sexta-feira, 29 de julho de 2016

Em entrevista, Giovanna Ewbank se emociona ao falar sobre sua filha, Chissomo

Giovanna Ewbank está em um novo momento de sua vida! Além da atriz e apresentadora ter se tornado mãe ao adotar a pequena Chissomo com o marido, o ator Bruno Gagliasso, agora a bela acaba de lançar seu próprio portal de notícias na internet, o “Gioh”. Em entrevista para o RP e youtuber Caio Fisher, a ex-repórter do “Vídeo Show”contou que com a chegada de sua filha, vinda do Malauí, tem mudado até os seus hábitos alimentares.
“Eu comecei o processo de adoção no ano passado e decidi que ia me tornar vegetariana, para que tudo desse certo, e, agora, não tem como voltar atrás”, disse a loira, chegando a revelar que fez um tipo de promessa para conseguir ter a guarda definitiva da menina. “Eu já queria me tornar vegetariana, tentei algumas vezes e acabei voltando a comer carne. Mas ano passado fiz uma promessa e quando isso acontece, não tem como voltar. Pelo menos, eu, se não cumprir a promessa, acho que vai dar tudo errado. E a minha promessa foi para a Titi“, contou, referindo-se à filha.
Em outro momento do vídeo, a atriz, que já matriculou a menina em um colégio no Rio, precisou responder um ping pong: questionada sobre o que a menina simboliza para ela, Giovanna se derreteu. “Eu sempre busquei isso desde os meus 15 anos. A Titi é a minha vida agora, não quero mais sair de casa. Quero viver para ela. O meu maior sonho é fazer com que a minha filha seja muito feliz e que todos a respeitem muito” declarou, emocionada.

Cenas Marcantes: o final de Dóris em 'Mulheres Apaixonadas' (2003)

Uma das personagens que os telespectadores não esqueceram se chama Dóris (Regiane Alves), uma das grandes vilãs da novela Mulheres Apaixonadas, escrita por Manoel Carlos e exibida em 2003.
A personagem morava com o pai Carlão (Marcos Caruso), a mãe Irene (Marta Melinger), o irmão Carlinhos (Daniel Zettel) e seus avós, pais de Irene. No decorrer da trama, ela implicou em dividir o mesmo quarto com o irmão, quer ter um espaço só dela e por isso queria o quarto dos avós, causando transtorno à família.
Ela humilhava os seus avós e roubava o dinheiro deles para satisfazer as próprias vontades.

Atores que atuaram em 'Laços de Família' e sumiram

Júlia Feldens: nasceu em Lajeado (RS) em 5 de maio de 1978. Ela interpretou a filha de Miguel (Tony Ramos), Ciça, uma garota rebelde e desbocada.


Seu primeiro papel na TV foi na novela de época Força de um Desejo (1999). Após o fim da novela Laços de Família (2000), fez participações na série Brava Gente e na novela Sabor da Paixão, até conseguir um papel fixo em Coração de Estudante (2002). Júlia deu um intervalo em 2004 na minissérie Um Só Coração (2004), preferindo se dedicar à sua vida pessoal, casando-se e tendo dois filhos. Retornou às suas atividades artísticas em 2012, fazendo espetáculos, mas ainda não quer incluir a TV nos seus projetos. No cinema, fez apenas 3 filmes. Estuda artes na Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP).

Flávio Silvino: nasceu em 7 de abril de 1971 no Rio de Janeiro (RJ). É filho do também ator Paulo Silvino. Interpretou Paulo, irmão de Ciça, personagem que sofreu um acidente de carro no qual sua mãe morreu, deixando-o com sequelas neurológicas e com a necessidade de tratamento intensivo.

Foto mais recente
Na vida real, o ator também sofreu um acidente, só que 7 anos antes de atuar na novela de Maneco. Em 2 de novembro de 1993, teve seu carro prensado em um carro forte e em um ônibus, ficando em coma por 3 meses e meio. Sua última participação na TV foi nesta novela.
Depois do acidente, o ex-ator não se recuperou totalmente, tendo o seu andar e o seu falar limitados.
A mãe, Diva Plácido, contou ao Extra que fez com que ele conseguisse esquecer de vez a ideia de atuar.

