sábado, 27 de agosto de 2016

Famosos Que Partiram: Oona O'Neil


Oona O'Neil ou Lady Chaplin foi uma atriz nascida em Warwick, nas Bermudas, em 14 de maio de 1925.

Vida pessoal
Era filha do dramaturgo Eugene O'Neil e da escritora Agnes Boulton. Seus pais se mudaram para lá seis meses antes de se casarem por acharem que lá seria um bom lugar para escreverem suas obras durante o inverno. Ambos tiveram filhos de relacionamentos anteriores, e dessa união, tiveram Shane Rudraighe O'Neil (1919-1977).
A crise no casamento de Eugene e Agnes começou por causa do alcoolismo dele que, para piorar a convivência a dois, teve um caso com a atriz Carlotta Monterey, que veio mais tarde a se tornar sua esposa.
O'Neil foi morar nos Estados Unidos com a mãe e os irmãos. Estudou em um convento católico e depois em Warrenton Country School, em Virgínia.



Como começou a carreira artística
Oona passou a receber ofertas de vários estúdios de cinema e agências de modelo. Seu pai não queria que ela fosse artista e por isso fez de tudo para impedi-la de assinar contratos de filme em Hollywood.
Após se formar na Brearley School, O'Neil recusou uma vaga para estudar teatro no Vassar College e escolheu outro lugar para estabelecer sua carreira, apesar da resistência de Eugene. Fez sua estréia em um papel pequeno no Teatro Maplewood, em Nova Jersey, em julho de 1942, no musical Pal Joey. O musical foi um fracasso e foi cancelado duas semanas antes do prazo.

Charlie Chaplin, seu esposo
Conheceu o premiado ator durante os testes para uma adaptação da peça Shadow and Substance (Sombra e Substância em português), que seria transformada para filme, em 1942. Charlie estava procurando uma atriz para o papel principal. O filme não ficou pronto, mas a relação dos dois, de profissional, se tornou romântica. Eles se casaram em junho de 1943 em uma cerimônia discreta, acompanhada apenas pelo amigo e assistente do cineasta, Harry Crocker, e seu secretário, Catherine Hunter. A diferença de idade foi enorme e incomodou a mídia: ela tinha 18 anos, e ele 54.
A mãe de Oona deu a bênção à união do casal, mas o pai a deserdou e recusou todas as futuras tentativas de reconciliação entre eles.

Oona O'Neill e Charlie Chaplin

Oona O'Neill e Charlie Chaplin

Vida de casada
Após o casamento, Oona O'Neill desistiu da carreira de atriz de filmes, mas assumiu o papel de dona de casa. Falava em público poucas vezes. O amor era tão grande, mas tão grande, que os dois tiveram oito filhos.

Filhos:
Geraldine (nascida em 1º de agosto de 1944)
Michael John (nascido em 7 de março de 1946)
Josephine Hannah (nascida em 28 de março de 1949)
Victoria (nascida em 19 de maio de 1951)
Eugene Anthony (nascido em 23 de agosto de 1953)
Jane Cecil (nascida em 23 de maio de 1957)
Annette Emilly (nascida em 3 de dezembro de 1959)
Christopher James (nascido em 6 de julho de 1962)

Oona O'Neil em foto de 1961 ao lado do esposo Charlie e os filhos
Viuvez e últimos dias
O relacionamento de Oona O'Neill e Charlie Chaplin durou até o dia da morte do cineasta, em 25 de dezembro de 1977, quando ele tinha 88 anos e 35 anos de casado com ela, em decorrência de um derrame cerebral.
Dividiu sua vida fazendo viagens: dos EUA para a Suíça, da Suíça para os EUA.
Houve relatos de que a esposa de Chaplin era alcoólatra.
Ficou reclusa permanentemente ao retornar no final da década de 80 para Manoir de Ban, uma enorme casa no campo que foi propriedade de Charlie Chaplin por 25 anos (desde 1952 até sua morte).
Morreu aos 66 anos, em 27 de setembro de 1991, vítima de câncer no pâncreas. Em uma carta, escreveu sua última vontade: ser enterrada ao lado de seu marido. Foi o que aconteceu.

Nenhum comentário: