sábado, 18 de janeiro de 2014

Paredão Triplo no BBB14

Vote naquele que você quer que saia da casa mais vigiada do Brasil:
"Alisson Gomes", "Amanda Gontijo" ou "Princy Cavalcante"?

Cabeleireira de 20 anos faz parto de amiga que não sabia de gravidez

cabeleireira ajudou amiga a ter a filha em Lençóis Paulista (Foto: Ananda De Veza/Divulgação)cabeleireira ajudou amiga a ter a filha em Lençóis Paulista (Foto: Ananda de Veza/Arquivo pessoal)

Uma jovem de 20 anos ganhou uma afilhada de forma inusitada em Lençóis Paulista (SP). Durante uma visita à amiga Raiani Moraes, de 21 anos, na noite de quinta-feira (16), a cabeleireira Ananda de Veza precisou fazer o parto de emergência da jovem que, segundo ela, nem sabia que estava grávida.
Em entrevista ao G1, Ananda diz que fazia muito tempo que não ia à casa de Raiani, de quem é amiga há 10 anos, no bairro Júlio Ferrari. “Eu encontrava a Raiani em alguns lugares, mas naquele dia eu resolvi ir até a casa dela. Chegando lá eu percebi que ela não estava bem, disse que estava com dores e que ia se deitar. Quando eu fui ver como a Raiani estava, vi a cabeça da menina saindo”, conta.
Enquanto tentava entender o que estava acontecendo, a jovem, que estava sozinha com Raiani na casa, começou a fazer o parto da amiga. “Não pensei duas vezes. Lavei as mãos e falei: 'seja o que Deus quiser'. Nunca tinha chegado nem perto de fazer um parto na vida. Foi um susto, mas o parto foi tranquilo e a menina até chorou no meu colo”, lembra Ananda, emocionada.
Quando a equipe do Samu chegou e assumiu o procedimento, a cabeleireira-parteira aproveitou para registrar o momento único que viveu. Raiani, que já é mãe de outra menina, foi levada junto com a pequena Ana Lívia para o hospital da cidade. As duas foram hospitalizadas e permanecem internadas.

Gravidez surpresa
Ananda diz que Raiani não aparentava estar grávida, porque sempre usava roupas largas. "Ela não sabia da gravidez. Ela me disse que a menstruação vinha regularmente e que não apresentou nenhum sintoma nesses nove meses."
Ananda lembra que, apesar do susto, a experiência de fazer um parto foi única. “Ainda estou paralisada de emoção. Nunca pensei que pudesse passar por um momento tão maravilhoso quanto esse. Quando a Ana Lívia crescer vou contar para ela que quem fez o parto foi a madrinha dela”, diz a cabeleireira.

Samu ajudou no resto do procedimento  (Foto: Ananda De Veza/Divulgação) 
Samu ajudou no resto do procedimento
(Foto: Ananda De Veza/Divulgação)
 
'Coisa de novela'
Em entrevista ao G1 em dezembro de 2013, o médico obstetra Gleden Texeira Prates, da Maternidade Santa Brígida, em Curitiba, afirmou que, ainda que seja algo raro, é possível a gravidez passar despercebida. Segundo ele, apesar do caráter excepcional, isso pode ocorrer especialmente nos casos de mulheres que possuem microcistose. De acordo com o médico, é comum mulheres com esse problema ficarem meses sem menstruar.
Outra situação que pode fazer com que a mulher não perceba a gravidez é o excesso de peso. “A população [brasileira] está aumentando um pouco de peso. Às vezes, a mulher é um pouco mais gordinha e não percebe. A movimentação do bebê começa da metade da gestação em diante. Em tese, deveria perceber, mas se tiver mais gordinha, a mulher pode achar que são movimentos do intestino. Parece coisa de novela, mas pode acontecer”, disse Prates.

Raiane foi socorrida ao hospital junto com Ana Lívia (Foto: Ananda De Veza/Divulgação)Raiane foi socorrida ao hospital junto com Ana Lívia (Foto: Ananda de Veza/Arquivo pessoal)


Fonte: G1

Ísis Valverde conta que já foi boicotada em cena e que ‘abstrai e faz a louca’

isis_valverde1-1242763

Isis Valverde estava no ar em “Amores Roubados”
Mesmo no centro de uma polêmica, após ser apontada como o pivô da separação de Cauã Reymond e de Grazi Massafera, Ísis Valverde conta que não se incomoda com comentários maldosos sobre ela, inclusive no competitivo ambiente dos bastidores da televisão“Abstraio. Faço a louca. Aprendi com minha mãe que o que é da gente ninguém pega. Mas não mesmo, e num grau…”.
Ísis revelou que colegas de profissão já tentaram prejudicá-la. “Não tem o menor problema. Bloqueio a pessoa. Faço a cena sozinha!”, contou, em entrevista para a revista “Joyce Pascowitch” deste mês.
Ísis diz ter poucos amigos famosos como ela. “Quase nenhum amigo meu é famoso. E, para falar a verdade, dificilmente entra gente nova nesse círculo dos íntimos, confiáveis”, disparou.
Para finalizar, ela negou que tenha torcido para que os boatos de um relacionamento entre ela e Cauã fizessem a audiência bombar. “O que eu disse é que, se os pontos subirem, tudo bem”, explicou.

Fonte: Boa Informação

PF faz operação para prender grupo suspeito de fraude milionária na Caixa

Delegado da Polícia Federal em Araguaína (Foto: Reprodução/TV Anhanguera) 
Delegado da Polícia Federal em Araguaína, Omar
Peplow (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)


A Polícia Federal realiza neste sábado (18) a Operação Éskhara com o objetivo de desarticular uma organização que teria realizado uma fraude de R$ 73 milhões contra a Caixa Econômica Federal (CEF) por meio de um falso prêmio da Mega-Sena no fim do ano passado.
Segundo a PF, foi preso nesta tarde o suplente de deputado federal de Estreito (MA), Ernesto Vieira de Carvalho Neto (PMDB). Ele foi detido entre os municípios de Carolina e Estreito, no sul do Maranhão.
Ao todo, são cumpridos cinco mandados de prisão preventiva, dez de busca e apreensão e um de condução coercitiva nos estados de Goiás, Maranhão e São Paulo. De acordo com a PF, trata-se da maior fraude já sofrida pela Caixa.
De acordo com o delegado da PF em Araguaína (TO), Omar Peplow, as investigações mostram que o grupo criou uma conta falsa para receber um prêmio da Mega-Sena, também falso. Os suspeitos procuraram o gerente da agência da Caixa em Tocantinópolis, Robson Pereira do Nascimento, que aceitou participar da fraude, informou a Polícia Federal em entrevista coletiva na manhã deste sábado (18), em Araguaína.
Ainda conforme o delegado, os gerentes têm a senha nacional, por meio da qual é possível acessar a conta para retirada do prêmio da Mega-Sena. O prêmio foi "pago" no dia 5 de dezembro de 2013. Segundo a PF, no mesmo dia teria ocorrido uma “queda” no sistema da Caixa, o que facilitou a operação.
O gerente envolvido está preso desde o dia 22 de dezembro, depois que as investigações identificaram a abertura da conta corrente na cidade. O dinheiro desviado foi redistribuído em contas espalhadas em vários estados como Ceará, Maranhão, Goiás e São Paulo, mas podem existir mais contas, segundo o órgão.
O advogado do gerente preso, Sandro Queiroz, informou que apresentou documentos para PF que comprovam que o suspeito agiu de acordo com as normas da Caixa sem saber que se tratava de um golpe. “Nós já entramos com o pedido de liberdade e podemos confirmar que meu cliente é 100% inocente”, disse.
Já o advogado de Ernesto Vieira disse que tudo se tratou de um engano. "Desde quando os bens do meu cliente foram bloqueados que nós tentamos explicar. Na verdade a quantia repassada para a empresa na qual ele é um dos proprietários, trata-se da venda de uma propriedade de 85 hectares em uma área urbana", explica Everson Cavalcante. De acordo com o advogado, o bem foi vendido para que fosse feito um loteamento no local. "Temos todos os documentos para provar", ressaltou.
De acordo com a PF, no procedimento padrão da Caixa para a premiação da Mega-Sena, o gerente recolhe a documentação do premiado e fica responsável por enviar o bilhete e todos os documentos para a Caixa em São Paulo para validação. Só depois disso é que o gerente sacaria o dinheiro. Segundo a PF, gerente de Tocantinópolis diz que enviou tudo por malote, mas nada chegou à sede da Caixa.
A Polícia Federal informou que um suplente de deputado federal de Estreito (MA), também suspeito, está foragido. Há pelo menos 6 pessoas investigadas, mas outros nomes ainda podem surgir, segundo a PF.
Se denunciados pelo Ministério Público, os suspeitos podem responder pelos crimes de peculato, receptação majorada, formação de quadrilha e de lavagem de dinheiro. Caso sejam condenados, as penas somadas podem chegar a 29 anos de prisão.
A Caixa Econômica Federal informou por meio de nota que acionou a polícia logo que constatou a fraude. O também informou que continua acompanhando o caso e está à disposição da PF para colaborar com as investigações.

Fonte: G1

Luciano perde 15kg e chama atenção em show com Zezé di Camargo

Na noite da sexta-feira (17), o cantor Luciano, irmão de Zezé di Camargo chamou atenção antes de um show da dupla em São Paulo, ao aparecer 15kg mais magro. Em conversa com a imprensa, nos bastidores da festa, Luciano falou sobre a perda de peso e revelou que não quer "mais engordar de jeito nenhum". 
"Em janeiro do ano passado eu estava com 68 quilos, o que é bom. Aí, viajei para Orlando e em 45 dias eu engordei 15 quilos. Desisti, pensei que não iria mais emagrecer. Aí, 'namorando' a minha mulher (risos), teve um dia que fiquei com falta de ar. Foi quando vi que precisava melhorar", explicou, segundo informou o site Ego.
A fórmula usada pelo sertanejo não é secreta. "Comecei a fazer Muay Thai também e em quatro, cinco meses consegui emagrecer os 15 quilos", contou. Depois do esforço, a recompensa e o medo. Segundo a publicação, o cantor disse estar feliz com seu peso atual. "Só não quero mais engordar de jeito nenhum. Vamos para Orlando agora de novo e já sei o que vou fazer: levar minhas marmitinhas para o parque, que são dois sanduíches de atum, um suquinho, duas maçãs e duas bananas. E não vou tomar vinho nenhum, só no dia dos Namorados. Comprei também bicicleta e um esqui aquático e vou revezar com a esteira. E SPD... sabe o que é? Sexo pesado direto (risos)", brincou.
Reportagem: iBahia

Em alta, Thaila Ayala está na mira de revista masculina


  • Divulgação
    Atriz foi citada em matéria internacional como pivô de separação de astro da música
A atriz Thaila Ayala, recém-separada de Paulinho Vilhena, é a mais nova estrela a entrar na mira da Playboy. A revista masculina quer a ex-modelo na capa de abril.
Segundo o jornal Extra, a Playboy está disposta a pagar até R$ 300 mil para a jovem, que foi apontada como a pivô do fim do relacionamento do astro Justin Timberlake com a atriz Jéssica Biel.
A capa de fevereiro será a "coleguinha" do Huck Mari Silvestre, e a de março, a ex-Globeleza Aline Prado.

Fonte: Portal A Tarde

Sizzurp, a droga em que Justin Bieber estaria ligado

Justin Bierber e Will Smith: este dá conselhos para aquele superar a má fase
Justin Bierber e Will Smith: este dá conselhos para aquele superar a má fase - Getty Images

As fãs de Justin Bieber têm motivo para se preocupar. Estão se tornando comuns os relatos em sites americanos de celebridades, como TMZ e Radar Online, de que ele consome drogas com frequência alarmante – em especial, uma mistura batizada de sizzurp.
“Diversas fontes confiáveis e relacionadas nos dizem que Bieber usa sizzurp regularmente”, afirma neste sábado o TMZ
O sizzurp é uma combinação de altas doses de xarope contra tosse com refrigerantes e balas. Os ingredientes ativos dos xaropes usados para fazer a beberagem são a codeína e a prometazina. A mistura causa euforia — e é viciante. Consumida em grandes doses, pode levar à morte.
Nos Estados Unidos, o rapper Pimp C teve a morte atribuída, em 2008, a um overdose de xarope contra a tosse. Em 2013, o também rapper Lil Wayne foi hospitalizado depois de uma noitada de abuso de sizzurp, segundo diversos relatos. O cantor menciona a bebida em vários hits.
O sizzurp, de fato, está  associado à cultura hip hop, uma das mais influentes entre os jovens americanos — e que Justin Bieber, em sua nova fase bad boy, tenta emular no visual e na atitude.  Acredita-se que  a droga tenha se difundido a partir do Texas, onde seu uso se tornou comum na década de 1990, na cena underground do hip hop.
Sites como o TMZ, que apontam o consumo de sizzurp por Bieber , afirmam que ele também estaria abusando de álcool e de maconha. Na última terça-feira, uma busca policial realizada na casa do cantor, em Los Angeles, resultou na prisão de um de seus amigos, o rapper Lil Za,  por posse de cocaína. Familiares do cantor insistiriam para que ele buscasse ajuda médica numa clínica de reabilitação.

