quarta-feira, 9 de março de 2016

'Dance Mania: com Luciana Caporaso (I'm Still Hot)

Dance Mania: com Simon From Deep Divas - Sweat (Push It)

Perigo: Jair Bolsonaro poderá se candidatar em 2018 e Marco Feliciano quer ser seu vice em chapa presidencial de 2018

Jair Bolsonaro (à direita) dando uma cantada para Marco Feliciano
A próxima eleição vai ser muito quente e poderá nos trazer decepções e medos, e o maior deles é o político Jair Bolsomerda conseguir assumir o comando do país. Jair, com seu passado negro e um pouquinho obscuro, é chamado de 'Bolsomito' (?) em sua página oficial do Facebook. Vale lembrar até que o deputado já disse em entrevistas que a época em que houve a ditadura militar no país, de 1964 até 1985, foi a melhor que já vivenciou, e esse é um dos motivos que pode trazer de volta o medo para toda a população brasileira, especialmente para a geração atual.
Recentemente anunciou sua filiação ao Partido Social Cristão (PSC), conseguindo também um novo aliado: Marco Feliciano. O crente polêmico e também deputado federal quer ser vice de Jair na chapa presidencial de 2018, mas antes disso, nesse está sendo testado para ser prefeito da cidade do Rio de Janeiro.

Absurdo! Jair Bolsonaro diz que mulher deve ganhar salário menor porque engravida

Jair Bolsomerda, deputado federal, e a vencedora do Oscar, Patrícia Arquette
Quando subiu ao palco para receber o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante por seu papel em Boyhood, na noite do último domingo (22), a atriz Patricia Arquette fez um discurso que rendeu aplausos calorosos, principalmente da parte feminina da plateia - composta por estrelas como Meryl Streep e Jennifer Lopez. "[Dedico] a toda mulher que já deu à luz, todo cidadão que paga impostos, nós lutamos pelos direitos de todo mundo. É nossa vez de ter salários igualitários para todos e direitos iguais para as mulheres nos Estados Unidos", declarou a americana.
Na contramão, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) deu uma entrevista recente ao jornal gaúcho Zero Hora, dizendo que pensa diferente. Para ele, eleito com o maior número de votos nas últimas eleições, não é justo a mulher ganhar igual ao homem, já que ela engravida. "Eu sou liberal. Defendo a propriedade privada. Se você tem um comércio que emprega 30 pessoas, eu não posso obrigá-lo a empregar 15 mulheres. A mulher luta muito por direitos iguais, legal, tudo bem. Mas eu tenho pena do empresário no Brasil, porque é uma desgraça você ser patrão no nosso país, com tantos direitos trabalhistas. Entre um homem e uma mulher jovem, o que o empresário pensa? "Poxa, essa mulher tá com aliança no dedo, daqui a pouco engravida, seis meses de licença-maternidade..." Bonito pra c..., pra c...! Quem que vai pagar a conta? O empregador. No final, ele abate no INSS, mas quebrou o ritmo de trabalho. Quando ela voltar, vai ter mais um mês de férias, ou seja, ela trabalhou cinco meses em um ano", disse Bolsonaro.
Em resposta ao jornalista, que perguntou qual seria a solução, o deputado continuou: "Por isso que o cara paga menos para a mulher! É muito fácil eu, que sou empregado, falar que é injusto, que tem que pagar salário igual. Só que o cara que está produzindo, com todos os encargos trabalhistas, perde produtividade. O produto dele vai ser posto mais caro na rua, ele vai ser quebrado pelo cara da esquina. Eu sou um liberal, se eu quero empregar você na minha empresa ganhando R$ 2 mil por mês e a Dona Maria ganhando R$ 1,5 mil, se a Dona Maria não quiser ganhar isso, que procure outro emprego! O patrão sou eu".

"Mas aí a mulher se ferra porque engravida?", questionou o entrevistador. "É liberdade, pô. A mulher competente... Ou você quer dar cota para mulher? Eu não quero ser carrasco das mulheres, mas, pô... ", finalizou.

Igualdade de gêneros no Brasil
Anualmente, o Fórum Econômico Mundial divulga um ranking que compara a igualdade de gêneros entre os países. Para elaborar a lista, os pesquisadores avaliam diversos itens, entre eles, a equiparação dos salários. Em 2014, o Brasil ficou com a 71ª colocação, caindo nove posições em relação a 2013, quando estava na 62ª. De acordo com o relatório, o país apresentou uma "ligeira queda na igualdade salarial e renda média estimada" para o sexo feminino.

Fonte: Revista Crescer

Facebook Lite chega a 100 milhões de usuários com Brasil no Top5


O Facebook anunciou nesta quarta-feira (9) que o aplicativo Facebook Lite alcançou a marca de 100 milhões usuários ativos mensais. Essa foi a versão do Facebook que cresceu e atingiu essa marca mais rápido, menos de 9 meses após seu lançamento. O Brasil está entre os cinco países que mais usam a versão do aplicativo, juntamente com Índia, Indonésia, Filipinas e México. 
O Facebook Lite suporta agora mais de 50 idiomas, ocupa menos de 1 MB e está disponível em mais de 150 países na América Latina, Ásia, África e partes da Europa. Hoje, também estão sendo anunciadas novas funções para o Facebook Lite, incluindo suporte para vídeo, upload de múltiplas fotos, ampliar as fotos com um toque, emojis, entre outras.


O Facebook Lite foi apresentado em junho de 2015 para facilitar o acesso ao Facebook em telefones mais antigos e em conexões mais lentas. Em muitas áreas, a rede pode ser lenta ou incapaz de suportar todas as funcionalidades disponíveis no Facebook para Android. Assim, o Facebook Lite oferece para os usuários uma experiência sólida no Facebook, mesmo quando a velocidade da banda larga está em nível mínimo.
O Facebook Lite está disponível para download gratuito no Google Play em todos os países em que o app já foi lançado.

Fonte: R7

Aécio Neves é assunto mais comentado do mundo no Twitter


Após as notícias de que o senador Aécio Neves (PSDB-MG) é um dos denunciados na delação ainda não homologada do senador Delcídio do Amaral (PT-MS), na manhã desta quarta-feira (9), o parlamentar tucano se tornou o assunto mais comentado do Twitter em todo o mundo.
Na lista dos Trending Topics (os termos mais citados do microblog em todos os países), a hashtag #AecioMaisCitadoQue ocupou por algumas horas a primeira posição do ranking.
Usuários do Twitter brincaram com o fato de o senador já ter sido citado diversas vezes em delações premiadas de outros investigados da Operação Lava Jato, que apura um grande esquema de corrupção na Petrobras.
"Aécio já é mais citado na Lava Jato que Clarice Lispector no Facebook", "AecioMaisCitadoQue inadimplentes em reunião de condomínio", "AecioMaisCitadoQue a palavra CRISE na boca do Bonner" e "AecioMaisCitadoQue a palavra gay em discurso do Silas Malafaia" foram algumas das citações que levaram o senador a ocupar a primeira colocação do Twitter.

Fonte: Jornal do Brasil

Mãe de Rian Brito pede desculpas a Leona Cavalli no programa do Gugu


Rio - Gugu Liberato vai exibir uma entrevista exclusiva com Márcia Brito, mãe de Rian Brito, em seu programa na noite desta quarta-feira. Rian é neto de Chico Anysio e foi encontrado morto na última quinta-feira em Quissamã, no Rio.
Na entrevista, Márcia contou que pensou que o filho tivesse sido vítima de sequestro. "Nunca pensei que era a fuga dele, assim proposital. O tempo todo achei que ele fosse acuado por um sequestro, qualquer coisa que envolvesse banco", disse Márcia à repórter Thatiana Brasil.
A mãe de Rian também aproveitou a oportunidade para pedir desculpas para a atriz Leona Cavalli. Márcia acusou a atriz de levar Rian para a igreja chamada Centro de Estudos Xamânicos Porta do Sol, que fornece chás de ayahuasca. Após o sumiço de Rian, Márcia marcou Leona em várias publicações no Facebook e disse que o filho ficou mais introspectivo após frequentar a igreja fundada pela atriz. 
"Peço desculpas a você, Leona, porque eu não pensei no resultado disso. Ela pode até me processar, à vontade, eu não vou ter advogado", garantiu.

Fonte: O Dia.IG

Caso Rian: Mãe insinua que atriz da Globo é culpada pela morte do filho

Tássia Camargo (à esquerda) atacou Leona Cavalli nas redes sociais
Em declarações nas redes sociais, Brita Brazil cita, de uma forma considerada ironica, Leona Cavalli e causa mal estar.
A atriz Tássia Camargo, por sua vez, comprou briga com a atriz global, também, via redes sociais. A confusão começou no fim de semana, quando Márcia Brito, mãe do músico de 25 anos, marcou Leona em posts que falavam sobre a morte do filho.
— A atriz Leona Cavalli não pode faltar [à cremação de Rian]. Te espero lá. Tens um lugar reservado na primeira fila (Compartilhem este 'evento').

Em apoio à amiga, Tássia declarou que Leona não era humana.
— Minha amada Brita Brazil [nome de Márcia na rede social] se ela fosse humana, o que parece não ser, teria te procurado. Acredito que o que se faz aqui se paga aqui mesmo na terra e o dela tá guardado. Conte comigo. Te amo minha amiga.

Leona, por sua vez, usou as redes sociais nesta segunda-feira (7) para se defender das acusações e esclarecer as polêmicas envolvendo seu nome.
— Gostaria de expressar, mais uma vez, meus sinceros sentimentos a toda família de Rian Brito, com profundo respeito ao momento de dor de seus entes queridos. Coloquei, como muitos, posts da busca dele nas minhas redes sociais, e vibro para que Deus o ampare.


A atriz falou especificamente sobre o centro xamânico frequentado por Rian.
— Respondendo aos que perguntaram - mesmo me resguardando o direito de não fazer declarações públicas sobre minha vida pessoal nem espiritual, por ser de foro íntimo - digo que faço parte da Porta do Sol, Centro de Estudos Xamânicos de Expansão da Consciência, uma organização idônea e regularizada, inscrita no CONAD - Congresso Nacional Anti Drogas - e da ONG Paz Sem Fronteiras, que realiza atividades de auxílio aos indígenas, à preservação da natureza, a entidades carentes e à Cultura da PAZ a anos, no Brasil e no mundo. Rian foi ao Centro de Estudos, em 2014, apenas por 4 vezes, uma delas com sua mãe ( que não conheci, pois não estava nesse dia, mas respeito muito sua dor, e até mesmo o fato desta senhora estar escrevendo meu nome, neste momento de sofrimento ). Depois nunca mais o vi, nem tive nenhum tipo de relação com ele. Agradeço a todos a compreensão, e peço por favor que respeitem o silêncio, para não tornar o sofrimento um sensacionalismo. Muita LUZ e PAZ a todos.

Além do desabafo nas redes sociais, Leona disse ao jornal Extra que deve processar Brita Brazil, mãe de Rian Brito, após essas declarações da cantora.

O corpo de Rian Brito, de 25 anos, foi encontrado na última quinta-feira (3), em uma Praia do Parque Nacional da Restinga de Jurubatiba, em Quissamã, no Norte Fluminense. O músico estava desaparecido desde 23 de fevereiro.

Fonte: R7

Casal novo por aqui: Camila Pitanga e Igor Angelkorte chegam juntos à festa de 'Velho Chico'

O casal de atores Camila Pitanga, que estará na nova novela das 21hrs 'Velho Chico' e Igor Angelkorte, foram vistos juntos pela primeira vez em festa de estréia do novo folhetim. Eles se conheceram quando gravavam as cenas da novela Babilônia e desde esse tempo que estavam juntos, mas só agora oficializaram a união. A informação e a foto abaixo foram retiradas do blog da colunista 'Heloísa Tolipan', no Jornal do Brasil.


Tristeza - Crise leva casal de idosos a morar dentro de contêiner em Campinas


Com a crise econômica, a dificuldade em pagar o aluguel levou o casal de idosos Cláudia Rodrigues e José Souza, de Hortolândia (SP), a morar dentro de um contêiner em Campinas (SP). A moradia improvisada de 6 metros de comprimento por 2,40m de largura foi doada por um desconhecido em janeiro deste ano, quando os aposentados construíam um barraco de madeira na região central do município.
"Eu pagava R$ 600 mais a luz. Aí eu fui procurar outro lugar. Se eu tivesse pagando aluguel eu já estaria devendo uns 10 meses. E dever é chato, eu não gosto", conta o morador de 75 anos, sobre preferir morar no conteiner do que ficar endividado.

Aposentadoria gasta com remédios
O espaço onde moram hoje é abafado e conta com poucos móveis. A maior parte do salário mínimo que ganham é gasta com remédios. Na terça-feira (8) , quando receberam uma equipe da EPTV, afiliada da TV Globo, o almoço deles era arroz com banana. Os alimentos e a água vieram de doações.
De acordo com o idoso, eles também não podem se dar ao luxo de tomar banho sempre. "Toda semana eu tomo um banho. Se tomar dois, a água acaba antes do dia", lamenta. 

Casal de Hortolândia se muda para um contêiner
(Foto: Reprodução EPTV)
Sonho da casa própria
O casal chegou a entrar na fila da casa própria, mas ainda não conseguiu. Só em Campinas, mais de 33 mil pessoas estão na espera.
Ao redor do contêiner, eles criam galinhas e têm uma pequena plantação, onde passam o tempo a espera de um lugar melhor para viver. "É um sonho. Eu sempre penso e sonho com isso, de ter um lugarzinho meu e dela", desabafa.

Contêiner é moradia improvisada para casal de idosos em Campinas (Foto: Reprodução EPTV)

Música - Novos Baianos se reunirão para show de reabertura de teatro em Salvador

Nos últimos tempos, Baby do Brasil, Moraes Moreira e Pepeu Gomes têm estado cada vez mais na mira dos holofotes, com suas carreiras solo. No entanto, a turma também se junta, ocasionalmente, a Paulinho e Galvão para retomarem os trabalhos dos Novos Baianos, sua icônica banda dos anos 70.
Ainda que não tenha sido emitido um comunicado oficial, tudo parece estar certo para que a turma faça o show de reabertura do Teatro Castro Alves, em Salvador, programada para abril ou maio deste ano.
No repertório da apresentação, as canções do disco ‘Acabou chorare’, de 1972, que já foi até considerado o maior disco da história da música brasileira pela revista Rolling Stone. Encontro de gigantes...


Fonte: Jornal do Brasil

TV - Após fim do ‘CQC’, Dan Stulbach deixa a Band depois de um ano e meio

Desde que o ‘CQC’ foi retirado do ar no fim do ano passado, pela Band, a relação de Dan Stulbach com acasa não vinha sendo das melhores. O ator, que havia trocado a Globo pela apresentação do programa semanal do canal paulista, não parecia estar muito satisfeito com seu contrato.
E não deu em outra: Stulbach acaba de rescindir seu acordo com a casa, em uma negociação amigável. Alguns apostam até que Dan já pensa em uma possível volta a Globo, em ‘Sagrada Família’, novela das 21h que substituirá ‘Velho Chico’.
Uma das razões que também teriam desanimado a relação do ator com a Band teria sido o engavetamento de seu projeto de um programa sobre a história do Brasil. Enquanto não confirma seus próximos passos, o astro segue apresentando os programas ‘Bola da vez’, na ESPN Brasil e ‘Fim do expediente’, na Rádio CBN.


