sábado, 28 de setembro de 2013

Segundo suspeito de envolvimento em racha que deixou seis mortos na Grande SP é identificado

Da Agência Record
Motorista envolvido em mortes não tinha carteira de habilitação Reprodução/Rede Record

A Polícia Civil identificou o segundo suspeito de disputar o racha — corrida ilegal — que terminou na morte de seis pessoas, em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, na madrugada deste sábado (28). O primeiro suspeito e condutor do veículo que atropelou as vítimas, Reginaldo Ferreira da Silva, de 41 anos, foi preso em flagrante logo depois do crime.
As equipes de investigação do 2º Distrito Policial de Mogi das Cruzes chegaram até Paulo Henrique de Oliveira Mota Batista, de 23 anos, depois de receber diversas denúncias anônimas. A placa do carro que o jovem dirigia, um Fiat Palio, caiu durante o racha, o que ajudou os policiais a chegarem até ele.
Os investigadores levantaram o endereço de Paulo e foram até a casa dele. O advogado dele já estava na residência e disse aos investigadores que o cliente se apresentará na delegacia às 9h de segunda-feira (30).
Para a polícia, Paulo Henrique é o principal suspeito de estar disputando racha com o motorista Reginaldo Ferreira da Silva, de 41 anos, quando ele atropelou seis pessoas que fumavam narguilé na calçada, na estrada do Rio Grande, uma extensão da avenida Japão, no Conjunto Residência Santo Ângelo, em Mogi das Cruzes.
Ao todo, oito vítimas foram atingidas pelo veículo de Reginaldo, um Chevrolet Monza. Duas delas tiveram ferimentos mais leves, sendo que uma foi encaminhada para o pronto-socorro Luiza de Pinho Melo e outra foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e liberada.
Leia mais notícias de São Paulo
As outras seis pessoas não resistiram aos ferimentos e morreram.São elas: Lucas Baptista Lopes, 13 anos; Jefferson Andrade Nunes, de 17 anos; André Francisco Duarte, 22 anos; Herick Henrique Marques Ferreira, 17 anos; Patrícia Fontana Riepper, 19 anos; e Rebert Nascimento Silverio, de 19 anos.
A perícia constatou que Reginaldo dirigia a 120 km/h quando atingiu os jovens. Além dessa infração de trânsito, o motorista nunca foi habilitado para dirigir e é analfabeto. Ele apresentava sinais de embriaguez e permanece preso.
As famílias dos jovens mortos aguardam a liberação dos corpos, que estão no IML (Instituto Médico Legal) da cidade para providenciar o velório e o enterro.

Fonte: R7

Meu cover dos ônibus da BTU Transportes Salvador


População reage a tirar de ruas nome de torturador

  • Fernando Amorim/ AG. A TARDE
    Placas em Castelo Branco exibem nomes de perseguidos pela ditadura militar
Proposto pelo vereador Waldir Pires (PT), o projeto de lei que veda a denominação de ruas, prédios e equipamentos públicos de Salvador com nomes de pessoas que tenham cometido crimes de lesa humanidade esbarra num problema antigo: a desinformação da população sobre a história do Brasil.
A proposta, que está em tramitação na Câmara de Vereadores de Salvador, convida o cidadão comum a denunciar a localização de equipamentos que homenageiem torturadores ou autores de outras violações aos direitos humanos, além de  corruptos. Mas como fazer isto se o indivíduo sequer sabe, por exemplo, que houve ditadura militar?
Até agora, iniciativas que, como essa, visavam corrigir injustiças passaram despercebidas e até geraram reação dos cidadãos.  Este é o caso da Lei 5139/96, sancionada na gestão de Lídice da Mata (PSB), que mudou os nomes das ruas do bairro de Castelo Branco.
"O general Castelo foi o primeiro dos ditadores brasileiros, mas a lei criada pela prefeita Lídice da Mata deu às ruas do bairro nomes de vítimas da ditadura", diz o sociólogo Joviniano Neto, presidente do seccional baiana Grupo Tortura Nunca Mais.  A lei determinou que as ruas homenageassem  baianos mortos e desaparecidos nos "anos de chumbo".
Contudo, os moradores do bairro não gostaram da mudança de nomes. Preferem a identificação feita por letras e números, como antes. "Eu moro na Rua 35, já que o conselho de moradores conseguiu impedir que a prefeitura mudasse o nome", diz Margarete de Souza Homem, que mora no bairro há 38 anos.
Ao saber que a prefeitura teve o objetivo de resgatar a história dos que participaram da luta pelas liberdades civis, questiona a forma como isso foi feito. "Já chegaram aqui mudando as placas, sem explicar nada", conta. Morador no bairro desde criança, Antônio Eduardo  lembra que os moradores pensaram ser nomes de políticos. "Ninguém sabe quem foram essas pessoas. Tem nome difícil até de pronunciar", afirma.
Como a lei implementada por Lídice, o projeto do ex-governador Waldir Pires (PT), ele próprio um dos perseguidos pela ditadura militar, deve ter a denominação das ruas, na opinião de Joviniano, como apenas uma etapa da tentativa de resgate dessa fase da história.
"À mudança de nome deve seguir a justificativa para que essa alteração seja feita e isso deve chegar à população", diz, ressaltando que o Comitê da Verdade na Bahia tomou essa inciativa quando uma rua na Cidade Baixa de Salvador recebeu o nome do militante da Ação Popular , Jorge Leal Gonçalves, desaparecido em 1970, aos 32 anos.

"Fomos de casa em casa entregar  um folheto com a sua história", conta Joviniano, que defende que nas placas das ruas da cidade conste  profissão e data de nascimento e morte do homenageado. "Como um mapa da história vida da cidade, a  memória da nossa história".  Pelo projeto de Waldir, após receber a denúncia, a Câmara de tem 60 dias para definir uma nova denominação.

Fonte; Portal A Tarde

Fãs vão para a porta de casamento de Naldo e Moranguinho

Fãs de Naldo, Douglas Gomes, Renato Matos e Alexandre Assis foram para casa de festas escolhida para o casamento do cantor com a Mulher Moranguinho antes mesmo dos noivos e seus convidados aparecerem nesta segunda-feira, 23. Os três têm a mesma esperança: conseguir entrar no casamento dos funkeiros.  "O cara é muito humilde...Quem sabe ele não aparece aqui na porta para falar com a gente", disse Douglas ao EGO. "A gente é muito fã do Naldo, sempre acompanha os shows dele aqui no Rio de Janeiro. Não poderíamos deixar de comparecer ao casamento dele. Queremos muito ver a Mulher Moranguinho", completou Renato.
E não são apenas os três que estão acampados na porta. Com eles um grupo de cerca de 70 pessoas não se importou com a chuva e foi lá para conferir os famosos que chegam, ver a entrada da noiva e tentar até pular o muro para entrar na festa. "Ai, ai, ai, os pobres querem entrar", começaram a gritar os fãs. Alguns praticaram atos de vandalismo e chegaram a entortar uma placa da rua.
Uma delas, Ângela Monteiro, de 59 anos, contou que saiu de Realengo só para ver o casal. "Sou muito fã. Só queria ver o Naldo vestido de noivo". Já Natalia Santanna disse que se a ex o cantor, Branka Silva - mãe do filho dele, Pablo Jorge - aparecer por lá, já sabe o que vai fazer: "Se ela vier, a gente bota pra correr. Não adianta vir. Ele dá tudo pra ela. Dinheiro do filho. O filho é crianca e a mãe faz a cabeça dele. Ela reclama de boca cheia", opinou a admiradora de Naldo, que estava contando os dias para a o casório: "É o casamento do ano!"
O casal vai dizer o "sim" diante de 500 convidados. Na semana passada, eles estiveram em São Paulo, onde fizeram a última prova de seus trajes para a ocasião. Ao todo foram mais de 200 seguranças contratados para a festa. Cada um assinou contrato de confidencialidade para que nada que acontecesse dentro do local fosse exposto. Só na entrada havia quinze homens de prontidão. Os primeiros convidados começara a chegar, em vans, por volta das 20h. A apresentadora Regina Casé entrou direto de carro.

Seguranças casamento Naldo e Moranguinho (Foto: Reprodução/ Instagram)Seguranças na porta do casamento de Naldo e Moranguinho (Foto: Reprodução/ Instagram)

Fonte: EGO

"Eu não me humilharia só para ver o casamento de um famoso, e nem me chamaria de pobre. Mesmo porque eu não sou pobre, sou classe média (alta ou baixa tanto faz...)"

Flávia Alessandra e mais famosos vão à festa da filha de Huck e Angélica

EGO - Acompanhados de seus respectivos filhos, Flávia Alessandra, Danielle Winits, Ricardo Pereira, Carolina Dieckmann e outros famosos foram à festa de um aninho da filha de Luciano Huck e Angélica, Eva. A comemoração pelo primeiro aninho da menina aconteceu neste sábado, 28, na casa do casal no Joá, Rio.
Eva completou 1 ano nesta quarta, 25, e Angélica postou no Instagram fotos dos preparativos da festa. "E as comemorações já começaram... kkkkkk Ela ama uma festinha, #evadelíciadamãe. E só acaba domingo...#ravedaEva", escreveu a apresentadora.
No Instagram, a dermatologista Karla Assed, uma das convidadas, postou uma foto do bolo de quatro andares do aniversário."Parabéns Eva!", escreveu. Em dado momento, Joaquim, filho mais velho de Huck e Angélica, apareceu na porta para receber os convidados.

Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck
(Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Dani Winits e Amaury no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Dani Winits e Amaury no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Ricardo Pereira e a familia no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Ricardo Pereira e a familia no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Ricardo Pereira no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Ricardo Pereira no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck
(Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Raoni Carneiro no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Raoni Carneiro no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)

Raoni Carneiro no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Raoni Carneiro no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Juliana Knust no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Juliana Knust no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Juliana Silveira no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Juliana Silveira no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Lisandra Souto e namorado no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Fabio Martins / Fotorio News)Lisandra Souto e namorado no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck
(Foto: Fabio Martins / Fotorio News)
Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Flavia Alessandra no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Daniele Winits no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Daniele Winits no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)Carolina Dieckmann no aniversario de Eva, filha de Angelica e Luciano Huck (Foto: Leo Marinho e Felipe Assumpção / AgNews)
Joaquim (Foto: Léo Marinho/Felipe Assumpção (Ag.News))Joaquim, o filho mais velho de Angélica e Huck (Foto: Léo Marinho/Felipe Assumpção (Ag.News))
Boninho e Ana Furtado (Foto: Léo Marinho/Felipe Assumpção (Ag.News))Boninho e Ana Furtado (Foto: Léo Marinho/Felipe Assumpção (Ag.News))

Bolo do aniversário de Eva (Foto: Instagram / Reprodução)Bolo do aniversário de Eva (Foto: Instagram / Reprodução)

Depois de projetar Miley, empresário promete reerguer Britney

 A cantora Britney Spears, que deve fazer residência em Las Vegas

Existem muitos pontos em comum entre Miley Cyrus e Britney Spears, mas um deles é fundamental e se chama Larry Rudolph. O empresário das cantoras, que fez Miley imitar no palco da MTV a coreografia que Britney havia feito anos antes, e com isso se tornar a notícia pop do ano, agora promete reerguer a ex-estrela Disney e também, é possível dizer, ex-princesinha da música pop, como Britney costumava ser chamada. Até cantar de verdade, deixando de lado o playback que o site de VEJA flagrou em 2011, na sua última passagem pelo país, deve fazer parte dessa nova fase de Britney Spears.
“É um novo capítulo na saga de Britney”, disse Rudolph à Billboard, vendendo seu produto com a grandiloquência que caracteriza outros tantos do ramo. O empresário recebeu a revista Billboard entre uma audição e outra para a escolha dos 14 dançarinos que vão compor o novo espetáculo da cantora, com estreia prevista para 27 de dezembro no Planet Hollywood Resort & Casino, em Las Vegas. Duas semanas antes, chega às lojas o oitavo disco de Britney, um álbum ainda sem título produzido pelo rapper Will.i.am, do Black Eyed Peas. Disco que Rudolph, é claro, descreve como uma das maiores maravilhas do mundo.
“É tão diferente de tudo o que ela já fez”, disse à publicação americana, antes de comentar algumas das faixas já garantidas no repertório do CD. “Work Bitch, por exemplo, é uma das músicas que fazem parte do disco mas não o definem. Há muita diversidade e riqueza. Há uma balada, Perfume, que Britney escreveu com Sia (cantora pop australiana) e gravou recentemente, sobre o fim de um relacionamento e a vontade de seguir em frente, para outra relação. A música vai impressionar todo mundo. Com certeza vai ser um dos singles do álbum.”
O retorno aos palcos, que além de 14 apresentações em Las Vegas prevê uma agenda de 50 shows para 2014 e 2015, está animando Britney, segundo Rudolph, cuja produtora, a Silent House Productions, já assinou turnês de estrelas pop como Katy Perry, Pink e Taylor Swift. “Nunca vi um artista tão empolgado. Ela tem feito preparação física e vocal religiosamente, por meses e meses para cantar o máximo possível dos 90 minutos do espetáculo”, contou à Billboard. “É difícil para as pessoas entenderem o que se passa no palco, como é difícil dançar e cantar por músicas inteiras. É fisicamente impossível. A ideia é que ela chegue o mais perto possível dos 100% do show.”
Rudolph aproveitou para negar notícias da imprensa americana sobre o desempenho fraco nas vendas para os primeiros shows da “nova fase” de Britney, que já estão abertas. “Tem-se uma boa performance quando 10% dos ingressos estão vendidos a uma distância similar àquela em que estamos das apresentações, e nós já vendemos três ou quatro vezes mais do que isso.”

Fonte: veja