sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Dance Mania: Don't Worry (Madcon)


Don't Worry é uma música lançada em 20 de fevereiro de 2015 pela dupla Madcon em parceria com o cantor Ray Dalton. Nas paradas de sucesso, chegou a 1ª posição na Bélgica e na República Tcheca, ao 2º lugar na França e ao 3º na Alemanha.

Biel não rompeu contrato com gravadora, garante assessoria


A assessoria de imprensa de Biel negou as recentes especulações de que o cantor teria perdido seu contrato com a Warner Music e que passaria um tempo fora do Brasil após a série de polêmicas que ele vem se envolvendo.
Em conversa com o EGO nesta sexta-feira, 5, a assessora de Biel disse que ele apenas dará um tempo em sua carreira, mas que segue como contratado da gravadora: "Ele precisa tomar um ar para refletir em tudo o que aconteceu nesses últimos meses".
A assessoria do cantor ainda enviou um novo comunicado, reforçando que o cantor está "triste e abalado com toda repercussão" e que "ele focará nos seus estudos e projetos pessoais neste momento", mas completou dizendo que ele segue na Warner Music e que não sairá do país.


Veja o novo comunicado na íntegra:
"O cantor Biel está triste e abalado com toda repercussão. De acordo com seu empresário, o cantor não se pronunciará a imprensa, pois desculpas não seriam suficientes para justificar a imaturidade de um garoto de 15 anos, que hoje não pensa desta forma.
Ele informa ainda que cumprirá apenas a agenda de shows e que focará nos seus estudos e projetos pessoais neste momento.
O cantor não rompeu com a gravadora e não sairá do país."

Perda do selo de verificação no twitter
Após repercussão negativa de tweets polêmicos, Biel tornou sua conta privada. Ele perdeu o selo de conta verificada na rede social. O cantor também é acusado de assédio sexual e machismo por uma repórter do portal IG. Procurada pelo EGO, a assessoria do Twitter informou que não fala sobre casos específicos de remoção do selo de conta verificada, mas explicou o que pode ocasionar a perda da verificação.
"De acordo com os Termos de Serviço do Twitter, o Twitter pode remover o selo de Verificação e o status Verificado de uma conta do Twitter a qualquer momento. Uma conta verificada pode perder seu status de Verificada por motivos que incluem, mas não estão limitados a, o seguinte: As informações do perfil (como nome de usuário) ou o propósito original da conta foram alterados. As configurações de privacidade do Twitter foram alteradas e os Tweets tornaram-se protegidos. As contas verificadas anteriormente talvez não estejam qualificadas para a restauração de seus selos", diz o termo.
Nesse tempo, o cantor também foi parar nos assuntos mais comentados do mundo na rede social com a hashtag "Errar é humano, persistir é Biel" (#ErrarÉHumanoPersistirÉBiel).

Michel Temer é vaiado durante anúncio da abertura da Olimpíada Rio 2016

Após um momento de grande emoção na abertura dos Jogos Olímpicos, a homenagem ao medalhista queniano Kipchoge Keino, o momento de grande a expectativa da organização do evento: a abertura oficial, feita pelo presidente em exercício Michel Temer. E o que o Comitê Olímpico Internacional temia aconteceu: Temer foi vaiado após sua declaração.
Pela tradição, em todas as Olimpíadas, o presidente do país-sede declara os Jogos abertos em um discurso breve. O objetivo é evitar que se misture a imagem da Olimpíada com a política.
Na Internet, muitos internautas também criticaram Temer.

Padre citado em filme é preso em Santa Catarina por estuprar crianças em Minas


O padre Bonifácio Buzzi, de 56 anos, acusado de aliciar dois meninos de 9 e 13 anos na zona rural de Três Corações, na Região Sul de Minas Gerais, foi preso nesta sexta-feira em Barra Velha, próximo a Joinville, em Santa Catarina. Policiais civis mineiros cumpriram mandado de prisão contra o religioso, que já foi condenado por estupro contra crianças. Ele é um dos citados na lista internacional da vergonha, exibida ao fim do filme Spotlight – segredos revelados, que ganhou o prêmio no Oscar como melhor filme. 
O padre foi encontrado depois que a Justiça expediu o mandado de prisão contra ele por causa de novos abusos. Ele estava em uma casa de praia da irmã dele em Barra Velha. Os policiais o localizaram no fim desta manhã. O homem não resistiu a prisão. A previsão é que o religioso chegue na noite desta sexta-feira em Três Corações, onde será levado para um presídio da cidade. 
Bonifácio já tinha sido condenado a 20 anos de prisão. Ele cumpriu um sexto da pena e acabou liberado em 2015. Segundo as investigações da Polícia Civil de Minas Gerais, após ser colocado em liberdade voltou a cometer os mesmo crimes.
A prisão de Buzzi é como um alívio para a mãe do garoto que foi a vitima do primeiro crime praticado pelo religioso e apurado pela polícia. Como o Estado de Minas publicou, na edição de 8 de fevereiro, os abusos aconteceram em 2001. O padre participava de um projeto social em Mainart, distrito de Mariana, na Região Central de Minas Gerais e, numa tarde, convidou José (nome fictício da vítima) para pescar no Gualaxo do Sul. Numa das margens, fez sexo oral na vítima. Buzzi já havia sido acusado de molestar dois meninos em Santa Bárbara, também no interior de Minas. Há suspeita de que ele teria cometido o mesmo crime em Santa Catarina.
Condenado, Buzzi foi encaminhado para o hospital psiquiátrico de Barbacena. Depois, transferido para a delegacia daquela cidade. O religioso também cumpriu pena na penitenciária de Juiz de Fora. Em julho de 2015, obteve o alvará de soltura. O religioso está proibido de exercer as funções de padre. Um processo que deve desligá-lo dos quadros da Igreja tramita no Vaticano.
José completou 24 anos em maio. Pai de uma menina, ele mora no sítio da família em Mainart, povoado fundado por dois irmãos italianos há mais de um século. O rapaz sobrevive de bicos na agropecuária. À reportagem, a mãe da vítima afirmou que desejava a prisão do religioso. “Tomara que ele não volte a importunar ninguém”, disse. À época do crime contra o filho, ela foi alertada pela professora dele de que o menino apresentava um comportamento estranho em sala de aula. Perguntado sobre o que o incomodava, ele contou à família o que ocorreu numa das margens do Gualaxo do Sul.


Fonte: EM.com.br

Revezamento da tocha olímpica tem beijo gay na chegada ao Rio de Janeiro


Dois condutores da tocha olímpica protagonizaram um beijo gay no Rio de Janeiro, durante o revezamento na noite dessa quinta-feira. Depois de passar por 325 cidades brasileiras, o símbolo dos Jogos 2016 chegou ontem à principal cidade sede das disputas esportivas. A cena do beijo ocorreu durante a passagem da tocha por Ipanema.
A Chama Olímpica faz referência à lenda de Prometeu. Ele teria roubado o fogo de Zeus para o entregar aos mortais. Durante a celebração dos Jogos Olímpicos antigos, em Olímpia, mantinha-se aceso um fogo que ardia enquanto durassem as competições. A tradição foi retomada nos Jogos Olímpicos de Verão de 1928.

Fonte: MG Super Esportes

Protestos contra Temer e Jogos Olímpicos em dia de abertura da Rio-2016

Milhares de manifestantes enojados saíram às ruas do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (5) para protestar contra o presidente interino, Michel Temer, e os Jogos Olímpicos ao grito de "Não haverá tocha!", horas antes da cerimônia de abertura.
Com cartazes e mensagens escritas como "Jogos da Exclusão" e "Estado assassino", 500 manifestantes se aproximaram durante a tarde a pouco mais de 1km do Maracanã, cenário nesta sexta-feira da abertura das primeiras Olimpíadas da História na América do Sul, e ao final do protesto foram dispersados pela polícia com gás de pimenta e bombas de efeito moral.
O protesto foi liderado por manifestantes vestidos de preto, encapuzados ou com os rostos cobertos com máscaras antigas e lenços, e eram escoltados por policiais com uniformes de combate e à cavalo, enquanto helicópteros sobrevoavam a área.
Mais cedo, 3.000 pessoas se reuniram pela manhã na praia de Copacabana para se manifestarem contra Temer, encarregado de abrir os Jogos à noite.

