avenida Niemeyer. Antes de sair, Yoani comentou a Assembleia Nacional que ocorre hoje em Cuba, que deverá reconduzir Raúl Castro a mais cinco anos no poder, e disse que a escolha de um vice-presidente com meno de 80 anos será “uma pequena mudança” na postura do Partido Comunista de seu país.
Heil – Os grupelhos esquerdóides que imitam os métodos dos “camisas negras” de Benito Mussolini, hostilizando Yoani Sánchez, já ofereceram seus “serviços” a Herr Franklin Martins, ex-jornalista e ex-ministro da Propaganda de Lula, para “agilizar” o “controle social da mídia”.
Marcha da insensatez – Pior que agredir uma blogueira famosa, talvez tenha sido a covardia, omissão e até a burrice das livrarias que lançaram o livro dela, aceitando a imposição da censura de grupelhos.
‘Compañera’ – Além de Yoani Sánchez, outra cubana corre o mundo, mas sem incidentes: filha de Oswaldo Payá, morto em suposto acidente de carro, Rosa Payá brilhou na Conferência de Diretos Humanos na Suíça. (Coluna de Cláudio Humberto)

Fonte: Jornal da Mídia

Imigrantes é liberada após mais de 30 horas bloqueada por deslizamento

São Paulo – Fechada por um deslizamento de terra desde o final da tarde de sexta-feira (22), a Rodovia dos Imigrantes foi liberada à meia-noite. Uma queda de barreira na estrada, que faz a ligação da capital paulista com o litoral, matou uma pessoa e danificou 24 veículos. No final da manhã de hoje (24), o Sistema Anchieta-Imigrantes já operava normalmente, sem congestionamentos.
Os motoristas que tiveram prejuízos no deslizamento deverão ser indenizados pelo seguro da Ecovias, concessionária que opera o sistema. Segundo a assessoria da empresa, já foram feitos os contatos iniciais com a seguradora para garantir o atendimento aos afetados pelo acidente.
No mesmo dia do acidente, quatro deslizamentos atingiram a Anchieta, que também faz a ligação da capital para o litoral, chegando a interromper o tráfego nos dois sentidos na via. Em nota, o governo de São Paulo disse que os deslizamentos e alagamentos que afetaram o Sistema Anchieta-Imigrantes foram causados por um volume de chuva três vezes superior à média.
Edição: Davi Oliveira
 Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Emocionado, Gilberto Gil se despede da mãe em Salvador

Gilberto Gil se emocionou muito ao se despedir da mãe, Dona Claudina Passos Gil Moreira, que morreu aos 99 anos de falência múltiplas de órgãos, nesse sábado (23), na Bahia. O cantor e compositor esteve no velório realizado em Salvador e contou com o apoio de sua mulher, Flora, da filha Preta Gil e de outros familiares e amigos. O enterro ocorreu às 10h deste domingo (24), no cemitério Jardim da Saudade.
Ao lado da mulher, Flora, Gil chorou ao se despedir da mãe Foto: BA Press/Futura Press
Ao lado da mulher, Flora, Gil chorou ao se despedir da mãe


Em seu perfil na rede de microblogs Twitter, Preta prestou uma homenagem à avó. "Minha Vozinha linda já está nos braços do Senhor!!! Fizemos uma despedida linda, emocionada e com muito amor!! Ela sempre foi um anjo e continuará a ser por toda eternidade !!! vovó Coló te amamos!!", postou a cantora, no fim da manhã deste domingo. Preta foi ao velório com o filho, Francisco.
Preta Gil postou em seu Instagram uma foto em homenagem a avó Foto: Instagram / Reprodução
Preta Gil postou em seu Instagram uma foto em homenagem a avó
Foto: Instagram / Reprodução

Flora Gil, mulher de Gilberto, também usou sua página no microblog para se comunicar com os fãs e fez questão de avisar onde seria o enterro da sogra.

Fonte: TERRA

Advogada da Globo pede demissão para ser escalada em novela

Após viagem a Roma, atriz mudou seu nome artístico de Camila Pires para Camilla Carandino Foto: Mauro Pimentel / Terra
Após viagem a Roma, atriz mudou seu nome artístico de Camila Pires para Camilla Carandino
Foto: Mauro Pimentel / Terra

Um táxi atrasado ameaçava estragar o dia da advogada da Rede Globo Camilla Carandino. Há cerca de duas horas aguardando um veículo solicitado na porta do Projac, ela jamais imaginaria que aquela espera iria mudar sua vida. Atriz nas horas vagas, Camilla conheceu o escritor Walther Negrão, que teve forte empatia pela morena e pediu que ela lhe enviasse o currículo de atriz. O autor de novelas gostou do que viu e decidiu chamá-la para integrar o elenco da nova novela das seis, Flor do Caribe, que estreia no dia 11 de março.

“Conheci o Walther aqui no Projac. Foi mágico. A gente se cumprimentou na portaria, e ele perguntou meu nome. Disse que era a Camila, do jurídico. Ele estranhou e pensou que eu era do departamento artístico. Contei que também era atriz. Ele disse então que iria me roubar”, relembra. “Não acreditei, é a grande chance da minha vida. Isso não acontece duas vezes com a mesma pessoa. É realmente incrível”, acrescenta.

Radiante com o convite, Camilla teria que decidir se daria uma guinada de 180° em sua vida. Diante da impossibilidade de conciliar as funções, a saída seria pedir demissão do trabalho estável no departamento jurídico e assinar para trabalhar na nova obra da emissora, de forma temporária. A atriz e advogada confessa que a decisão foi difícil, mas o sonho de criança de estabelecer uma carreira no campo das artes pesou mais.

Atriz viverá Teresa, a hostess de bar chamado 'Flor do Caribe', onde muitos personagens circularão Foto: Mauro Pimentel / Terra
Atriz viverá Teresa, a hostess de bar chamado 'Flor do Caribe', onde muitos personagens circularão
Foto: Mauro Pimentel / Terra
“É óbvio que deu medo. São seis anos e oito meses aqui, investindo e estudando bastante. É uma coisa que não vou tirar de mim. Tenho essa aptidão, graças a Deus, mas o meu sonho é ser atriz. Estou investindo tudo. É um risco, pois é um contrato por obra. Estou abrindo mão de um contrato indeterminado. O mundo é de quem se arrisca, né?”, afirma Camilla, que será a intérprete de Teresa, a hostess de bar chamado “Flor do Caribe”, onde muitos personagens circularão, dentro da fictícia Vila dos Ventos. 

Camilla ainda não iniciou as gravações. Deve começar a fazer isso em duas semanas, já que sua personagem só aparecerá a partir do capítulo 34 da trama. Até lá, exatamente no dia 28 de fevereiro, segue como advogada do departamento jurídico da Globo, ainda que o exame demissional tenha sido feito exatamente nesta terça-feira (19).

Natural de Volta Redonda, na região sul do Rio, Camilla Carandino começou a atuar no palco aos dez anos. Sete anos depois, decidiu ir para a capital, onde estudou e se formou em Direito na PUC. Dali, ingressou no jurídico da Globo, onde está seis anos e oito meses. Nesse meio tempo, fez pós-graduação em Direito do entretenimento na Uerj.

Ao mesmo tempo, atuava em peças de teatro, e fazia pequenas participações na televisão, como na novela Ti ti ti e na série do GNT Gente Lesa. No cinema, atuou no curta-metragem Cantada, lançado em dezembro passado.

Outra grande mudança na vida da atriz ocorreu no nome. Ela sempre adotou Camila Pires, mas após uma viagem a Roma, em julho do ano passado, decidiu que deveria alterar seu nome. Voltou, e demorou um tempo para fazer isso. Exatamente duas semanas depois de passar a usar Camilla Carandino, aconteceu o encontro com Walther Negrão.

“Fui a Roma e sou devota de São Cosme e Damião. Achava que faltava um nome. Dentro da igreja de São Cosme e Damião me deparei com um quadro todo escrito em latim e a única coisa que consegui entender eram dois nomes: Camillo Carandino. Era esse o nome”, explica Camilla, que, obviamente, o transformou para o feminino.

