sábado, 20 de julho de 2013

IstoÉ: Propinoduto desviou milhões do transporte nos governos do PSDB

A revista ISTOÉ revela na edição desta semana um grandioso esquema de desvio de dinheiro das obras do Metrô e dos trens metropolitanos, montado durante os governos do PSDB em São Paulo. Lobistas e autoridades ligadas aos tucanos operavam por meio de empresas de fachada, segundo a publicação.
"Ao assinar um acordo com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), a multinacional alemã Siemens lançou luz sobre um milionário propinoduto mantido há quase 20 anos por sucessivos governos do PSDB em São Paulo para desviar dinheiro das obras do Metrô e dos trens metropolitanos. Em troca de imunidade civil e criminal para si e seus executivos, a empresa revelou como ela e outras companhias se articularam na formação de cartéis para avançar sobre licitações públicas na área de transporte sobre trilhos. Para vencerem concorrências, com preços superfaturados, para manutenção, aquisição de trens, construção de linhas férreas e metrôs durante os governos tucanos em São Paulo – confessaram os executivos da multinacional alemã –, os empresários manipularam licitações e corromperam políticos e autoridades ligadas ao PSDB e servidores públicos de alto escalão", diz a ISTOÉ.
O problema é que a prática criminosa, que trafegou sem restrições pelas administrações de Mario Covas, José Serra e Geraldo Alckmin, já era alvo de investigações, no Brasil e no Exterior, desde 2008 e nenhuma providência foi tomada por nenhum governo tucano para que ela parasse. Pelo contrário. Desde que foram feitas as primeiras investigações, tanto na Europa quanto no Brasil, as empresas envolvidas continuaram a vencer licitações e a assinar contratos com o governo do PSDB em São Paulo.
Ainda de acordo com a revista, o Ministério Público da Suíça identificou pagamentos a personagens relacionados ao PSDB realizados pela francesa Alstom – que compete com a Siemens na área de maquinários de transporte e energia – em contrapartida a contratos obtidos. Somente o MP de São Paulo abriu 15 inquéritos sobre o tema.
A ISTOÉ diz também que esta rede criminosa tem conexões em paraísos fiscais e teria drenado, pelo menos, US$ 50 milhões do erário paulista para abastecer o propinoduto tucano, segundo as investigações concluídas na Europa.

SUSPEITOS
As provas oferecidas pela Siemens e por seus executivos ao Cade são contundentes. Entre elas, consta um depoimento bombástico prestado no Brasil em junho de 2008 por um funcionário da Siemens da Alemanha. ISTOÉ teve acesso às sete páginas da denúncia. Nelas, o ex-funcionário, que prestou depoimento voluntário ao Ministério Público, revela como funciona o esquema de desvio de dinheiro dos cofres públicos e fornece os nomes de autoridades e empresários que participavam da tramoia. Segundo o ex-funcionário cujo nome é mantido em sigilo, após ganhar uma licitação, a Siemens subcontratava uma empresa para simular os serviços e, por meio dela, realizar o pagamento de propina. Foi o que aconteceu em junho de 2002, durante o governo de Geraldo Alckmin, quando a empresa alemã venceu o certame para manutenção preventiva de trens da série 3000 da CPTM (Companhia Paulista de Transportes Metropolitanos). À época, a Siemens subcontratou a MGE Transportes.
De acordo com uma planilha de pagamentos da Siemens obtida por ISTOÉ, a empresa alemã pagou à MGE R$ 2,8 milhões até junho de 2006. Desse total, pelo menos R$ 2,1 milhões foram sacados na boca do caixa por representantes da MGE para serem distribuídos a políticos e diretores da CPTM, segundo a denúncia. Para não deixar rastro da transação, os saques na boca do caixa eram sempre inferiores a R$ 10 mil. Com isso, o Banco Central não era notificado.
A MGE é frequentemente utilizada pela Siemens para pagamento de propina. Nesse caso, como de costume, a MGE ficou encarregada de pagar a propina de 5% à diretoria da CPTM”, denunciou o depoente ao Ministério Público paulista e ao ombudsman da empresa na Alemanha. Ainda de acordo com o depoimento, estariam envolvidos no esquema o diretor da MGE, Ronaldo Moriyama, segundo o delator “conhecido no mercado ferroviário por sua agressividade quando se fala em subornar o pessoal do Metrô de SP e da CPTM”, Carlos Freyze David e Décio Tambelli, respectivamente ex-presidente e ex-diretor do Metrô de São Paulo, Luiz Lavorente, ex-diretor de Operações da CPTM, e Nelson Scaglioni, ex-gerente de manutenção do metrô paulista.
Scaglioni, diz o depoente, “está na folha de pagamento da MGE há dez anos”. “Ele controla diversas licitações como os lucrativos contratos de reforma dos motores de tração do Metrô, onde a MGE deita e rola”. O encarregado de receber o dinheiro da propina em mãos e repassar às autoridades era Lavorente. “O mesmo dizia que (os valores) eram repassados integralmente a políticos do PSDB” de São Paulo e a partidos aliados. O modelo de operação feito pela Siemens por meio da MGE Transportes se repetiu com outra empresa, a japonesa Mitsui, segundo relato do funcionário da Siemens. Procurados por ISTOÉ, Moriyama, Freyze, Tambelli, Lavorente e Scaglioni não foram encontrados. A MGE, por sua vez, se nega a comentar as denúncias e disse que está colaborando com as investigações.

Fonte: Jornal do Brasil

Entrega dos kits vai até sábado; veja onde pegar

O advogado Victor Rios aproveitou o horário e correu para retirar o kit da Meia Maratona Caixa da Bahia logo no primeiro dia de entrega, ontem. Não se decepcionou. “Gostei muito. Tem bastante coisa pra usar no dia da prova”, disse. Praticante de corrida de rua há apenas dois meses, ele fica ligado em todas as novidades do esporte. “Esse é um dos kits mais completos que eu já vi”, elogiou. 

Kit é composto por camiseta, meias, toalha e sacola


O kit da terceira edição da competição, que acontece no domingo, com largada e chegada no Jardim dos Namorados, a partir das 7h, é composto por camiseta, meia performance, toalha de secagem rápida e sacola. O teólogo Márcio Santos vai correr a prova de 21 km e também gostou do kit.
“Gostei principalmente da camisa. O material é muito bom e isso é importante. A toalha também parece ser muito boa porque é daquelas que enxuga rápido. Tô empolgado”, disse.

A entrega do kit da terceira edição da Meia Maratona Caixa da Bahia começou a ser feita quinta e será encerrada sábado. Os atletas inscritos devem retirar o kit na loja Centauro localizada no segundo piso do Salvador Shopping. O horário de funcionamento é das 10h às 22h. Para pegar o kit é necessário levar um documento oficial com foto (carteira de identidade, CNH, carteira de trabalho ou passaporte).

Fonte: iBahia

Filme conta a história de Irmã Dulce

Com 96% das obras emergências já concluídas, esteticamente o Forte do Barbalho já começa a apresentar sua beleza arquitetônica própria. De acordo com o administrador do equipamento, Jaime Freitas, a partir do mês de agosto, o local será palco da filmagem de um longa metragem sobre a vida de Irmã Dulce.
As obras de recuperação tiveram inicio no mês de fevereiro serão concluídas no inicio do próximo mês de agosto. Entre as intervenções realizadas está a reconstrução dos baluartes, conhecidas como guaritas, capinagem de toda área, pintura, reformas de duas salas que estavam para desabar, além da recomposição e consolidação da alvenaria e dos muros da estrutura. Para as obras, o governo disponibilizou através da Secretária de Cultura do Estado da Bahia uma verba no valor R$ 3,3 milhões.
Também conhecido como Forte de Nossa Senhora do Monte Carmelo, e o maior do estado, o monumento já serviu como palco de guerra contra as invasões dos holandeses, aprisionou escravos e presos políticos na ditadura militar. Antes do início das obras, o Forte estava em total abandono, com pavilhões desativados, rachaduras nas paredes internas e externas, piso danificado, entulhos e paredes cobertas de mato e limo, conforme denunciou a Tribuna em reportagem no primeiro semestre do ano passado.
O filme sobre a Bem-Aventurada Dulce dos Pobres será produzido pela Migdal Filmes e será uma cinebiografia da mulher que dedicou sua vida a cuidar dos pobres.  A obra contará com a participação de atores baianos.
Ainda de acordo com Freitas, durante as obras, duas amendoeiras que foram arrancadas por estarem causando rachaduras na estrutura do Forte serão substituídas por novas árvores. “É muito bom poder estar presente na recuperação de um patrimônio que teve grande importância para a Bahia. Minha esperança é que o Forte seja totalmente recuperado e que os baianos possam desfrutar de um ambiente como este”, completou.
As obras emergenciais do Forte tiveram início no mês de fevereiro, após ação movida pelo Ministério Público Federal (MPF), no mês de maio 2012 contra a Superintendência do Patrimônio da União (SPU), o Estado da Bahia e o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Na ocasião, o MPF solicitou a realização de obras e intervenções para a completa recuperação e restauração do Forte num prazo de 90 dias, sob pena de multa de R$ 10 mil por semana.
“A comunidade do Barbalho está feliz pela recuperação do Forte. Depois de recuperado, o governo deveria transformá-lo em um local de lazer para os baianos. As pessoas precisam conhecer a história deste patrimônio”, disse o morador do bairro, Carlos Carvalho, 60 anos.
 
