domingo, 21 de julho de 2013

Uma Família da Pesada vai encontrar Os Simpsons em episódio especial

A 20th Century Fox Television vai reunir os personagens das animações “Os Simpsons” e “Uma Família da Pesada” (Family Guy) em um episódio especial intitulado “Os Simpsons Guy”, informou o site Deadline.
O encontro acontecerá na série “Uma Família da Pesada”, no qual Peter Griffin (Seth MacFarlane) e sua família saem em um passeio e acabam chegando em Springfield. Lá, eles encontram o simpático Homer Simpson (Dan Castellaneta), que recebe a família Griffin de braços abertos.

 

No episódio de integração, Peter vai discutir com Homer sobre qual é a melhor cerveja; Stewie (MacFarlane) vai entrar nas brincadeiras de Bart (Nancy Cartwright), Lisa (Yeardley Smith) vai ajudar Meg (Mila Kunis) a descobrir algo que ela domine e seja boa, e Lois (Alex Borstein) e Marge (Julie Kavner) vão conversar sobre os afazeres domésticos.
Ambas as séries fazem parte da programação de domingo da Fox. “Uma Família da Pesada” vai estrear sua 11ª temporada, mas ainda está engatinhando se comparada a “Os Simpsons”, série de maior duração na história da TV, que está na sua 25ª temporada. O episódio especial ainda não tem data confirmada para ir ao ar, mas tudo indica que seja exibido durante a temporada de outono de 2014.

Fonte: Pipoca Moderna

Como Carlito, Di Rizzi já levou perdido de namorada: 'Me fazia de bobo'


Anderson Di Rizzi afirma que é vaidoso (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo)Anderson Di Rizzi afirma que é vaidoso (Foto: Encontro com Fátima Bernardes/TV Globo)

Já se foi o tempo em que cuidar da aparência era exclusividade das mulheres. Anderson Di Rizzi, que veio ao Encontro para um papo sobre destino, conversou com o site do programa e admitiu que pegou carona no estilo do seu personagem, Carlito, de Amor à Vida, e está se cuidando mais. “Estou me aproveitando do Carlito, que é vaidoso, para ir mais à academia. Estou correndo, passo um creme em volta dos olhos para rugas e passo filtro solar todos os dias. Além disso, sempre tive uma alimentação saudável”, disse.
Tive uma namorada que me fazia de bobo e eu não percebia. Eu só fui me ligar depois que a gente já estava junto há muito tempo"
Anderson Di Rizzi
E por falar no Carlito, que vive sendo enrolado pela periguete Valdirene (Tatá Werneck), Anderson abriu o jogo e contou que na vida real também já levou alguns "perdidos" de uma namorada. “Tem muito Carlito por aí. Não é que eu seja o Carlito, mas tive uma namorada que me fazia de bobo e eu não percebia. Eu só fui me ligar depois que a gente já estava junto há muito tempo”, desabafou o ator.
Apesar de a ex ter aprontado, ele ainda deu uma chance: “Uma vez, ela me deixou em uma festa e foi para outra. Depois, eu soube que ela ficou com outro cara lá. O trouxa aqui continuou com ela. Namoramos por dois anos. Quando você gosta, não tem jeito”, concluiu.
O fato é que Anderson, que namora a professora Taise Galante, está mais maduro e não quer saber de relacionamentos meia-boca. “Não tolero o que o Carlito tolera, por exemplo. Deu uma mancada uma vez, eu já falo que não gostei e se vier outra igual, um abraço”, afirmou.

Fonte: Rede Globo

Evento homenageia Cory Monteith no sábado



Divulgação
 
Fãs de Cory Monteith, conhecido por interpretar Finn no seriado Glee, organizaram homenagem ao ator, morto no último sábado (13). O evento ocorre sábado (20), às 16h, no Parque do Ibirapuera, em frente ao monumento Aranha, próximo ao portão 3.

“Vimos que várias homenagens se espalharam por Nova York e Los Angeles, nos Estados Unidos, e Vancouver, no Canadá. Então, resolvemos fazer em São Paulo também”, conta Juliana Abud, uma das organizadoras.

O grupo deverá soltar balões brancos e quatro coloridos, representando Cory, Glee, a família do astro e a da namorada Lea Michele. Ao mesmo tempo cantarão Don't Stop Believin, música que tornou-se espécie de hino da série. Ao final, haverá momento reservado para quem quiser prestar homenagem.

A Fox também preparou programação especial em tributo ao astro. Sábado (20), a partir das 14h, o canal exibe os nove episódios mais recentes da 4ª temporada de Glee, incluindo um capítulo inédito no Brasil. Logo depois, às 23h15, vai ao ar o Especial Cory Monteith, uma seleção de clipes da série com participação do ator, com informações sobre a carreira e seu personagem Finn Hudson.

A maratona continua domingo (21), às 14h, com reprise dos seis episódios finais da 3ª temporada. O último capítulo, inclusive, mostra a emocionante despedida entre Finn e Rachel (Lea), quando ela muda-se para Nova York.
   
Causa da morte
Cory Monteith foi encontrado morto no sábado (13) no hotel Fairmont Pacific Rim, em Vancouver, Canadá, onde estava hospedado desde o dia 6. De acordo com autoridades canadenses, a morte foi causada pela mistura letal de tóxicos, incluindo heroína e álcool. O corpo foi cremado na terça-feira (16), na cidade canadense, em uma cerimônia privada que reuniu a família e a namorada Lea Michele.

O ator tinha 31 anos e vivia entre Vancouver, onde nasceu, e Los Angeles, onde Glee era gravado. Em abril, passou cerca de um mês em uma clínica de reabilitação para tratar a dependência química. Em 2011, Cory contou, em entrevista à revista Parade, que usava drogas desde os 13 anos e buscava ajuda para sair do vício desde os 19.
 


 
Repercussão
Após a notícia da morte, amigos, companheiros de trabalho e admiradores se manifestaram em luto. A assessoria de imprensa de Lea Michele soltou nota pedindo para que respeitassem sua privacidade nesse momento difícil. Na terça (16), um de seus representantes emitiu um comunicado à revista ‘People’. A nota diz:

“Lea está profundamente agradecida por todo o amor e apoio que recebeu de familiares, amigos e fãs. Desde a morte de Cory, Lea está de luto ao lado da família do ator, fazendo os arranjos necessários (para o funeral) ao lado deles. Eles estão dando apoio uns aos outros durante este momento de perda profunda. Nós continuamos a pedir que a mídia respeite a privacidade de Lea e da família de Cory."

Veja abaixo outros depoimentos.

Dianna Agron - “Eu nunca perdi um amigo. Neste momento difícil, estou relembrando todas as memórias maravilhosas que nós compartilhamos com Cory, de quantas maneiras ele foi capaz de nos fazer sorrir. Glee foi um presente para todos nós. Nos deu uma família nesta indústria. Nós realmente crescemos nessa série. Ao interpretar os perdedores, nós sabíamos que tínhamos marcado um lugar no coração dos nossos telespectadores e que permaneceríamos lá.

Cory é tão merecedor desse lugar nos corações de todos. Ele era uma das pessoas mais generosas e gentis que eu já conheci. Ele tinha uma mente inteligente e curiosa e um enorme talento. Ele era amoroso, não só comigo, mas com a minha família. Meu coração vai para a sua família, à Lea, e a todos que estão lutando com a perda do nosso amigo. Vamos sentir sua falta, Cory. Vamos sempre levar um pedaço de você com a gente.”

Jane Lynch - ”Meus pensamentos e orações vão para a família de Cory, Lea Michele, e a família Glee e todos que trabalharam com ele. Palavras não podem descrever como todos nós nos sentimos desde a morte de Cory. Nós iremos sentir falta dele, porém, nunca o esqueceremos. A vida é curta, nunca tire ela como garantia. RIP Cory.”

Mike O’Malley - ”Cory Monteith era um cara fantástico. Divertido, profundo e trabalhador. Na vida real ele era o cara mais legal, generoso e um bom amigo para os seus amigos. Como Finn Hudson, ele fez o que todos os atores se esforçam para fazer: autenticamente retratrou um comportamento humano específico, de maneira discreta, provocando assim o riso e camaradagem com seu público. Se a capacidade de mostrar aos outros bondade e promover a amizade são duas das qualidades que todo ser humano devem se esforçar para ter, Cory dominou elas muito bem antes de morrer. Ele merecia uma vida longa. A morte dele abalou todos nós da família Glee.”

