quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Sucesso das Pistas - túnel do tempo: Loveland lança a música 'I Need Somebody' em 1994


Há 22 anos atrás, entrava na cena da dance music o grupo Loveland, que destacou a super star Rachel McFarlane, que voltou a se destacar com 'You Get What You Give' em 2005 e neste ano, com a supernova 'Let Nothing', lançada no mês passado.
Rachel fez sua estréia nas pistas em 1994, quando cantou 'I Need Somebody', single que ganhou três versões: a versão de vídeo, a Vocal 12" Mix, de 6m56s e a Delirium Dub, de 7m57)

Cantora brasileira Daya Luz está em "Just Dance 2017"


O game de dança "Just Dance 2017" terá uma faixa brasileira: "Te Dominar", da cantora Daya Luz. É a segunda vez que um artista brasileiro aparece na franquia, sendo que a primeira foi Ivete Sangalo, em "Just Dance 2014".
A música da paulistana Daya Luz, de 25 anos, se junta a hits como "Sorry", de Justin Bieber, e clássicos da música pop, como "Single Lady", de Beyonce e "Don't Stop Me Now", do Queen.
"Fazer parte de 'Just Dance' é a realização de um sonho. Não vejo a hora de dançar minha música com os fãs do jogo e assistir aos vídeos que os jogadores compartilharão nos modos online de Just Dance", disse Daya Luz.


"Just Dance 2017" é o mais recente título da franquia que já vendeu mais de 70 milhões de cópias. Com versões para PC, PlayStation 3, PlayStation 4, Xbox 360, Xbox One, Wii e Wii U, o jogo sai em 25 de outubro. Posteriormente, o game será lançado também para o NX, próximo console da Nintendo.

Fonte: UOL

Luana Piovani abre o jogo sobre casamento com Scooby: “estamos reavaliando”

Há algumas semanas tem se falado bastante sobre a suposta separação de Luana Piovani e Pedro Scooby. O casal, pais de três filhos, estaria colocando um ponto final em seu relacionamento, depois de cinco anos.
A loura, no entanto, resolveu quebrar seu silêncio, logo após celebrar a chegada de seus 40 anos. Em entrevista a revista “Caras", Luana contou que ela e o surfista estão “reavaliando o casamento”. 
“Estamos tentado entender, juntos, o momento. Tudo com carinho e companheirismo, sem atrito”, disse a bela. No festão de Luana, no Copacabana Palace, no último fim de semana, o clima entre os dois parecia ser dos melhores. Estamos torcendo para que se acertem!

Lançando livro, Maisa Silva causa furor e confusão na Bienal do Livro de São Paulo

Jornal do Brasil - Em tempos de jovens multitaskers, nada mais natural do que a jovem Maisa Silva se aventurar como atriz, apresentadora, cantora e… escritora. A princesinha-do-SBT está lançando seu primeiro livro, “Sinceramente Maisa”, pela editora Gutenberg.
O lançamento da publicação, na Bienal do Livro de São Paulo, nesta quarta (31), no entanto, não saiu exatamente como o esperado. Não por falta de sucesso - muito pelo contrário.
A organização do evento literário simplesmente não deu conta das milhares de pessoas (crianças e jovens, em sua maioria, naturalmente) que tentaram chegar perto da jovem, pedindo autógrafos e selfies. O resultado? Maisa teve de se recolher e cancelar a sessão de autógrafos do livro.

Humorista Rodrigo Sant'anna nega ter feito bichectomia


Rodrigo Sant´Anna, confirmado no elenco da nova temporada da "Escolinha do Professor Raimundo", estreia do dia 12 de setembro, está em boa forma, mas ele nega que a aparência enxuta tenha sido conquistada através de uma bichectomia, procedimento cirúrgico que reduz o tamanho das bochechas, conforme notícia do jornal "Extra" desta terça-feira (30). "Eu não fiz esse procedimento. Minha mãe me ligou perguntando se eu tinha operado e esquecido de contar para ela (risos). O meu WhatsApp também não parou de tocar com os meus amigos me perguntando sobre isso, mas, realmente, não fiz nenhum tratamento de beleza", afirma em conversa com Purepeople.
O que Rodrigo não nega é uma mudança de hábitos para alcançar seu objetivo de ficar mais magro e, ao mesmo tempo, forte. O humorista tem feito dieta, ao contrário de Giovanna Antonelli, e intensificado os treinos, como Leandra Leal, elogiada pela boa forma exibida em cena de striptease na minissérie "Justiça ". "Sou acompanhado por um nutrólogo, sigo uma dieta baseada em uma alimentação saudável, sem alimentos ricos em calorias. De vez em quando, eu fujo da dieta e como uma sobremesa. Adoro um petir gateau. Mas não sou fissurado em doces. No mais, malho todos os dias", conta.
A nova rotina iniciada há alguns meses já gerou bons resultados, buscados também por Juliana Paes, de volta aos treinos após curtir férias. "Emagreci 3Kg e substitui gordura por massa muscular. Dei uma secada. Quero ficar magro e forte", comenta.

Mais à vontade na nova temporada da "Escolinha do Professor Raimundo"
Depois do sucesso na "Escolinha do Professor Raimundo", Rodrigo se sente mais relaxado para atuar na nova temporada do humorístico. "A primeira temporada foi uma homenagem explícita ao Chico Anysio e a todos os comediantes que fizeram parte desse trabalho, então, havia uma pressão interna, pessoal, muito grande. Agora que deu tudo certo dá para respirar um pouco mais. É só manter a qualidade".
(Por Regiane Jesus)

Fonte: Purepeople

Constrangida, manicure aconselhada por Eduardo Paes a ‘fazer muito sexo’ não sai de casa


Desde o último sábado, a manicure Rita de Cássia — moradora do programa Morar Carioca no Morro da Babilônia, no Leme, que aparece num vídeo que circula nas redes sociais sendo aconselhada pelo prefeito do Rio Eduardo Paes a fazer muito sexo — está se sentindo constrangida e não consegue sair de casa. Segundo parentes e vizinhos da mulher ouvidos pelo EXTRA, Rita vem sendo alvo de brincadeiras de vizinhos por conta da divulgação do vídeo e passa a maior parte do tempo em casa com janelas fechadas. A manicure é casada e tem um filho.
— É uma humilhação muito grande. Ela foi exposta e não tem o menor controle sobre a repercussão que isso tomou. Quem botou esse vídeo no ar não pensou que poderia causar um constrangimento enorme numa pessoa que não tem nada a ver com o Paes — disse um vizinho.


O TRE-RJ notificou o prefeito para saber se o vídeo havia sido feito em época de campanha. Nas imagens aparece o candidato Pedro Paulo (PMDB). Segundo a assessoria de imprensa de Paes, o vídeo foi feito em 1º de maio de 2015 quando as unidades do Morar Carioca no Morro da Babilônia foram inauguradas. O projeto reassentou famílias de áreas de risco. A informação foi confirmada ao EXTRA por moradores do local.
Anteontem, Rita passou a tarde numa reunião com seu advogado, Carlos Eduardo Carvalho. Anteontem, Carvalho afirmou que entraria com uma ação contra o prefeito por danos morais e também processaria o Youtube, para que o vídeo seja retirado do ar.
— Além de entrar com uma ação cível, vamos buscar a Delegacia da Mulher (Deam) para que a polícia veja a parte criminal do caso — afirmou o advogado.
Segundo um vizinho de Rita, a popularidade do prefeito anda em baixa na Babilônia, apesar de, na favela, haver propagandas de Pedro Paulo (PMDB), candidato apoiado por Paes.
— Acho que ele (Pedro Paulo) vai conseguir poucos votos aqui — diz.

Fonte: Extra

Fã relata comportamento de Fátima Bernardes nos bastidores do 'Encontro': 'Parecia desanimada'

Não foi apenas Fátima Bernardes que apareceu sem aliança após o anúncio do fim de seu casamento com William Bonner. Na noite de terça-feira (30), o jornalista também apareceu sem o anel no dedo enquanto apresentava o Jornal Nacional. Durante o 'Encontro' desta quarta-feira (31) a apresentadora colocou um anel grande no lugar onde costumava ficar sua aliança. 
Ontem, Fátima recebeu um grupo de estudantes de jornalismo nos bastidores do 'Encontro'. Ao jornal 'Extra', uma das alunas relatou que a apresentadora não interagiu com eles como costuma fazer e ficou grande parte do tempo lendo o roteiro em um canto. No final do programa, ela saiu rapidamente do estúdio. “Ela estava bastante maquiada. Parecia desanimada. O clima foi meio tenso”, relatou a jovem.


Os dois emitiram um comunicado na noite de segunda-feira (29) em que revelam o divórcio e afirmam que não vou se pronunciar mais sobre o caso. "Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto. Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre.", escreveram.
Segundo a colunista Fabíola Reipert, o pivô da separação seria uma colega de trabalho do jornalista. A proximidade entre os dois teria despertado a desconfiança de Fátima. William e Fátima foram casados por 26 anos. 
Em seus perfis nas redes sociais, tanto o ex-casal quanto os filhos Laura, Beatriz e Vinicius receberam comentários de fãs que pedem a restauração do casamento de Fátima e William. Há ainda os admiradores que desejam força à família.

Fonte: Correio da Bahia

Pedro Bial fala pela primeira vez sobre saída do BBB: 'Todo mundo é substituível'

Pedro Bial falou pela primeira vez sobre sua saída do comando do Big Brother Brasil. O apresentador é o convidado do sofá do 'Saia Justa', do GNT, desta quarta-feira (31). Em conversa com Astrid Fontenelle, Bárbara Gancia, Mônica Martelli e Maria Ribeiro, Bial falou sobre a dificuldade de substituir e ser substituído.
"Todo mundo é substituível, quando a gente perde alguma coisa tem que botar outra no lugar. E a substituição é uma mistura louca entre perda e ganho". Vale lembrar que Tiago Leifert vai assumir o lugar de Bial na nova temporada do BBB.


"Eu não me sinto aqui (no sofá) substituindo a Fernanda Young, digamos. Mas a pessoa que sentar aqui no meu lugar, eu quero que essa pessoa morra, quando a gente sair e entrar outra formação", brinca Maria Ribeiro.
O jornalista também falou sobre o anúncio de que vai assumir o lugar de Jô Soares na Globo, com um programa de entrevista. "Sucessão é uma palavra melhor. Porque substituição é uma coisa impossível".


Mudanças no BBB
A notícia da saída do apresentador Pedro Bial do Big Brother Brasil pegou todos os fãs do reality de surpresa. Tiago Leifert, responsável por substituir Bial, deu uma breve entrevista para Otaviano Costa e Joaquim Lopes no 'Vídeo Show' desta terça-feira (23) e falou sobre sua ida para o 'BBB'.
Leifert confessou que está ansioso pelo novo desafio e aproveitou para elogiar Bial. "Sou muito fã dele desde quando o conheci, em 2008. Sempre falei que o cara que pegasse o lugar dele estaria ferrado. O 'Globo Esporte' foi, talvez, a coisa mais difícil de minha vida e também tive que substituir excelentes profissionais", disse Tiago.
Questionado por Otaviano Costa e Joaquim Lopes se já tem pesquisado sobre como vai comandar a nave louca, já que Pedro Bial fazia isso muito bem, Leifert explicou: "já tenho um monte de coisa anotada. Pensei um monte de coisa, mas preciso focar porque tem 'The Voice' antes".
"Mas tenho pensado sim sobre o que vou fazer de diferente. Bial subiu esse programa, elevou o nível do programa. O 'Big Brother' tem no mundo todo, mas em nenhum lugar tem um apresentador como ele. Então vou pensar com calma. Tô com medinho ein?".

Fonte: Correio da Bahia

Na TV, Temer diz que vai 'recolocar o Brasil nos trilhos'


Em pronunciamento à nação em rede nacional de rádio e televisão, o presidente Michel Temer disse na noite desta quarta-feira, 31, que seu compromisso de "recolocar o Brasil nos trilhos", fazer reformas como a da previdência e pediu a colaboração dos brasileiros para tirar o Brasil do que classificou como uma "grave crise".


No pronunciamento, gravado após a aprovação do impeachment de Dilma Rousseff pelo Senado, Temer disse que assume o cargo definitivamente após "decisão democrática e transparente" do Congresso Nacional.
Durante os cinco minutos de discurso, o presidente justificou algumas ações tomadas enquanto estava como presidente interino, entre elas a proposta que cria teto para os gastos públicos, e disse que se não houver uma reforma da Previdência, "em poucos anos o governo não terá como pagar os aposentados".
"Tenho consciência do tamanho e do peso da responsabilidade que carrego nos ombros. E digo isso porque recebemos o país mergulhado em uma grave crise econômica: são quase 12 milhões de desempregados e mais de R$ 170 bilhões de déficit nas contas públicas. Meu compromisso é o de resgatar a força da nossa economia e recolocar o Brasil nos trilhos", disse o presidente.
Temer defendeu ainda a modernização das leis trabalhistas e pregou mais uma vez a pacificação do país. Lembrou do reajuste do benefício do Bolsa Família como exemplo da ampliação dos programas sociais e afirmou que o sucesso dos Jogos Olímpicos resgatou a auto-estima dos brasileiros "perante todo o mundo".
O presidente prometeu ainda dialogar com "todos os setores da sociedade" e disse que respeitará a independência entre os Três Poderes. "Presente e futuro nos desafiam. Não podemos olhar para frente, com os olhos do passado. Meu único interesse, e que encaro como questão de honra, é entregar ao meu sucessor um país reconciliado, pacificado e em ritmo de crescimento. um país que dá orgulho aos seus cidadãos. Ordem e progresso sempre caminham juntos. E com a certeza de que juntos, vamos fazer um Brasil muito melhor. Podem acreditar", concluiu Temer.

Fonte: Portal A Tarde

Juliana Alves é (outro) alvo de racista na web e não deixa barato

Juliana Alves publicou em seu perfil do Instagram um print de um comentário infeliz feito por um hater, que a chamou de estrume e cabelo de vassoura. A atriz, que fez agora a sua estréia em Sol Nascente, novela das 18hrs, orientou seus seguidores a denunciarem o perfil dos racistas.


Em seu Twitter, ela escreveu: "Tenho tipos diferentes de redes sociais. Cada uma utilizo de uma maneira. Aqui, você pode me marcar e falar o que quiser comigo ou de mim. No meu Instagram e na minha fanpage do Facebook não. Me dou o direito de ter essas páginas e administrar como bem entender. Esse moço no Instagram não entendeu e não respeitou isso. Resolver tentar me ofender. Estamos de olho".