"Uma oportunidade perdida"
"Esta Olimpíada é uma oportunidade perdida, um sonho roubado. Não há legado para a população nem legado para o meio ambiente", disse o manifestante Pedro Cunha, enquanto queimava uma camisa verde e amarela da seleção brasileira pouco antes do confronto com a polícia.
À medida que deslocavam, vários integrantes batiam em lixeiras e postes de luz com paus. Ao menos um manifestante foi detido.
"Calamidade Olímpica", dizia um imenso cartaz fazendo um jogo de palavras com a frase "Cidade Olímpica".
A presidente Dilma Rousseff foi suspensa em maio enquanto é julgada pelo Congresso por suposta maquiagem das contas públicas. Foi substituída de maneira interina por seu ex-aliado e vice-presidente, Michel Temer, a quem Rousseff acusa tramar um golpe.
"Essa festa não foi feita para o povo, os eventos estão longe de onde vive a população pobre. Estou protestando pela precariedade de nossas escolas públicas e por nossos salários, que recebemos em prestações", disse à AFP o professor Guilherme Moreira Dias, de 38 anos, que trabalha em uma escola de ensino fundamental em Duque de Caxias, um dos locais mais pobres do Rio.
Andrea Pavoni, acadêmico italiano de 35 anos que vive no Rio, que estuda geografia urbana e ajudou a organizar o protesto, assegurou que os Jogos "aceleraram o processo de divisão da cidade em uma parte para o ricos e outra para os pobres, sem educação nem serviços".

"Uma fachada"
"Não às Olimpíadas", "Fora Temer" e "Fora Todos", estavam escritos em alguns dos cartazes que o grupo carregava em frente ao luxuoso hotel Copacabana Palace nesta sexta pela manhã, a alguns passos do estádio olímpico de vôlei de praia, frente aos olhos de centenas de turistas e integrantes de delegações de todas as partes do mundo.
"Queremos aproveitar agora que a atenção está no Brasil para denunciar o que está acontecendo, como estamos caminhando para uma ditadura", disse Ubiratan Delgado, um engenheiro de 59 anos.
Um cartaz mostrava Temer vestido como um irônico Batman, aproximando um machado da cabeça de um operário brasileiro.
"Estão fazendo as Olimpíadas em um momento que as pessoas estão passando muito mal. A Olimpíada é uma fachada, um show. Não representa a realidade do Brasil. Querem mostrar tudo lindo e perfeito", disse Ricardo Parente, um psicólogo de 59 anos.

Dilma Rousseff: "Sou a gata borralheira"
Muitos manifestantes estavam vestidos de vermelho, a cor da esquerdista Dilma Rousseff, do PT, e de seu antecessor Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010).
Dilma pode perder sue mandato de forma definitiva no final de agosto. Se isso acontecer, Temer governará até o dia 31 de dezembro de 2018.
A presidente suspensa decidiu não aceitar o convite para assistir a cerimônia de abertura porque não quer ser a "gata borralheira" dos Jogos.
"Não acredito que seja apropriado que a presidente afastada assista uma cerimônia cujo mestre de cerimônias é um presidente ilegítimo. Nesta história dos Jogos, eu sou a gata borralheira, te convidam para a festa, mas você tem que ir embora antes, vive nas cinzas", disse recentemente ao jornal chileno La Tercera.

Fonte: EM.com.br

Veja a delegação do Japão nas Olimpíadas do Rio!

Olimpíada: cerimônia de abertura da Rio 2016 gera memes na web

A cerimônia de abertura da Olimpíada no Rio de Janeiro gerou comentários e memes nas redes sociais na noite desta sexta-feira (5). No Twitter, a hashtag #CerimôniaDeAbertura lidera os assuntos mais comentados do mundo perto das 19h50. A hashtag #OpeningCeremony também entrou nos Trending Topics mundiais por volta das 20h30.
O evento começou às 20h e tem previsão para durar mais de 3h. No desfile das delegações, o Brasil, como país sede, será o último a entrar no estádio, e a Grécia, berço dos Jogos, é sempre o primeiro a desfilar.
Veja alguns deles:






Presença de Temer não é anunciada no início da cerimônia de abertura da Olimpíada