Thalma de Freitas: nasceu em 14 de maio de 1974 no Rio de Janeiro (RJ). Além de atriz, ela também é cantora. Seu papel na novela foi 'Zilda', baiana, empregada doméstica de Helena (Vera Fischer), parte da família da mesma e conhecida pelo bordão "Ô Donelena". Fez outras novelas da Globo como 'O Clone', 'Sete Pecados' e 'Caras & Bocas', incluindo 3 temporadas de Malhação. A última que participou foi exibida em 2012, e desde este ano que se encontra afastada da televisão.
Fez 6 filmes.

A atriz na época da novela
Vanessa Mesquita: na novela, interpretou a colega de prostituição de Capitu (Giovanna Antonelli), Simone. Também era a melhor amiga da personagem.


Nasceu em 19 de maio de 1974 em Goiás. Com 1'79 de altura, começou sua carreira de modelo em São Paulo. Era recém-separada quando se mudou pra São Paulo com o objetivo de estudar Direito, porém, não chegou a se matricular na faculdade. Foi casada com o apresentador Otávio Mesquita, de quem herdou seu nome artístico. Fez apenas duas novelas na Globo. A outra é Cobras e Lagartos (2006). Se transferiu para a Band, onde atuou em Dance Dance Dance.
Passou a assinar como Vanessa Machado.
Em uma matéria recente, ela conta que até hoje as pessoas param na rua por causa da Simone e que adoraria voltar à atuar na televisão. Agora ela está com um canal no Youtube chamado Vanessa MachadoA, no qual compartilha tutoriais de maquiagem, dicas de beleza, viagens, festas, eventos e entrevistas com celebridades.

Conheça o canal e compartilhe com os(as) amigos(as): https://www.youtube.com/channel/UC_jjRR9Huw_UIk7G2kTYS1Q/videos

Leonardo Villar: nasceu em Piracicaba, em 25 de julho de 1924. 

Em Passione (2010)
Na novela, interpretou o agnóstico e apaixonado pela literatura 'Paschoal', marido de Ema (Walderez de Barros) e pai de Capitu.
É considerado um dos melhores atores brasileiros. Fez várias peças de teatro e muitos filmes, dentre eles, O Pagador de Promessas (1962) e Lampião, o Rei do Cangaço (1964).
Atuou em Barriga de Aluguel (1990), Uma Rosa com Amor (1972) e Coração de Estudante (2002). Seu último papel foi em Passione (2010).
Leonardo sempre escolheu os seus personagens.

Júlia Almeida em 2011. Nessa novela, interpretou Estela
Júlia Almeida: filha de Manoel Carlos, estreou nas novelas em 1991, quando participou de Felicidade, também escrita por Manoel. Já em Laços de Família, ela já estava com 17 anos. Interpretou Estela, irmão de Carlos Eduardo (Reynaldo Gianecchini).
Os primeiros trabalhos que ela conseguiu foram graças ao seu pai, já que atuava apenas nas obras dele. Sua última participação na TV foi em 'A Vida da Gente' (2011), dando uma pausa na carreira, se mudando para Londres, onde reside atualmente.

José Victor Castiel em 2015, quando participou de uma campanha que incentivava a leitura
José Victor Castiel: nasceu em Porto Alegre (RS) em 16 de outubro de 1958. Na trama, interpretou Viriato, esposo de Ivete (Soraya Ravenle), que ao longo da trama, enfrentava o problema da impotência sexual, demorando até para aceitar fazer um tratamento contra a impotência.
O personagem é pai de Rachel (Carla Diaz).
Fez outras novelas como 'Esperança' (2002), 'Páginas da Vida' (2006) e 'Sete Pecados' (2007).
Parou com a carreira de ator, passando a ser colunista à partir de 2014 do Sport Club Internacional no Diário Gaúcho, no qual comenta várias coisas sobre o futebol do time.


"Laços de Família" é uma novela produzida pela Rede Globo, que estreou em 5 de junho de 2000 e acabou em 3 de fevereiro de 2001, sendo substituída por Porto dos Milagres.
Foi reprisada no Vale A Pena Ver de Novo entre 28 de fevereiro e 23 de setembro de 2005.
Agora está sendo a vez do Canal Viva reprisar a trama, que está no ar desde 15 de fevereiro.
Relembre algumas cenas marcantes do folhetim.







‘O Chamado 3’ é adiado no Brasil


Chamados‘, terceiro filme da franquia de terrorO Chamado‘, teve sua estreia adiada em duas semanas nos cinemas nacionais.
Segundo a Paramount Pictures, a estreia mudou de 27 de Outubro para 10 de Novembro de 2016.
Previsto inicialmente para novembro de 2015, o longa já foi adiado duas vezes, e tem chances de ser adiado novamente.
Faltando apenas três meses para a estreia, ‘Chamados‘ ainda não ganhou imagens oficiais e trailer. Estranho, né?
Um teaser-trailer foi exibido durante a CinemaCon, em abril. Confira a descrição!
A história se passará 13 anos depois do original e sua trama será centrada em Holt (Alex Roe), que se distancia da namorada (feita pela italiana Matilda Lutz) após assistir a fita amaldiçoada. Aimee Teergarden (‘Pânico 4’ e da série ’Friday Night Lights’) também está no elenco, em papel desconhecido.
O roteiro foi escrito por Akiva Goldsman, de ‘Eu Sou a Lenda’ e ‘Anjos e Demônios’. A direção ficará a cargo do espanhol F. Javier Gutiérrez (‘Três Dias’).
O primeiro filme da franquia foi dirigido por Gore Verbinski (‘Piratas do Caribe’), e baseado em ‘Ringu‘ (de Hideo Nakata). O terror arrecadou US$ 250 milhões mundialmente, já a sequência fez US$ 161 milhões.



‘Harry Potter’: 8º livro bate recordes de pré-venda

O livro ‘Harry Potter e a Criança Amaldiçoada‘ (Harry Potter and the Cursed Child) chega ao Brasil no dia 31 de outubro, mas já está batendo recordes em sua pré-venda.
Segundo a rede brasileira Fnac, a pré-venda já superou em 50% o recorde anterior, que pertencia a outro livro da franquia, ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte‘, de 2007.
A renomada livraria norte-americana Barnes & Noble também anunciou que nunca vendeu tantas cópias de um livro desde 2007, com ‘Relíquias da Morte‘.


Com o sucesso da peça teatral ‘Harry Potter and the Cursed Child‘ (Harry Potter e a Criança Amaldiçoada), a Warner Bros. decidiu registrar a marca para possíveis futuros filmes sobre o bruxo mais famoso do cinema.
Segundo o analista de marca Brian Conroy, o registro da marca realizada nesta semana inclui:
“Filmes do gênero comédia, drama, ação e aventura; telefilmes do gênero comédia, drama, ação, aventura e/ou animações”.
O SlashFilm afirma que a Warner não tem envolvimento com a peça de teatro, o que provavelmente significa que o estúdio tem interesse em adaptá-la para os cinemas.
Será que o elenco original toparia voltar? Tomara que sim.
A trama começa 19 anos após o sétimo e último volume da saga de J.K. Rowling, e mostrará Harry Potter adulto tentando conectar com o mais jovem de seus três filhos, Alvo.
“Depois do confronto final entre Harry e lorde Voldemort, visto em ‘Harry Potter e as Relíquias da Morte’, o bruxinho se tornou um funcionário sobrecarregado de trabalho no Ministério da Magia, com três crianças para criar. Enquanto Harry luta com um passado que se recusa a ficar onde pertence, seu filho Alvo tem que lidar com o legado do seu pai. Com o mal retomando forças, o passado e presente começam uma sinistra fusão, e pai e filho descobrem a verdade desconfortável: por vezes, a escuridão vem de lugares inesperados”, afirma a sinopse.
A saga literária vendeu mais de 450 milhões de livros em mais de 200 países, e foi traduzida para 73 idiomas. A franquia ‘Harry Potter’ teve 8 filmes, lançados entre 2001 e 2011, que combinados renderam mais de U$ 7,7 bilhões nas bilheterias do mundo todo.
Uma trilogia derivada de ‘Harry Potter’ está a caminho do cinema – leia mais.

Fonte: Cine Pop

Aos risos, Nate Diaz narra encontro com Justin Bieber em boate


Pouco depois que Nate Diaz venceu Conor McGregor pelo UFC 196, em 5 de março, em Las Vegas (EUA), o americano se viu envolto em uma polêmica surreal. E o novo rival do atleta passou a ser o astro pop canadense Justin Bieber, que por meio de umarede social manifestou apoio ao irlandês mesmo depois de sua derrota. O cantor se mostrou fã de McGregor e disse em seu Instagram que o irlandês continuaria sendo o melhor mesmo com a derrota. Em entrevista à rede americano ‘TBS’, Diaz relembrou o as trocas de farpas com o astro canadense e seu encontro com ele em uma boate, pouco tempo depois. “Geralmente, o cara que ganha é o melhor lutador (risos)… mas foi isso, ele deu a opinião dele e que se dane. Mas aí alguém postou em alguma rede social uma montagem em que eu apareço dando um tapa na cara dele. E eu achei aquilo muito engraçado e compartilhei. E a coisa se tornou viral, todos viram a foto. Então, cerca de uns quatro dias depois, eu estava aqui em Los Angeles e fui para uma boate. Quando cheguei lá alguém me cutucou: ‘Ei o Justin Bieber está ali'”, relembrou. “Pouco tempo depois outra pessoa veio: ‘O Justin está ali’. Tudo isso como se uma grande luta estivesse para rolar ali (risos). Eu falei para eles deixarem o Justin na dele. Ele estava com a gangue dele, um monte de ‘pequenos Biebers’ (risos) e eu estava com os meus amigos também. Então uma hora eles vieram até a mim e o Justin já veio falando ‘Ei Nate, está tudo tranquilo, vamos resolver isso’. E eu disse para ele que não tenho nenhum problema com ele. Ele está praticando boxe, melhor eu tomarcuidado (risos)”, completou. Nate Diaz e Conor McGregor farão a revanche do duelo no dia 20 de agosto, em Las Vegas (EUA), no UFC 202. Novamente a disputa será realizada na categoria dos meio-médios (77 kg).

Cássio Gabus Mendes fala da mulher, Lídia Brondi: "Ela não bate texto comigo"


O último trabalho na TV da atriz Lídia Brondi, que se aposentou da profissão em 1992, pode ser conferido na reprise da novela Meu bem, meu mal (1991), de Cassiano Gabus Mendes (1929-1993), no canal Viva. Na trama, ela e Cássio Gabus Mendes, filho do autor, interpretam Fernanda e Doca, que vivem às turras, mas acabam se apaixonando.
"Independentemente de ser meu pai, ele tinha um texto muito interessante, uma carpintaria bacana. Para mim, é difícil dizer, mas era brilhante", conta Cássio, que não tem assistido à reprise. "Vi uma coisinha ou outra, eu tenho muitos trabalhos meus arquivados em DVD. Foi um trabalho muito legal, meu personagem tinha uma reviravolta, passava por um processo de refinamento", lembra. 


Sempre discreto ao falar da mulher, Cássio, que voltará ao ar como namorado de Débora Bloch na série Justiça, diz que Lídia, hoje uma psicóloga, passa longe, em casa, dos textos dele. "Isso não existe, ela não se anima a bater texto comigo. Está mesmo em outra vibe", revela o ator, mudando de assunto. 
No seriado que estreará em agosto, escrito por Manuela Dias, ele é o coordenador do curso de Direito de uma universidade e precisa demover a ideia da cabeça de Elisa, vivida por Débora, de se vingar do namorado da filha (Jesuíta Barbosa). Num rompante de loucura, o namorado matara a menina (Marina Ruy Barbosa) a tiros, de forma brutal. 
"Fazemos uma discussão sobre a questão da justiça pelas próprias mãos, da vingança, a ética. Meu personagem é um cara do Direito. Ele sabe que, se Elisa matar o cara, isso também vai afetá-lo, porque não quer perdê-la", conta Cássio, feliz por trabalhar com José Luiz Villamarim. "Assim que terminou Babilônia, comentei com uma pessoa próxima que queria muito trabalhar com ele. E aí, dias depois, rolou. Eu nem queria saber o que era, já tinha topado", explica.

Fonte: Época (Globo.com)

Depois de pedir emprego no Facebook, Joana Fomm diz que voltará ao ar em Malhação


Uma semana depois de causar comoção no Facebook por pedir emprego, a atriz Joana Fomm atingiu seu objetivo e acaba de fechar contrato com a Rede Globo para participar da nova temporada de Malhação. Mas não só isso. 
“Recebi três convites ao todo. Estou bem mais tranquila agora. A Rosane Gofman me convidou para dar aula na escola de teatro dela e o Danilo Gentili me chamou para fazer um filme dele. Fiquei sabendo que, em Malhação, vão escrever um papel especialmente para mim”, conta Joana, bem mais animada.
Mas o sufoco, segundo ela, ainda não passou. “Tenho ainda de pagar as minhas dívidas, mas estou feliz e mais aliviada. Já estou ganhando dinheiro”, disse ela à coluna por telefone.

Fonte: Época (Globo)

"A homofobia é humanamente inadmissível", diz Ivete Sangalo


Durante coletiva para divulgação do mais novo DVD 'Ivete Sangalo - Acústico em Trancoso', nesta quarta-feira, 27, em São Paulo, a cantora Ivete Sangalo voltou a falar sobre os casos de homofobia. Ivete aproveitou a oportunidade e disse que se sente incomodada com o número de casos de violência que vê nos jornais.
"O bom de ser famoso é isso. O poder que você tem de falar de assuntos relevantes. Sempre tive a convicção de não interferir nas decisões alheias. Tenho muitos fãs jovens e adolescentes e tenho que ter responsabilidade. Coisas que são honestas, que acredito, eu abro o bocão. A homofobia é humanamente inadmissível. Não há nada que possa mudar minha opinião sobre isso".
Ainda durante o desabafo, a cantora se declarou totalmente a favor dos gays e disse que fica chocada com a forma que as pessoas se importam com as decisões do outro. Ivete disse ainda que cada um deve ser tratado e respeitado como indivíduo, independente da sua cor, gênero.
"O que o fato de alguém ser homossexual pode mudar na minha ou na tua vida? Por que não estamos falando de um homossexual, um negro, uma mulher. Estamos falando de um indivíduo. O mundo está do jeito que está porque as pessoas não se liberaram para o amor. Existe o julgamento e as pessoas não entendem que uma hora volta pra gente esse julgamento. Eu fico até quente quando falo disso. Acho de uma ignorância, um retrocesso isso", disse ela.


Fonte: Portal A Tarde

Desemprego sobe para 11,3% no 2º trimestre, aponta Pnad, do IBGE


O desemprego subiu para 11,3% no trimestre encerrado em junho, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa é a maior já registrada pela série histórica da Pnad Contínua, que teve início em janeiro de 2012.
No trimestre encerrado em março, o índice de desemprego foi de 10,9% e no período de abril a junho de 2015, de 8,3%. No trimestre de março a maio, a taxa bateu 11,2%.
A população desocupada cresceu 4,5% em relação ao primeiro trimestre e chegou a 11,6 milhões de pessoas. Já na comparação com o 2º trimestre de 2015, o aumento foi de 38,7%.
Por outro lado, a população ocupada somou 90,8 milhões de pessoas e mostrou estabilidade em relação ao 1º trimestre e queda de 1,5% sobre o período de abrio a junho de 2015.

TAXA DE DESEMPREGO
em %
10,911,211,211,3em %jan-fev-mar/16fev-mar-abr/16mar-abr-mai/16abr-mai-jun/1610,810,91111,111,211,311,4
Fonte: IBGE

Segundo Cimar Azeredo, coordenador de Trabalho e Rendimento do IBGE, a ocupação se manteve estável em relação ao trimestre anterior, no entanto, foi menor do que em 2015. "Com o crescimento da população em idade para trabalhar (1,3%) e a redução da população ocupada, o nível da ocupação no ano caiu de 56,2% para 54,6%." A Pnad entrevista 211 mil domicílios em 3.464 municípios e 15.756 setores do país.
Também não houve alteração em relação à quantidade de trabalhadores com carteira assinada, que ficou em 34,4 milhões. Já na comparação com o mesmo trimestre do ano anteriro, esse número caiu 4,1%. De acordo com Azeredo, essa retração gera "um movimento de pressão" ao mercado de trabalho.

Rendimento
Em um ambiente de desemprego em alta, o rendimento médio dos trabalhadores acabou caindo e atingiu R$ 1.972. Sobre o 1º trimestre, a renda diminuiu 1,5% e em relação ao 2º trimestre do ano passado, 4,2%.
"Os trabalhadores estão ganhando menos. Você tem no segundo semestre massa de rendimento de trabalho circulando menos do que o que estávamos tendo no trimestre passado e no ano anterior. Isso vai reduzir consumo, gastos e vai refletir no comércio, na indústria, ou seja, vai criar esse círculo vicioso que você vê no mercado de trabalho”, analisou o técnico.

saiba mais

Segundo Azeredo, o país voltou ao patamar do início de 2013. "Nós demos uma marcha ré de, pelo menos, três anos. A massa de rendimento que a gente tem hoje, e o rendimento médio que a gente tem hoje, é o que a gente tinha em janeiro em 2013. Isso levando em consideração a inflação.”

Domésticos, servidores e empregadores
O número de trabalhadores domésticos chegou a 6,2 milhões e cresceu 3,7% em relação ao ano passado. Na comparação o trimestre anterior, por outro lado, ficou estável.
Na contramão, a quantidade de trabalhadores no setor público cresceu 3% em relação ao 1º trimestre e chegou a 11,3 milhões. Na comparação com o mesmo período do ano anterior, houve estabilidade.
O número de empregadores, que somou 3,7 milhões, caiu 7,3% sobre um ano antes, mas não variou em relação ao trimestre de janeiro a março de 2016.
Em tempos de desemprego, costuma subir o número de trabalhadores por conta própria. De abril a junho deste ano, esse número ficou em 22,9 milhões. O contingente ficou estável em relação ao trimestre de janeiro a março de 2016 e avançou 3,9% frente ao segundo trimestre de 2015.
Na análise dos tipos de atividade, o IBGE aponta que houve, frente ao trimestre de abril a junho de 2015, queda da quantidade de empregados da indústria geral (11%), e informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (10%).
Na contramão, cresceram os números em construção (3,9%); transporte, armazenagem e correio (5%); administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (3,1%) e serviços domésticos (5,3%).
“Esse segundo trimestre gera expectativa de redução da desocupação porque ele já está longe dos meses que você tem o componente sazonal atuando. Seria um mês onde a gente poderia ver uma certa recuperação do mercado de trabalho, mas isso não foi observado. A pressão no mercado de trabalho é forte”, analisou Cimar Azeredo.