Naya Rivera - “Toda a família de Glee e eu estamos profundamente tristes com esta tragédia”, disse a atriz em um comunicado ao The Hollywood Reporter. “Cory era e sempre será uma parte da minha própria família e um bom amigo. Ele era uma parte especial deste mundo e fará falta para sempre. Meu coração está com sua família e Lea e, enquanto isso, estamos gratos pelos bons desejos de todos, a privacidade é muito apreciada neste momento de dor.”

Dot-Marie Jones - “Eu não tenho palavras! Meu coração está partido.”

Kristin Chenoweth - "Descanse em paz. Você sempre será amado. Sempre."

Kaley Cuoco - "Por favor, não me diga que é verdade." "Sem palavras. Orações; pensamentos na família. Isso é terrível. Não consigo falar".

Taylor Swift - "Sem palavaras, e pelo pior motivo.”

Zooey Deschanel - "Que absoluta perda trágica de um jovem muito talentoso."

Ricky Martin - "Acabo de ouvir a notícia. Isso é muito triste. Meu coração está com sua família e amigos, especialmente Lea Michele. Descanse em paz Cory."

Ian Somerhalder - "É um dia muito triste. Um homem jovem e incrivelmente talentoso se foi. Sinto muito pela família, amigos e fãs de Cory Monteith. Um homem muito bom. De verdade."

Katy Perry - “Descanse em paz, Cory. Meu coração está com a família e os entes queridos. Estamos orando por vocês."

Nick Jonas - "Tão triste por saber da notícia sobre Cory Monteith. Orando por sua família e seus amigos."

Rihanna - “Cory Monteith, que seu espírito esteja em paz e que você possa voar com os anjos. Muito triste. Minhas orações estão com seus entes queridos."

Nina Dobrev -
"Extremamente chateada. Chocada e triste ao ouvir a notícia. Meu coração está com a família e os amigos de Cory. Vamos respeitá-los neste momento de tristeza."

Fonte: Diário do Grande ABC

"Descanse em paz Cory. Que Deus te receba muito bem aí em cima."

"The Walking Dead": zumbis invadem fortaleza na 4ª temporada

 
“The Walking Dead” - A  4ª temporada da série está realmente imperdível. De acordo com informações do site "Pipoca Moderna", a série começa com a integração do grupo de Rick (Andrew Lincoln) com os sobreviventes de Woodsbury e termina revelando que não foi apenas a população do interior da prisão que cresceu. Os zumbis não param de vir, atraídos pela atividade dos vivos, a ponto de ameaçarem as cercas e a segurança da penitenciária.
 
(Foto reprodução)
O trailer (que você pode assistir abaixo) mostra que a quantidade de ataques zumbis na quarta temporada é absurda. A série também traz vários personagens em situações desesperadoras. São 4 minutos e meio de tensão, com direito a invasão de zumbis na fortaleza, discussões sobre a viabilidade do abrigo e a certeza de que, do lado de fora, a situação não é melhor.
 
Fonte: Momento Verdadeiro

Anderson Silva desabafa e chora ao falar sobre “luta vendida” no UFC: Nunca venderia uma luta!


Anderson fala sobre derrota em entrevista - Divulgação UFC/Josh Hedges

Em sua primeira entrevista no Brasil, o ex campeão do UFC, Anderson Silva se emocionou.
Desabafando em entrevista no programa da Rede Record, Legendários, Spider confessou que ficou muito magoado com as insinuações que ele teria “vendido” o combate contra Chris Weidman.
O lutador foi ás lágrimas após pedir desculpas aos fãs e analisar a luta.
“Eu cometi um erro técnico. Deveria dar um passo para trás para que o Chris não pudesse me alcançar.” disse Anderson que chorou quando falou sobre representar o Brasil no exterior.
“Sempre disse que o cinturão é um patrimônio do Brasil. Por isso não gosto de lutar contra brasileiro. Porque é um patrimônio nosso.
As pessoas respeitam nossa história no Japão, nos Estados Unidos.
E em relação a vender a luta, eu fiquei tão chateado porque nós representamos o Brasil lá fora.
Eu não sou político, sou atleta e nunca faria isso.” disse o lutador que se emocionou ao falar sobre o orgulho de representar o país.
Anderson já tem revanche marcada contra Chris Weidman no UFC 168 que acontece no dia 28 de dezembro em Las Vegas.

Fonte: Gazeta Esportiva

CFM vai à Justiça contra o programa Mais Médicos

Ação pede que conselhos regionais não sejam obrigados a registrar médicos formados no exterior sem que eles revalidem diplomas no Brasil

Médicos
Conselho Federal de Medicina pede que regras do Programa Mais Médicos não sejam colocadas em prática até que a Justiça decida sobre sua validade (Thinkstock)

O Conselho Federal de Medicina (CFM) ingressou com uma ação civil pública contra a União requerendo que os Conselhos Regionais de Medicina (CRM) não sejam obrigados a fazer o registro de médicos formados no exterior sem que eles revalidem seus diplomas e sem obter o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras).
A ação foi proposta na noite de sexta-feira e deve ser acompanhada por novas ações a serem apresentadas pelo CFM na Justiça no decorrer dos próximos dias. "A ação não é contra a presença de médicos estrangeiros em território brasileiro, mas pelo cumprimento da exigência legal para que o médico demonstre efetivamente sua capacidade técnica para o exercício da profissão, nos termos do arcabouço legislativo já existente", afirma texto do Conselho.
A medida é uma reação do CFM ao programa Mais Médicos, criado em 9 de julho por meio de medida provisória. O Mais Médicos prevê a contratação de médicos estrangeiros para trabalhar em áreas consideradas prioritárias, como o interior do Brasil.
Na visão do CFM, o Mais Médicos criará duas categorias de médicos no Brasil. Uma seria formada por especialistas aptos a exercer medicina em qualquer parte do país; a outra seria composta por inscritos no programa, cujo exercício profissional estaria limitado a determinadas regiões.

Leia também:
STF dá 10 dias para presidência prestar esclarecimentos sobre Mais Médicos 
Ministério da Saúde alega boicote e altera regras para inscrição no Mais Médicos

Na sexta-feira passada, o CFM, a Federação Nacional dos Médicos (Fenam), a Associação Médica Brasileira (AMB) e a Associação Nacional de Médicos Residentes anunciaram oficialmente a saída de ao menos 11 comissões do Ministério da Saúde, entre elas a Comissão Nacional de Residência Médica e o Conselho Nacional de Saúde em razão da discordância sobre o Mais Médicos.
(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA

Prefeito do Rio diz que 'França não é país de gente trabalhadora'

Eduardo Paes respondeu com ironia a pergunta de jornalistas franceses sobre feriado de dois dias na capital fluminense durante visita do papa

Eduardo Paes
Eduardo Paes afirmou que, como o Rio de Janeiro não tem tantos feriados como a França, o governo pode conceder um feriado a mais. "Ficou chateado com a resposta? Desculpa, mas não resisti", afirmou ao repórter (Christophe Simon/AFP)

Em entrevista na manhã deste domingo sobre a visita do papa ao Rio de Janeiro, o prefeito Eduardo Paes respondeu com ironia à pergunta de uma equipe de televisão francesa sobre a decretação de dois dias de feriado municipal — o que não aconteceu quando a Jornada Mundial da Juventude foi sediada em Paris. Paes disse que "a França não é exatamente um país de gente trabalhadora".
"A França já tem tanto feriado que, se colocassem mais um feriado para o papa, ninguém trabalhava mais. Nem executivo pode fazer hora extra lá. Tendo em vista que não temos tantos feriados como os franceses, será permitido um feriado a mais", respondeu o prefeito.
Logo em seguida, a equipe de televisão francesa deixou o auditório. "Ficou chateado com a resposta? Desculpa, mas não resisti", disse o prefeito ao repórter. E provocou de novo: "Deve ser feriado lá". O jornalista disse que estava saindo porque precisava mandar a reportagem para a França.

Visitante imprevisível — Paes disse que a chance de o papa sair de carro aberto e falando com as pessoas é muito grande e que isso não é um problema para a cidade. O prefeito pediu compreensão dos cariocas com os transtornos. Segundo Paes, a prefeitura não foi informada dos próximos trajetos do pontífice em jipe aberto.
O passeio pelo centro da cidade, que acontece nesta segunda-feira a partir das 17 horas, só teve seu roteiro definido — vai passar entre a Catedral Metropolitana e o Teatro Municipal — na tarde de sexta-feira. "O papa vai fazer o que quiser, mas é claro que não é um cidadão comum", disse o prefeito.
"O papa já anunciou sua primeira mudança (o passeio pelo centro), era algo que não prevíamos. Serão dias de muita paz e alegria, mas de algumas contingências até por conta do estilo informal do papa Francisco. A gente não tem clareza dos trajetos em carro aberto, em carro fechado e de helicóptero", disse o prefeito. "Se o papa quiser, posso andar de bicicleta com ele, no roteiro que eu sempre faço", brincou Paes.
O prefeito voltou a dizer que fazer manifestação é um direito da população. "Acho que vão ter um tom diferente, não vai ter quebra-quebra", afirmou. Paes será anfitrião de uma recepção ao papa no Palácio da Cidade, com a presença de esportistas como Pelé, Neymar e Oscar Schmidt e cerca de 600 convidados. Segundo o prefeito, a cerimônia terá apenas 15 minutos, sem discurso do pontífice. A prefeitura informou que a recepção custará 212.000 reais, sendo o maior custo a proteção do jardim em frente ao palácio.
(Com Estadão Conteúdo)

Fonte: VEJA

Lutador José Aldo reclama de salários pagos pelo UFC

Não são apenas os lutadores menos famosos que reclamam dos baixos salários pagos pelo UFC, como Chuck Liddell havia dito. O campeão dos penas do UFC, José Aldo, deu uma entrevista exclusiva para o jornal O Globo e , questionado se a remuneração por ser um dos principais lutadores era justa, contou que os lutadores de categorias mais leves recebem menos do que os de categorias mais pesadas.


"Não só a minha (remuneração) como de todo peso-leve (não é justa). A luta dos leves é muito emocionante, movimentada, a que todo mundo gosta de assistir, mas. Já em termos de valores, não só eu, mas todos nós ficamos bastante tristes por vermos vários pesos-pesados que não são tão bons quanto nós e ganham muito mais. É difícil falar sobre isso, mas certas coisas acho errado, sim", reclamou o campeão.

Além de falar sobre os salários, Aldo também respondeu perguntas sobre armação na luta entre Anderson silva e Chris Weidman e falou que não acreditava que isso acontecia no Ultimate.

"Sobre o Anderson, a gente não assistiu a isso. O Anderson estava lutando da mesma maneira que sempre, mas deve ter calculado um pouco errado, porque a envergadura do outro (Chris Weidman) era muito maior, e ele conseguiu conectar um golpe. Ele (Anderson) estava sem base nenhuma e sofreu o nocaute. Mas acho que não existe na minha casa, que é o Ultimate, luta armada. 

Aqui no Brasil, acho que não tem luta armada. Pode ter uma facilitação, que acho que tem em todos os esportes, como no boxe, quando um atleta com nível alto pega um atleta com nível baixo para subir no ranking. Isso pode ter, mas armada, armada, nunca vi.

Aporveitando que o assunto era Anderson Silva, Aldo foi perguntado sobre a responsabilidade de agora ser o brasileiro que está há mais tempo com o cinturão. Ele foi direto: 

"Não. Eu não sinto nenhuma responsabilidade. Desde o começo, sempre sonhei em ser campeão e assim quero continuar sendo. Tudo é treinamento. Treino para manter meu nível, e há muita coisa pela frente ainda.O peso do cinturão verdadeiro é 9kg ou 8kg (risos). Adoro esse peso e quero continuar carregando isso por muito tempo, até encerrar minha carreira. Todo atleta que sonha ser lutador sonha ser o campeão. E o campeão traz esse lado. Além da alegria, tem a cobrança. Se você tiver uma equipe boa, pessoas ao seu lado, vai administrar bem".


Fonte: Cidade Verde

Tremor provoca danos na capital; não há vítimas

O terremoto de magnitude 6,9 que atingiu a costa da Nova Zelândia hoje provocou danos na capital do país, Wellington, e ainda danificou o prédio do Parlamento.
Não há informações sobre vítimas.
Por toda a cidade, o impacto fez com que janelas se quebrassem, produtos caíssem das prateleiras das lojas e canos estourassem. Houve falta de energia em bairros da periferia. O sistema de trens também foi paralisado.
Em fevereiro de 2011, um terremoto de magnitude 6,3 perto de Christchurch deixou 185 pessoas mortas.
Segundo o Serviço Geológico dos EUA (USGS, na sigla em inglês), o epicentro do terremoto estava a 57 km a sudoeste de Wellington, a 10 km de profundidade.

Fonte: Correio do Estado

Juliana Paes dá à luz seu segundo filho


Juliana Paes
 
 
Nasceu nesta madrugada (21), às 0h18, o segundo herdeiro de Juliana Paes com o empresário Carlos Eduardo Baptista. Durante o parto normal, na maternidade Perinatal da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, a atriz fez questão de coletar com as células-tronco do cordão umbilical de Antônio, que chegou ao mundo com 3kg e 53 centímetros.

"Esse material pode ser usado no tratamento de mais de muitas doenças. O procedimento é rápido e indolor tanto para mãe quanto para o bebê. O Pedro já tem as células-tronco preservadas em centro completo e especializado de terapia celular", afirmou Juliana, por meio de nota divulgada à imprensa. Antes de dar à luz, a atriz contou que o filho mais velho de 2 anos, já se refere ao irmãozinho com um apelido carinhoso, 'Tonho'.

Fonte: O Tempo

Weidman sobre A. Silva: "até quem estava de fora queria socá-lo"

Duas semanas depois do histórico nocaute que conseguiu sobre Anderson Silva, o americano Chris Weidman afirmou em entrevista à TV Globo que se sentiu desrespeitado pelo brasileiro. Para Weidman, a atitude do adversário na disputa do cinturão dos pesos médio do UFC irritou não somente seus torcedores, como os fãs de Anderson. "Eu sabia que ele ia tentar me desestabilizar, bagunçar minha cabeça. Mas acho que faltou respeito, ele nem me cumprimentou antes da luta. Até quem estava fora queria socá-lo...Quando eu estava em cima dele no chão, poderia dar tapinha, para querer mostrar que sou melhor, mas não fiz isso. Botei ele no lugar dele", disse.
Weidman afirmou que ainda não consegue ter a sensação completa de que nocauteou Anderson Silva. "Foi sensacional. Lutei com o melhor de todos os tempos. Nocautear o Anderson Silva foi fantástico, por tudo que está acontecendo. Agora eu vejo que foi maior que imaginava", afirmou o americano, que disse que com o dinheiro da luta irá comprar uma nova casa para sua família, que foi atingida há um ano pelos estragos do Furacão Sandy.
Sobre a revanche, marcada para o mês de dezembro, Weidman afirma que não sabe se o resultado será diferente, mas que não faltará respeito da parte dele com relação a Anderson Silva. "Eu vou treinar ainda mais, treino pensando que vou voltar para casa e fiz o melhor para minha família, (fiz) por eles. Fiz o melhor que eu posso...Muita gente diz que vai ser diferente, eu já mostrei que posso ganhar. Vou fazer tudo como da primeira vez e vou continuar sendo um cara que cumprimenta ele antes da luta".

Fonte: Jornal do Brasil

Coalizão de Shinzo Abe vence eleições para o senado japonês

A coalizão do primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, conseguiu a maioria absoluta nas eleições para o senado do país neste domingo. O resultado mostra sua força política, após uma campanha que pôde, pela primeira vez, ser realizada pela internet, e abre caminho para uma estabilidade inédita no país desde 2006, quando deixou o ex-premiê Junichiro Koizumi deixou o poder.

A coalizão formada pelo partido de Shinzo Abe, o Liberal Democrata (PLD, de direita), e o Novo Komeito (centro) obteve a maioria absoluta no senado. Os dois partidos juntos conseguiram 132 cadeiras na alta câmara (63 para o PLD e 73 para o Novo Komeito) sobre os 242 cadeiras em jogo.
Em discurso televisão japonesa, Abe comemorou a vitória agradecendo os eleitores e dizendo que, com o resultado, as decisões acontecerão de forma mais rápida. “A política econômica que nós seguimos é a melhor e nós continuaremos neste caminho porque isso nos traz efeitos positivos sobre a economia real”, declarou.

O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe logo após a vitória de sua coalizão nas eleições para o senado do país neste domingo, dia 21 de julho. 
O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe logo após a vitória de sua coalizão nas eleições para o senado do país neste domingo, dia 21 de julho. 

A principal força de oposição, o Partido Democrata do Japão (PDJ, de centro-esquerda) não conseguiu se mobilizar e vive uma nova derrota após perder as eleições legislativas de dezembro, que colocou fim aos três anos a frente do governo japonês. Um dos motivos é a popularidade do primeiro-ministro japonês. Ele conta com 60% da opiniões favoráveis desde seu retorno ao governo, há sete meses.
Entre os principais desafios de Abe estão o relançamento desta que é a terceira maior economia do mundo, mas que teve muitas despesas com a recuperação pós-Fukushima em 2011.O Banco do Japão foi obrigado a injetar imensos montantes para a reconstrução do país após o tsunami e a catástrofe nuclear.
Um outro importante objetivo a ser cumprido pelo governo do premiê é elevar o potencial de crescimento do país, reestruturando o setor agrícola, e estabilizar o desregulamento e as modificações das regras do mercado de trabalho.
Analistas acreditam que, para esta segunda etapa de seu governo, Abe utilizará sua legimitidade, reforçada com a política de recuperação econômica e apelidada de “Abenomics”, que aumentou a sua popularidade e chamou atenção dos governos internacionais. Em contrapartida, as pautas nacionalistas e o conservadorismo da política de Abe preocupam os especialistas.
Para o professor de Ciências Políticas da Universidade de Niigata, Yoshinobu Yamamoto as eleições deste domingo não passam de “um referendo virtual sobre o Abenomics”.

Fonte: RFI Português

Percentual de católicos no Brasil cai a 57%, segundo pesquisa Datafolha

Uma pesquisa do Datafolha realizada nos dias 6 e 7 de junho aponta que 57% dos brasileiros com mais de 16 anos se declaram católicos, patamar mais baixo da história do país. Em 2007, segundo o mesmo instituto, eram 64%, e em 1994, 75%. O levantamento foi publicado pelo jornal Folha de São Paulo neste domingo (21). Nesta segunda, o papa Francisco chega ao País para a Jornada Mundial da Juventude .

‘Francisco será lembrado como o papa Robin Hood’, diz especialista
AP
Papa Francisco vai visitar um Brasil menos católico a partir de segunda-feira
Os evangélicos pentecostais formam o segundo maior grupo religioso no País com 19%. Em seguida vêm os evangélicos não pentecostais, com 9%. São espíritas 3% dos entrevistados.
Os fiéis dos dois grupos evangélicos são mais engajados que os católicos. Entre os pentecostais, 63% diz que vai a cultos mais de uma vez por semana, 51% dos não pentecostais faz o mesmo, enquanto entre os católicos esse índice é de 17%. Vão à igreja uma vez por semana 28% dos católicos e 21% vão uma vez por mês.
Relembre visitas dos outros papas ao Brasil
Sobre contribuição financeira, responderam que fazem isso sempre 34% dos católicos, contra cerca de 50% dos evangélicos. Quase um terço dos católicos diz não dar dinheiro algum para a Igreja, contra pouco mais de 10% dos evangélicos.

Costumes
Os católicos são mais liberais em matéria de costumes que os evangélicos. Por exemplo, são contra a legalização da união entre pessoas do mesmo sexo 36% dos fiéis da Igreja Católica e 42% são contra a adoção de crianças por casais homossexuais (42%). Entre os evangélicos esses índices são de 65% e 70%.
Em relação ao aborto, os índices são mais parecidos. São contra lei que criminaliza o aborto 22% dos católicos, 16% dos pentecostais e 23% dos não pentecostais. Somente os espíritas são mais liberais nessa questão: 42% disseram ser contrários a criminalização da prática.
Os católicos, por sua vez, são pouco inclinados a seguir orientação política da igreja. Só 5% votaram em candidato recomendado pela instituição, enquanto 18% dos pentecostais fizeram isso e 14% dos não pentecostais.
A pesquisa entrevistou 3.758 pessoas em 180 municípios do país. A margem de erro dos resultados é de dois pontos percentuais.

Fonte: Último Segundo

Morrem 19 militares colombianos após ataques de guerrilha


TAME, Colômbia, 21 Jul (Reuters) - Pelo menos 19 militares morreram na Colômbia em dois ataques atribuídos a guerrilha das Farc*, no mais forte golpe que sofrem as Forças Armadas por parte desse grupo rebelde desde que se iniciaram as negociações de paz com o governo, informou neste domingo o Ministério da Defesa.
O ataque mais forte, em que morreram 15 militares, ocorreu no sábado em uma estrada entre os municípios de Tame e Fortul, no departamento de Arauca, uma próspera região petrolífera e de pecuária na divisa perto da fronteira com a Venezuela.
Os militares estavam fazendo a segurança das obras de construção de um oleoduto quando foram atacados com armas de longo alcance e explosivos, disseram fontes militares que reportaram ainda a prisão de 11 guerrilheiros.
O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, foi para a região para participar de um conselho de segurança com os comandantes militares.
Em outro combate que se registrou no sábado no departamento de Caquetá, no sul do país, morreram seis guerrilheiros das Farc e quatro soldados, informou o exército.


*Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia

Fonte: Reuters

Lançamento do CD 'Na Pista' 2013!

"Na Pista" 2013 conta com o melhor das baladas pelo Brasil e pelo mundo, incluídos em 2 CDS! "Give You All Now", de Tiko's Groove Feat. Gosha; "Number One 2011", de Alexia; "Ready 2 Party", de Snookers Feat. Angie; "Fiesta", de Carlprit; "Just A Little Bit", de Claudia Feat. Fatman Scoop e muitos outros sucessos!



CD1
  1. Give You All Now (Tiko's Groove Feat. Gosha)
  2. Number One (Alexia)
  3. Ready 2 Party (Snookers Feat. Angie)
  4. Children 2012 (Jack Holiday Feat. Mike Candys)
  5. Paradise (Alex Force)
  6. All Falls Down (G&G Feat. Jonny Rose & Chris Redder)
  7. My Feeling (Yenson)
  8. Just Dance (Paradisio Feat. Ria)
  9. Deep In Love (Tom Boxer & Morena Feat. J Warner)
  10. El Tiburon (Loona)
  11. Feel The Rain (Na-Vee)
  12. Whenever You Will Go (Mobin Master & Royaal)
  13. So Many Days (Big Avenue)
  14. I Need You More (Crush & Alexandra Feat. Leslie)
  15. I Don't Know What To Do (Tiko's Groove Feat. Gosha)
  16. Bônus Pop: Kisses Down Low (Kelly Rowland)
CD2
  1. Love Is Beautiful (Sergio Mauri & Jerry Ropero)
  2. The Time (Mc Joe & The Vanillas)
  3. Hot Girls (Dony Feat. Elena)
  4. Loca Loca (Alycia Stefano)
  5. Fiesta (Carlprit)
  6. Good Time (Owl City Feat. Carly Rae Jepsen)
  7. I Rave You (Basto)
  8. Last Dance (Avicii)
  9. Just A Little Bit (Claudia Feat. Fatman Scoop)
  10. One More Night (Maroon 5)
  11. Criminal (Vox Halo Feat. LaDolla)
  12. Ma Chérie (DJ Antoine Feat. The Beat Shakers)
  13. Surrender (The Soundlovers)
  14. It's You (Duck Sauce)
  15. Baby Baby (Simon From Deep Divas Vs. Corona)
  16. Bônus Nacional: Bará Berê (Alex Ferrari)
  17. Bônus Flash: In The Dark (DJ Tiesto Feat. Christian Burns


Clique aqui para baixar!