segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Já estão escolhidos os atores de '50 Sombras de Grey'

D.R.
Dakota Johnson e Charlie Hunnam serão Anastasia Steele e Christian Grey no grande ecrã
 Acabou o suspense: já estão escolhidos os atores que vão protagonizar a versão cinemtográfica de ‘As Cinquenta Sombras de Grey’, de E.L. James, e foi a própria escritora britânica que o anunciou, na sua página do Twitter.
E a escolha vai para: Dakota Johnson, a filha de Melanie Griffith e Don Johnson, vai ser Anastasia Steele; e Charlie Hunnam será o masoquista Christian Grey.
O livro, lançado em 2011, tornou-se um fenómeno de vendas em todo o Mundo e agora vai ser levado ao grande ecrã pela mão do realizador Sam Taylor-Johnson e argumento de Kelly Marcel (com a colaboração de E.L. James).

Fonte: CM Jornal

Morre aos 44 anos ex-boxeador Tommy Morrison, que participou de Rocky V


O ex-boxeador Tommy Morrison morreu nesta segunda-feira em Omaha, nos Estados Unidos, aos 44 anos, após passar quase um ano internado. A informação foi anunciada por seu agente, Tony Holden, e pela viúva do lutador, Trisha, que não explicaram a causa da morte. O ex-atleta foi campeão dos pesados da Organização Mundial de Boxe (WBO) e participou do filme Rocky V (1990).

Tommy Morrison comemora vitória sobre Marcus Rhode em 1996 Foto: Getty Images
Tommy Morrison comemora vitória sobre Marcus Rhode em 1996
 Fonte: Terra

Idoso de 61 é preso por molestar neta de 5 anos em Pouso Alegre, MG

Um idoso de 61 anos foi preso na noite deste domingo (1º) por abusar sexualmente da própria neta de 5 anos em Pouso Alegre (MG). Segundo a Polícia Militar, a mãe da criança contou que deixou a filha na casa do avô por volta de 20h e ao pegar a criança três horas depois, a menor começou a reclamar de dores na região genital. Ao ser questionada, a criança contou que o avô a teria levado para tomar banho contra a vontade e lá foi molestada.
Ainda conforme a polícia, a mãe ainda contou que o avô teria dado R$ 2 para que a criança não contasse nada para ela.
A criança foi levada para um posto de saúde no bairro São Geraldo, onde o médico de plantão constatou uma vermelhidão na região genital. No entanto, não foi possível confirmar se isso era consequência do crime.
O avô da menina foi detido e levado para a Delegacia da Polícia Civil.
 
Fonte: G1

Doença psíquica fez filho de PMs matar família, afirma psiquiatra

Marcelo Pesseghini - GloboNews (Foto: reprodução GloboNews) 
Perfil de Marcelo Pesseghini foi traçado por psiquiatra
chamado pela Polícia Civil (Foto:
Reprodução/GloboNews)

Uma "doença psíquica" levou o garoto Marcelo Pesseghini a matar toda a família e cometer suicídio em 5 de agosto, segundo conclusão do psiquiatra forense Guido Palomba.  O especialista foi chamado pela Polícia Civil para traçar o perfil psicológico do principal suspeito de cometer a chacina. Ele vai produzir uma "perícia psiquiátrica" que será anexada ao inquérito policial sobre os crimes.
"Ele tinha uma doença psíquica que o levou a cometer os crimes. Pessoas normais não fazem o que ele fez", diz Palomba.
Segundo investigações da Polícia Civil, o estudante de 13 anos usou a pistola .40 da mãe para executar os pais, que eram policiais militares, a avó materna e a tia-avó, e se matar depois. Todos morreram baleados na cabeça com tiros à queima-roupa.
O psiquiatra Guido Palomba fará uma “perícia psiquiátrica forense” sobre a saúde mental de Marcelo à época dos crimes. Para isso, teve acesso aos quase 50 depoimentos de testemunhas que conviveram com as vítimas e com o investigado. Ele também irá requisitar os resultados das perícias da Polícia Técnico-Científica.

Em entrevista nesta segunda-feira (2) ao G1, o psiquiatra, que analisou mais de 1.300 casos em 40 anos de carreira, falou que está fazendo uma “perícia póstuma retrospectiva” de Marcelo. Ele não adiantou, no entanto, qual foi a doença mental diagnosticada no caso do estudante.
“Eu tenho determinada suspeita, mas não posso adiantar porque quero confirmar e recolher mais dados”, alegou Palomba, que disse ter encontrado, porém, a motivação para todas as mortes. “Ele tinha uma doença psíquica que o levou a cometer os crimes. A princípio chego a essa conclusão que o que ele tinha era doença. Pessoas normais não fazem o que ele fez”.
Procurado pela equipe de reportagem para comentar o assunto, o psiquiatra Dartiu Xavier da Silveira, professor da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), falou que “é muito raro uma doença psíquica levar alguém a cometer crimes, mas pode acontecer”.
Palomba afirmou estar convencido de que Marcelo cometeu os crimes a partir da investigação feita pelo Departamento de Homicídios e de Proteção è Pessoa (DHPP). Foram mortos o sargento das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota), Luís Marcelo Pesseghini, de 40 anos, da cabo Andreia Bovo Pesseghini, de 36, da avó materna Benedita de Oliveira Bovo, 67, da tia-avó Bernadete Oliveira da Silva, 55. Depois da chacina, Marcelo se matou, de acordo com a polícia.
Do ponto de vista clínico, Palomba comentou que Marcelo sofria de uma “psicopatologia”. “Psicopatologia não é o nome da doença. Psicopatologia é uma anormalidade psíquica, Ele sofria de algum transtorno mental, por exemplo: alucinação, delírio, depressão grave, distúrbio de memória, etc”, afirmou.
Palomba disse que nas próximas semanas dirá o nome, causa e sintomas da doença que acometeu Marcelo.
“No caso do Marcelo é incompreensível psicologicamente o que ele fez. Só é possível entender se der uma pitada de psicopatológica: de doença, anormalidade e transtorno mental”, disse o psiquiatra, que teve informações de que os pais do suspeito jamais perceberam a doença. “Eles não perceberam porque não dava para perceber”.

Doença e game
Entre outros motivos que estavam sendo investigados pela polícia para tentar saber o que poderia ter levado um garoto aparentemente normal a matar a família e se suicidar estão a doença que sofria - fibrose cística - e o uso de games violentos.
A médica que cuidava de Marcelo, Neiva Damaceno, já descartou, porém, a chance de os remédios contra a fibrose terem alterado seu comportamento a ponto de levá-lo a cometer os crimes.
Marcelo tomava insulina para controlar a diabetes. A fibrose cística é uma doença genética que afeta o funcionamento de secreções do corpo, levando a problemas nos pulmões e no sistema digestivo. Ela não tem cura e pode levar à morte precoce.
Um mês antes da tragédia em família, o adolescente havia mudado sua foto nas redes sociais na internet - ele colocou a imagem de um personagem de "Assassin´s Creed" na sua página pessoal do Facebook.  No dia 8 deste mês, a desenvolvedora de games Ubisoft, criadora do jogo, divulgou nota de repúdio à ligação feita entre o jogo e o assassinato da família Pesseghini. Recentemente, o criador do game lamentou a tragédia.

Alguns dos depoimentos prestados ao DHPP têm declarações consideradas importantes para apontar Marcelo como o único suspeito pela chacina. Disseram, entre outras coisas, que o adolescente planejava matar seus parentes, fugir de casa e se tornar um assassino profissional, um ‘matador de aluguel’. A inspiração teria vindo do game. Colegas de escola relataram que Marcelo chegou a criar um grupo, ‘Os Mercenários’, baseado no jogo, e passou a usar um capuz. O menino também comentava com eles que se sentia sozinho mesmo na presença dos pais.
Um PM da Rota afirmou que o menino já tinha ameaçado matar a mãe durante uma discussão. Outro amigo contou que ele quis acertar uma flechada na avó, mas não conseguiu. Após o crime, o estudante revelou aos amigos que finalmente havia conseguido matar a família. Como pensaram se tratar de brincadeira não o levaram a sério.

Laudos e crimes
A Polícia Civil de São Paulo aguarda os resultados dos laudos da Polícia Técnico-Científica para poder concluir o inquérito sobre o caso Pesseghini. A expectativa do DHPP é que os exames fiquem prontos ainda nesta semana e depois sejam entregues para a investigação.
De acordo com policiais e peritos que investigam a chacina, os testes feitos pelo Instituto de Criminalística (IC) e pelo Instituto Médico-Legal (IML) deverão confirmar a principal versão que está sendo apresentada pelo DHPP para explicar os crimes. Para os investigadores, Marcelo é o assassino e suicida do caso.
Os laudos periciais deverão apontar que as mortes foram cometidas entre a madrugada e a tarde do dia 5 de agosto em duas casas onde a família morava na Brasilândia, na Zona Norte da capital.
“Estamos no aguardo dos laudos para poder relatar o caso e concluir o inquérito”, disse o delegado Itagiba Franco, do DHPP.
Procurada para comentar o assunto, a superintendente da Polícia Técnico-Científica, Norma Sueli Bonaccorso, afirmou que “os laudos serão entregues e depois haverá uma coletiva com a imprensa para falar das conclusões do caso”. Segundo a perita, ainda não há uma data prevista para a entrega dos documentos.

Os laudos deverão sair lacrados da perícia e deverão seguir primeiramente para o gabinete do secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira.
Entre os exames técnicos que serão apresentados estão os laudos necroscópicos que poderão determinar os horários e sequência das mortes no dia 5. Marcelo teria matado primeiro os pais num dos imóveis e depois a avó materna e a tia-avó na outra residência.
A reconstituição acústica poderá indicar que os disparos foram dados entre 0h20 e 0h30. Em outras palavras, Marcelo teria matado a família em dez minutos. Ao todo, seis disparos foram feitos. Um tiro foi encontrado na parede do quarto da tia-avó. E a perícia constatou que Marcelo disparou o tiro porque a tia acordou depois que ouviu disparo que matou a avó. O garoto se assustou e deu dois tiros: um que matou Bernardete e outro que pegou na parede.
palomba (Foto: globo news) 
Psiquiatra Guido Palomba diz que doença psiquica
levou Marcelo a cometer crimes
(Reprodução/ Globo News)
 
IML e IC
Exames do IML não detectaram substâncias químicas nas vítimas que poderiam ter sido usadas para dopá-las.
Análises feitas pelo IC nas câmeras de segurança mostram ainda que o garoto ir para a escola horas depois do crime. Para a investigação, ele pegou o carro da mãe, o estacionou perto do Colégio Stella Rodrigues, e dormiu no veículo até o horário de entrada na escola. Em seguida, assistiu as aulas e comentou, segundo o depoimento dos colegas, que havia matado a família. Depois voltou para a casa de carona com o pai de um amigo. Lá, teria se matado com um tiro na cabeça.
Os corpos foram encontrados por um colega de Andreia, que é PM e estava de folga no dia do crime, e pelo filho de Bernadete. O policial queria saber porque a mulher não havia ido trabalhar e o rapaz buscava informações sobre a mãe, que não atendia seus telefonemas.
A perícia também analisa o computador da família Pesseghini. Ela quer saber se há mais informações sobre o que Marcelo acessava na internet ou o que escrevia a respeito do grupo ‘Os Mercenários’. Segundo os colegas do suspeito, o estudante também tinha uma lista com mais pessoas que teriam de ser mortas, inclusive uma professora.
Os investigadores devem ter acesso essa semana aos documentos da quebra do sigilo telefônico da família, o que pode ajudar a polícia a determinar quem mais deve ser ouvido sobre o caso.

O que deve acontecer
Assim que o DHPP receber os laudos, deverá relatar o inquérito à Justiça. O Ministério Público também deverá se manifestar. Como o assassino se matou, a Promotoria poderá sugerir que o caso seja arquivado. Para outros parentes da família Pesseghini, Marcelo não matou os pais, a avó e a tia-avó.

Dilma cogita cancelar viagem aos EUA após denúncia de espionagem

Indignada, Dilma Rousseff cogita a possibilidade de cancelar a viagem oficial aos Estados Unidos programada para outubro caso o presidente Barack Obama não dê "respostas satisfatórias" sobre as ações de espionagem da NSA (Agência de Segurança Nacional) que teriam atingido a presidente brasileira.
Dilma está não só "indignada", mas também "muito irritada", segundo assessores da área diplomática, porque sente-se "enganada" pelo governo norte-americano.

Dilma foi espionada pelos EUA, diz TV
Governo brasileiro quer e-mail nacional contra 'bisbilhotice'

Afinal, quando surgiram as primeiras notícias sobre espionagem da agência americana no Brasil, os Estados Unidos garantiram que a atuação da NSA estava circunscrita a operações de "metadados", com cruzamentos de informações que seriam inclusive de interesse do governo brasileiro.
Ainda não há uma decisão final sobre a possibilidade de cancelamento da viagem de Estado, e o Palácio do Planalto espera que o presidente Obama explique de forma cabal e tome as medidas necessárias para contornar o "grande mal-estar" que foi gerado pela informação de que a presidente Dilma foi alvo direto da espionagem feita pela NSA, conforme reportagem do programa "Fantástico".
Oficialmente, o Palácio do Planalto informa que "esta possibilidade [cancelamento da viagem] não está na mesa" e não está em análise.

A Folha obteve a informação com três assessores do governo. Segundo eles, sem uma resposta de Obama, Dilma não teria como viajar aos Estados Unidos e ficar "tirando foto" ao lado do americano.
De acordo com eles, seria o mesmo que o Brasil dizer, mundialmente, que não se importa em ser espionado.
No governo brasileiro, a informação de que Dilma foi alvo da espionagem é considerado o "episódio mais grave" desde o início do vazamento de documentos secretos envolvendo a ação da NSA.
O Palácio do Planalto espera não ser obrigado a cancelar a viagem, prevista para o dia 23 de outubro, pois isso representaria uma crise diplomática. A expectativa é que a pressão brasileira sobre Obama dê resultado e o caso seja superado.

Fonte: Folha de São Paulo

Além de Jota Quest, lista tem artistas com falas polêmicas em shows


Rogério Flausino se apresenta no Circuito Banco do Brasil em Salvador, no sábado (31) (Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB) 
Jota Quest toca em Salvador, no sábado (31)
(Foto: Divulgação/Vitor Nomoto/Circuito BB)

A banda Jota Quest foi vaiada durante o show que fez em Salvador, no sábado (31). A reação da plateia aconteceu depois que o vocalista Rogério Flausino disse que os baianos poderiam ficar até tarde na "festa". Ele brincou ao comentar que baiano "não trabalha" em qualquer dia da semana, não só domingo. Depois das vaias, ele se desculpou. Disse que precisava "discutir a relação" e se explicou, dizendo que é mineiro e sempre escuta piadas com queijo. "Eu queria que vocês me perdoassem. Eu amo isso aqui, venho sempre no carnaval. Estou sempre aqui e foi só uma brincadeira", disse.
Assim como o Jota Quest, outros artistas brasileiros já causaram polêmica com declarações durante shows. Veja abaixo lista com os casos mais recentes:

Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP) (Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito) 
Gusttavo Lima durante show em Iperó (SP)
(Foto: Thiago Nicolau / Novo Agito)
Gusttavo lima

O sertanejo Gusttavo Lima fez desabafo durante um show em março deste ano, dizendo que a apresentação poderia ser a última de sua carreira. No palco, diante do público, ele discursou: "São 14 anos de carreira, dez cantando em barzinho. Tô pensando seriamente... Talvez este seja um dos últimos shows que eu vou fazer na minha vida. Eu já não aguento mais, eu já não suporto mais." Relembre o caso.

Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista Champignon durante show do Charlie Brown Jr. neste sábado (8) (Foto: Reprodução/YouTube) 
Vocalista Chorão (à direita) dá bronca em baixista
Champignon durante show do Charlie Brown
(Foto: Reprodução/YouTube)

Chorão
O vocalista do Charlie Brown Jr., Chorão, fez longo discurso contra Champignon, baixista do grupo, em show Apucarana (PR) em novembro de 2012. Após cerca de 4 minutos de acusações do líder da banda, o baixista deixou o palco. O vídeo foi registrado por uma pessoa presente na apresentação e postado no mesmo dia no YouTube. Chorão, que morreu em 2013, dirige-se ao companheiro de banda e afirma que Champignon deveria "ficar muito grato" por ter sido aceito de volta à banda, da qual se desligou em 2005, para retornar no ano passado. "Você não tem nem coragem de falar a verdade", prossegue o cantor, referindo-se a uma suposta acusação de que teria "roubado" o grupo. Em seguida, ele questiona um outro músico, Marcão: "Eu roubei alguém nessa porra dessa banda?". A resposta é negativa. Relembre o caso.

Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas, durante show em Boa Vista (Foto: Rodrigo Menaros/G1) 
Tico Santa Cruz, vocalista do Detonautas
(Foto: Rodrigo Menaros/G1)

Tico Santa Cruz
O vocalista do Detonautas Roque Clube se irritou durante um show da banda em agosto deste ano, em evento do Diretório Central de Estudantes (DCE) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). Em vídeo divulgado na internet, Tico Santa Cruz se demonstra insatisfeito com a qualidade dos equipamentos de som e interrompe a apresentação. "Este PA serviria no máximo para 1,5 mil pessoas, e tem mais de 10 mil pessoas aqui. Então, eu agradeço a vocês que estão aqui na frente. E, a vocês que estão aí detrás, eu peço mil desculpas por não conseguirmos atingi-los aí com nosso som. Mas, faremos o esforço máximo para que esta noite seja inesquecível e divertida". A sigla PA, em inglês, Public Audition, é usada para se referir ao som que alcança o público em shows e eventos. Relembre o caso.

Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE) (Foto: Reprodução/ TV Sergipe) 
Rita Lee faz show em Barra dos Coqueiros (SE)
(Foto: Reprodução/ TV Sergipe)

Rita Lee
Momentos após show em janeiro de 2012, em Sergipe, a cantoria Rita Lee afirmou pelo Twitter que foi detida pela Polícia Militar por causa do que havia dito durante sua apresentação. Ela foi uma das três atrações da noite do sábado (28) do Festival Verão Sergipe, e cantava na praia Atalaia Nova, no município de Barra dos Coqueiros, próximo à capital Aracaju. "Polícia dando trabalho p/ mim, quer me prender, embasamento legal ñ há, ñ retiro uma palavra do q disse, o show era meu! [sic]", afirmou Rita Lee em seu perfil. A cantora foi detida porque teria xingado policiais que faziam a segurança no local de "cachorros" e "filhos da puta", segundo testemunhas. Relembre o caso.

Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves / G1) 
Joelma, da banda Calypso (Foto: Flávio Alves/G1)

Joelma
Um desabafo da cantora Joelma, da banda Calypso, sobre a vontade de seguir carreira gospel, feito em junho deste ano, no São João da Capitá, no Recife, gerou um mal-entendido nas redes sociais. Algumas pessoas divulgaram em seus perfis que a artista havia anunciado o fim do grupo. Não era verdade, ela apenas havia comentado sobre desejo de lançar disco gospel, em dar fim à banda. Relembre o caso.

'Lavei a alma aqui', disse Luciano (Foto: Joka Madruga/G1) 
Luciano canta em Curitiba (Foto: Joka Madruga/G1)

Luciano
Uma briga momentos antes de um show em Curitiba (PR) abalou Zezé di Camargo e Luciano em novembro de 2011. Luciano chegou a anunciar o término da dupla, mas assessoria dos cantores negou o fim da parceria, em seguida. No Teatro Guaíra lotado, o público que esperava ver a dupla foi surpreendida: apenas Zezé cantou e disse que Luciano foi embora. Meia hora depois, Luciano apareceu: “Não era para eu estar aqui agora. Até o final do ano vou cumprir todos os meus compromissos. Mas o ano que vem o meu irmão vai continuar a carreira sozinho, e vocês vão ser com certeza a segunda voz que ele sempre mereceu e que merece para o resto da vida. Valeu de coração e obrigado”. Relembre o caso.

Fonte: G1

'Eles foram projetados contra o teto', diz passageiro de voo com feridos

Um dos passageiros que estavam no voo Madri-São Paulo que sofreu uma forte turbulência na madrugada desta segunda-feira (2) disse que viu pessoas batendo a cabeça no teto. Doze passageiros ficaram feridos e foram levados para hospitais assim que a aeronave realizou um pouso de emergência, à 1h43, no Aeroporto Internacional de Fortaleza.
O advogado gaúcho Gustavo Prates afirmou que, durante a turbulência, muitos passageiros estavam dormindo (veja o vídeo).

12 passageiros ficam feridos em pouso de emergência em Fortaleza (Foto: Thiago Conrado/G1 Ceará) 
Viajando com o amigo Claudio Leiva, o espanhol
Fernando Centenera (de vermelho), diz
ter acordado com a aeronave balançando (Foto:
Thiago Conrado/G1 Ceará)

Pelo fato de não estarem com cinto, alguns se machucaram ao bater a cabeça no teto do avião. "Era 0h15, horário brasileiro, quando voltávamos de Madri (Espanha). De repente, o avião deu uma baixada e um golpe para cima, como se ele tivesse empinando. Muitos passageiros estavam sem cinto, dormindo e foram projetados contra o teto do avião. Uns bateram a cabeça, outros o ombro. Um conhecido meu que estava na parte da frente foi jogado para cima e caiu no corredor do avião", contou.
Luciana Melo disse que preferiu esperar novo voo no aeroporto e quer retornar logo para Uberlândia, Minas Gerais. "A companhia está dando apoio para todos nós. Eles me deram um comprimido. Eu ia para um hotel, mas agora não vou mais, pois vou pegar um voo que sai agora às 13h30", disse.
Os 12 passageiros feridos foram encaminhados para atendimento de emergência. A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informa apenas que o avião da TAM teve de realizar um pouso técnico, mas não detalha a causa ou a gravidade dos ferimentos dos passageiros.

Dos 12 passageiros feridos, sete foram levados para o Hospital Doutor José Frota (IJF). Os outros cinco feridos foram para um hospital particular.
O advogado Gustavo Prates afirmou que algumas pessoas sofreram cortes no rosto. Houve muita gritaria, relata. "Começou uma gritaria, muita tensão e ansiedade. As pessoas não sabiam se o avião tinha batido. Foi um momento de terror", disse.

12 passageiros ficam feridos em pouso de emergência em Fortaleza (Foto: Thiago Conrado/G1 Ceará) 
Avião fez pouso de emergência em Fortaleza (Foto:
Thiago Conrado/G1 Ceará)

O espanhol Fernando Centenera também estava no voo. Ele era um dos passageiros que dormiam no momento da turbulência. "Eu estava dormindo quando o avião começou a balançar. De repente ele começou a cair. A aeronave estava sem controle nenhum. Fiquei muito assustado", disse o estrangeiro.
Em nota, a TAM informou que a aeronave que operava o voo JJ 8065 (Madri-São Paulo/Guarulhos) pousou no aeroporto de Fortaleza à 1h36 (hora local) desta segunda-feira (2), após passar por uma turbulência que provocou ferimentos em alguns passageiros e tripulantes. A aeronave aterrissou em segurança, e os feridos foram encaminhados para atendimento médico.
Muitos passageiros estavam sem cinto, dormindo e foram projetados contra o teto do avião. Uns bateram a cabeça, outros o ombro"
Gustavo Prates, advogado e passageiro do voo
A companhia aérea disse também que os feridos já foram liberados, com exceção de dois passageiros que permaneciam em observação no hospital para exames complementares. A companhia informa que lamenta o ocorrido e que está prestando toda a assistência necessária a seus passageiros e funcionários.
A TAM disse que uma tripulação reserva foi enviada a Fortaleza para levar os passageiros até o aeroporto de Cumbica, no voo JJ 9362, com decolagem prevista para as 13h30 desta segunda.

Outros casos
Em maio de 2009, em um outro voo da TAM que fazia o trajeto Miami-São Paulo uma forte turbulência deixou 21 pessoas feridas. O avião, um Airbus A-330, transportava 154 passageiros. Os passageiros passaram por momentos de pânico antes de aterrissarem no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo.
Em janeiro de 2012, um avião da companhia American Airlines que partiu de Salvador (BA), fez escala no Aeroporto Internacional dos Guararapes, no Recife, e pousou na cidade de Miami, nos Estados Unidos, passou por forte turbulência durante o voo. Segundo a American Airlines, três comissários de bordo ficaram feridos. Nenhum passageiro se machucou na ocasião.

Fonte: G1

Dilma convoca ministros para reunião após denúncia de espionagem

A presidente Dilma Rousseff convocou reunião ministerial de emergência nesta segunda-feira no Palácio do Planalto, após denúncias de monitoramento de telefonemas, emails e mensagens de celular da presidente por parte de uma agência norte-americana.
Dilma realizou duas reuniões nesta manhã, segundo uma fonte do Planalto. Participaram do primeiro encontro os ministros José Eduardo Cardozo (Justiça), Gilberto Carvalho (Secretaria-Geral da Presidência) e o general José Elito, chefe do Gabinete de Segurança Institucional.
Depois, a presidente conversou com os ministros das Comunicações, Paulo Bernardo, da Defesa, Celso Amorim, e com o chanceler Luiz Alberto Figueiredo. Cardozo também participou dessa reunião.
O ministro Gilberto Carvalho disse mais cedo, em evento sobre resultados do Plano Plurianual, que havia sido convocado para uma reunião com a presidenta e que as denúncias resultam em uma "situação de emergência".
Segundo denúncias feitas no domingo pelo programa "Fantástico", da TV Globo, a presidente teria sido alvo de espionagem por parte da Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês). As revelações foram feitas com base em documentos fornecidos pelo ex-prestador de serviço da NSA Edward Snowden ao jornalista norte-americano Glenn Greenwald, que vive no Rio de Janeiro.
Mais cedo, o embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Thomas Shannon, foi convocado ao Itamaraty para prestar esclarecimentos sobre as denúncias de monitoramento.
Dilma tem uma visita de Estado a Washington, agendada para outubro, na qual se reunirá com o presidente dos EUA, Barack Obama. A viagem tem como objetivo reforçar como as relações entre Brasil-EUA melhoraram desde que Dilma tomou posse, em 2011.

Fonte: TERRA

Site brasileiro comete gafe ao antecipar morte de Nelson Mandela

Um dia após o escritório do porta-voz do ex-presidente americano George W. Bush (pai) ter emitido uma nota equivocada de condolências pela morte de Nelson Mandela, foi a vez de um site brasileiro antecipar erroneamente o falecimento do ex-presidente sul-africano. Às 9h38 desta segunda-feira, o portal "Terra" noticiou: "Morre Nelson Mandela, a lança da nação africana".
A publicação chegou a aparecer na página de notícias do Google, mas foi retirada do ar alguns minutos depois. Apesar do pouco tempo em que ficou disponível, a reportagem sobre a "morte" de Mandela começou a ser compartilhada nas redes sociais, gerando repercussão.
"Aos 94 anos de idade, desaparece um dos libertadores da África Colonizada e um dos últimos campeões africanos que lutou contra o colonialismo europeu. Nelson Mandela, nascido em 18 de julho de 1918 na cidade de Qunu (África do Sul), pertenceu a uma geração formidável de rebeldes e revolucionários terceiro-mundistas que emergiu no após-Segunda Guerra Mundial", dizia a notícia, que fazia uma retrospectiva do líder da luta contra o apartheid. O prêmio Nobel da Paz completou 95 anos no último dia 18 de julho.
Nesde domingo, Mandela recebeu alta do hospital onde ficou internado por quase três meses na cidade de Pretória. O governo sul-africano informou que o ex-presidente continuará se tratando em casa, porém ressaltou que o estado de saúde dele é crítico em decorrência de uma infecção pulmonar.

Portal Terra noticiou morte de Mandela e excluiu a publicação em seguida. Foto: Reprodução de Internet
Repercussão da notícia errada sobre o falecimento de Nelson Mandela. Foto: Reprodução/ Twitter

Fonte: Sidney RZD

Homem europeu 'cresceu' 11 cm desde 1870, diz estudo

A altura média dos homens aumentou quase 11 centímetros desde a metade do século 19, segundo especialistas.
Os dados foram coletados de centenas de milhares de homens de 15 países europeus.
Entre os britânicos, a altura média aos 21 anos aumentou de 167,05 centímetros, no período entre 1871 e 1875, para 177,37 centímetros, exatamente um século depois.
O estudo, publicado na revista científica Oxford Economic Papers, analisou dados de diversas fontes, desde registros militares a pesquisas e censos populacionais entre 1870 e 1980 na Europa.
O único dado estudado foi a altura dos homens, porque há poucos registros históricos sobre mulheres no período.

Genética
Herança genética é geralmente vista como o principal fator que determina a altura. Mas, apesar de os genes explicarem diferenças entre os indivíduos, eles não conseguem descrever o que acontece em termos de tendência de população.
Segundo os pesquisadores, o crescimento é muito afetado pelo que acontece nos primeiros dois anos de vida.
No passado, um alto índice de doenças - como respiratórias ou diabetes - provocava muitas mortes entre crianças, mas também afetava as que sobreviviam. Isso afetava o seu crescimento. A mortalidade infantil na Europa caiu bruscamente no século estudado.
Outro fator que é levado em consideração pelos pesquisadores é a diminuição no número de pessoas por família. O maior poder aquisitivo das pessoas, melhores condições de higiene e melhor educação das famílias tiveram efeito combinado no aumento da altura média dos homens, na avaliação dos cientistas.
O estudo também analisa os dados dos 15 países europeus em separado.
No norte da Europa, houve um aumento significativo na altura média dos homens no período que engloba as duas Guerras Mundiais e a Grande Depressão, antes da criação do sistema nacional de saúde.
O professor Tim Hatton, da universidade britânica de Essex, acredita que esse fenômeno - considerado surpreendente por ele - acontece porque foi o período em que houve os maiores ganhos em higiene pública e nutrição.
Durante os períodos de guerra, mais mulheres estavam trabalhando e aumentando a renda dos domicílios. Além disso, o racionamento melhorou a alimentação de algumas famílias.
No sul da Europa, houve forte crescimento da altura média dos homens após a Segunda Guerra Mundial. Segundo Hatton, esta região adotou neste período mudanças sociais que o norte já havia implementado previamente.
"Aumento na estatura das pessoas é um indicador importante de melhorias na saúde das populações."
O professor John Middleton, que trabalha para um órgão britânico de saúde pública, disse que o estudo de Hatton é interessante por sugerir uma relação entre altura média de populações e saúde pública. No entanto, ele ressalta que isso não significa que pessoas de baixa estatura tenham necessariamente problemas de saúde.

Fonte: TERRA

Nelson Mandela recebe alta depois de ficar três meses internado

Depois de três meses o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela teve alta do hospital em Pretória, onde estava internado por causa de uma infecção pulmonar.
Ele passou a primeira noite em casa nos arredores de Joanesburgo. A notícia foi capa de todos os jornais da África do Sul.
Segundo o governo, o estado de saúde do ex-presidente continua crítico e instável. Mandela tem 95 anos e foi o primeiro presidente negro do país.

Fonte: Bom Dia Brasil

Rogério Flausino e seu comportamento durante show em Salvador

http://blogs.d24am.com/blogdoprata/files/2010/06/PRA20-ROGERIO-FLAUSINO.jpg

Rogério Flausino, 41 anos, nascido em Alfenas, se revelando ser uma pessoa preconceituosa. Em seu show realizado neste sábado (31 de agosto), ele disse que os baianos não trabalham, e é vaiado em Salvador. Isso porque ele não sabe que o povo trabalhou para ter o ingresso do show na base da honestidade, só para ver o vagabundo cantar. Vagabundo sim! Sim, porque só vive cantando, não pega no duro, não trabalhou na pedreira, não pegou peso. Só queria mesmo que os baianos subissem no palco e o pegasse para dar um monte de porrada. Lá (em Salvador) ele não vai mais, já se queimou.
Se continuarmos com esse preconceito, o Brasil vai ser um país como os Estados Unidos foi. Ninguém se mistura com outras raças, com outras nacionalidades, com outras pessoas de várias regiões...
Culpa desse preconceito é de Dorival Caymmi, que dizia que os baianos só viviam na rede. Acho que ele disse isso pensando nele mesmo, que devia ser relaxado.
Querem saber minha opinião sobre Rogério? Eu não acho ele um bom cantor, tem uma péssima voz, a única coisa que ele só sabe fazer é gritar durante seus shows; com certeza, isso ele faz muito bem. Eu já não gostava dele, agora é muito pior. Não sei o que as pessoas vêem nele. O que ele falou dos baianos, eles vão pegar e dar descarga. E, de fato, de sábado em diante, ele só cagará pela boca.

'Amor à Vida': Silvia terá câncer de mama, e Carol não descarta raspar a cabeça

 

A vida de Silvia (Carol Castro) vai mudar nos próximos capítulos de “Amor à vida”. A advogada, destemida e firme no exercício da profissão, se revelará frágil ao descobrir ter câncer de mama e a necessidade de realizar mastectomia total no seio atingido.
  — Como atriz, fico feliz pela maneira como o assunto será mostrado. É um alerta para as mulheres, um problema que pode acontecer com qualquer uma — afirma Carol.
Embora já tenha se configurado como um desafio para a atriz, o arco dramático da personagem ainda está sendo desenhado. Do seu lado, Carol evita fazer previsões sobre Silvia. Após Marina Ruy Barbosa desistir de raspar a cabeça, há a chance da marcante cena ser protagonizada pela atriz:
— Sobre o cabelo, é uma coisa a se conversar. Ninguém falou comigo sobre isso, e como essa questão já rendeu tanta polêmica, prefiro me manter distante por enquanto.
A confirmação do tumor surge num momento de plena confusão sentimental. Perdida num quadrado amoroso — dividido com Michel (Caio Castro), Patrícia (Maria Casadevall) e Guto (Marcio Garcia) —, Silvia, diante do momento difícil, acaba experimentando outro tipo de relação com o marido.
— Ela ela não usa o câncer para se aproximar ou tirar vantagem do Michel. A situação mostra um carinho diferente entre eles, que não é sensual, mas, sim, uma preocupação, que vem da amizade — destaca Carol, que acha curiosa a recepção das mulheres às investidas de Silvia: — Nessa tentativa de reconquistar Michel, ela mostrou um lado sensual. As mulheres não gostam, acham que ela está jogando baixo. O Michel mexe com o imaginário das mulheres, que não sentem raiva dele.
O fato é que Silvia transita cada vez mais por diferentes núcleos. O ofício da personagem ajuda, e após defender Bruno (Malvino Salvador) e Edith (Bárbara Paz), a advogada vai auxiliar Pilar (Susana Vieira) na separação de César (Antonio Fagundes).
— Não contracenava com a Susana desde “Senhora do destino” e foi ótimo reencontrá-la. Já com o Fagundes, tremi dos pés à cabeça na gravação(risos). Não é porque eu trabalho com ele que não posso admirá-lo, né?

Fonte: Tribuna Hoje

Assassinato do Português

Peguei esse post 'ilegalmente' (rsrs') mas está valendo, porque, já conheço o infeliz, e ele sempre foi digno de sarro. Você errar uma vírgula, tudo bem, agora, olha só isso:


Ivete Sangalo curte balada após "Criança Esperança"

Ivete Sangalo curte balada após "Criança Esperança"
Após sua apresentação no programa "Criança Esperança" da Rede Globo neste sábado (31), a cantora baiana Ivete Sangalo resolveu curtir a noite carioca.
Marcando presença na festa "Auê", na Zona Sul do Rio de Janeiro, a cantora foi clicada ao lado de vários famosos no evento, que é produzido pela filha de Regina Casé, Benedita Casé.
Preta Gil, a própria Regina Casé, Leandra Leal e o namorado, Alexandre Youssef, Pedro Scooby, Paulo Gustavo, Seu Jorge, Péricles, Douglas Silva, Xande, entre outros famosos também estiveram presentes na festa.
Ivete dividiu o palco do "Criança Esperança" com o grupo Roupa Nova, e expressou sua admiração pela banda e pelo intuito do programa: "Foi lindo. Eu sou fã do Roupa Nova! Essa música ('Sal da Terra') traduz muito o espírito da união, e o que seria de nós se não fosse o mote do extinto de viver em comunhão? Não há comunhão quando existe um grupos de pessoas desfavorecidas e desprestigiadas. E acho que cabe a nós, artistas, fazer uma festa linda dessa para arrecadar para quem precisa".

Fonte: Ache Belem

Amor à Vida: Paloma é assediada por detenta e é espancada na prisão

Da Redação
A vida de Paloma (Paolla Oliveira) fica ainda mais difícil. Depois de ser presa injustamente por tráfico internacional de drogas, a médica vai tentar sobreviver da melhor forma na prisão apesar de ser vista pelas companheiras de cela como uma patricinha mimada. No entanto, ela logo enfrentará uma situação complicada.
Detenta imprensa Paloma na parede e começa a tocar no rosto dela

Após se voluntariar para fazer faxina na cadeia, a beleza de Paloma é elogiada por uma detenta durante a limpeza do local. Sem graça, a médica tentará responder com educação, mas a mulher vai imprensar Paloma contra a parede e tocar no rosto dela. 

Detenta imprensa Paloma na parede e médica começa a se irritar

Segundo o TV Globo, quando a médica grita e se debate, a detenta dá uma tremenda surra em Paloma, que termina internada na enfermaria da prisão e escuta um conselho que a deixa impressionada: "Na cadeia é a lei da selva, garota. Fala com a sua família, dá um jeito de sair logo. Aqui a sua vida está em perigo", diz a enfermeira. As cenas vão ao ar no capítulo desta terça-feira (3). 

Fonte: Correio da Bahia

Após desavença, sobrinho coloca fogo em casa e mata tio carbonizado


Residência ficou completamente destruída pelas chamas  (Foto: João Carlos Frigério / AE)Residência ficou completamente destruída pelas chamas (Foto: João Carlos Frigério / Estadão)

Um homem de 63 anos morreu carbonizado após um incêndio na residência da família no fim da noite de domingo (1º), no bairro Santa Felicidade, em Curitiba. Segundo a Polícia Militar (PM), tio e sobrinho iniciaram uma discussão no início da tarde logo após ingerirem bebidas alcoólicas. Horas depois, os dois começaram uma discussão e entraram em luta corporal. O tio acabou expulsando o rapaz da casa. Pouco tempo depois, quando o tio já estava dormindo, o sobrinho voltou e ateou fogo na residência. O homem morreu carbonizado. O sobrinho fugiu do local.
Conforme os bombeiros, quando as equipes chegaram, o local já estava tomado pelas chamas. O combate ao incêndio durou aproximadamente três horas. A residência ficou completamente destruída.
Ainda segundo a PM, o sobrinho tem 30 anos e é usuário de drogas. Até as 7h30 desta segunda-feira (2), ele não tinha sido localizado.

Fonte: G1