sexta-feira, 22 de março de 2013

STF abre inquérito contra senador Eduardo Braga

Brasília – O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), abriu inquérito para apurar se o senador Eduardo Braga (PMDB-AM) participou de fraude em 2003, quando era governador do Amazonas. O atual líder do governo no Senado é acusado de autorizar desapropriação de terreno com valorização de 3.100% em favor da empresa Columbia Engenharia.
Braga é suspeito dos crimes de peculato, formação de quadrilha e fraude em licitação. Segundo denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR), um imóvel comprado pela empresa de engenharia por R$ 400 mil foi desapropriado três meses depois pelo governo do Amazonas por R$ 13,1 milhões para a construção de casas populares.

Eduardo Braga


Os documentos apontam que parte do valor se destinava ao terreno e a outra parte para benfeitorias de urbanização. A denúncia narra que as obras não existiam e seriam construídas pela empresa de engenharia na sequência, violando a exigência de licitação. Além disso, o Ministério Público informa que não há notícia de que as benfeitorias foram feitas e nem sobre o assentamento das famílias.
Além de Eduardo Braga, a denúncia envolve outras seis pessoas que teriam participação no esquema. Um dos argumentos para tentar derrubar a apuração é que duas ações cíveis foram abertas, mas não houve condenação. Ao determinar a abertura de inquérito, o Gilmar Mendes alega que o argumento não é suficiente para suspender as apurações criminais.
O ministro autorizou várias medidas solicitadas pelo Ministério Público, como quebra de sigilo bancário, pedido de informações ao estado do Amazonas sobre o assentamento das famílias no terreno, realização de perícia pela Polícia Federal e a oitiva dos envolvidos.

Fonte: EBC

Paramore anuncia sete shows no Brasil em julho e agosto

A banda Paramore divulgou, nesta sexta-feira,22 , em sua página oficial, que fará sete shows no Brasil. As apresentações vão ocorrer em julho e agosto. O primeiro show da turnê do grupo no país será em 25 de julho no Rio de Janeiro. Belo Horizonte também vai receber a banda no dia 26, na Arena do Expo Minas. As vendas dos ingressos devem começar a partir do dia 25 de abril, em site a ser confirmado.

 
Em destaque, a vocalista Hayley Williams (Divulgação/AFP)
Em destaque, a vocalista Hayley Williams

Além do Rio e Belo Horizonte, Brasíla, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre recebem a turnê do Paramore.

Fonte: Divirta-Se

Bersani vai tentar formar Governo em Itália

Pier Luigi Bersani, líder do Partido Democrático (PD, centro-esquerda), será o primeiro a tentar formar Governo em Itália. Esta tarde foi convocado para uma reunião pelo Presidente da República, Giorgio Napolitano. O gesto do Chefe de Estado surge após dois dias de consultas com os líderes partidários e quase um mês após as eleições legislativas de 24 e 25 de fevereiro.

 Pier Luigi Bersani falou aos jornalistas no final da reunião com o Presidente italiano

O PD lidera a maior coligação na Câmara dos Deputados (345 lugares em 630), da qual fazem parte outros três partidos. A lei italiana confere maioria absoluta de deputados à aliança mais votada, mesmo que não tenha maioria absoluta de votos. A nível individual, porém, o partido mais votado foi o Movimento Cinco Entrelas (M5S), do cómico antissistema Beppe Grillo.
O problema é que no Senado o "bónus" de assentos não é dado ao vencedor nacional, mas por região. Assim, nenhum partido tem maioria, o que seria crucial para um Governo estável. O bloqueio preocupa as instituições europeias, já que a Itália é a terceira maior economia do continente.
A aritmética parlamentar dificulta a constituição de uma maioria: o PD não quer aliar-se à direita de Silvio Berlusconi (que estaria, no entanto, disponível). O M5S recusa coligar-se com qualquer dos outros partidos. E os centristas do anterior primeiro-ministro, Mario Monti, não chegam para formar maiorias.
Bersani, ex-ministro da Indústria, afirmou ontem pretender apresentar um programa mínimo de reformas económicas e institucionais, suscetíveis de gerar consenso entre as demais forças políticas.

De volta às urnas?

Caso fracasse, e se constate que não há forma de encaixar dois ou mais partidos para viabilizar um Executivo, Napolitano poderá repetir a mal-sucedida experiência de convidar alguém de fora dos partidos, como fez com Monti. A imprensa italiana especula que poderia ser Pietro Grasso, um juiz que se destacou no combate à Máfia. Eleito nas listas do PD, foi, recentemente, escolhido para presidente da Câmara dos Deputados, com os votos do centro-esquerda e de parlamentares do M5S que violaram a disciplina partidária.
O Presidente da República, de 87 anos, tem em mãos o último desafio da sua presidência, que começou em 2006 e termina no dia 15 de maio. Napolitano alertou os partidos para a "absoluta necessidade" de se entenderem. O seu sucessor será eleito pelo Parlamento, o que tão-pouco se adivinha simples. 
A falta de um acordo para formar Governo pode levar os italianos de volta às urnas, apenas uns meses após a recente eleição. O prémio de risco da dívida italiana - que é de 2 biliões de euros - já subiu 20 pontos-base desde a eleição, refletindo o receio dos mercados face ao resultado pouco conclusivo da votação.

Fonte: Expresso.Sapo.Pt

Operação apreende mais 790 unidades de Ades em Salvador

Mais 790 unidades do suco da marca Ades foram apreendidos pelo Procon, na Bahia, na quinta-feira (21). Os produtos estavam à venda, no supermercado Extra , do bairro da Vasco da Gama e nas unidades do Bompreço do Porto da Barra e do Chame-Chame, em Salvador. Apesar da suspensão ser relacionada apenas aos sucos produzidos pela linha TBA3G, o Procon-BA, por medida cautelar, retirou do mercado  todos os produtos de um litro e meio do suco.
Na terça-feira (19),  foram apreendidas pelo órgão 2.995 unidades de suco da marca Ades, expostos à venda nos supermercado G Barbosa e Hiper Bompreço, ambos localizados na região do Iguatemi.
Ao G1, por meio de nota, a assessoria de imprensa do Hiper Bompreço informou que retirou, desde a segunda-feira (18), todos os sucos Ades do lote ‘AG’, conforme resolução da Anvisa. A assessoria de impresa do G Barbosa ficou de encaminhar uma nota ao G1.
Uma resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada no "Diário Oficial da União" da segunda-feira (18) suspende a fabricação, a distribuição, a venda e o consumo de lotes dos produtos com soja da marca Ades, de diferentes sabores, versões e tamanhos. A medida atinge apenas uma das 11 linhas de produção de Ades da fábrica de Pouso Alegre (MG). Veja aqui, as linhas afetadas.
A suspensão abrange todos os lotes da bebida fabricados pela linha de produção TBA3G, em diferentes sabores. Os lotes fabricados na linha de produção afetada podem ser identificados pelas iniciais "AG" no número do lote. A Anvisa afirmou que a medida é temporária e que foi adotada como precaução.

Problema foi detectado em 96 unidades do suco de maça Ades (Foto: Divulgação) 
Problema foi detectado em
96 unidades do suco de maçã Ades (Foto: Divulgação)

Em Salvador, diversos supermercados, padarias e mercados de pequeno porte continuam comercializando o produto. Por conta disso e visando a segurança do consumidor, o Procon continua realizando a fiscalização na capital baiana e orienta que os consumidores façam a denúncia através do email: denuncia.procon@sjcdh.ba.gov.br.

 Procon retira mais sucos da Ades à venda em supermercados de Salvador

Histórico
Na quinta-feira (14), a Unilever anunciou recall em um lote do suco de maçã Ades de 1,5 litro por risco de queimadura. Segundo a fabricante, a contaminação com solução de limpeza foi detectada no lote com as iniciais AGB 25, fabricado em 25 de fevereiro, com "cerca de 96 unidades do produto Ades Maçã 1,5 l".
A Unilever informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a solução de limpeza envasada nas embalagens do lote com problema foi hidróxido de sódio (soda cáustica) a 2,5%. Ou seja, diluído a 2,5%. Isso significa que a substância está na concentração de 2,5% de seu total.

Fonte: G1

Alexandre Pato volta a desfalcar Corinthians contra o Guarani

O atacante Alexandre Pato não vai retornar ao Corinthians na partida contra o Guarani, no domingo, em Campinas. Fora dos últimos dois jogos depois de reclamar de um cansaço muscular na coxa direita, ele seguirá em tratamento durante o fim de semana.
O camisa 7 não participou do treinamento comandado por Tite nesta sexta-feira. Há uma grande preocupação dos médicos, fisiologistas e preparadores físicos do clube do Parque São Jorge para evitar as recorrentes lesões sofridas pelo atleta nas últimas temporadas.
Pato vem sendo preparado para uma nova sequência de partidas. Sua primeira série no Timão teve 11 jogos, exatamente o número programado, segundo o fisioterapeuta Bruno Mazziotti. A partir da próxima semana, o Alvinegro terá uma série importante na qual precisará de seus principais jogadores.
Apesar da cautela, Tite manteve sua aversão ao verbo poupar. “A moral da história é que não poupo ninguém. O Paulinho, o Douglas, o Pato e o Fábio não tem condições de jogar”, comentou o treinador, mencionando os demais desfalques para o confronto com o Guarani.
Em Campinas, Emerson ficará com a vaga normalmente ocupada por Pato. O Sheik agradou ao chefe com suas últimas atuações e ganhou a disputa com Romarinho. Ele formará a dupla de frente do Timão com o peruano Paolo Guerrero.

Fonte: Gazeta Esportiva

Mercedes-Benz anuncia recall de dois modelos no Brasil

A Mercedes-Benz anunciou nesta sexta-feira recall de dois modelos da marca no país devido a problemas no sistema de combustível. Proprietários dos modelos Classe S63 AMG e do SLK (200 e 350 CGI), fabricados entre abril e julho de 2011, devem procurar uma oficina autorizada para realizar a troca gratuita do filtro de combustível e sua vedação.

  (Mercedes S3 AMG é um dos modelos da montadora que sofre recall)


De acordo com a assessoria de imprensa da montadora, foi constatado que o flange do filtro de combustível pode apresentar fissura e causar vazamento de combustível. Nestas condições, há risco de incêndio e possibilidade de danos físicos aos ocupantes do veículo.

Ainda de acordo com a assessoria, há 369 unidades no País dos modelos que passarão pela troca de peças anunciada no recall. A Mercedes disponibiliza o telefone 0800 970 9090 e o site www.mercedes-benz.com.br para mais informações. Não há prazo limite para a troca das peças.

Fonte: Em.com.br

Prévia da inflação oficial diminui para 0,49% em março

Por: Agência Brasil
RIO DE JANEIRO

No primeiro trimestre do ano, os preços subiram 2,06%, mais do que entre janeiro e março de 2012
No primeiro trimestre do ano, os preços subiram 2,06%, mais do que entre janeiro e março de 2012
A prévia da inflação oficial, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) ficou em 0,49% na passagem de fevereiro para março, informou nesta sexta-feira (22) o Instituto Brasileiro de Geografia de Estatística (IBGE). O aumento dos preços foi menor que o verificado de janeiro para fevereiro, 0,68%. Em março de 2012, a taxa havia sido 0,25%.
O principal responsável por pressionar menos a inflação foi a diluição da alta dos custos do grupo educação, cujo índice passou de 5,49% para 0,5% no período. Os preços dos produtos de despesas pessoais também registraram altas menores. Por outro lado, os gastos com  empregados domésticos, com alta de 1,53%, continuam pressionando a inflação.
No primeiro trimestre do ano, os preços subiram 2,06%, mais do que entre janeiro e março de 2012 (1,44%). Nos últimos 12 meses, a taxa aumentou 6,43%, acima dos 6,18% registrados no período anterior.

Fonte: Panorama Brasil

Questão síria domina visita inédita de Obama ao Médio Oriente

O presidente norte-americano finalizou hoje, na Jordânia, uma ronda inédita de três dias pelo Medio Oriente.
Barack Obama foi recebido, em Amã, pelo rei Abdullah II com quem deverá discutir o tema do conflito sírio. Em cima da mesa está não só a questão dos refugiados mas também o possível fornecimento de armas aos rebeldes, defendido por Reino Unido e França.
Em Israel, durante a sua primeira visita ao país, Obama tinha já evocado a questão síria, advertindo Damasco para a alegada utilização de armas químicas, nomeadamente contra o território israelita.
Reunido com Benjamin Netaniahu, Obama tentou selar a reconciliação com o primeiro-ministro, apesar das divergências sobre a ameaça iraniana, sublinhando que a aliança dos Estados Unidos com o país “é eterna”.
Obama deslocou-se igualmente aos territórios palestinianos, onde se reuniu com Mahmoud Abbas, num novo esforço de reatar o processo de paz, acompanhado de uma ajuda financeira aos territórios de mais de 150 milhões de euros. Uma forma de relançar o processo de paz, depois de Washington ter votado ao lado de Israel, contra o reconhecimento da Palestina como “estado não membro” da ONU.

Fonte: Euronews

Obama conclui visita a Israel e Palestina com vitória diplomática inesperada

Estados Unidos -  O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, concluiu nesta sexta-feira sua visita a Israel e Palestina com a mensagem de que "a paz é possível" e a conquista de ter contribuído para o restabelecimento das relações entre os israelenses e a Turquia. Minutos depois do Air Force One deixar o aeroporto Ben Gurion, em Tel Aviv, o gabinete do primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, anunciou em comunicado o restabelecimento de relações diplomáticas com Ancara.

Imagem divulgada pelo Governo de Israel mostra presidente dos EUA, Barack Obama, em seu discurso no Centro Internacional de Convenções, em Jerusalém, Israel | Foto: EFE
Imagem divulgada pelo Governo de Israel mostra presidente dos EUA, Barack Obama, em seu discurso no Centro Internacional de Convenções, em Jerusalém, Israel | Foto: EFE
"O primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, falou hoje com o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, e ambos concordaram em restabelecer a normalização entre Israel e Turquia, incluído o envio de embaixadores e o cancelamento das medidas judiciais contra soldados do Exército israelense", informou a nota.
Os laços entre os dois países ficaram suspensos após o ataque, em maio de 2010, das forças de segurança israelenses à "flotilha da liberdade", que zarpou da Turquia com destino a Gaza, em um episódio que terminou com nove cidadãos turcos mortos.
De acordo com a nota, Netanyahu disse a Erdogan que teve "boas conversas com Obama sobre cooperação regional e a importância das relações entre Turquia e Israel". Além disso, o primeiro-ministro lamentou "a crise nas relações turco-israelenses".
Netanyahu também se comprometeu a resolver as diferenças entre os dois países com o objetivo de trazer "estabilidade à região". Sobre a flotilha, Netanyahu disse a Erdogan que as "trágicas consequências no Mavi Marmara (principal barco interceptado) não foram propositais" e lamentou "a perda de vidas" na ação. A ligação telefônica entre os dois dirigentes aconteceu durante a reunião que Netanyahu e Obama mantiveram hoje em Jerusalém e que acabou atrasando a agenda do presidente americano.
A Casa Branca emitiu um comunicado oficial no qual afirmou que os "Estados Unidos destacam profundamente sua proximidade tanto com a Turquia como com Israel, e dá grande importância à restauração de relações positivas entre eles para avançar na paz e segurança regional", informou o jornal "Haretz". Pouco antes, Obama concluiu sua visita de três dias a Israel e à Palestina, a primeira para a região desde que chegou à Casa Branca, em 2009, e por meio da qual tentou de dar um novo impulso ao processo de paz, paralisado desde 2010.
As duas partes receberam a visita de maneira diversa: os israelenses com entusiasmo e os palestinos frustrados por não terem escutado condenações mais duras aos assentamentos judaicos na Cisjordânia. Apesar disso, Obama conseguiu deixar sua mensagem de que a paz é possível e a negociação é o caminho.
Antes de se despedir de Netanyahu e do presidente israelense, Shimon Peres, em um breve ato em Tel Aviv, Obama viajou para a cidade cisjordaniana de Belém para uma visita privada à Basílica da Natividade, onde esteve acompanhado pelo presidente palestino, Mahmoud Abbas, a prefeita local, Vera Babún, e diversos líderes religiosos.
Em entrevista à agência palestina "Maan", Vera expressou seu descontentamento pela brevidade da estadia de Obama em Belém, embora tenha ressaltado que "é importante que venha, veja e escute porque necessitamos de fatos".
Durante toda a jornada, a agenda do líder foi atrasada pelo mau tempo, o que obrigou Obama a se deslocar em automóvel ao invés de um helicóptero e atravessar um posto de controle militar israelense junto à barreira de separação na Cisjordânia, que na altura de Belém é um muro de cerca de oito metros. Os organismos de segurança palestino reforçaram a segurança na praça da basílica e centenas de policiais foram enviados para as ruas adjacentes, que ficaram fechadas por horas.
A imprensa foi expulsa à força da praça minutos antes de Obama chegar no local. Moussa Barhum, um cabeleireiro de Belém de 66 anos, mostrou-se convencido que "Obama está tentando ajudar a Palestina e Israel para que exista paz". No entanto, seu vizinho Khalil Habez opinou que a viagem do presidente dos Estados Unidos à região "não vai conseguir nenhuma mudança" pois "é uma mera propaganda dos americanos com os israelenses".
Em Israel, Obama ainda visitou o Museu do Holocausto de Jerusalém (Yad Vashem), onde afirmou que a criação do Estado de Israel, em 1948, não foi produto do Holocausto, e rendeu um tributo diante dos túmulos do ideólogo do Estado judeu, Teodoro Herzl, e do primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin, assassinado em 1995.

As informações são da EFE

Médicos sergipanos também se posicionam contra aborto

 





O presidente do Conselho Regional de Medicina (Cremese), José Júlio Seabra Santos informou ser contrário ao aborto ou de sua descriminalização, a exemplo de 400 mil médicos brasileiros representados pelo Conselho Federal de Medicina.
De acordo com ele, os 27 Conselhos Regionais de Medicina se posicionaram a favor da autonomia da mulher em caso de interrupção da gestão. Baseado em aspectos éticos, epidemiológicos, sociais e jurídicos, as entidades defendem a manutenção do aborto como crime.
“As entidades entendem que a lei deve rever o rol de situações onde há exclusão de ilicitude [somente nas situações previstas no projeto  da Reforma do Código Penal Brasileiro em tramitação no Congresso Nacional, que a interrupção da gestação não configurará crime]”, ressalta.
Júlio Seabra, presidente do Cremese
Ele explicou que um dos fatores que levou o Conselho Federal de Medicina a defender mudanças no Código Penal, diz respeito ao princípio da justiça. “Isso porque as mulheres de classe média e alta conseguem interromper suas gravidezes com segurança, enquanto as de classe baixa se arriscam e sofrem as conseqüências de abortos [quinta causa da mortalidade materna]”, enfatiza.
Segundo análise dos Conselhos de Medicina, a interrupção da gravidez pode ser adotada sem ilicitude “quando houver risco à vida ou à saúde da gestante; se a gravidez resultar de violação da dignidade sexual ou do emprego não consentido de técnica de reprodução assistida; se for comprovada a anencefalia ou quando o feto padecer de graves e incuráveis anomalias que inviabilizem a vida independente, em ambos os casos atestado por dois médicos e se por vontade da gestante até a 12ª semana de gestação”.
Por Aldaci de Souza

Fonte: Infonet