Fonte: Jornal do Brasil (Heloísa Tolipan)

Cinema - Kung Fu Panda 3 (2016): amadurecimento de Po encerra bem a trilogia


O fechamento da trilogia "Kung-Fu Panda" traz Po finalmente descobrindo suas origens e encarando um novo vilão. Mesmo o roteiro sendo um arroz com feijão de "seja você mesmo", a produção consegue agradar, graças ao carisma dos personagens e seu belo visual.
Nos dois filmes anteriores desta série, vimos o atrapalhado panda Po assumindo o manto do Dragão Guerreiro e se tornando o líder dos protetores do Vale da Paz, ao mesmo tempo em que ele teve de confrontar a tragédia que o separou de seu povo e o fez deduzir que ele era o último de sua raça.
Seguindo diretamente do cliffhanger da aventura anterior, que mostrou o pai de Po, Li Shen, vivo ao lado de uma tribo de pandas e descobrindo sobre o filho. Neste “Kung-Fu Panda 3”, o roteiro de Jonathan Aibel e Glenn Berger (mesmos roteiristas do filme anterior) peca ao reciclar o objetivo central de Po, ao colocá-lo novamente no centro de uma antiga profecia e enfrentando mais um adversário aparentemente invencível – aqui, o antigo guerreiro Kai, outrora irmão de armas do mestre Oogway, agora devotado a destruir o legado deixado pelo velho sábio.
O que sustenta o texto é o carisma dos personagens, bem como as interações entre filho, pai e pai adotivo, além do fato de que a história exigir que Po amadureça e compreenda que sua função no mundo é mais do que bater nos bandidos que invadem o vale.
A ingenuidade e o maravilhamento de Po, partes integrais da personalidade do panda, continuam lá (e geram alguns dos momentos mais divertidos da produção), mas aos poucos são temperadas com um entendimento de si e dos outros. É uma sabedoria clichê derivada daquela velha lição do “seja você mesmo”, lugar-comum em animações familiares, mas funciona. Até mesmo a motivação do vilão se encaixa aqui justamente por ser um chavão dos antigos filmes de kung-fu que o longa presta homenagem.
O que também funciona muito bem é o visual da produção. Apesar da DreamWorks não ter exatamente o mesmo capricho técnico da Disney/Pixar, o design visual do longa é deveras inteligente, especialmente na mistura entre animação tradicional e computadorizada, além de uma montagem dinâmica e vibrante, que espelha a empolgação de Po para com o mundo. O mesmo vale para a fotografia em cores quentes, representando sempre o espírito otimista do personagem.
As texturas dos pêlos dos personagens impressionam, assim como a coreografia e a física de colisões e até mesmo a coreografia envolvida nos combates. Junte tudo isso com a empolgante trilha sonora de Hans Zimmer e temos um filme que passa longe de ser perfeito, mas diverte igualmente crianças e adultos e fecha de maneira digna essa trilogia que já dura oito anos.

Fonte: Jornal Floripa

Mulher grávida ou jovem deve ser prioridade em vacina da zika, diz OMS


A OMS (Organização Mundial da Saúde) definiu hoje como acredita que os recursos internacionais de pesquisa sobre o vírus da zika devem ser aplicados. A prioridade deve ser para o desenvolvimento de diagnósticos versáteis, métodos "inovadores" para combate ao mosquito e testes de vacinas, sobretudo para aplicar em gestantes.
"A vacinação de mulheres grávidas ou em idade reprodutiva é o principal objetivo, e será preciso adotar uma estratégia pragmática para acelerar o desenvolvimento de um produto eficiente e seguro", afirmou comunicado da organização divulgado nesta quarta-feira (9).
Segundo a OMS, já há 18 diferentes vacinas sendo desenvolvidas por empresas ou institutos de pesquisa, mas é improvável que alguma delas entre em testes clínicos ainda neste ano.

Diagnóstico
A organização também realçou em seu último comunicado a necessidade de criação de testes diagnósticos rápidos e abrangentes para combater a doença. Para monitorar o espalhamento da epidemia adequadamente será preciso ter testes "multiplex" -- que detectem a presença de chikungunya e dengue ao lado da zika -- disponíveis nos países mais atingidos.
Já há 30 diferentes grupos de pesquisa trabalhando na criação desses exames. Ainda não existe, porém, nenhum exame de anticorpos confiável para diferenciar zika de dengue. Isso será necessário porque os testes que detectam a presença do vírus por meio de material genético são caros e só funcionam durante um período curto da infecção.

Controle do mosquito
Com relação a tecnologias de combate ao mosquito Aedes aegypti, a organização reconheceu o relativo fracasso de métodos tradicionais, e pediu mais pesquisas.
"Especialistas em controle de vetores declararam claramente que como intervenções tradicionais -- como a pulverização de inseticida -- não tem tido impacto significativo na transmissão de dengue, o mesmo se aplica ao zika", afirma o documento.
Será preciso ter "rigor", porém, na avaliação de ferramentas novas contra o Aedes, como mosquitos transgênicos, bactérias e mosquitos irradiados, diz a organização. Há ao menos 10 diferentes tecnologias de combate ao Aedes sendo desenvolvidas agora.

Medicamentos
Segundo a OMS, há também oito instituições desenvolvendo terapias pós-infecção para o zika, mas essa não deve ser considerada uma prioridade neste momento.
"O vírus da zika induz uma febre leve e geralmente inofensiva na maioria dos pacientes", afirmou Marie-Paule Kieny, diretora-geral assistente da OMS e chefe de pesquisa e desenvolvimento. "Por essa razão, remédios para tratá-la parecem uma prioridade menor neste estágio."

Fonte: Bem Estar

Bahia: Chegada do metrô na rodoviária fica para setembro


A previsão de entrega do trecho Acesso Norte - Rodoviária, anunciada para o primeiro semestre deste ano, teve o prazo estendido até o próximo mês de setembro. A divulgação foi feita durante a vistoria ocorrida na manhã desta terça-feira, 8, em canteiros de obras da linha 2.
O motivo da mudança de prazo são as alterações que precisam ser feitas no trânsito da região para o andamento das intervenções.
"Das dez estações em construção, a da Rodoviária e a de Pernambués são as que apresentam mais dificuldade por conta do cruzamento com trechos da via exclusiva de ônibus", disse o presidente da CCR Bahia, Luis Valença, que participou da vistoria com o secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins, e o presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Eduardo Copello.
Ainda segundo o presidente da concessionária, faltam alguns ajustes de remanejamento de pontos de ônibus e no trajeto de linhas, além de outras intervenções viárias ainda não liberadas pela prefeitura para ações que minimizem os impactos no tráfego. Está em curso a negociação com a Transalvador e a Secretária Municipal de Mobilidade (Semob).
Apesar da dilatação do prazo, a CCR Metrô Bahia acredita que as obras estão avançadas. "Com cinco meses de trabalho, o Imbuí está bem adiantado e, no CAB, as intervenções começaram há dois meses e, também apresentam rapidez", disse o presidente da Companhia de Transportes da Bahia (CTB), Eduardo Copello.
As estações em construção no Imbuí e no Centro Administrativo da Bahia (CAB) estão com 35% e 25%, respectivamente, das obras concluídas. No total, as obras da Linha 2 estão 22% concluídas. A estação localizada no Detran está com 48,5% e a do Acesso Norte II (Rótula do Abacaxi) já chegou a 86%.
A via permanente entre Acesso Norte e Estação Detran está em andamento e tem conclusão prevista até abril. A extensão entre o Imbuí e Mussurunga deve ficar pronta no final deste ano. Toda a obra, que vai do Acesso Norte até o município de Lauro de Freitas, deve ser concluída em meados de 2017 e o trajeto deve ser feito em 27 minutos.
Do Acesso Norte até Mussurunga, 14 canteiros de obras estão em funcionamento: Acesso Norte, Detran, Rodoviária, Pernambués, Posto 1, Imbui, CAB, Canteiro Central, Pituaçu, Central de Concreto, Flamboyant, Tamburugy, Bairro da Paz e Mussurunga.
Para a continuidade do projeto após a estação do CAB, deve começar, nas próximas semanas, a transferência do monumento em homenagem a Luís Eduardo Magalhães para uma área em frente à sede da Assembleia Legislativa. "É o único obstáculo físico na Paralela. Estamos conversando com a família Magalhães para ajustes do projeto executivo", contou o presidente da CCR Bahia, Luis Valença.

Tráfego da Paralela
A objetivo é retirar os entraves da avenida Paralela. Cada estação também contará com uma passarela e serão implantados três retornos em forma de viadutos. "Todos serão feitos pelas vias marginais por meio de viadutos, pela direita", explicou o secretário de Desenvolvimento Urbano, Carlos Martins.
Eles serão construídos na região do Flamboyant (altura da Ferreira Costa), na área do Tamburugy (próximo ao shopping Paralela) e na via de acesso à praia de Stella Maris. Ao todo, serão nove retornos (Centro-Aeroporto), e sete (Aeroporto-Centro).
A linha 2 do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro de Freitas tem 23 quilômetros de extensão, 13 estações, 6 terminais de ônibus integrados e 12 bicicletários.
"O metrô, com 41 quilômetros nas duas linhas, vai se somar ao Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), que será interligado ao metrô, com mais 3,5 quilômetros. Sem contar com as duas vias transversais que vão da costa atlântica até a Baía de Todos-os-Santos melhorando a mobilidade", explicou Eduardo Copello, da CTB.

Integração
A operação plena, com integração entre a Linha 1 do Metrô de Salvador e as linhas de ônibus, está prevista para o mês de abril. O funcionamento será das 5h até a meia-noite, todos os dias.
Sem data definida, a integração das linhas de ônibus ao sistema metroviário foi confirmada pela Semob. "Com isso, esperamos a abertura da Estação Pirajá. Que o passageiro possa pegar qualquer linha que chega à estação, pagar R$ 3,30 e ter o direito de pegar o metrô e chegar à Lapa em 18 minutos", contou Luis Valença, da CCR.

Fonte: Portal A Tarde

Polêmica: Aécio Neves nega envolvimento em esquema de corrupção


Portal A Tarde - Após ser citado em suposta delação premiado do senador Delcídio de Amaral (PT), o senador Aécio Neves (PSDB) negou envolvimento no esquema investigado pela Operação Lava Jato. De acordo com o jornal 'Globo', Delcídio teria dito que o tucano atuou em uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). Não foram divulgadas mais informações sobre essa suposta interferência de Aécio.
Nesta quarta, 9, o senador usou as redes sociais para desmentir a participação no esquema. Em vídeo, ele disse que essa é mais "uma tentativa de vincular a oposição e meu nome na Operação Lava Jato". Aécio ainda afirmou que "outras tentativas já ocorreram e foram desmascaradas, porque eram falsas".
O tucano acusa o PT e aliados de estarem envolvidos no esquema, que, de acordo com ele, não teria participação de políticos da oposição. Aécio aproveitou o vídeo para convocar a população para um protesto contra a presidente Dilma Rousseff, agendado para acontecer neste domingo, 13, em diversas capitais.

Sessão de Risos: sacando dinheiro

'Comi meus amigos para sobreviver', relembra vítima de acidente aéreo


O uruguaio Roberto Canessa era um dos 45 passageiros do avião que caiu na Cordilheira dos Andes, no Chile, em 1972.
Ao todo, 12 pessoas morreram na queda, seis nos dias seguintes - quando uma avalanche atingiu os destroços do avião - e 11 pela escassez de alimentos e pelas condições críticas.
Os 16 sobreviventes, integrantes de um time de rúgbi, tiveram que se alimentar dos corpos para ter qualquer chance de aguentar até o resgate, que demorou dois meses.
Em entrevista ao programa Victoria Derbyshire, da BBC, Canessa, que hoje é um bem-sucedido cardiologista, conta o drama que motivou a decisão.
Ele está lançando um livro sobre o episódio, ainda sem edição no Brasil, chamado I Had to Survive: How a Plane Crash in the Andes Inspired My Calling to Save Lives ("Eu tinha que sobreviver: como um acidente de avião nos Andes inspirou minha vocação para salvar vidas", em tradução livre).
O episódio também inspirou o filme Vivos (1993), em que Canessa é interpretado pelo ator Josh Hamilton.
O resgate demorou dois meses. Canessa, que tinha 19 anos à época, caminhou com um colega por 11 dias até encontrar pastores no pé da cordilheira.
O avião caiu quando seguia de Montevidéu para Santiago, em outubro de 1972. O piloto teve que fazer um pouso de emergência em um vale após uma forte turbulência em meio a uma tempestade.


No início, eles sobreviveram com barras de chocolate, doces e pequenos lanches que encontraram nas bagagens. Derreteram gelo para água e usaram bancos do avião como camas.
Eles conseguiram fazer um rádio funcionar e ouviram as notícias sobre o fim das buscas ao avião, cerca de uma semana após a queda.
Quando a comida acabou, os sobreviventes tiveram que tomar a decisão radical.
"Alguém disse: acho que estou ficando louco, porque estou pensando em comer os corpos. O capitão do time disse: 'Você está louco, não nos tornaremos canibais, com certeza não iremos por esse caminho'", conta Canessa.
Ele também diz ter relutado no começo, mas depois mudou de ideia.
"Pensei que se fosse uma das vítimas teria orgulho de meu corpo ser usado por meus colegas como um projeto de vida", afirma.
Segundo ele, há quem pense que o recurso tenha sido uma "fórmula mágica" da sobrevivência, o que ele nega.
"Sobrevivemos porque éramos um time, porque estávamos juntos, porque andamos 11 dias (até encontrar ajuda)."

Fonte: BBC

Do cabelo sujo à cueca vermelha: os rituais de sorte dos estudantes orientais para passar em provas


1. Katsudon e Kit Kat
No Japão existe a tradição de os estudantes comerem katsudon antes ou no dia da prova. Katsudon é uma tigela quente de arroz com uma costeleta de porco coberta com um ovo frito.
O nome do prato é parecido com a palavra em japonês "katsu" que significa "vencedor" e, por isso, acredita-se que o prato traga sorte para os estudantes.
Outro amuleto que vem conquistando cada vez mais adeptos é o chocolate Kit Kat, que no Japão lançou uma campanha de marketing se apresentado como "chocolate da sorte".
Os japoneses pronunciam o nome do chocolate como "kitto katto", o que é parecido com a frase "kitto katsu", que significa "certamente vencedor".



2. Maçã
Cantinas de universidades de Hong Kong servem maçãs e uma série de pratos preparados com a fruta nos períodos que antecedem as provas.
"A pronúncia da palavra maçã em chinês é 'ping guo', que também significa 'segurança'. Então, as pessoas acham que passarão na prova com segurança", disse Chong Wang, de Nanjing, na China.




3. Cabelo sujo
Alguns estudantes desses países se concentram tanto antes das provas que podem até esquecer de tomar banho.
Mas na Coreia do Sul isto não é uma preocupação. No país acredita-se que o estudante que lava os cabelos pode também estar lavando tudo o que aprendeu.
"Havia um menino na nossa classe que não lavava o cabelo antes das provas. O resto do tempo ele era muito limpo, mas se você conhecesse o ritual dele antes das provas, não iria querer ficar perto", disse um estudante do país sobre um de seus colegas de classe.




4. Tomando Caju
Em Hong Kong, cerca de um mês antes do começo da época de provas os estudantes se reúnem em clubes, sociedades ou salões para o "superpass", ouging guo.
O ging guo consiste em um ritual que envolve várias atividades que visam ajudar você a passar nas provas com a nota máxima. A primeira parte é o jantar, que geralmente ocorre em um restaurante chinês.
É importante que os estudantes comam carne de porco cortada em cubos com castanha de caju, um dos pratos mais tradicionais destas reuniões. A palavra em chinês para caju soa como a palavra para "desejo de passar" e "carne de porco em cubos" soa como "desejo por destaque".
Estas semelhanças de sons têm um papel muito importante nos rituais e superstições dos idiomas do Extremo Oriente.




5. Cortando um porco
Outra atividade do "superpass" ou ging guo é o corte ao meio do porco assado com um cutelo.
A carne de porco é tida como oferenda sagrada na China.
Cada participante do ritual tenta cortar o porco assado pela metade com apenas um golpe.
Acredita-se que os que conseguem a façanha passarão nas provas logo na primeira vez. Os que não conseguem, teriam de refazer algumas delas.
Em seguida, os estudantes comem kiwis, pois a palavra em chinês para a fruta soa como "fácil passar nas provas".



6. Orações
Muitos estudantes do leste da Ásia recebem grande atenção e apoio dos pais, quer eles queiram ou não.
"Alguns pais esperam pelos filhos do lado de fora da sala de provas, rezando para eles passarem. Minha mãe fez isto, mas os meus resultados foram horríveis", disse o professor sul-coreano Ji-Youn Jung.
Os pais mais entusiasmados chegam a rezar em templos budistas diariamente nos cem dias que antecedem as provas.


7. Evitar a sopa
Na Coreia do Sul, muitos acreditam que a textura escorregadia de uma famosa sopa local de algas marinhas faz com que os estudantes percam todo o conhecimento que acumularam durante as revisões para as provas.
"Tento não tomar sopa de alga marinha antes de ocasiões importantes como as provas finais ou entrevistas. Mas não me preocupo muito se esqueço e acabo tomando a sopa", disse Ji-Youn.
"Minha tradição pessoal é macarrão no café da manhã do dia da prova, pois macarrão pode significar que 'tudo corre bem' em chinês. Mas eu também levo meu relógio da sorte", disse Chong Wang, estudante chinês.



8. Doce grudento e galinha
Um pouco de açúcar pode aumentar a energia. Mas os sul-coreanos também acreditam que um doce chamado yeot pode ajudar a passar nas provas.
O yeot é um lanchinho doce e grudento, geralmente consumido antes de provas importantes. Principalmente as provas para entrar em universidades.
"Yeot é um doce grudento e as palavras em coreano para 'grudento' e 'passar no vestibular' têm o mesmo som", disse Ji-Youn.
Para quem não é muito fã do doce, a alternativa é caldo de galinha, para aumentar o poder do cérebro.
Estudantes de Hong Kong, Cingapura, Malásia e da China tomam o caldo durante a revisão e na manhã da prova.



9. Roupa íntima vermelha
Os chineses acreditam que vermelho é uma cor que dá sorte. E que seria uma boa ideia usar peças de roupa desta cor - mais especificamente cuecas ou calcinhas vermelhas - ao se fazer as provas.
Existe até um ditado chinês: quando uma pessoa é muito bem-sucedida, os chineses perguntam "você está usando roupa de baixo vermelha?".
Mas nem todos acreditam nisto.
"Algumas pessoas podem evitar usar vermelho durante as provas na China. As notas de quem não passa são escritas em vermelho nas folhas de notas", disse Chong Wang.


10. Orações para o 'Deus da Curva de Sino'
O Deus da Curva de Sino personifica o medo que os estudantes universitários dos sistema de avaliação baseado na "curva de sino" (também conhecida como curva gaussiana) usado nas universidade mais conhecidas da Ásia, como a Universidade Nacional de Cingapura e a Universidade de Tecnologia de Nanyang, também em Cingapura.
Este sistema significa que os estudantes não são avaliados apenas pelas boas notas nas provas, mas também comparando-o com o desempenho de todos os outros alunos do grupo ou classe.
Em um país onde o nível de exigência já é bastante alto, isso aumenta ainda mais a competição entre estudantes.
Templos dedicados ao Deus da Curva de Sino foram estabelecidos nas duas universidades de Cingapura e os estudantes deixam velas e comida como oferendas.
A Universidade Nacional de Cingapura até abriu um site e contas no Facebook e Twitter para o Deus da Curva de Sino receber as orações virtuais dos estudantes.
"Sendo estudantes, estamos sujeitos à força onipotente e inescrutável que é o Deus da Curva de Sino. Ele é o ser arbitrário que decide nossas notas", afirmou Dylan Lee Soon Yoong.

Condenação de Odebrecht 'é marco em 30 anos de democracia', diz pesquisador americano

Para pesquisador americano, condenação de Marcelo Odebrecht (acima, em foto de 2015) 'representa mudança de curso'
Odebrecht, de 47 anos, pertence à terceira geração da família que ergueu um dos maiores grupos empresariais do continente, com negócios em 23 países. Ele estava preso preventivamente desde junho.
Para Moro, as investigações comprovaram que Odebrecht, ex-presidente do grupo, pagou mais de R$ 113 milhões em propinas para que sua empresa conquistasse contratos com a Petrobras, lógica que repete a adotada por outras companhias envolvidas no esquema, segundo decisões anteriores.
Delatores apontaram Odebrecht não só como um participante, mas como o líder de um cartel que gerenciaria contratos com a estatal – o que as defesas dele e da companhia sempre negaram.
Em nota, um dos advogados do empresário afirmou que a "sentença era esperada" porque a Justiça "havia externado sua convicção previamente em diversos momentos, nos autos e fora dele". Também afirma que Odebrecht irá recorrer da decisão que considera "injusta e equivocada, além de lastreada em provas obtidas ilegalmente".
Para Taylor, a condenação "representa uma mudança de curso, especialmente se formos pensar que se sabe sobre corrupção por parte de empresários há muitos anos no Brasil. Então, o fato de um deles, eu diria o maior de todos eles, não só estar preso, mas ter sido condenado, é um grande avanço".
"Certamente é a condenação mais importante até o momento na operação Lava Jato", disse, em entrevista por telefone à BBC Brasil.
Taylor é autor de estudos internacionais sobre democracia e corrupção no Brasil e chegou a ser professor do curso de Ciências Políticas da USP entre 2006 e 2011. Junto com Timothy Power, publicou o livro Corruption and Democracy in Brazil: The Struggle for Accountability (Corrupção e democracia no Brasil: a luta por responsabilização).

Iniciativas da Lava Jato também geram polêmica, entre elas a da delação premiada; acima, juiz Sergio Moro
O pesquisador destaca o fato de que Odebrecht, assim como outros executivos que têm sido investigados e presos na Lava Jato, "não são apenas empresários, mas atores políticos muito relevantes", na medida em que suas empreiteiras estavam entre as maiores doadoras de campanhas eleitorais (no ano passado, uma decisão do STF proibiu doações de empresas a partidos e políticos).
"Ou seja são atores relevantes não apenas por sua força como empresários, mas especialmente por sua força como atores políticos."

Alcance incerto
Apesar de considerar a Lava Jato um marco no combate à corrupção, Taylor diz que a amplitude do seu impacto, porém, ainda não está clara.
De um lado, o professor acredita que a sentença recebida por Odebrecht pode levar a novos acordos de delação premiada por parte de empresários interessados em tentar reduzir sua penas, o que representa novos riscos para o governo e políticos investigados.
No momento, a presidente Dilma Rousseff enfrenta o risco de perder seu mandato em um processo de impeachment no Congresso ou por meio de uma eventual condenação no Tribunal Superior Eleitoral em ações que investigam suposto uso de recursos desviados da Petrobras em sua campanha presidencial de 2014.
"Certamente poucos entendem tão bem do que foi feito (em esquemas de corrupção) do que empresários como Odebrecht. Isso (novos acordos de delação) seria muito perigoso para todos os envolvidos. Certamente aumenta o risco para aqueles que já estão citados no escândalo", disse, evitando citar nomes.

De outro lado, acredita Taylor, o impacto mais amplo da Lava Jato deve depender de três fatores:
1) O que ocorrerá com os processos e condenações da Lava Jato quando as sentenças de Moro passarem pela análise das instâncias superiores da Justiça?
2) O que acontecerá com os políticos investigados na operação ao serem julgados pelo STF? Na sua avaliação, a Corte "está lidando com esses processos numa velocidade muito inferior à da própria Lava Jato".
3) E qual será a extensão do padrão de atuação da Lava Jato para os demais órgãos investigativos e o Judiciário?

Taylor nota que no caso dessa operação houve uma "conjunção de fatores extremamente proveitosa", com a união em torno de um mesmo caso de procuradores e policiais federais que já tinham trabalhado juntos, atuando na jurisdição da vara de um juiz "conhecido como um dos maiores entendedores de corrupção e lavagem de dinheiro" - no caso, Sergio Moro.
"Eu não tenho uma resposta a essas três perguntas, mas acho que elas são fundamentais para saber se a Lava Jato terá um impacto significativo a longo prazo", afirma.
"Será que outras varas de primeira instância vão começar a agir da mesma forma (que a de Moro)? Será que outros procuradores do Ministério Público, seja federal ou estaduais, também terão sucesso?"

Críticas
Apesar de a Lava Jato estar sendo muito aplaudida, a operação também tem sido alvo de críticas, principalmente de advogados que apontam o suposto o uso da prisão preventiva como forma de pressionar os investigados a assinarem acordos de delação premiada.
"Eu entendo os críticos porque o instrumento da delação premiada é muito novo na lei brasileira e, portanto, existe um certo desconhecimento e certa surpresa", afirma Taylor.
"Mas a delação premiada é um recurso muito importante. Este processo não teria avançado de forma tão contundente sem esse instrumento", defende.

Fonte; bbc

O que é e o que não é 'Feminismo'?

Feminismo é um movimento que serve como luta de conquista de direitos das mulheres, surgido em 1872. Ele está presente no mundo musical, literário e no cinematográfico, destacando a cantora 'Billie Holiday', a escritora 'Margaret Atwood' e a cineasta 'Laura Mulvey'.
Algumas pessoas e até mesmo as próprias mulheres que fazem parte desse movimento não entendem o real significado e não pensam em como o 'feminismo' realmente poderia ser bem visto na sociedade.
Na imagem abaixo, poderemos ver como as integrantes desse movimento pensam que é (de preto) e como realmente é o feminismo (de laranja). Veja:

Lázaro Ramos dá entrevista reveladora e fala sobre Taís Araújo


Um dos atores mais amados do Brasil, Lázaro Ramos terá uma grande e nova experiência pela frente. O astro e marido de Taís Araújo chega aos cinemas no dia 17 de março em Mundo Cão, como o mal caráter Nenê, um policial corrupto, que odeia seres humanos, mas com uma paixão enorme por cachorros.
Apesar de seus papéis fortes, como em O Topo da Montanha, e outros de grande peso para a teledramaturgia, como Mr. Brau, Lázaro acredita que a dificuldade de seu primeiro vilão esteja em sua agressividade: "Nenê é um personagem totalmente diferente do que eu já interpretei. Eu me interessei muito pelo roteiro, a qualidade é muito boa, foi por isso que aceitei fazer. Foi um grande desafio, pois eu sou muito diferente do personagem. A maior dificuldade foi alcançar o nível de agressividade dele. Eu sou um cara muito pacífico, não gosto de violência, procuro ser o mais racional possível e o personagem é totalmente o contrário disso. Mas, como ator, foi muito bom ter esse aprendizado e ter de fazer esse tipo papel que acrescenta muito ao longo da carreira."
Ao contrário de muita gente que prefere separar a vida de casal com o trabalho, Lázaro ainda mostrou que o casamento com Taís Araújo está dando certo tanto pessoalmente como profissionalmente. "O segredo para dar certo é ter projeto junto! O amor que a gente tem um pelo outro, mas também pelo trabalho que está nos unindo ainda mais."
Quando questionado se protagonizaria uma novela das nove ao lado da amada, o ator solta um um Nossa bem alto, se surpreende e conta que ficaria muito feliz em estar ao lado dela novamente:- Seria um belo projeto, hein? Eu gosto muito de trabalhar com Taís, todas as vezes que eu trabalhei com ela fui muito feliz. Esse ano de 2015 a gente passou 24 horas junto, foi muito legal, deu supercerto, pensando muito sobre trabalho.
Lázaro também se mostrou empolgado com a nova temporada de Mr. Brau, que chega em abril às telinhas da Globo. O ator ainda relembrou como foi comandar um trio elétrico no lugar de Ivete Sangalo e diz que só conseguiu subir ao palco e encarar a multidão por causa do personagem: "Foi emocionante, eletrizante, muito lindo e motivo de muito nervoso. Mas acho que só deu certo porque eu estava protegido pelo personagem. Acho que vai dar muita veracidade ao Mr. Brau, mas se fosse só o Lázaro, provavelmente não ia subir, diz rindo.".

Fonte: Diário 24 Horas

Por onde anda a atriz Tânia Khalil, a 'Duda' de "Caminho das Índias"?


Tânia Calil Padis Campos nasceu em 8 de julho de 1977 na cidade de São Paulo-SP.
Ela é a segunda de três filhos de um pediatra e de uma psicóloga.
Ela estreou em 2002 na novela Sabor da Paixão, mas só foi reconhecida em 2004 quando participou de Senhora do Destino interpretando Nalva, ex-nora de Maria do Carmo (Susana Vieira). O último papel em novelas foi Jóia Rara, que foi ao ar em 2013 com pouca audiência.
Está no ar pelo "Vale A Pena Ver de Novo" com a reprise da novela Caminho das Índias, que foi ao ar em 2009 no horário das oito.
É casada desde 2005 com o cantor Jair Oliveira, conhecido como Jairzinho, que na infância integrou o grupo Balão Mágico, e tem duas filhas com ele: Isabella, nascida em 10 de julho de 2007, e Laura, nascida em 5 de março de 2011.

09 de março: Dia do DJ

Parabéns para todos os DJs e muito sucesso para todos!

Gilberto Gil tem alta de hospital em São Paulo


O cantor Gilberto Gil recebeu alta médica do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, nesta quarta-feira (9). A assessoria do cantor afirmou, no entanto, que ele segue no hospital e só deve deixar o local após o meio-dia.
Gil estava internado desde o dia 25 de fevereiro, quando apresentou um quadro de hipertensão arterial.
A assessoria do músico informou ao G1, em 1º de março, que o músico havia procurado o hospital para fazer um check-up de rotina, pois havia acabado de voltar de turnê de shows com Caetano Veloso pela Europa.

Agenda
Gilberto Gil deve viajar com Caetano para shows nos Estados Unidos, Peru e Chile a partir de 3 de abril.

Fonte: G1

Willow Smith é nomeada nova embaixadora da Chanel


A grife Chanel anunciou na última terça-feira (08), logo após o desfile de Inverno de 2017 na semana de moda de Paris, que a cantora e atriz Willow Smith, 15 anos, é a sua nova embaixadora.
Willow postou uma foto no seu Instagram ao lado do diretor criativo da maison, Karl Lagerfeld, agradecendo a oportunidade.
“Obrigada Karl Lagerfeld e todo o time da Chanel por expandir as percepções de ‘beleza’ me elegendo como nova embaixadora da grife. Eu me sinto honrada”, escreveu na legenda da imagem.
Willow Smith ocupará o posto em que já estiveram nomes como Kristen Stwart , Blake Lively e Lily Rose Depp.
A filha de Will Smith e Jada Pinkett Smith não é a única pessoa da família se envolvendo com o mundo da moda. O irmão Jaden Smith estrelou recentemente a campanha feminina da Louis Vuitton.

Fonte: Vírgula

Dance Mania: com Eric Prydz (Call On Me)

Título: Call On Me
Artista: Eric Prydz
Ano: 2004
Duração: 2:52

Claudia Leitte relembra casamento com Márcio Pedreira: "Nove anos"

Claudia Leitte em seu casamento
Claudia Leitte voltou a se declarar ao marido, Márcio Pedreira, com uma foto romântica. A imagem, divulgada no Instagram da cantora, na noite de segunda (7), na qual ela aparece com o amado no dia do casamento.
"Deus é bom e eu acredito que não há acaso quando existe amor! Faz nove anos desde o #SIM! #HappyAniversaryMaMan #9", escreveu Claudia Leitte, que está em época de comemoração com o marido. Mais cedo, foi a vez de Pedreira, que usou a web para relembrar mais um ano de casamento com a cantora. "9 anos de casados. Te amo minha princesa".


EGO - Aryane Steinkopf sobre medo da zika na gravidez: 'Desmarquei trabalhos'


Aryane Steinkopf está colhendo os frutos dos planos que fez com muito carinho e dedicação ao lado do marido, Beto Malfacini. Depois de construírem e se mudarem para a nova casa dos dois, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio, Aryane espera seu primeiro filho. "Noivamos, casamos, construímos a nossa casa e agora vamos ter nosso filho. Foi tudo muito planejado, sou uma pessoa muito organizada", disse a DJ e modelo em entrevista ao EGO. Tranquila como a autora de cada página de conto de fadas que está vivendo, Aryane contou que está na décima primeira semana de gestação e engravidou um mês depois de suspender o anticoncepcional.
"Tirei em dezembro e engravidei em janeiro", disse ela, que já ostenta uma barriguinha que entrega a gravidez. "Eu fiquei surpresa com a barriga por já estar aparecendo. Falei: 'Será que vou ter um bebê gigante?'. Porque o Beto nasceu com 5kg", contou ela, aos risos. Aliás, foi graças a barriguinha evidente que a loira decidiu que era a hora dedivulgar a gestação em seu perfil no Instagram na terça-feira, 8. "Me preocupei em esperar para divulgar, mas logo que soube que estava grávida postava fotos e, como o rosto mudou muito, as pessoas percebebiam e comentavam que eu estava grávida. Parei de colocar fotos até que chegou uma hora que eu vi que não tinha mais como esconder. Meu corpo inteiro mudou muito", falou.


Além da gravidez aparente, Aryane disse que não pretendia esconder a novidade por muito tempo mesmo, já que queria dividir a alegria com os amigos e fãs. "Foi uma gravidez planejada, é uma criança muito esperada, sou casada, as pessoas já estavam nessa expectativa. Minha família ficou toda muito emocionada e a família do Beto também, mas ninguém esperava que ia ser tão rápido. Foi o momento certo, depois que construímos a casa com o quarto que fizemos para ele. Estava tudo conspirando para esse momento", afirmou.

"Só quero que ele esteja bem e saudável"
Aryane disse que mesmo antes de fazer o exame já havia percebido que estava grávida. "Eu tinha suspendido a pílula, a menstruaçao não veio e conheço meu corpo muito bem. Percebi que tinha perdido a cintura, estava reta. Fiz o exame de farmácia e deu positivo. Eu contei para a minha melhor amiga e decidi fazer uma surpresa para o Beto. Ele saiu para ir para a academia e eu coloquei o resultado numa caixinha com uma roupinha de neném. Quando ele abriu viu e ficou todo emocionado, chorou", lembrou.
A mamãe de primeira viagem ainda não sabe o sexo do bebê e disse que pretende esperar o momento em que for possível saber a novidade através do exame de ultrassom. "Só dá para saber pelo ultrassom a partir de 16 semanas e se o neném estiver posicionado para a frente, sem cobrir o sexo. Antes de engravidar eu falava que ia querer fazer o exame de sangue que permite saber a partir de 11 semanas, mas agora quero ver na ultra porque é mais emocionante. O sexo ficou menos importante, só quero que ele esteja bem e saudável", falou.


Primeiras semanas: enjôo e azia
Sobre os sintomas que toda grávida costuma sentir, Aryane entregou que as primeiras semanas não foram muito fáceis. "Até a nona semana estava com enjôo, depois me deu azia, mas agora parou. Antes não conseguia fazer nada como ir a academia ou dar uma caminhada, mas agora está me dando disposição de novo. Eu não tinha ânimo nenhum e olha que eu sempre malhei. Agora estou indo malhar regularmente com acompanhamento médico", comentou ela, que mudou a rotina de exercícios por causa da gravidez.
"Até o terceiro mês não pode fazer exercício que aumente muito a frequência cardíaca então estou evitando treinos exaustivos e cargas pesadas. Faço um treino mais leve e com menos séries. Depois vou poder fazer um treino mais moderado. Não pretendo parar porque é saudável se exercitar tanto para não engordar muito quanto para se preparar para o parto, para ter tônus e o ventre fortificado", explicou Aryane, que até agora ganhou apenas 500 gramas. "Mas quando dá da preguiça eu respeito meu corpo. Se não estou disposta não vou, mas no resto da semana estou sempre lá", falou.
Eu não comia e nem gostava de pizza, mas me deu desejo de comer pizza de calabresa. Também tive desejo de pastel de feira, coxinha e miojo. Coisas que eu nunca comia e estava há anos sem comer"
Aryane Steinkopf
O que mais mudou foi a alimentação da mulher de Beto Malfacini, sempre extremamente saudável. Aryane conta que as mudanças deixaram o marido de cabelo em pé. "Agora me permito comer coisas que não comia antes porque realmente tenho desejos. Eu quero ter uma gestação feliz, sem paranoia nenhuma. Claro que não exagero, mas se estou com vontade de comer alguma coisa vou lá e como. Eu não comia e nem gostava de pizza, mas me deu desejo de comer pizza de calabresa. Também tive desejo de pastel de feira, coxinha e miojo. Coisas que eu nunca comia e estava há anos sem comer", revelou ela, bem-humorada. "Beto estava embarcando na minha, comendo, e engordou junto comigo. Ai ele pediu pelo amor de Deus para eu dar uma segurada (risos)", falou.


"Nem parece que estou grávida"
Beto é modelo internacional e costuma viajar para fora do país com frequência. Na semana passada, ele viajou para o exterior mais uma vez. "Ele fica superpreocupado, todo dia manda mensagem perguntando se preciso de alguma coisa, pergunta como está nosso filho. Como a minha gravidez está sendo muito tranquila, está sendo mais fácil. Nem parece que estou grávida", explicou.
Aryante contou que está esperando saber o sexo do bebê para decorar o quartinho da criança, mas já começou a pesquisar itens para o enxoval. "Não sou exagerada e nem consumista porque sei que a criança perde muito rápido e ganhamos muita coisa. Então não estou me preocupando muito, mas estou vendo algumas coisas", disse.
Sobre a zika, o grande pesadelo das grávidas atualmente, Aryane disse que tem tentado não viver em função do medo da epidemia, mas que mudou a rotina e sua agenda de trabalho para tentar minimizar as chances de ser picada pelo mosquito que transmite a doença. "Me preocupa, tanto que toda vez que acordo passo o repelente e reaplico de três em três horas, mas não deixo esse medo tomar conta de mim. Acredito muito em Deus, penso que vai dar tudo certo. Me protejo e tomo todas as precauções, inclusive na minha casa e perto de casa. Vejo se tem água acumulada, essas coisas, mas não deixo o temor da zika tomar conta de mim", afirmou.
E continuou: "Eu tinha trabalhamos agendados para esses meses e disse ao meu agente que não tinha como viajar porque seriam muitas regiões diferentes do Brasil e afastadas. Achei melhor não, deixa e ficar quietinha na minha casa, quero ter uma gestação tranquila".
Aryane disse ainda que quer ter mais um filho. "Quero que ele tenha um irmão, acho que é bom para todo mundo", falou ela, que gostaria de ter parto normal, mas não pretende fazer disso uma regra. "Quero tentar o parto normal e se em até seis horas não acontecer, aí eu parto para a cesárea. Não quero entrar na neura de querer parto normal de qualquer jeito. Se ficar nessa paranoia, acho que na hora dá tudo errado. Melhor relaxar e deixar as coisas fluírem", falou.