Fonte: Veja

Julia Roberts e Meryl Streep aparecem de óculos escuros em premiação

Julia Roberts e Meryl Streep aparecem de óculos escuros em premiação
Aconteceu na última quinta-feira (16) o Critic’s Choice Movie Awards, em Santa Monica, e duas celebridades que chamaram a atenção foram Julia Roberts e Meryl Streep, que optaram por utilizar óculos escuros no evento, eliminando o padrão adotado pelas atrizes, que sempre exibem suas maquiagens bem trabalhadas, sobretudo na região dos olhos, no tapete vermelho das grandes premiações.
Logo quando chegaram ao famoso “red carpet”, a dupla posou para os fotógrafos com belos óculos, afinal ainda não era noite. A cena sempre foi bem comum com os homens que vão ao evento, como foi o caso de Matthew McConaughey e Kevin Spacey, mas para eles é algo certamente batido nas fotos.
Julia Roberts escolheu um Ray-Ban, combinado com vestido preto e branco de Juan Carlos Obanco, enquanto Meryl Streep preferiu um modelo mais retangular nos olhos, aliado a um vestido azul marinho com meia calça preta.
No mesmo evento, quem também chamou atenção foi Sandra Bullock, que ao subir no palco para receber o prêmio de melhor atriz de ação, pelo filme “Gravidade”, acabou soltando um palavrão depois que, sem querer, foi reproduzido um áudio anunciando a próxima categoria. A atriz não resistiu e disparou um “Que p... é essa?”, levando o público às gargalhadas. “Eu sou uma atriz de ação e não se faz isso com uma atriz de ação”, disse em tom de brincadeira. 

Fonte: Ache Belém

Anvisa suspende venda e uso de remédio usado para azia e dor de estômago

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou que o medicamento Kollangel tivesse a sua distribuição e comercialização suspensas. Em anúncio publicado na última sexta-feira (17), o órgão disse ter identificado irregularidades no lote 46.194 do produto. O Kollangel é um comprimido mastigável, que se assemelha a uma pastilha, utilizado para o alívio de sintomas da hiperacidez gástrica, azia e dor de estômago. 


De acordo com a publicação feita no Diário Oficial da União, o remédio produzido pela Natulab Laboratórios S.A. apresentou resultados considerados insatisfatórios e foi reprovado em testes feitos com rotulagem, aspecto e contagem de microorganismos. 
Esta não é a primeira vez que o Kollangel apresenta problemas. Em setembro do ano passado o remédio também foi suspenso pela Anvisa, por apresentar as mesmas falhas.
Em nota oficial, o grupo Natulab, responsável pela fabricação do remédio, informou que realizou uma análise de contraprova acompanhada por técnicos especializados e alguns métodos usados pela Anvisa foram contestados. No entanto, a empresa garantiu que o lote será retirado de circulação. “Até o fim de janeiro, todo o lote de Kollangel Suspensão Oral reprovado já estará fora do mercado”, diz a nota.

Fonte: Correio da Bahia

Sandra Bullock solta palavrão após ser interrompida em premiação

A atriz Sandra Bullock cometeu uma gafe ao ganhar o prêmio de melhor atriz de ação no Critics' Choice, na noite desta quinta-feira (16). Anunciada como vencedora, ela se dirigiu ao palco, recebeu o troféu e começou a fazer os agradecimentos.

De repente, o áudio com o anúncio da próxima categoria começou a tocar e a atriz disparou. "Que p... é essa?". "Eu sou uma atriz de ação e não se faz isso com uma atriz de ação", disse ela, em tom de brincadeira.

Divulgação


Antes disso, ela também fez piada citando alguns atores de ação, famosos nas telonas. "Primeiramente eu gostaria de agradecer ao Jackie Chan, Sylvester Stallone e Jean Claude Van Damme por me ensinar tudo que eu sei. Não é fácil fazer o que fazemos, pessoal, não é fácil", ironizou. (Com informações do Ego).

 Assista ao vídeo:



Fonte: Bonde.com.br

Com recesso na creche, catadora carrega as crianças pelas ruas de SP

sem crecheDurante recesso da creche, Fabiana Silva, 35, puxa carroça com filho e sobrinhos em SP

Moradora da favela do Moinho (na região central de São Paulo) e mãe de três meninos, Fabiana da Silva, 35, é conhecida como a “catadora do som”. Carregando uma carroça com o filho caçula e sobrinhos, ela procura o sustento da família no lixo dos “ricos”. Ex-usuária de crack, passou pela antiga Febem quatro vezes e teve o primeiro filho na cadeia. Hoje, escreve o livro da sua vida e espera, com a venda, sair da favela.

*
Depoimento:
Estou escrevendo o livro da história da minha vida. Meu sonho é ganhar um dinheirinho com ele para dar entrada em uma casinha e conseguir sair da favela do Moinho.
Enquanto não acabo de escrever, sustento a família catando o lixo dos ricos.
O pessoal aqui na região da Santa Cecília [região central de São paulo] me conhece como a “moça com a carroça com som”. A música me distrai. Gosto de música gospel, mesmo não indo à igreja.
Cato coisas no lixo, mas não peço esmola.
Já pedi muito, mas já faz muito tempo. Eles te humilham, te xingam, te chamam de vagabunda. Prefiro abrir o lixo e caçar minhas coisinhas para ganhar um dinheiro.
Não peço nem uso as crianças para isso. Meu menor e meus três sobrinhos agora andam comigo porque as creches estão de férias e não dá pra deixá-los com o meu mais velho, de 13 anos, porque ele não cuida deles direito.
Levar as crianças atrapalha um pouco porque fica mais difícil, pesado, e diminuiu a busca. Tem que ser forte.
Na escola de um dos meus sobrinhos, até falaram que tinha a opção de levá-los para outra creche aberta, mas é lá perto da avenida do Estado. Não tem como ir até lá.
Na creche do meu menor, não teve opção. Fecharam em dezembro e só abrem agora no começo de fevereiro.

Fabiana da Silva

Creche particular não dá. É muito caro. Quem sabe depois de terminar o livro.
Tem um pessoal que está me ajudando a escrevê-lo. O mesmo que me tirou das ruas, das drogas. Eles me internaram, insistiram em mim.
Deixei a casa da minha mãe aos nove anos. Na rua, onde vivi até os 23, aprendi tudo de ruim que existe nela. Descobri o crack. Descobri o crime. Roubei. Furtei. Fui internada quatro vezes na Febem [hoje, Fundação Casa].
Com 21 anos, fui presa por um roubo que eu não cometi. Não que eu fosse santa. Já fiz muita coisa errada, mas daquela vez não tinha feito.
É aquela coisa: um dia Deus castiga. Cumpri um ano e cinco meses de prisão sem dever. Conheci dentro da cadeia o dia mais feliz e o mais triste de minha vida.
O mais feliz foi ter meu primeiro filho. Só quem é mãe sabe a emoção que é. Quando ele decidiu nasceu, me levaram para o hospital e tive complicações no parto. Foi muito difícil.
Em seguida, veio a parte triste. Fiquei só um dia com meu menino. Depois levaram ele pra um abrigo e eu, de volta pra prisão. Só voltei a vê-lo 11 meses depois, quando terminei de cumprir a pena.
Depois da prisão, aprendi a ter mais respeito pelas coisas. E mais medo também.
Ensino aos meninos que a gente tem que trabalhar, suar pra conseguir as coisas.
Conheço família que vive de pedir, de geração em geração. Os filhos acabam seguindo esse caminho. É feio.
Papelão e latinha rendem muito pouco, R$ 15 no máximo por dia. Tiro minha renda mesmo das outras coisas que encontro no lixo.
Com sorte, até consigo tirar R$ 250 em um dia. Acontece quando passo por Higienópolis [bairro nobre] e encontro um móvel bom. Aí, pego e vendo na favela mesmo.
Ainda não sei quando meu livro ficará pronto. Dizem que pode ser em um ano.
Viver no Moinho não é ruim, mas tem muito perigo de fogo. A gente que tem filhos fica com medo.
Tenho fé em Deus que vai dar tudo certo.

Folha de São Paulo