sábado, 14 de dezembro de 2013

Ivete grava DVD na Fonte Nova e comemora os 20 anos de carreira

Ivete Sangalo (Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias)Ivete Sangalo subiu ao palco em Salvador na noite deste sábado (Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias)

Ivete Sangalo grava o seu quinto DVD na noite deste sábado (14), na Arena Fonte Nova, em Salvador. Praticamente sem atraso, a cantora subiu ao palco poucos minutos depois das 20h (horário da Bahia), mesmo com o público ainda chegando ao local. "Tô feliz, tô na minha Bahia", disse a artista, saudando os fãs.
A primeira participação especial na gravação aconteceu após cerca de 30 minutos de show. Ela pediu uma salva de palmas ao público para receber Bell Marques. Em seguida, Ivete cantou ao lado do grupo percussivo americano Stomp, em que os integrantes usam o corpo e objetos para produzir sons. A anfitriã também cantou junto com Alexandre Carlo, vocalista da banda Natiruts. Os dois fizeram uma homenagem a Bob Marley.
Com o Olodum, Ivete cantou "Faraó", símbolo do samba reggae, ritmo genuinamente baiano.O saxofonista Paulinho Andrade, que tocou junto com a artista ainda na Banda Eva, também fez participação especial no DVD, com a música "Brilho desse olhar". Com Alexandre Pires, do grupo Só Pra Contrariar, Ivete cantou samba e dançou agarradinho.
Sempre bem humorada, a musa levou o público ao riso quando teve de repetir a música com Alexandre Pires (eles gravaram duas vezes). Ela brincou com a produção: "eles pediram 30 segundos [para começar de novo], gente. Vou contar. 30, 29, 28, .... tô é doida pra fazer xixi.  Deixa eu me comportar que eu sou a diretora do show", disse às gargalhadas.
  •  
Ivete Sangalo (Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias)Ivete Sangalo fez um show dançante e com poucas pausas na BA (Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias)

Em vários momentos do show, Ivete foi tomada pela emoção. Episódios marcantes da carreira dela eram exibidos em telões montados no palco. "Eu sou uma pessoa muito melhor depois que conheci vocês. Acreditem nisso. Obrigada, minha gente, por me dar tanto amor", declarou-se aos fãs e amigos.
Ivete e Bell cantaram juntos a música "Para Você", um composição de Ivete e Gigi, um parceiro musical da artista. A canção faz uma homenagem a Bell. "É um prazer participar desse DVD, dessa pessoa que tem uma garra maravilhosa", disse o amigo, que deixará o Chiclete com Banana depois do carnaval. "Eu estou chique porque essa é a primeira apresentação de Bell em carreira solo. Fico muito orgulhosa", brincou a anfitriã da noite. Depois do dueto, o chicleteiro inicou os sucessos "Diga que Valeu" e "Voa Voa".
Ivete surgiu na Arena a bordo de um elevador que saiu da estrutura interna do palco. Ela foi ovacionada pelo público e começou cantando sua atual música de trabalho "Tempo de Alegria", e em seguida, o sucesso "Acelaraê". O primeiro figurino escolhido pela cantora tinha brilho, nas cores rosa e preto. Ela usava uma capa preta na primeira canção, que foi tirada por um dos dançarinos ao final da música.

Xuxa (Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias) 
Xuxa e o namorado Junno Andrade na Fonte Nova
(Foto: Ag. Edgar de Souza/Patrick Dias)

"Fazer festa é muito bom, mas fazer festa com a família da gente é melhor ainda. Vocês não têm ideia do que vocês são capazes de movimentar dentro do meu coração. Tudo que teve nesses 20 anos é para vocês, que são a razão de eu estar aqui nesse palco com esse tesão", disse em resposta ao carinho do público. Mostrando bom preparo físico, Ivete dança todas as músicas junto com seus bailarinos e não faz pausas entre uma canção e outra.

Repertório
Em comemoração aos 20 anos de carreira, a gravação do DVD revisita as várias fases de Ivete Sangalo, desde o início da carreira, na Banda Eva, até a consagração como umas das maiores artistas brasileiras, atualmente em carreira solo.
Ivete já tinha prometido um show direto, sem as paradas convencionais em gravações de DVD. Além dos sucessos, estão no repertório músicas que pretendem relembrar suas raízes. As canções antigas ganharam uma nova roupagem. Ao todo, são 43 canções, sendo oito inéditas.
Ao longo da carreira, Ivete já gravou 16 álbuns. Foram seis na Banda Eva e dez na carreira solo, sem contar as coletâneas, e quatri DVDs (Fonte Nova, Maracanã, Pode Entrar e Madson Square).

Giovannna Lancellotti (Foto: Lílian Marques/G1) 
Atriz Giovannna Lancellotti na gravação de Ivete
(Foto: Lílian Marques/G1)
 
Celebridades
A apresentadora e amiga de Ivete Sangalo, Xuxa assiste à gravação do DVD na Arena Fonte Nova ao lado do namorado, o ator Junno Andrade.
A cantora baiana também recebe o apresentador Serginho Groisman, a atriz Giovanna Lancellotti, a cantora Preta Gil, além de Tuca Fernandes, Ludmillah Anjos, David Brazil, Samatha Schmutz, Pipo e Rafa Marques (filhos de Bell), Aline Rosa e Fred Moura.
"Adorei ter vindo ver a gravação do DVD. Ela completando 20 anos de carreira e eu tenho 20 anos. Minha vida inteira escutando os grandes sucessos dela. Acho ela incrível, uma energia surreal. Ela merece todo esse sucesso. E tive a oportunidade de trabalhar com ela, de conhecer melhor. Vim prestigiar porque sou fã mesmo", disse a atriz Giovanna Lancellotti.

Show de Ivete Sangalo (Foto: Lílian Marques/G1)Show de Ivete Sangalo na noite deste sábado, na Arena Fonte Nova (Foto: Lílian Marques/G1)
Estrutura

O palco montado para a gravção do DVD de Ivete Sangalo tem cerca de 75 m de largura. São mais de 1.200 m² de led, espalhados em três telões e palco. No total, foram usadas mais de 400 toneladas de equipamentos para a realização do evento. Mais de 20 câmeras registram cada passo da cantora, dos músicos e dançarinos e do público.
Ivete assina a direção artística do DVD. Elísio Lopes é o diretor assistente. Já a direção musical, a artista divide com o maestro Radamés Venâncio. A direção de vídeo é de Nick Wickmam, que já fez trabalhos para artistas como Shakira, Madonna e Beyoncé. O light design é assinado por Denny Nolan e Marcos Olívio. Já o set design tem a assinatura de Ludmila Machado e Bijari.

Show de Ivete Sangalo (Foto: Lílian Marques/G1)Show de Ivete Sangalo tem mega estrutura de palco para gravação (Foto: Lílian Marques/G1)

Fonte: G1

Sem-teto recusa esmola e opta por aulas de programação

Divulgação/The Journeyman Challenge
Leo Grand: sem qualquer tipo de conhecimento prévio de computação, Grand conseguiu desenvolver seu próprio app depois de ter aulas com programador

 São Paulo – Todos os dias a caminho do trabalho, o programador Patrick McConlogue, de 23 anos, cruzava com o mesmo sem-teto. Um dia, resolveu se aproximar do homem para fazer uma proposta, no mínimo, inusitada: poderia dar 100 dólares naquele momento para que ele gastasse como quisesse ou poderia voltar no dia seguinte com livros sobre JavaScript e um notebook para ensiná-lo a programar.
Leo Grand, 37 anos, escolheu a segunda opção. Começava aí uma jornada que atingiu, nesta semana, um dos seus objetivos.
Depois de meses de aulas pelas ruas de Nova York, Grand lançou o seu próprio app, o chamado Trees for Cars, que já pode ser baixado na App Store e Google Play por 0,99 dólar e 2,30 reais, respectivamente.
O objetivo do aplicativo, de acordo com um vídeo estrelado pelo próprio Grand, é o de fazer com que menos carros rodem pelas ruas.
A ideia é a de ser um app de carona que conecta motoristas a passageiros e que irá “preservar o meio ambiente, unir a comunidade e te ajudar a economizar dinheiro”, conforme explicado pelo seu criador.
Um dos destaques do app é o fato de ele calcular a quantidade de gás carbônico que poderia ter sido emitida caso o usuário tivesse optado por sair de casa de carro. Todo o dinheiro arrecadado ficará com Grand que, ao que tudo indica, tem em seus planos o desenvolvimento de uma segunda versão do app.

The Journeyman Challenge
As aulas aconteceram durante meses e o desenvolvimento do app foi todo registrado em uma página no Facebook. McColongue ia até o local onde Grand vivia e passava cerca de uma hora ensinando os princípios básicos da programação. Depois, ele passava o resto do dia revisando a matéria e treinando.
Quando a bateria do seu Chromebook chegava ao fim, Grand recorria aos amigos da região como porteiros e outros moradores, e que emprestavam tomadas para que o gadget fosse recarregado. A chegada do clima mais gelado, surpreendentemente, trouxe boas novidades para os dois.
O chefe de McColongue resolveu embarcar na iniciativa e cedeu um espaço no escritório para que Grand trabalhasse, especialmente por conta do frio que já tomava conta das ruas. Mas, além disso, liberou o jovem tutor para se dedicar em tempo integral a empreitada do Trees for Cars.
É cedo para dizer o quão bem sucedido será o app enquanto negócio, mas já é possível constatar as mudanças positivas que o projeto trouxe para a vida de Grand, que segue vivendo nas ruas. Em entrevista ao site Mashable, o homem revelou que espera conseguir um emprego em breve em alguma empresa de tecnologia. “Isso irá mudar a minha vida de forma magnífica.”
O Mashable ainda acompanhou a dupla e registrou os momentos finais do desenvolvimento do Trees for Cars até a sua publicação na App Store. Confira o vídeo, em inglês e sem legendas, abaixo.

