segunda-feira, 4 de março de 2013

China prevê crescimento econômico de 7,5% em 2013

Pequim - A China pretende crescer 7,5 por cento em 2013 e manter a inflação em cerca de 3,5 por cento no ano, disse o primeiro-ministro chinês, Wen Jiabao, na terça-feira (horário local), quando o país começa suas reuniões anuais do Parlamento.

 O premiê chinês, Wen Jiabao, discursa em 20 de setembro em um encontro com representantes da UE em Bruxelas

Jiabao também afirmou que a China terá em 2013 um déficit fiscal de 1,2 trilhão de iuanes (192,8 bilhões de dólares), ou cerca de 2 por cento do Produto Interno Bruto (PIB).
A segunda maior economia do mundo cresceu 7,8 por cento no ano passado, o ritmo mais lento em 13 anos, mas ainda levemente acima da meta anual de crescimento, de 7,5 por cento.

Fonte: Exame

Big Brother Brasil 13: Casa tem novo líder e novo paredão

Neste domingo, a casa do Big Brother Brasil 13 ganhou a liderança da participante Kamilla. A sister ganhou um jogo de sorte após sobreviver a um paredão ao lado de Fani e Marcello.

Durante a prova de liderança, o apresentador do programa, Pedro Bial, pediu para que os participantes escolhessem alguém para desafiar.
A pessoa escolhida para o desafio deveria então responder a uma pergunta feita por Pedro Bial e, caso acertasse, aquele que a desafiou perdia o direito de continuar na prova.
Com o erro do participante, a pessoa deixaria a prova e o desafiador seguiria a diante com a prova de liderança.
Quem iniciou o jogo, foi o líder anterior, Nasser, sorteou a participante de Natália em uma urna. Natália então desafiou Fernanda, que acertou a resposta, eliminando Natália.
Logo depois de Natália, foram eliminadas Anamara, Fernanda, Andressa e Fani e a disputa final, pela liderança, ficou entre André e Kamilla.
A miss, Kamilla, respondeu corretamente a última pergunta, sobre o nome de Pelé, conseguindo a liderança e imunidade.
Com a nova lider, a casa do BBB, na noite de domingo, formou um novo paredão.
Kamilla, líder da semana, indicou Nasser para sair da casa. A baiana, Anamara, foi escolhida pelos votos da casa, Anamara recebeu votos de André e Fernanda. Já a participante Fani também recebeu dois votos, dos participantes Nasser e Andressa. Com o empate das duas, Anamara e Fani, ambas foram para o paredão triplo.


Fonte: Christian Post (Portugal)

Bancada carioca ameaça a votação

O Congresso Nacional se reúne hoje, às 19h, para analisar os vetos da presidente da República, Dilma Rousseff, à Lei 12.734/12, que redistribui os royalties do petróleo para todos os estados, o Distrito Federal e os municípios. Em seguida, se possível na mesma sessão, os parlamentares votarão o Orçamento de 2013 (PLN 24/12).

Na semana passada, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a liminar do ministro Luiz Fux que obrigava o Parlamento a votar em ordem cronológica os mais de três mil vetos presidenciais que aguardam apreciação há mais de dez anos, antes de analisar o veto à lei que criou novas regras para a partilha dos royalties. O placar do julgamento, que não tratou do mérito, foi de seis votos a quatro.

As bancadas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, estados produtores e que mais perderão receita no caso de uma eventual derrubada do veto, se preparam para uma difícil batalha em Plenário. E já anunciaram que vão usar todos os dispositivos regimentais possíveis para obstruir a votação.

Ação no STF - O deputado Alessandro Molon (PT-RJ), autor da ação no STF que resultou na liminar do ministro Fux, tem esperança de que, ao analisar o mérito da ação, o Supremo decida em prol do seu estado.

"Eu tenho forte convicção de que o Supremo vai julgar que a ordem de votação dos vetos deve ser a ordem cronológica”, afirma o parlamentar. “Ainda que o Supremo tenha cassado a liminar para evitar crise com o Congresso e, no fundo, para permitir que se votasse o Orçamento. Infelizmente, o que se fez foi uma tentativa de condicionar a votação do orçamento à derrubada da liminar. Mas o julgamento do mérito do mandato vem aí e nós vamos ver se o ministro Fux estava certo ou errado.”