Fonte: Terra

O que rolou na festa de Flor do Caribe, nova novela das seis

O trio de protagonistas - Igor Rickli, Grazi Massafera e Henri Castelli /Foto: Divulgação/Nathalia Fernandes
“O Brasil vai conhecer a Guatemala”, disse Jayme Monjardim, diretor da próxima novela das seis, Flor do Caribe, que estreia no dia 11 de março. A trama, escrita por Walther Negrão, teve cenas gravadas no país caribenho e no Rio Grande do Norte. No elenco, nomes como Henri Castelli, Grazi Massafera, Igor Rickli, Débora Nascimento, Dudu Azevedo, Max Fercondini, Thiago Martins, Laura Cardoso, Bete Mendes, Sergio Mamberti e a argentina Moro Anghileri. A festa de lançamento da novela aconteceu no sábado, 23, em São Paulo. A comemoração, aberta para imprensa e convidados, contou com a presença do elenco, autor e diretores da trama.
Flor do Caribe - o diretor Jayme Monjardim /Foto: Divulgação/Nathalia Rodrigues
Monjardim mantém a tradição de trabalhar em família. Na trilha sonora da novela – com quase todas as canções compostas especialmente para a trama, segundo ele – há uma música da mulher, Tânia Mara, que se apresentou durante a festa. Quem também subiu ao palco, foi Rafael Almeida, irmão de Tânia e cunhado do diretor. Além de ter uma música na trilha, ele também vai atuar na novela. Rafael será Paçoquinha, personagem do núcleo de pescadores da novela. A ex- mulher de Monjardim, Daniela Escobar, também está escalada para a novela.
Henri Castelli, um dos galãs da novela, parecia irritado com as perguntas dos jornalistas sobre sua vida pessoal. “Vamos falar do personagem”, disse o ator que será piloto de avião Cassiano, apaixonado pela romântica Ester, personagem de Grazi Massafera. Depois, o próprio Henri disse que precisava esclarecer “algumas coisas que saíram na imprensa” e afirmou que não será pai novamente. “Eu só disse que, um dia, teria outro filho, mas não tem ninguém grávida e nem planos”. Henri garantiu que está solteiro.
Bem mais sorridente, Dudu Azevedo parecia bastante animado com seu personagem em “Flor do Caribe”, o piloto Amadeu. “Tive que emagrecer para entrar no avião. Estava com o corpo muito malhado por causa do Wallace, o lutador que eu fiz em Fina Estampa”. Dudu disse ter emagrecido seis quilos pegando mais leve na academia e intensificando as corridas.
Grazi Massafera apareceu sem o marido, o também ator Cauã Reymond. Mãe de Sofia, de menos de um ano, a atriz mostrou estar em forma. “Não tenho tempo para academia. Quando não estou gravando, estou com a minha filha”, disse, atribuindo o corpinho à rotina de gravações. A escalação da atriz para a novela teve o aval de Walther Negrão, autor que deu uma das primeiras chances (na novela “Desejo Proibido”) para a ex-BBB na TV. “Grazi, depois da minha novela, acabou fazendo alguns trabalhos que não deveria. Estavam desperdiçando o talento dela. Resolvi escrever um papel que ela realmente merece, feito para uma estrela”, afirmou Negrão.
Lolita Rodrigues, embora não esteja no elenco de “Flor do Caribe”, fez questão de ir à festa. Afastada da TV, disse que foi rever os amigos e ver se lembravam dela. Recebeu um caloroso abraço de Sérgio Mamberti. Jayme Monjardim fez questão de reverenciá-la. “Você viu que o Jayminho se ajoelhou para mim?”, perguntou Lolita para a sobrinha que a acompanhava. A atriz, que completa 84 anos no mês que vem, disse que as últimas palavras que ouviu da amiga Hebe Camargo quando foi visitá-la no hospital foram ‘volta para a TV’. “Tenho vontade de voltar mesmo, morro de saudade dos meus colegas. Mas fica difícil viajar ao Rio toda semana para gravar”, afirma Lolita, que mora em São Paulo.
No meio dos atores, a ex-jogadora de basquete Hortência. “Todo mundo está me perguntando o que estou fazendo aqui, se vou trabalhar na novela”, divertia-se, ao falar com uma amiga. “Eu jamais poderia fazer uma novela. Não nasci para isso. Como iria chorar, ficar brava?”, indagou. “Mas ficar brava você sabe muito bem”, respondeu a amiga.
A festa continuou em outro local, não revelado, claro. O encontro mais privativo foi organizado por Henri Castelli. Antes de deixar o local, ele fez questão de reforçar o convite para o autor Walther Negrão. “Você vai, né? Estamos te esperando”. Negrão não foi. Preferiu ir para a casa. Antes de entrar no carro, o autor pediu para alguém da produção mandar um beijo para o Henri.

