domingo, 24 de agosto de 2014

VMA: cobra pica dançarina de Nicki Minaj em ensaio e Iggy Azalea cai do palco

Dançarina de Nicki Minaj é picada por cobra durante ensaio para o Video Music Awards da MTV
Dançarina de Nicki Minaj é picada por cobra durante ensaio para o Video Music Awards da MTV Nessa foto: Nicki Minaj
Uma cobra de quase dois metros picou uma das dançarinas de Nicki Minaj durante um ensaio da equipe para o MTV Video Music Awards. O animal fazia parte da apresentação da rapper na premiação e a substituição do réptil já foi providenciada.
O incidente ocorreu na sexta-feira (22) e, segundo o site "TMZ", a dançarina logo foi levada ao hospital para receber o tratamento adequado. Ainda segundo a publicação, a cobra seria uma anaconda, sucuri não venenosa mas que pode transmitir bactérias e causar infecções graves.
Já o site "NMA" afirma que o animal em questão é uma jiboia-constritora chamada Rocky e que ela não é venenosa e não oferece risco de morte. Rocky é usada em performances há 15 anos e essa seria a primeira vez que pica um artista.
"Anaconda" é o segundo single do álbum "The Pinkprint" e seu clipe, lançado na terça-feira (19), foi assistido por 19,6 milhões de internautas no VEVO em apenas um dia, batendo o recorde de Miley Cyrus com "Wrecking Ball", com 19,3 views. "Anaconda" já tem mais de 50 milhões de visualizações no YouTube.
A sexta-feira também não foi fácil para Iggy Azalea. A australiana caiu do palco durante um show beneficente pré-VMA, no clube The Avalon, em Los Anegeles. No momento do tombo, ela cantava "Fancy". Iggy caiu na área onde fãs assistiam ao show e precisou da ajuda de seguranças para se levantar.
Segundo a revista "People", ela disse para a plateia que após o tombo se sentia "abençoada por não ter quebrado uma perna". Depois do susto, ela postou um vídeo do tombo e brincou: "Desculpe, mas seria um crime não dividir isso com vocês. Sei que eu ri".
A cerimônia do VMA 2014 acontece às 22h deste domingo, na Califórnia, e será exibida ao vivo pelo canal.

Fonte: Puredepeople

Atacante camaronês morre na Argélia após levar pedrada de torcedor

O atacante Albert Ebossé Boojongo morreu neste sábado depois de levar uma pedrada de um torcedor que não ficou satisfeito com a derrota do JS-Kabylia para o USM Alger, por 2 a 1. Após o golpe, o jogador - autor do gol do JSK na partida - ficou desacordado e foi levado para o hospital da cidade de ambulância, segundo o "Competition", da Argélia. No entanto, ao chegar no local, os médicos constataram que o atleta já estava morto.
Boojongo tinha apenas 26 anos e foi o artilheiro da primeira divisão argelina na temporada passada, com 17 gols marcados. No JSK, ele era visto como uma das estrelas da equipe e, segundo a publicação, a agremiação está de luto, assim como os companheiros de equipe do jogador.
O primeiro-ministro da Argélia, Tayeb Belaiz, declarou que autoridades do país vão abrir investigação sobre o caso.
Além do JSK, o atleta teve passagens também por equipes de Camarões e da Malásia, além das categorias de base da seleção de seu país.
Fonte: Globo Esporte

Ex-nadadora Rebeca Gusmão coloca silicone nos seios e quer virar modelo fitness, após perder 32kg

Rebeca Gusmão implantou 495ml de silicone em cada mama e, depois de pesar 104kg, voltou ao peso ideal. Com 72kg, a ex-nadadora investe em treinos na academia e quer ficar mais feminina:
- Ganhei muito peso e depois perdi por conta de duas depressões no ano passado. Mas, logo depois dessa fase, voltei a malhar e fiquei com o corpo mais feminino e mais bonito. Isso me motivou a querer elevar a auto-estima de novo - conta a atleta, que confessa que já sofreu preconceito pelos músculos saltados: - Muita gente me olhava diferente por causa disso. A gente vive num país onde a mulher sofre muita discriminação se mantém o corpo desta forma. Eu já sofri com este julgamento das pessoas, mas tenho consciência que foi uma opção que fiz. Visto a armadura e a fantasia de acordo com o meu momento.

Rebeca Gusmão em fase mais gordinha e mais magra, antes de colocar silicone
Rebeca Gusmão em fase mais gordinha e mais magra, antes de colocar silicone
Foto: Reprodução/Internet
Em nova fase, Rebeca quer modelar as formas para trabalhos como modelo fitness e malha grupamentos musculares específicos com esta meta:
- Tenho evitado malhar os membros superiores. Dou prioridade aos inferiores porque quero ficar mais delicada - diz ela, que enxerga também uma oportunidade para trabalhos neste período: - Gosto muito de como as modelos da categoria Wellness, do fisiculturismo, cuidam de si. Acho que seria ótimo aproveitar isso também.

Rebeca Gusmão em ensaio sensual
Rebeca Gusmão em ensaio sensual
Foto: Reprodução/Instagram
Para a fase "periguete", como ela mesma denomina, o cabelo e o estilo de vestiário também sofreram mudanças:
- Mudei cabelo, fiz luzes loiras e estou mais vaidosa também. Mas o que mais mudou foi o meu peso. Lembro que quando subi na balança e vi três dígitos, espantei-me. Cheguei aos 104kg e vesti 48! Quando perde medidas e faz um investimento deste tipo, as roupas também mudam. Hoje em dia, além de me vestir com tamanhos menores, uso mais salto alto, vestidos, blusas com decote. Mas engraçado foi o apelido que meus amigos inventaram para mim: "Piribeca" (risos).

Rebeca Gusmão fala sobre gravidade da depressão que passou há seis meses
Rebeca Gusmão fala sobre gravidade da depressão que passou há seis meses
Foto: Reprodução/Instagram
Fase obscura superada
No fim do ano passado, a atleta passou por uma crise depressão que a levou a repensar a vida. Com a ajuda de amigos, da família, de psicólogos e psiquiatra, ela está recuperada, embora ainda trate com medicamentos mais leves.
- Eu tive duas depressões, quando eu parei de nadar, que engordei muito, e quando me separei. Até hoje eu recebo muitas mensagens de pessoas que sofrem com esta doença. Elas me perguntam como eu fiz para conseguir vencer. Isso também foi a minha motivação para escrever um livro.
Consciente da gravidade do que passou, ex-nadadora enfatiza a busca do conhecimento sobre a doença e destaca a necessidade de buscar ajuda e querer ser ajudado.
- Na depressão, você não consegue ter emoção com nada, não consegue sentir a vida. Mas, ao mesmo tempo, é uma dor 24 horas. Eu não via mais sentido em continuar. Com isso tudo, enxerguei que o mais importante é ter pessoas que você ama por perto, procurar ajuda profissional, dos amigos e da família. Esta doença é tão séria que mata - desabafa Rebeca Gusmão.

Rebeca Gusmão, ex-nadadora
Rebeca Gusmão, ex-nadadora
Foto: Edilson Rodrigues especial para o Extra

Fonte: Extra

Gêmeas Bia e Branca Feres posam produzidas e postam letra de funk


Gêmeas Bia e Branca Feres (Foto: Reprodução/Instagram)

As gêmea Bia e Branca Feres apostaram em um look bem fresquinho para curtir a noite de sábado (23) no Rio de Janeiro e posaram de shortinho para uma foto postada no Instagram.

"Tira foto no espelho pra postar no Facebook", escreveram elas no perfil da dupla, relembrando o refrão do funk Ela é Top, de Mc Bola.
Em ótima forma, as esportistas intensificaram o ritmo de treinamento de olho nas próximas Olimpíadas, que vão acontecer em 2016, no Rio de Janeiro.

Fonte: QUEM