Molon disse que, enquanto não sai a decisão sobre o mérito da questão, os parlamentares cariocas e capixabas vão resistir à derrubada do veto “com todas as forças”, usando todas as medidas regimentais possíveis. “Vamos pintados para a guerra, sim. Vamos defender não o Rio de Janeiro e o Espírito Santo, mas a Constituição Federal e os princípios mais fundamentais que fizeram o Brasil se tornar um Estado democrático de direito."

Respeito ao Regimento - Já o deputado Marcelo Castro, do PMDB do Piauí, espera que a votação do veto à lei dos royalties ocorra de fato nesta terça-feira. "Quem vai presidir esta sessão deverá ser o [senador] Renan Calheiros, presidente do Congresso Nacional, político calejado, experiente, consciente dos direitos regimentais, que, naturalmente, vai colocar os parlamentares do Rio de Janeiro, aqueles que extrapolarem, dentro dos devido limites do Regimento, como manda a boa postura parlamentar de quem quer que seja.”

Na avaliação do deputado, "não tem porque uma minoria que quer defender privilégios emperrar, paralisar a casa do povo, que quer exatamente votar os royalties para fazer essa divisão democrática e beneficiar todos os brasileiros."

Divisão mais igualitária - Em novembro, o Congresso aprovou lei que torna mais igualitária a divisão dos recursos dos royalties do petróleo entre estados e municípios produtores e não produtores. A presidente Dilma vetou trechos que determinavam a redistribuição para campos já licitados e editou uma medida provisória (MP 592/12) que estabelece a mudança de cálculo só para contratos futuros

As empresas que explorarem sob o regime de partilha pagarão 15% de royalties sobre a produção. Quando a extração ocorrer em terra, 20% será destinado a estados produtores e 10% aos municípios produtores; municípios afetados pelo embarque e desembarque do petróleo ficarão com 5%; e à União caberá 15%. 


Fonte: Diário de Cuiabá

Gol diz que prosseguirá com demissões na WebJet

Gol diz que prosseguirá com demissões na WebJet

A Gol Linhas Aéreas informou neste sábado, por meio de nota, que irá prosseguir com o "desligamento" de 850 funcionários da Webjet, demitidos em 23 de novembro 2012 e reintegrados, por ordem judicial, em 27 de dezembro do ano passado. A empresa considerou "frustradas" as negociações para a manutenção no quadro de funcionários após as propostas apresentadas serem rejeitadas.
"Por aproximadamente dois meses, a companhia apresentou propostas de negociação, que foram rejeitadas. Tendo exauridas todas as tentativas, a companhia considera as negociações mantidas frustradas e se viu limitada a prosseguir com os desligamentos do seu quadro", informou.
A Gol não informou quantos funcionários serão mantidos na empresa, nem o total de demitidos. No último dia 6 de fevereiro, o vice-presidente técnico da Gol, Adalberto Bogsan, reiterou, à Agência Estado, que a Gol não recuaria da decisão do encerramento das atividades da WebJet e da demissão dos 850 tripulantes e profissionais de manutenção.
Na quarta-feira passada, a Gol entrou com o pedido de registro de companhia aberta e de realização da oferta pública inicial (IPO) de distribuição das ações da Smiles, seu braço de fidelidade com os clientes.

Fonte: Diário do Grande ABC

Presidente Dilma visita Paraíba pela primeira vez

BRASÍLIA
Presidente Dilma Rousseff adiantou que irá atender o pedido do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e o governo federal complementará os recursos para finalizar as obras do Centro de Convenções de João Pessoa
Antonio Cruz/ABr
Presidente Dilma Rousseff adiantou que irá atender o pedido do governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, e o governo federal complementará os recursos para finalizar as obras do Centro de Convenções de João Pessoa

A presidente Dilma Rousseff participou nesta segunda-feira (4) em João Pessoa, na Paraíba, da entrega de 576 unidades habitacionais do Programa Minha Casa, Minha Vida e de máquinas retroescavadeiras a 22 prefeitos de municípios com até 50 mil habitantes. Os equipamentos serão usados para a abertura e reforma de estradas vicinais na área rural. Foi a primeira vez, desde que foi eleita presidente, que Dilma visitou o estado.
Dilma disse que o Programa Minha Casa, Minha Vida é prioridade do seu governo e serão alocados recursos necessários para que toda a população tenha o direito à moradia. “Iremos garantir que a população do país tenha mais que um teto sob sua cabeça, tenha um lar onde seja feliz. Não descansaremos até que o último brasileiro tenha acesso à uma moradia digna”.
Desde que foi criado, em 2009, o programa já entregou mais de 1 milhão de moradias, com investimento de R$ 156 bilhões, e tem 1,3 milhão contratadas. O Minha Casa, Minha Vida subsidia a casa própria para famílias com renda de até R$ 1,6 mil e facilita as condições de acesso ao imóvel para as que recebem até R$ 5 mil. As famílias devem se cadastrar nas prefeituras, que fazem a seleção dos beneficiários.
Durante a cerimônia, a presidente adiantou que atenderá o pedido do governador do estado, Ricardo Coutinho, e do prefeito da capital paraibana, Luciano Cartaxo, para que o governo federal complemente os recursos, da ordem de R$ 70 milhões, que faltam para a finalização da obra do Centro de Convenções de João Pessoa, estimada em R$ 170 milhões. A presidente disse que a obra é importante para que a cidade, famosa por suas belezas naturais, possa aproveitar seu potencial turístico.
À tarde, a presidente e o governador assinarão, no município de Itatuba, na região metropolitana de Campina Grande, a ordem de serviço para dar início ao segundo trecho do canal Acauã-Araçagi, que custará R$ 106 milhões. Antes, Dilma visitou as obras da primeira etapa, nas quais foram investidos R$ 160 milhões. O investimento total no projeto das Vertentes Litorâneas, como é chamado, será R$ 956 milhões em 112,5 quilômetros de canal, que aproveitará as águas do Projeto Integração do Rio São Francisco.
A estimativa do governo é que aproximadamente 16 mil hectares de terras poderão ser usadas para agricultura, beneficiando mais de 300 mil moradores de 37 municípios paraibanos. O empreendimento, de responsabilidade do Ministério da Integração Nacional, faz parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2) e deve ser concluído em 2015.

