sábado, 23 de novembro de 2013

Catarina leiloa a virgindade pela 2ª vez, "se for um negão, tudo bem"


 
A jovem Ingrid Migliorini, de 21 anos, que ficou famosa após ter oferecido sua virgindade em um leilão online, resolveu anunciar, pela segunda vez, que vai vender sua virgindade. A catarinense já lançou um site e o lance mínimo para quem pretende ter relação com a moça é de 100 mil dólares. De acordo com informações site Purepeople,  Catarina  Migliorini já recebeu duas ofertas. Os dois lances, com valores de US$ 110 mil e US$ 120 mil, foram feitos por pessoas dos Estados Unidos. O leilão está previsto para terminar no dia 9 dezembro.
A moça disse em entrevista ao 'Purepeople' que não teve sua primeira noite de amor com o japonês de 53 anos, conhecido como Natsu, que deu um lance de cerca de 1,5 milhão de reais no primeiro leilão. Catarina disse ainda  que desta vez o comprador pode ser de qualquer lugar do mundo. "Não precisa ser brasileiro, como andam dizendo. Mas se for um negão, tudo bem", admitiu .
Catarina revelou o motivo de ter desistido do primeiro leilão. De acordo com a moça, "o primeiro site tinha o Justin por trás, por isso não deu certo. Agora eu que cuidarei sozinha", disse referindo-se ao diretor do documentário "Virgins Wanted", que gerou polêmica após Catarina acusá-lo de ter ficado com o dinheiro arrecadado.
 
Apesar de não ter levado a bolada para casa, Catarina fez dinheiro ao posar nua para a "Playboy", em janeiro de 2013. Agora que voltou à mídia, ela afirma que já está sendo cotada para repetir o feito: "Estão oferecendo, ainda não sei".

A mãe de Ingrid Migliorini, Dona Mary, não aprova a atitude da filha. "Estou chocada. Mas esse problema é dela", afirmou. Com informações do site Purepeople.
 
Fonte: Momento Verdadeiro

"Agora me diga, pra que essa mulher vai leiloar a virgindade? Não é mais fácil fazer amor sem dinheiro não?"

Polícia Federal investiga a morte de idosa durante cruzeiro

O transatlântico da MSC Cruzeiros, o Preziosa, atracou na manhã deste sábado (23/11) no porto de Salvador, na Bahia, trazendo a bordo o corpo da aposentada paranaense Mercedes Raia Lessi, de 87 anos, que morreu na última quarta-feira (20), quando a embarcação retornava de um cruzeiro à Europa. Mercedes, que viajava na companhia de duas filhas, teria sofrido uma queda de uma escada, batido com a cabeça e morreu horas depois do acidente, segundo informações da família. A Polícia Federal realizou perícia no navio e encaminhou o corpo para o Instituto Médico Legal (IML) da capital baiana.
>> Idosa de Londrina cai de escada em cruzeiro marítimo e morre
Aposentada Mercedes Raia Lessi, de 87 anos
Aposentada Mercedes Raia Lessi, de 87 anos
O genro de Mercedes, o publicitário Valduir Pagani, aguardava no porto a chegada do navio. Segundo ele, a polícia ouviu depoimentos de hóspedes do Preziosa, familiares de Mercedes e a equipe médica que prestou atendimento à idosa, além de periciar o local. O corpo da aposentada foi removido pelo Departamento de Polícia Técnica para necropsia no Instituto Médico Legal da cidade. Porém, o exame cadavérico só terá início após o término do processo de descongelamento do corpo. "A família deve ser chamada amanhã para fazer o reconhecimento e recebimento dos documentos de liberação", contou Pagani. O corpo de Mercedes será levado para Londrina, no Paraná, onde reside a família.

Fonte: Jornal do Brasil