sábado, 5 de outubro de 2013

Adolescentes presos em Marrocos por publicarem beijo no Facebook

 
Caso está a provocar onda de reacções nas redes sociais

O seu “crime” foi terem partilhado a foto de um beijo no Facebook. Por isto, dois adolescentes estão presos desde quinta-feira em Marrocos.
“Trata-se de um adolescente e a sua namorada. Foram detidos na quinta-feira por atentado ao pudor público, depois de terem partilhado uma foto a beijarem-se”, disse à AFP Chakib Al Khayari, presidente da Associação Rif de Direitos Humanos. A foto foi tirada diante da escola onde ambos estudam, em Nodar, cerca de 500 quilómetros a Nordeste da capital Rabat.
Segundo Al Khayari, o rapaz e a rapariga foram levados para um centro de detenção de menores e deverão ser apresentados a um juiz na próxima sexta-feira.
A reacção não se fez esperar. Não só a foto dos namorados foi multiplicada nas redes sociais, como outras, de outros casais, foram publicadas.
Acções de protesto tiveram lugar ou estão planeadas. Na sexta-feira, jovens marroquinos concentraram-se diante do local onde o casal esté detido, a exigir a sua libertação. Para este domingo, está a ser convocado um “beijo gigante” diante da embaixada do Marrocos em Paris.

Fonte: Público

Ataques suicidas aos xiitas no Iraque deixam 70 mortos

A violência no Iraque deixou pelo menos 73 mortos, neste sábado, dos quais 49 foram vítimas de um ataque contra peregrinos xiitas em Bagdá, segundo informaram fontes médicas e policiais. A explosão aconteceu no distrito de Adhamiyah. Os peregrinos seguiam para um templo próximo para celebrar a morte do imã Mohamed al Jawad.

Os primeiros testemunhos ainda não permitem determinar se o que ocorreu foi a explosão de uma bomba seguida por um atentado suicida, ou se o ataque foi obra de um único "camicase". Além disso, outras 65 pessoas ficaram feridas.

O mausoléu, para o qual os peregrinos se dirigiam, abriga o túmulo dos imames Musa al Kazem e Mohamed al Jawad, duas veneradas figuras dos xiitas.

Mais cedo, em um atentado suicida cometido em um café ao norte de Bagdá, 12 pessoas morreram, e 35 ficaram feridas, segundo fontes médicas e policiais. Em agosto passado, o mesmo estabelecimento, situado na localidade de Balad, foi cenário de outro ataque suicida. O saldo foi de 16 vítimas fatais.

Também neste sábado, dois jornalistas de uma emissora de televisão iraquiana foram assassinados a tiros em Mossul, no norte do país. Na localidade de Muqdadiyah, ao nordeste de Bagdá, uma bomba colocada no acostamento de uma estrada matou uma pessoa e feriu três. Em Bayaa, periferia de Bagdá, outra bomba deixou dois mortos e dez feridos.

O ministro iraquiano da Defesa anunciou que as forças da ordem mataram cinco insurgentes em confrontos no sul da cidade de Baiji e outros dois na província de Nínive.

O Iraque registrou, nos últimos meses, um aumento no número de ataques, com uma escalada inédita na violência desde 2008. Os ataques são cometidos especialmente em locais movimentados, como cafeterias, mesquitas, campos de futebol, cerimônias fúnebres e mercados.

Teme-se que o país volte ao intenso derramamento de sangue ocorrido durante a confrontação entre as comunidades sunita e xiita em 2006-2007. Milhares de pessoas foram mortas nesses confrontos.

Mais de 110 pessoas morreram em ataques desde o início de outubro, o que eleva para pelo menos 4.800 o número de óbitos em 2013. O balanço feito pela AFP tem como base dados das forças de segurança e fontes médicas.

Fonte: TERRA

Alerj chama Eike Batista para falar sobre Porto do Açu e dívidas da OGX

O empresário Eike Batista foi convidado para falar à Comissão Especial da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). O convite é para o empresário acompanhar a situação dos trabalhadores e colaboradores envolvidos nos empreendimentos do Porto do Açu, no Norte Fluminense.
A data marcada é dia 11, às 10h, no Palácio Tiradentes, no Centro do Rio. No entanto, segundo a própria Alerj, o empresário ainda não confirmou presença.
De acordo com a assessoria do deputado Roberto Henriques (PSD), autor da comissão, Eike precisa prestar esclarecimentos, após anunciar que a petroleira OGX deixará de pagar cerca de US$ 45 milhões em juros para credores.
Além do empresário, serão chamados o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Júlio Bueno, e o presidente da Companhia de Desenvolvimento Industrial do Estado do Rio de Janeiro (Codin), Maria da Conceição Gomes Lopes Ribeiro.

Segundo os deputados participantes da comissão, comerciantes e trabalhadores das obras do Porto do Açu temem prejuízos, caso a obra não seja concluída. O objetivo dos parlamentares é basear-se nos estudos já existentes sobre o Porto do Açu e receber informações sobre o que já está pronto e quando as obras serão concluídas.

Crise na OGX
Na terça-feira (1º), a empresa anunciou o calote. A decisão da empresa - que tem pouco dinheiro disponível e lida com um fracasso em sua campanha exploratória - pode ser o primeiro passo do que pode vir a ser o maior calote da história por uma empresa latino-americana, destacou a Reuters.
"A companhia optou pelo não pagamento das parcelas referentes aos juros remuneratórios, no valor aproximado de 45 milhões de dólares, decorrentes das Senior Notes emitidas pela OGX Austria, controlada da companhia, as quais venceriam na data de hoje", informou a petroleira no fato relevante.
No comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a OGX informa que "a companhia possui 30 dias para adotar as medidas necessárias sem que seja caracterizado o vencimento antecipado da dívida" de mais de US$ 1 bilhão.
A petroleira deve usar o período de carência de 30 dias para concluir as negociações de reestruturação da dívida com os detentores de bônus. Se não chegar a uma solução, a empresa poderá ter de pedir recuperação judicial.

Fonte: G1

‘Choro de saudades todos os dias’, diz mãe de Ana Paula Arósio

Ana Paula Arósio em "Na forma da lei" (Foto: Divulgação/TV Globo) 
Ana Paula Arósio em "Na forma da lei"
(Foto: Divulgação/TV Globo)
 
Afastada da TV desde 2010, quando desistiu de ser a protagonista da novela “Insensato coração”, Ana Paula Arósio se afastou do meio artístico e de tudo relacionado a ele. A atriz se mudou para um sítio em Santa Rita do Passa Quatro, no interior de São Paulo, junto com o marido, o cavaleiro Henrique Pinheiro, e evita qualquer contato com a mídia ou com as pessoas que fizeram parte deste período da vida dela. Até sua mãe, Claudete Arósio, não fala com Ana Paula há algum tempo.

“Se eu falar que não estou com saudades dela, estaria mentindo. Eu sou mãe. Choro todos os dias de saudade. Não sei nem quando foi a última vez que falei com ela”, disse Claudete ao EGO. Ela mora em São José do Rio Preto, há cerca de cinco horas de carro da filha.

O nome de Ana Paula voltou à mídia, pois o seu último trabalho realizado antes do período sabático será lançado neste ano. O filme “Anita e Garibaldi”, protagonizado por Ana Paula e Gabriel Braga Nunes, deve estrear no dia 6 de dezembro. “A ideia era lançarmos no dia 25 deste mês, mas o filme ainda não está pronto. Precisamos resolver algumas coisas", disse Luiz Câmara , da Polifilmes, distribuidora do longa-metragem.

Ana Paula Arósio e Henrique Plombon Pinheiro (Foto: AgNews) 
Ana Paula com o marido, Henrique Pinheiro
(Foto: AgNews)

Questionado se o motivo do atraso foi a dificuldade de entrar em contato com Ana Paula, ele desconversou. “O filme ainda não está pronto. Vamos lançá-lo assim que possível e respeitamos o período sabático dela”, falou. O filme foi rodado em 2005, mas depois de enfrentar problemas na captação de recursos, só agora será lançado.

Desde que se afastou da mídia, Ana Paula tem vivido uma vida simples. Gostar de cuidar das plantas, andar a cavalo e deixou a vaidade de lado. Na última semana, o jornal “O Dia” publicou que a atriz tinha voltado para o Rio e estava morando em um condomínio no Recreio. Ela está mais magra e com o cabelo na altura da cintura. A informação não foi confirmada pela representante da atriz. "Ana Paula encontra-se afastada da mídia e assim permanecerá", disse. Seu último trabalho na TV foi a série "Na forma da lei" em 2010.

Fonte: EGO

Hits De Balada (Videoclips)

Artist: Fragma
Music: Toca's Miracle
Year: 2007
Genre: House

Woody Allen abusou de outra filha de Mia Farrow além de Soon, diz revista

Mia Farrow com o filho Satchel no colo e Woody Allen e Dylan no colo (Foto: Getty Images/Agência) 
Mia Farrow com o filho Ronan no colo e Woody Allen
com Dylan (Foto: Getty Images/Agência)

A revista "Vanity Fair" publicou uma reportagem sobre polêmicas envolvendo Mia Farrow e seu ex-marido, o diretor Woody Allen. Primeiro, a publicação mostra depoimentos de Mia e de sua filha adotiva Dylan que apontam para um suposto abuso sexual cometido por Allen. Depois, a revista fala sobre a possibilidade de Ronan, filho biológico de Woody e Mia, ser na verdade fruto de um caso com Frank Sinatra.
As conversas com Mia e Dylan foram gravadas durante sessões de terapia e também em entrevista à própria reportagem. De acordo com a atriz e com a própria Dylan, Woody - que atualmente é casado com Soon-Yi, também filha adotiva da Mia - abusou da menina quando ela tinha apenas sete anos.
De acordo com a reportagem, Woody teria aproveitado momentos a sós com Dylan para tocar em suas partes íntimas com a promessa de colocá-la em um filme dirigido por ele. A menina começou a apresentar problemas toda vez que via o diretor, passando mal do estômago e com dores de cabeça, que passavam depois que Woody ia embora.

Também de acordo com fontes, Woody costumava deitar de cueca ao lado de Dylan na cama, abraçando-a com todo o seu corpo. Quando Mia se mostrava intrigada, Woody a chamava de "mimada". Por muito tempo, a atriz sucumbiu ao marido, pois, segundo a revista, a relação com ele era de amor e medo. O diretor também se colocava como sendo "moralmente superior" a ela.
Dylan também deu entrevista à revista e falou sobre o abuso. "Eu me sentia desconfortável, achava que era uma criança má, porque eu não queria fazer o que uma pessoa mais velha pedia. Eu estava surtando. Tinha que dizer alguma coisa, eu tinha sete anos", disse. "Tenho pavor da imagem dele. Nunca fui chamada para testemunhar. Se eu pudesse falar com a Dylan de sete anos de idade, diria para ela ser corajosa e testemunhar", continuou ela, que mudou seu nome para Eliza e atualmente se apresenta como Malone Farrow.
Na época, Dylan apenas conseguiu contar o que aconteceu para Mia, que decidiu gravar os depoimentos. Um pediatra foi acionado e disse que o caso deveria ser levado à polícia. Mia e Woody brigaram por mais de quatro anos na Justiça pela custódia da filha. O diretor perdeu, mas os arquivos do caso não se encontram disponíveis.
Atualmente, Woody Allen foi "eliminado" dos álbuns e vídeos da família. Fletcher Previn, um dos filhos de Mia, apagou as fotos do diretor com Photoshop e editou os vídeos onde ele aparecia. "Nós podemos olhar para eles e lembrar das coisas boas, não das más", disse Fletcher.

Ronan Farrow (Foto: Twitter/Reprodução) 
Ronan Farrow (Foto: Twitter/Reprodução)
 
Filho de Allen seria de Frank Sinatra
Além da polêmica do abuso sexual, Mia Farrow também falou, na entrevista, sobre sua relação com Frank Sinatra, com quem foi casada nos anos 60. "Nós nunca realmente terminamos".
Quando perguntada se o seu filho biológico com Woody, Ronan Farrow, poderia ser de Sinatra, a atriz respondeu: "Possivelmente". Nenhum teste de DNA foi feito. Nancy Sinatra, filha de Frank, também foi abordada sobre esta possibilidade. "Ele (Ronan) é uma grande parte de nós, e nós somos abençoados de tê-lo em nossas vidas".
Após a publicação da reportagem, Ronan, em seu Twitter oficial, fez um comentário: "Ouçam, todos nós somos 'possivelmente' filhos de Frank Sinatra".

Frank Sinatra e Ronan Farrow (Foto: Getty Images/Agência)Frank Sinatra e Ronan Farrow (Foto: Getty Images/Agência)


Ronaldo é assediado na quadra da Gaviões


Publicidades Surgiu-22
 
Tema da Gaviões da Fiel no Carnaval do ano que vem, Ronaldo esteve na quadra da escola de samba na noite dessa sexta-feira, dia 4, em São Paulo.

O craque, que já se aposentou do futebol, mostrou que não é só bom de bola ao tocar surdo com os integrantes da agremiação.

Como já era de se esperar, o ex-jogador foi bastante assediado pelo local. As irmãs Ana Paula e Tati Minerato, musa e rainha de bateria da escola, respectivamente, não perderam tempo e tiraram uma casquinha do eterno Fenônemo.

O ex-presidente do Corinthians Andrés Sanchez e o ator Aílton Graça também caíram na folia.

Em 2014, a Gaviões levará para o Sambódromo do Anhembi o samba-enredo "R9 – o Voo Real do Fenômeno".

Homem ateia fogo ao próprio corpo em esplanada de Washington

Um homem não identificado ateou fogo ao próprio corpo nesta sexta-feira no National Mall, uma grande esplanada da capital dos Estados Unidos, Washington, que liga o Congresso americano a museus, parques e monumentos, e foi levado de helicóptero a um hospital local, informou a rede de televisão "CNN".
Uma equipe de emergência foi enviada ao cruzamento entre as ruas 7 e Madison Drive, na esplanada, onde estava a vítima ainda não identificada.
Segundo a "CNN", não está claro se o acontecimento foi um acidente ou um ataque premeditado, e também não se sabe o estado de saúde do homem.
As autoridades policiais não fizeram declarações sobre o incidente, ocorrido um dia depois de uma mulher afro-americana tentar romper com seu veículo uma barreira policial perto da Casa Branca, o que desencadeou uma perseguição da polícia até o Capitólio, onde ela foi abatida a tiros.

Fonte: ÉPOCA NEGOCIOS

"Pare com essa farsa", pede Obama ao Congresso


Barack Obama durante pronuncioamento na Casa Branca pedindo a aprovação do orçamento dos Estados Unidos (Foto: Getty Images)


O presidente norte-americano, Barack Obama, pediu neste sábado que a Câmara dos Representantes dos Estados Unidos "pare com essa farsa" e coloque um fim às paralisações do governo, aprovando incondicionalmente o orçamento federal. "Pare com essa farsa. Encerre essa paralisação agora", afirmou Obama em pronunciamento semanal na rádio.
O governo norte-americano suspendeu todas as operações, exceto as essenciais, no início da semana, depois que os parlamentares se recusaram a aprovar o orçamento do governo sem antes adiar a nova lei de saúde, conhecida como 'Obamacare'.
O Senado dos EUA já aprovou a proposta orçamental e "há republicanos e democratas suficientes na Câmara dos Representantes dispostos a fazer o mesmo e acabar com essa paralisação imediatamente", declarou o presidente. "Mas a extrema direita do Partido Republicano não deixará o seu porta-voz John Boehner votar sim ou não no orçamento", disse.
Obama afirmou que não fará nada em troca da reabertura do governo ou da elevação do teto da dívida pública. Os EUA devem atingir o limite de endividamento em 17 de outubro e o Congresso precisa aprovar um aumento desse teto ou Washington não será capaz de cumprir os pagamentos. E as autoridades já alertaram sobre os efeitos desastrosos de um calote. "Por imprudente que seja uma paralisação do governo, a crise econômica que virá com o calote seria dramaticamente pior", disse Obama.
O presidente norte-americano informou, ainda, que sempre trabalhará com alguém de qualquer uma das partes em maneiras de impulsionar a economia, criar novos postos de trabalho e colocar a situação fiscal em ordem para o longo prazo. "Mas não sob a sombra dessas ameaças à nossa economia", alertou ele. Para enfatizar seu ponto de vista, Obama leu duas cartas de pessoas prejudicadas pelas paralisações, ambos moradores de regiões politicamente conservadoras do país. Fonte: Dow Jones Newswires.
Fonte: Epoca Negócios

Supremo Tribunal Eleitoral do Brasil inviabiliza registo de partido de Marina Silva

Marina Silva viu o seu pedido rejeitado pela justiça eleitoral

O veto da justiça eleitoral brasileira à formalização da Rede Sustentabilidade de Marina Silva como um novo partido político não impedirá a a ex-senadora e ex-ministra do Meio Ambiente de apresentar uma nova candidatura à presidência da República em 2014, garantiram os seus apoiantes.
Segundo a imprensa brasileira, Marina já recebeu convites de sete partidos para se apresentar a votos no próximo ano com o seu apoio: com as negociações em curso, as siglas em questão não foram identificadas. A putativa candidata prometeu para esta sexta-feira um anúncio sobre o seu futuro político.
O Supremo Tribunal Eleitoral do Brasil rejeitou ontem o registo do partido de Marina, alegando que o pedido não cumpria todos os requisitos legais, nomeadamente a entrega do número mínimo de apoios validados em cartório.
A Rede até recolheu mais do que as 492 mil assinaturas em apoio da constituição do novo partido exigidas por lei, mas só 442.524 foram reconhecidas. O advogado Torquato Jardim solicitou que os juízes considerassem outras 95 mil assinaturas que ficaram de fora e que, alegou, foram invalidadas sem justificação.
À saída da audiência, Marina lamentou a decisão mas garantiu que o seu movimento não vai parar. “Podemos não ter o registo legal, mas temos o registo moral”, declarou, notando que, como outros partidos políticos, a Rede tem um programa e uma plataforma eleitoral e representatividade social.
Esses factos foram, aliás, referidos pelos juízes do Supremo tribunal Eleitoral que invalidaram a legalização. O “revés”, consideraram, não deverá impedir Marina de disputar as presidenciais do próximo ano. “Não falta partido para quem quer concorrer às eleições”, observou um dos juízes, Otávio de Noronha.
Na sua habitual coluna no jornal Folha de S. Paulo, e intitulada “Eu já sabia”, Marina escreve que apesar dos “obstáculos e dificuldades” para a legalização do seu movimento, a Rede Sustentabilidade continuará a cumprir o seu destino de “democratizar a democracia”, substituindo “as estruturas que se fossilizaram com o tempo”.
Nas eleições de 2010, Marina Silva, uma “dissidente” do Partido dos Trabalhadores que se afirmou como defensora da causa ecologista, surpreendeu ao obter cerca de 20 milhões de votos com a sua candidatura.
As sondagens relativas às intenções de voto em 2014 mostram um forte crescimento da sua base de apoio, colocando a putativa candidata em segundo lugar, atrás da Presidente Dilma Rousseff, que vai tentar a reeleição.

Fonte: Público

Perfil da modelo Luize Altenhofen no Facebook é excluído

Luize Altenholfen (Foto: Mastrangelo Reino / Folhapress) 
Luize Altenholfen (Foto: Mastrangelo Reino /
Folhapress)


O perfil da modelo Luize Altenhofen no Facebook foi excluído da rede social nesta sexta-feira (4), um dia após a atriz ser pivô de um pedido judicial para a exclusão de mensagens na rede que ameaçava retirar o site do ar em caso de descumprimento.
A própria Luize optou pela exclusão de sua conta na rede social depois da dimensão do pedido da Justiça de São Paulo, informou a assessoria da modelo.
O perfil da modelo na rede social era seguido por mais de 2 mil usuários. Ainda permanece no site uma página sobre a figura pública de Luize, que é seguida por 2.405 pessoas. Todas as pesquisas feitas na rede social por meio da Busca Social trazem apenas resultados relacionados a essa página.
Gondim Jr. e Luize estão no meio de uma disputa judicial que começou em janeiro deste ano. Vizinho da atriz no bairro do Butantã, Zona Oeste de São Paulo, o dentista bateu com uma barra de ferro em um dos cachorros da raça pit bull de Luize. Segundo Gondim Jr., o animal tentou atacá-lo, sua mulher e sua filha.
Segundo Luize, o cão Ryng passa bem, "mas hoje é um cachorro especial". "Ele está cego de um olho, precisa de direção, precisa que levantem ele. Ele sofreu um traumatismo craniano e não é um cachorro como era antes do acidente", diz.
Na época, uma série de comentários sobre a agressão foi postada no Facebook. A defesa de Gondim Jr. afirma que as mensagens eram ofensivas e que fotografias com tarjas de "assassino" foram publicadas. Ao G1, Luize ressalta que não se tratavam de comentários dela, mas de pessoas – algumas que ela não conhecia – testemunhas da cena.
"Ele não é um contumaz assassino ou um matador de cachorros. Nesse sentido, a decisão atingiu nosso objetivo principal, que era remover as frases ofensivas", diz o advogado de Gondim Jr., Paulo Roberto Esteves.
Um despacho de quarta-feira (2) da 1ª Vara Cível da Comarca de São Paulo deu prazo de 48 horas para o Facebook retirar do ar as mensagens publicadas sobre o caso. A decisão da Justiça paulista faz parte de uma ação por danos morais e materiais que Gondim Jr. move contra Luize.
Sobre a possibilidade de o Facebook sair do ar por sua causa, Luize diz que "não iria se sentir bem, não iria gostar". "Não fui eu que pedi. Eu torço para que tudo se resolva e que o Facebook continue no ar". E completa: "Não quero esse poder que não é meu".

Pedido de exclusão
A rede social acatou o pedido da Justiça paulista ainda na noite de quinta. No entanto, essa não foi a primeira vez que a exclusão das postagens em questão fora determinada. Segundo o Facebook Brasil, o site descumpriu as determinações de abril e julho porque "não é o responsável pelo gerenciamento do conteúdo e da infraestrutura do site Facebook".
De acordo com a companhia, "essa incumbência compete a duas outras empresas distintas e autônomas, denominadas Facebook Inc. e Facebook Ireland LTD., localizadas nos Estados Unidos da América e Irlanda, respectivamente".
O juiz do caso, Régis Rodrigues Bonvicino, considerou a declaração "afrontosa à soberania brasileira". "Se o Facebook opera no Brasil, ele está sujeito às leis brasileiras", escreveu.
O magistrado subiu o tom e citou ainda a revelação do Fantástico de que a presidente Dilma Rousseff e a Petrobras foram alvo dos programas de espionagem cibernética do governo dos Estados Unidos, fato que consta em documentos trazidos à tona por Edward Snowden, ex-técnico da CIA, a agência de inteligência dos EUA.
"É uma desconsideração afrontosa agravada pela notória espionagem estatal, oficial, do governo americano", escreveu o juiz. "O Facebook não é um país soberano superior ao Brasil", enfatizou.
De acordo com o advogado Paulo Roberto Esteves, a audiência da ação entre Gondim Jr. e Luize está marcada para o dia 6 de novembro. "Fica a cargo da Justiça decidir se ela [Luize Altenhofen] tem responsabilidade pelas ofensas replicadas no Facebook".
No mesmo dia das agressões ao cão Ryng, Luize arrebentou o portão da casa de Gondim Jr. com sua caminhonete. De acordo com a polícia, ela afirma que se dirigia à clínica veterinária para onde o pit bull foi levado com convulsões, e não conseguiu acionar o pedal do freio, o que causou a colisão. Gondim Jr. registrou dois boletins de ocorrência: um pelo ataque do cão e outro pelo acidente com o veículo.
Após o incidente, Gondim Jr. moveu uma ação contra a atriz onde pede reparação de R$ 106 mil por danos morais e materiais – o reparo do portão, segundo ele, custou R$ 6,5 mil.

Fonte: G1

Só de calcinha, Preta Gil posta foto no mesmo local que o ex-namorado

Preta Gil postou foto em que aparece só de calcinha na manhã deste sábado, 5: "Bom dia", escreveu ela, que aparece numa janela do hotel Copacabana Palace. No mesmo local, o ex-namorado da cantora, Thiago Tenório aparece sem camisa insuando que os dois passaram a noite juntos. "Bom dia, mon amour", escreveu Preta na foto do modelo.
Na sexta-feira, 4, eles foram juntos ao baile de gala da Amfar. Preta Gil e Thiago Tenório tiveram um relacionamento rápido, e namoraram durante um mês. O romance chegou ao fim no início do mês de julho. "Transformamos o amor em amizade. Nos tornamos grandes amigos e ainda vão nos ver muito juntos", declarou a cantora na ocasião, através de sua assessoria de imprensa.
Preta está visivelmente mais magra, mas não pode contar quanto já perdeu por conta no quadro 'Medida Certa' do "Fantástico": "Todo mundo vai saber, mas só no programa", avisou durante o baile de gala. Sobre os benefícios dos exercícios e dieta, Preta disse que sente até mesmo que seu joelho melhorou. "Estou amando essa fase de saúde total. Não é só para emagrecer, é para ter saúde. Hoje vim até de salto".
A foto rendeu vários elogios dos seguidores da cantora, que a chamavam de "linda" e "gostosa".

Preta Gil (Foto: Reprodução/Instagram)Preta Gil (Foto: Reprodução/Instagram)


 Fonte: EGO

Monique Evans vai para clinica psiquiátrica


foto
Foto: Reprodução / Instagram
Monique com a equipe do hospital onde ficou internada
Monique Evans usou o seu Instagram para avisar seus seguidores que será internada em uma clinica psiquiátrica. Ela publicou uma foto onde aparece com uma aparência cansada ao lado de enfermeiros. “No hospital...Com um pessoal mara!!! Amanhã vou pra uma clínica psiquiátrica...Pra me tratar!! Até que enfim!!!”, escreveu ela na legenda da imagem.
Depois dessa mensagem Monique ainda escreveu que a prima dela que a levou para o hospital, onde recebeu algumas visitas e que seu filho dormiu com ela até ser transferida para a clínica. “Não sei quanto tempo vão pedir que fique na clínica psiquiátrica! Mas é melhor do que ficar sozinha no quarto! Tenho esperança de melhorar!”, escreveu em seu Twitter.