TV Globo não sabe o que fazer após ex-BBB dar entrevista ao 'Pânico'


A TV Globo foi pega de surpresa ao saber que Ana Paula Renault conversou com o “Pânico na Band”, no último domingo (6).
Isso porque a ex-participante do “Big Brother Brasil 16” tem contrato de exclusividade com o canal de Roberto Marinho por seis meses e não pode conceder entrevista a nenhuma emissora de TV até vencer o prazo do documento.
Agora, a emissora carioca não sabe quais medidas tomará contra a ex-participante do “Big Brother Brasil 16”, segundo o jornal “Folha de S. Paulo”.
Para quem não sabe, a ex-sister conversou com repórteres do humorístico sem saber que estava sendo filmada. Para conseguir falar com a mineira, os profissionais chegaram a afirmar que as câmeras estavam desligadas, mas elas continuaram a gravar a conversa.
Apesar do deslize de Ana Paula, a Globo manteve sua participação no “Fantástico”, no “Mais Você”, e virou assunto do “Encontro com Fátima Bernardes”, durante uma discussão sobre desequilíbrio emocional.
Ana Paula foi desclassificada do reality show no sábado (5), após dar dois tapas no rosto de Renan.

Fonte: Tribuna Hoje

BBB16: André Marques fala sobre declaração de Ana Paula


Nesta terça-feira, 8, o apresentador André Marques acabou respondendo uma declaração que a ex-BBB Ana Paula deu sobre ele, durante os bastidores do programa "Mais Você".
Em entrevista ao site Gshow, na segunda, 7, a jornalista revelou um certo interesse pelo apresentador. "Quero conhecê-lo, porque depois do tapa na cara ninguém vai querer nada comigo. Tenho 34 anos, sou solteira e encalhada. André Marques é doido também, vai dar certo", disse.
Ao site Ego, André brincou: "Vou arranjar um protetor de muay thai para usar quando encontrar com ela então (risos). Se ela não me der um tapa na cara, quem sabe, né? Tô cheio de problema já... Mas fico feliz por ela falar isso. Ser elogiado por mulher é sempre bom".

Fonte: Portal A Tarde

Loteria: Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 3,5 milhões na próxima quinta-feira


Nenhum apostador acertou todas as seis dezenas sorteadas pela Mega-Sena no primeiro concurso em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, realizado nesta terça-feira (8). Com isso, o valor do prêmio acumulou e a loteria promete pagar R$ 3,5 milhões na próxima quinta-feira (10).

Nesta terça, as dezenas sorteadas no concurso 1797 da Mega-Sena foram: 02 — 13 — 14 — 35 — 54 — 57.
Apesar de ninguém ter cravado os seis números, 32 pessoas marcaram cinco das dezenas e faturaram R$ 27.759,94 casa. Outros 2.516 apostadores acertaram quatro números e ganharam R$ 504,38 cada.


Para concorrer ao prêmio de R$ 3,5 milhões da próxima quinta-feira, basta ir a uma casa lotérica e marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).
Cada jogo de seis números custa R$ 3,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do País.
Outra opção é o Bolão Caixa, que permite ao apostador fazer apostas em grupo. Basta preencher o campo próprio no volante ou solicitar ao atendente da lotérica. Você também pode comprar cotas de bolões organizados pelas lotéricas.
Neste caso, poderá ser cobrada uma Tarifa de Serviço adicional de até 35% do valor da cota. Na Mega-Sena, os bolões têm preço mínimo de R$ 10. Porém, cada cota não pode ser inferior a R$ 4. É possível realizar um bolão de no mínimo 2 e no máximo 100 cotas.

Fonte: R7

Saúde: Zika pode prejudicar o feto em qualquer fase da gravidez


A infecção por zika pode prejudicar o feto em qualquer fase da gravidez, não apenas se a mãe adoecer nas primeiras semanas de gestação, como se imaginava inicialmente. É o que mostra pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz e da Universidade da Califórnia, publicada no site da revista científica The New England Journal of Medicine. De 42 mulheres acompanhadas, 29% esperavam bebês com alterações no sistema nervoso central.
Os filhos de mulheres contaminadas entre a 5ª e a 38ª semanas de gravidez apresentaram más-formações, como microcefalia, calcificações cerebrais, restrição de crescimento intrauterino, ausência de hemisférios cerebrais. A infecção pelo vírus também afetou a função placentária e houve casos de grávidas com pouco líquido e até mesmo com ausência de líquido amniótico. Dois fetos morreram; suas mães haviam adoecido na 25ª e na 32ª semanas de gestação.
O estudo, iniciado em setembro, antes mesmo de o Ministério da Saúde decretar emergência em saúde pública, acompanhou 88 mulheres com sintomas de zika, como manchas vermelhas no corpo, conjuntivite, dor de cabeça e dores nas articulações. Os exames deram positivo para zika em 72 mulheres (82%): 42 aceitaram ser acompanhadas e passaram por ultrassonografia; as demais alegaram que o local para os exames era distante de casa ou se negaram a fazer os testes por temer os resultados. As 16 que tiveram teste para zika negativo também passaram por ultrassonografias.
Todas eram saudáveis, e não apresentavam nenhum outro fator de risco além de terem contraído zika – possíveis causas de microcefalia, como sífilis, citomegalovírus e rubéola haviam sido afastadas nos exames. Um dado chamou a atenção dos pesquisadores e foi registrado no trabalho: 88% das grávidas já haviam tido dengue, confirmado por exames de sangue. As mulheres relataram ainda que outros parentes haviam contraído zika – 21% delas disseram que seus companheiros adoeceram.
Das 42 mulheres acompanhadas, 12 esperavam bebês com más-formações. As ultrassonografias mostraram que cinco deles tinham restrição de crescimento intrauterino (com ou sem microcefalia); quatro apresentavam calcificações cerebrais, dois tinham outras lesões do sistema nervoso central; quantidade insuficiente de líquido amniótico foram percebidas em sete crianças. Quatro fetos tinham fluxo anormal nas artérias cerebrais ou umbilicais.
Seis mulheres deram à luz e os achados na ultrassonografia foram confirmados: um bebê tinha microcefalia severa e atrofia cerebral; dois bebês diagnosticados com restrição do crescimento intrauterino foram considerados pequenos ao nascer e com cabeças proporcionais e um bebê cuja mãe apresentou pouco líquido amniótico nasceu com tamanho adequado para a idade gestacional. Duas mulheres que não tiveram zika deram à luz bebês sem nenhuma alteração.
Para os pesquisadores, esses resultados “fornecem apoio adicional” para mostrar a ligação entre a infecção de grávidas por zika e “anomalias fetais e placentárias”. “Apesar de os sintomas clínicos leves , infecção pelo vírus zika durante a gravidez parece estar associada a resultados graves, como morte fetal, insuficiência placentária, restrição de crescimento fetal, e lesões do sistema nervoso central”, escreveram os pesquisadores. Eles recomendam o cuidadoso acompanhamento dessas mulheres para avaliar os sinais de insuficiência placentária, que podem levar à morte do feto. O estudo, que reúne pesquisadores de diferentes instituições ligadas à Fiocruz, como o Instituto Nacional de Infectologia (INI) e o Instituto Fernandes Figueiras, ainda não foi encerrado. As crianças nascidas dessas mães serão acompanhadas por longo prazo em outras fases da pesquisa. Com informações do Estadão Conteúdo.

Fonte: Campos 24Horas (Campos dos Goytacazes)