Flor do Caribe - Laura Cardoso e Walter Negrão /Foto: Divulgação/Nathalia Rodrigues
Flor do Caribe - Maria Gadú foi uma das atrações da festa /Foto: Divulgação/Nathalia Rodrigues

Fonte: Revista Época

Rihanna ganha Framboesa de Ouro de pior atriz coadjuvante

Rihanna (Foto: Gif)Rihanna (Foto: Gif)
 
Rihanna pode ter agradados aos fãs com a sua performance como atriz estreante no filme "Battleship - A Batalha dos Mares", mas os críticos não concordam. A cantora barbadiana recebeu a estatueta de pior atriz coadjuvante do prêmio Razzie, conhecido como "Framboesa de Ouro".
A "antipremiação" acontece um dia antes do Oscar, que vai ao ar neste domingo (24), em Los Angeles. Quem também se deu mal foi a quarta e última parte de "Crepúsculo". O longa "ganhou" em sete categorias na premiação satírica pior filme, pior diretor (Bill Condon), pior atriz (Kristen Stewart), pior ator coadjuvante (Taylor Lautner), pior casal na tela (Taylor e Mackenzie Foy), pior elenco e pior sequência.

Fonte: QUEM

Com eventos e discursos, partidos dão largada para eleição de 2014

Dilma fez as declarações num evento em São Paulo na noite desta quarta-feira que marcou os 33 anos do Partido dos Trabalhadores e os dez anos da legenda à frente do governo federal, no mesmo dia em que o senador Aécio Neves (PSDB-MG), cotado para ser candidato em 2014, fez um discurso no Congresso, em Brasília, tecendo duras críticas ao PT, num sinal do que pode ser sua plataforma de campanha para tentar levar os tucanos de volta ao Planalto no ano que vem.

 Dilma e Lula | Foto: Getty
As declarações de Dilma chegaram após o discurso de Lula, que a lançou como o nome do partido para 2014. "Eles podem se preparar, juntar quem quiserem, que, se eles têm dúvida, vamos dar como resposta a reeleição de Dilma em 2014", disse o ex-presidente.
Os desdobramentos também se deram após outra liderança política cotada para concorrer à Presidência, Marina Silva, ter lançado, no último fim de semana, o estatuto de um novo partido, com nome provisório de Rede Sustentabilidade.
Além deles, o também presidenciável Eduardo Campos (PSB), atual governador de Pernambuco, tem demonstrado movimentações de uma potencial campanha. Numa possível intenção de se distanciar do PT, ele, que é presidente nacional de seu partido, alegou "complicações de agenda" ao cancelar sua presença no evento petista.
Para José Álvaro Moisés, professor de ciência política da USP, a movimentação de Dilma, Aécio, Marina e Campos mostra que "a campanha para 2014 já começou".

Recados à oposição

Última a discursar no evento em São Paulo, Dilma rebateu a oposição, sem citar o PSDB em momento algum.
Ao comentar as críticas às suas medidas de combate à miséria, a presidente classificou como "estardalhaço" os que apontam que "supostamente" 2,5 milhões de pessoas não estariam sendo contempladas pelos programas de auxílio de seu governo.
"Essas vozes fizeram o mesmo estardalhaço quando, dez anos atrás, havia 40 milhões de brasileiros na miséria?", questionou.
Em outra mensagem aos adversários, Dilma afirmou que os que atacam suas políticas sociais e econômicas "desconhecem o povo brasileiro ou esse país", o que acarretará em "prejuízos financeiros e políticos".
No que pareceu ser uma resposta direta às críticas de Aécio Neves, a presidente rejeitou uma herança política do governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB). "Não herdamos nada, nós construímos", disse em referência aos dez anos do PT na Presidência.

Corrida pelo Planalto

A movimentação política no país a um ano e oito meses da próxima eleição presidencial mostra como alguns líderes começam a se articular para viabilizar suas candidaturas.
O evento do PT ocorreu um dia após Dilma anunciar medidas que, segundo ela, vão zerar o cadastro de brasileiros miseráveis.
A erradicação da miséria foi uma das principais promessas de campanha da presidente.
Tanto o anúncio no Planalto, na terça-feira, quanto o evento em São Paulo nesta quarta estão sendo consideradas ações que visam preparar o terreno à candidatura de Dilma.
A comemoração desta quarta-feira inaugura uma série de seminários organizados pelo PT em parceria com o Instituto Lula e a Fundação Perseu Abramo para avaliar os dez anos de governo desde a posse de Lula, em 2003.
Na última terça, o presidente do PT, Rui Falcão, já havia confirmado que a presidente disputará a releição, dissipando rumores de que Lula poderia concorrer pelo partido.
Em contraponto ao tom comemorativo do evento petista, o principal cotado a disputar a Presidência pelo PSDB, senador Aécio Neves (MG), fez no Senado um discurso em que enumerou o que considera os "13 fracassos do PT" no governo.
O ato também tem sido interpretado como um passo de Aécio para firmar sua posição na próxima disputa eleitoral.
Em sua fala, o senador criticou, entre outros pontos, o baixo crescimento econômico na gestão Dilma (na América do Sul, só superior ao do Paraguai), as falhas na infraestrutura do país, as manobras contábeis para fechar as contas do governo de 2012 e a desvalorização de duas das principais estatais brasileiras, a Petrobras e a Eletrobrás.
Disse ainda que o PT não reconhece os avanços que o país teria obtido no governo FHC e que, segundo ele, permitiram as conquistas da atual gestão.

Marina Silva e Eduardo Campos

O gesto do tucano ocorre dias após outros dois políticos se movimentarem com vistas a 2014. No sábado, a ex-ministra do Meio Ambiente Marina Silva lançou seu novo partido, a Rede Sustentabilidade.
O partido precisa coletar 500 mil assinaturas em ao menos nove Estados para ser registrado no Tribunal Superior Eleitoral até setembro, prazo para que a legenda tenha condições de concorrer na próxima eleição.
Ainda que sua candidatura em 2014 seja tida como certa caso o partido obtenha o registro, Marina tem dito que sua participação no pleito é uma "possibilidade", que deverá ser debatida com aliados.
Marina deixou o PT em 2009 e concorreu à Presidência pelo PV em 2010. Ela recebeu 20 milhões de votos e ficou na terceira posição. Após o pleito, deixou a sigla em meio a desentendimentos com sua cúpula.
Nos últimos dias, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB) – também tem ensaiado passos para 2014.
Campos planeja cruzar o Brasil nos próximos meses para uma série de debates batizados de "Diálogos para o Desenvolvimento". Os encontros, segundo ele, terão como tema estratégias para que os brasileiros "saiam da dependência dos governos".
No entanto, o pernambucano, um dos governadores mais bem avaliados no país, também tem desconversado quando questionado sobre sua possível candidatura.
A postura de Campos em 2014 é alvo de grande especulação. Caso concorra à Presidência, acredita-se que ele possa enfraquecer o apoio a Dilma no Nordeste.
No entanto, sua sigla integra a coalizão governista e, ainda que venha adotando tom mais crítico ao governo nos últimos meses, ainda não anunciou a intenção de romper com o Planalto – gesto tido como condição para que lance candidatura no próximo pleito presidencial.

Estratégias

Segundo o professor da USP José Álvaro Moisés, os gestos dos presidenciáveis buscam, além de sinalizar claramente a intenção de concorrer ao pleito, checar qual a receptividade dos eleitores e qual o efeito desses movimentos em acordos políticos em vigor.
"Colocar o bloco na rua é uma condição para saber se vai ter gente atrás e se haverá banda para animar", afirma.
Moisés diz ainda que, caso os quatro venham a formalizar suas candidaturas, a próxima eleição deverá ser muito disputada.
"Num cenário com os quatro candidatos, provavelmente a eleição vai para o segundo turno".

Fonte: BBC

Ativistas do Femen despem-se frente a Berlusconi






Femen, Berlusconi, Itália, votação

AFP

Três ativistas do movimento Femen despiram-se até à cintura numa mesa de votação, em Milão, onde Silvio Berlusconi, líder da coligação de centro-direita e ex-primeiro-ministro da Itália, foi votar.

