domingo, 14 de dezembro de 2014

Banhistas ignoram risco à saúde e usam chuveirões em Boa Viagem

Mesmo após pesquisadores da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) comprovarem a insalubridade da água dos chuveirões da orla de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, muitos banhistas optaram por utilizar os equipamentos neste sábado (13), o primeiro fim de semana depois da divulgação do estudo completo. Muitos ainda mostraram desconhecimento sobre a pesquisa, cuja conclusão, apresentada na sexta (12), aponta que aquela água oferece riscos à saúde.
Adultos e crianças não dispensaram uma chuveirada para refrescar em um dos 78 chuveirões da orla. “Estava ótima, fresquinha. Num calor desses, fica ótimo”, conta o funcionário público João Batista Ferreira. A auxiliar administrativo Glainde Campos foi uma das que soube do resultado do estudo e preferiu evitar chegar perto dos chuveirões. “Já não tinha coragem, e agora muito menos. É melhor ficar no calor do que pegar alguma doença”, pondera.
Na quadra de vôlei, a rotina não mudou. O poço foi perfurado há mais de 40 anos e a água é indispensável pra molhar a areia e os atletas. “Como é que a gente joga vôlei sem tomar banho? Fica impraticável”, afirma o empresário Zeca Vasconcelos. “O que não pode é acabar com o banho completamente, é impossível”, defende o também empresário Eliezer Menezes.
Os comerciantes é que não gostaram nada da revelação da pesquisa. Para eles, sem água não dá pra manter as barracas, nem atender os fregueses sob o sol escaldante do Recife. “Vai cair muito a porcentagem de venda da gente”, lamenta Geraldo dos Santos. “Nossos clientes passam o dia todinho aqui no chuveiro”.

Estudo
A pesquisa “Diagnóstico da qualidade das águas dos chuveirões da praia de Boa Viagem” começou em maio deste ano no departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). No dia 5 daquele mês, a equipe realizou a primeira coleta de água dos chuveirões, que indicou forte presença de coliformes fecais e da enterobactéria E. coli ou escherichia, que vive no intestino de animais. Também foram encontrados grandes volumes de nitrito e nitrato, substâncias presentes na urina humana.
Novas coletas foram feitas em outubro e novembro. Mais uma vez, foi constatada a presença de bactérias e os índices de contaminação da água apontavam que ela não deveria ser utilizada por banhistas. A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife informou por meio de nota que técnicos da Secretaria de Saúde do município estão coletando e analisando a água que sai dos chuveiros da praia.

Fonte: G1

Carlos Santana levou a música latina de sua guitarra para todo o mundo

Quando Carlos Santana apareceu, há 45 anos, no Festival de Woodstock, o rock já era dançante. Ficou melhor ainda quando o guitarrista mexicano adicionou tempero latino. Na coluna de Nelson Motta, o molho de Carlos Santana.
Num time dos sonhos da guitarra, o mexicano Carlos Santana tem lugar garantido no ataque. Ee é titular dessa seleção há 45 anos, desde o Festival de Woodstock, em 1969, quando o mundo conheceu o estilo do grande guitarrista e o conceito do grupo que lançou o rock latino.
E olha que em Woodstock também tocaram mestres como Jimmi Hendrix e Pete Townshend, e Santana se destacou com seu estilo reconhecível aos primeiros acordes, com a guitarra aguda e melódica bailando em meio ao balanço latino irresistível da sua banda.
Filho de um músico de mariachi, Carlos Santana chegou a San Francisco em 1962 e logo estava integrado à forte cena blues e psicodélica da Califórnia. Mas seu pulo de gato foi adicionar elementos musicais mexicanos e afro-caribenhos à sua receita. O rock latino entrava em campo para ficar.
Em 45 anos de carreira, sempre aberto à inovação, Santana experimentou muitas outras fusões. Em uma carreira de altos e baixos, com os clássicos mergulho nas drogas e no misticismo, Santana passou 20 anos fora das paradas. A volta por cima foi em 1999, no disco “Supernatural”.
Desde então, Santana se mantêm no topo, compartilhando sua musicalidade com artistas de diversos estilos e gerações, como Shakira, o jazzman Herbie Hancock, a inglesa Joss Stone e o brasileiro Samuel Rosa, do Skank.
Ao mesmo tempo em que renovou o rock internacional, Carlos Santana levou a música da sua terra para o mundo, realizando com a sua guitarra uma integração de culturas que se tornou o seu maior legado.

Fonte: Jornal da Globo

Bahia tem alto índice de pessoas com depressão, aponta IBGE

A fama de terra da alegria não impediu que 19,7% dos baianos maiores de 18 anos e diagnosticados com depressão tenham suas vidas comprometidas em virtude dos efeitos da doença. O índice é um dos maiores do país, só perdendo para a Paraíba e empatando com  Alagoas. Desse montante de pessoas  limitadas nas suas atividades em virtude da depressão, 24,2% são homens e 19% são do sexo feminino.

O impacto da enfermidade mental na qualidade de vida dos baianos foi divulgado na última semana, durante o lançamento dos resultados da primeira edição da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Ministério da Saúde (MS).


Essa foi a primeira vez que um levantamento desse porte foi realizado na área de saúde e dentro do território nacional. A pesquisa incluiu ainda a coleta de amostras de sangue e de urina da população entrevistada, fato que confere mais precisão aos resultados. O trabalho foi realizado no segundo semestre de 2013 e foram visitadas 81.767 casas em todos os estados brasileiros, entre as quais 62.986 aceitaram responder ao questionário.

Segundo o representante da Coordenação de Disseminação de Informações do IBGE na Bahia, Joilson Souza, alguns dados chamam atenção por possibilitar um vislumbre da saúde mental. “O primeiro deles diz respeito ao fato de que o diagnóstico é menor nas regiões mais empobrecidas, mais remotas ou rurais”, esclarece, pontuando que, geralmente, quando a patologia é diagnosticada, já houve um alto grau de comprometimento na vida do indivíduo. O representante do IBGE também ressalta o fato da questão cultural ainda impedir que os homens busquem auxílio. “O número de mulheres que buscam assistência médica é praticamente o dobro dos homens”, completa.

Dados brasileiros
A PNS estimou que 11,2 milhões de adultos foram diagnosticados com depressão e somente 46,4% deles receberam assistência médica. Como era de se imaginar, os maiores índices da doença estão nas áreas urbanas (8,0%), no Sul (12,6%) e Sudeste (8,4%), nas mulheres (10,9%) e na faixa de 60 a 64 anos de idade (11,1%).  Por níveis de instrução, prevalecem as pessoas com ensino superior completo (8,7%) e as sem instrução e com fundamental incompleto (8,6%).

Por grupos de cor ou raça, a proporção de adultos diagnosticados foi maior entre as pessoas brancas (9,0%) do que entre pardas (6,7%) e pretas (5,4%). A pesquisa também demonstrou que mais da metade (52,0%) das pessoas com esse diagnóstico usavam medicamentos para depressão e 16,4% delas faziam psicoterapia. Apenas 46,4% dos que informaram terem sido diagnosticados receberam assistência médica para depressão nos 12 meses anteriores à pesquisa.

Os maiores percentuais de atendimento estão nos consultórios particulares ou clínicas privadas (42,3%) e em unidade básica de saúde (33,2%). Quanto ao motivo para não receber assistência médica, apesar do diagnóstico de depressão, 73,4% alegaram não estar mais deprimidos, 6,6% que não tinham ânimo, 4,6% disseram que o tempo de espera no serviço de saúde era muito grande, 2,4% que tinham dificuldades financeiras, 2,1% que o horário de funcionamento do serviço de saúde era incompatível com suas atividades de trabalho ou domésticas e 10,9% relataram outros motivos.

Joilson Souza reconhece, no entanto, que esses números podem não fazer uma avaliação do quadro real porque ainda há muitas pessoas que não são diagnosticadas e sequer reconhecem o problema de saúde.


Saúde pública
De acordo com a psiquiatra Rosa Garcia, a depressão é uma doença caracterizada por um conjunto de sintomas psicológicos e físicos, associada a altos índices de comorbidades médicas, incapacitação e mortalidade prematura. “No dia a dia no consultório é possível observar que o diagnóstico da depressão supera as demais enfermidades mentais”, pontua a médica. Ela chama atenção para o fato de que a depressão geralmente surge associada a outras doenças, as chamadas comorbidades, como o alcoolismo e doenças crônicas não transmissíveis e o câncer.

Com uma postura parecida, o psiquiatra da Secretaria Municipal de Saúde Ivan Araújo ressalta que a depressão é uma das doenças mais incapacitantes que existe e o grande desafio da saúde é conseguir identificá-la diante de uma série de sinais que não são muito específicos.

“Geralmente, o problema começa leve, com a pessoa apresentando queixas de alteração no sono, na memória, dores, perda de prazer em realizar tarefas que antes gostava, falta de interesse, pensamentos de ruína e pesar”, esclarece o médico, destacando que, quando não tratado, o quadro pode evoluir inclusive para o suicídio. “Geralmente, nos casos mais
graves, a dor, a angústia e a tristeza são tão grandes que a pessoa prefere não mais viver”, diz, ressaltando que a depressão acomete mais os adultos jovens, embora também possa ocorrer em crianças e idosos.

Em Salvador, o tratamento para depressão pode ser feito em um das 18 unidades do Centro de Apoio Psicossocial (Caps). Para verificar os endereços, acesse:www.saude.ba.gov.br/hjm/images/documentos/caps_bahia_salvador.pdf.
Fonte: Correio da Bahia

Hackers vazam roteiro de novo '007' e e-mail em que presidente da Sony chama Leonardo DiCaprio de 'desprezível'

O ator Leonardo Di Caprio - Victoria Will / Victoria Will/Invision/AP

RIO - Iniciada em novembro, a série de ataques de hackers aos arquivos da Sony Pictures teve novos capítulos neste fim de semana. Apesar de o porta-voz da empresa negar que algumas filmagens foram interrompidas por conta da invasão, produtores da nova franquia James Bond, batizada de “Spectre”, confirmaram que parte do roteiro está nas mãos de terceiros.
Também estão entre as informações que vazaram no último sábado, uma troca de e-mails em que a presidente da empresa, Amy Pascal, chama Leonardo DiCaprio de "desprezível" por ter desistido de interpretar um papel em novo filme sobre Steve Jobs. "Comportamento horrível", escreve o produtor Mark Gordon, que recebe a resposta de Amy: "Na verdade, desprezível".
Além disso, os invasores prometeram divulgar "uma terrível surpresa de Natal que levará o estúdio de cinema ao pior episódio de sua história". As informações são do “New York Times” e da "Variety".
Estrelado por Daniel Craig e com previsão de lançamento em novembro de 2015, “Spectre”, cujas filmagens começaram este mês depois da produtora Barbara Broccoli e do diretor Sam Mendes revelarem título, elenco e carro novo, mas pouco sobre o enredo.
Nesta semana, a presidente da empresa já havia se desculpado publicamente por conta do vazamento de uma troca de e-mails entre ela e o produtor Scott Rudin em que criticou o presidente Barack Obama, dizendo: “O conteúdo destes e-mails era insensível e inapropriado, e não reflete quem eu sou”. O novo episódio sobre as críticas a Leo DiCaprio ainda não teve retratação.
Ainda não se tem ideia sobre a dimensão dos ataques cibernéticos, mas o FBI segue investigando o caso.

Fonte: O Globo

'Não é justo enterrar meu bebê', diz mãe de menino morto em carro no Rio

Gabriel Oliveira, morto após ficar 2 horas em um carro, foi enterrado neste domingo no Rio (Foto: Mariana Cardoso/G1)
Gabriel Oliveira, morto após ficar 2 horas em um carro, foi enterrado neste domingo no Rio (Foto: Mariana Cardoso/G1)

Esquecido em carro, Gabriel foi encontrado desacordado e já teria chegado morto ao hospital do Rio (Foto: Reprodução/Gnews)
Esquecido em carro, Gabriel foi encontrado desacordado e já teria chegado morto ao hospital do Rio (Foto: Reprodução/Gnews)

Inconsolável, Carla Martins de Oliveira repetiu várias vezes, durante enterro do filho de 2 anos, a mesma frase: "Não é justo enterrar o meu bebê". A dor da mãe diante da perda precoce do menino Gabriel Martins de Oliveira Alves da Silva comoveu amigos e familiares que acompanhavam o enterro da criança no Cemitério de Irajá, no Subúrbio, na tarde deste domingo (14). O menino morreu na sexta-feira (12) depois de ficar quase 2 horas dentro de um carro.
Minutos antes do sepultamento, Carla contou como foi seu último momento com Gabriel. "Antes de entrar naquele carro meu filho disse: 'Mamãe!' e me deu um beijo, o último beijo", disse, emocionada.

Pipas com os personagens Peppa e George foram enterradas junto com o menino Gabriel no Rio (Foto: Mariana Cardoso/G1)
Pipas com os personagens Peppa e George foram enterradas junto com o menino Gabriel no Rio
(Foto: Mariana Cardoso/G1)

Junto com o corpo do menino, foram enterradas pipas com os personagens Peppa e George, do desenho infantil "Peppa Pig" – favorito do menino.
No final da cerimônia, Carla prometeu ao filho que buscaria por justiça. "Mamãe te ama meu filho, sua morte não vai ficar impune. Deus vai mostrar a verdade".
Gabriel foi achado desacordado em um Gol preto em Vicente de Carvalho, no Subúrbio. Ele foi socorrido, mas já teria chegado morto ao hospital. A polícia suspeita que a mulher responsável pelo transporte da criança, identificada como Cláudia Vidal da Silva, de 33 anos, tenha esquecido o menino dentro do carro.

Carla Oliveira, mãe do menino Gabriel, precisou ser amparada por familiares durante enterro do filho no Rio (Foto: Mariana Cardoso/G1)Carla Oliveira, mãe do menino Gabriel, precisou ser amparada por familiares durante enterro do filho no Rio (Foto: Mariana Cardoso/G1)
'Foi um descaso', diz mãe
No sábado (13), a mãe da criança disse que essa não foi a primeira vez que a condutora do veículo "esqueceu" a criança. Carla Martins de Oliveira contou ainda que a pediatra que atendeu Gabriel afirmou que a criança tinha sinais de insolação extrema.
"Ela já esqueceu meu filho antes. Uma vez, ela teve a cara de pau de falar: 'seu filho é um amor, muito bonzinho, então, eu prefiro entregar todas as crianças primeiro e deixo seu filho por último'. Só que dessa vez ela não entregou. Foi um descaso. E um descaso da creche que não ligou para avisar que meu filho não chegou", disse.

Carla Oliveira, mãe do menino Gabriel, disse que essa não foi a primeira vez que ele foi esquecido (Foto: Reprodução/Gnews)
Carla Oliveira, mãe do menino Gabriel, disse que
essa não foi a primeira vez que ele foi esquecido
(Foto: Reprodução/Gnews)

De acordo com policiais, ela buscou o menino para levá-lo à creche, mas o teria esquecido dentro do veículo por volta das 10h de sexta. A motorista só teria lembrado da criança cerca de duas horas depois. Ela foi autuada por exercício ilegal da profissão.
"Meu filho tinha só 2 anos. Meu filho não sabia nem falar. Como meu filho ficou sozinho trancado dentro de um carro no calor? Ele não tinha nem como pedir ajuda", disse a mãe.

Motorista disse que teria desmaiado
A 27ª DP (Vicente de Carvalho) instaurou inquérito para apurar o crime de abandono de incapaz com resultado de morte. De acordo com a Polícia Civil, o veículo e as roupas da criança foram apreendidos e encaminhados à perícia. Os agentes investigam a versão apresentada por Cláudia de que ela teria passado mal e desmaiado e, por isso, a criança teria ficado no veículo.
"Ela contou que estava a caminho da creche dele [Gabriel] para levá-lo como faz diariamente, quando teve um mal súbito, encostou o carro e desmaiou. Após acordar e retomar a consciência, infelizmente, o Gabriel já estava em complicações, certamente, já sofrendo de convulsão", disse o delegado da 27ª DP, Gustavo Castro.

Polícia investiga se Cláudia Silva teria esquecido o menino Gabriel dentro de carro no Rio (Foto: Reprodução/Gnews) 
Polícia investiga se Cláudia Silva teria esquecido o
menino Gabriel dentro de carro no Rio
(Foto: Reprodução/Gnews)

Além de Cláudia, os investigadores já ouviram o depoimento da mãe da criança e de algumas testemunhas. Os agentes agora procuram imagens de câmeras de segurança instaladas na região que possam ajudar nas investigações.
"Ate o momento, não temos provas concretas de que realmente ela tenha abandonado a criança e tenha dado causa à morte do Gabriel", acrescentou o delegado. Cláudia pode responder por homicídio culposo – quando não há intenção de matar.
Amiga de motorista se passou pela mãe
O tio do menino, Fagner Alves da Silva, esteve no Instituto Médico-Legal (IML), no sábado, e contou que uma amiga de Claúdia teria se passado pela mãe do menino no momento em que a criança deu entrada Hospital Municipal Francisco Telles, em Irajá. Ainda segundo Fagner, apenas após a morte de Gabriel a família teria sido informada sobre o ocorrido. O tio da criança lamentou o fato de Cláudia Silva não ter ficado presa.
"O que mais dói é ela ter saído pela porta da frente da delegacia. Ela foi para casa dela e meu irmão e minha cunhada ficaram sem o filho", disse Fagner.
Criança foi encontrada morta dentro de Gol preto na sexta-feira em Vicente de Carvalho, Rio (Foto: Reprodução/Gnews)Criança foi encontrada morta dentro de Gol preto na sexta-feira em Vicente de Carvalho, Rio (Foto: Reprodução/Gnews)









Miley Cyrus partilha foto do pulso aberto durante cirurgia

As últimas imagens que Miley Cyrus publicou nas redes sociais pode ferir a suscetibilidade de algumas pessoas. A cantora, de 22 anos, publicou no Instagram fotos em que mostra o seu pulso aberto durante o que parece ser uma cirurgia.
No entanto, a foto teve um toque no mínimo inusitado. A imagem mostra uma cara feliz dentro da ferida. Numa selfie, a jovem artista aparece com roupa hospitalar. “Essa roupa é tão hipster”, escreveu na legenda.
Sempre polémica, Miley não para de chocar os fãs nas redes sociais.

miley cyrus

Fotos: Instagram

Fonte: Move Notícias

Com acrobacias e técnicas de ginástica, prática de pole dance atrai crianças

Antes que você entre em choque absoluto, vamos esclarecer algumas coisas: as crianças que fazem aula de pole dance não usam salto alto ou boás cor-de-rosa. Para elas, tudo ali é diversão: limpar a barra com álcool antes de começar a aula, correr para aquecer, dar cambalhota, estrelinha, pegar os colchonetes.

crédito: Felipe Larozza

crédito: Felipe Larozza
Pole dance para crianças

Entre os adultos, o pole dance é associado a uma dança erótica, mas a prática pode ter outro foco. Já existem campeonatos profissionais para atletas, tantos homens como mulheres, que levam em conta apenas o treinamento esportivo.
A Revista Vice acompanhou uma aula da professora Natália Diniz, da Escola Internacional de Pole Dance, localizada na Zona Sul de São Paulo.
Durante a aula, os alunos aprendem a escalar a barra fixa de ferro e a se sustentar apenas com a força das pernas, sem as mãos.
É uma prática muito parecida com ginástica olímpica, nado sincronizado e práticas circenses. A professora explica que é como se fosse colocar seu filho no balé, é necessário muita disciplina.
Acompanhe uma aula na reportagem da Revista Vice.


Fonte: Catraca Livre

Andressa Urach agradece doações de sangue e volta a se alimentar

do EGO, no Rio

Andressa Urach (Foto: Divulgação) 
Andressa Urach (Foto: Divulgação)

Ainda sem previsão de alta, Andressa Urach - internada desde o dia 29 de novembro devido a complicações por uma aplicação de hidrogel nas pernas - já apresenta sinais de melhora. O assessor de imprensa da modelo, Cacau Oliver, conversou com o EGO na tarde deste sábado, 12, para dar notícias sobre sua recuperação: "Falei com a mãe dela hoje cedo e ela disse que Andressa agradeceu as pessoas que procuraram o hospital Conceição para doar sangue e  que ela está tentando aos poucos caminhar no quarto e tentando voltar a se alimentar normalmente".

Na sexta, 12, a assessoria havia divulgado um boletim médico em que fazia um apelo  pedindo doações: "A assessorada Andressa Urach está em estado estável, segue na UTI sem previsão de alta  e tem melhora significativa.Na última quinta-feira, 11, Andressa se submeteu a  transfusões de sangue motivado pela grande perda de quantidade nas últimas cirurgias. A apresentadora faz apelo para que pessoas possam fazer doações nos hemocentros. "Hoje percebo a grande importância da doação de sangue e o ato de amor ao próximo", disse ela.

Andressa Urach - Entenda o caso - 04-12-2014 (Foto: EGO) 
Andressa Urach  (Foto: EGO)

Na quarta-feira, 10, a assessoria informou que a modelo está começando a caminhar regularmente. "Ela está começando a andar. Colocar o pé no chão, sentar... E, depois de tanto tempo deitada, sentir dor nesse processo já era esperado. Ela vem tomando morfina desde que entrou no hospital, mas agora eles estão tirando os medicamentos aos poucos", contou Cacau.
Marisete de Faveri, mãe de Urach se pronuciou sobre o estado de saúde da filha durante entrevista a um programa de tv. "Ela vai ter cicatriz, pois quando o Doutor Júlio (Veodato) drenou, ela já tinha cicatriz", afirmou Marisete.
Carlos Alberto, o pai, falou ao EGO: "Ela está melhorando dia a dia, com certeza não vai haver nenhum imprevisto mais, minha filha já escapou dessa. Quando cheguei achei que ia encontrá-la muito pior, mas ela estava bem. Ela falou: 'Isso é uma fase e já estou saindo dela, logo logo estou fora daqui'. Falei para ela: 'Se cuida minha filha', essas coisas de pai. Ela perguntou de mim, queria saber como eu estava. Ela estava bem caída, saindo dessa situação braba, mas saí cheio de esperança, pedindo ainda mais a Deus para ela passar por isso e sair dessa de uma vez".

Caso foi parar na polícia
O caso da apresentadora está sendo investigado pela 14ª Delegacia de Polícia Civil de Porto Alegre, que abriu inquérito na quinta-feira, 4, para verificar se houve lesão corporal na aplicação do hidrogel, há cinco anos. Nesta quarta, 10, ele deve receber os exames, laudos e toda a documentação de Andressa desde que ela deu entrada no hospital.  Segundo o delegado que cuida do caso, Tiago Baldin, assim que for possível pretende ir até o hospital para ouvir todos os envolvidos
Mesmo não tendo sido lá que a apresentadora aplicou o hidrogel, o chefe da cirurgia plástica do Nossa Senhora da Conceição contou ao EGO que o hospital pretende colaborar com as investigações. "Em casos como esse costuma ser solicitado o prontuário do paciente e o depoimento de quem participou dos procedimentos. Ainda não fomos procurados, mas eu e os outros colegas prestaremos quaisquer esclarecimentos à polícia, pois nossa obrigação não é só atender, e sim alertar a população para que tome cuidado e tenha bom senso".
Entenda o caso
A causa do problema de saúde foi uma aplicação de hidrogel feita há cinco anos nas coxas. Em julho deste ano, Andressa teve problemas e se submeteu a um procedimento para retirar o produto. Na sexta-feira, 28, ela voltou a ser operada para retirar resquícios do hidrogel, sendo liberada pelos médicos no Andressa foi levada para a UTI e, segundo seu assessor, Cacau Oliver,  acabou desenvolvendo uma infecção e passou por uma nova cirurgia na noite deste domingo, 30. A previsão inicial é que ela fique internada por 15 dias no local.
"A Andressa passou muito mal após a primeira cirurgia. Ela foi levada ao hospital e eles disseram que o dreno fechou e o hidrogel causou uma infecção. Andressa passou por uma nova cirurgia à noite, e está na UTI", informou a assessoria de Urach. Ela foi operada novamente na segunda-feira, 1º, e está com quadro de sepse.

Apresentador Luís Ricardo, do SBT, fala sobre acidente com fogo: "Estou bem"

Apresentador Luís Ricardo, do SBT, fala sobre acidente com fogo: "Estou bem"
Nesta semana o apresentador Luís Ricardo, conhecido por comandar o "Baú da Felicidade", do SBT, passou por um baita susto ao vivo no palco do "Programa do Ratinho", e segue internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ao entrar em uma brincadeira durante a exibição da atração, Luís sofreu algumas queimaduras na região dos lábios após tentar fazer o número do "cuspidor de fogo".
Infelizmente para o apresentador, a performance não correu como esperado, e além de deixar o palco com o rosto em chamas, Luís ainda ateou fogo em parte do cenário! De acordo com o informado pela assessoria do SBT, Luís passou pelos primeiros socorros ainda no ambulatório da emissora, tendo sido posteriormente transferido para o hospital, onde segue internado em observação.
E mostrando estar realmente bem, o apresentador se manifestou em seu perfil na rede social Instagram nesta última quarta-feira (10) e comentou o ocorrido. Confira o texto na íntegra abaixo:
"Oláá ! Voltei ! Brincadeiras a parte, quero agradecer imensamente a todas as redes sociais, portais, sites e a todas pessoas que me seguem, que deixaram de ser apenas seguidores e passaram a fazer parte da família Luis Ricardo! Estou muito emocionado com as palavras de carinho e preocupação! Agora que esta mais calmo, quero informar que estou bem, continuo em observação, logo logo estou em casa !! Quero esclarecer também que este número faço desde os 12 anos de idade durante a minha trajetória no circo, tenho bastante experiência e nunca me ocorreu nenhum tipo de acidente! Caso contrário jamais me arriscaria desta forma, o que aconteceu foi uma fatalidade! Quero agradecer ao @oratinho e toda sua equipe que me trataram extremamente bem ! Beijos no coração de todos!! @murilobordoni qual será nossa próxima aventura? Já estou bolando algumas!".

Fonte: Diário24hrs