Fonte: Tribuna da Bahia

Autor fará Marina Ruy Barbosa dizer que foi covarde em rede nacional

O clima nos bastidores de 'Amor à Vida' não anda nada bem para Marina Ruy Barbosa e o autor da trama Walcyr Carrasco. O motivo todo mundo já está cansado de saber: a atriz se recusou raspara o cabelo para viver o drama da personagem Nicole.

Falta de coragem ou não, Walcyr encontrou um jeitinho subliminar de Marina dizer, em rede nacional, que foi covarde por não aceitar a proposta inicial do roteiro escrito por ele.

Na cena que vai ao ar segunda-feira (22), Nicole vai receber o cabeleireiro em sua casa para cortar as madeixas, mas, na hora H, desiste e explica a todos: "Fui covarde em não raspar os cabelos".

 

De acordo com o blog Telinha, para manter os novos rumos em segredo, o autor resolveu escrever cenas secretas, que serão enviadas apenas para quem participa das sequências. Como já foi adiantado, a milionária não resiste a uma metástase pulmonar em decorrência do seu câncer. Nicole chega a casar com Thales (Ricardo Tozzi) e morre ainda na igreja.

Lídia (Angela Rebello), que conseguirá fotografar o noivo com Leila (Fernanda Machado), desmascara os dois logo após o falecimento da jovem. Depois de morta, Nicole vai passar por um túnel branco, dando à novela ares de trama sobrenatural. E ao 'descobrir' que era traída por Thales e Leila, a jovem irá assombrar os dois. Nicole 'aparece' por meio de uma música que ela gosta muito e do perfume que usa. Leila fica tão apavorada que procura até um psiquiatra.

Fonte: IBahia

Mãe de Michael Jackson culpa promotora por não ajudar cantor "doente"

A mãe do cantor Michael Jackson disse à Justiça nesta sexta-feira que a promotora de shows AEG Live falhou ao não oferecer atendimento médico adequado para o seu filho, apesar de ele ter ficado doente ao se preparar para uma série de apresentações em 2009.
Foi a primeira vez que Katherine Jackson, de 83 anos, depôs no processo civil em que ela e seus netos acusam a AEG Live por responsabilidade pela morte de Jackson, vitimado por uma overdose de medicamentos aos 50 anos, em 2009.
A ação alega que a AEG foi responsável por contratar o médico Conrad Murray para acompanhar o artista. Em um processo penal anterior, o médico já foi condenado por homicídio culposo, pois foi ele quem administrou a dose letal de medicamentos a Jackson.
"Meu filho estava sendo pressionado", disse Katherine Jackson ao advogado da AEG, Marvin Putnam. "Ele perguntava pelo pai dele. Meu filho estava doente. Ninguém disse: ‘Chamem o médico, o que há de errado com ele?'. Ninguém disse isso."
Putnam argumentou que Jackson era acompanhado por um médico, ao que Katherine Jackson respondeu: "Meu filho precisava de outro médico, um médico externo, não o doutor Murray".
O cantor apresentava sinais de problemas físicos ao se preparar para uma série de 50 shows que faria em Londres. Kenny Ortega, que seria o diretor do espetáculo, disse que menos de uma semana antes de morrer Jackson apareceu num ensaio com o corpo frio, mostrando-se incoerente e psicologicamente perturbado.
A AEG Live diz que não contratou nem supervisionou Murray e argumenta que Jackson era dependente de drogas ilícitas e medicamentos desde vários anos antes de ser contratado pela empresa. Representantes da produtora alegam ainda que não tinham como antever que Murray colocaria Jackson em perigo.
A matriarca da família Jackson acompanha as audiências desde o início do julgamento, no fim de abril, mas disse que estava nervosa por ser a primeira vez que depunha perante um júri. Ela também havia comparecido assiduamente ao julgamento criminal de Murray.
A mulher, que usava vestido roxo estampado e casaco da mesma cor, disse repetidamente ao tribunal que tem sido difícil comparecer diariamente às audiências e escutar "todas as coisas ruins que dizem sobre meu filho".
"Só ouço que ele era preguiçoso. O senhor Jackson estava doente e não poderia ensaiar", disse ela.
A previsão é de que o julgamento seja concluído em setembro.

Fonte: Terra

Morre no Rio agente que descobriu Gisele Bundchen e outras estrelas da moda

O empresário e agente de modelos americano radicado no Brasil John Casablancas, de 70 anos, morreu na manhã deste sábado no Rio de Janeiro, após travar longa luta contra um câncer.
Descobridor e representante de estrelas do mundo da moda como Gisele Bundchen, Alessandra Ambrósio, Cindy Crawford, Claudia Schiffer, Naomi Campbell, entre outras, Casablancas fundou a agência Elite Models.
Além disso, o americano era pai do vocalista da banda The Strokes, Julian Casablancas. Filho de espanhois e nascido em Nova York, John chegou a ser internado em maio no Hospital Samaritano, mas morreu em casa neste sábado.
O corpo do agente de modelos será cremado amanhã, às 14h (horário de Brasília), no Cemitério Memorial do Carmo, no Caju, na região portuária do Rio de Janeiro.
As primeiras manifestações sobre a morte de Casablancas começaram a ser publicadas nas redes sociais na tarde deste sábado. A modelo Alessandra Ambrósio usou o Twitter para deixar uma mensagem ao amigo.
"Dia triste! Descanse em paz John! Obrigada por tudo!", tuitou a modelo.
Um dos filhos do americano, Fernando Augusto Casablancas, utilizou o Facebook para falar sobre a morte de John.
"Se foi hoje um amigo, um amor, um pai. Posso dizer que, é claro, sinto muita tristeza quando se vem a dizer adeus. Porém, a palavra diz tudo: está tudo na mão de Deus agora e, seja como for, tudo estará bem. Sim, o mundo perde hoje um batalhador, mas o paraíso ganha mais um anjo. Te amo papai John. Você estará sempre comigo".
Ontem, Ana Beatriz Barros, outra das modelos com quem John trabalhou, postou uma foto em que apareciam juntos, além de uma mensagem dirigida a americano no Instagram.
"Meu mentor e eu. Um verdadeiro amigo e inspiração. Te amo John Casablancas", escreveu a brasileira.

Prestes a dar à luz, Juliana Paes mostra barriga em dia de praia

Juliana Paes impressionou seus fãs e seguidores da rede social ao mostrar o tamanho de sua barriga em foto publicada por ela no Instagram. Na imagem, compartilhada na tarde deste sábado, 20, a atriz aparece de biquíni ao lado do marido, Carlos Eduardo Baptista, e do filho, Pedro, tomando um banho de mar. "Meus boys magia", escreveu na legenda.
"Ju do céu! Que barrigão! Benza Deus!", escreveu uma seguidora. "Barrigona linda!", disse outra fã.
Juliana está grávida de nove meses de seu segundo herdeiro, Antônio, que deve nascer nos próximos dias. Recentemente, a atriz gravou um vídeo e mandou recado aos fãs. "Vim mandar um beijo e dizer que estou ansiosa e muito feliz, são muitas emoções ao mesmo tempo com a chegada do Antônio. Vou ficar um pouquinho sem me comunicar, a vida agora é estar esperando por ele, não tenho muitas novidades, vim agradecer, ter vocês sempre mandando mensagens carinhosas é muito bom. Você vão ter notícias do Antônio, já, já", falou na ocasião.

Juliana Paes e família (Foto: Reprodução/Instagram)Juliana Paes e família (Foto: Reprodução/Instagram)

Dilma se reúne com ministros e não vai a reunião do diretório do PT

Devido a um encontro com ministros no Palácio da Alvorada para tratar da Jornada Mundial da Juventude, a presidente Dilma Rousseff não compareceu na manhã deste sábado (20) à reunião do Diretório Nacional do PT, em Brasília.
Dilma era aguardada por dirigentes do partido. Na abertura da reunião, destinada a debater a conjuntura política, o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP), leu uma carta enviada pela presidente justificando a ausência.
O encontro com os ministros não constava da agenda presidencial, que não prevê compromissos oficiais para este final de semana. Compareceram ao Alvorada os ministros Celso Amorim (Defesa), Antônio Patriota (Relações Exteriores), José Eduardo Cardozo (Justiça) e Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência).
Na tarde de segunda-feira (22), Dilma embarcará para o Rio de Janeiro, onde recepcionará o Papa Francisco, na chegada do pontífice à Base Aérea do Galeão. Ele permanecerá no Brasil durante a semana, em atividades da Jornada Mundial da Juventude, da Igreja Católica.
Na carta enviada ao PT, a presidente afirmou que a ausência à reunião foi motivada por tarefas relacionadas à visita do Papa.
“Não poderei estar perto de vocês, como desejo. A vinda do Papa Francisco, que está tão próxima, me impõe deveres aos quais eu não posso faltar”, afirmou a presidente. “O Encontro da Juventude Católica [...] demanda organização e segurança e compromisso de todo o governo.”
Na carta, a presidente diz ainda que “vivemos um desafio histórico”, de “acolher e atender as reivindicações e os anseios que surgiram nas nossas ruas”.
Não poderei estar perto de vocês, como desejo. A vinda do Papa Francisco, que está tão próxima, me impõe deveres aos quais eu não posso faltar."
Presidente Dilma Rousseff, em carta na qual justifica ausência a reunião do diretório do PT
Ela afirmou ser necessário ouvir as ruas e defendeu os cinco pactos nacionais que apresentou a governadores e prefeitos após o início das manifestações: de responsabilidade fiscal, saúde, educação, reforma política e mobilidade urbana.
“Não basta ouvir, é necessário fazer. Transformas essa extraordinária energia em realizações para todos”, diz Dilma.
Na carta, Dilma também voltou a defender a realização de um plebiscito sobre a reforma política, com o objetivo de mudar critérios de representação e o sistema eleitoral.
“Eles [manifestantes] querem um novo sistema político, mais transparente, mais oxigenado e mais aberto à participação popular, que só a Reforma Política balizada pela opinião das ruas, por meio de um plebiscito, poderia criar. Mais do que tudo, eles querem ser ouvidos”, diz a carta.
Militantes do PT protestam diante da sede do partido, em Brasília, durante reunião do diretório nacional (Foto: Felipe Néri / G1)Militantes do PT protestam diante da sede do
partido, em Brasília, durante reunião do diretório
nacional (Foto: Felipe Néri / G1)
Protesto
Enquanto transcorria a reunião do diretório, militantes do PT se reuniram em frente à sede do partido para protestar contra a presença do deputado Cândido Vacarezza (SP) na coordenação do grupo de trabalho instalado nesta semana na Câmara para discutir a reforma política.
Na reunião do diretório nacional, os petistas devem analisar um pedido para que Vacarezza deixe o grupo de trabalho da reforma política.
Os militantes pedem a saída de Vacarezza do colegiado e reivindicam que a comissão de ética do PT investigue o comportamento do parlamentar, que eles consideram contrário às teses do partido
Nesta semana, Vacarezza afirmou que as mudanças aprovadas pelo comitê da reforma política só deverão valer para as eleições de 2018, e não para 2014, conforme propõe o governo e como defende o PT. Nesta sexta (19), um grupo de deputados do PT coletou adesões a uma nota pública de repúdio à indicação do deputado de Vaccarezza (PT-SP) para a coordenação do grupo de trabalho.
Ao sair da reunião, o líder do PT no Senado, Wellington Dias (PI), afirmou que o diretório do partido apoiou nota do líder do PT na Câmara, deputado José Guimarães (CE). Na nota, o líder diz que as posições do PT e da bancada  no grupo de trabalho criado pelo presidente da Câmara serão defendidas pelo deputado Ricardo Berzoini (SP).
“Para o PT e para a bancada, e aí por unanimidade na bancada e no partido, o Cândido Vacarezza está na comissão por indicação do presidente da Câmara. Quem defenderá as posições do PT como parte da comissão indicada pelo PT é o deputado Ricardo Berzoini (SP)”, disse Dias.
Durante o protesto, o historiador Yuri Soares, mlitante do PT, segurou cartaz em frente à sede do partido que dizia “Vacarezza não me representa”.
“Queremos uma comissão interna de ética para julgar os posicionamentos de Vacarezza contrários ao partido. Estamos conversando com vários membros do diretório. Dá tempo de aprovar a reforma política para valer já em 2014”, disse o militante.
Embora membro do diretório, Vacarezza não tinha comparecido à reunião até a última atualização desta reportagem. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, presidente de honra do PT, também não participou do encontro.
Além de Rui Falcão, compareceram à reunião do diretório, entre outros, a ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais), o secretário-geral do partido, deputado Paulo Teixeira (SP), e o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão.

Fonte: G1

Justiça italiana condena cinco por naufrágio do Costa Concordia

A Justiça italiana condenou cinco réus no julgamento do naufrágio do navio de cruzeiro Costa Concordia, ocorrido em janeiro de 2012 e que deixou 32 mortos. As penas variam de dois anos e dez meses a um ano e seis meses de prisão, informou a imprensa italiana.
Entre os condenados,quatro estavam à bordo do navio no momento da tragédia e o quinto é o diretor da unidade de crise da Costa Crociere, Roberto Ferrarini. As condenações foram por homicídio culposo múltiplo, naufrágio e negligência. As punições foram consideradas relativamente curtas para os crimes devido ao acordo feito pelos acusados com a Justiça, ao se declararem parcialmente culpados.
Apesar da condenação, não deverá haver prisão, já que as sentenças de menos de dois anos foram suspensas. Nas mais longas, cabe apelação, com a possibilidade de serem substituídas por serviços comunitários, informaram fontes judiciais. "O que as famílias das vítimas vão pensar? Isto é verdadeiramente decepcionante", disse Daniele Bocciolini, advogado das vítimas.
Apenas o capitão Francesco Schettino ainda está em julgamento - iniciado na última quarta-feira. "Schettino continua a ser o único a ser julgado, mas não é o único culpado, na minha opinião", disse ao jornal SkyTG24.
Schettino, de 52 anos, será julgado por homicídio culposo e por causar a perda do navio, que atingiu uma rocha perto da ilha toscana de Giglio, em janeiro de 2012, provocando uma evacuação caótica de mais de 4.000 passageiros e tripulantes. Ele também está buscando fechar um acordo para reduzir uma possível pena de prisão.

Transatlântico Costa Concordia começa a naufragar, em frente à ilha de Giglio, na Itália- 14/01/2012
Transatlântico Costa Concordia começa a naufragar, em frente à ilha de Giglio, na Itália- 14/01/2012 - Giorgio Fanciull/Giglionews.it/Reuters


O coordenador de crise da dona de navios Costa Cruises, Roberto Ferrarini, recebeu a sentença mais longa, de dois anos e 10 meses, seguido pelo gerente de serviços de cabine Manrico Giampedroni, condenado a dois anos e meio.
Na quarta-feira, os advogados de Schettino ofereceram aceitar uma sentença de três anos e cinco meses, em troca de uma confissão de culpa. A oferta anterior, para servir três anos e quatro meses, foi rejeitada em maio e ele arrisca uma sentença muito mais pesada se não fechar um acordo. As audiências devem ser retomadas em setembro.
O comandante é acusado de abandonar o navio antes do resgate de todos os tripulantes e passageiros.

Na noite de 13 de janeiro de 2012, o navio de 114.500 toneladas atingiu um rochedo perto da costa e encalhou com 4.229 pessoas a bordo, incluindo 3.200 turistas. Trinta e duas pessoas morreram, mas dois corpos nunca foram encontrados. O naufrágio ocorreu próximo à pequena ilha de Giglio, na Toscana.

(Com Reuters)

Fonte; VEJA

Menina infectada por HIV em hospital público é sepultada

A garota de 17 anos que morreu nesta sexta-feira no Hospital Geral de Camaçari, foi sepultada no cemitério Jardim da Eternidade, também na cidade da região metropolitana de Salvador. De acordo com a TV Bahia, a cerimônia aconteceu neste sábado, por volta de 12h.
Viviane Correia Ribeiro morreu na unidade hospitalar após dar entrada com um quadro de infecção respiratória. Por ser portadora de HIV, foi solicitada a transferência de Viviane para o Hospital Couto Maia ou para o Hospital Roberto Santos.
Na quinta-feira (18), de acordo com a Sesab, a Central Estadual de Regulação identificou uma vaga na enfermaria do Hospital Couto Maia, mas não foi possível a sua remoção em função do agravamento do quadro, tornando necessária a transferência para um leito de UTI.
A jovem contraiu o vírus da Aids após passar por uma transfusão de sangue no hospital Roberto Santos, da rede de saúde do estado, em razão de uma anemia.
Em julho do ano passado, o Governo da Bahia foi condenado a pagar uma indenização de R$ 100 mil e pensão vitalícia no valor de quatro salários mínimos, cerca de R$ 2,5mil, para a adolescente. O Governo recorreu junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) e aguarda decisão - enquanto isso, a família da jovem nunca recebeu nada.

Fonte: Correio da Bahia

Mulher morre ao cair de montanha-russa nos Estados Unidos

Uma mulher morreu noite desta sexta-feira (19) ao cair de um brinquedo de um parque de diversões no estado do Texas, nos Estados Unidos. O acidente aconteceu na montanha-russa do parque de diversões 'Six Flags Over'.
Em entrevista à CNN, uma testemunha do acidente afirmou que a vítima se desprendeu de um dos assentos da montanha russa e caiu, no momento em que os carrinhos passavam por um trecho de descida do brinquedo.


Através de uma rede social, o parque de diversões publicou uma nota lamentando o acidente, mas não apontou a causa do acidente. O 'Six Flags Over' ainda informou que a equipe médica e paramédicos locais prestaram atendimento imediato à vítima.
Ainda segundo a CNN, a vítima estava acompanhada do seu filho no momento do acidente. Quando os carrinhos pararam para que as pessoas saíssem da montanha-russa, um homem gritou: "Deixem-me sair, deixem-me sair, minha mãe caiu!".

Fonte: Correio da Bahia

Um grande salto para a humanidade: primeiro passo na Lua completa 44 anos

Há exatos 44 anos, em 20 de julho de 1969, o astronauta americano Neil Armstrong tornou realidade o sonho mais antigo das civilizações humanas quando se converteu no primeiro homem a caminhar na Lua. Enquanto 500 milhões de pessoas em torno do mundo esperavam ansiosamente aglomeradas junto a rádios e telas de televisão de imagem borrada, Armstrong desceu a escada do módulo sobre a superfície lunar.

"Este é um pequeno passo para um homem, mas um grande salto para a humanidade", recitou Armstrong com a voz levemente distorcida pela distância e pelos equipamentos de comunicação, uma frase que ficaria gravada para sempre nos livros de história da Terra.
As multidões ovacionaram o momento quando Armstrong foi alcançado por seu companheiro Buzz Aldrin, que descreveu a "magnífica desolação" da paisagem lunar, nunca antes testemunhada em primeiro plano vista da Terra. Apenas 12 terráqueos caminharam desde então pela superfície da Lua, o solitário e misterioso satélite da Terra que alimentou nossos sonhos desde que os primeiros humanos caminharam sobre o planeta.

Em plena Guerra Fria, o programa Apollo foi usado para provar o domínio americano na corrida espacial. Colocar uma bandeira dos Estados Unidos na superfície da Lua em 1969 marcou pontos muitos importantes em relação à União Soviética. O programa Apollo, que tornou possível seis alunissagens bem sucedidas entre 1969 e 1972, começou oito anos antes, em 1961, quando o presidente John F. Kennedy lançou o desafio ao Congresso de levar o homem à Lua ainda naquela década.

 


"Creio que esta nação deve se comprometer em alcançar a meta, antes de terminar esta década, de aterrissar o homem na Lua e trazê-lo de volta à Terra sem perigo", disse então Kennedy. Foi aí que os EUA desenvolvem o programa Apollo, que transformou-se em uma arma bem sucedida na prova de domínio na corrida espacial que culminou com os passos do americano Neil Armstrong na lua durante a missão Apollo 11, em 1969.


Homem na Lua<a data-cke-saved-href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/homem-na-lua/iframe.htm" href="http://www.terra.com.br/noticias/infograficos/homem-na-lua/iframe.htm">Homem na Lua</a>


A União Soviética foi a primeira nação a colocar um satélite em órbita, em 1957, com o lançamento do Sputnik e, em 1961, Yuri Gagarin se converteu no primeiro homem a viajar ao espaço. A corrida espacial se converteu no símbolo da batalha da Guerra Fria pelo domínio entre ideologias enfrentadas e poderes mundiais polarizados.

Em 1970, meses depois das alunissagens, o dissidente soviético Andrei Sakharov escreveu, em uma carta aberta ao Kremlin, que a capacidade dos Estados Unidos de colocar um homem na Lua provou a superioridade de uma democracia. Graças à crescente prosperidade dos Estados Unidos e seus êxitos científicos e técnicos, o país colocou rapidamente em marcha o programa Apollo.

Mas a conquista da Lua não foi o único resultado da corrida espacial. Muitos dos avanços tecnológicos que desfrutamos hoje - como a comunicação mundial instantânea, via satélite e o uso de computadores pessoais - foram criados na época durante pesquisas de aprimoramento das missões espaciais.

Com informações da AFP.

Fraternidade e carinho desestimularão protestos, diz Cabral

Rio de Janeiro – O governador Sérgio Cabral avaliou hoje (19) que o clima de "fraternidade, de amor e de carinho", inspirado pela chegada do papa Francisco à capital fluminense, deve impedir manifestações. Há mais de um mês protestos tomam a cidade com as mais diferentes reivindicações.
O pontíficie será recebido na sede do governo do Rio, o Palácio Guanabara, por Cabral e pela presidenta Dilma Rousseff, na segunda-feira (22). Para o evento, também estão confirmadas as presenças do vice-governador Michel Temer e de mais oito ministros.

Tânia Rêgo/ABr
Cruz Peregrina e o Ícone de Nossa Senhora, símbolos religiosos para a Jornada Mundial da Juventude, chegam à prefeitura do Rio
São esperadas mais de 1,5 milhão de pessoas nos eventos com o santo padre, na Praia de Copacabana, zona sul, e em Guaratiba, bairro da zona oeste


"O clima será de fraternidade, de amor e de carinho e, esses grupos de vândalos, que tentarem prejudicar não só a segunda-feira, mas todos os eventos com o papa, não terão condições de fazê-lo, não só pelo aparato de segurança, mas sobretudo pelo calor humano da população", disse Cabral à imprensa.
O papa Francisco chega ao Rio para participar da Jornada Mundial da Juventude, evento da Igreja Católica, entre os dias 23 e 28 de julho.
São esperadas mais de 1,5 milhão de pessoas nos eventos com o santo padre, na Praia de Copacabana, zona sul, e em Guaratiba, bairro da zona oeste.
Nos últimos dias, o Pálacio Guanabara e o governador Sérgio Cabral se tornaram alvos prioritários dos manifestantes. Na segunda-feira (15), um protesto em frente à casa de Cabral, no Leblon, terminou com atos de vandalismo no bairro, quando lojas foram saqueadas e agências bancárias tiveram as vidraças quebradas.

Fonte: EXAME Abril

Testemunhas relatam explosão no aeroporto de Pequim, na China

Uma forte explosão foi ouvida por testemunhas no Terminal 3 do Aeroporto de Pequim, na China, na noite (horário local, manhã no Brasil) deste sábado (20), informou a agência oficial chinesa Xinhua, citando testemunhas.
A TV estatal CCTV informou que um homem de 34 anos que esava em uma cadeira de rodas foi o responsável por detornar um explosivo caseiro feito com pólvora usada para fogos de artíficio no hall de chegada dos voos internacionais.
A agência oficial de notícias da China, Xinhua, disse que o homem, cujo nome é Ji Zhongxing, de 34 anos, da província de Shandong, detonou o dispositivo após ter sido impedido de entregar panfletos sobre queixas que não foram informadas.

Policiais e agentes de segurança são vistos no local onde ocorreu uma explosão no Terminal 3 do aeroporto de Pequim, na China, neste sábado (20) (Foto: Jason Lee/Reuters) 
Policiais e agentes de segurança são vistos no
local da explosão  (Foto: Jason Lee/Reuters)

 Alguns ativistas chineses e advogados publicaram mais tarde na internet o que eles disseram ser uma carta de reclamações que Ji tinha escrito. No documento, ele fez referência a um incidente ocorrido em 2005 no qual ele afirma ter ficado parcialmente paralisado, após ter apanhado da polícia no centro industrial da província de Guangdong, Dongguan.
Apenas o homem ficou ferido, segundo a TV. O terminal foi fechado após a explosão. Os voos no aeroporto não foram afetados.
Um porta-voz do aeroporto se recusou a especular sobre o motivo específico do homem, dizendo que a polícia do aeroporto ainda está investigando o caso. A polícia se recusou a comentar o assunto. Autoridades disseram que o autor do atentado está recebendo tratamento médico após ficar ferido na detonação.

Policais fecham área onde ocorreu explosão, em aeroporto de Pequim (Foto: AFP Photo)Policais fecham área onde ocorreu explosão, em aeroporto de Pequim (Foto: AFP Photo)

Cory Monteith é homenageado por emissora de televisão

O canal Fox faz hoje e amanhã uma homenagem ao ator Cory Monteith, que aos 31 anos foi encontrado morto em um hotel em Vancouver, Canadá, há uma semana. Ele interpretava um dos personagens mais queridos da série Glee, Finn Hudson, e morreu após combinar álcool e heroína. Uma maratona com nove episódios da série Glee será exibida hoje, a partir das 14h.

A programação reúne as mais recentes histórias da 4ª temporada, sendo o 18º capítulo, Shooting Star, inédito no Brasil. Em seguida, às 23h15, vai ao ar o Especial Cory Monteith, que agrega clipes com a participação do ator, além de informações sobre sua trajetória e cenas de seu personagem.


Cory Monteith com Lea Michele, em Glee: maratona e especial na Fox

Amanhã, o Fox retoma o tributo às 14h, reprisando os seis episódios finais da terceira temporada. O capítulo final mostra Finn e Rachel (Lea Michele, namorada de Cory na vida real) se despedindo na estação de trem.

Ontem o canal Fox decidiu adiar, em uma semana, a estreia da quinta temporada da série Glee. A estreia estava marcada para 19 de setembro nos Estados Unidos e agora vai ao ar em 26 de setembro.O início das gravações dos novos episódios, que aconteceria no dia 29, agora não deve comerçar antes de agosto.

Fonte: Correio da Bahia

Sérgio Cabral está deprimido

A pressão das manifestações e o foco dos protestos em frente à sua casa no Leblon, na zona sul do Rio, fizeram com que Sérgio Cabral ficasse deprimido. Em conversa com amigos, o governador confessou que está triste mesmo com tudo o que está acontecendo.
O semblante preocupado do mandatário na coletiva de imprensa nesta sexta-feira (19) só evidencia tudo. Como se não bastasse, uma vizinha de Cabral está querendo fazer um abaixo-assinado na rua Aristides Espínola para forçar que o governador se mude do bairro.
Sérgio Cabral
Sérgio Cabral

Fonte: Jornal Do Brasil