Fonte: G1

Adele pode se apresentar em Salvador na Arena Fonte Nova


A cantora Adele pode se apresentar em Salvador este ano. A informação foi dada pelo governador Rui Costa durante discurso de posse no novo secretário de Turismo, José Alves. "Adele vem para o Brasil e seria ótimo que ela tocasse aqui na Arena Fonte Nova", disse o governador.
A cantora já havia manifestado interesse em vir a país durante um show em junho deste ano. "Tem muitos brasileiros aqui. Escutem, eu vou fazer uma promessa, eu vou para o Brasil. Eu nunca fiz um show que não tivesse um brasileiro. Eu prometo que irei, eu preciso ir. Eu não tinha reparado que tinha tantos fãs por lá. Eu vou, eu vou", disse Adele.
De acordo com a assessoria de imprensa do governo, o evento ainda não está confirmado. Além disso, a previsão é que a artista desembarque na América do Sul somente em 2017, após uma turnê pelos Estados Unidos e México.

Fonte: Tribuna da Bahia

'Deixa o menino viver', diz pai de Biel após polêmica


O pai do cantor Biel, de 20 anos, defendeu o filho, nesta quinta-feira, de uma nova polêmica envolvendo o cantor. Na festa da atriz Gabi Lopes, nesta terça, no Rio de Janeiro, o paulista subiu em um palco junto ao funkeiro Nego do Borel e cantou "tá gostosinha, te quebro no meio", frase que disse durante uma entrevista a uma jornalista que o acusou de assédio. Segundo Sergio Rodrigues, de 50 anos, Biel estava "representando" e que toda a situação é "desgastante" para sua família e carreira.
- Fiquei sabendo (da divulgação do vídeo no qual Biel canta os versos polêmicos). O que você acha que aconteceu? Ele estava representando. Isso tudo é desgastante. Deixa o menino viver. Ele entrou na brincadeira do Nego. O show era do Nego. O Biel subiu ao palco para participar da brincadeira - disse Sergio, que acrescentou: - Ele (Biel) é um rapaz sossegado, de paz. Como pai eu acho uma tremenda sacanagem (o assédio da imprensa sobre o caso).
O registro em vídeo do momento em que Biel canta a tal frase foi feito pela blogueira Jade Seba, que o divulgou no SnapChat.
Apesar da polêmica, o pai garante que o filho está bem e que continua com uma agenda de shows lotada. O próximo acontecerá nesta sexta-feira, no Paiuí. Além disso, Biel trabalha em uma nova música, cuja divulgação começa na próxima semana.
A primeira audiência do processo de injúria movido pela jornalista Giulia Pereira, 21 anos, contra o cantor Biel será realizada em 31 de agosto no Jecrim, Juizado Especial Criminal, na Barra Funda, em São Paulo. O artista será intimado nas próximas semanas e poderá ter que se reencontrar com a jovem.
Biel está ainda sendo investigado pela Delegacia da Mulher sob acusação de assédio sexual após chamar a profissional de "gostosinha" e dizer que "a quebraria no meio". Em recente entrevista a um programa de TV, Giulia falou sobre o caso:
- Eu desci muito nervosa, eu estava muito nervosa. Comecei a tremer, porque na hora você vai deixando passar e tenta ignorar um pouco disso para continuar com o seu trabalho. Mas quando você sai, é que cai a ficha. E você começa a perceber os absurdos. E eu peguei um táxi e fui pra casa de uma amiga, que é perto de onde foi a entrevista. Como já estava tarde, eu fui pra lá direto. Eu cheguei lá já chorando.
A jornalista rebateu as críticas que surgiram sobre sua postura na hora da entrevista. Nas imagens divulgadas, ela não repreende a conduta dele.
- Eu ser simpática não dá abertura para ele nem para ninguém fazer os comentários que ele fez. De me oferecer beijo, de perguntar se eu queria que ele mostrasse a heterossexualidade dele, de me chamar de gostosa. Não existe isso. Nem em entrevista e nem em lugar nenhum.

Relembre o caso
No dia 3 de maio, durante uma entrevista, o cantor, após dizer à repórter "se te pego, te quebro no meio", a xingou de "cuzona" para, depois, pedir um beijo.
O primeiro trecho da conversa aconteceu enquanto a jornalista acompanhava a entrevista feita por outro repórter com Biel. Após a jornalista dizer que tem quase a mesma idade do artista, ele dispara: "Se te pego, te quebro no meio".
O segundo trecho da conversa aconteceu quando Biel e a jornalista vão para uma área de gravações em vídeo. Sentada em um sofá com o cantor, a jovem fala sobre as perguntas frequentes com o nome do artista em sites de pesquisa, e o questiona sobre sua bissexualidade: "Por quê? Você quer que eu te mostre com atos e ações?". Ele continua a resposta e acrescenta: "E eu sou heterossexual. Eu gosto é de boceta".
Em um outro momento, Biel entrega seu celular para a jornalista e pede que ela atenda uma ligação. O artista diz a um amigo que "está concedendo uma entrevista e ligaria depois". A jornalista devolve o aparelho para Biel, que a chama de "cuzona".
No terceiro trecho, a repórter encerra a entrevista apenas em áudio. Ela pergunta se ele costuma dar selinhos (beijos) em fãs. Ele, então, responde: "Sim, você quer que eu te dê um (selinho)?". Ela responde: "Não".

Pedido de desculpas
Após a repercussão do caso, Biel pediu desculpas por meio das redes sociais: "Estou aqui primeiramente para pedir desculpa, meu objetivo principal. Nunca imaginei que minhas palavras pudessem machucar de fato quem me entrevistava. Estou aqui para me desculpar não só com a repórter, mas com todas as mulheres que se sentiram ofendidas com as minhas palavras. [...] O Biel que deu aquela entrevista não é o Biel que vai continuar daqui para frente. Com certeza eu me tornei mais homem e um profissional melhor depois desse acontecimento. Podem esperar um amadurecimento no meu trabalho e também como pessoa depois disso. Desculpa!"

MC Biel ganha as redes sociais por um péssimo motivo


Em maio deste ano, o cover do cantor canadense Justin Bieber dava uma entrevista à reporter Giulia Pereira, de 21 anos, do portal iG, quando disparou as frases: “Se eu te pego, te quebro no meio” e “levaria para hotel e estupraria”. Também ofereceu beijar a garota na boca e em algum momento comentou em voz alta: “Mano, que ramelona essa mina, mas dá um desconto porque ela é gostosinha”.
O “MC Ramelão” foi acusado pela jornalista de assédio sexual. Com a repercussão negativa nas redes sociais – que o fez perder a participação em programas de TV e o convite para carregar a tocha olímpica, além de ter um show na abertura da Olimpíada cancelado – o Justin tupiniquim repensou e foi ao YouTube pedir desculpas: 
“Depois de analisar a situação inteira, pude perceber o quanto foi constrangedor. E está sendo constrangedor pra mim agora. Com certeza, eu, de novo, queria reafirmar o meu pedido de desculpa para a repórter que se sentiu ofendida, de coração.”
“De coração”, durante um show numa festa de aniversário de uma atriz na última terça-feira (26), o “MC Arrependido” decidiu ironizar a acusação de assédio, ignorando o fato de que havia uma miríade de smartphones prontos para registrar o momento e publicar nas redes sociais. Ao lado de Nego do Borel, outro expoente da nova música brasileira, cantou os versos ofensivos em forma de funk: Tá gostosinha, te quebro no meio. Em questão de segundos, a plateia subiu vídeos para as redes sociais com comentários bastante críticos.
Mais uma vez, o nome do MC viralizou nas redes sociais. A hashtag #BielRespeiteAsMulheres chegou ao topo dos assuntos mais comentados no Twitter na tarde desta quinta-feira (28). O pai já saiu em defesa do filho. “Deixa o menino viver”, disse em entrevista ao jornal Extra. 

“MC Deu Mal”*
Segundo informações do Extra, a primeira audiência do processo de injúria movido pela jornalista Giulia Pereira será realizada em 31 de agosto. O artista será intimado nas próximas semanas e poderá ter de se reencontrar com a jovem. Biel está ainda sendo investigado pela Delegacia da Mulher sob acusação de assédio sexual depois de chamar a profissional de “gostosinha” e dizer que “a quebraria no meio”.
O vídeo deverá atrapalhar a defesa do rapaz, que tem 20 anos.