 Fonte: Panorama Brasil

Confrontos durante eleições no Quênia deixam ao menos 15 mortos

MOMBASA, Quênia - Ao menos 15 pessoas morreram em confrontos entre grupos armados e policiais no Quênia, enquanto a população vai às urnas nesta segunda-feira para eleger o novo governo e o presidente do país. De acordo com testemunhas, cerca de 200 jovens emboscaram agentes de segurança na cidade litorânea de Mombasa. Um segundo ataque ocorreu na cidade de Kilifi, também na região. No total, nove policiais e seis rebeldes foram mortos.
Em entrevista à agência AFP, o chefe de polícia local, David Kimaiyo, disse que suspeitava que radicais do Conselho Republicano de Mombasa (CRM) estejam por trás dos atentados. Até o momento, o CRM, que defende o boicote das votações, não assumiu a responsabilidade pela ação.
Os ataques foram criticados pelos dois principais candidatos. Para o primeiro-ministro Raila Odinga, foi "um ato de agressão atroz". O vice-primeiro ministro Uhuru Kenyatta demonstrou desânimo com a notícia, mas afirmou que a situação seria controlada. Ele pediu à população que aceite com calma o resultado eleitoral.
- Esta nação terá um presidente que representará todos os quenianos - disse ele, à frente nas apurações iniciais das urnas.
As autoridades enviaram 400 agentes a Mombaça para garantir a segurança. E uma comissão eleitoral investe na tecnologia para agilizar a contagem e aumentar a transparência, a fim de evitar novos confrontos.
Apesar da violência, os ataques parecem não terem perturbado o decorrer das eleições na zona, uma das mais suscetíveis a atentados devido às fortes desigualdades sociais e a existência de um movimento separatista apoiado por parte da população.
As eleições desta segunda-feira são as primeiras desde 2010, quando a atual Constituição queniana foi aprovada. As votações irão renovar toda a estrutura governamental do país, desde o presidente até o Parlamento. No entanto, é o cargo de chefe de Estado que vem preocupando analistas, cidadãos e chamando a atenção da mídia internacional.
Os candidatos favoritos são a atual primeira-ministra, Raila Odinga, da Coalizão para as Reformas e pela Democracia (Cord), e o vice-primeiro-ministro, Uhuru Kenyatta, da Aliança Jubileu e filho do primeiro presidente do país. Nas últimas semanas, o nome de Kenyatta apareceu por outra razão nas manchetes da mídia: ele está sendo processado no Tribunal Penal Internacional (TPI), em Haia, por ter relações com os conflitos tribais que assolam o interior do país.
Apesar das denúncias contra o vice-premier, os dois candidatos apareceram nas últimas pesquisas empatados, com cerca de 44% das intenções de voto cada um. De acordo com especialistas, é provável que os dois tenham que enfrentar um segundo turno, mesmo que o número de indecisos tenha sido alto - entre 10% e 15%.
Para evitar a segunda rodada, um dos políticos teria que obter pelo menos 51% dos votos a nível nacional e 25% dos sufrágios em 24 dos 47 condados. Mais de 14 milhões de quenianos devem comparecer às urnas.
Ainda nesta segunda-feira, um grupo de jovens detonou um artefato nos arredores de um colégio eleitoral na cidade de Mandera, na fronteira entre o Quênia e a Somália. No entanto, não houve registros de feridos e as votações foram retomadas minutos depois, segundo a polícia.
 
Fonte: Yahoo

Rainha Elizabeth II tem alta médica e deixa hospital


Rainha britânica Elizabeth II, de 86 anos, teve alta nesta segunda-feira (4) do Hospital Edward VII, em Londres
Agência BANG Showbiz

Rainha britânica Elizabeth II, de 86 anos, teve alta nesta segunda-feira (4) do Hospital Edward VII, em Londres
A rainha britânica Elizabeth II, de 86 anos, teve alta nesta segunda-feira (4) do Hospital Edward VII, em Londres, depois de passar as últimas horas internada por causa de uma gastroenterite. Vestida de vermelho, a rainha saiu a pé do hospital, cumprimentou os profissionais de saúde e sentou-se no banco traseiro do automóvel que a aguardava.
No domingo, o Palácio de Buckingham informou que a rainha foi hospitalizada e cancelou os compromissos marcados para esta semana, inclusive uma viagem a Roma, na Itália. Elizabeth II e o marido, o duque de Edimburgo, de 91 anos, foram convidados pelo presidente italiano, Giorgio Napolitano, para visitar o país nos próximos dias 7 e 8.
Elizabeth II ficou internada para um tratamento no joelho em 2003.

Fonte: Panorama Brasil

Restos de Pablo Neruda vão ser exumados em abril

Restos de Pablo Neruda vão ser exumados em abril

A exumação dos restos do poeta chileno Pablo Neruda, ordenada por um juiz que investiga um eventual assassinato do Nobel da Literatura, vai decorrer em abril, disse hoje à agência Efe o advogado Eduardo Contreras.

Contreras, que representa nesta causa o Partido Comunista (PCC), adiantou que o juiz Mario Carroza deve anunciar esta semana a data exata do procedimento, anunciado em 8 de fevereiro.
Se acordo com fontes do tribunal, a data da exumação será conhecida após uma reunião nos próximos dias entre o juiz, o advogado e representantes da Fundação Neruda e do Serviço Médico Legal (SML).

Fonte: Diário Digital

Pai vê inseto em tubo de respiração da filha na UTI

Familiares de uma criança internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pediátrica do Conjunto Hospitalar de Sorocaba (CHS), mantido pelo governo estadual, encontraram um inseto no tubo de oxigênio da criança. O pai da menina de dois anos, internada há seis meses com síndrome de atrofia muscular, fotografou o inseto, conhecido popularmente como 'tesourinha'. Alertada, a equipe de enfermagem trocou o tubo do aparelho de respiração. De acordo com o pai da paciente, o inseto entrou na UTI porque o aparelho de ar-condicionado está quebrado e as janelas são mantidas abertas.

O diretor do CHS, Luis Cláudio de Azevedo, disse nesta segunda-feira (4) que o respirador estava desligado, por isso foi "invadido" pelo inseto. "Embora a imagem seja forte, o risco para a criança não existia", afirmou. "Se o respirador estivesse em uso, o inseto não conseguiria entrar." De acordo com o diretor, o aparelho de ar-condicionado da UTI permaneceu quebrado durante dois meses e foi necessário deixar as janelas abertas para arejar o ambiente. Segundo ele, o problema com o inseto poderia ter acontecido em qualquer hospital. Azevedo informou que o aparelho já foi consertado.
José Maria Tomazela

Fonte: R7

Evangélico, ex-goleiro Bruno lê a Bíblia e chora durante julgamento pela morte de Eliza Samúdio

O ex-goleiro do Flamengo Bruno Fernandes, acusado de mandar matar a mãe de seu filho, Eliza Samúdio, chorou hoje durante a sessão do júri de seu julgamento.
Bruno, que se identifica como evangélico, segurava uma Bíblia nas mãos e chorou quando a juíza Marixa Fabiane Lopes permitiu a entrada da imprensa no recinto, sendo consolado por seus advogados. De acordo com informações do R7, Bruno está 14 kg mais magro e com aparência abatida.

 http://noticias.gospelmais.com.br/files/2013/03/bruno-fernandes.jpg

Durante a sessão, Bruno permaneceu com a cabeça baixa e olhar fixo para o chão, e evitou olhar para sua ex-mulher, Dayane Rodrigues, também ré no processo.
Em determinado momento, a juíza permitiu que sua atual mulher, Ingrid Calheiros, fosse cumprimentá-lo. A conversa durou aproximadamente três minutos, e ao final, um dos advogados de defesa do ex-goleiro indicou um trecho da Bíblia para leitura, o que o levou às lágrimas.
O júri popular para julgamento do ex-goleiro começou nesta segunda-feira,  às 11h45, em Contagem, MG. Bruno é réu pela morte e ocultação de cadáver de Eliza Samúdio, além de sequestro e cárcere privado de seu filho, Bruninho, segundo informações do G1.
O início do julgamento foi tumultuado devido a pedidos da defesa e acusação, e a magistrada optou por excluir do processo as fotos pornográficas de Eliza, a pedido da promotoria, e manteve a certidão de óbito da ex-amante de Bruno, contrariando um pedido da defesa do ex-atleta.
O júri deste julgamento é formado por dois homens e três mulheres, e após a apresentação das provas e depoimento das testemunhas, decidirão se Bruno é culpado ou inocente. A definição do tamanho das penas para cada acusação ficará a cargo da juíza do caso.

Fonte: Gospel +

Após derrota para Hunt, gigante holandês posta tomografia com mandíbula quebrada

O UFC Japão de sábado (2) teve lutas que contrariaram favoritismos. Em uma delas, o gigante holandês Stefan Struve (2,12 m), que vinha de quatro vitórias consecutivas na organização, não conseguiu fazer valer os 37 cm de altura a mais que o oponente da vez, e acabou severamente nocauteado (cruzado de esquerda), pelo veterano striker neozelandês Mark Hunt (1,77 m).

 

Leia também:
Análise: E agora, Wanderlei Silva?
Lutador do Bellator é detido com drogas. Saiba o que aconteceu!

Após o combate, o lutador europeu acabou hospitalizado e foi constatado que sua mandíbula havia quebrado. Como presente bizarro aos fãs, resolveu postar a tomografia facial nas redes sociais, para compartilhar o grande estrago que o tirará de ação por alguns meses.

Hunt aplica o golpe que nocauteou Struve

Fonte: Yahoo