Fonte: Primeira Edição

Nave chinesa não tripulada pousa com sucesso na lua

Após 40 anos, nave terrestre volta a tocar superfície lunar. China torna-se o terceiro país a conseguir o feito, considerado importante para seu programa espacial. Sonda vai explorar a área pelos próximos três meses.
A televisão estatal chinesa mostrou neste sábado (14/12) imagens do pouso de um módulo espacial não tripulado na superfície da lua. A sonda chinesa transporta um veículo motorizado automatizado que irá explorar a superfície lunar. Esse é a primeira vez em quatro décadas que uma nave terrestre pousa na lua. E a China é o terceiro país a realizar essa façanha, depois dos Estados Unidos e da antiga União Soviética.
Trata-se de um passo importante para o ambicioso programa espacial do país, que visa lançar uma estação espacial permanente em 2020. Segundo a agência estatal de notícias Xinhua, o pouso aconteceu na planície lunar conhecida como Sinus Iridum, na Baía do Arco-Íris.
A missão espacial havia divulgado através do sistema chinês de mensagens curtas Sina Weibo – uma espécie de Twitter chinês – que a sonda espacial Chang'e 3 faria uma queda livre até 100 metros da superfície da lua, quando jatos propulsores seriam acionados para suavizar a descida.
O veículo automatizado que deverá explorar a lua foi batizado como Yutu ("Coelho de Jade"). Ele é projetado para escalar inclinações de até 30 graus e pode viajar a 200 quilômetros por hora, de acordo com Instituto de Pesquisa de Sistemas de Engenharia Espacial de Xangai.
O Yutu é movido por energia solar. Ele pesa 120 quilos e é equipado com um braço robótico capaz de coletar até 20 quilos de amostras. Seu nome remete ao mascote Coelho de Jade, da deusa mitológica chinesa da lua, Chang'e – que dá nome ao módulo lunar.
Ele é projetado para coletar amostras do solo, examinar a estrutura geológica da lua e explorar recursos naturais, dentro de um período de três meses. Seus equipamentos incluem câmeras e espectrômetros, um sistema de radar que pode penetrar a superfície lunar, além de um telescópio ótico.
Retorno à lua em 2017
O último pouso na lua havia sido realizado por uma nave da União Soviética em 1976. A primeira missão americana tripulada à lua foi em 1969, quando a nave Apollo 12 levou três tripulantes à superfície lunar.
Os últimos exploradores da missão Apollo estiveram no satélite em 1972. O próximo grande projeto da Agência Espacial Americana (Nasa) inclui o transporte de humanos para Marte, aproximadamente em 2030.
A China planeja o envio de outra missão à lua em 2017 para coletar e retornar à Terra com amostras do solo lunar.

Fonte: TERRA

Atirador de escola nos EUA queria vingar-se de professora

O estudante Karl Halverson, 18 anos, foi identificado como o autor do tiroteio ontem na escola secundária Arapahoe, em Centennial, nos arredores de Denver, nos EUA.
Segundo a CNN, as autoridades estão neste momento à procura de mais pistas e informações sobre o jovem, que feriu uma aluna de 15 anos - que se encontra em "estado muito crítico2 - suicidando-se de seguida.
O xerife de Arapahoe, Grayson Robinson, disse que tudo aponta que Karl Halverson se quisesse vingar de uma professora com quem teve um conflito, uma vez que o estudante esteve à procura da docente na escola, antes do tiroteio.
No entanto, as autoridades desconhecem ainda se a aluna que foi atingida terá sido um alvo intencional ou não.
Os vizinhos descrevem Karl Halverson como um "jovem simpático" e um "atleta vencedor", que participava em várias provas pelo país, além de trabalhar num projeto de escuteiros.
"Era a última pessoa que podia esperar que fosse autor de um tiroteio numa escola. Ele era honesto e incrivelmente humilde e sem complicações. Era um pouco nerd, mas no bom sentido", afirmou Frank Woronoff, da Arapahoe High School.
O tiroteio nesta escola ocorreu na véspera do primeiro aniversário do massacre na escola primária Sandy Hook, em Newtown, que causou 27 mortos.

Fonte: Expresso Sapo

Pedro Henry é transferido para a Penitenciária da Papuda

Fonte: G1

Condenado a 7 anos e 2 meses no processo do mensalão, o deputado federal Pedro Henry (PP-MT) foi transferido ainda no início da tarde desta sexta-feira (13) para a Penitenciária da Papuda, nos arredores de Brasília. O parlamentar, que pediu renúncia do cargo após a expedição do mandado de prisão, se entregou no início da tarde na Polícia Federal.
Advogados de Henry, no entanto, já adiantaram que deverão pedir a transferência dele para prisão em Mato Grosso, onde reside com sua família. O pedido, no entanto, ainda não foi protocolado no Supremo Tribunal Federal.
Acusado de ter recebido dinheiro em troca de apoio político no Congresso ao governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o deputado do PP foi considerado culpado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Nas duas condenações, o placar foi de 7 votos pela condenação e 3 pela absolvição.
Ele apresentou  embargos infringentes (recursos que levam a novo julgamento) nos dois crimes, mesmo sem ter obtido ao menos quatro votos pela absolvição, número mínimo exigido para que um réu possa solicitar a revisão. Monocraticamente, o presidente do STF e relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, rejeitou os recursos.
O magistrado argumentou que Henry não preenchia o critério mínimo para ter direito a um novo julgamento.
Com a entrega de Henry, do total de 25 condenados, 17 já estão presos. Outros três condenados (Emerson Palmieri, Enivaldo Quadrado e José Borba) começarão a cumprir penas alternativas neste mês; um está foragido (Henrique Pizzolato); um aguarda decisão sobre prisão domiciliar (Roberto Jefferson); e outros dois aguardam análise de novos recursos (João Cláudio Genu e Breno Fishberg).
O deputado João Paulo Cunha (PT-SP) apresentou embargos infringentes em dois crimes nos quais não tinha direito a recorrer e poderá ter a prisão decretada nos próximos dias.

Câmara dos Deputados
Apesar de a carta de renúncia ao mandato ter sido encaminhada nesta sexta à presidência da Câmara, a leitura do comunicado no plenário da Casa deverá ocorrer somente na próxima segunda-feira (16). A renúncia só poderá ser oficializada depois da leitura da mensagem diante dos parlamentares.

Mesmo depois de Joaquim Barbosa ter determinado o trânsito em julgado do processo para o deputado do PP, Pedro Henry chegou a marcar presença no plenário da Câmara nesta quinta. Ele estava em Brasília quando soube do mandado de prisão.

Na semana passada, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu a prisão imediata de Henry. Em parecer encaminhado ao STF, Janot afirmou entender que os embargos infringentes deveriam ser rejeitados por considerar que o ex-deputado não tinha os requisitos necessários.
Janot, no entanto, havia acolhido um dos pedidos do deputado de Mato Grosso, recomendando que o Supremo rediscutisse a cassação automática dos parlamentares condenados na ação penal. Apesar do parecer favorável do Ministério Público, Pedro Henry optou por renunciar ao mandato.

O deputado do PP é o terceiro parlamentar condenado no processo do mensalão que renuncia ao mandato no intervalo de duas semanas. No dia 3, José Genoino (PT-SP), que foi detido na primeira leva de mandados de prisão, renunciou para evitar a abertura do processo de cassação. Em 5 de dezembro, Valdemar Costa Neto (PR-SP) também anunciou sua renúncia após o Supremo ordenar sua prisão.

Críticas ao STF
Na carta de renúncia enviada à Câmara, Pedro Henry disse ter sido condenado pelo Supremo Tribunal Federal “apesar da ausência de provas”. Ele afirmou que "trechos incompletos" de depoimentos levaram os ministros do STF a "entendimento equivocado" sobre sua participação no caso do mensalão.

“Neste ano, apesar da ausência de provas cabais do meu envolvimento, que levaram inclusive o ministro Ricardo Lewandowski  a afirmar que não encontrava sequer razões do porque da representação proposta contra mim, me vi condenado pelo Supremo Tribunal Federal. Quando tentei contra argumentar minha inocência  e o entendimento equivocado de alguns ministros que extraíram  trechos incompletos  de depoimentos, que quando analisados na sua integridade, levariam  a conclusões diferentes daquela, me foi negado o duplo grau de jurisdição, que pudesse garantir minha defesa”, afirmou Henry na carta.
Carta de renúncia do deputado Pedro Henry encaminhada à presidência da Câmara (Foto: Reprodução)

Reprodução da carta de renúncia do deputado Pedro Henry (Foto: Reprodução)Reprodução da carta de renúncia do deputado Pedro Henry (Foto: Reprodução)

EUA: jovem é identificado como autor de tiroteio em escola

  • Agência Reuters
    Estudantes se reúnem com seus pais perto do colégio Arapahoe, nos Estados Unidos


O jovem Karl Halverson, de 18 anos, foi identificado como o autor do tiroteio ocorrido nesta sexta-feira, 13, na escola da cidade de Centennial (Colorado), nos Estados Unidos, e as autoridades informaram que apenas um estudante ficou ferido, e não dois, conforme foi divulgado anteriormente.
O xerife Grayson Robinson, do condado de Arapahoe, identificou Halverson como o autor do ataque na escola secundária Arapahoe de Centennial, ao sul de Denver. Halverson estava aparentemente à procura de um professor e, após ferir um estudante, se suicidou.
Anteriormente, acreditava-se que outro estudante também tinha sido ferido por disparos, mas depois se descobriu que o sangue que ele tinha no corpo era da outra vítima, explicou Robinson à imprensa.
O estudante que foi atingido se encontra hospitalizado em situação crítica e, provavelmente, entrou em enfrentamento com Halverson.
O incidente aconteceu a apenas 25 quilômetros do local do massacre de 2012 no cinema de Aurora, que deixou 14 mortos, e a 20 quilômetros da escola de Columbine, onde 15 pessoas morreram em outro massacre em 1999.
Além disso, ocorreu um dia antes do primeiro aniversário do massacre na escola de Newtown (Connecticut) em dezembro do ano passado, quando 20 crianças e 7 adultos morreram, entre eles Adam Lanza, o responsável pela tragédia.

Fonte: Portal A Tarde

Afrojack - Take Over Control

(P) 2010


EUA: homem é preso por planejar atentado com carro-bomba em aeroporto



Um homem de 58 anos foi preso nesta sexta-feira (13) acusado de planejar um atentado suicida com um carro-bomba no aeroporto de Wichita, no estado do Kansas, nos Estados Unidos, durante uma operação secreta do FBI. Terry Lee Loewen (foto), funcionário do aeroporto, foi detido quando tentava transitar por uma das pistas em um veículo que ele acreditava estar carregado de explosivos.

O detido "planejava morrer na explosão", informou em comunicado o Departamento de Justiça, que detalhou que Loewen estava sendo objeto de uma investigação federal há meses, quando supostamente declarou que queria cometer um ato terrorista violento contra os EUA.

Loewen passou meses estudando a planta do aeroporto, seus pontos de acesso e os horários dos voos, além da aquisição de componentes para a fabricação de uma bomba, de acordo com a acusação. Seu objetivo era detonar o carro-bomba em um momento de maior fluxo no aeroporto para causar o máximo de danos possíveis.

As autoridades descreveram Loewen como um "lobo solitário", por causa do contato que teve com agentes infiltrados do FBI que se passaram por membros da rede terrorista Al Qaeda com base no Iêmen. Se for considerado culpado, Loewen pode ser condenado à prisão perpétua.

Terra

Irmão de Paul Walker pode filmar cenas de 'Velozes e Furiosos 7', diz site

Paul Walker (foto de arquivo) (Foto: Filipe Carvalho/Reuters) 
Paul Walker (Foto: Filipe Carvalho/Reuters)

Cody Walker, irmão de Paul Walker, foi sondado pelos diretores de "Velozes e Furiosos 7" para filmar algumas cenas da sequência. Segundo o site "MailOnline", Cody foi escolhido pela semelhância com o ator, que morreu após um acidente de carro, no final de novembro.
Veja também: Entenda tudo sobre o acidente que matou Paul Walker
"Os produtores tiveram uma série de reuniões logo após a morte de Paul e eles perceberam que precisavam de alguém que se parecia com ele para terminar o filme. Foi quando eles lembraram de Cody, irmão - quase idêntico - de Paul", disse a fonte.
Segundo a fonte, Cody ainda não teria dado resposta ao convite, mas ele pode aceitar se o filmarem em tomadas de longe ou de costas. "Se ele fizer, será para homenagear o irmão".

Coldy Walker, irmão de Paul Walker (Foto: Grosby Group/Agência)Coldy Walker, irmão mais novo de Paul Walker (Foto: Grosby Group/Agência)

Fonte: EGO

Fraude em SP: auditor investigado recebeu propina de prédio onde mora

O auditor fiscal Ronilson Bezerra Rodrigues, que é apontado como chefe do esquema que teria desviado até R$ 500 milhões da prefeitura de São Paulo, recebeu propina até da construtora responsável pelo condomínio onde mora, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. Um documento apreendido pelo Ministério Público de São Paulo (MP-SP) que lista 410 empresas suspeitas de envolvimento na fraude diz que Rodrigues recebeu R$ 52 mil da construtora MAC. O empreendimento pagou R$ 245 mil à quadrilha para ter 50% de desconto no Imposto Sobre Serviços (ISS). As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
O documento foi apreendido em um computador do auditor fiscal Luis Alexandre Cardoso de Magalhães, um dos suspeitos de participar da fraude, que fez um acordo para colaborar com as investigações. A planilha aponta que os quatro fiscais suspeitos receberam R$ 29 milhões em propinas em menos de um ano e meio, entre junho de 2010 e outubro de 2011.

Nesse período, os empreendimentos deveriam ter pagado R$ 61,3 milhões em ISS, mas só R$ 2,5 milhões chegaram aos cofres da prefeitura. Porém, os investigadores acreditam que o esquema tenha começado em 2005, e que teria desviado até R$ 500 milhões.

O prédio onde Rodrigues mora, de 23 pavimentos, deveria ter rendido R$ 511,1 mil de imposto à prefeitura, valor necessário para a concessão do Habite-se. No entanto, a construtora MAC só gastou R$ 255,5 mil - e desse valor, apenas R$ 10,5 mil foram destinados à prefeitura. Um fiscal intermediário recebeu R$ 36,7 mil, e os quatro suspeitos dividiram os demais R$ 208,2 mil.

Fonte: TERRA

Aprovação a Dilma sobe mais que a de governadores

Ueslei Marcelino/Reuters
Presidente Dilma Rousseff
Dilma Rousseff: avaliação positiva do governo Dilma subiu de 37% para 43%


São Paulo - A presidente Dilma Rousseff está recuperando sua popularidade duas vezes mais rápido do que os governadores. De julho a dezembro, o saldo da aprovação a seu governo cresceu 23 pontos, segundo pesquisa Ibope/CNI. Ao mesmo tempo, a média ponderada da aprovação aos governadores cresceu 10 pontos.
O saldo de popularidade é a taxa dos que avaliam o governo como ótimo ou bom descontados os que o acham ruim ou péssimo. Em julho, após a onda de protestos pelo País, o saldo de Dilma era zero: 31% de ótimo e bom contra 31% de ruim e péssimo. Agora, é de 23 pontos (43% a 20%). Já o saldo médio da aprovação aos governadores foi de -2 para 8 pontos.
Dos 11 governadores que foram avaliados por pesquisas em julho e cujas taxas podem ser comparadas individualmente com as da presidente, dez tiveram recuperação menos acentuada do que Dilma. Apenas o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), cresceu mais em popularidade: seu saldo pulou de 3 para 33 pontos.
Em relação à pesquisa CNI/Ibope de setembro, a avaliação positiva do governo Dilma subiu de 37% para 43%. A taxa ainda está longe dos 55% obtidos no início de junho, antes da nacionalização dos protestos.
Comparação. Hoje, a presidente tem taxa de ótimo e bom maior do que a do respectivo governador em 18 das 27 unidades da federação. A maior diferença em favor da presidente acontece no Rio Grande do Norte, onde ela chega a 49% de avaliações positivas, contra apenas 7% da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Em cinco Estados, a aprovação da presidente se equivale à do líder local, pois a diferença está dentro da margem de erro.
Somente em quatro Estados a avaliação do governador é melhor do que a da presidente. A maior diferença é justamente em Pernambuco, cujo governador, Eduardo Campos (PSB), é provável candidato à Presidência contra Dilma. Ele tem saldo de aprovação 13 pontos maior do que o da possível adversária.
Dilma melhorou sua popularidade apenas recentemente, após três meses de estabilidade. Dois motivos se destacam: a melhora da confiança do consumidor (típica após ele receber o 13.º salário), e a mudança na percepção sobre o noticiário.
Segundo a pesquisa, foram relativamente raras as citações de notícias negativas para o governo entre os brasileiros. Na época dos protestos em massa, 63% se lembravam de notícias sobre os protestos. Agora essa taxa caiu a menos da metade.
O noticiário sobre a prisão de condenados pelo mensalão foi citado por apenas 13% dos eleitores. Notícias sobre problemas na área econômica despertaram menos atenção do que outras sobre concessões de rodovias e programas como o Mais Médicos e o Bolsa Família. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Pregão de São Manoel tem desconto de 22%

A usina hidrelétrica São Manoel, no Pará, foi licitada com um deságio (desconto) de 22% em relação ao preço-teto para a venda de energia estipulado pelo governo, de R$ 107 por MWh (Megawatt-hora).
O grupo vencedor do leilão, identificado como "Terra Nova", venceu o leilão com o valor de R$ 83,49 por MWh. Ele é formado pela europeia EDP, com 67%, e Furnas (33%).
São Manoel, a maior usina ofertada pelo governo desde 2010, foi a única usina hidrelétrica a vender energia na disputa desta sexta-feira e, portanto, o principal atrativo do leilão de energia com entrega prevista a partir de 2018 realizado ontem.
No total, foram contratados 3.507 MW para serem entregues a partir de 2018, a um preço médio de R$ 109,93 por MWh.
As usinas eólicas mais uma vez tiveram destaque na disputa. Noventa e sete projetos venderam 2.337 MW, a um preço médio de R$ 119 por MWh, um deságio (desconto) de 2% em relação ao preço-teto estipulado pelo governo.

