segunda-feira, 16 de maio de 2016

Marília Gabriela recusa convite para compor equipe de governo de Temer

Desde que, sob pressão da classe artística (lê-se Caetano Veloso, Djavan, Leoni e companhia), o presidente emexercício Michel Temer (PMDB) criou a Secretaria Nacional de Cultura – após extinguir o Ministério da Cultura -, amesa de apostas para prever quem vai assumir a pasta está movimentada. Os primeiros ventos vindos de Brasília deram conta, ainda na noite de sexta-feira (13), que o ator Stepan Nercessian, do PPS, era o grande cotado, já que, por meio de acordos políticos, essa vaga deverá ficar com algum quadro do partido. Stepan confirmou a ideia da sigla e aceitou. Já na manhã de ontem, foi a vezde Marta Suplicy, agora peemedebista, levar o convite a apresentadora Marília Gabriela que, após algumas horas pensando, declinou da proposta. Já no fim da noite, o grande nome foi o de Adriana Rattes, ex-secretária de Cultura do Rio.


A ideia ao inserir Adriana no ministério é matar dois coelhos com uma cajadada só: dedicar uma pasta ao assunto e ter ao menos uma mulher no corpo ministerial desse mandato Temer. Nenhum dos três nomes foi confirmado oficialmente, mas Rattes bem larga na frente. A decisão deve sair nesta segunda-feira (15), quando o expediente em Brasília voltar.


Fonte: Jornal do Brasil

Nenhum comentário: