quinta-feira, 28 de março de 2013

Ataque sofrido pela web foi robusto, mas localizado

Hacker em um teclado luminoso
(Thinkstock)

Um conflito digital entre o grupo inglês Spamhaus, organização sem fins lucrativos que combate o spam na internet, e a companhia holandesa Cyberbunker, especializada na hospedagem de serviços on-line, estremeceu o mundo digital nas últimas semanas. De acordo com informações publicadas na rede britânica BBC desta quarta-feira, um conflito entre as partes provocou uma operação na rede conhecida como ataque de negação de serviço (DDoS) – conhecida por causar o engarrafamento de dados na rede – provocando lentidão no acesso à internet por milhões de usuários ao redor do planeta. A história, contudo, não teve esse desfecho. A operação em destaque foi vigorosa - a maior já registrada na história da rede -, mas restrita a alguns países. Brasileiros conectados, por exemplo, não foram afetados.

Leia também
Infográfico: entenda o que é um ataque de negação de serviço
Microsoft é a mais nova vítima de crackers nos EUA
China condena acusação de envolvimento em ciberataques
Empresa de cibersegurança adverte sobre vírus similar ao Stuxnet


Segundo informações da rede britânica, a organização Spamhaus sofreu uma série de ataques crackers entre os dias 18 e 26 de março depois de adicionar os serviços da Cyberbunker a uma lista de bloqueio de spam, alegando que a companhia holandesa e seus clientes eram uma fonte de mensagens indesejadas e infectadas por vírus. Assim, os usuários não conseguiriam mais acessar sites hospedados no serviço.

A Cyberbunker, por sua vez, emitiu um comunicado oficial acusando a organização de abuso de poder por decidir quais dados poderiam ou não trafegar pela internet. Horas depois, foi iniciado um ataque para derrubar o Spamhaus ação que, segundo o grupo inglês, foi coordenada pelo o próprio Cyberbunker, com a ajuda de crackers. O objetivo era liberar serviços on-line indesejados que usem a internet para distribuir vírus aos usuários de internet.

De acordo com relatório divulgado pela CloudFare, empresa de proteção contra esses ataques – e contratada nos últimos dias pela própria Spamhouse para proteger as operações on-line da companhia –, o ataque apresentou um volume médio de tráfego de 75 gibabits por segundo (Gpbs) e atingiu um pico de 300 Gbps por segundo – em média esses ataques chegam a 50 Gbps por segundo. “Publicamente, é algo sem precedentes na história da internet”, explica Fabio Assolini, analista sênior de malware da Kaspersky Brasil, empresa que atua no desenvolvimento de soluções de segurança e de administração contra ameaças. “O volume corresponde a mais de 300.000 vezes uma conexão de 10 mbps, comum em residências e empresas”, garante.

Apesar da escala grandiosa do ataque, o problema não foi global – e não fez a internet parar. Segundo o CloudFare, apenas uma das mais de dez empresas que fazem parte do Tier 1 – companhias que mantém de fato a internet em funcionamento, como Telefonica, AT&T e Verizon – sofreram problemas de rede. “Esse fato já nos mostra que o problema foi localizado e não global”, explica Assolini. Relatório de monitoramento divulgado nesta semana pela Akamai, empresa americana que presta serviços de infraestrutura web, mostra que Reino Unido, Holanda, Alemanha e Estados Unidos foram os países mais afetados.

Aos usuários – maiores prejudicados nesses conflitos virtuais – há recomendações. “Eles devem se certificar a atualização dos sistemas operacionais de computadores e apresentar um serviço de antivírus para que a máquina não seja usada para esses ataques”, explica Satnam Narang, pesquisador da comunidade de segurança da Norton. "Além disso, evite clicar em links de e-mail com fontes desconhecidas", finaliza.

Fonte: Veja

Globo lança nova programação; foco estará no público, diz diretor

A TV Globo promoveu na noite desta quarta-feira (27) uma festa para divulgar a programação da emissora para 2013. O evento foi realizado em uma casa de shows em São Paulo.

Globo lança nova programação; foco estará no público, diz diretor
27.mar.2013 - Carlos Henrique Schroder comenta rumos da TV Globo em 2013 durante evento em SP

O diretor geral da TV Globo, Carlos Henrique Schroder, foi o responsável por anunciar as novidades para 2013. "Não haverá um lançamento específico que marque a nova programação. Durante o ano todo, novos produtos serão anunciados para surpreender o público", disse.

O evento foi gravado e irá ao ar pela TV Globo nesta quinta-feira após a novela "Salve Jorge", com direção de Boninho. "Queremos dividir a festa de lançamento com o público", afirmou Schroder.

Ao comentar sobre eventos esportivos, Schroder ressaltou a importância da Copa das Confederações para a emissora. "Nós a trataremos como se fosse a Copa do Mundo, vamos lançar mais tecnologia e interação com o telespectador", afirmou o executivo. O ex-jogador Ronaldo Fenômeno também foi anunciado como novo comentarista especial na transmissão da Copa.

As novidades também poderão ser vistas nos celulares e tablets. O diretor-geral citou o cotidiano dos paulistanos para explicar os novos formatos de transmissão, como já acontece no "Globo Esporte". "Percebemos que o paulistano raramente volta para casa para almoçar. Por isso colocamos o programa ao vivo nos aparelhos portáteis".

Ao citar a concorrência com a internet, o diretor demonstrou certo ceticismo. "Criamos produtos na internet para recuperar o público da TV. O caso da novela 'O Astro' é um exemplo. Colocamos o capítulo inteiro na internet, de graça, e percebemos que a audiência na TV não caiu", disse.



O executivo ainda comentou sobre o desejo de trazer mais partes do Brasil para a apreciação do público. "Temos uma necessidade de ter um país mais visível na tela da Globo. É o exemplo da novela Flor do Caribe, que se passa no norte do país."

Novidades
A partir da próxima semana, o público poderá acompanhar a volta das séries "Tapas & Beijos" e "A Grande Família", além dos jornalísticos "Profissão Repórter" e "Globo Mar".

Mas a grande estreia do ano na emissora ficará a cargo de "O Dentista Mascarado". A série estrelada por Marcelo Adnet irá ao ar todas às sextas-feiras, na faixa das 23h. Escrita por Alexandre Machado e Fernanda Young, com direção de José Alvarenga Jr., o elenco de "O Dentista Mascarado" contará também com Leandro Hassum, Taís Araújo, Otávio Augusto, Diogo Vilela e Helena Fernandes.

Quem também trocou a MTV pela emissora carioca foi a humorista Tatá Werneck. Ela interpretará uma mocinha evangélica na nova novela das 21h, "Amor à Vida", de Walcyr Carrasco, que tem estreia prevista para junho, substituindo "Salve Jorge".

Além das contratações, a Globo deve estrear em 2013 as novas temporadas de "Na Moral", programa de debates comandado por Pedro Bial e "Amor & Sexo", de Fernanda Lima.

Contrariando especulações, Schroder revelou que a emissora não pretende alterar a faixa vespertina no curto prazo. "Não haverá alteração no 'Video Show', 'Vale a Pena Ver de Novo' ou 'Malhação'", garantiu.

Mudança de ares
Carlos Henrique Schroder revelou que "levou um susto" ao receber o convite para assumir a direção da Rede Globo. "Em agosto do ano passado o Octavio foi na minha sala e fez uma sondagem. Tomei um susto e fiquei algumas noites sem dormir", revelou.

Schroder, que está na Globo há 28 anos e já havia colaborado com Boni e Marluce Dias, afirmou que tem total liberdade para trabalhar na emissora. "A Globo pulsa talento e jorra criatividade. É uma empresa com liberdade e tranquilidade para fazer as coisas e a equipe está preparada para os desafios do futuro", garantiu.


Fonte: UOL televisão

ONU critica Brasil por 'uso excessivo de privação de liberdade'

As críticas constam de texto divulgado ao fim de uma visita de dez dias do grupo pelo país, a convite do governo brasileiro. No documento, a equipe se disse “seriamente preocupada” com o uso da privação de liberdade no Brasil.
O governo brasileiro não se pronunciou sobre as críticas.
"O Brasil tem uma das maiores populações de prisioneiros do mundo, com mais de 550 mil pessoas na prisão. O que é mais preocupante é que cerca de 217 mil detidos aguardam julgamento em prisão preventiva."
Segundo os peritos, prender acusados ou condenados por crimes é a punição mais usada no país, embora o Brasil seja signatário de acordos internacionais que fornecem proteção contra a privação arbitrária de liberdade.
O grupo elogiou as alterações no Código de Processo Penal em 2011, que tratam a prisão preventiva como o último recurso aos que cometeram crimes com pena de prisão inferior a quatro anos.
Os especialistas consideraram positivas, ainda, mudanças na Lei de Execução Penal que reduzem sentenças de prisioneiros que busquem educação.
No entanto, a equipe observou uma "tendência preocupante" de que a privação de liberdade está sendo usada como primeiro recurso, em vez de último. O grupo alertou ainda para o aumento de 33% na proporção de indígenas presos em relação à população carcerária geral nos últimos anos.
“O grupo de trabalho também foi informado que as pessoas indígenas foram muitas vezes discriminadas tanto em relação a medidas preventivas aplicadas quanto em relação à punição imposta, o que muitas vezes envolveu uma prisão dura.”
A equipe, que visitou centros de detenção em Brasília, Campo Grande, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo, diz ter encontrado pessoas presas em razão de infrações leves, que deveriam ter sido punidas com medidas alternativas.
Os especialistas condenaram ainda as dificuldades para que brasileiros pobres tenham assistência jurídica. Segundo o grupo, boa parte da população carcerária no país não tem condições de pagar advogados, dependendo de defensores públicos.
No entanto, o documento diz que o número de defensores no país é inadequado. Há inclusive Estados – como Santa Catarina, Paraná e Goiás – onde não há nenhum defensor público.
“A sobrecarga de trabalho dos defensores públicos também é um problema crítico”, afirma o grupo, que cita casos em que profissionais lidam com até 800 casos ao mesmo tempo.
“Mesmo em Estados onde há um sistema de defensoria pública, muitas vezes as áreas rurais ou do interior não têm defensores públicos atendendo as pessoas em detenção.”
O longo período que antecede o julgamento de acusados no Brasil foi outro problema apontado pelos especialistas, que citam casos de presos que esperam por julgamento há anos.
A equipe da ONU expressou ainda preocupações com prisões de dependentes de drogas. “O grupo de trabalho está seriamente preocupado com a informação de que estas medidas também são fortemente aplicadas devido a futuros grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 que o Brasil sediará”.
Na visita, a delegação se reuniu com as autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário nas esferas federal e estadual e com organizações da sociedade civil.
O grupo, integrado pelo chileno Roberto Garretón e pelo ucraniano Vladimir Tochilovsky, foi acompanhado por equipe do Escritório da ONU do Alto Comissariado para os Direitos Humanos em Genebra.
A visita gerará um relatório, a ser apresentado ao Conselho de Direitos Humanos da ONU em 2014.
Contatado pela BBC Brasil, o Ministério da Justiça não comentou as críticas da delegação da ONU.

Fonte: BBC

Papa lava pés de detentos em cerimônia em prisão de Roma

O papa Francisco celebrou nesta quinta-feira uma cerimônia de Páscoa inédita em uma prisão de Roma, onde lavou os pés de detentos, incluindo jovens mulheres, indicou a Rádio Vaticano.

Mantendo a cerimônia da época em que era arcebispo de Buenos Aires, o Papa argentino celebrou a última ceia de Cristo e seus discípulos com o tradicional lava-pés de pessoas humildes e em dificuldade, em uma cerimônia que não foi transmitida ao vivo pela televisão.

"Quem está no ponto mais alto deve servir aos outros", disse o Papa, que preside pela primeira vez como pontífice os tradicionais ritos da Semana Santa.

"Isto é um símbolo e um gesto: lavar os pés quer dizer que estou a seu serviço", explicou o novo Papa a um grupo de cerca de 50 detentos de várias nacionalidades que participaram da missa.

Foto divulgada pelo jornal L'Osservatore Romano mostra o papa Francisco lavando os pés de detentos da prisão Casal del Marmo, em Roma Foto: AP
"Pensem que com esta cerimônia de lava-pés você mostra que está disposto a ajudar os demais. Pensem que é como um carinho de Jesus, porque veio para isso, para nos ajudar", disse o pontífice, que lavou os pés de 12 jovens, entre eles duas meninas, uma católica e uma muçulmana.

A cerimônia foi acompanhada por cantos e música de violão e transmitida apenas pela emissora do Vaticano para proteger os detentos.

Os demais ritos da Semana Santa serão realizados segundo a tradição. O Papa participará também da Via Crucis em torno do Coliseu romano na sexta-feira à noite, que deve ser transmitida ao vivo por diversas redes de televisão de vários países.

Fonte: Terra

Ataque a faculdade de arquitetura provoca mortes e dezenas de feridos em Damasco

Marcas de destruição na cafeteria da Universidade de Arquitetura de Damasco, vítima de um ataque a bomba
Pelo menos 12 estudantes morreram e outros ficaram feridos nesta quinta-feira (28/03) devido a explosões de várias bombas contra a sede da Faculdade de Arquitetura em Damasco, informou a agência de notícias oficial síria Sana. As forças do governo atribuíram o ataque a grupos "terroristas", termo com o qual se refere às forças de oposição, que ocupam parte do país e lutam para derrubar o regime do presidente Bashar al Assad.

Segundo a agência, dois projéteis caíram sobre a cafeteria do edifício, causando também grandes danos materiais. Nenhum grupo assumiu a autoria do ataque, que ocorreu dois dias depois dos rebeldes terem lançado uma barragem de morteiros contra Damasco, que terminou com a morte de pelo menos três pessoas e feriu dezenas.

A emissora estatal Al-Ikhbariya mostrou imagens de mesas e cadeiras plásticas reviradas, vidro quebrado e livros e canetas espalhados pelo chão. Poças de sangue eram vistas no chão da cantina, além de um grande buraco no teto que cobria a cafeteria.


A Sana acrescentou que outros dois homens foram mortos por disparos de "terroristas" a um microônibus que passava em frente a um complexo residencial da polícia na região de Yaidat Artuz, situada na periferia da capital.

Estas informações não puderam ser verificadas de forma independente devido às restrições impostas pelas autoridades sírias aos jornalistas.

O grupo Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, sediado em Londres, confirmou o ataque e informou que vários dos feridos estão em estado grave.

Pelo menos 70 mil pessoas morreram nos dois anos de guerra civil na Síria, de acordo com o mais recente boletim da ONU. Os rebeldes, por sua vez, começam a entrar em confronto com forças do governo nas regiões Leste e Sul da capital.

(*) com agências de notícias internacionais

Kirsten Dunst sobre beijar Brad Pitt: 'Nojento'

Kirsten Dunst em "Entrevista com o Vampiro" (Divulgação
Kirsten Dunst em "Entrevista com o Vampiro"

Em entrevista para a revista Bullet de abril, Kirsten Dunst falou sobre seu beijo em Brad Pitt no filme Entrevista com o Vampiro (1994). Ela tinha 12 anos na época.
“Todo mundo na época ficava nessa: 'Você é tão sortuda, você beijou Brad Pitt', mas eu achei nojento. Eu não beijei mais ninguém até os 16 anos, eu acho. Tive um início tardio", disse a atriz.
O primeiro beijo foi traumático para Dunst, mas ela lembra com carinho do ator. “Eu me lembro que Brad assistia muitos episódios de Real World (reality show da MTV). Ele tinha um cabelo longo. Ele era apenas um hippie legal”.
No fim, minimizou: "Foi apenas um beijo".

Fonte: Vírgula U.O.L.

STJ nega pedido de liberdade para ex-juiz Nicolau

O ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) Og Fernandes negou nesta quarta-feira o pedido de liberdade para o ex-juiz Nicolau dos Santos Neto. A decisão é em caráter liminar e o mérito da solicitação será julgado pela sexta turma do STJ. Ontem, a defesa do ex-magistrado entrou com habeas-corpus para solicitar o retorno dele à prisão domiciliar.
Nicolau, condenado por desvios de dinheiro das obras do Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de São Paulo, está preso desde a noite desta segunda na carceragem da Polícia Federal na capital paulista, após ter a prisão domiciliar revogada.
Se não conseguir habeas-corpus, Nicolau passara, ao menos, a Páscoa na cadeia
Se não conseguir habeas-corpus, Nicolau passara, ao menos, a Páscoa na cadeia
No entender do ministro do STJ, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), ao decidir pela prisão do condenado, “agiu dentro das possibilidades legalmente admitidas, diante do que considerou comportamento desviante do paciente – que se transmudou em fiscal do fiscal, no cumprimento da prisão domiciliar – possível de comprometer a eficácia da atividade processual”.
No habeas-corpus, a defesa do ex-juiz pedia o restabelecimento de sua prisão domicilia e apontou prescrição do caso e ausência dos requisitos da prisão cautelar previstos nos artigo 312 do Código de Processo Penal (CPP). Ao solicitar o retorno de Nicolau à prisão domiciliar, a defesa sustentou também que havia o direito de progressão de regime prisional e pediu a aplicação do princípio da inocência, uma vez que a condenação não transitou em julgado, ou seja, não foram esgotadas todas as possibilidades de recurso.
Para o ministro, a revogação da prisão domiciliar ocorreu devido à identificação de fatos que dizem respeito diretamente à prisão domiciliar então usufruída pelo ex-juiz. "Cuja relevância, em sede de juízo preliminar, não pode ser ignorada", afirmou Og Fernandes, referindo-se à instalação de câmeras de vigilância para o monitoramento dos agentes policiais encarregados de sua fiscalização.
O relator destacou, também, a constatação por perícia médica oficial, realizada por determinação do Juízo das Execuções, da melhora na saúde do ex-magistrado, concluindo não mais se justificar a manutenção de prisão domiciliar e os cuidados expostos pela decisão do TRF3 de inserir o condenado em condições "adequadas a sua peculiar situação pessoal (pessoa com mais de oitenta anos de idade)", ou transferido para "hospital penitenciário que possibilite adequado tratamento de saúde, caso necessário”.

Fonte: Jornal do Brasil

Lindsay Lohan chega a São Paulo e é muito assediada em aeroporto

Ela já está entre nós! Lindsay Lohan desembarcou no aeroporto internacional de Guarulhos, em São Paulo, na manhã desta quinta-feira, 28, e causou muito tumulto no local. Cercada de seguranças, ela demonstrou simpatia ao dar tchauzinho para os fãs e a imprensa que a aguardava e não tirou o sorriso do rosto nem quando a confusão aumentou. Em seu perfil no Twitter, a atriz avisou aos seguidores que tinha acabado de chegar ao Brasil e elogiou o país: "Just landed in #Brazil! So beautiful".
Lindsay está com a agenda cheia de compromissos durante sua passagem pela cidade. À convite da marca John John, a atriz participará de eventos em lojas e uma festa na capital paulista, além de uma viagem para Florianópolis. Ela embarcou em Los Angeles, nos Estados Unidos, rumo ao Brasil na noite desta terça-feira, 27, acompanhada de seu segurança particular.

Lindsay Lohan posta no twitter vinda ao Brasil (Foto: Reprodução / Twitter) 
Lindsay posta mensagem ao chegar ao país

A passagem de Lohan pelo país acontece em meio à conturbada situação perante à Justiça. Na semana passada, ela foi condenada pelo acidente envolvendo seu carro, no ano passado. Segundo a atual sentença, a atriz corre o risco de ficar confinada em uma clínica de reabilitação por 90 dias. Mas segundo o site "TMZ", não existe nenhuma clínica nos Estados Unidos, que possa prender o paciente contra sua vontade.

Ainda nesta semana, LiLo participou da gravação da série "Anger Management", que tem no elenco, o ator Charlie Sheen. No Instagram, o ator Aldo Gonzalez, que também participou do episódio, compartilhou o registro das filmagens da cena em uma prisão.

Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News) 
Fã se emociona ao tocar Lindsay (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)A
 atriz mostrou muita simpatia apesar do assédio intenso (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)Lindsay sai do desembarque dando tchauzinho para os fotógrafos (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)Seguranças tentam conter os fãs (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News) 
O tumulto foi grande (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News) 
Os seguranças tiveram que cercar bem o cerco sobre a atriz (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)Lindsay faz cara de surpresa com confusão (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News) 
Mas não tirou o sorriso do rosto (Foto: Manuela Scarpa e Marcos Ribas /Foto Rio News)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Francisco Cepeda e Leo Franco  / AgNews)Atriz deixa o saguão e fãs e fotógrafos correm para acompanhá-la (Foto: Francisco Cepeda e Leo Franco / AgNews)
Lindsay Lohan em SP (Foto: Francisco Cepeda e Leo Franco  / AgNews)Lindsay no carro (Foto: Francisco Cepeda e Leo Franco / AgNews)

Banda LEGIÃO URBANA COVER FOREVER se apresenta em Ji-Paraná

Por Hudson Calandrelli

A noite desta quinta-feira será uma boa oportunidade  para curtir canções marcantes de um dos maiores artistas da música brasileira. A banda Legião Urbana Cover Forever de Blumenal (SC), se apresenta na Imperium Clube no evento Tributo Renato Russo.

 O estudante Igor Balan, 25 anos, é fã incondicional de Legião Urbana e comemora o evento especial em Ji-Paraná. “Chegou o dia de curtir música de qualidade! As canções de Renato Russo retratam o nosso dia a dia e a forma como a gente vive”, destacou.

O proprietário da Imperium Clube, César Manes, destacou ao RUL, que a ideia do evento surgiu para atender a reinvindicação de fãs de Renato Russo. “Procuramos atender todos os gostos musicais e esse evento é um pedido antigo dos fãs de Legião Urbana”, disso o proprietário da boate. 

Fonte: Rondônia Dinamica

Defesa de Lalau quer que STJ reavalie pedido de liberdade do ex-juiz

SÃO PAULO - A defesa do ex-juiz Nicolau dos Santos Neto - o Lalau - vai recorrer da decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), que negou o pedido do habeas corpus para a soltura do ex-magistrado. Lalau está preso na Superintendência da Polícia Federal em São Paulo desde segunda-feira. Antes de voltar ao regime fechado no começo da semana, ele cumpria a pena em casa.


O advogado de Lalau, Francisco de Assis Pereira, disse que fundamenta novo recurso questionando a determinação do ministro do STJ, Og Fernandes, por ter tomado uma decisão com base numa falta grave que ainda não teve trânsito em julgado.
"Nosso recurso é uma espécie de pedido de reconsideração do habeas corpus. O STJ decidiu se baseando numa falta grave (cometida pelo ex-juiz) que ainda não foi transitada em julgada. Isso não pode", afirmou Pereira.
Para Fernandes, a revogação da prisão domiciliar determinada pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF) se deveu à identificação de fatos que dizem respeito diretamente à prisão domiciliar então usufruída pelo ex-juiz, ou seja, em referência à instalação de câmeras de vigilância para o monitoramento dos agentes policiais encarregados de sua fiscalização. O caso foi revelado pelo Estado.
Fernandes destacou que Lalau inverteu a lógica de vigilância estatal no cerceamento da liberdade, ao passar a vigiar o encarcerador.
O ex-magistrado foi condenado pelo desvio de R$ 169 milhões da obra de construção do Fórum Trabalhista de São Paulo.

Fonte: Jornal Dia Dia

Internado com infecção pulmonar, Mandela "está consciente", diz porta-voz

EFE

O ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, internado por uma recaída de sua infecção pulmonar, "está consciente", disse nesta quinta-feira (28) o porta-voz do governo do país, Mac Maharaj, citado pela agência de notícias "Sapa".
Maharaj declarou que Mandela, de 94 anos, também estava consciente no momento de sua internação. Segundo o porta-voz presidencial, "os médicos agiram com a maior prudência e responsabilidade" e, devido à sua idade avançada e histórico médico, decidiram hospitalizá-lo.
Além disso, Maharaj afirmou que as infecções sempre se propagam rapidamente e que o caso de Mandela não é uma exceção. Apesar de a presidência sul-africana não ter divulgado em qual hospital o ex-presidente foi internado, vários profissionais de imprensa permanecem em frente ao Hospital Militar de Pretória, onde especula-se que ele esteja.

Após ser internado para fazer exames, Nelson Mandela passa a noite em hospital
Nelson Mandela passa por uma cirurgia com sucesso neste sábado (15)

O presidente sul-africano, Jacob Zuma, desejou a 'Madiba' (nome do clã de Mandela em língua xhosa e como ele é carinhosamente chamado na África do Sul) uma rápida recuperação e pediu "aos sul-africanos e ao mundo" que rezassem "por Mandela e sua família". Além disso, Zuma pediu respeito à "intimidade" de Mandela para "deixar que os médicos façam seu trabalho".
A internação de ontem à noite é a quinta de Mandela em pouco mais de dois anos. 'Madiba', que durante 67 anos lutou contra o sistema racista do "apartheid" imposto pela minoria branca na África do Sul, sofre problemas respiratórios surgidos durante seus 27 anos de prisão por parte do antigo regime.
Mandela foi hospitalizado no último dia 9 de março para ser submetido a exames médicos de rotina e teve resultados satisfatórios. O prêmio Nobel da Paz de 1993 foi operado em dezembro do ano passado por causa de cálculos na vesícula e recebeu tratamento devido a complicações respiratórias, passando mais de duas semanas no hospital. Sua última aparição pública aconteceu na cerimônia de encerramento da Copa do Mundo de futebol de 2010, realizada na África do Sul.

Fonte: R7

Maior ciberataque afeta internet

Segundo especialistas de segurança, a internet ficou mais lenta nesta quarta-feira (27) em todo o mundo devido ao maior ciberataque da história. De acordo com a BBC, o grupo europeu de combate ao Spam, o Spamhaus, que mantém escritórios em Londres e Genebra, acusa a empresa holandesa de serviços de data center Cyberbunker pelo ataque hacker.
Os cibercriminosos usaram a tática de Negação Distribuída de Serviço (DDoS), que inundam o Domain Name System (DNS) com tráfego vindo de servidores de inúmeras partes do mundo. A ação impactou diversos serviços, como Netflix, e pode causar problemas em bancos e serviços de e-mail.
O objetivo da organização sem fins lucrativos é ajudar provedores de e-mail a filtrar spams e outros conteúdos indesejados. Recentemente, o Spamhaus bloqueou servidores mantidos pelo Cyberbunker, que abriga sites de qualquer natureza, com qualquer conteúdo, com exceção de pornografia ou material relacionado a terrorismo.
Em declarações para o jornal New York Times, o ativista Sven Olaf Kamphuis, revelou que o ataque era uma retaliação pelo abuso de influência atribuído à Spamhaus e não deveria ser autorizada a decidir "o que acontece e o que não acontece na internet". Já a Spamhaus acusa a Cyberbunker de estar por trás dos ataques, em cooperação com "gangues criminosas" do Leste da Europa e da Rússia.
Em entrevista à BBC, Steve Linford, executivo-chefe da Spamhaus, alega que há uma semana a organização vem sofrendo ataques cibernéticos. "Mas estamos funcionando, nossos engenheiros estão fazendo um trabalho imenso para manter-nos de pé. Este tipo de ataque derruba praticamente qualquer coisa", aponta. Segundo o executivo, cinco polícias cibernéticas no mundo estão investigando o caso.
*Com informações da BBC Brasil