RIO — A presença do presidente interino, Michel Temer, não foi anunciada no início da cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio, nesta sexta-feira, no Maracanã. Como de costume, o nome do presidente do país sede é sempre anunciado junto com o do presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI). Hoje, no entanto, somente o nome de Thomas Bach foi anunciado no sistema de som do estádio. Nas redes sociais, muita gente logo especulou que Temer pediu para não ser anunciado para evitar, assim, vaias. Temer vai participar da cerimônia para declarar abertos oficialmente os Jogos Olímpicos.
Pouco antes de começar a festa, gritos de "Fora Temer" foram ouvidos vindos da arquibancada à esquerda das tribunas. Em seguida, parte do público vaiou, aparentemente para o grito. Em seguida, mais gritos de "Fora Temer” e a canção "sou brasiliero com muito orgulho, com muito amor", mais fraco.
A imagem do presidente foi projetada no telão, ao lado do presidente COI, durante a entrada das delegações dos países e também após uma intervenção da atriz e apresentadora Regina Casé na cerimônia, pedindo para "celebrarmos nossas diferenças" e o fim das "brigas".
Na semana passada, Temer afirmou que estava "preparadíssimo" para ser vaiado na abertura da Olimpíada. Em entrevista ao Grupo RBS, Temer brincou ao dizer que os ex-presidentes desistiram de ir à cerimônia para deixar as vaias só para ele.
– Estou preparadíssimo para as vaias. No Maracanã, como dizia o Nelson Rodrigues, se vaia até minuto de silêncio. Estou preparadíssimo, não tenho a menor dúvida disso - disse Temer, para complentar em seguida:
– E tenho de cumprir esse dever institucional. Aliás, eu soube que os ex-presidentes nem vão. A brincadeira é que eles estão reservando as vaias só para o presidente.
A presidente afastada, Dilma Rousseff, e os ex-presidentes Lula, José Sarney, Fernando Collor e Fernando Henrique Cardoso também foram convidados, mas não compareceram à festa.
Nesta sexta-feira, Dilma mandou uma mensagem para o cenógrafo Abel Gomes, um dos responsáveis pela cerimônia de abertura. Pelo Twitter e Facebook, Dilma disse estar torcendo por ele e que fica triste por não assistir à cerimônia ao vivo.
No começo da tarde desta sexta-feira, uma manifestação contra o governo Temer reuniu cerca de 2 mil pessoas e fechou uma das pistas da Avenida Atlântica, em Copacabana. Segundo os organizadores e manifestantes, entre os objetivos do ato estavam chamar a atenção da mídia internacional para o momento político do país. Placas com escritos em inglês "Out Temer! The people should decide" podiam ser vistas.
À noite, manifestantes entraram em confronto com a polícia na Tijuca. O grupo de cerca de 200 pessoas tentou chegar perto do Maracanã, mas foi contido com granadas de gás de pimenta.

Fonte: Globo

Cláudia Abreu corta o cabelo para a novela 'A Lei do Amor'


Afastada da TV desde 2014, quando esteve em Geração Brasil, Cláudia Abreu fará um novo papel: a galerista Helô, que teve uma juventude dura e pobre, em A Lei do Amor, novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari. Seu par romântico é o ator Reynaldo Gianecchini. Esse cabelo curto é o novo visual da atriz, célebre por interpretar a vilã Laura em Celebridade (2003). Ela já usou esse mesmo corte na minissérie Anos Rebeldes.

Cenas Marcantes: em Avenida Brasil, o romance secreto de Max e Carminha veio à tona!


No dia 8 de outubro, segunda-feira, em Avenida Brasil, foi ao ar o momento que o Brasil inteiro esperava. Nesse dia, a máscara da megera Carminha (Adriana Esteves) e a de Max (Marcelo Novaes) caiu! Ele recebeu um presente e o deixou com a sua parceira Ivana (Letícia Isnard) dizendo que era um presente para a família. Esse presente tinha todas as fotos que Nina/Rita (Débora Falabella) tirou, escondida, de Carminha e Max juntos na cama! A megera, ao chegar em casa, foi encurralada por Tufão (Murilo Benício) e toda sua família, e todos eles exigiram dela a verdade. Ela tentou se fazer de vítima dizendo que essas fotos foram montadas, mas não colou. Enfrentou todo mundo e foi escorraçada de casa. Relembrem a cena, que atingiu excelentíssimos 49 pontos de audiência!

Ao Pé da Letra: Jogo de 'Damas'

Mônica Iozzi desabafa sobre intolerância política e sai em defesa de Sabatella

Conhecida por se posicionar nas redes sociais quando o assunto é política, Monica Iozzi usou seu perfil no Facebook na noite desta terça-feira (2) para fazer um longo desabafo.
Em um vídeo de pouco mais de nove minutos, a atriz da Globo disse estar assustada com a intolerância política da maioria dos brasileiros, citando como exemplo o caso de Leticia Sabatella, que foi hostilizada por manifestantes a favor da Operação Lava Jato no último domingo, em Curitiba (PR).
"Episódios como o que aconteceu agora com a grande Letícia servem de alerta. Ela sofrer esse tipo de agressão é muito assustador. Logo ela, que é um ser humano incrível, uma profissional extremamente competente, sensível, que sempre defendeu as minorias, os negros, a população LGBT, os indígenas., uma pessoa tão coerente , tão boa", disse a apresentadora e atriz.
Em seu longo desabafo, Iozzi também citou um caso de intolerância contra o senador Aécio Neves.
"Independente de eu gostar ou não da postura politica dele, o Aécio Neves há pouco tempo estava passeando na praia com a família e foi agredido verbalmente. Ele estava com o bebê dele no colo. Acontecimentos como estes mostram o quanto nossa capacidade de escuta está reduzida", criticou.
Iozzi aproveitou também para fazer uma meia-culpa sobre alguns dos seus comentários nas redes sociais. Recentemente, a apresentadora foi muito criticada por dizer que a população só se informa por manchetes do "Jornal Nacional".
"Eu mesma já perdi a cabeça algumas vezes e escrevi coisas bastante agressivas contra alguns políticos. E me arrependi, e estou tentando não fazer mais isso. Porque quando a gente vai pra agressividade física, verbal, quando rotulamos o outro, acabou a discussão, porque se perde a razão", disse.
No final do desabafo, Iozzi afirmou que o atual debate político é improdutivo, e fez um apelo para a população tentar se informar mais sobre o assunto.
"Não adianta a gente ficar batendo boca e se odiando. Pelo amor de Deas, pra onde a gente está indo? A gente tem que cobrar, lembrar em quem votou, saber o que está acontecendo. Não se informar só por manchetes. Qual tipo de informação você está tendo? Acho que a gente tem que pensar em tudo isso. É legal a gente olhar para os nossos erros, repensar nossa visão de mundo, nossa relação com as pessoas e tentar ser mais tolerante, tentar trocar ideia. E não ficar esse discurso surdo que ninguém ouve ninguém e só se odeia", disse.

Fonte: Tribuna da Bahia

Cantor Vander Lee morre aos 50 anos

Morreu há pouco o cantor e compositor mineiro Vander Lee. Ele estava internado no Hospital Madre Teresa, em BH.
Vander Lee sofreu um infarto na tarde passada, quando fazia hidroginástica. Ele foi operado durante a noite. O hospital não divulgou nota sobre o paciente.
Vander Lee era separado e deixa 3 filhos. Ele se firmou como um dos principais nomes da música mineira com nove discos, entre registros ao vivo e em estúdio. O compositor tinha 19 anos de carreira.
O cantor tinha uma agenda de show. O último vídeo postado em sua página oficial no Facebook mostra Vander Lee convidando o público de Volta Redonda para a apresentação que aconteceria no dia 13 de agosto.
A morte do cantor já chega ao topo dos assuntos mais comentados no Twitter no Brasil. Grandes nomes como Rogério Flausino, vocalista do Jota Quest e o Padre Fábio de Melo já lamentam o falecimento.

Fonte: Tribuna da Bahia

Visão do inferno: Justin Bieber é flagrado pelado em cachoeira no Havaí e vira meme


Depois de Orlando Bloom quebrar a internet ao ser flagrado bem à vontade em uma praia na Itália, com a namorada Katy Perry, foi a vez de Justin Bieber virar o assunto mais comentado do Twitter pelo mesmo motivo.
O cantor foi fotografado pelo site "New York Daily News" nadando pelado em uma cachoeira no Havaí acompanhado de amigas e da suposta nova namorada, a modelo Sahara Ray. Ela, aliás, fez várias fotos sem a parte de cima do biquíni.
Não demorou muito para surgirem diversos memes na web. Uma boa parte fazendo piada com os 'atributos' de Bieber e também a declaração que ele já fez, dizendo querer que sua privacidade seja respeitada - tanto que a frase "Bem feito Justin" está no Trending Topics. Teve quem comparou Bieber com Orlando Bloom.





Fonte: EGO

Mariana Ximenes revela que será mãe: “cada coisa tem seu tempo”


A atriz Mariana Ximenes quer mesmo é ficar solteira! Depois de terminar o namoro com o publicitário Lucas Mello, com quem se envolveu por dois anos, a global está a fim de ficar só. “Estou precisando ficar em silêncio, no meu refúgio. Fiquei nove anos casada. Agora estou comigo”, revelou ela em entrevista à revista “IstoÉ Gente”.
Apesar disso, ela garante que terá um filho, mas não agora. “Vou ser mãe nessa vida, sim! Mas acho que cada coisa tem seu tempo. Por enquanto, vou treinando e exercendo minha maternidade com meus afilhados”, disse em entrevista à coluna de Patrícia Kogut, do jornal “O Globo”.
No ar como Tancinha, na novela “Haja Coração”, Mariana Ximenes ainda contou que não pensaria duas vezes antes de radicalizar o visual por personagem. “Ficaria careca, sim. Já mudei meu cabelo muitas vezes: fui loira, morena, ruiva, tive cabelo curto, médio, longo, liso, ondulado. Faço qualquer coisa pelas minhas personagens. Quando você passa por essa emoção de raspar o cabelo, ajuda a construir aquela nova pessoa”, relembrou.
“Fazer a composição de uma personagem é esquecer as vaidades pessoais. O cabelo é um ponto bem forte de vaidade da mulher. Quando você abre mão disso, se despe de si mesma para viver como outra pessoa”, completou.

Fonte: TV Foco

Apresentação da cantora Anitta na abertura das Olimpíadas recebe críticas dos estrangeiros

Parece que a artista pop não agradou muito os gringos que vieram até o Brasil para acompanhar de perto as Olimpíadas 2016 sediadas no Rio de Janeiro, principalmente os europeus e norte-americanos. Eles se surpreenderam ao ver que atualmente é Anitta que é uma das cantoras mais populares do país.
"É muito parecido com o que temos na Europa. Eu gosto, a mulher é muito bonita, dança bem. Mas não é o que esperava. Esperava uma coisa mais tradicional e isso não é tradicional", afirmou a alemã Teresa Muller, 26 anos.
O chileno Sergio Nuñes, 24 anos, sequer reconheceu as canções como um ritmo latino. A situação mostra o distanciamento entre o que os gringos imaginam da música brasileira e aquilo que realmente toca nas rádios do país.
Como as Olimpíadas são no Rio de Janeiro, a inglesa Joey Tumbal, 20 anos, acreditava que a cerimônia de abertura teria uma cantora consagrada de samba, e a festa seria enfeitada com elementos de carnaval. "Se o país faz 'o maior espetáculo da terra', seria natural mostrar seus artistas mais genuínos na abertura do Rio-2016."

Samba, a identidade nacional
O cantor, compositor e escritor Nei Lopes explica que na década de 1930 o samba foi escolhido por Getúlio Vargas para ser o ritmo brasileiro. "Era uma música apreciada e tocada de diferentes maneiras em todo o país. O então presidente aproveitou a Rádio Nacional para difundir o jeito carioca de fazer samba. Conquistou assim um elemento de unidade da nação."
Segundo Lopes, a situação começou a mudar com o golpe de 1964, quando os militares aceitaram que as indústrias estrangeiras de música introduzissem novos ritmos. Lopes conta que o movimento se intensificou na década de 1970. Declara que a intenção das gravadoras era criar um mercado uniforme e global para os mesmos artistas venderem no mundo todo, aumentando os lucros.
Historiador de música brasileira, Rodrigo Faour explica que movimentos na sociedade brasileira ajudaram o funk a virar o ritmo mais tocado nas rádios. Ele conta que o samba ficou mais classe média e o último cantor contestador foi Bezerra da Silva, no começo da década de 1990.
Na mesma época, a violência nas periferias aumentava e os moradores viram no funk uma forma de manifestar a opressão. Não havia internet, mas a televisão fez o papel de elemento globalizador e o país copiou e adaptou o funk e o rap dos Estados Unidos.
As letras fortes refletiam a realidade e criaram-se os proibidões. Impossíveis de serem tocadas no asfalto, os artistas compuseram versões lights para se apresentar no Faustão e no Xou da Xuxa, diz Faour. Ao longo dos tempos, a indústria musical absorveu este movimento. As letras perderam atitude e foram substituídas por Anitta, Ludmilla e tantas outras.

Fonte: UOL

Opinião G1: Biel precisa parar para refletir, ainda que já corra risco de perder o bonde


Biel parece ter acreditado que seria mesmo o "Justin Bieber brasileiro" - como chegaram a alardear mais por uma semelhança física do que musical - e ostentou imaturidade e birra que já ameaçam a carreira do funkeiro paulista de 21 anos. Se for concretizado, o cancelamento do contrato com a gravadora Warner Music nem é o que de pior pode acontecer a Biel. Popstar precoce, Gabriel Araújo Marins Rodrigues é de uma era em que astros são formados - ou forjados - mais pelas redes sociais do que por companhias fonográficas.
A propósito, foi justamente o tribunal implacável das redes que condenou Biel - com razão, diga-se, por conta das atitudes inconsequentes do artista - e que pode inviabilizar de vez a carreira do funkeiro. Até porque Biel nunca foi um grande talento como cantor ou compositor, como deixou evidente o álbum Juntos vamos além, lançado no primeiro semestre pela Warner Music.
Como Biel, existem algumas dezenas de funkeiros jovens e marrentos à espera da grande chance. Biel tinha conseguido a chance dele. Só que o sucesso ilude e dá sensação de poder que leva popstars, como Biel e Bieber, a achar que estão acima do bem e do mal. E que a música deles resistirá a uma sucessão de erros. Nem sempre resiste...
Bieber, ao menos, vem mostrando evolução profissional que Biel ainda nem teve tempo de mostrar. E que talvez nunca mostre, se a carreira desandar de vez após a pausa anunciada hoje. Biel tem uma agenda de shows a cumprir, e vai honrar os compromissos. Mas é salutar que dê mesmo um tempo para refletir na postura equivocada e para buscar a ajuda de profissionais qualificados que o ajudarão - quem sabe? - a limpar a imagem atualmente maculada do popstar.
Contudo, com a alta velocidade da informação e com ritmo frenético com que a web fabrica ídolos, talvez Biel esteja começando hoje a perder o bonde. Que pode não passar mais para ele.
(Crédito da imagem: Biel em foto de divulgação de Daryan Dornelles)

Fonte: G1

Avenida Brasil será reprisada no quadro do Vídeo Show, 'Novelão'


O Novelão do Vídeo Show, à partir do dia 08, irá reprisar durante 3 semanas um compacto da novela das 9 Avenida Brasil (2012). Você poderá acompanhar a rotina da megera Carminha, Nina com seus planos de vingança, Cadinho e suas três mulheres e muito mais!
Durante os sete meses de exibição em 2012, Avenida Brasil acumulou 44.8 pontos no Ibope, sendo a mais assistida dessa década até agora.


Caso queira ver a novela na íntegra, assista no Globo Play!

Final de "Liberdade, Liberdade" teve o assassinato de Rubião e a felicidade de Joaquina e Xavier


O último capítulo da mini-novela Liberdade, Liberdade, exibida no horário das 23hrs, marcou 22.3 pontos de audiência. A melhor cena exibida na trama foi quando Joaquina (Andréia Horta) entra na casa de Rubião (Mateus Solano) e o encontra morto na mesa de sua casa. Sabe quem foi a culpada? Isso mesmo, a governanta da casa e aliada desse homem cruel, Anita (Joana Solnado), com uma facada em suas costas. Além de ser a governanta da casa, ela era a amante do intendente e o matou depois dele jogar em sua cara que ela jamais teria o seu amor. Em um momento macabro, a portuguesa realizou seu grande sonho: sentar-se à mesa de jantar ao lado desse homem que ela tanto amou!


Cena que Virgínia e o Marquês se deparam com o intendente e Anita na mesa de jantar. Rubião já estava morto.
Para os dragões que entraram na casa de Rubião com ele morto, a culpada foi Joaquina, já que só ela estava ali. Acusada, ela foi condenada à forca, mas Xavier chega à tempo de salvá-la. Os dois embarcaram em um navio para Lisboa e se uniram na luta pela Independência do Brasil.
Além dessa cena, tem também a morte do falso Padre Vizeu (Marcos Oliveira), morto por Mão de Luva (Marco Ricca) após ter confessado não ser padre de verdade, e a de Tolentino (Ricardo Pereira), que levou tiro de Joaquina.

Fotos: Gshow