quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Mudanças no ensino médio começam a valer em 2018, diz ministro

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse nesta quinta-feira (6) que as mudanças no ensino médio propostas pelo governo começam a ser implantadas efetivamente em 2018. “Vamos seguir o cronograma. Primeiro, avançar na votação no Congresso Nacional do PL [projeto de lei] que definirá a arquitetura para o novo ensino médio. Os passos seguintes serão, por exemplo, a definição da base para o ensino médio e outras etapas que estarão previstas neste cronograma”, afirmou.
O ministro disse que o governo vê “positivamente” as críticas feitas à proposta de mudanças na educação brasileira. “Acho que quando a sociedade está discutindo educação, significa que a educação está na pauta do povo, da sociedade, e passou a ter um destaque que não tinha no passado. Temos agora a educação em um patamar de grande relevância, o que é fundamental.”
As declarações do ministro foram feitas após a posse do novo presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Eduardo Deschamps, que vai comandar a autarquia por dois anos. Deschamps é ex-secretário de Educação de Santa Catarina, professor universitário e já atuava como conselheiro no CNE.
Mendonça Filho disse que a missão do novo presidente do CNE será mediar debates de pautas importantes para a educação. “Apreciar a base nacional comum curricular da educação infantil e fundamental e também avançar na discussão da reforma do ensino médio”, declarou.
Deschamps disse que pretende propor soluções e ações efetivas para amelhoria da educação. “A missão é fortalecer o CNE como órgão de Estado neste momento em que vários aspectos importantes para a educação do país estão em pauta. Os próximos dois anos serão definitivamente dominados por discussões importantes para o futuro da educação.”

Fonte: G1

Nenhum comentário: