sexta-feira, 14 de junho de 2013

Novo Airbus 350 faz primeiro voo

O novo avião A350 fez ontem o seu primeiro voo de teste, que teve a duração de quatro horas. Às 09h00 (hora portuguesa), o aparelho da Airbus descolou do aeroporto de Toulouse-Blagnac, em França, com seis pessoas a bordo. Aos comandos, seguiam dois pilotos – um francês e um britânico. Com capacidade para voar até 15 mil quilómetros sem escalas e com um máximo de 350 lugares, o aparelho da Airbus visa competir com o Dreamliner, da Boeing, nos voos de longo curso.

O aparelho descolou perante o olhar de 10 mil funcionários

O avião levantou da pista ‘Concorde’, perante o olhar de mais de 10 mil funcionários da Airbus, e voou durante quatro horas, sobre o sudoeste francês e o oceano Atlântico, antes de voltar a Toulouse, completando com sucesso a sua primeira viagem. O aparelho, com duas turbinas, foi construído com materiais 50 por cento mais leves do que os anteriores compostos. Foram necessários oito anos para desenvolver o avião, com custos superiores a 11 mil milhões de euros, devendo entrar em circulação até ao final de 2014. Já foram feitas mais de 600 encomendas por companhias de todo o Mundo, incluindo da portuguesa TAP.

Fonte: CM Jornal

Internacional – Radialista Australiano é suspenso por dizer que companheiro de primeira-ministra é homossexual

Julia Gilliard e seu companheiro Tim Mathieson
Julia Gilliard e seu companheiro Tim Mathieson

Um radialista australiano foi suspenso após perguntar com insistência à primeira-ministra Julia Gilliard se seu companheiro Tim Mathieson é homossexual.
Howard Sattler, um radialista conhecido por seu estilo direto e irreverente, perguntou à primeira-ministra se seu companheiro é homossexual, como dizem os boatos.
Segundo o radialista, Mathieson, companheiro de Gillard há sete anos, é conhecido na Austrália como o “Primeiro Tio” e “deve ser homossexual porque era cabeleireiro”.
“Tim é gay? Não fui eu que disse, isto é uma lenda?” – perguntou o radialista à primeira-ministra.
“Isto é ridículo”, respondeu Gillard, que conheceu Mathieson num salão de beleza de Melbourne antes de se tornar primeira-ministra.
Diante da resposta, o radialista continuou a insistir em chamar Mathieson de homossexual, o que irritou profundamente a primeira-ministra.
A direção da rádio emitiu posteriormente um comunicado anunciando a suspensão de Sattler e um pedido de desculpas a Gillard e seu companheiro.
Com informações de Agências Internacionais e Angop

Fonte: Portal Bragança

"De que Lado Você Samba?"

  • Reprodução | Facebook
    Jornalista Giuliana Valloni escreve depoimento sobre tiro que levou
A jornalista Giuliana Valloni, da Folha de S. Paulo, foi alvejada a queima roupa com um tiro de bala de borracha no olho dado pela PM nesta quinta-feira, 13, nas manifestações. Ela escreveu e divulgou o depoimento a seguir:
"Queridos,
Em primeiro lugar, gostaria de agradecer a todas as manifestações de carinho e preocupação recebidas dos amigos e também de pessoas que não tive a oportunidade de conhecer. Vocês são incríveis.
Agora, o boletim médico: passei a noite no hospital em observação. A tomografia mostrou que não há fraturas nem danos neurológicos. A maior preocupação era o comprometimento do meu olho, que sofreu uma hemorragia por causa da pancada. Felizmente, meu globo ocular não aparenta nenhum dano. E agora, ao acordar, percebi a coisa mais incrível: já consigo enxergar com o olho afetado, o que não acontecia quando cheguei aqui. Fora isso, estou muito inchada e tomei alguns pontos na pálpebra.
Sobre o aconteceu: já tinha saído da zona de conflito principal --na Consolação, em que já havia sido ameaçada por um policial por estar filmando a violência-- quando fui atingida. Estava na Augusta com pouquíssimos manifestantes na rua. Tentei ajudar uma mulher perdida no meio do caos e coloquei ela dentro de um estacionamento. O Choque havia voltado ao caminhão que os transportava. Fui checar se tinham ido embora quando eles desceram de novo. Não vi nenhuma manifestação violenta ao meu redor, não me manifestei de nenhuma forma contra os policiais, estava usando a identificação da Folha e nem sequer estava gravando a cena. Vi o policial mirar em mim e no querido colega Leandro Machado e atirar. Tomei um tiro na cara. O médico disse que os meus óculos possivelmente salvaram meu olho.
Cobri os dois protestos nesta semana. Não me arrependo nem um pouco de participar desta cobertura (embora minha família vá pirar com essa afirmação). Acho que o que aconteceu comigo, outros jornalistas e manifestantes, mostra que existem, sim, um lado certo e um errado nessa história. De que lado você samba?"

Fonte: Portal A TARDE

Novo hit brasileiro: “Desculpe, não sei onde fica”

“Desculpe, não sei onde fica”  promete ser o novo hit brasileiro em 2013.
A frase chiclete já estourou em Brasília, sede da abertura da Copa das Confederações, e agora vai se espalhar por outras cinco capitais: Salvador, Recife, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Fortaleza.
Os responsáveis pela passagem de som são os voluntários da Copa, que, contraditoriamente, não sabem informar nada sobre o evento.
- Onde ficam os banheiros? “Desculpe, não sei onde fica”.
- E o centro de mídia? “Desculpe, não sei onde fica”
- Como é seu nome? “Desculpe, não sei onde fica”
Se ao menos tivessem senso de humor, poderiam mandar um: “melhor você perguntar lá no posto Ypiranga”…

Fonte: Diário da Copa

"País tem robustez fiscal e inflação não sai do controle"

Roberto Stuckert Filho / Presidência República
Dilma Rouseff durante cerimônia de assinatura de contrato para construção e operação do veículo leve sobre trilhos (VLT)
O termo de compromisso prevê que a Caixa repasse recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade para obras civis de implantação do veículo leve sobre trilhos (VLT) na região portuária e no centro da cidade

Rio de Janeiro – A presidente Dilma Rousseff reafirmou hoje (14) que a inflação está sob controle no Brasil. "O país tem robustez fiscal e estabilidade inflacionária, ou seja, nós temos a inflação sob controle. A inflação não sai do nosso controle", disse Dilma durante cerimônia de assinatura de termo de compromisso entre a Caixa Econômica Federal e o município do Rio.
"Nós somos um país com capacidade de investimento. Temos todas as condições de investir e, ao mesmo tempo, fazer programas sociais", acrescentou a presidente em solenidade no canteiro de obras do Túnel da Saúde, na zona portuária do Rio. O termo de compromisso prevê que a Caixa repasse recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Mobilidade para obras civis de implantação do veículo leve sobre trilhos (VLT) na região portuária e no centro da cidade.
O ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro, disse que a obra é a primeira parceria público-privada (PPP) na área de mobilidade urbana.
O prefeito do Rio, Eduardo Paes, lembrou que a área onde o túnel está sendo construído é histórica para a cidade. "Aqui tem o Cais da Imperatriz. Tem o Cais do Valongo, aonde chegavam os escravos", ressaltou Paes.
Ao comentar a declaração de Paes, a presidente se disse entusiasmada por apoiar as obras de implantação do VLT da região, porque o transporte resgata o centro do Rio para a população. "Este é o começo do Brasil. Aqui nasceu o Brasil na sua dimensão nacional. Por isso, o Rio sempre foi a cidade do coração de todos os brasileiros", acrescentou. Segundo Dilma, tais obras "vão dar acesso ao Brasil".
O VLT ligará a zona portuária ao centro da cidade e ao Aeroporto Santos Dumont. O orçamento do projeto prevê gastos de R$ 1,2 bilhão. Estão previstas seis linhas e 42 estações, em locais como a Rodoviária Novo Rio, a Central do Brasil e a região das barcas na Praça XV. Ao todo, serão 28 quilômetros de vias.
O projeto integra vários tipos de transporte, como metrô, trens metropolitanos, barcas, BRT (sigla em inglês para trânsito rápido de ônibus) e rede de ônibus convencionais ao Aeroporto Santos Dumont. De acordo com o prefeito, a tarifa poderá ser paga apenas uma vez. "Poderá ser usado o bilhete único carioca. A pessoa poderá sair de Niterói de barca e chegar ao centro ou à zona Portuária do Rio com apenas um bilhete."
Pelos dados da Prefeitura, quando todas as linhas estiverem em operação, a capacidade do sistema chegará a 285 mil passageiros por dia.

Fonte: Exame

Isabeli Fontana posta foto de calcinha e sutiã nas redes sociais

A top brasileira Isabeli Fontana postou no Instagram nesta sexta-feira (14) duas fotos em que ela aparece vestindo apenas roupas íntimas: calcinha e sutiã. As imagens fazem parte de um ensaio fotográfico para uma coleção de uma grife de lingerie.

Modelo vestiu conjuntos joviais e estampados Foto: Instagram / Reprodução
Modelo vestiu conjuntos joviais e estampados



A modelo, que apareceu com com modelos joviais e estampados, escreveu na legenda da foto: "Fresquinha a nova coleção @uninlingerie. Com novíssima modelagem, veste lindamente sexy femme fatale total". 

Fonte: Terra

"Fazia muito sexo com cocaína", diz Alexandre Frota

O ator Alexandre Frota conta em sua biografia "Identidade Frota: a estrela e a escuridão", que será lançada em outubro, que cocaína o ajudava nas relações sexuais. "Usei cocaína por 13 anos. Para mim, ao contrário dos outros homens, era a droga do sexo. Fazia muito sexo com cocaína", disse o ator, em entrevista ao site Ego sobre o livro. Ele afirmou ainda que, para aproveitar melhor os resultados da droga, trancava-se em um hotel ou em casa com uma mulher e usava a substância.
Frota conta que também usou ecstasy e maconha. Na entrevista, ele destacou que tentou parar várias vezes, mas acabava voltando para o vício até que deixou de usar totalmente.

  • Divulgação
    Frota fala sobre vício e romances em biografia

"É uma experiência deprimente, degradante, onde você perde a noção de tudo. Grita em silêncio: por favor, me ajudem! A escuridão te cerca. É uma mistura de agonia, decadência, ilusão. É difícil ter que olhar para dentro de você. Falo sobre isso abertamente no livro, sem querer dar aula ou ser exemplo", afirmou.
Na biografia, Frota também fala do seu romance com Cláudia Raia: "Claudia tem uma importância ímpar na minha vida. Foi um grande amor, é uma grande mulher, divertida, inteligente. Vivemos uma grande história de amor com todos os ingredientes para um roteiro. Sobrevivemos a tudo numa época difícil. Claudia até hoje tem uma coisa muito forte comigo".
Outro romance do ator, como a jornalista e apresentadora Marília Gabriela, também ganha espaço no livro: "Marília é minha amiga. Divertida, inteligente, gosto muito dela. Sempre que nos encontramos, conversamos e rimos muito. Ficamos juntos uma vez só. Contei a história no livro porque ela é uma das mulheres importantes da minha vida".
Além de sua versão sobre sua vida, a biografia também traz depoimentos de pessoas que participaram da vida do artista.

Fonte: Portal A Tarde