sexta-feira, 19 de julho de 2013

Vice dos EUA liga para Dilma para explicar espionagem

O vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ligou na noite desta sexta-feira para a presidente Dilma Rousseff para dar mais explicações sobre o caso de monitoramento e espionagem de cidadãos e instituições brasileiras pela Agência de Segurança Nacional (NSA, na sigla em inglês). Biden repetiu o convite para que uma comissão brasileira vá a Washington receber mais explicações técnicas e políticas sobre o caso, e a presidente aceitou.
Não está definido, no entanto, quem irá e quando será feita essa visita. O convite já havia sido feito pelo embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, mas o governo brasileiro não havia decidido se iria aceitar. Não se sabe ainda se o grupo será em nível ministerial ou técnico, mas deverão participar representantes dos ministérios das Relações Exteriores, Justiça, Defesa e possivelmente do Gabinete de Segurança Institucional.
A conversa, de cerca de 25 minutos, foi cordial, de acordo com a ministra da Comunicação Social, Helena Chagas, mas também inclui cobranças duras por parte da presidente. Dilma expressou “grande preocupação” com a violação da privacidade de brasileiros e de instituições do País e afirmou que espera “mudanças de políticas para não haver um novo risco de violação da privacidade”.
A presidente ainda disse a Biden que o Brasil ainda espera mais esclarecimentos porque a violação foi além do governo, mas envolveu o povo, as instituições e a sociedade brasileira. “Em nome da segurança não se pode infringir a privacidade das cidades e a soberania de um país”, disse a presidente, ainda de acordo com Helena Chagas. Biden aproveitou o telefonema para comentar a visita de Estado aos Estados Unidos, marcada para outubro deste ano.
Repetiu que a relação com o Brasil é “muito importante” e que espera que o “incidente”, como chamou o caso de espionagem, esteja superado na época da viagem. Apesar das seguidas conversas com o embaixador, o governo brasileiro ainda reclama da falta de esclarecimentos por parte dos americanos. Na última segunda-feira, o chanceler Antonio Patriota deixou claro em entrevista que as explicações eram “insuficientes”. Até agora, no entanto, os americanos não se dispuseram a abrir seus segredos técnicos para mostrar ao governo brasileiro exatamente que tipo de monitoramento estava sendo feito.

Fonte: Correio da Bahia

Fernanda Souza agradece fãs de Thiaguinho e diz: "Deus no comando"

Na rede social Instagram, a atriz Fernanda Souza agradeceu o apoio dos fãs do noivo Thiaguinho, internado desde a manhã desta quinta-feira (18) com quadro de pneumopatia no hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

Cantor Thiaguinho foi internado na manhã de quinta-feira (18) com problemas no pulmão Foto: Vinicius Eduardo  / AgNews
Cantor Thiaguinho foi internado na manhã de quinta-feira (18) com problemas no pulmão



“Muito obrigada! Deus no comando!", escreveu ela ao publicar um comunicado informando que: “Thiaguinho já fez o procedimento médico e está tudo bem. Neste momento ele está em repouso no quarto do hospital. Obrigado pelas manifestações de carinho”.


​Segundo boletim médico, o pagodeiro foi diagnosticado com pneumopatia, uma espécie de doença pulmonar, e não tem previsão de alta. Ainda de acordo com o boletim, o estado geral do paciente é bom.

A assessoria do cantor informou que os shows agendados serão suspensos temporariamente para o tratamento de saúde.

Fonte: TERRA

Câmara paga R$ 28 mil por jantar de confraternização do PMDB

Nota de jantar realizado na residência oficial da câmara dos deputados
Nota de jantar realizado na residência oficial da câmara dos deputados (Reprodução)

A presidência da Câmara dos Deputados desembolsou 28 400 reais para bancar um jantar de confraternização da bancada do PMDB, na noite desta terça-feira, na residência oficial do presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

A nota de empenho emitida pela Câmara especifica que o jantar seria servido para oitenta pessoas - exatamente o número de integrantes da bancada do PMDB -, o que corresponde a 355 reais por cabeça. A nota, obtida pela ONG Contas Abertas, mostra que o dinheiro foi gasto a título de "Suprimentos de Fundos", rubrica destinada a despesas urgentes, quando não há tempo hábil para efetuar concorrências públicas.

A responsável pela despesa foi Bernadette Maria França Amaral Soares, funcionária da presidência da Câmara e administradora da residência oficial de Alves. O salário dela é de cerca de 30 000 reais mensais. O registro do pagamento exibe a seguinte justificativa: "Concessão de suprimento de fundos para atender despesas relativas à contratação de serviços destinados à realização de jantar no dia 16.07.2013, na residência oficial da Câmara dos Deputados, para um público estimado de oitenta pessoas, a pedido do gabinete do presidente".

"Foi um jantar social de fim de semestre", disse o líder da bancada, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sobre o evento partidário - que poderia, nesse caso, ter sido custeado pelo partido.

O cardápio incluiu camarão e queijo brie ao molho de caramelo, além de champanhe. Segundo relatos de deputados que foram ao jantar, na confraternização de fim de semestre foram discutidos temas políticos, como a reforma política e a proposta do partido de redução no número de ministérios.

A assessoria do presidente da Câmara informou que ele dispõe de cozinheiros na residência oficial, mas que, em eventos maiores, a administração do local recorre ao serviço de terceiros. Ainda segundo a presidência da Casa, os 28 400 reais foram pagos a Bernadette como adiantamento para a funcionária bancar as despesas com o jantar.
A equipe do peemedebista disse ainda que o valor pago inclui decoração e o aluguel de mesas e cadeiras, e que fez uma cotação de preços antes de contratar a empresa que executou o serviço - cujo nome não foi divulgado. Segundo a assessoria, o jantar foi um evento para "avaliação" das atividades da bancada.

Fonte: VEJA

Homem entra em coma após levar choque de iPhone que estava carregando


Da Redação
Mais um caso envolvendo um iPhone e acidentes, chamou a atenção de todo o mundo. A vítima desta vez é Wu Jiantong, um homem de Pequim, na China. O dono do smartphone acabou sendo eletrocutado ao tocar no seu celular enquanto estava carregando, e está em coma.
De acordo com o jornal 'China Daily', Wu Jiantong está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital chinês. A irmã do rapaz informou o que aconteceu. "Estava de costas e, de repente, ouvi ele gritar. Quando me virei, ele já estava no chão se contorcendo", relatou.
O homem, que está sendo submetido a tratamento há uma semana, segue em coma e respira com ajuda de aparelhos.

A polícia que investiga o caso descobriu que o carregador do celular da vítima não era original da Apple e que isso pode ter ocasionado a descarga elétrica. 
Esta não é a primeira vez que um chinês passa por esse tipo de situação. A menos de um mês, uma jovem chinesa de 23 anos morreu na província de Xinjiang após sofrer um forte choque ao tocar no seu iphone, que estava carregando.

Apple se pronuncia

Ao saber dos últimos acontecimentos, a Apple enviou uma nota à imprensa, onde lamenta os ocorridos. "Nós estamos muito tristes com o infeliz incidente. Transmitimos nossas condolências à família", declarou a empresa.

Cabral anuncia comissão para investigar incidentes

Rio - Dois dias após a depredação do Leblon e Ipanema por manifestantes que protestavam perto da rua onde mora, o governador do Rio, Sérgio Cabral Filho (PMDB), apareceu publicamente nesta sexta-feira, pela primeira vez, para, em 14 minutos, anunciar a criação de uma comissão para investigar os incidentes.
Decreto editado nesta sexta-feira por Cabral instituiu a Comissão Especial de Investigação dos Atos de Vandalismo em Manifestações Públicas (Ceiv), formada por Ministério Público, Polícias Civil e Militar e Secretaria de Segurança, mais de um mês após o início dos quebra-quebras envolvendo protestos no Estado.
Sem dar detalhes, nem apontar nomes, o governador também acusou supostos grupos estrangeiros pelas manifestações violentas no Rio de Janeiro. "Você tem, nesses atos de vandalismo, também a presença de organizações internacionais cujas redes na internet permitem um nível de comunicação que não se tinha no passado", disse Cabral.
"A gente sabe que há organizações internacionais estimulando o vandalismo, estimulando o quebra-quebra." Desta vez, o governador não acusou a oposição de, com as manifestações, tentar antecipar a sucessão, como fizera em entrevistas anteriores. Aparentando abatimento e acompanhado do secretário da Casa Civil, Régis Fichtner, que tinha expressão grave, o governador respondeu a apenas cinco perguntas - deixou uma sexta para o auxiliar.
Cabral passara a véspera isolado, participando de reuniões com a cúpula da segurança e com chefes do Ministério Público, Tribunal de Justiça, Defensoria Pública e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) do Rio. Chegara a convocar uma coletiva, mas a suspendeu no último momento, e não apareceu em público.
Não visitou os lugares depredados, nem conversou com os comerciantes cujas lojas foram atacadas. Nesta sexta-feira, encerrou a rápida coletiva alegando que tinha outro compromisso e saiu rapidamente. Antes, apesar de elogiar o trabalho da Polícia Civil (até a véspera, o caso do Leblon ficaria na 14.ª DP, defendeu a Ceiv.

Zona sul do Rio amanhece com sinais de vandalismo após protesto em frente ao prédio do governador Sérgio Cabral: lojas, ponto de ônibus e agências bancárias foram danificadas
Zona sul do Rio amanheceu ontem com sinais de vandalismo após protesto em frente ao prédio do governador


"A criação da comissão tem o objetivo de dar maior coordenação, agilidade e eficiência às investigações", declarou." O envolvimento do Ministério Público, junto com a área de segurança do governo, será de grande valia para eficiência das investigações, para a elucidação de crimes cometidos e para a aplicação da lei.
Portanto tenho certeza que essa comissão dará maior efetividade às investigações, que é o que a sociedade deseja."Na véspera, em entrevista da cúpula da segurança, informava-se que as investigações ficariam a cargo da 14ª DP, sob acompanhamento da "promotora natural" do inquérito, Patrícia Glioche, segundo o procurador-geral de Justiça, Marfan Martins Vieira.

Fonte: Exame

Thiaguinho segue internado sem previsão de alta



foto
Foto: Divulgação
cantor Thiaguinho continua internado
O cantor Thiaguinho, hospitalizado na quinta-feira (18) com um quadro de doença pulmonar, segue internado nesta sexta (19), sem previsão de alta. A informação consta no boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, no início da tarde de hoje.
De acordo com o hospital, Thiago André Barbosa foi "submetido a uma broncoscopia e a uma pleuroscopia diagnósticas." Seu estado geral é bom, mas ainda não foram divulgados detalhes sobre o tratamento por que Thiaguinho deverá passar.
A assessoria de imprensa do cantor disse que Thiaguinho sentia dores no peito havia uma semana. O paciente está sendo atendido pelos professores David Uip e Ângelo Fernandes.

Fonte: Correio do Estado

Captada primeira imagem de uma linha de neve noutro sistema solar


Uma equipa de astrónomos conseguiu captar a primeira imagem de uma linha de neve no espaço num sistema solar nascente. O feito só foi possível com a ajuda do observatório de Atacama, no Chile, inaugurado em março último, que observa o Universo em ondas milimétricas e submilimétricas com pormenores sem precedentes.
De acordo com um artigo publicado na revista "Science Express", uma "linha de neve" no espaço poderia desempenhar um papel essencial na formação e composiçãio química dos planetas que rodeiam uma estrela.
Para os astrónomos, estas linhas de neve no espaço desempenham um papel fundamental na formação de planetas, porque a humidade congelada ajuda a que os grãos de pó se agrupem.

foto ESO
Captada primeira imagem de uma linha de neve noutro sistema solar
Recriação da linha de neve à volta da jovem estrela


Graças aos novos instrumentos do observatório de Atacama, os astrónomos obtiveram imagens de uma linha de neve de monóxido de carbono à volta da estrela "TW Hydrae", ainda jovem e distante cerca de 175 milhões de anos luz da Terra.
Até ao momento, as linhas de neve haviam sido detetadas apenas pelo seu sinal espectral. Nunca haviam sido fotografadas diretamente, de forma que era impossível determinar a sua localização e extensão.

Fonte: Jornal de Notícias