Fonte: Correio do Estado

Em Brasília, Polícia Federal prende homem com 280 mil dólares na meia

A Polícia Federal deteve no aeroporto de Brasília, na noite de sábado (13), um homem com US$ 280 mil (R$ 652 mil no câmbio do dia) e R$ 13,950 mil.
O homem, de 41 anos, usava meias de futebol, onde o dinheiro estava escondido. Ele foi levado para a Superintendência da PF em Brasília, mas se recusou a prestar esclarecimentos. No caminho, ele chegou a dar várias versões para o dinheiro, mas no depoimento preferiu se calar. O homem já foi liberado pelos policiais, mas o dinheiro foi apreendido. Até a tarde de sábado, ninguém havia se apresentado como dono do montante.
A Polícia Federal montou uma delegacia no aeroporto de Brasília e um dos focos é flagrar pessoas que têm trazido dinheiro para a capital do País oculto no vestuário.
Em maio deste ano, dois passageiros foram flagrados no portão de embarque do mesmo aeroporto com R$ 465 mil escondidos em meias e cuecas. O operador de mercado Carlos Eduardo Lemos, conhecido como Dudu e com amigos influentes no meio político, se apresentou dizendo ser o dono do dinheiro.
Mais tarde, Lemos foi citado na Operação Miqueias, da Polícia Federal, que desvendou uma quadrilha que desviava dinheiro de fundos de previdência municipais, entre outros crimes. O Estado apurou que a apreensão desta sexta em Brasília está relacionada com a do início do ano.
No Brasil, para viajar com dólares em voos nacionais é preciso portar documento de comprovação da origem do dinheiro e da instituição em que a moeda foi comprada.
Em voos para o exterior, o passageiro pode levar até US$ 10 mil. O homem estava vindo do Rio de Janeiro. Segundo agentes que acompanharam a apreensão, trata-se de uma pessoa conhecida da PF.

Fonte: Último Segundo

Na Pista - Desaparecidos

(P) 2009


Rihanna pede apenas biscoitos em sua permanência no Brasil

 

De malas prontas para aterrissar no Rio em Janeiro para fotografar para a revista Vogue, conforme O Fuxico já noticiou, Rihanna chamou a atenção dos produtores por não fazer exigências excêntricas.

Segundo o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, ela pediu apenas alguns pacotes de biscoitos Doritos e Cheetos.

Para as fotos, a diva quer um jogador de futebol para posar com ela no ensaio, que vai ser feito nos principais pontos turísticos da Cidade Maravilhosa.

Fonte: Surgiu Entretenimento

Grazi Massafera ironiza separação de Cauã em comercial

Grazi Massafera ironiza separação de Cauã em comercial
Após a polêmica a respeito dos rumores de separação entre Grazi Massafera e Cauã Reymond, a nova campanha publicitária dos biscoitos “belVita” resolveu abordar o tema comercial que vai ao ar durante o intervalo do Fantástico, na Rede Globo, no dia 5 de janeiro de 2014.
A atriz deve ironizar o fim de relacionamento com o marido na propaganda que já teve o casal em outras estratégias de marketing passadas.
Além de Grazi, Cauã também tem contrato com a Mondelez Brasil, de acordo com um comunicado divulgado pela própria empresa, fabricante da “belVita”.
Segundo o jornal “Folha de S. Paulo” a atriz tocará no assunto da separação e vai explicar, com bom humor, porque está sozinha na propaganda, que foi gravada nesta semana.

Fonte: Ache Belém

Twitter volta atrás em nova política de bloqueio de usuários; entenda

O Twitter voltou atrás na mudança da sua política de bloqueio de usuários. Segundo a nova regra, um contato bloqueado continuaria a receber as mensagens da pessoa que o vetou, sendo capaz até mesmo de retuitá-las. Ou seja, o bloqueio passaria a funcionar apenas como um botão de mudo, onde apenas quem promoveu a ação deixaria de receber as mensagens do usuário bloqueado no microblog.
Depois da reclamação de milhares de usuários descontentes com a alteração, o Twitter decidiu cancelar a mudança. A decisão ocorreu apenas quatro horas após o anúncio das mudanças no blog do Twitter.