Mesmo longe das passarelas, Gisele ainda é a modelo mais bem paga do mundo

Jornal do Brasil - Depois de todos estes anos, ainda não há top que consiga destituir Gisele Bündchend do posto de modelo mais bem paga do mundo. La Bündchen está no topo da lista da revista americana “Forbes”, ganhando mais de U$30 milhões no último ano.
A top, apesar de estar longe das passarelas, fatura esse montante por conta de seus contratos publicitários com grifes como Chanel, Carolina Herrera e Pantene. No segundo lugar da lista, outra brasileira: Adriana Lima.
A baiana embolsou cerca de U$10,5 milhões no último ano, à frente, por exemplo, da febre Kendall Jenner, na quarta posição. A Kardashian ganhou estimados U$10 milhões com suas diversas campanhas e desfiles.

Senado aprova impeachment de Dilma Rousseff e ela é afastada de vez do cargo


A presidente(a) Dilma Rousseff foi afastada do cargo nesta quarta-feira (31) por decisão de 61 senadores e deputados que votaram SIM pelo seu impeachment. 20 se posicionaram contra a saída de Dilma de seu cargo.
Ela ficará proibida por oito anos, à partir de 2018, de se candidatar novamente ao cargo de presidente.
Em sua defesa no Senado, Dilma afirmou que não praticou irregularidades e que o impeachment é na verdade um "golpe de Estado" por ser motivado por razões políticas e por não ter existido crimes de responsabilidade em seu governo. Esses argumentos foram repetidos na segunda-feira (29) quando a petista passou 13 horas no plenário do Senado fazendo sua defesa, com um discurso pela manhã e respondendo questões dos senadores até o fim da noite.

Cenas Memoráveis: em Por Amor, Laura é jogada na piscina por Eduarda, mesmo estando numa cadeira de rodas


Ao longo da novela, Laura (Vivianne Pasmanter) disputava o amor de Marcelo (Fábio Assunção) com Eduarda (Gabriela Duarte), de quem ele era namorado.
A disputa das duas era acirrada, até que, durante uma viagem que Eduarda fez com a sua mãe Helena (Regina Duarte) para a Itália, Laura aproveita e dá em cima de Marcelo. Ao voltar, as duas discutem e, não resistindo ao ódio, Eduarda joga a vilã na piscina com cadeira de rodas e gesso.
Essa cena se tornou uma das cenas antológicas da dramaturgia. Veja:

Gabriela Duarte volta ao horário nobre da Rede Globo com novela "A Lei do Amor"


Afastada da TV desde 2013, quando fez uma participação em Amor à Vida, trama de Walcyr Carrasco, Gabriela Duarte se prepara para estrelar a próxima novela das 21h da Rede Globo, A Lei do Amor, de Maria Adelaide Amaral.
No folhetim, que estreia em outubro, fará uma participação relâmpago como Suzana. A atriz estará presente nos quatro primeiros capítulos, que retratam a primeira fase da novela, e, em seguida, será substituida pela sua mãe,Regina Duarte.
Para além da vida profissionail, aos 42 anos, a paulistana está em uma fase de outros focos: se dedica aos filhos, Manuela e Frederico, ao marido, o fotógrafo Jairo Goldfuss, e a viver. "O ator é sempre muito cobrado a ter mil projetos e a não ter tempo nem pra respirar. Eu gosto de experiências que não são exatamente ligadas à minha carreira. No final, todas elas também servem ao ator. Então eu vivo!", contou em entrevista à Vogue.

- Ser filha de Regina Duarte tem (ou teve) algum peso negativo na sua profissão?
Todas as profissões tem o lado positivo e o negativo, então resolvi fazer o que eu sempre gostei e ser feliz, apesar das dificuldades que, obviamente, existem.

- Qual o maior aprendizado que a sua mãe te passou?
Simplicidade, honestidade, disciplina, generosidade... Essas são características muito fortes e marcantes da minha mãe, então eu cresci sob esses pilares.


- Como estão os preparativos para a novela?
Sempre tem muita ansiedade e expectativa nessa fase, mas é uma ansiedade boa! Começar um novo trabalho é sempre uma delícia, e eu, como boa ariana, gosto de adrenalina e desafio.

- Precisou mudar algo no visual para o papel?
Escureci o cabelo por sugestão do Fernando Torquatto, e adorei! Tanto é que acabei de gravar a minha participação na novela e continuei assim, morena.

- Conta um pouco sobre a sua personagem, Suzana?
Suzana é uma batalhadora. Ficou responsável pelo sobrinho depois da morte da irmã e tem que criá-lo sozinha. Então ela arruma um emprego como secretária particular da Mag, personagem da Vera Holtz. O resto vocês vão conferir de casa.

- Pelo seu Instagram, dá pra ver que você tem curtido bastante a família, os filhos. Optou por ser mãe em tempo integral?
Ser mãe é minha prioridade sempre. Mas acho que tenho conseguido uma proporção interessante entre ser mãe e ser profissional.

- Quais os próximos planos profissionais?
Eu nunca falo do futuro, só do presente (risos).

- Tem algum papel que gostaria de fazer?
Vários! Entre eles, gostaria de fazer mais comédias como a Jessica, dePassione, que foi divertida do início ao fim da novela. E acho que eu também me divertiria muito fazendo uma vilã.

- Se considera vaidosa?
Ah, devo ser! Eu tenho 1 milhão de cremes!


- Quais são os seus segredos de beleza?
Não são segredos, é o que todo mundo faz: ginástica, uma boa alimentação, e de vez em quando dou uma passadinha na dermatologista. Além de tudo isso, também faço terapia, porque a cabeça tem que estar em ordem.

- Tem algum truque familiar de beauté - algo que aprendeu com a sua mãe, vó... e que vai passar para a sua filha?
Não dormir de maquiagem e tomar muito cuidado com o sol - ouvi isso a minha vida inteeeeeira!

- Você está superbem fisicamente, tem uma rotina intensa de academia ou agradece a genética?
Faço ginástica três vezes por semana durante 1 hora. Se não for assim, não tem genética que segure a onda!

- É a favor de procedimentos estéticos e plástica?
Totalmente! Cada um faz o que quer pra ser feliz.

- Já fez ou pretende fazer?
Fiz um procedimento no seio depois do meu segundo filho, mas não coloquei silicone.

Fonte: Vogue

Mulher chama outra de mulata e esbraveja: "nasça branca"


Um vídeo gravado em uma praia no Rio de Janeiro gerou indignação nas redes sociais ao mostrar uma mulher agredindo outra com ofensas raciais como "mulata" e "nasça branca da próxima vez".
A agressora não se importa em mostrar o rosto na gravação e sugere que o alvo de suas ofensas "pagará mico" na delegacia. Em cerca de dois dias, o vídeo já teve mais de 3,6 milhões de visualizações.
Confira as imagens:

Bahia: Menino de 10 anos é morto em Vera Cruz após briga por bolinha de papel, diz polícia

O corpo de Jeferson Nascimento Santos, 10 anos, desaparecido desde o último dia 25, foi encontrado na manhã desta quarta-feira (31) no município Vera Cruz, na Ilha de Itaparica. De acordo com a polícia, a criança foi morta após uma briga na escola onde estudava, motivada por uma bolinha de papel. 
Segundo o tenente Ferreira, da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Vera Cruz), o crime foi cometido por dois adolescentes de 14 e 15 anos. De acordo com ele, a vítima jogou uma bolinha de papel na irmã de um dos suspeitos, o que gerou uma briga, na quinta-feira, mesmo dia em que Jeferson desapareceu.


De acordo com tenente Ferreira, para se vingar da situação, o adolescente chamou um amigo e matou o menino com pauladas e facadas. O corpo da criança foi encontrado em uma área de matagal, no bairro Gameleira, atrás do Colégio Municipal Geralda Maria da Conceição. 
Irmã de Jeferson, Adilene Alves contou que o corpo estava amarrado, com sinais de violência e marcas de facadas. "Foi a família que achou. Soubemos ontem a noite da localização do corpo, mas como era muito tarde, deixamos para procurar hoje. Saímos às 5h e achamos", disse muito emocionada. 
"A última vez que vimos ele foi no dia 25. Ele estava brincando como de costume nas redondezas lá de casa com os primos e desapareceu", lembra Adilene. Os dois adolescentes foram levados para a 24ª Delegacia (Vera Cruz). 
A família do garoto chegou a fazer protestos pedindo mais agilidade na investigação e buscas pelo garoto nesta terça-feira (30).

Fonte: Correio da Bahia

Pai se joga do alto de prédio abraçado ao filho em São Paulo

Na manhã de segunda-feira, 29, o motoboy Carlos Ti On Martins Kon, de 41 anos, carregou o filho de 4 anos nos braços, ultrapassou uma fita de isolamento que o separava de um parapeito no 17º andar do Fórum Trabalhista Ruy Barbosa, na Barra Funda, zona oeste de São Paulo, e saltou. A queda terminou com um barulho forte que ecoou pelo saguão, provocando gritaria e tumulto. Pai e filho morreram na hora. A tragédia, a segunda neste ano, encerrou as atividades do fórum mais cedo.
Para a polícia, o crime foi premeditado. Ontem, Kon não tinha nenhuma audiência marcada. Antes de sair de casa, na região de Vila Nova Galvão, limite entre a zona norte da capital e Guarulhos, na Grande São Paulo, o motoboy fez pelo menos duas ligações. Em uma delas, disse à mãe que levaria o filho, Bryan, para “dar uma volta”. Na outra, despediu-se de uma amiga e avisou que iria se matar.
A Polícia Civil suspeita que pai e filho foram de ônibus até o fórum. Para agradar a criança, Kon comprou balas e chocolate, e também a vestiu com uma jaqueta do Corinthians. Já o motoboy levava um pente de plástico, celular, isqueiro, cigarro, chaves e R$ 75 em dinheiro.
Com Bryan nos braços, o pai ainda parou no cartório do fórum e pediu caneta e papel. Mais tarde, o médico legista encontrou o ilhete que o motoboy escreveu. “Oi, problemas pessoais. Telefone do meu irmão, minha mãe/avó. Bryan filho. Às vezes tem um suicida na sua frente e você não vê.” O caso aconteceu por volta das 10h50, horário em que o fórum estava cheio, apesar de 70% das audiências serem feitas à tarde.
Na queda, Kon fraturou o braço direito e teve o esquerdo amputado. Bryan sofreu fratura craniana e perdeu massa encefálica. Os corpos caíram um do lado do outro. “Foi um alvoroço, correria, gritaria. Todo mundo ficou desesperado”, diz um vendedor, que estava do lado de fora do prédio. “Um colega de escritório contou que o barulho foi tão forte que parecia uma explosão”, diz o advogado trabalhista Bruno Adeline. Após o crime, as audiências foram imediatamente suspensas e o prédio, evacuado.
A Polícia Civil foi acionada às 11h30, e os portões do fórum passaram o resto do dia trancados por cadeados. Os bombeiros também foram chamados.

Desempregado 
O motivo do suicídio e do assassinato do próprio filho ainda não está claro para os investigadores. Segundo depoimento de dois irmãos, Kon, que era o mais velho deles, não apresentava sinais de depressão, apesar de estar desempregado e de passar por problemas financeiros. De acordo com eles, a relação com o filho era afetiva.
Era Kon quem passava mais tempo com a criança, uma vez que a mãe trabalha. A relação do casal, no entanto, foi descrita como conturbada. Eles moravam juntos havia dez anos, mas, na prática, estariam separados. Só dividiam os custos do imóvel e da criação de Bryan, segundo a polícia. Sob efeito de remédios, a mãe não foi à delegacia. “Não sabemos se ele matou o filho por gostar muito dele ou para causar remorso na mãe”, diz a delegada Mônica Gamboa, plantonista do 23º Distrito Policial (Perdizes), responsável pelas investigações.
Além de Bryan, Kon tinha uma filha de 17 anos, fruto do seu primeiro casamento. A jovem passou a viver com tias após a morte da mãe, vítima de câncer. Segundo a família, ele nunca aceitou ter perdido a guarda da filha.

Segurança 
Associações de servidores e magistrados cobram medidas de segurança após mais um caso de suicídio no fórum em 2016. O primeiro foi em março. Dois atos estão marcados para 10 horas e 13 horas. “Os juízes não vão realizar audiência”, diz Fábio Ribeiro da Roca, presidente da Associação dos Magistrados de Justiça do Trabalho da 2ª Região (AMATRA-2). Em nota, o TRT da 2.ª Região diz que fez intervenções. Entre as medidas está a proibição do acesso às rampas entre os blocos do fórum e madeiramento dos parapeitos dos andares.

Fonte: Correio da Bahia

Senado abre sessão para votação final do impeachment de Dilma

Após seis dias de julgamento, o Senado abriu nesta quarta-feira (31) a sessão que vai votar se a Dilma Rousseff cometeu crime de responsabilidade e deve ser afastada definitivamente do mandato de presidente da República.
A sessão é presidida pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, que também preside esta fase do processo.
Para o impedimento definitivo de Dilma, são necessários ao menos 54 votos entre os 81 senadores.
Logo no início da sessão, o presidente Lewandowski leu um relatório do processo.
“É um resumo de tudo aquilo que aconteceu até o presente momento, inclusive os argumentos em resumo da acusação e da defesa [...] É um brevíssimo resumo daquilo que importa”, explicou o ministro.
Antes da votação, outros 4 senadores poderão se manifestar, sendo 2 a favor do impeachment e 2 contra, por no máximo 5 minutos cada um. O tempo poderá ser dividido por mais senadores, se houver acordo entre eles.
Diferentemente de votações sobre propostas legislativas, os líderes partidários não poderão orientar os parlamentares como votar.
"O voto de cada senador deverá exprimir a respectiva convicção de foro íntimo", diz o roteiro do julgamento.
O último ato antes da votação é a leitura, por Ricardo Lewandowski, da seguinte pergunta:
"Cometeu a acusada, a Senhora Presidente da República, Dilma Vana Rousseff, os crimes de responsabilidade correspondentes à tomada de empréstimos junto à instituição financeira controlada pela União e à abertura de créditos sem autorização do Congresso Nacional, que lhe são imputados e deve ser condenada à perda do seu cargo, ficando, em consequência, inabilitada para o exercício de qualquer função pública pelo prazo oito anos?"
Os senadores a favor do impeachment deverão votar "Sim" e os senadores contrários "Não". A votação será aberta e cada senador terá a opção registrada no painel eletrônico.
Após o fim da votação, Lewandowski escreve e lê a sentença e pedirá que todos os senadores a assinem. O documento será publicado na forma de uma resolução. A acusação e a defesa serão informadas oficialmente do resultado e o presidente interino Michel Temer comunicado.
Se Dilma for absolvida, ela será imediatamente reabilitada ao mandato, do qual está afastada desde maio. Se for condenada, ficará inelegível por oito anos a partir de 2018, ano em que ela encerraria o segundo mandato.

Fonte: G1

Fernanda Souza desabafa sobre boatos de crise no casamento com Thiaguinho

A atriz Fernanda Souza frequentemente vê seu nome envolvido em boatos de crise no casamento com Thiaguinho. Em entrevista ao 'Ego' nos bastidores das gravações da nova temporada da 'Escolinha do Professor Raimundo', a global desabafou sobre os rumores que sempre surgem na imprensa.
"Dou muita risada disso. Algumas pessoas se incomodam com casais felizes de verdade, não sei o que acontece... Na verdade, sinto até um pouco de pena dessas pessoas que inventam isso. Quando você trabalha com a mídia, isso acontece, não tem muita saída na nossa profissão. Só que inventam coisas sem pé e nem cabeça, as pessoas são muito maldosas. Mas Deus está vendo tudo e o mundo é muito redondinho. No universo, na vida, tudo o que você coloca no mundo volta pra você. Por isso, só coloco coisa boa, saio de casa para ser feliz. Aí volta tanta coisa boa pra mim. A única coisa que posso fazer é sentir um pouco de pena e tem que seguinte em frente", disse Fernanda.


A atriz ainda afirmou que fica revoltada quando surge uma notícia deste tipo, já que ninguém consegue ter provas: "de que adianta inventar fofoca assim? Hoje em dia, todo mundo tem celular com câmera, todo mundo tira foto e faz vídeo. Cadê essas imagens? O público tem que prestar atenção nisso, mas ele não é bobo. É muito fácil falar, mas ninguém prova. As pessoas estão muito loucas! Querem criar histórias porque só vende o que é negativo, mas no meu casamento não tem isso. Então que vá procurar o que tem de negativo no casamento dos outros. Nós estamos muito bem e cada dia mais felizes. Está tudo ótimo e, como disse, felicidade incomoda algumas pessoas. Esse é o problema".
Para Fernanda, quem cria este tipo de conteúdo não deve ter filhos. "Porque a gente sabe como pai e mãe ficam tristes quando leem esse tipo de notícia sobre os filhos. Aí você tem que explicar para eles, desmentir... Falam tanto de crise, mas eu e o Thiago estamos juntos há cinco anos e meio. Meu relacionamento está para acabar desde que fiz um mês (com ele) e estou aqui linda, plena, maravilhosa e casadíssima", afirmou.

Fonte: Correio da Bahia

Luma de Oliveira admite que já fez cirurgia plástica


A ex-modelo e atriz Luma de Oliveira, hoje com 51 anos, admitiu, em resposta a um de seus seguidores no Instagram, que fez "pequenos reparos" após um deles afirmarem que sua beleza era totalmente natural. "Depois de amamentar dois filhos (cada um nasceu com quase cinco quilos num intervalo de quatro anos), eu engordei uns 18 quilos em cada gestação. Então fiz uma lipo no abdômen e coloquei próteses nos seios (...)".

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Pepê comemora crescimento de barriga da mulher, grávida de gêmeos


EGO - Pepê está cada vez mais empolgada com a gravidez de sua mulher, Thalyta Santos. A cantora e sua companheira, que está na 19ª semana de gestação, contaram ao EGO como está a expectativa para receber os gêmeos, João Gael e Enzo Fabiano. "Ela está realizando o meu maior sonho. Juntas, iremos construir uma família linda", declarou a irmã de Neném.
Thalyta também tem ficado muito feliz ao ver o desenvolvimento dos filhos. "Estávamos muito ansiosas para ver a barriga crescer e agora ela começou a ficar maior. Eles estão começando a se mexer muito e isso é uma alegria", comemorou a moça. Segundo ela, os fãs da dupla Pepê & Neném mandam muitas mensagens de carinho para elas e sempre pedem notícias das crianças.
"Eles não param de nos chamar nas redes sociais. Por isso, sempre posto foto. Estou até pretendendo abrir um canal no YouTube quando eles estiverem perto de nascer. Vou postar vídeos deles, da Pepê com eles e de momentos nossos para ajudar algumas futuras mamães que nos acompanham com dicas. Será bem legal", adiantou Thalyta.
Em conversa recente com o EGO, Pepê falou da emoção ao saber os sexos dos gêmeos e revelou os nomes escolhidos para os seus filhos com Thalyta Santos. "Estou muito feliz. Já escolhi até os nomes. Eles se chamarão Enzo Fabino e João Gael", contou Pepê, que se casou em junho de 2016, em São Paulo.
Segundo a cantora, sua esposa tem tido uma gravidez muito tranquila. "Ela tem passado bem e só sente um pouco de enjoo, que é normal. Eu é que estou mais nervosa. Acho que aflorou o sentimento de mãe em mim. Estou sentido que vou ficar assim até esses bebês nascerem. Mas tenho fé que vai dar tudo certo e realizarei meu sonho de ter filhos", confessou a artista, que lançou o clipe da música "Só Você não Vê", no dia 27 de agosto.

Piadas Engraçadas: 'Dividindo os problemas'

Pivô de separação entre William Bonner e Fátima Bernardes seria colega da Globo


O anúncio da separação de Fátima Bernardes e William Bonner caiu como uma bomba para o público, mas nos bastidores já se sabia que isso era só uma questão de tempo.
Muuuuuuita gente na Globo sabia que a situação do (ex) casal estava insustentável. Em março deste ano, este blog publicou que a produção da apresentadora estava preocupada, pois ela ficou doente após uma briga com o marido e ficou uns dias sem fazer o programa. 
Em 2012, já havia sinais de desgaste, conforme dito aqui, mas isso era assunto proibido na Globo e sempre negado pelo (ex) casal. Pouco antes de deixar o Jornal Nacional, Fátima foi à sala de um dos diretores para dizer que não aguentava mais fazer o telejornal ao lado de seu tenso marido...
Desde que começaram os rumores da crise, têm surgido comentários de que o pivô de tudo seria uma colega que trabalha na mesma emissora dos dois.
A proximidade de Bonner com essa mulher, que nem fica perto dele fisicamente (na hora do trabalho), serviu para acirrar mais ainda a desconfiança de Fátima. Não é de hoje que comentam isso nos corredores da Globo.
Outro motivo das brigas constantes do casal foi o alto faturamento de Fátima Bernardes, que passou a ganhar beeeeeem mais que Bonner (mais que o triplo) depois que saiu do jornalismo e foi para o comando do Encontro.
Além do salário ser maior, ela ganha também com publicidade.

Fonte: Fabíola Reipert

Ao Pé da Letra: Grávida de uma garota

Cassado em 1992, Collor diz que impeachment não é golpe

Primeiro presidente na história do país a sofrer um impeachment, o senador Fernando Collor de Mello (PTB-AL) subiu hoje (30) à tribuna do Senado para declarar que votará favorável ao impedimento da presidente afastada Dilma Rousseff.


Ao embasar seu voto, o ex-presidente aproveitou para provocar movimentos que, em 1992, pediram a sua condenação e hoje defendem o governo petista. "Faço minhas, hoje, as palavras de dois documentos daquele período", disse, citando primeiro uma nota assinada em 1º de julho de 1992, por várias entidades, entre elas Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Central Única dos Trabalhadores (CUT), CGT, União Nacional dos Estudantes (UNE) e Inesc.
"O primeiro (documento) diz: 'a constatação de que a crise que abala a nação não é, como se pretende insinuar, nem fantasiosa, nem orquestrada, porém, originada do próprio Poder Executivo, que se torna, assim, o único responsável pela ingovernabilidade que ele mesmo criou e que tenta transferir para outros setores da sociedade'. Como disse, faço minhas, hoje, as palavras acima", disse Collor.
Em seguida, o senador citou outra nota, também da época de seu impeachment, assinada pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) que diz: "O país não vive, como alardeiam setores mais radicais, qualquer clima de golpe até porque a nação não suporta mais tal prática. O que o povo brasileiro deseja, e tem manifestado seguidamente, é a decência e a firmeza traduzidas na transparência e probidade no trato da coisa pública".
No discurso, Collor lembrou detalhes do processo que sofreu em 1992, que culminou na sua condenação pelo Parlamento e afastamento da política por 14 anos - embora tenha sido absolvido posteriormente dos crimes pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Para ele, o que ocorreu há 24 anos foi uma injustiça, diferentemente do que ocorre hoje no Brasil. Na opinião dele, a presidente Dilma Rousseff infringiu a lei e provocou a própria derrocada. "Hoje, a situação é completamente diversa. Além de infração às normas orçamentárias e fiscais com textual previsão na Constituição como crime de responsabilidade, o governo afastado transformou sua gestão numa tragédia anunciada. É o desfecho típico de governo que faz da cegueira econômica o seu calvário e da surdez política, o seu cadafalso", afirmou.
O ex-presidente também rechaçou a ideia de que o que está ocorrendo no país seja um golpe institucional. Na opinião dele, o impeachment "é o remédio constitucional de urgência no presidencialismo quando o governo, além de cometer crime de responsabilidade, perde as rédeas do comando político e da direção econômica do país".

Fonte: Terra

Estado Islâmico pode ter enterrado mais de 15 mil corpos em fossas comuns

Foi denunciada a existência de mais de 70 fossas comuns feitas pelos jihadistas do Estado Islâmico (EI, ex-Isis) entre o Iraque e a Síria. Calcula-se que as valas clandestinas contenham entre 5 mil e cerca de 15 mil corpos. 
Outras covas de vítimas das atrocidades devem ser encontradas conforme forças dos governos locais forem retomando controle do território, especialmente com os avanços em Mossul e Raqqa, dois redutos do grupo. 
Os dados foram levantados pela agência de notícias norte-americana "Associated Press" como resultado de ampla pesquisa de documentos oficiais, entrevistas exclusivas com sobreviventes e acesso a imagens do EI. 
Os números oferecem um panorama das ações do grupo, que tenta desde 2014 implementar um califado regido pela sharia, a lei islâmica, na região. Desde então, os jihadistas têm como alvo diversas minorias locais, como os yazidi. 
Das 72 sepulturas documentadas pela agência, a menor contém três corpos e acredita-se que a maior abrigue milhares, mas é impossível determinar o número exato até o momento.

Fonte: Jornal do Brasil

ONU critica proibição do uso do 'burkini' na França

O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (Acnudh) criticou a proibição que algumas cidades francesas impuseram ao uso do "burkini", traje de banho muçulmano que cobre o corpo inteiro, alegando que a medida é discriminatória. 
"Os decretos não melhoram a situação de segurança, pelo contrário, tendem a alimentar a intolerância religiosa e a estigmatização de pessoas de religião muçulmana na França, em particular das mulheres", apontou o organismo em comunicado. 
Ainda segundo a Acnudh, este tipo de medidas afetam de forma desproporcional as mulherese as jovens e "abalam sua autonomia ao negar sua aptidão para tomar decisões independentes sobre sua maneira de vestir".


A proibição da peça em ao menos 30 cidades francesas causou polêmica e foi manchete dos jornais de todo o mundo nos últimos dias. Os prefeitos das cidades francesas baniram o uso da peça alegando motivo de segurança, especialmente após uma série de ataques jihadistas terem deixado centenas de mortos em lugares como Paris e Nice. Além disso, para muitos políticos, a peça representa uma opressão das mulheres. Recentemente, o premier Manuel Valls disse ser a favor de uma lei nacional contra a peça. Na França já é proibido o uso do véu islâmico em instituições de ensino e repartições públicas. Na semana passada, o Conselho de Estado da França, a maior instância judicial administrativa do país, proibiu a cidade de Villeneuve-Loubet, nas proximidades de Nice, de vetar o uso do "burkini". Apesar de a decisão ser direcionada especificamente a cidade, e não ser de âmbito nacional, ela pode abrir um precedente legal no país.

Fonte: Jornal do Brasil

Para 87% dos brasileiros, país está no rumo errado, mas pessimismo diminui, diz pesquisa


A maioria esmagadora da população brasileira acha que o país não está no caminho certo, mas essa percepção já foi pior. É o que sugere uma pesquisa feita pela consultoria Ipsos.
De acordo com o levantamento, em agosto, 87% dos entrevistados disseram que o Brasil está no rumo errado, apenas dois pontos percentuais abaixo do registrado no mês anterior. No entanto, esse número chegou a 94% em março deste ano.
A pesquisa foi feita com 1.200 pessoas em 72 municípios, entre os dias 30 de julho e 9 de agosto. A margem de erro é de três pontos percentuais.
Para o diretor da Ipsos Public Affairs, Danilo Cersosimo, apesar de a opinião dos brasileiros permanecer muito negativa, há uma tendência de mudança "extremamente lenta". Ele avalia que o viés de melhora não está relacionado a uma boa avaliação de Michel Temer, e sim com o fim do processo de impeachment de Dilma Rousseff.
"Só o fato de ter ido a julgamento é uma espécie de resposta à instabilidade. A opinião pública de modo geral se sente aliviada pela instabilidade política estar sendo resolvida pelo processo de impeachment. É uma espécie de ponto final àquela crise", diz.
"Minha leitura é que pode ser um início de uma tímida e gradativa retomada de um rumo mais positivo. Está no insconsciente das pessoas que este ano está perdido, mas 2017 pode ser melhor."
Cersosismo acredita, porém, que se Dilma voltar ao cargo a instabilidade política regressará e o otimismo comedido poderá ser revertido.


Falta de impacto
A combinação das crises política e econômica com a falta de medidas marcantes do governo interino é a chave para entender o pessimismo sobre o rumo do país, afirma Cersosimo.
Segundo o diretor da Ipsos, Temer não deu um "choque de gestão" ou deixou uma "mensagem impactante" capaz de convencer os brasileiros. Os escândalos de corrupção em que se envolveram seus ministros no começo do mandato também afetaram a opinião dos brasileiros. Um dos homens mais fortes do governo interino, Romero Jucá deixou o Ministério do Planejamento em maio, horas após o jornal Folha de S. Paulo divulgar uma gravação em que ele sugere uma articulação para conter a Operação Lava Jato.
"(O governo dele) ficou sem cara. E tem o aspecto político, que pesa. É a sua transparência, o quanto ele está no meio do balaio dos outros corruptos. Temer não conseguiu se distanciar do principal problema (do governo) de Dilma, no entendimento do povo: a corrupção."


A reprovação ao presidente interino se manteve em 68% neste mês, mas o índice cresce quando o assunto é economia. De julho a agosto, a porcentagem de pessoas que desaprovam a atuação de Temer no combate à inflação passou de 56% para 61%. Sobre a reforma da previdência, 64% desaprovam a forma como o tema está sendo tratado - em julho, eram 54%.
Na área econômica, diz o diretor do Ipsos, "a mensagem do governo de colocar a casa em ordem não chegou à população".
"O mercado desde o início viu com bons olhos, mas as pessoas não perceberam isso de cara. Todas as ações que demandam médio e longo prazo tem que ser muitíssimo bem explicadas - e não foi o caso."
Em entrevistas recentes, o ministro da Fazenda de Temer, Henrique Meirelles, disse que espera apresentar ao Congresso nos próximos meses um projeto para alterar o sistema previdenciário. O ministro já anunciou uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC), que também será encaminhada ao Legislativo, para controlar o crescimento dos gastos públicos.
Nesse cenário, o governo federal manteve uma avalição estável. A parcela de pessoas que o consideram ruim ou péssimo ficou em 49%, contra 48% em julho; 8% o consideram bom ou ótimo.


'Resistência'
A avaliação de Dilma Rousseff, que presta depoimento nesta segunda-feira no Senado, não mudou muito. Afastada da Presidência desde maio, Dilma manteve os mesmos 71% de reprovação registrados em julho. Sua aprovação caiu dois pontos, de 25% para 23%.
O diretor da Ipsos explica que a estabilidade é natural, já que a petista está fora do poder. Longe do cargo, ela não recebe os ônus nem bônus das ações do governo.
Para ele, os 20% de aprovação da presidente afastada devem se manter, porque representariam um grupo mais à esquerda, ligado ao PT ou contrário ao processo de impeachment.
"Esse percentual reside nos núcleos onde PT, Lula e Dilma atuaram bem: pessoas de classes e escolaridade mais baixa, do Nordeste, ou aqueles que não apoiam o impeachment. O não apoio ao impeachment ao longo dos últimos meses ficou em torno desses 20% a 25%. É uma espécie de resistência. "

Fonte: BBC

"Não ouço minhas músicas", revela Marisa Monte


Três e meia da tarde era o horário marcado para a entrevista com Marisa Monte. Três e meia da tarde meu avião pousou no aeroporto Santos Dumont, no Rio, com duas horas de atraso. No caminho até o Leblon, onde seria o encontro, eu listava, aflita, as consequências da demora. Marisa estaria de péssimo humor, não teria tempo, nem estaria me esperando. Contrariando as expectativas, ao atravessar a porta do apartamento de seu assessor de imprensa, a cantora abriu um sorriso: “Nós nos conhecemos, não?”. Ufa! Sim. Essa seria nossa quarta conversa, mas o primeiro longo têté-à-têté de verdade. Uma oportunidade rara de papear sobre a vida com a cantora mais importante e discreta do país.
E lá estava ela, bem-humorada e à vontade, com um vestido delicado, lenço vermelho amarrado em volta do pescoço e meia de náilon preta, look superfeminino, contrastando com os sapatos masculinos que ela adora, pois considera os saltos finos “uma ameaça” às mulheres. Os cabelos cacheados estavam presos de forma displicente e, no rosto, o único traço de maquiagem era um batom vermelho, uma de suas marcas pessoais.
Marisa faz poucas aparições. Quando surge é para falar sobre um novo trabalho, e ela acaba de lançar o disco Coleção, o 11º em três décadas de carreira. Desde quando começou a cantar, foram milhões de discos vendidos, quatro prêmios Grammy e hits que nunca saem de moda. De intérprete, tornou-se compositora, produtora, aprendeu a tocar instrumentos, produziu documentários e realizou a parceria mais estrondosa da música pop nacional ao lançar, em 2002, os Tribalistas, com os amigos Carlinhos Brown e Arnaldo Antunes.


Ao mesmo tempo que se abre no palco, fora dele Marisa tem uma vida reservada. Casou-se duas vezes, com o músico Pedro Bernardes, com quem teve Mano Wladimir, de 13 anos; e com o atual marido, o empresário Diogo Pires Gonçalves, pai de Helena, de 7. Sempre manteve a família longe dos holofotes. Nem os paparazzi conseguem capturar seu cotidiano. Marisa descreve sua rotina como intensa e produtiva, em que a música corre em paralelo a atividades como fazer tricô, crochê, costurar, cuidar do jardim e bater um bolo. Adepta de uma dieta saudável e de exercícios físicos, mudou pouquíssimo desde os anos 1980, mesmo prestes a completar 50 anos, em 1º de julho de 2017. A data não a assusta. Marisa espera, ansiosamente, completar 90. “Se Deus quiser, vou chegar lá!”

A seguir, confira os principais trechos da entrevista. Leia a matéria na íntegra na edição de setembro da revista que já está nas bancas.

Marie Claire Entre uma turnê e outra, você desaparece. O que faz quando está sumida?
MM Gravo discos, cuido do meu acervo, componho, estudo um novo instrumento. Também assisto a shows, ouço música dos outros. Preciso me nutrir: ver filmes, ler livros, bater papo, ir a uma exposição, viajar sem ser para trabalhar. Enfim, viver. Minha criação é reflexo disso.

MC Quando foi que você sentiu que ia viver de música?
MM Esse momento não existiu. Lembro que, com 13 anos, as pessoas diziam: “Ai, ela canta. Canta pra gente?”. E estão pedindo até hoje [risos]. Trabalho desde os 14, 15 anos. Desenhava minhas próprias roupas. Aos 16, tinha uma empresa. Criei uma bolsa de couro e todo mundo pediu uma igual. Passei a vendê-las e também brincos. Minhas mãos eram cheias de calos. Ao mesmo tempo, fazia música. Sempre achei que podia rea­lizar várias coisas. Até hoje, faço tricô, crochê, costuro. Podia trabalhar com moda. Sou boa empreendedora.

MC Você tem o costume de ouvir suas próprias músicas?
MM Muito pouco. Só a trabalho. Claro que, se estiver num lugar e tocar, ouço. Mas colocar meu disco para tocar, não. Se autoconsumir não faz muito sentido.


MC O que foi determinante para você ser quem é hoje?
MM Fazer teatro no colégio, aos 14 anos. Morar fora um ano, aos 18. Naquela época, não tinha internet, telefone celular. Estava sozinha mesmo, e isso é muito sério, porque precisava segurar a onda quando entrava numa roubada qualquer. Também os encontros com o Nelsinho [Motta], o Arnaldo [Antunes], o [Carlinhos] Brown, o Leo [empresário]. Tenho parceiros de muitos anos que conservo e, ao mesmo tempo, sigo ampliando minha rede. O fato de eu ser carioca e brasileira também é determinante para eu fazer esse tipo de música, uma forma de expressão artística muito forte na cidade.

MC O Nelson Motta, aliás, já disse que você é tímida. É verdade?
MM Algumas situações me deixam desconfortável, como todo mundo cantando “Parabéns pra Você” ou entrar num lugar e todos me olharem. Não tenho uma personalidade de estrela, que gosta de chamar atenção. Sou discreta. Acredito que sou invisível: entro nos lugares e ninguém me reconhece. Circulo muito, principalmente sozinha, e as pessoas realmente não me veem.
Mas no palco é diferente porque, para estar ali, eu me preparei.

MC Em 2017, você completa 50 anos. Dá um frio na barriga?
MM Nunca vivi nenhuma crise de idade. Quero ficar velha! Espero ansiosamente pelos 90. Perdi minhas duas avós com 90 e poucos anos. Se Deus quiser, vou chegar lá.

MC O que acha do ressurgimento do movimento feminista?
MM Não tenho dúvida de que as mulheres ainda têm muito espaço a conquistar. Assisti ao “State of the Union”, a declaração anual do presidente dos Estados Unidos, e havia muitas mulheres em torno de [Barack] Obama. Aqui, no Congresso Nacional, a presença feminina é ínfima. A falta de representatividade das mulheres no Legislativo faz com que as leis sejam feitas por homens e para os homens.

Fonte: Revista Maire Claire

Filha de Fafá de Belém recebe ameaças de morte nas redes sociais: 'Doente e covarde'

A cantora Mariana Belém, filha de Fafá de Belém, sofreu ameaça de morte nas redes sociais. Além dela, suas filhas Laura, de apenas 4 anos, e Júlia, de menos de um ano, também foram ameaçadas. 
Mariana fez um desabafo em uma rede social e mostrou estar assustada com a situação. "Uma pessoa está me ameaçando de morte e de estuprar a mim e minha filha. Por favor, denunciem o perfil como eu fiz. Obrigada", pediu ela, que recebeu pelo menos sete mensagens ofensivas e de ódio nos últimos dias.


A cantora contou também que denunciou o caso em uma delegacia de São Paulo na segunda-feira (29). "Acabei de sair do DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais). Boletim de Ocorrência feito e ordem de Justiça expedida. Agora é com a polícia e nada mais posso falar", explicou.
Em conversa com o site 'Ego', Mariana afirmou não ter medo das ameaças e disse estar bastante chateada com a situação. "Não tenho medo, tenho pena. A pessoa que escreveu isso é doente e covarde porque usa uma rede social para promover ódio, preconceito e homofobia. Eu recebi mensagens com palavras grotescas e extremamente ofensivas".
"Levei o caso para a polícia para que o autor da mensagem seja punido porque ele cometeu um crime. Espero que esta pessoa seja pega e pague por esse erro. Torço para que isso sirva de lição e para que as pessoas entendam que a Internet não é terra de ninguém. Cada um é responsável pelas suas atitudes. O inquérito já foi instaurado", contou ao 'Ego'.
Apesar de a conta do autor dos ataques ter sido suspensa no Twitter, a cantora mostrou-se determinada em resolver o problema. "O print é uma coisa maravilhosa, né? A conta pode cair que a gente segue tendo provas. Que vocês tenham um dia lindo e abençoado", escreveu Mariana em rede social.

Fonte: Correio da Bahia

Dance Mania: os maiores sucessos de Achim Jannsen

Achim Jannsen é seu nome verdadeiro. Nasceu na Alemanha e se tornou conhecido por produzir as músicas de Jan Wayne e por ser integrante dos grupos Belushi - da música Put Your Hands Up In The Air (Ohh Ohh Ohh Ohh) -; Grenada - da música Superstar -; e Unit 5 - da música Feel The Stars.

Eric Chase
Como Eric Chase, lançou a música If You Tolerate This, no final de 2009, dando-lhe destaque mundial. A canção fez parte de coletâneas brasileiras assinadas pela Building Records, entre elas os CDs Na Balada 2010 e Adrenalina 2011, sendo esta última mixada. Possui duas versões oficiais: Club Mix (6:49) e Original Mix (07:19).



O primeiro single foi um divisor de águas, dando-lhe a oportunidade de lançar, no ano seguinte, a música The Way It Is, remake do sucesso de mesmo nome lançado há 30 anos. Ele deu à este clássico uma roupagem mais dançante e viciante.
Presente nos álbuns Na Balada - Hits 2010 e Vibe 97 Vol 14.



Fez parceria com Chris Avantgarde e divulgou a canção What Do You Want em 2011.



Outros grupos
Achim trabalhou ao lado de Michael Simon e Mirko Von Schlieffen, criando com eles o grupo Unit 5, onde lançou dois singles: I Love You e Feel The Stars, ambos do ano de 2002. Este último caiu na coletânea As 7 Melhores 2003, da rádio Jovem Pan FM, distribuída pela Building Records.
O grupo não deu continuidade.



Com os mesmos DJs do Unit 5, foi criado o famoso Grenada, e juntos, com este nome, lançaram a música Superstar em 2002, com um ritmo dançante e com remixes de trance.
Em 2004, veio o single My First Love, o segundo e o último do grupo, que veio a se separar.
Presente no álbum Na Balada 6.





Ainda ao lado de Michael Simon, Achim criou o grupo Belushi com outro DJ, Holger Stolm, criando com eles a música Put Your Hands Up In The Air, trance de 2003, que ganhou remixes de Raccoon e de Pulsedriver e Bass-T. Não é muito conhecida no Brasil, integrando apenas o 12º CD da série Metro Tech, também de 2003.



Lista de outros grupos que Achim Jannsen já fez parte:

  • Velvet
  • Dance United
  • Gipico
  • Juice Orchestra
  • K-Club
  • Mental Ground Zero
  • Tube
  • Superstrip
  • The Master
  • Veona

Outros nomes usados por Achim

  • Discoking
  • House Pool
  • Jansen (o mais recente, lançando o single Staring At The Sun, de 2008, de pouco reconhecimento)

Dança dos Famosos: Lisandra Souto ganha sapato de presente em seu primeiro ensaio

Lisandra Souto chegou para ensaiar no Dança dos Famosos um pouco tímida. "Ai, meu Deus, que vergonha! Você vai tirar minha vergonha?", disse ela para o professor Marcus Lobo. Ele, veterano do quadro (foi par de Mariana Santos em 2015), tratou de deixar a atriz à vontade com um presentinho: lindos sapatinhos, que ela curtiu bastante!
"Estou com um sapatinho de cristal para me dar sorte. Vou usar em todas as coreografias. É lindo, amei!", agradeceu a morena. Ela, que vai usar as habilidades de modelo na sua dança - que você vai poder conferir no Domingão de 4/9 -, mostrou também expectativa pelas mudanças no corpo: "A gente vai emagrecer, né? Vou perder uns gramas (risos)".

Sapato que a atriz ganhou
Lisandra e seu coreógrafo

Chris Brown é acusado de usar uma arma para ameaçar mulher


Chris Brown se envolveu em mais uma polêmica e está sendo investigado pela Polícia após ser acusado de ameaçar uma mulher com uma arma. As informações são do site TMZ.
Segundo o site, o incidente aconteceu numa casa em Los Angeles, Estados Unidos, na manhã desta terça-feira, 30. A mulher estava junto com ele e, após uma discussão, ele teria apontado a arma para ela.
De acordo com a publicação, o cantor estava na casa com alguns amigos, incluindo o cantor Ray J. Estavam todos conversando quando, num momento, Ray estava fazendo uma tatuagem e algumas pessoas não convidadas apareceram na casa. Então as pessoas da casa disseram para essas 'visitas' irem embora.
Neste momento, começaram as discussões e uma das pessoas que foi convidada a ir embora, uma mulher, liga para a Polícia fazendo a acusação. Pessoas dentro da casa, porém, garantem que Chris estava dormindo o tempo todo.
Depois disso, Ray J saiu da casa dirigindo e a Polícia o parou, checou seus documentos e o liberou. Seu carro, porém, ficou como evidência e o cantor foi para casa de Uber.

Fonte: Portal A Tarde

Humorista Rodrigo Sant'Anna faz redução de bochechas


O ator e humorista global Rodrigo Sant'Anna passou por uma cirurgia ainda pouco comum: a bichectomia. O procedimento é nada menos que diminuir o tamanho das bochechas. A informação foi divulgada pelo jornal "Extra".
Ele, por sinal, já exibe a mudança no visual, como pode ser visto na imagem do antes e depois. Mas o humorista não está só: outros artistas, como Kim Kardashian e Mulher Filé, já passaram pela cirurgia.
O cirurgião Marco Cassol, ouvido pelo "Extra", afirma que "muitos homens procuram o consultório querendo melhorar a aparência após o emagrecimento" e as bochechas, claro, não passam despercebidas.

Fonte: Portal A Tarde