segunda-feira, 7 de julho de 2014

Hot Hits - Vol 3 - download via 4shared


Como diz um site, de graça é mais gostoso. Estão aqui os sucessos que estouraram ou ainda fazem as pessoas dançarem. Incluindo os hits 'One Look', do DJ David Tort, 'Way To Rio' (Tony T), a 2ª versão do hit 'Stereo Love' cantada por Mia Martina em parceria com o dj Edward Maya e muito mais. Também está presente o grupo 'Groove Coverage' com a música Think About The Way, original de Ice Mc. E quem nunca ouviu na balada a música 'Pleasure Ground' (Carolina Marquez)?

Arábia Saudita condena ativista de Direitos Humanos a 15 anos de prisão

ABU DHABI (Reuters) - Um tribunal de Jeddah condenou o importante advogado de direitos humanos da Arábia Saudita Walid abu al-Khair a 15 anos de prisão no domingo, por acusações que incluíam tentativas de questionar o país e insultar o judiciário, informou a agência de notícias estatal.
Abu al-Khair estava sendo julgado por acusações de sedição, que incluíam negar lealdade ao rei Abdullah, mostrar desrespeito pelas autoridades, criar uma associação não autorizada e incitação da opinião pública.
O ativista de direitos humanos também foi multado em 200 mil riyals (53,3 mil dólares), proibido de sair do reino por mais 15 anos e teve todos os seus sites na internet tirados do ar, disse a SPA.
Além da sentença de domingo, ele tinha sido condenado por um tribunal de Jeddah, em outubro do ano passado, a três meses de prisão, por ter assinado uma petição em 2011 contra a prisão de um grupo de ativistas que exigia reformas políticas.
Abu al-Khair, fundador e diretor de uma organização chamada Monitor de Direitos Humanos na Arábia Saudita, fez críticas a uma nova lei antiterrorismo que foi aprovada pela Arábia Saudita no começo do ano, e que foi amplamente condenada por ativistas de direitos humanos como sendo uma ferramenta para sufocar a dissidência.
A lei antiterrorismo determina que crimes de terrorismo incluem qualquer ato que "perturbe a ordem pública, abale a segurança da sociedade, ou submeta a unidade nacional ao perigo, ou obstrua o sistema primário de leis ou prejudique a reputação do país".
No último ano as autoridades sauditas têm sido criticadas por grupos de direitos internacionais por prenderem vários ativistas proeminentes, por acusações que vão desde a criação de uma organização ilegal, até prejudicar a reputação do país.
O principal exportador de petróleo do mundo tem rejeitado regularmente críticas dos países ocidentais e de grupos de campanha, em relação ao seu histórico de direitos humanos.
(Por Maha El Dahan)

Fonte: Yahoo

Richard Gere se encontra com Dalai Lama

Ator, que é budista, participou de um evento que promove iniciação budista.


Richard Gere (Foto: AKM-GSI)

O ator Richard Gere se encontrou no domingo (6) com o líder religioso Dalai Lama e participou de evento que promove iniciação budista.

O ator, que é budista há mais de duas décadas, reverenciou o líder budista, que pediu o fim aos atos de violência contra muçulmanos durante seu discurso.
O evento marca o aniversário de 79 anos de Dalai Lama, e reuniu milhares de fiéis em Dharamshala, no norte da Índia.

Fonte: QUEM

Triciclos velotáxis serão implantados em Salvador

  • Divulgação
    Inicialmente serão utilizados para transportar gestantes, idosos e pessoas com dificuldades de locomoção
Comuns em grandes cidades do mundo  como Nova York, Londres e Berlim, os triciclos velotáxis serão implantados em breve em Salvador. Fabricados na França, os equipamentos têm um design inovador, são movidos a propulsão humana e também possuem assistência elétrica para auxiliar o condutor em
ladeiras.

A iniciativa é da prefeitura de Salvador, por meio do Escritório Municipal da Copa (Ecopa) e do Movimento Salvador Vai de Bike, em parceria com a Cycle'ONE. Os veículos chegaram nesta semana na capital baiana e representam uma alternativa sustentável para a mobilidade urbana da cidade.

Em Salvador, inicialmente serão utilizados para transportar gestantes, idosos e pessoas com dificuldades de locomoção em curtas distâncias, a exemplo do trecho que vai da Praça Thomé de Souza, em frente ao Elevador Lacerda, ao Pelourinho e outros locais da cidade a serem definidos. O serviço já existe em países como França, Alemanha, Canadá, Estados Unidos e Inglaterra.

Para o secretário do Escritório Municipal da Copa (Ecopa) e coordenador do Movimento Salvador Vai de Bike, Isaac Edington, a prefeitura tem buscado oportunidades para desenvolver ações relacionadas à mobilidade e, assim como o uso da bicicleta, os triciclos representam também a introdução de mais uma alternativa de transporte sustentável.

Trabalho

Ele observa ainda que, no caso dos triciclos, por exemplo, trata-se de uma oportunidade de geração de emprego e renda. De acordo com a gerente comercial da Cycle'ONE, Daniela Benatti, o modelo de negócio para a implantação do projeto contempla pequenos empreendedores individuais, além de ser uma boa dica de passeio na capital baiana.

Fonte: Portal A Tarde

Mulheres negras estão fora do cinema nacional, diz pesquisa

  • Divulgação
    Campeões de bilheteria, como Até que a Sorte nos Separe 2, não têm mulheres negas em destaque
As mulheres negras* não estão nas telas de cinema, nem atrás das câmeras. Pesquisa da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj) mostra que pretas e pardas não figuraram nos filmes nacionais de maior bilheteria. Apesar de ser a maior parte da população feminina do país (51,7%), as negras apareceram em menos de dois a cada dez longas metragem entre os anos de 2002 e 2012. Além disso, atrizes pretas e pardas representaram apenas 4,4% do elenco principal de filmes nacionais. Nesse período, nenhum dos mais de 218 filmes nacionais de maior bilheteria teve uma mulher negra na direção ou como roteirista.
Coordenada pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos (Iesp) da Uerj, um dos mais renomados centros de estudos de ciência política na América Latina, a pesquisa A Cara do Cinema Nacional sugere que as produções para as telonas não refletem a realidade do país, uma vez que 53% dos brasileiros se autodeclaram pretos ou pardos, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O prejuízo, na avaliação das autoras do estudo, é a influência de determinados valores sobre a audiência.
"Pelos dados, a população brasileira é diversa, mas essa diversidade não se transpõe para ambientes de poder e com maior visibilidade", disse uma das autoras, a mestranda Marcia Rangel Candido. Ela acrescenta que, além da "total exclusão" nos cargos técnicos, a representação no elenco está limitada a estereótipos associadas à pobreza e à criminalidade. "As mulheres brancas exercem vários tipo de emprego, são de várias classes sociais, a diversidade é maior", destaca.
A doutoranda Verônica Tofte, coautora da pesquisa, diz que a baixa representatividade de mulheres em postos mais altos do cinema - elas ocupam 14% dos cargos de direção e 26% dos postos de roteiristas entre os filmes mais vistos -, além da invisibilidade das negras no elenco, são distorções da sociedade. "A ausência de mulheres, principalmente as negras, nesses papéis gera baixa representação e reproduz uma visão irreal do Brasil." De acordo com a pesquisa, nenhuma das diretoras ou das roteiristas entre os filmes pesquisados era negra.

Fonte; Portal A TArde