sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Descobertos 715 planetas parecidos com o sistema solar

O telescópio Kepler, da Nasa, descobriu 715 planetas em sistemas solares semelhantes ao da Terra. Eles fazem a rotação ao redor de 305 estrelas e muitos deles podem ser habitados. Os astrofísicos da Nasa descobriram os planetas analisando os dados do telescópio entre maio de 2009 e março de 2011. A descoberta mostrou que 95% deles são menores que Netuno, que é quase quatro vezes maior que a Terra. Quatro planetas são menores e têm cerca de 2,5 vezes o tamanho do nosso planeta.
Os planetas que foram considerados habitáveis pelos astrofísicos ficam a uma distância da estrela principal que permitiria a existência de água em estado líquido.   
Segundo o chefe da missão científica, John Grunsfeld, "o fato de encontrar os novos planetas e os novos sistemas solares parecidos com o nosso dão coragem para as pesquisas futuras". Para essas pesquisas, ele destacou a preparação que a Nasa está fazendo para lançar o telescópio "James Webb", que estudará em detalhes as descobertas do Kepler.

Fonte: Jornal do Brasil

Anitta fica loura e mostra novo look da 'poderosa' em Salvador


A cantora Anitta deixou os fãs em clima de “pre-pa-ra” ao chegar ao camarote Cerveja e Cia, em Salvador, vestindo turbante e boné, nesta quinta-feira (27). O anúncio de uma campanha publicitária em que a famosa ficaria loura já estava circulando na mídia e, por isso, o suspense. Após alguns minutos na área vip ela mostrou a transformação: “eu gosto de radicalizar, nada melhor do que ficar loura”.
Solteira, a dona do hit “show das poderosas” ainda não quis apostar as fichas no sucesso do novo look em relação a encontrar um namorado. “Não faz nem duas horas que estou loura, mas não acho que é o cabelo que faz a gente arrumar namorado, a pessoa tem que gostar de mim e eu dela”, afirmou. 
Não é primeira vez que Anitta clareia os fios, mas a última experiência não agradou a cantora. “Dessa vez eu amei, ficou maravilhoso”, opinou. Anitta passou pouco tempo no camarote, porém, não deixou de expressar sua empolgação em participar de um pouco do Carnaval de Salvador e contou que subir no trio com Ivete Sangalo seria um “sonho”.

Fonte: Terra

Notícia bombástica: Goleiro Bruno voltará a jogar mesmo 'morando' na prisão


O ex-goleiro do Flamengo Bruno, acusado do desaparecimento da amante Elisa Samudio, recebeu uma segunda chance no mundo esportivo. O jogador assinou um contrato HOJE (28/02/14) pela manhã com o time Montes Claros FC, que disputa e lidera o Modulo II (conhecido popularmente como 'segunda divisão').
O goleiro está 'residindo' na Penitenciária Nelson Hungria desde julho de 2010, localizada em Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte).
Bruno aguarda a autorização da Justiça para atuar, recebendo um salário de R$1.430,00 e uma multa rescisória de R$2,86 milhões.
Então, o mundo está virado ao avesso.

Homem que empurrou passageira diz que queria se vingar da sociedade


O homem que empurrou na última terça-feira uma passageira nos trilhos do metrô de São Paulo disse que não queria ter feito o que fez. Ao chegar a São Paulo, Alessandro Souza Xavier, 34, disse ainda que ia se vingar da sociedade. “Fizeram mal para mim, e eu descontei em alguém”, afirmou. “O mundo é da babilônia. Vocês [imprensa] são sujos, eu não”, disse Xavier aos jornalistas assim que chegou ao DHPP (departamento de homicídios). Ele foi preso em um sítio do padrasto, em Extrema (MG), por volta das 6h de hoje. Ele havia sido identificado ontem por familiares e pela polícia por meio das imagens das câmeras do Metrô.
No sítio, segundo a polícia, foram achadas as roupas que ele usava no momento que empurrou Maria da Conceição de Oliveira, 27. Segundo a polícia, Maria da Conceição foi escolhida aleatoriamente pelo agressor enquanto aguardava o trem. Ela segue internada e teve o braço amputado após cair nos trilhos. De acordo com a polícia, ele confessou o crime e admitiu ter sido responsável por outros dez ataques ocorridos em Minas Gerais. O delegado Osvaldo Nico Gonçalves disse que Xavier admitiu ter atirado pedras de uma passarela em pedestres e carros na rodovia Fernão Dias. Os casos haviam sido registrados como autoria desconhecida.
Além desses casos, segundo o delegado, a polícia tem registro de nove casos de agressão de Xavier e que a prisão temporária dele já foi acatada pela Justiça. Ele foi indiciado por tentativa de homicídio. “Vocês destruíram os valores da família mostrando imagens de prostituição na TV. Vocês são sujos, eu não. Vocês não seguem a bíblia, eu sigo”, disse ainda o agressor à imprensa na porta do DHPP. A polícia diz que pedirá para a Justiça que ele seja internado em um hospital psiquiátrico. Familiares disseram que ele sofre de esquizofrenia e tem surtos psicóticos com frequência. Ele passa por tratamento há 12 anos. A família disse ainda que não conseguia mais lidar com ele. 
 
O caso
Testemunhas que estavam na estação Sé, a mais movimentada do metrô, contaram à polícia que o homem empurrou Maria da Conceição de Oliveira, 27, e saiu correndo da plataforma. Ela, que fez aniversário no mesmo dia, foi internada na Santa Casa. Seu estado de saúde é estável. O Metrô afirmou que o incidente ocorreu às 7h16 na plataforma sentido Corinthians-Itaquera da linha 3-vermelha. Ao notar que a mulher havia caído, o operador do trem usou o freio e acionou o centro de controle, que desligou a energia do sistema. A companhia forneceu imagens das câmeras da estação e do trem para a polícia.
Elas mostram a ação e a fuga do homem, que usava camisa branca. No boletim de ocorrência, as testemunhas disseram que o homem “aparentando sofrer de problemas mentais, surgiu na plataforma e atentamente olhava os usuários que estavam posicionados no direcionador de embarque [grade metálica]” à espera do trem. Quando o veículo surgiu, ele repentinamente se aproximou de Maria, “que estava distraída”, e a empurrou sobre os trilhos. Em seguida, segundo essas pessoas, o homem saiu “correndo e sorrindo”. Elas disseram que ele “aparentemente não conhecia a vítima”. 

Fonte: Correio da Bahia

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Veja a primeira foto oficial de Matheus Nachtergaele como Joãosinho Trinta

Matheus Nachtergaele como Joãosinho Trinta (Foto: Divulgação/Fox Film do Brasil) 
Matheus Nachtergaele como Joãosinho Trinta
(Foto: Divulgação/Fox Film do Brasil)

A distribuidora Fox Film do Brasil divulgou nesta quinta-feira (27) a primeira foto oficial de Matheus Nachtergaele na pele de Joãosinho Trinta (1933-2011) e anunciou que a cinebiografia do carnavalesco tem previsão de estrear em 23 de outubro.
De acordo com a sinopse oficial, "Trinta" conta a história do "primeiro desfile de Joãosinho Trinta no posto de carnavalesco de uma das mais tradicionais escolas de samba do Rio, a Salgueiro". A marcante apresentação na Sapucaí aconteceu em 1974.

Até então, o protagonista do filme era conhecido como Joãosinho das Alegorias e trabalhava como assistente de Fernando Pamplona na Salgueiro. A trama retrata este período inicial "mostrando sua ida ao Rio, suas apresentações de ballet, seu desejo pelos holofotes e os aplausos, até o inovador desfile 'O Rei da França na Ilha da Assombração'", descreve o material de divulgação. Além de Nachtergaele, "Trinta" tem no elenco nomes como Paolla Oliveira, Ernani Moraes, Paulo Tiefenthaler, Milhem Cortaz, Fabrício Boliveira e Mariana Nunes.

João Clemente Jorge Trinta nasceu em São Luís (MA), em 23 de novembro de 1933. Trabalhou como escriturário na capital maranhense até se mudar para o Rio de Janeiro, em 1951, onde fez dança clássica no Teatro Municipal e montou peças como “O Guarani”, de Carlos Gomes, e “Aida”, de Giuseppe Verdi.
Ele começou a carreira no carnaval como assistente de Pamplona e de Arlindo Rodrigues. Naquela época, foi campeão em 1965, 1969 e 1971. Dois anos depois, em 1973, assumiu  como carnavalesco da escola de samba e fez parceria com a artista plástica Maria Augusta. Com o enredo “Eneida: amor e fantasia”, conquistaram o terceiro lugar no carnaval do Rio. Finalmente, no ano seguinte viria o título, e o bicampeonato aconteceu em 1975, com o trabalho "O Segredo das minas do Rei Salomão."

27 de fevereiro de 2006 - Afastado do Carnaval desde 2004, em razão de um derrame, Joãosinho apareceu na Marquês de Sapucaí em um carrinho motorizado junto a outros cadeirantes no desfile da Vila Isabel, escola campeã daquele ano (Foto: Dida Sampaio/AE) 
Joãosinho na Sapucaí em 2006
(Foto: Dida Sampaio/AE)

Joãosinho Trinta saiu do Salgueiro após problemas com a diretoria da escola de samba e seguiu para a Beija-Flor, onde teve uma carreira de sucesso e de campeonatos com o parceiro figurinista Viriato Ferreira.
Com ousadia e enredos luxuosos, Joãosinho Trinta passou a ser chamado de gênio e reinou no Rio, conquistando ainda os títulos de 1976, 1977, 1978, 1980 e 1983. Ele ainda teve destaque com dois trabalhos carnavalescos que ficaram com a segunda colocação, em 1986 e em 1989.
Joãosinho Trinta morreu em 17 de dezembro de 2011, aos de 78 anos, em São Luís, em razão de um choque séptico, infecção generalizada, e apresentava quadro de pneumonia e infecção urinária.

Em 1993, ele já havia sofrido uma isquemia, e por isso não pôde participar do carnaval. Em novembro de 2004, sofreu um AVC (acidente vascular cerebral). Em julho de 2006, sofreu outros dois AVCs, foi internado no Rio e transferido para o Hospital Sarah Kubitschek, em Brasília. Em maio de 2011, passou 37 dias internado no Hospital UDI, em São Luís, com quadro de pneumonia e insuficiência cardíaca.
A última participação de Joãosinho Trinta no carnaval do Rio foi em 2005, na Vila Isabel, com o enredo “Singrando em mares bravios... E construindo o futuro”, que lhe rendeu a 10ª colocação.

Fonte: G1

Cadela vítima de maus-tratos ganha 'um dia de carinho' e vídeo vira hit

8 comentários
Cachorro (Foto: Reprodução/YouTube)Vídeo que mostra 'um dia de carinho' fez interessados em adotar Pat se multiplicarem (Foto: Reprodução/YouTube)

Uma cadela vítima de maus-tratos que ganhou "um dia de carinho" em Ibiúna, cidade a cerca de 80 km de São Paulo, virou hit na internet. O vídeo "estrelado" por ela e produzido pela Associação MaxMello de Amparo à Vida Animal conseguiu atrair a atenção desejada em prol da defesa dos animais.

Publicado em dezembro, ele teve até as 18h desta quinta (27) mais de 170 mil vizualizações e mostra a cadela abandonada Pat em um parque movimentado, ao lado de uma placa com os seguintes dizeres: “A Pat já conheceu o lado mau do ser humano. Mostre pra ela o lado bom. Faça um carinho”.
No vídeo, crianças, ciclistas e frequentadotes do parque param para brincar e dar atenção ao animal. No fim, a associação pede: "Doe. Adote. Apadrinhe".
Pat foi encontrada acorrentada e desnutrida na zona rural da estância turística de Ibiúna junto à mãe e à irmã. Elas foram localizadas por uma das fundadoras do abrigo MaxMello, para onde foram levadas e onde passaram a receber os cuidados necessários.

Cadela Pat (Foto: Reprodução/YouTube) 
Cadela Pat (Foto: MaxMello/Divulgação)

Um dos responsáveis pelo abrigo, Thiago Bocatto, de 31 anos, diz que assim que o vídeo foi colocado no YouTube muitos interessados o procuraram com a intenção de adotar Pat. Ele e os outros voluntários do abrigo, no entanto, preferiram mantê-la no local.
Apesar disso, Bocatto conta que agora ela possui uma "madrinha": uma mulher que decidiu arcar com todos os custos de alimentação e medicação da cadela. "Justamente pelo fato das três [Pat, irmã e mãe] viverem no abrigo, fica complicado colocá-la para adoção sozinha. Preferimos que elas vivam juntas aqui, porque não se desgrudam para nada. Por isso, optamos por oferecer apenas o apadrinhamento", diz.
O vídeo, segundo ele, serve tanto para incentivar a adoção como para divulgar o trabalho da institição, que vive de doações. Atualmente, o abrigo, aberto em 2005, conta com 323 cães, 18 gatos e duas porcas.

Fonte: G1

domingo, 16 de fevereiro de 2014

Homem mata casal durante batizado do filho em igreja na Grande São Paulo

Uma mulher e o namorado morreram depois de serem baleados na cabeça durante o batizado do filho dela em uma igreja de Guarulhos, na Grande São Paulo, segundo informações da polícia. O atirador seria o gráfico Pedro Félix dos Santos, 45 anos, que estava na igreja e atirou na ex-mulher, Viviane Rosa dos Santos, 34, no atual companheiro dela e em mais três pessoas. Ele acompanhava a cerimônia pela manhã, quando de repente se levantou e começou a atirar. Lá dentro, ele baleou Viviane, o companheiro dela e uma terceira pessoa. Na saída, outras duas pessoas foram baleadas.
O padre Daniel Richter, que celebrava o batizado, diz que não viu o rosto do atirador e não saberia identificá-lo. "Não sabíamos o que estava acontecendo. Só vi um movimento estranho e, a partir daí, todos correram para ajudar os feridos", disse ao Guarulhos Web. Viviane estava na igreja para o batizado do filho de 6 anos - o menino era filho dela com o suspeito pelo crime. Ao todo, 18 crianças eram batizados no local em uma cerimônia coletivo.
O companheiro atual de Viviane, o motorista Rosildo Donisete Pereira, 48 anos, foi socorrido para o Hospital Santa Marcelina, em Itaquera, por um helicóptero da Polícia Militar, mas acabou morrendo na unidade médica. Viviane morreu ainda na igreja. As outras três vítimas tiveram ferimentos menores e foram encaminhadas a um pronto socorro da região. O crime foi na igreja São Francisco de Assis, na rua Campo Maior, no bairro das Pimentas, e cerca de 200 pessoas estavam dentro do local quando os tiros começaram, instalando pânico.
Rosildo era casado há 22 anos com uma costureira, mas mesmo assim mantinha um relacionamento com Viviane. "Ele não era um homem ruim, era um bom pai e trabalhador. Eu estava sofrendo com o que estava acontecendo, mas resolvi dar uma nova chance para ele, mas ele não largou dela", disse ao G1 a costureira Silvana Ribeiro, 46 anos, que não tinha oficializado a separação do motorista. Os dois ainda moravam juntos.
A polícia faz buscas para localizar Pedro Félix. Segundo a família, ele e Viviane tinham dois filhos. Depois de 12 anos de casados, eles se separaram em 2010. A polícia tem registros de agressão e ameaça contra o suspeito - em 2004 e 2011. Em um deles, Viviane diz que o ex desobedeceu uma ordem para se manter afastado dela, descumprindo determinação baseada na Lei Maria da Penha.

Fonte: Correio da Bahia

Sérgio Hondjakoff é barrado no camarim de Anitta, diz coluna


Anitta gravou o seu primeiro DVD neste sábado (15), no Rio de Janeiro. Estrela da noite, muita gente queria entrar no camarim para cumprimentar a poderosa.
Entre eles, Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de Malhação. Acontece que o ator, que agora também é funkeiro, ficou do lado de fora.
Time de famosos invade gravação de Anitta
De acordo com a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, ele foi barrado na porta do camarim de Anitta e ficou por quase uma hora tentando ser recebido.
Depois de pedir para várias pessoas da produção, ele acabou entrando na festinha que teve depois do show.

Fonte: R7

'Bai Ri Yan Huo', da China, ganha Urso de Ouro no Festival de Berlim

O diretor Diao Yinan regura o urso de ouro durante a premiação neste sábado (15) (Foto: Tobias Schwarz/Reuters) 
O diretor Diao Yinan regura o Urso de Ouro durante a premiação neste sábado (15) (Foto: Tobias Schwarz/Reuters)

O filme chinês "Bai Ri Yan Huo" (ainda sem tradução para o Brasil), do diretor Diao Yinan, ganhou neste sábado (15) o Urso de Ouro no Festival de Cinema de Berlim. A produção noir conta a história de um policial que investiga um assassino cujas vítimas têm relação com uma mesma mulher.
O filme concorreu com "Praia do futuro", co-produção entre Brasil e Alemanha do cineasta brasileiro Karim Aïnouz, que contava no elenco com Wagner Moura.

Atriz japonesa Haru Kuroki  ganhou o urso de prata de melhor atriz (Foto: Tobias Schwarz/Reuters) 
Atriz japonesa Haru Kuroki ganhou o Urso de Prata
de melhor atriz (Foto: Tobias Schwarz/Reuters)

O Urso de Prata para melhor diretor ficou com Richard Linklater pelo filme "Boyhood", dos Estados Unidos.
Outros filmes que receberam o Urso de Prata foram "Aimer, boire et chanter", da França, e a produção do Reino Unido e da Alemanha "The Grand Budapest Hotel", de Wes Anderson.
A atriz japonesa Haru Kuroki recebeu o Urso de Prata de melhor atriz por sua atuação no filme "Chiisai Ouchi". Já o chinês Liao Fan recebeu o prêmio de melhor ator por "Bai Ri Yan Huo".
O prêmio de melhor roteiro ficou com Jafar Panahi, com a co-produção alemã e francesa "Kreuzweg".
O produtor americano James Schamus, dos aclamados "O tigre e o dragão" e "O segredo de Brokeback Mountain", presidiu o júri responsável pela entrega da premiação.
Veja a lista de vencedores do Festival de Berlim 2014:
Urso de ouro de melhor filme
- “Bai Ri Yan Huo” (“Black Coal, Thin Ice”), da China

Urso de prata de melhor diretor
- Richard Linklater, por “Boyhood”

Urso de prata de melhor atriz
- Haru Kuroki, por “The Little House” (“Chiisai Ouchi”)

Urso de prata de melhor ator
- Liao Fan, por “Black Coal, Thin Ice” (“Bai Ri Yan Huo”)

Urso de prata de melhor roteiro
- Dietrich e Anna Brüggemann, por "Kreuzweg - Stations of The Cross"

Urso de prata por contribuição artística
- Zeng Jian, por “Blind Message” (“Tui Na”)

Urso de Prata, prêmio do júri
- “The Grand Budapest Hotel”, de Wes Anderson, do Reino Unido e da Alemanha

Urso de Prata, prêmio Alfred Bauer (para filmes que abrem novas perspectivas)
- “Aimer, boire et chanter” (“Life of Riley”),  da França

Urso de ouro de melhor curta metragem
- "As Long as Shotguns Remain", da França
Urso de prata de melhor curta metragem
- “Laborat”, da Alemanha

Fonte: G1

Indicado ao Oscar, Philomena estreia em BH nesta sexta-feira


Judi Dench e Steve
Coogan dão um
show de
interpretação
em Philomena (Paris Filmes/Divulgação)
Judi Dench e Steve Coogan dão um show de interpretação em Philomena
 
Tem um filme em cartaz que é uma delícia: 'Philomena', de Stephen Frears. A trama mostra a busca da enfermeira Philomena Lee (Judi Dench) pelo filho que foi “doado” por freiras quando tinha 3 anos, depois de ela ter sido rejeitada pela família e enviada grávida ao convento. O parceiro na busca da criança, 50 anos depois do desaparecimento do menino, é o jornalista Martins Sixmith (Steve Coogan). É história dramática, inspirada em fato real, contada com graça, que consegue o que parece impossível: somar crítica ácida com olhar irônico sobre a situação. O resultado é um filme leve e divertido, que, entrelaçando dois mundos – anos 1950 e 80 –, coloca questões que merecem consideração.

Veja mais fotos do filme

Confira os horários das sessões

Muito do charme do filme vem da dupla que dá um show: os atores Judi Dench e Steve Coogan. Ela como uma irlandesa católica, simples, amante de livros românticos; ele, um jornalista cético, granfino e culto. Relação movida por contraste entre mundos socioculturais, mas também por visões distintas diante do drama, assim como das pessoas envolvidas nos fatos e até com relação ao que descobrem. O jogo de perspectivas sinaliza extenso arco de questões. Como a evidência de crueldades e hipocrisias de anteontem e de ontem, movida por conservadores e conservadorismo, que, naturalizadas, tornam-se “compreensíveis” e até hoje são evocadas com nostalgia. Ou populismo midiático explorando e manipulando situações em proveito próprio. Há muito mais ao longo de todo o filme.

O modo espontâneo como todos os aspectos se articulam, criando conversa fluente com o público sobre temas importantes, chama a atenção para algo que se tornou raro no cinema: o prazer de curtir a habilidade e a sensibilidade de um diretor maduro, senhor de seu ofício, que não é apenas um técnico. O nome do herói do filme é, de fato, Stephen Frears, britânico de 73 anos. Às voltas com o audiovisual desde o fim dos anos 1960, fez séries para a televisão e programas para a BBC e, a partir de 1984, dedicou-se ao cinema. É de 1985 um clássico dele do cinema dos anos 1980: 'Minha adorável lavanderia'. A estreia em Hollywood foi com o filme 'Ligações perigosas' (1988), que ganhou três Oscars em sua carreira ‘‘dourada’’: Palma de Ouro (em Cannes), Urso de Ouro (em Berlim) e indicação para Leão de Ouro (Veneza).

Deve-se ao diretor a delicada harmonia que conjuga atenção ao real, afeto e mordacidade surpreendente. Tudo no filme é engenhosamente tramado, desperta interesse. Até o discutível. Como orquestras tocando temas musicais melodramáticos, o que soa como chantagem sentimental em filme que não precisa disso. Mas até esse aspecto acaba criando questões interessantes: seja evocação, voluntária ou involuntária, a filmes norte-americanos dos anos 1950 (especialmente à elegância de um Billy Wilder) ou flerte dos contemporâneos com o melodrama. Uns e outro cortejados talvez por carregarem algo que desapareceu do mundo (e do cinema) contemporâneo: calor humano.

SAIBA MAIS
PAPO COM O PAPA
O filme de Stephen Frears é uma adaptação do romance The lost child of Philomena Lee Martin Sixsmith. A irlandesa Philomena Lee, de 80 anos, que inspirou a história, foi recebida pelo papa Francisco. Ela coordena projeto dedicado a ajudar outras mães a encontrarem os filhos desaparecidos.

OSCARPhilomena concorre a melhor filme, melhor atriz (Judi Dench), trilha sonora e roteiro adaptado

Confira o trailer do filme:



Fonte: Divirta-se

Neymar é acusado de menosprezo por dançar "lepo-lepo" e rebate crítica


A comemoração de Neymar após o golaço que fechou a vitória por 6 a 0 do Barcelona sobre o Rayo Vallecano, no último sábado, causou polêmica na Espanha. O brasileiro comemorou com uma de suas tradicionais dancinhas - desta vez, a coreografia escolhida para fazer ao lado de Daniel Alves foi a de Lepo-lepo, do grupo Psirico -, e o diário Marca questionou se ele não teria menosprezado o adversário que estava sendo goleado.
Na pesquisa feita pelo Marca em seu site, a maioria dos internautas discordou da publicação. Cerca de 55% das pessoas que votaram consideraram que Neymar não desrespeitou o Rayo Vallecano.
?Em sua página no Instagram, o brasileiro publicou a foto da dancinha e escreveu em tom de autodefesa: "a gente se diverte .... Seja jogando, seja vivendo, seja fazendo o que for.. Somos assim, simplesmente felizes por fazer estes momentos se tornarem inesquecíveis ! "O nosso lema é ousadia e alegriaaaa...".
O técnico do Barcelona, Gerardo Martino, também saiu em defesa do jogador. "Não é uma falta de respeito ao rival. Apenas descarregou pelo que passou", disse o argentino após a goleada, referindo-se ao período que Neymar ficou de molho e ao escândalo sobre os valores de sua contratação.
Neymar teve mesmo motivos para ficar feliz no sábado: voltou a jogar após um mês fora dos gramados por causa de lesão no tornozelo, e está pronto para enfrentar o Manchester City na próxima terça-feira pela Liga dos Campeões. Fora de campo, porém, sua contratação pelo Barcelona segue investigada pelas Justiças espanhola e brasileira.

Fonte: Jornal Do Brasil

Ivete Sangalo leva filho e marido para curtir pré-carnaval em trio na Bahia


No dia 15 de fevereiro, Ivete Sangalo levou o filho Marcelo e o marido para curtirem a micareta em em cima do seu trio na Praia do Forte, em Salvador, na Bahia
 
No dia 15 de fevereiro, Ivete Sangalo levou o filho Marcelo e o marido para curtirem a micareta em em cima do seu trio na Praia do Forte, em Salvador, na Bahia Nessa foto: Ivete Sangalo

Ivete Sangalo já está pronta para curtir o carnaval, mas não descuida do seu papel de mãe. A cantora agitou a noite de sábado (15), no pré-carnaval baiano na Praia do Forte, em Salvador, ao lado do filho Marcelo , devidamente protegido com fones de ouvido.
Ao chegar ao local, Ivete vestia um roupão e nem ligou para o assédio dos paparazzi. Em cima do trio Cerveja e Cia, o filho da cantora ficou sob os cuidados do seu marido, Daniel Cady. Em determinado momento, Marcelo ficou com sono e dormiu nos braços do pai.
Animadíssima, a morena mostrou o corpo malhado em um vestido verde bem curtinho. Ela agitou os foliões do bloco Cerveja e Cia em cima do trio.
Ivete Sangalo cardápio da família . "A alimentação aqui em casa é bem variada e natural. São pelo menos cinco refeições durante o dia. Muita fruta e raízes pela manhã. Depois do café, uma fruta novamente. No almoço, salada e alguma carne. Para o jantar, sempre uma sopa", disse ele que também se preocupa bastante com os hábitos do filho, Marcelo, de 4 anos.
"Ela sempre acha que eu sou muito rigoroso, mas é desde criança que a gente aprende a comer", disse o nutricionista, entregando a alguns dos seus alimentos favoritos da cantora.
"Gostamos de comidas simples: omelete, saladas com grelhado, churrasco, cortadinho de carne ou frango com verduras, caranguejo e lambreta (marisco típico da Bahia). Ivete só evita farinha porque prende o intestino dela", concluiu.

Fonte: Puredepeople

Polêmicas de Rachel Sheherazade agita redes sociais e desagrada colegas de trabalho

Polêmicas de Rachel Sheherazade agita redes sociais e desagrada colegas de trabalho
A âncora do SBT Rachel Sheherazade se tornou alvo de polêmicas e bastante mobilização contra ela nas redes sociais depois de declarar apoio ao grupo que amarrou um jovem negro a um poste, após suposto assalto cometido pelo mesmo. Em uma das declarações disse: "Aos defensores dos direitos humanos, que se apiedaram do marginalzinho preso ao poste, eu lanço uma campanha: faça um favor ao Brasil, adote um bandido”.
Foi assim que Rachel Sheherazade encerrou, no dia 4, mais um dos inflamados discursos que se tornaram a sua marca na bancada do SBT Brasil. Mas a repercussão da opinião da âncora sobre o caso do adolescente suspeito de praticar roubos e furtos no Flamengo que foi espancado e preso nu pelo pescoço a um poste com uma trava de bicicleta por três homens foi muito além do que qualquer outras das polêmicas em que havia se envolvido antes.
Nas redes sociais, o vídeo foi compartilhado ad nauseam, choveram críticas,  e algumas demonstrações de apoio. Na última terça, um grupo de parlamentares protocolou, na Procuradoria Geral da República, uma representação contra a jornalista e o SBT por apologia ao crime.
O Ministério Público vai iniciar uma investigação. A jornalista, uma paraibana de 40 anos, pareceu não se abalar com a possibilidade de ser investigada e processada. “Esse burburinho não passa de jogo político. Qualquer um pode te acusar de qualquer coisa. Quero ver provar”, afirmou Rachel, que preferiu dar entrevista por e-mail.
“Terei sempre o apoio da empresa onde trabalho, pois sou parte dela, represento (com orgulho) o jornalismo do SBT. Ah, e não temo ser processada. Trabalhei durante 17 anos no Poder Judiciário, conheço bem a Justiça, e é claro que terei meu direito ao contraditório. Quem age corretamente não teme os rigores da lei. Esse é o meu caso. As ameaças de processo não passam de tentativa de intimidação ao meu trabalho, à minha liberdade de expressão, garantia, aliás, expressa na Constituição Federal, a mãe de todas as leis”. Disse Rachel.
Foi na época que se dividia entre os empregos de escrivã e jornalista da TV Tambaú (afiliada do SBT), de João Pessoa, que chamou a atenção de Silvio Santos, num vídeo afirmando que o carnaval drenava recursos públicos e impedia o direito básico de ir e vir.
O convite do dono do SBT a trouxe para São Paulo, junto com marido e dois filhos. Especula-se que a jornalista teria trocado a dupla jornada na Paraíba por um salário de R$ 150 mil. “Sou uma profissional que preza pela ética e sou consciente do meu papel social. Por me posicionar diante dos fatos, acabo passando a imagem de uma pessoa transparente, confiável. Meu público me conhece. Não sou uma ‘maria-vai-com-as-outras’. Sou senhora dos meus pensamentos”.
Para o sociólogo e professor de Jornalismo da Escola de Comunicação e Artes da USP Laurindo Lalo Leal Filho, duas questões precisam ser avaliadas na declaração de Rachel.
“Ela incita a população a resolver com as próprias mãos problemas que cabem ao Estado solucionar. Ela até pode ter essa visão como cidadã, mas ao declará-la numa TV, cuja função prevista pela Constituição é entreter, educar e informar, ela comete um delito grave. Fere também o Estatuto da Criança e do Adolescente porque se trata de um menor de idade”.
Diante da polêmica, o SBT alegou, em nota, que o editorial foi de total responsabilidade da jornalista, e não refletia a opinião da emissora.
“É a mais pura verdade. Quando fui contratada para emitir a minha opinião, ficamos acertados que eu teria liberdade editorial para falar sobre o que quisesse, desde que me responsabilizasse por meus posicionamentos. Para mim, não há nenhuma novidade nisso”, afirma.
Rumores de que nos bastidores aa reação à tal declaração também foi forte. Alguns colegas de trabalho não estariam gostando das opiniões da jornalista, além de estarem incomodados com a postura da mesma. Sem revelarem seus nomes, jornalistas da casa contaram que a equipe ficou chocada com a enorme repercussão das declarações da apresentadora. Quando o telejornal colocou no ar uma nota de esclarecimento, os funcionários pararam diante dos televisores para ver. Entre os repórteres e produtores do telejornal, pouco ou quase nada se comenta a respeito.
A âncora conta que costuma se reunir com o editor do programa, André Basbaum, e com o diretor de jornalismo do SBT, Marcelo Parada. “Ao fim de cada edição, temos uma reunião de avaliação com toda equipe”, diz a jornalista, destacando que  escreve sozinha os editorias que grava pouco antes do telejornal ir ao ar. “Não saberia defender como meus, argumentos e pensamentos de um editor ou produtor, por exemplo”.
Na juventude, ela diz ter defendido com ‘todo o fervor’ a esquerda. Agora conta se identificar com bandeiras conservadoras: “Sou contra o aborto e a liberação do uso de drogas. Ainda não conheço um partido organizado e declaradamente de direita para reunir políticos que façam um real contraponto à hegemonia das esquerdas. Na minha juventude, votava no PT, acreditava nas boas intenções do partido, em sua ética e moralidade. Quando chegou ao poder, vi que era exatamente igual aos outros. Então, desisti de votar em partidos. Hoje voto em pessoas, independente de legendas. Pessoas cuja principal bandeira seja a ética”, diz ela, que é evangélica: “Confio nos planos de Deus para minha vida”.
Há pressão nas mídias sociais para que a jornalista se retrate de suas declarações, e também foram criadas “fã pages” na rede social Facebook ironizando a apresentadora com conteúdo de humor.

Fonte: Diário 24hrs

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Comprovada eficácia da retirada das mamas na luta contra o câncer

foto

A atriz norte-americana Angelina Jolie surpreendeu o mundo ao anunciar, em um artigo no jornal “The New York Times” publicado em maio do ano passado, que fez a retirada das duas mamas como forma de prevenção ao câncer. A escolha de Angelina gerou grande repercussão e debate sobre esse tipo de prevenção. Mas em um estudo publicado ontem no “British Medical Journal”, a dupla mastectomia aparece, de fato, como forte aliada contra a doença.
De acordo com resultados do estudo, 87 em cada 100 mulheres que se submetem a uma dupla mastectomia imediatamente após a detecção precoce de um câncer de mama continuam vivas 20 anos depois do procedimento.
No caso da retirada de apenas um seio, a proporção cai para 66 em cada 100 pacientes, segundo os resultados do estudo, que foi realizado por cientistas norte-americanos e canadenses.
Mutação. Os pesquisadores apontam que cerca de 0,2% das mulheres têm duas mutações nos genes BRCA1 e BRCA2, que aumentam entre 60% e 70% as possibilidades de ter um câncer de mama e favorecem o aparecimento de um segundo câncer.
“Chegamos à conclusão de que é razoável propor mastectomias bilaterais como tratamento inicial às mulheres com um câncer em estado precoce e que têm as mutações BRCA1 e BRCA2”, escrevem os cientistas autores do estudo.
De acordo com a agência de notícias France Presse, o estudo foi realizado entre 1975 e 2009 com 390 mulheres. Do total, 44 se submeteram a uma dupla mastectomia imediatamente depois de terem um câncer diagnosticado, e as outras 346 só retiraram um seio. Dessas últimas, 137 precisaram retirar o outro seio posteriormente.

Escolha. Essas mutações nos genes BRCA1 e BRCA2 levam todos os anos milhares de mulheres a se submeterem a mastectomias preventivas, como foi o caso da atriz norte-americana.
No artigo “Minha escolha médica”, Angelina afirma que descobriu que tinha uma mutação genética no BRCA1. Ela ainda destacou a morte da mãe devido à doença, aos 56 anos.
O médico da atriz estimava que ela tinha um risco de 87% de ter câncer de mama e de 50% de ovário. Com a dupla mastectomia, o risco de um tumor mamário caiu para 5%. “Uma vez que eu sabia que essa era a minha realidade, decidi ser proativa para minimizar o risco tanto quanto eu poderia. Tomei uma decisão de ter uma dupla mastectomia preventiva”, disse ela. A cirurgia incluiu a reconstrução dos seios com implantes.

Flash
Restrito. O estudo sobre a mamografia não pode ser considerado para todos os países, mas os cientistas recomendam aos governos que revejam seus programas de prevenção.

Fonte: Correio do Estado

Ex-secretário de saúde é executado a tiros em hotel da Capital



O ex-secretário saúde e ex- vereador do município de Parecis, Irenildo José Gonçalves, de 41 anos, foi morto, segundo a polícia, com pelo menos quatro disparos de arma de fogo na noite desta quinta-feira (13) em um hotel localizado na rua Elias Gorayeb próximo da Avenida Amazonas, região central de Porto Velho.  
De acordo com policiais que registraram o crime, Irenildo estava hospedado no hotel e estava chegando em um carro, Uno/Fiat, junto com uma mulher e foi abordado por um homem que chegou em uma motocicleta e efetuou os disparos.  
Testemunhas disseram a polícia que o assassino estava de tocaia na esquina, perto do estabelecimento, aguardando a chegada de Irenildo. 
A vítima ainda foi socorrida por paramédicos do SAMU, porém devido a gravidade dos ferimentos não resistiu e morreu no local. Agentes da Delegacia de Homicídios estiveram no hotel recolhendo dados e levantando informações para iniciar as investigações. 

 

Fonte: Rondônia Ao Vivo

Deryn Blackwell, o condenado à morte de 14 anos que vence dois cancros

deryn blackwell 
Os médicos avisaram Deryn Blackwell, com 14 anos de idade, de que iria morrer. O adolescente era a única pessoa com dois cancros, um deles raríssimo, em simultâneo. Deryn Blackwell continua vivo e passou dos 35 comprimidos por dia para apenas um!

Deryn Blackwell é, aos 14 anos, o novo milagre da medicina. Há dois meses, o adolescente foi ‘condenado à morte’ pelos médicos, depois de ser diagnosticado como a única pessoa no mundo a sofrer, em simultâneo, de leucemia e do sarcoma de células de Langerhans, um tipo de cancro raríssimo. O jovem continua vivo e, para espanto da comunidade médica, dá contínuos sinais de melhorias.
Sabendo que iria morrer ainda antes do ano acabar, Deryn Blackwell começou a fazer planos. Escreveu quais os ídolos que gostaria de conhecer e outros objetivos, como andar num veículo de alta cilindrada e conduzir um tanque de guerra.
Aos 14 anos, visitou a morgue e definiu o próprio funeral, que culminaria com a dispersão das cinzas: um parte seria lançada  com fogo de artifício, outra num canhão e a terceira espalhada ao vento na Grécia, no topo de uma montanha.
“Ele já tinha aceitado a sua condição e nós também. O Deryn até pediu para conhecer a morgue, para saber para onde seria levado quando morresse”, contou a mãe, Callie Blackwell, numa entrevista à BBC.
Só que todos os planos sofreram um revés: é que o adolescente recusa-se a morrer! Quando foi internado num lar para doentes terminais, o organismo de Deryn Blackwell enfrentou os dois cancros.
Para surpresa dos médicos, o corpo produzia glóbulos vermelhos saudáveis, combatia as infeções e até a medula estava a regenerar-se.
“É preciso colocar as coisas em perspetiva”, explicou o jovem milagre da medicina, também para a BBC: “se estás a tossir e começas a reclamar, tens de ver que há outras pessoas, como eu, que estão numa situação pior e não reclamam. É porque a tua tosse não é assim tão má”.
Depois de, há dois meses, ter ficado a saber que iria morrer antes do ano acabar, Deryn Blackwell tem registado uma contínua melhoria do quadro clínico.
Atualmente, recupera a forma física num centro de reabilitação. Nada mal para quem chegou a tomar 35 comprimidos por dia e, agora, apenas toma um.

Fonte: PT Jornal

Médica cubana pede indenização de R$ 149 mil ao governo brasileiro

Médica cubana pede indenização de R$ 149 mil ao governo brasileiro
Médica cubana pede indenização de R$ 149 mil ao governo brasileiro

BRASÍLIA - A médica cubana Ramona Matos Rodriguez entrou nesta sexta-feira (14) com reclamação trabalhista na Justiça do Pará contra o Programa Mais Médicos do governo federal. Ramona pede indenização de R$ 149 mil em direitos trabalhistas e danos morais. Ela trabalhava em Pacajá (PA) e decidiu abandonar o programa dizendo ter sido enganada pelo governo de Cuba.
Na reclamação, a médica cobra direitos comuns aos trabalhadores brasileiros, como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, férias, décimo terceiro salário, assinatura da Carteira de Trabalho e pagamento das diferenças salariais em relação aos profissionais brasileiros que atuam no Mais Médicos, que recebem bolsa de R$ 10 mil. A defesa pediu também a anulação do contrato de trabalho da médica cubana e a suspensão dos repasses da União ao governo de Cuba relacionados a ela.
“O salário efetivamente recebido, cerca de US$ 400,00 (quatrocentos dólares americanos), que equivalem ao valor aproximado de R$ 968,00 (novecentos e sessenta e oito reais) é insuficiente para as necessidades da reclamante e muito abaixo da média salarial percebida pelos profissionais da medicina residentes no Brasil, bem como dos intercambistas oriundos de outros países”, afirmou a defesa.
Os médicos cubanos trabalham no Brasil em regime diferente dos que se inscreveram individualmente no Mais Médicos. O Ministério da Saúde firmou acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) para que a entidade buscasse parcerias para a vinda de médicos ao país. No acordo, os repasses financeiros são feitos do Ministério da Saúde para a Opas e da Opas para o governo cubano, que paga os médicos.

Fonte: DCI.com.br

Tinga se cala nesta sexta, mas quer lutar contra racismo

Tinga resolveu se calar nesta sexta-feira. Para não alimentar ainda mais a polêmica em que se viu envolvido ao se tornar vítima de atos racistas na última quarta-feira, no Peru, o jogador do Cruzeiro não deu entrevistas. Participou normalmente do treinamento de sua equipe, na Toca da Raposa II, em Belo Horizonte, mas não falou com os jornalistas.
Porém, os insultos racistas sofridos pelo atleta em Huancayo continuaram a repercutir entre os seus companheiros. O zagueiro Dedé lamentou o mal-estar que o episódio gerou na família de Tinga e voltou a criticar a atitude de torcedores da equipe peruana. "Fomos muito bem recebidos no Peru, mas o comportamento de parte da torcida manchou tudo. Não é do meu feitio ter ódio de ninguém, mas espero nunca mais pisar lá".
Tadeu Oliveira, empresário de Tinga, acredita que seu cliente pode usar de maneira positiva os insultos de que foi vítima. "Evidentemente foi um episódio que Tinga não gostaria que ocorresse com ele, mas está disposto em usar o que aconteceu no Peru para fazer com que o racismo acabe, principalmente no esporte", contou o agente, que trabalha com o jogador há 17 anos.
O procurador ainda afirma que o volante pretende se tornar um dos precursores na luta pela igualdade racial no futebol, sem tirar proveito do episódio para fazer "marketing pessoal".

APOIO DOS RIVAIS - Mesmo sem a presença da torcida do Cruzeiro, Tinga será homenageado no clássico deste domingo contra o Atlético, no estádio Independência, pelo Campeonato Mineiro. Pelas redes sociais, atleticanos prometem gritar o nome do jogador da equipe rival antes da partida, além de levar cartazes de apoio ao atleta.

Fonte: Portal A Tarde

Corinthians x Palmeiras tem mais de 18 mil ingressos vendidos

Apesar da má fase pela qual passa o Corinthians, a torcida promete justificar o apelido de “Fiel” no clássico deste domingo, no qual é mandante, contra o Palmeiras, no Pacaembu. Mais de 18 mil ingressos foram vendidos até a noite desta sexta-feira, prometendo um Dérbi com casa cheia neste fim de semana.

Para os torcedores que ainda quiserem comprar entradas para o duelo, as vendas continuam normalmente neste sábado. No domingo, dia do jogo, só serão vendidos bilhetes no estádio do Pacaembu, das 9h às 16h. Os ingressos para as arquibancadas amarela e verde, assim como para o setor de visitantes, já estão esgotados.


Confira os setores e preços disponíveis:

Tobogã: R$ 40 (R$ 20 meia)
Cadeira laranja: R$ 70 (R$ 35 meia)
Numerada: R$ 100 (R$ 50 meia)
Setor VIP: R$ 180 (R$ 90 meia)

Fonte: Terra

Cinegrafista não teve chance de defesa, diz inquérito

O inquérito que a Polícia Civil do Rio de Janeiro entregou nesta sexta-feira ao Ministério Público sobre a morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade diz que a vítima não teve chance de defesa. O documento, de 175 páginas, indicia Caio Silva de Souza e Fábio Raposo por homicídio com dolo eventual. As informações são do Jornal Nacional.

No relatório final do inquérito, o delegado Maurício Luciano afirma que "não há dúvida que Fábio Raposo e Caio Silva de Souza agiram em comunhão de esforços e objetivo comum, assumindo o risco de produzir o resultado do crime de homicídio”. Ele ressalta ainda que um dos agravantes foi o modo como a vítima foi alvejada: de costas para o artefato, impossibilitando completamente a sua defesa.

Caio e Fábio cumprem prisão temporária de 30 dias, prorrogáveis por mais 30, em cadeias públicas no Complexo de Bangu. A promotoria tem cinco dias úteis para apresentar a denúncia à Justiça ou pedir novas investigações à polícia.

Fonte: Terra

Da fanpage do Facebook "Este é Alguém"



Quem quiser ver a fanpage no Facebook, entre em https://www.facebook.com/esteealguem?fref=ts e veja outros posts!

Um fato do Valentine's Day


E a mesma coisa vai acontecer no dia 12 de junho. Esperem pra ver hueheuehe

Fã de 'Flappy Bird' cria petição para que Obama traga o jogo de volta

Internauta tem até 15 de março para reunir 100 mil assinaturas.
Game do pássaro foi tirado do ar pelo criador, que o chamou de 'viciante'.

'Flappy Bird' ainda pode ser jogado por usuários que baixaram o jogo antes de ele ser retirado do ar (Foto: Bruno Araujo/G1)'Flappy Bird' ainda pode ser jogado por usuários que baixaram o jogo antes de ele ser retirado do ar (Foto: Bruno Araujo/G1)

Uma petição on-line reúne assinaturas para que o próprio presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, interceda e traga de volta às lojas de aplicativos o game “Flappy Birds”, que virou sensação desde o começo do ano.
Criada nesta quinta-feira (13), a petição contava com 11 assinaturas. Para ser analisada pela Casa Branca, são necessárias 100 mil. O prazo para atingir essa meta é o dia 15 de março.
A ferramenta utilizada, "We the People" (Nós, o povo), instalada no site da Casa Branca, foi a mesma usada para pedir que os EUA deportar o astro adolescente Justin Bieber, após ele ser preso em uma aparente corrida de carros.

'Flappy Bird' é game difícil e simples que virou hit nos smartphones (Foto: Divulgação/.Gears) 
'Flappy Bird' é game difícil e simples que virou hit
nos smartphones (Foto: Divulgação/.Gears)

O nome da seção faz referência ao início do preâmbulo da Constituição dos Estados Unidos. O serviço funciona desde 2011 como ferramenta do governo para mostrar-se aberto à opinião dos cidadãos.
Segundo o texto da campanha on-line, o “Flappy Birds” deve ser trazido de volta “porque isso é um vício como nenhum outro”.

Viciante
“Eu sou sortudo suficiente por ainda continuar a jogar o game do Satã. Todo o tempo eu sinto meus olhos queimando como mil Sóis, mas eu estou feliz de que eu possa sentir essa tremenda emoção”, escreve o criador da campanha, que tem sua identidade resguardada. Ele é apenas identificado pelas letras “D.S.” e é sinalizado que mora em Nova Jersey.
“Eu quero que todo mundo sinta a magnitude dessa experiência emocional”, completa o criador. “Nenhuma cópia pode substituir esse jogo”, afirma o texto.
“Traga o poder de volta ao povo. Deixe que ele possa escolher se quer gastar cada momento acordado tentando passar entre aqueles tubos de horror com seu pássaro mutilado e deformado”, clama a carta.

O autor da petição ecoa a justificativa para retirar o game do ar, dada pelo vietnamita que desenvolveu “Flappy Birds”.
Em entrevista à revista “Forbes”, Dong Nguyen disse que “ele se tornou um produto viciante” e isso “virou um problema”.
Líder de downloads gratuitos nas lojas de aplicativos do Android, do Google, e do iOS, sistema que roda nos iPhones, iPads e iPods, da Apple, o “Flappy Birds” ficou famoso pela excessiva dificuldade.
No último domingo (9), o game foi retirado do ar pelo seu criador. “’Flappy Bird’ foi projetado para ser jogado em poucos minutos em um momento de relaxamento”, disse.
Após a retirada do aplicativo do ar provocou comoção entre os fãs. O desdobramento mais inusitado foi a onda de aparelhos que continham o game sendo vendidos em lojas de leilões virtuais, como eBay, Mercado Livre e OLX, a preços que chegavam a US$ 50 mil (o equivalente a R$ 120 mil).

Fonte: G1

Brasileiro ganha prêmio da crítica no Festival de Berlim

O cineasta Daniel Ribeiro, do filme 'Hoje Eu Quero Voltar Sozinho', se consagrou na mostra Panorama da Berlinale


‘Hoje eu Quero Voltar Sozinho’: vencedor do Urso de Cristal, prêmio dado aos melhores da mostra Geração pelo curta ‘Café com Leite’, o paulistano Daniel Ribeiro volta ao Festival de Berlim na seção Panorama
‘Hoje eu Quero Voltar Sozinho’: vencedor do Urso de Cristal, prêmio dado aos melhores da mostra Geração pelo curta ‘Café com Leite’, o paulistano Daniel Ribeiro volta ao Festival de Berlim na seção Panorama (Reprodução)

O filme brasileiro Hoje Eu Quero Voltar Sozinho, de Daniel Ribeiro, ganhou nesta sexta-feira o prêmio da Federação da Crítica Internacional (Fipresci), na seção Panorama do Festival de Berlim. Os prêmios da mostra paralela são entregues na véspera da cerimônia final, que acontece no próximo sábado, 15, quando o júri, presidido pelo produtor americano James Schamus, divulgará os ganhadores dos Ursos de Ouro.
Na competição oficial também promovida pela Fipresci, o prêmio de melhor filme ficou para o francês Aimer, Boire et Chanter (Amar, beber e cantar, em tradução livre), do diretor veterano Alain Resnais.
O longa de Ribeiro conta a história de Leonardo, um jovem cego de 15 anos, interpretado por Ghilherme Lobo, superprotegido pelos pais (Lúcia Romano e Eucir de Souza). Sua amiga inseparável é Giovana (Tess Amorim), que fica enciumada quando um novo aluno, Gabriel (Fabio Audi), disputa com ela as atenções de Leonardo. O protagonista rapidamente descobre que tem sentimentos pelo amigo.


Exibido em Berlim, em uma sala lotada, na noite da última segunda-feira, a produção foi bem recebida pelos críticos presentes, sendo muito aplaudida no final.
Ribeiro é diretor de dois curtas-metragens famosos, Café com Leite (2008), que ganhou o Urso de Cristal da mostra Geração 14plus no Festival de Berlim, e Eu Não Quero Voltar Sozinho (2010), que virou sensação no YouTube e foi uma espécie de teste para seu primeiro longa-metragem.

Fonte: Veja Abril

Bruna Marquezine: "Sempre tive medo dos meus próprios sonhos, porque são muito altos..."

Aos 18 anos, Bruna Marquezine se firma como um dos principais nomes de sua geração. Destaque de Em Família, ela fala sobre a carreira e revela que deseja estudar em Nova York.

Na foto, a  personagem de Bruna está a caminho do altar
Foto: TV Globo/Divulgação

De um lado, os jornalistas tentam a todo custo alguns minutos de entrevista. Os flashes dos fotógrafos disparam de todos os cantos. Do outro lado, está Bruna Marquezine, 18 anos, usando um vestido impecável da grife Dolce & Gabbana, avaliado em R$ 10 mil, combinando com bolsa Louis Vuitton (R$ 6 mil) e sapatos Christian Louboutin (R$ 1,5 mil). 
 
O visual sofisticado – e eleito por vários veículos especializados como o mais belo da noite – foi elaborado especialmente para a festa de lançamento de Em Família, seu atual trabalho na TV, que aconteceu no luxuoso hotel Copacabana Palace, zona sul do Rio, no último dia 2.
 
Foi nesse cenário que MINHA NOVELA encontrou a jovem, que já dá mostras de que o status de estrela está se associando a seu nome e pessoa.
 
Animada em participar da última trama de Manoel Carlos, o bate-papo foi movido a nostalgia e encantamento. Lançada na TV pelo autor, Bruna segurou a emoção ao dizer o quanto é grata ao novelista pela oportunidade que lhe deu no passado. Mais exatamente, há 11 anos, quando ela viveu a doce e comovente Salete, de Mulheres Apaixonadas (2003). "Ele é um anjo na minha vida", afirma Marquezine, que com apenas 7 anos viu sua vida mudar completamente. De criança prodígio, tornou-se uma das atrizes mais disputadas de sua geração. Resultado obtido através de muito trabalho, é claro. Desde sua estreia na TV até hoje, já participou de nove novelas e uma minissérie, sempre interpretando personagens de diferentes cargas dramáticas, como a deficiente visual Maria Flor, de América (2005), e a funkeira Lurdinha, de Salve Jorge (2012), seu último papel. 
 
Agora, mais segura e experiente, ela enfrenta um baita desafio profissional. Além de viver a protagonista Helena, na segunda fase da novela da Globo, a atriz voltará à história como a filha da heroína, a jovem e impulsiva Luiza. A conversa com Bruna flui naturalmente bem até o namoro de um ano com o jogador de futebol Neymar, de 22 anos, aparecer na pauta. 
 
Depois de inúmeros boatos sobre uma crise na relação com o atacante do Barcelona, traições, términos... a atriz prefere adotar a velha tática das estrelas: nenhuma palavra sobre o assunto. 
 
Como é voltar a atuar em uma trama de Manoel Carlos?  
Esse é um reencontro importante. Comecei muito nova como atriz, aos 7 anos, e o Maneco confiou na minha capacidade. Na época, não tinha noção nem maturidade para entender o que ele tinha feito por mim. As pessoas me reconhecem até hoje pela Salete. Quando fui agradecer, recentemente, tive que fazer em dobro, porque soube que faria Em Família. É uma honra.
 
Como Salete, em Mulheres Apaixonadas, ela contracena com Vanessa Gerbelli e emociona
Foto: TV Globo/Divulgação

Ele se tornou alguém especial na sua história, não é?
Acho que alguém lá em cima mandou o Maneco para minha vida. Ele é um anjo. Foi corajoso de apostar em mim e, principalmente, generoso. A Salete foi o papel que me abriu as portas na TV. De fato, é alguém importante na minha história.
 
Ficou surpresa quando recebeu o convite para Em Família?
Quando o Maneco me ligou, nem imaginava qual seria meu próximo trabalho. Ainda estava fazendo a Lurdinha, de Salve Jorge. E foi uma surpresa, era muita felicidade. Por mais que sejam apenas nove capítulos como Helena, sei a importância que a personagem tem para ele, a crítica e o público. E, ainda assim, vou continuar na história, com Luiza, que tem importância para a trama. Eu me sinto realizada. É meio difícil falar... (começa a chorar, emocionada).
 
Como foi interpretar a famosa Helena de Manoel Carlos?
Uma honra! Tem um peso emocional muito grande, porque ele escreve com carinho. Todas as atrizes que vi fazendo Helena são mulheres que admiro. É, sem dúvida, uma personagem muito bonita. Foi um presente.
 
Dá para perceber que é um momento de realização para você...
Sempre tive medo dos meus próprios sonhos, porque eles são muito altos. Mas tenho orgulho do lugar em que estou hoje, do que conquistei... E sei que ainda tenho muito caminho pela frente. Não imagino onde estarei em 20 anos, mas espero superar minhas expectativas.
 
Na segunda fase de Em Família, ela é disputada por Larte (Guilherme Leicam) e Virgílio (Nando Rodrigues)
Foto: TV Globo/Divulgação
 
Você tem vontade de investir em outra atividade além da carreira de atriz?
Eu sempre quis estudar cinema, mas isso exige tempo. Quando você está fazendo faculdade, não pode se comprometer com novelas. Realmente, é impossível conciliar. Acho que, quando terminar Em Família, devo viajar. Assim que sentir que é a hora, quero estudar fora do Brasil. Fazer cursos de interpretação, de direção e de fotografia, que é uma paixão. Tenho vontade de ir para Nova York, onde existem várias opções interessantes.
 
Sua irmã, Luana Marquezine, participou do primeiro capítulo de Em Família. Gostou de vê-la seguindo seus passos?
Gostei muito de ver a alegria dela nas cenas. Era uma participação pequena, no papel da Clara (personagem de Giovanna Antonelli) na infância. A Lulu fazia teatro e ela gosta muito de atuar, mas tem um ritmo diferente do meu. Na idade dela, eu já era mais soltinha e ela é mais tímida. Mas, se for a profissão dos sonhos da minha irmã, será ótimo!
 
Dona Neide, sua mãe, sempre foi muito presente na sua carreira. Depois que você completou 18 anos, ela continuou a acompanhar você nos compromissos?
Sem dúvida. É minha melhor amiga, está sempre acompanhando tudo. Ela diz que é minha empresária, assessora, secretária, amiga (risos).
 
Não tem vontade de morar sozinha?
Eu quero passar por essa experiência, sim, mas em um momento em que esteja tranquila e madura para saber cuidar das coisas. Ainda assim, é óbvio que vou ter a ajuda da minha mãe (risos).
 
Agora conta para as nossas leitoras... Qual é a receita para manter esse corpão?
Eu não gosto de malhar. Na verdade, odeio (risos). Mas não tem como fugir, você precisa fazer exercícios. Procuro não ir à academia apenas, porque acho muito entediante. Infelizmente, o vídeo faz a gente engordar uns cinco quilos (risos). Por isso, tento fechar a boca e malhar.


Fonte: M De Mulher

Ana Hickmann se declara para marido ao comemorar 16 anos de casamento

Ana_Hickmann_se_declara_para_marido_ao_comemorar_16_anos_de_casamento-

Ana Hickmann comemora 16 anos de casamento nesta sexta-feira (14). A apresentadora, postou no Instagram uma montagem de fotos que aparece em diferentes momentos ao lado do amado, com a seguinte mensagem:
“Bom dia. Hoje comemoramos 16 anos de casamento. 16 anos de muito amor, alegria, cumplicidade, amizade, paixão. Você é o homem da minha vida, e eu vou repetir isso sempre: você é o anjo que Deus mandou pra me cuidar”, escreveu ela. E adicionou: “Os melhores momentos da minha vida sempre foram e sempre serão ao seu lado. Te amo”.

Fonte: Cariri Notícia

Três modelos em 'topless' na capa da 'Sports Illustrated'

Nina Agdal e Lily Aldridge e Chrissy Teigen na capa da revista.
Nina Agdal e Lily Aldridge e Chrissy Teigen na capa da revista.
A tão esperada primeira página, que marca o meio século da revista norte-americana, foi finalmente revelada.
Depois da publicação ter anunciado que é a Barbie a protagonista de um editorial especial que irá também assinalar o 50.º aniversário da revista, chega a altura de a Sports Illustrated revelar a sua capa para estas "bodas de ouro".
Em topless, Nina Agdal, de 21 anos, Lily Aldridge e Chrissy Teigen (que está noiva de John Legend), de 28 anos, são as protagonistas desta edição, sorrindo para a câmara e deixando o leitor avistar ao longe o azul das águas paradisíacas do Pacífico.

Fonte: Dn.pt

Britânica com 'ossos de vidro' atinge objetivo de ser mãe após 200 fraturas


Marie-Ann Andrews decidiu na adolescência que queria ser mãe (Foto: BBC)Marie-Ann Andrews decidiu na adolescência que queria ser mãe (Foto: BBC)

Uma mulher que sofreu mais de 200 fraturas ósseas na vida, por ter uma doença rara, conseguiu realizar o sonho de virar mãe.
Marie-Ann Andrews, da cidade britânica de Milton Keynes, tem um mal conhecido como "doença do osso de vidro" ou osteogénese imperfeita.

A osteogénese imperfeita impediu que ela crescesse mais que 1,2 metro, já que seus ossos estavam sempre quebrando. Seu irmão mais novo sofria da mesma doença. Ele morreu aos 9 anos de idade, após uma queda acidental.
Ela disse que quando estava na adolescência decidiu que pararia de sentir pena de si mesma e escreveu uma lista de metas.
Com o tempo, ela conseguiu atingir todas as metas que perseguiu - inclusive a de ser mãe.
"Fazer o melhor que posso", afirma.
"Eu podia desistir de tudo, ou tentar fazer o melhor que posso com o corpo que tenho. É como eu encaro as coisas", diz.
"Quando eu era criança, eu tinha a mesma aparência das demais. Foi apenas quando comecei a crescer mais rapidamente que os ossos começaram a quebrar, e fiquei mais deformada, e fiquei com uma aparência diferente."

Marie-Ann Andrews herdou a doença da mãe (Foto: BBC)Marie-Ann Andrews herdou a doença da mãe (Foto: BBC)

Havia 50% de chances de seu filho, Mark, herdar a doença da mãe, mas a criança de dez meses de idade ainda não apresentou nenhum sintoma. Seu marido não tem a doença.
'Com dez meses, ele já consegue erguer o corpo sozinho. Eu não consigo levantá-lo sozinha, e acho que ele sabe disso. Ele sabe que há coisas que a mãe dele não consegue fazer.'
A mãe de Marie-Ann Andrews morreu há mais de um ano, e a britânica precisou contratar uma assistente para ajudar a família com as tarefas do dia a dia.

Fonte: G1

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Programa de TV sugere que Leonardo DiCaprio seria vencedor do Oscar

Programa de TV sugere que Leonardo DiCaprio seria vencedor do Oscar
Após ser nomeado quatro vezes para Oscar e não levar nenhuma estatueta, Leonardo DiCaprio pode estar próximo finalmente de receber um Oscar em sua carreira como ator no evento deste ano.
A rede americana  "CNN" produziu uma reportagem sobre os bastidores do Oscar 2014, nessa quarta-feira, 12, e enquanto mostrava processo de preparação do evento, deixou escapar a imagem de uma placa que indica Leonardo DiCaprio como o vencedor do prêmio, por sua atuação no filme “O Lobo de Wall Street”.
No momento em que a placa com o nome de DiCaprio apareceu, o repórter percebeu que poderia estar revelando precocemente o vencedor e se retratou. "Essa daqui é do Leonardo DiCaprio. Nós esperamos que ele ganhe", disse, visivelmente nervoso, antes de passar a fala para o âncora do programa.
Mas a Academia de Cinema teria desmentido e afirmou que  a tal placa de identificação é feita para todos os indicados e só pregada na estatueta no dia da premiação. “Neste ano foram feitas 197 delas”, disse um representante. Então segue o mistério: será que agora finalmente a vez de DiCaprio chegou?
DiCaprio concorre ao Oscar deste ano na categoria de melhor ator em  “O Lobo de Wall Street”, interpretando “Jordan Belfort”, um corretor de ações que por indicação de seu chefe adota um estilo de vida com drogas e prostitutas a fim de ter sucesso.
Fonte: Diário24hrs

"Continuamos na luta", diz mãe de Diego após brother relatar problemas com drogas

A revelação de que foi usuário de drogas por 10 anos surpreendeu não só os companheiros de confinamento do publicitário Diego Rossi, como a própria família do participante do BBB 14. Segundo a mãe, a professora Marcia Regina Cerqueira, de 55 anos, a luta continua. 


"Nem imaginamos que ele fosse falar, pois essa história o machucava muito. Mas isso foi bom. Mostrou que o Diego superou. É lógico que continuamos a luta , mas a guerra foi vencida", afirma Marcia a Coluna TV e Lazer do jornal 'Extra'.

"Custei a descobrir. Naquela época isso não era muito falado, e havia muito preconceito. Com o corre-corre do trabalho, para pagar as contas, a gente acaba não percebendo. No início a gente encobre, com vergonha, depois faz para não rejeitarem, pelo preconceito, até que você assume e luta sem parar", explica.

Reportagem iBahia

Dançarina norte-americana que já fez mais de 200 cirurgias plásticas fica com movimentos limitados

A primeira operação de Monique Allen, de 58 anos, foi aos 22 para mudança de sexo. Hoje ela já teve todas as partes de seu corpo modificadas e se considera uma viciada em cirurgias plásticas



MONIQUE JÁ TEVE TODAS AS PARTES DO CORPO MODIFICADAS (Foto: Reprodução)
 
Monique Allen, de 58 anos, mora em Orange Country, na Califórnia, e desde criança já sabia o que era. Nascida em uma família tradicional, a dançarina, que nasceu como um menino, revelou para seus pais, aos 12 anos de idade, que se sentia uma garota. Aos 22, ela passou pela primeira cirurgia para mudança de sexo. "Cresci em uma família de classe média: mãe, pai, irmã, cachorros... com três anos eu já sabia quem era. Não sabia que existia um nome ou uma cirurgia para isso, mas tinha certeza de que era uma menina", contou Monique ao jornal britânico "Daily Mail".

Após a primeira mudança, ela queria mais. "Cirurgia nunca me assustou. Depois da mudança de sexo me senti completa. Comecei minha vida novamente." A vontade de outras mudanças começou quando passou a frequentar festas em Hollywood. "Estava saindo com pessoas como eu. Nunca soube que tinham mais pessoas assim. Eu ia a boates e via outras garotas que fizeram ciurgias e pensei: 'bem, posso fazer uma plástica no nariz porque ele sempre foi pequeno e queria que fosse maior."

Com 28 anos, Monique já estava viciada nas cirurgias plásticas. "Sou engraçada, extrovertida e amo ser glamourosa. Tenho duas cirurgias nas pálpebras, uma para abrir os olhos, já passei por mais de 20 no nariz, coloquei preenchimento nos lábios 20 vezes, removi o silicone nos seios de oito a 12 vezes, oito cirurgias nas mamas e nas nádegas e fiz reescultura nas mamas quatro vezes", revelou a dançarina ao jornal britânico. No total, as intervenções cirúrgicas custaram mais de 500 mil reais.

A DANÇARIA TEM MAIS DE 200 OPERAÇÕES  (Foto: Reprodução)

Tudo isso já trouxe várias consequências para ela, que passa por sérios problemas de saúde. "É como quando você toma sua primeira bebida, às vezes bebe duas ou três e está satisfeita, mas um alcoólatra não consegue parar. Quando terminava uma cirurgia, já estava pensando na outra", disse.
"Tenho muitas marcas e cicatrizes das cirurgias", afirma. Monique conta que precisou remover uma parte do silicone no rosto e cortaram alguns de seus músculos, fazendo que uma parte da face caísse. "Fiquei com esse lado torto por um ano. Foi um ponto baixo na minha vida e quero esquecer."

A dançarina estima que tem cerca de 12 litros de silicone no corpo. Entre as consequências sérias das cirurgias, a americana teve seus movimentos limitados e foi forçada a parar de dançar. Uma parte do silicone injetado nas nádegas vazou para as pernas, dificultando sua mobilidade. "Tive sérios problemas com as minhas pernas. O silicone vazou e por isso sou considerada uma pessoa com problemas de locomoção". Apesar de tudo isso, Monique pretende se submeter a mais cirurgias plásticas. "Ainda faço. Uma vez viciada, sempre viciada. Poderia ir amanhã ao médido e pedir para ele fazer uma...amo", afirmou ao "Daily Mail".

Fonte: Marie Claire