Fonte: Correio do Estado

"Já perceberam que tudo o que as celebridades fazem eles colocam nas redes sociais?"

Na Pista (Club Sessions)





Artist: Claudia Feat. Fatman Scoop
Music: Just A Little Bit
Year: 2012


Miley Cyrus continua imparável: a polémica agora é com Sinead O’Connor

O novo álbum de Miley Cyrus, Bangerz é editado a 8 de Outubro

Miley Cyrus disse à Rolling Stone que o vídeo de Wrecking ball, o seu novo single, foi inspirado no famoso teledisco da Nothing compares 2 you cantada por Sinead O’Connor. E eis então O’Connor a ver-se também atraída para o furacão Miley. Foi o início da mais recente polémica envolvendo a cantora de We can’t stop. Realmente, ela não pára.
Para aqueles que a criticam, está com a sua nova imagem hiper-sexualizada a prostituir o seu talento e a legitimar a visão do corpo feminino enquanto mero objecto sexual. Para os defensores que se têm erguido recentemente e a que o New York Times dava voz num artigo publicado a 2 de Outubro, está a expor a sua sexualidade de uma forma sincera e a chocar de frente com o puritanismo social em relação ao sexo e à nudez. Sinead O’Connor está, claramente, do lado dos primeiros.
No início da semana, a cantora irlandesa escreveu uma carta aberta na sua conta do Facebook em que alertava para os perigos de Miley Cyrus estar a usar a sua sexualidade em benefício de uma indústria mediática que não a protegerá. “Irão prostituir-te em tudo o puderem, e habilmente fazer-te pensar que era isso que querias”, escreveu. Miley, aparentemente, não apreciou os conselhos. Respondeu repescando tweets de Sinead O’Connor de há dois anos, quando a cantora atravessava uma crise psiquiátrica. Sob os tweets citados, a frase “Antes de existir Amanda Bynes [jovem celebridade televisiva americana actualmente internada para tratamento psiquiátrico]… havia O’Connor”. Algumas trocas de palavras pelas redes sociais depois, Sinead O’Connor ameaça agora Miley Cyrus com um processo judicial se não lhe forem apresentadas desculpas públicas. Miley Cyrus não liga nenhuma: tweetou estar demasiado ocupada a trabalhar como anfitriã do histórico programa Saturday Night Live para continuar a conversa. Demasiado ocupada com o programa mas não só. Esta semana protagonizou nova sessão de fotos, da autoria de Terry Richardson, que, pela quase nudez e pose soft-porn, certamente alimentarão a controvérsia, o debate, o falatório, nas próximas semanas.
Entretanto será editado dia 8 de Outubro um novo álbum, Bangerz. Porque Miley Cyrus é, afinal, uma cantora. E uma marca que está a saber construir-se na perfeição, como defendeu no New York Times a directora editorial do Hollywood Reporter, Janice Min. “Ela quer horrorizar as mães em toda a América. Essa é a sua marca. Ela tem estado numa campanha incessante para deixar de ser Hannah Montana [a personagem que primeiro a celebrizou na Disney] e para se tornar um símbolo de rebeldia e tumulto”. Até a artista Marina Abramovic, apesar de considerar a sua actuação nos últimos MTV Video Awards “vulgar e não original”, considera que Cyrus “capta algo sobre ser jovem e rebelde”, declarou ao New York Times. “Há ali energia, e consigo ver um talento”.
Tudo isto começou, recordemos, com a supracitada aparição nos MTV Video Awards, no final de Agosto, mas essas imagens em que Miley Cyrus, 20 anos, a antiga celebridade pré-adolescente adorada pelos pré-adolescentes chamada Hannah Montana, simulava masturbação com um dedo de borracha e dançava, de língua de fora e rabo bamboleante na pélvis do cantor Robin Thicke (o já conhecido mas agora mui célebre movimento de dança chamado twerking), parecem coisa distante na era da informação ao tweet. Desde essa altura que a discussão em torno de Miley Cyrus tem sido incessante. Ela ocupa agora o lugar da última polemizadora pop da era das redes sociais, Lady Gaga. Sexta-feira, o site Entertainment News, adiantava que, nas 24 horas anteriores, na sequência da exibição na MTV do documentário Miley: The Movement, a cantora tinha sido objecto de 900 mil tweets. Se já era uma campeã de receitas enquanto Hannah Montana (o documentário Hannah Montana & Miley Cyrus, de 2008, por exemplo, está em nono na lista dos mais lucrativos de sempre nos Estados Unidos), a sua nova imagem e a polémica associada multiplicou o interesse que suscita. We can’t stop, o primeiro single do novo álbum, bateu com cem milhões de visualizações o recorde da plataforma online Vevo. Wrecking ball , o segundo, contabilizou os mesmos cem milhões em meros seis dias, levando Cyrus a bater o seu próprio recorde.
No meio de tudo isto, a cantora, capa recente da Rolling Stone, omnipresente na imprensa e redes sociais, confessava à revista: “Julgo que este não é o melhor momento para me googlar”.