Na Itália, hoje e amanhã realizam-se as eleições de ambas as câmaras do parlamento. O líder do partido vencedor será incumbido de formar o Governo do país.
Quando Berlusconi apareceu na mesa de votação, três estrangeiras gritaram “Basta, Berlusconi!” e tiraram a parte superior das roupas. Agentes policiais prenderam as jovens. Ao que se sabe, as ativistas eram duas ucranianas e uma francesa.

Fonte: Voz da Rússia

Itália vota em eleição vista como crucial para recuperação econômica

Os italianos começaram a votar neste domingo em eleições gerais vistas como cruciais para os esforços do país em pôr fim a seus problemas econômicos, assim como aos da zona do euro.
Saiba mais: Entenda as eleições na Itália
Estimativas publicadas antes de uma proibição a pesquisas entrar em vigor no dia 9 indicavam que a aliança de centro-esquerda de Pier Luigi Bersani teria vantagem de cerca de cinco pontos porcentuais em relação ao bloco de centro-direita do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi , que prometeu a restituição de impostos e fez uma maratona junto à imprensa.
Analistas, porém, duvidam que Bersani seja capaz de formar uma maioria estável que possa levar adiante as reformas econômicas de que a Itália precisa para sair da recessão.
Uma coalizão centrista liderada pelo premiê interino Mario Monti  também concorre na votação, que será realizada neste domingo e na segunda-feira. E pesquisas sugerem que poderia haver um forte comparecimento em favor do comediante Beppe Grillo, que lidera um movimento contrário à classe política.
A eleição foi convocada dois meses antes do previsto , depois que o partido de Berlusconi retirou seu apoio do governo tecnocrata de Monti.
A Itália, terceira maior economia da zona do euro, está mergulhada na sua mais prolongada recessão nos últimos 20 anos. Sucessivos governos não conseguiram fazer a economia nacional decolar nesse período. Por causa disso, os mercados financeiros estão atentos à perspectiva de que a eleição leve a um impasse político que poderia reavivar a crise fiscal da zona do euro.
Renúncia: Uma foto com o papa vale quantos votos na eleição da Itália?
As campanhas estão proibidas desde a meia-noite de sexta, quando os líderes fizeram seus últimos comícios. Grillo roubou a cena em Roma, atraindo cerca de meio milhão para ouvir suas tiradas contra políticos e banqueiros corruptos.
O Ministério do Interior convocou os cerca de 47 milhões de eleitores a ir às urnas e disse ter-se preparado para o tempo ruim, que pode ter neve em algumas regiões, para garantir que todos tenham a chance de depositar seu voto.
"As eleições são um momento fundamental para uma democracia, e queremos que todos os nossos cidadãos as vivenciem da melhor maneira possível", declarou a ministra do Interior Anna Maria Cancellieri em um vídeo publicado no site da pasta.
Uma pesquisa divulgada na terça-feira indicou que cerca de 28% dos italianos ainda não decidiu em quem votar ou cogita não fazê-lo, mostrando que cerca de 5 milhões de pessoas deveriam se decidir nos últimos dias.
Manobra: Berlusconi envia pelo correio promessa de restituir impostos
O sucesso da "Turnê Tsunami" de Grillo aumentou a incerteza. Grandes multidões foram ouvi-lo vociferar contra a corrupção e a austeridade, sublinhando a dimensão da revolta popular contra partidos tradicionais e a capacidade de seu Movimento 5 Estrelas de chacoalhar as eleições.
"Grillo está dizendo as coisas que todos os italianos comuns pensam, está nos dando esperança", afirmou Luca Pennisi, de 41 anos, que faz massas para tortas para um café da capital no qual vários clientes ainda não sabiam em quem votar.
Reuters
Líder do Movimento 5 Estrelas, o comediante Beppe Grillo, chega a comício em Viterbo, norte de Roma (21/02)
Pesquisa:  Quase um terço dos italianos estão indecisos sobre eleição
"É hora de mudar o sistema, livrar-se dos políticos antigos e parar de desperdiçar o dinheiro público", disse, acrescentando que assistiu ao comício final de Grillo na internet e com certeza votará em seu grupo.
Grillo tinha16% nas últimas pesquisas, o que faria da sua coligação a terceira maior força eleitoral. Os especialistas acreditam que ele pode ter crescido, auxiliado por uma forte campanha na internet e por uma série de escândalos envolvendo a elite política italiana.
Outros líderes encerraram suas campanhas mais discretamente. Berlusconi cancelou a participação em um comício em Nápoles dizendo estar com um problema no olho. Bersani falou em um teatro em Roma, e o premiê demissionário Monti realizou um evento similar em Florença.
O mais provável - e muitos dizem ser o resultado mais estável e pró-reformas na eleição - parece ser um governo de aliança entre Bersani e Monti, que exigiria que o atual primeiro-ministro conquistasse senadores suficientes para reforçar a centro-esquerda.
*Reuters e BBC

Fonte: Último Segundo

BRUMADENSE CRIA MÉTODO DE CALENDÁRIO PERMANENTE


BRUMADENSE CRIA MÉTODO DE CALENDÁRIO PERMANENTE
Aposentado brumadense cria novo método de Calendário Permanente. (Foto: Janine Andrade | Jornal do Sudoeste)
 
Fascinado pela Matemática e suas possibilidades, o aposentado brumadense Cristóvão Meira, de 65 anos, criou uma nova fórmula de Calendário Permanente. Após 7 anos de pesquisas e muitos estudos, Cristóvão Meira desenvolveu um método fácil e muito prático para o acompanhamento dos dias, meses e anos, sem a necessidade de a cada fim de ano trocar-se o calendário. Com o novo modelo, é possível situar-se do ano 1000 até 2999, no mesmo calendário, já que o método possui mais de 470 mil combinações de dia/mês/ano. Além disso, o projeto foi desenvolvido em outras línguas, como inglês, Dinamarques, Francês, entre outro, e até mesmo na língua Tupi, pois, de acordo com o aposentado, a ideia é expandir e mostrar a outras culturas a facilidade do calendário. Segundo o aposentado Cristóvão Meira, o objetivo do projeto foi criar um produto sustentável, já que os modelos atuais de Calendário utilizam muito papel e muitos exemplares são descartados todos os finais de ano, para que novos sejam utilizados. “Este calendário visa substituir o atual, pois é econômico e completamente viável para se produzir. O modelo atual, todo ano é substituído gerando gastos e muitas vezes degradando a natureza, já que muitas vezes é descartado de forma incorreta. Com o Calendário Permanente não há a necessidade de substituição”, explicou o aposentado Cristóvão Meira. Questionado pelo Jornal do Sudoeste sobre a existência de outros modelos, inclusive na internet, ele afirma que os apresentados são complexos e de difícil utilização e acesso aos usuários comuns. Ressaltou, ainda, que a intenção é atingir a todas as massas, inclusive, aquelas pessoas que não possuem as condições mínimas e básicas de sobrevivência, muito menos internet e acesso a informação.

Fonte: Brumado Agora

Bento XVI diz aos fiéis que vai continuar a serviço da Igreja

Brasília – O papa Bento XVI iniciou as derradeiras atividades antes de sua renúncia à função de sumo pontífice da Igreja Católica Apostólica Romana, marcada para próxima quinta-feira (28). Na sua última missa do Angelus, rezada hoje (24), na Praça de São Pedro, no Vaticano, prometeu aos fiéis continuar servindo à Igreja.
Ao meio-dia na Itália (8h no Brasil), o papa se dirigiu aos peregrinos e turistas que foram ao Vaticano despedir-se dele, e disse que Deus o chamou para se dedicar à oração e à meditação, o que fará “de modo mais adequado” à sua idade e saúde.
Ele agradeceu aos fiéis em diferentes idiomas - inclusive em português, ao dizer “obrigado pela vossa presença” - e adiantou que sua saída do pontificado não significa que vá abandonar a Igreja. “Vou continuar a serviço da Igreja, na mesma direção e no mesmo amor”, acrescentou.
Depois de deixar a chefia da Igreja, o cardeal Joseph Ratzinger passará dois meses na residência pontifícia de Castel Gandolfo. Esse é o tempo previsto para conclusão da reforma do mosteiro de clausura, no próprio Vaticano, onde viverá.
*Com informações da Agência Lusa
Edição: Davi Oliveira
 Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Fonte: E.B.C.