Cada um na sua gaiola? Twitter muda política de bloqueio e irrita os usuários (Foto: Pond5)
Cada um na sua gaiola? Twitter muda política de bloqueio e irrita os usuários (Foto: Pond5)
“Decidimos reverter a alteração depois de recebermos o feedback de muitos usuários – nós nunca quisemos incluir funcionalidades ao preço de deixar os usuários se sentindo menos seguros. Quaisquer bloqueios que você tenha feito anteriormente ainda estão ativos”, disse a empresa em um post no seu blog oficial.
O Twitter continua acreditando que essa não é a política ideal, já que, hoje, um usuário sabe que foi bloqueado, o que poderia causar retaliações.
Por outro lado, diversas pessoas reclamaram que a nova política daria ainda mais liberdade para os usuários bloqueados, já que estas continuariam a ter total acesso às mensagens postadas por quem o bloqueou e ainda poderiam compartilhá-las.
A empresa disse que continuará “a explorar novas funcionalidades criadas para proteger os usuários de abusos e prevenir retaliações”.
Twitter ou Facebook? Conte no Fórum Techtudo qual é a sua rede social favorita.

Fonte: TECH TUDO

Corpo de Nelson Mandela chega a Qunu para enterro


Cerimônia de Estado e tribal será realizada neste domingo (15).
Centenas de pessoas aguardaram a chegada pelas ruas da região.

 
O corpo de Nelson Mandela, ex-presidente sul-africano e líder da luta pela igualdade, chegou neste sábado (14) a Qunu,  onde será enterrado neste domingo (15). O avião com o caixão deixou a Base Aérea de Pretória por volta de 12h locais (8h no horário de Brasília) e chegou ao aeroporto de Mthatha por volta das 13h30 locais (9h30 em Brasília). De lá, seguiu por cerca de 30 km de carro até Qunu.
O caixão carregando o corpo do primeiro presidente negro da África do Sul foi conduzido em um carro fúnebre do aeroporto de Mthatha, 700 km ao sul de Joanesburgo, com uma escolta militar cerimonial e aplaudido por multidões que estavam próximas a estrada.
Os rituais tradicionais da etnia xhosa, incluindo o sacrifício de um boi, protagonizarão a despedida final, revelaram os líderes de seu clã.
  •  
Caixão com corpo de Mandela embarca na base aérea de Waterkloof, em Pretória, rumo ao povoado de Qunu, onde o líder sul-africano cresceu e agora será enterrado. (Foto: AFP PHOTO / STEPHANE DE SAKUTIN)Caixão com corpo de Mandela embarca na base aérea de Waterkloof, em Pretória, rumo ao povoado de Qunu, onde o líder sul-africano cresceu e agora será enterrado. (Foto: AFP PHOTO / STEPHANE DE SAKUTIN)

Antes da decolagem em Pretória, parentes e amigos de Nelson Mandela e autoridades sul-africanas homeagearam o ex-presidente na base de Waterkloof em Pretória. A cerimônia foi organizada pelo Congresso Nacional Africano, CNA.
O caixão de Mandela chegou de carro, envolvido nas cores do partido que foi liderado pelo ex-presidente, em uma cerimônia na base da Força Aérea.

mapa qunu mandela (Foto: 1)

Mandla Mandela, neto de Nelson Mandela, fez um discurso em memória do avô e disse que "o futuro deste país [África do Sul] é brilhante".
"Fui testemunha de seu Exército, de sua gente, do povo. E posso garantir ao CNA que o futuro deste país parece brilhante", falou.
"Ainda há um longo caminho para percorrer e nos encontraremos de novo no dia da liberdade", assegurou o neto.

O presidente sul-africano Jacob Zuma (centro), ao lado da viúva de Nelson Mandela, Graça Machel (esquerda) e da ex-mulher de Mandela Winnie Mandela Madikizela (direita) durante a cerimônia de despedida na base aérea de Pretória. (Foto: Stephane de Sakutin/AFP) 
O presidente sul-africano Jacob Zuma (centro), ao lado da viúva de Nelson Mandela, Graça Machel (esquerda) e da ex-mulher de Mandela Winnie Mandela Madikizela (direita) durante a cerimônia de despedida na base aérea de Pretória. (Foto: Stephane de Sakutin/AFP)

A viúva de Mandela, Graça Machel, e a ex-mulher, Winnie Mandela também compareceram à cerimônia. Jacob Zuma, atual presidente sul-africano, permaneceu ao lado delas durante as homenagens.
Antes, cerca de 100 mil sul-africanos passaram pelo caixão de Nelson Mandela exposto desde quarta-feira na sede da presidência, informou o governo.
"Este testemunho de amor e apoio foi um imenso conforto para a família e para aqueles que amavam Tata Madiba (papai Mandela)", ressaltou o governo.

Fonte: G1