Fonte: Publico.pt

Lançamento do CD 'Na Pista - Anos 2000'


A série Na Pista traz uma nova edição cheia de músicas que bombaram nos anos 2000, que inclui Say Say Say (Hi-Tack), Shot Caller (Ian Carey), Haute Couture (Paris), Pump Up The Jam (D.O.N.S Feat. Technotronic), You Are My Sunshine (Domino Dancing) e muitas outras! Confira as faixas!

CD1
  1. Dero's Illusion 2005 (DJ Dero) 4'16
  2. You Are My Sunshine (Domino Dancing) 3'17
  3. Pump Up The Jam 2005 (D.O.N.S. Feat. Technotronic) 2'38
  4. Jigga Jigga (Scooter) 3'53
  5. Smells Like Teen Spirit 2004 (Warp Brothers)
  6. You See The Trouble With Me (J-Reverse Vs. Black Legend) 3'31
  7. Shingaling (Jean-Claude Ades Vs. Vincent Thomas Feat. Sam Obernik) 4'11
  8. Work 2001 (Masters At Work) 4'32
  9. Let The Feelings Go (AnnaGrace) 3'25
  10. The Drums (Alex Gaudino and Nari & Milani Feat. The Capricorn) 3'38
  11. Gotta Getcha (Whigfield) 3'44
  12. Up & Down (The Rendez-Vous Song) (Outwork & Jay Rolandi) 3'04
  13. Freed From Desire (Steve Forest) 3'17
  14. I Don't Know Why (Moony) 3'49
  15. Keep On Trying (Cezar Cunningham) 3'34
  16. Haute Couture (Paris) 4'16
  17. You Gonna Want Me (Tiga) 4'04
  18. Satisfaction (Chic Flowers Vs. Joe Charles) 3'09
  19. Saxo (Laurent Wolf Pres. Afrodinamic) 3'38
  20. Singing My Mind (Paris Avenue) 3'25

Duração: 73:13

CD2
  1. Can U Feel It (Jean-Roch) 4'11
  2. Go Higher (Kasino) 3'31
  3. Say Say Say (Hi-Tack) 2'49
  4. Cry For You (September) - Spencer & Hill Remix 4'45
  5. Out Of My Mind (Lasgo) 2'56
  6. Elektro (Nicola Fasano Vs. Outwork Feat. Mr. Gee) 4'21
  7. Shot Caller (Ian Carey) 3'03
  8. I Kissed A Girl (Katy Perry) - Jason Nevins Remix 3'25
  9. Loves Gonna Get You (Michael Mind) 2'53
  10. Feel Alive (ATB) 3'42
  11. Loves In The Air (Milk & Sugar) 3'43
  12. In-Tango (In-Grid) 3'26
  13. Poker Face (Lady Gaga) 3'56
  14. Say Yeah (Yves Larock Feat. Jaba) 4'35
  15. Turn The Tide (Manian) - Dave Darrel Remix 3'49
  16. Feels Like A Prayer (Meck Feat. Dino) 3'11
  17. Move On 2006 (Origin All) 3'42
  18. Feel It 2008 (The Tamperer Feat. Maya) 3'04
  19. Getaway (Michael Beltran) 4'36
  20. Because The Night (Cascada) 3'24
  21. Day 'n' Night (Kid Cudi) (BONUS POP) 3'40
Duração: 76:49

BAIXE AQUI: